Você está na página 1de 2

Diversificação e Matriz BCG

Caio Leite, Felipe Fonseca, Gabriela Cunha, Gustavo Braga, Lucas Cunha e Renato Rocha

Diversificação

A diversificação pode ser entendida como uma estratégia de desenvolvimento empresarial e,


portanto, em nível de estratégia global ou corporativa.

Adquirem certa presença em diversas atividades (diversificação é frequentemente utilizada na


estratégia para expandir mercados, aumentar vendas e, consequentemente, a lucratividade).

Objetivo: ganhar maior crescimento e/ou reduzir o risco global da empresa.

Pitts e Hopkins (1982) utilizam o termo diversidade e definem diversificação como: extensão
pela qual as empresas operam em uma ou mais áreas de negócios simultânea.

A empresa é considerada diversificada somente se esta opera simultaneamente em vários


negócios ou produtos diferentes.

Característica chave da diversificação: primeiramente a extensão do envolvimento da empresa


em atividades na qual se esboçam em diferentes habilidades, segundo, a forma através de
novas atividades que estão relacionadas com as originais da empresa.

Rumelt (1986) define diversificação como sendo a extensão das habilidades possuídas pela
firma, a qual conduz para a entrada em uma nova atividade de produto ou mercado que
requer ou implica um aumento da competência administrativa valiosa dentro da firma.

Motivos para diversificar

• Fatores externos: regulamentações antitrustes e leis fiscais.

• Fatores internos: baixo desempenho de mercado, fluxos de caixa insatisfatórios, futuros


incertos e redução global do risco.

Na teoria, surgem três fontes de ganhos por meio da diversificação relacionada:

1. Economia de escala - refere-se à redução dos custos unitários através do aumento no


volume de produção.
2. Sinergia ou economia de escopo - aumento da variedade de bens produzidos ou mercados
servidos.
3. Poder de mercado - habilidade que o participante de um mercado ou grupo tem de
influenciar nos preços, qualidade e natureza dos produtos

Matriz BCG (Boston Consulting Group)

Matriz BCG é um exemplo de solução ágil e prática em que você usa as informações certas
para construir um gráfico de fácil interpretação e análise.

O objetivo é tomar uma destas 4 decisões sobre os produtos ou serviços do seu portfólio:

Construir: ampliar sua participação no mercado.

Manter: conservar a participação atual do mercado.

Colher: aproveitar ao máximo os resultados obtidos com determinado produto ou serviço.

Abandonar: deixar de incluir esse produto ou serviço em seu portfólio.

Para isso, os produtos são classificados em uma das 4 categorias dentro da matriz BCG:

• Estrelas: São produtos que detêm uma grande participação de um mercado que está
crescendo rapidamente e, portanto, tem muitos concorrentes.

• Pontos de interrogação: São aqueles produtos ou serviços que também se encontram em um


mercado que apresenta oportunidades de crescimento rápido, no entanto, ainda tem uma
fatia de participação muito pequena.

• Vacas leiteiras: Produtos ou serviços líderes ou com grande participação em um mercado


que já está maduro e crescendo moderadamente.

• Abacaxis: Aquele produto ou serviço que foi sua estrela nas vendas e já não tem grande
participação e se encontra em um mercado em declínio.

Você também pode gostar