Você está na página 1de 1

Igreja Evangélica Assembleia de Deus

Ministério Campos Brancos – Pastor presidente: Elias José de Oliveira


Departamento de Escola Bíblica Dominical

Título: Frutos na Linguagem Bíblica

Tópico I - Introdução
É difícil se compreender a linguagem bíblica quando Jesus ou Paulo falam- sobre
fruto em seus ensinamentos. Sabemos que o fruto ou qualidade do fruto é o que se
espera quando se planta uma árvore frutífera.

Tópico II – Desenvolvimento
2.1 Leiam a afirmação contundente da parte do mestre Jesus a seus discípulos
(Lc:6:44) ? Aqui Jesus ensina que o fruto classifica o gênero. É como dizer que
uma goiabeira não pode ter como fruto manga (Mt:7:16). Em verdade tais
ensinamentos, visam orientar nossas atitudes enquanto estamos no mundo. É
importante lembrar que embora estejamos no mundo não somos do mundo
(Jo:17:14-16) e que nossas atitudes vão determinar nossa condições quando
deixarmos esse mundo, o que é coisa certa.

2.2 Quanto a nossa origem na orientação divina, basta a orientação bíblica


(Gn:1:26), para se ter a certeza que somos divinos e não mundanos. É claro que
diante de tal relato bíblico, somos forçado a dar frutos dignos de arrependimento
como diz a bíblia (Professor peça a referencia ao aluno deste versículo.)

2.3- Sabemos que o cultivo adequado de uma plantação pode determinar a saúde
da colheita. Muitos ou poucos frutos podem depender da qualidade do cultivo, até
mesmo a qualidade do solo influi no tipo do fruto colhido (leiam e comentem sobre
os tipos de solo x sementes). Se o tipo de solo possui tanta influência quanto Jesus
nos ensina, é importante então, se examinar onde está plantada nossas raízes.

2.4- É possível se aceitar dois tipos de solo em que possa estar nossas raízes.
Quando Jesus iniciou seu ministério profético (Mt:4:17 disse: “É chegado o reino
dos céus “). Ora, as pessoas que o ouviram já estavam o mundo quando ele
começou a pregar. Na verdade ali ele apresenta um novo e fértil solo para as raízes
humanas com tal argumento, fica a seguinte reflexão:onde estão plantadas nossas
raízes ?

Conclusão: O propósito da série de lições que se seguirão tratará especificamente


dos frutos que os seres humanos podem e devem produzir.
A bíblia é a fonte de ensinamentos para os que desejam conhecer a vontade de
Deus nesta questão de frutos dignos de arrependimento como falou João Batista
(Mt:3:8)