Você está na página 1de 18

QUAIS SÃO OS PRINCÍPIOS DO TOQUE QUÂNTICO

 O amor, sendo a essência da força vital que rege o universo.

 A capacidade de ajudar outras pessoas é um dom natural em nós.

 A cura por meio do toque quântico pode ser ensinada e praticada para que
se torne mais forte a capacidade de fazer correr a energia e provocar a cura.

 O pensamento cria um campo de energia, e ligado à intenção e meditações


diversificadas, aumenta a energia das mãos para que envolva a área a ser
tratada.

 A cura é feita pela própria pessoa a ser curada e não pelo terapeuta. O
terapeuta utiliza um campo de energia vital em suas mãos e a ressonância
acontece pelo campo de energia da pessoa. O Terapeuta é um facilitador
da cura.

 Deve-se ter confiança no processo. A força vital e a habilidade de cura estão


além de nossa compreensão.

 A atenção ao processo de cura, desperta a inteligência do corpo para que


se cure a área doente.

 Quem faz o processo de Toque quântico em alguém, também recebe a cura,


através da força vital.

 O processo de respiração consciente aumenta o campo da força vital.

 As técnicas de respiração e meditação juntas fazem a energia vital vir com


mais amplitude no corpo.

 Quando terapeutas se unem em prol da cura de uma pessoa, o efeito é muito


mais poderoso.

 Cada pessoa tem um dom único, e pode ser específico no momento da cura.

 A cura pode ser obtida a distância.

 O toque quântico pode ser aliado com outras técnicas de cura.

 A ligação espiritual no momento da cura, através do pedido de ajuda ao


plano superior, fortalece o processo.
Em Sânscrito, o termo “Nadi” se origina da palavra “Nad”, que significa emoção,
fluidez ou vibração. Como as veias e as artérias são importantes para a saúde
funcional do nosso corpo físico, as ondas Nadis fluem através dos nossos nervos
físicos como um circuito sutil da mente, do eu, da matriz da consciência que
suportam nossa presença física em diversas dimensões existenciais

O portal da Ida está associada com a energia da Lua, representa o aspecto


feminino da personalidade e geralmente é representada na cor branca (Yin). Este
nadi controla as funções do sistema nervoso parassimpático, que acalma a
mente e corpo, pois está relacionada com emoções, sentimentos e
memórias. Quando a Ida se torna muito forte ou dominante, o cansaço,
depressão, introversão e uma incapacidade de ver as coisas com uma
perspectiva clara podem tomar lugar meio a mente.
Já a Pingala é associada com a energia do Sol, representando o aspecto
masculino da personalidade e geralmente é representado na cor vermelha
(Yang). Ele controla o sistema nervoso simpático, estimula as atividades,
planejamento do corpo e da mente. É responsável pela parte lógica, racional e
analítica do intelecto. Quando a Pingala é sobrecarregada devido à agitação da
vida da cidade (por exemplo), podemos ter dificuldade em dormir, de
concentração, também podemos ficar ansiosos, irritados e impulsivos. A Ida e
a Pingala começam e terminam a direita e a esquerda respectivamente
da Sushumna, movendo-se em espirais como a hélice do DNA, cruzando em
cada chakra ou portal energético. Anahata Menon, curandeira xamanica
da Fundação Anahataexplica:
“Isso é a interação entre dois complementares canais energéticos que controla
nossos processos mentais, intuição e as atividades que se originam entre o lado
esquerdo e direito do nosso cérebro. A união sagrada entre os aspectos
masculino (Sol ou Dia) e o feminino (Lua ou Noite) da nossa natureza espiritual
é a base da maioria dos caminhos evolutivos esotéricos”

NADI SUSHUMNA

É o principal canal energético no corpo humano que circula da base da espinha


até o topo da cabeça (img 1.) carregando a energia do Kundalini, a força
evolutiva primordial interna que vem de dentro pra cima e que desperta a partir
das práticas de Yoga e meditação. Sushumna apenas se abre e flui livremente
quando a Ida e Pingala estão balanceadas e em equilíbrio, a purificação das três
nadis são extremamente importantes para a saúde do corpo e da mente podendo
experienciar assim, a evolução espiritual. Anahata diz, “No entanto, como um
espiritualista, embora eu, pessoalmente, desfrute de todos os aspectos técnicos
de sabedoria esotéricas e artes antigas, eu não sou obcecada por eles. Se o
nosso desejo ou intenção espiritual está alinhado com infinita expansão da
consciência, potencialidades e consciência, de amar, de princípios mais
elevados de liberdade e equilíbrio para o bem maior de todos, então qualquer
prática espiritual sincera, seja yoga ou plantas espirituais da medicina, tambores
ou reiki, deve-se seguir este processo de forma eficaz. Como a humanidade está
em uma grande mudança de consciência da mente coletiva ao Coração Coletivo,
eu acredito que as tecnologias sutis de nossos corpos físico e etérico irão se
desbloquear ou revelar-se a nós e espontaneamente restaurar ou reparar-se a
um estado de equilíbrio ideal e saúde.”

NADIS E MERIDIANOS - Os nadis são, portanto, linhas de força que não devem
ser confundidas com os nervos do corpo físico, embora estejam em relação a
eles como os chakras com os plexos e órgãos do corpo físico. São condutores
de energia. Os estudos de Motoyama indicam que eles podem ser comparados
aos meridianos sobre os quais trabalha a acupuntura. Esta é também a opinião
de Coquet.
No corpo etérico, denominado também pelos teosofistas de corpo físico invisível,
porque nasce com o corpo físico e com ele desaparece, os nadis se apresentam
como se fossem milhares de finos filamentos de gás néon, entrecruzando-o em
toda sua extensão (3). O número deles difere na literatura hindu, pelo que se
atribui um caráter esotérico às quantidades apontadas: 72.000, 550.000,
720.000, etc. Os mais importantes são o Sushumna, Ida, Pingala,
Gandhara, Hastajihva, Kuku, Sarasvati, Pusha, Sankhini, Payaswini, Varuni,
Alambhusha, Vishvodhara, Yasasvíni. Os três primeiros são os mais
importantes, sendo que o Sushumna domina a todos os demais.

Os nádis representam um tipo de artéria etérica.”Nádi” (sânscrito),significa tubo,


vaso ou veia. Sua tarefa é a de conduzir o prana, ou energia vital, através do
sistema de energia etérica. È através dos chacras, que os nádis de um corpo de
energia ligam-se aos nádis do corpo energético vizinho.

Os principais canais de energia são o Sushumna, o Ida e o Pingala, de acordo


com a nomeclatura da fisiologia energética hindu.

O Sushumna corre entre o chacra da raiz e o chacra coronário e a ele estão


ligados todos os centros de energia. Através do canal Sushumna, flui a energia
Kundalini, cuja entrada se faz através do chacra básico. Esta energia representa
a energia cósmica criadora.É uma energia que alimenta energeticamente os
chacras, integrando as forçasdos diversos planos energéticos para uma maior
realização do ser.

Além de Sushumna existem dois outros canais de energia, Ida e Pingala, que
desempenham um papel bastante importante no sistema energético. Permitem
através da respiração, a captação da energia prânica ou energia vital que está
no ar. O Pingala funciona como condutor da energia solar, plena de
incandescência e de estímulo. Esse canal começa no lado direto do chacra da
raiz, e termina na parte superior da narina direita. Ida é o portador da energia
lunar, refrescante e tranquilizadora. Esse canal começa no lado esquerdo do
chacra da raiz e termina na narina esquerda. No seu caminho, do centro da raiz
até o nariz, os dois nádis se enrolam do Sushumna.

Sushumna, Ida e Pingala representam os três canais principais no sistema


energético do homem, no qual os chacras agem como estações receptadoras,
transformadoras e distribuidoras das diversas freqüências do prana. Eles
absorvem energias vitais dos corpos etéricos do homem, do seu meio ambiente,
do cosmos e das fontes básicas de toda e qualquer manifestação, diretamente
ou através dos nádis, transformam-nas em freqüências necessárias aos mais
variados setores do corpo físico, ou dos corpos etéricos, para sua manutenção
e desenvolvimento, e transferem-nas, por sua vez, através dos canais
energéticos, a esses corpos. Além disso, irradiam energias através do meio
ambiente. Por meio desse sistema energético, o homem é envolvido num
intercâmbio com as forças em ação nos mais variados planos de existência do
seu meio ambiente, do universo e da base da Criação.
O Ida e o Pingala regem, ao nível físico, as respostas do sistema nervoso
simpático e do parassimpático.

Os canais energéticos mais importantes são:

1. Sushumna - Nadi central, que passa pelo centro da coluna vertebral


desde o chacra da coroa ao chacra da base. Em torno dele giram os outros dois
canais. A força vital dentro do Sushumna torna-se muito poderosa quando as
forças do Ida e do Pingala estão equilibradas. Quando a energia Kundalini é
despertada sobre pelo canal Sushumna, passando por todos os chacras, até
ao Sahasrara, ou chacra da coroa

2. Ida - Do cóccix à narina esquerda. Veículo da energia lunar (calmante


e refrescante. Feminino e canal da energia físico-emocional. Quando a energia
flui ao longo do Ida, somos mais conscientes do nosso corpo físico. Não estamos
no mundo do pensamento, mas sim do sentimento. Sentimos mais fortemente e
sentimos emoções fortes.

3. Pingala - Do cóccix até à narina direita. Veículo da energia solar


(ardor e élan). Masculino e canal da energia intelectual-mental. Quando a
energia flui ao longo do Pingala, estamos cientes da mente. Fazemos mais
perguntas. Temos muita vontade de falar. Tendemos a argumentar e a
raciocinar.

O Ida e o Pingala regem, ao nível físico, as respostas do sistema nervoso


simpático e do parassimpático.

Os sete chacras principais são formados pelo encontro dos nadis Ida e Pingala
entre si sobre o Sushumna.

Existe uma correlação muito curiosa entre os canais Ida, Pingala e


Sushumna e o caduceu. .

Fonte: Mãos de Luz

Os Nadis - canais invisíveis para o fluxo de forças psíquicas.

SUSHUMNA
Também conhecido como canal de fogo ou Sarasvati, um dos rios sagrados da
Índia, Sushumna assemelha-se a um dos principais meridianos da acupuntura,
ao meridiano Vaso Governador que se ergue na extremidade do cóccix, percorre
a parte central das costas, passando pela parte posterior da cabeça e terminando
no lábio superior. Para os hindus, Sushumna faz seu caminho do vértice
passando pelo interior da medula terminando por atingir a região sacra. O próprio
Sushumna tem uma natureza trina, contendo forças mais sutis dispostas umas
dentro das outras, sendo a mais interior delas, chitrini, de onde partem
pedúnculos ou ramos que atravessam o corpo humano e vão terminar na parte
anterior do corpo abrindo-se em forma de rosáceas, formando os chakras
(Chakra é uma palavra sânscrita que significa "roda" também denominado
"vórtice" não fisiológicos ou anatômicos do corpo humano). Os chakras também
são denominados centros de força pelos ocidentais, por serem responsáveis por
transformar e adaptar a energia aos órgãos e tecidos do corpo físico. Essa
corrente é harmonizadora por natureza. Ainda em seu aspecto trino, a seguir de
chitrini, vem vajra cuja natureza é ativada e vigorosa. E por fim o canal externo
sushumna cuja tendência natural é voltada para a inércia e inatividade

IDA

Também conhecido por chandra, a lua, ou o rio Ganges. Partindo da narina


esquerda este nadi percorre as regiões cervical, dorsal e lombar do corpo
humano, paralelamente à coluna vertebral até unir-se a Sushumna na região
sacra.

PINGALA

Também conhecido como surya, o sol ou o rio Yamuna, Pingala parte da narina
direita, percorre o mesmo caminho de Ida paralelamente à coluna vertebral até
unir-se a Sushumna na região sacra.

Algumas autoridades no assunto declaram que os dois nadis, Ida e Pingala


formam um padrão que envolve os chakras, outros porém, dizem que os chakras
emergem das junções onde Ida e Pingala atravessam o Sushumna. Segundo
os registros o Ida, à esquerda, e o Pingala, a direita enroscam-se em
Sushumna como as duas serpentes se enroscam na caduceu do deus
mensageiro Hermes.

O Que é Cura Quântica

A cura espiritual vem sendo estudada sob um prisma científico, à luz dos
conhecimentos atuais, que identificam um ponto de encontro entre a
ciência e a realidade da alma, através do pensamento.

Os conhecimentos revelados pela Física evidenciam que o átomo


constitui uma minúscula partícula de matéria, tendo, no seu interior, um
núcleo formado de prótons e nêutrons.

Os prótons são dotados de carga elétrica positiva e se apresentam em


número variável, de acordo com os diferentes elementos químicos que
os constituem. Os neutrons são em número igual aos dos prótons e de
massa praticamente igual à dos mesmos. Ao redor do núcleo existem
partículas menores, os elétrons, em número igual ao de prótons e que
se movimentam em órbitas elípticas concêntricas, com carga elétrica
negativa.

Segundo o modelo de Ernest Rutberford, adotado também por Niels


Bohr, os elétrons se deslocam em torno do núcleo que estabelece o
equilíbrio em relação à força centrífuga dos elétrons, sendo que, para
melhor entendermos o sistema eletro-magnético atômico, basta
compará-lo com uma miniatura infinitamente reduzida do nosso sistema
planetário.

O conhecimento da estrutura do átomo abre, para o observador, um


campo multiforme de observações mas, em síntese, reportando a
estrutura do átomo para o sistema planetário, verifica-se sem sombra
de dúvida, que o átomo sintetiza a unidade da Criação.

Existem razões para se admitir que no campo da atomologia deve


centrar-se a causa e a cura das doenças, e que o pensamento tem o
duplo poder de deslocar ou de reajustar os elétrons em suas órbitas.

O pensamento, sendo uma forma de energia emitida pela alma, quando


impregnado de emoções negativas como as do medo, do ódio, da inveja,
da maldade, do ciúme, pode causar o deslocamento dos elétrons de
suas órbitas atômicas, causando o sofrimento, as doenças, o fracasso.

Já o pensamento impregnado de emoções positivas, sob a motivação da vontade


e da determinação, através do querer, da prece e da fé, centrado na ação
curativa a realizar-se no processo mórbido, produz o reajustamento dos elétrons
no alinhamento de maior potencial de suas órbitas atômicas, promovendo a
saúde, o bem-estar, o sucesso, a cura quântica ou cura espiritual.

Em outras palavras, podemos dizer que: pensamentos negativos


descompensam energeticamente os átomos, promovendo o deslocamento dos
elétrons de suas órbitas atômicas, desencadeando a desarmonia energética na
estrutura das células e conseqüente ejeção dos elétrons das órbitas dos átomos
que as constituem.

Pensamentos positivos harmonizam a estrutura dinâmica dos átomos, com a


recondução dos elétrons às suas respectivas órbitas, produzindo a
harmonização do sistema energético das células e a conseqüente recondução
do seu estado normal.
A energia causadora de ambos os processos é a mesma. O que diferencia o
pensamento negativo do positivo é a informação associada ao mesmo.

Há 150 anos, quando a ciência ainda não havia formulado as bases da Teoria
Quântica, Allan Kardec escreveu no livro "A Gênese"(páginas 294-5,ítem 31),
que "O espírito é o agente propulsor que infiltra num corpo deteriorado uma parte
da substância do seu envoltório fluídico. A cura se opera mediante a substituição
de uma molécula mal sã por uma molécula sã.

Como as moléculas são formadas de átomos, verifica-se que Allan Kardec


estava certo ao lançar as bases científicas da cura espiritual centrada na
molécula, e pode ser considerado o precursor dos conceitos modernos da
Medicina Quântica, segundo a qual todo processo patológico tem, na sua origem,
um desequilíbrio bioenergético que ocorre no interior das moléculas que
constituem a célula.

Em decorrência do conceito da cura quântica, pode-se deduzir que o


magnetismo, humano ou espiritual, é responsável por diferentes modalidades de
cura, compreendendo-se, igualmente, que o poder de curar é variável de pessoa
para pessoa e é decorrente do fluído magnético emanado pelo pensamento, sob
a ação da vontade.

As ações iniciais que podem ocorrer antes mesmo do aparecimento das


primeiras manifestações de doença, realizam-se nas células, por alterações
energéticas causadas por pensamentos negativos e que alcançam os átomos,
levando, como já vimos, ao deslocamento de elétrons de suas órbitas.

Sendo o pensamento um atributo da alma, compreende-se o seu valor na vida


humana, e que a alma não é apenas um mero componente na constituição do
organismo, mas uma fonte inesgotável de energia atuante na vida de cada um,
desde o momento de sua formação embrionária, atuando como agente
modelador dos órgãos e tecidos, e durante toda a vida da pessoa, como
responsável pela saúde e bem-estar do organismo.

As curas espirituais, consideradas como milagres, podem ser concebidas à luz


da Ciência Quântica, que são realizadas pela força do pensamento, que é um
atributo da alma.

Dessa maneira já não existem razões para que Ciência e Religião se mantenham
separadas. Para tanto, vale a pena lembrar as palavras de Thomas Edison,
cientista que nos revelou a luz descobrindo a lâmpada incandescente: "Fé sem
ciência é fanatismo; ciência sem fé pode ser loucura."

Os princípios da Física Quântica levam-nos a um conceito absolutamente novo,


a um Paradigma Multidimensional sem limites, onde não há barreiras nem
certezas, num infinito Oceano Cósmico, que é um Multidimensional campo de
potencialidades.

Nesse vastíssimo campo ou oceano energético, tudo se relaciona com tudo,


campo esse, do qual nós também fazemos parte.

Na verdade, nós somos apenas uma partícula desse imenso Oceano, partícula
essa que se traduz num composto quântico, porque a nossa matéria orgânica é
constituída por matéria energética: quantas, átomos e moléculas, que são a
base de toda a estrutura física do nosso Ser.

SEREMOS APENAS MATÉRIA?

Aliás, se observarmos num microscópio eletrônico alguma parte do nosso corpo,


concluiremos que até mesmo as partes mais sólidas são compostas de diminutas
partículas com determinada carga elétrica gravitando em torno de outras com
carga elétrica diferente, a exemplo do que observamos no resto do universo.

De acordo com a física quântica, o macrocosmo e o microcosmo refletem-se


holograficamente um no outro, ou seja, a exemplo das galáxias e das moléculas,
também nós somos energia. A energia manifesta-se de distintas formas, animal,
vegetal, mineral, ou outra, não deixando nenhuma delas de ser apenas uma
expressão da energia original, cósmica e universal.

Assim, uma vez que a energia está em permanente movimento, em perpétua


criação, o oceano cósmico de energia, que o universo constitui, age em vagas
de possibilidades energéticas, que se expandem em variados níveis energéticos,
abarcando várias realidades, de entre as quais, a física e a causal.
Seguindo esta perspectiva, cada um de nós, seres humanos, a exemplo do resto
do universo, é igualmente uma manifestação energética, que utiliza a energia
universal, movendo-a ininterruptamente, com os nossos pensamentos,
sentimentos e ações, que são vagas de possibilidades energéticas, que se
expandem em variados níveis energéticos, abarcando várias realidades, de
entre as quais, a física e a causal.

A Física Quântica tem sido constantemente mencionada com o intuito de dar um


caráter mais científico às técnicas envolvidas, revolucionando o pensamento
científico, que deixou de basear-se apenas na relação de Causa e Efeito.

Hoje sabemos, por exemplo, que o átomo constitui-se de uma pequena partícula
de matéria e que no seu interior temos um núcleo formado por prótons e
nêutrons. Enquanto os prótons são dotados de carga elétrica positiva, ao redor
do núcleo dos nêutrons existem partículas menores, os elétrons, que são
dotados de carga elétrica negativa e que se movimentam em órbitas elípticas
concêntricas, podendo-se comparar este sistema eletro-magnético atômico a
uma miniatura de nosso sistema planetário.

Outra descoberta importantíssima feita pela ciência é de que os prótons,


nêutrons e elétrons comportam-se dubiamente, ora como partículas (matéria),
ora como ondas (energia) e que as moléculas não trocam energia
continuamente, mas sim, em pequenas quantidades denominadas "quanta".

Mas, o que tem tudo isto a ver com os conceitos utilizados pelas terapias
energéticas? Foi a partir destes conhecimentos que se percebeu que o mundo
atômico sutil exerce grande influência sobre o mundo visível material, a ponto de
perdermos o apoio daquilo que considerávamos óbvio.

Isto nos levou ao fato, de que nunca poderemos ter uma descrição completa do
mundo (Princípio da Incerteza elaborado por Heisenberg), sendo que teorias
diferentes e contraditórias podem cooperar para a compreensão mais completa
do mundo (Princípio da Complementaridade elaborado por Bohr).

Podemos também afirmar, que a neutralidade na observação não existe, uma


vez que o sujeito interfere no objeto e que este, por sua vez, não pode ser
separado do último. Em outras palavras, a Física Quântica mostra-nos que todo
fenômeno externo ou interno tem a mesma origem, que podemos denominar
Vazio, Ilimitado, Vacuidade, Absoluto.

Sendo assim, podemos concluir que o mundo material surge a partir da noção
de um Eu Individual, separado do mundo. Se isto for verdade, podemos também
inferir que o mundo externo tem origem na nossa Consciência, e por isso pode
por nós ser mudado.

Partindo dos pressupostos acima, podemos admitir também, que a causa e cura
das doenças devem estar centradas no campo da atomologia e que o nosso
pensamento , enquanto energia sutil, pode ter o poder de deslocar ou reajustar
os elétrons de suas órbitas.

Ou seja, se considerarmos o pensamento como uma forma de energia emitida


por nossa alma, nosso Eu Superior, podemos chegar à conclusão de que quando
este estiver impregnado de emoções negativas (medo, raiva, ciúmes, etc.)
ocorreria um deslocamento de elétrons de suas órbitas levando-nos à dor, ao
sofrimento, às doenças. Já quando positivo, fundamentado na prece, na fé, na
vontade, na determinação, ou seja, centrado numa ação curativa, seríamos
capazes de produzir um reajustamento dos elétrons no alinhamento de maior
potencial de suas órbitas promovendo a saúde, o bem-estar, a cura quântica.

Em outras palavras, pensamentos negativos seriam responsáveis por uma


descompensação energética nos átomos, promovendo o deslocamento dos
elétrons de suas órbitas atômicas desencadeando, desta forma, a desarmonia
energética na estrutura das células e conseqüente ejeção dos elétrons das
órbitas dos átomos que as constituem, gerando aquilo que denominamos doença
(física ou psíquica).

Já os pensamentos positivos harmonizariam a dinâmica dos átomos


reconduzindo os elétrons às suas respectivas órbitas, produzindo a
harmonização do sistema energético das células e a conseqüente recondução
ao estado normal, ao que denominaríamos saúde..
Ou seja, quando nos utilizamos das técnicas energéticas (florais, reiki,
acupuntura, homeopatia) estaríamos, na verdade, injetando uma espécie de
bioinformação curativa, que seria ativada por uma energia vital magnética sutil
durante o processo de cura, reconduzindo o nosso sistema energético à
harmonia.

Como se mandássemos uma mensagem ao nosso cérebro relembrando-o da


capacidade de auto-ajustamento ou auto-cura existente em nosso organismo.
Uma vez que nossa consciência, como dissemos anteriormente, tem grande
influência sobre nosso bem estar e saúde, estaríamos aqui corrigindo alguns
padrões de disfunção da nossa energia emocional. Reequilibrando nossas
emoções, conseqüentemente, estaríamos aumentando nossas respostas
imunológicas, atingindo também a cura física.

Sabemos que o saber médico não tem resposta para tudo. Às vezes, temos que
encontrar as doenças no nosso emocional. E aí precisamos da Psicologia.
Outras vezes, as tentativas nestas duas áreas não encontram respostas. Isto
porque nenhuma Ciência detém todo o saber.

O homem é um ser complexo e deve ser tratado de uma forma holística, sem
perder a visão do todo. Jung, importante teórico da Psicologia, já nos falava que
não poderíamos enxergar o ser humano como uma mera máquina biológica.

Urge construir-se um modelo de ciência holístico, que transcenda os aspectos


pessoais, elevando-se a uma condição espiritual, onde o Universo
(matéria/energia) seja visto como uma entidade dinâmica em constante
mudança num todo indivisível, afetando-nos e sendo por nós afetado, numa
constante busca do equilíbrio
Solange Christtine Ventura

A Energia Qüântica foi descoberta há mais de cem anos pelo físico alemão Max
Planck, considerado o pai da Teoria Quântica que defendeu a ação dos
Quantuns Energéticos atuando sobre o metabolismo e ativando os processos
biológicos do corpo humano. Segundo os cientistas, cada doença resulta do
desequilíbrio no nível informativo – “Central Elétrica do Homem” e das correntes
de energia do corpo – ou meridianos energéticos – que, uma vez restabelecidos
podem criar novamente o potencial energético perdido pela célula. Em
conseqüência disso, a doença e a dor desaparecem.

sta é uma terapia também chamada Terapia Tridimensional uma vez que não
visa apenas corrigir o que existe à nossa frente mas também tudo o que se
encontra por detrás (envolto). Ela corrige não só em altura e largura mas também
em profundidade ou seja corrige as três dimensões do corpo.

A terapia através do uso da Energia Qüântica vai assim muito mais longe
visando a identificação dos males que afetam o corpo e do que está por detrás
das suas disfunções e problemas.

Modelo de Meditação Transcendental:

1º Passo: Preparação
Escolha um lugar tranquilo, onda possa ficar uns 30 minutos, sem ser
incomodado, pode ser em sua cama ou em lugar onde tenha um
oráculo, (nunca faça meditação em seu carro quando estiver dirigindo,
pois poderá distrair-se e causar um acidente).
Caso sinta necessidade de segurar uma relíquia religiosa, escolha uma
que lembre serenidade. Se preferir um fundo musical, escolha uma
música
new age. Se quiser um incenso escolha um com aroma suave.
Quanto à claridade fica também a critério de cada um, embora a luz
tênue (amarela, azul ou verde) seja mais eficiente para concentração,
por provocar menos excitação.
Não há necessidade de criar um ambiente propício, faça apenas se isso
lhe ajudar na concentração, o importante é o silêncio externo (absoluto
ou relativo no caso de fundo musical).
Após acomodar-se de forma confortável, feche os olhos suavemente,
isso evita que o sentido da visão distraia seu consciente e
subconsciente.
Mantenha uma respiração serena, repetindo apenas as palavras
chaves: calma (para serenar) e inconstância (sempre que vier um
pensamento que tire sua concentração).

Em seguida imagine um lugar rico em elementos naturais, um lugar


que seja só seu, onde a relva verde acaricie seus pés descalços,
transmitindo-lhe o amor da energia da mãe terra, enquanto que seus
ouvidos contemplem a música suave da correnteza de um rio de águas
cristalinas que flui abundantemente, ornado por árvores frondosas
sobre um céu azul que
o acolhe e o envolve. Liberte-se voando nesse azul com segurança,
indo em direção ao sol cintilante como o ouro, que também o acolherá
potencializando suas energias positivas ao mesmo tempo em que suas
línguas de fogo transformam seus problemas em vapores ou bolinhas
de sabão e vão ganhando cores lindas até se perderem no Éden.

Quando estiver em harmonia, ou seja, quando permitir que esse


momento seja só seu, e que os problemas rotineiros estiverem fora de
sua mente e de seu alcance, inicie o próximo passo.

IMPORTANTE: Para este passo é necessário no máximo cinco minutos.

Não entre em transe profundo nesse momento, apenas mentalize com


sua mente superficial uma situação para criar um clima de serenidade
e não para
fugir da realidade.
2º Passo: Consciência
Quando estiver sereno e longe dos problemas rotineiros, invoque
mentalmente a Energia Cósmica de Provisão Infinita para fortalecer
seu poder mental, físico e espiritual, com a intenção de ligar-se a essa
corrente como um elo, dando continuidade a obra da Imagem
Verdadeira Divina, tornando-se nesse momento uma parte e ao mesmo
tempo o todo do Universo.

Programe em seguida como você poderá ser produtivo em sua


profissão ou em suas tarefas diárias.

Mentalize tudo com riqueza de detalhes e radiações de alegria que


partam de você para os outros a sua volta, sempre com propósito
definido e divino. Esvazie de sua mente a ansiedade, a preocupação a
insegurança e sinta-se como é agora, como o elo de uma corrente
Cósmica.

3º Passo: Imantação.
Seja um imã de prosperidade, sucesso, riqueza, amizade,
sinceridade...
Mentalizando EU SOU FELIZ, EU SOU SAUDÁVEL, EU SOU AMADO, EU
SOU REALIZADO... Independente da situação fenomênica que se
encontre na dimensão física, pois nesse momento você está
potencializando isso e mudando uma realidade
que não lhe convêm mais. Na medida em que for mentalizando EU
SOU... reflita sobre tudo que já conquistou, por exemplo, quando
pensar em riquezas lembre-se não só da monetária, mas também da
intelectual, espiritual, e de valores morais...
Absorva isso, aceite, visualize imagens verdadeiramente positivas
para
suas realizações.
4º Passo: Desejos e Anseios
Deseje sempre uma coisa de cada vez e sempre utilizando a emoção
com um propósito positivo de prosperidade, de sabedoria...
Caso tenha muitos desejos, faça grupos e medite sobre cada grupo
alternadamente em cada dia. Não é a quantidade de minutos que fará
algo acontecer, mas sim a qualidade dos seus propósitos, a emoção de
sua alma e principalmente a troca dos conceitos negativos e
dogmáticos do milênio passado por conceitos positivos e universais.

Deixe o Cosmo escolher por você, por exemplo, quando desejar uma
casa imagine a cor, a forma, os cômodos, os jardins... e deixe que Ele
escolha o lugar, pois a sabedoria Divina é superior a nossa as vezes
escolhemos determinada coisa que não nos pertence ou pessoa que
não completará nossa
metade da alma. Nada melhor que a confiança em Deus para
atingirmos o melhor e perfeito propósito.
Se colocarmos indevidamente uma pessoa, coisa ou fato em nosso
caminho sem deixar que venha a melhor opção, estamos interferindo
erradamente em nosso destino, além de manter uma atitude de falta
de confiança em uma força maior e superior.
Devemos apenas criar a imagem que verdadeiramente nós desejamos,
com riqueza de detalhes e com propósitos nobres, quanto à seleção
devemos deixar para uma força perfeita de sabedoria infinita.

5º Passo: Finalização
Termine sua meditação quando tiver a certeza de que seus valores
estão mais fortalecidos, que sua autoconfiança é firme e magnética,
que seu destino é esplendoroso e animador, que o sucesso é seu
parceiro inseparável, a partir deste momento será um verdadeiro elo
de uma gloriosa corrente Cósmica e Divina.
Durante seu dia, continue em harmonia transcendental conduzindo sua
vida de forma diferente todo o dia.
Desperte a pessoa realizada em você.

Mude de vida aumentando seus conhecimentos e renovando seus


conceitos todos os dias. Pois só assim terá uma cosmovisão mais ampla
e descobrirá tudo que seu mundo não havia revelado apesar de ter
estado sempre a sua frente.