Você está na página 1de 4

As Vantagens e Desvantagens da EaD

Ariel Levy

Resumo
Este texto contribui ao relacionar algumas vantagens e possíveis
desvantagens na Educação a Distância quando comparadas a Educação
Presencial. Apresenta também as estratégias utilizadas para dirimi-las.
Palavras chave: Vantagens, Desvantagens, EaD, Educação Presencial
Abstract
This text contributes to summary some pros and cons of Distance
Learning when compared to traditional presential methods. We also show how
strategies can minimize these disadvantages.
Key words: Distance Learning, advantages, disadvantages

Introdução
Todos apreciamos novas tecnologias, elas sempre nos são ofertadas
como algo vantajoso e assim, acabam por nos seduzir, afinal de cavalo dado
não se olha os dentes. Entretanto, quem já teve uma rosa nas mãos aprecia
sua beleza e perfume mas sabe: não há rosas sem espinhos. Na EaD, Ensino
a Distância, não é diferente. Nesta modalidade de ensino contamos com
diversas vantagens sendo a mais propalada a da flexibilidade. Entretanto,
como dissemos, nem tudo são flores. O texto que segue identifica as principais
vantagens e desvantagens da EaD. E procuraremos indicar ao leitor como
melhor tirar proveito das primeiras e minimizar o efeito das últimas.

Entre Ditos e Mitos: Vantagens e Desvantagens


Ao lembrar o velho dito popular: Tempo é Dinheiro. Verifica-se que na
EaD ele é perfeitamente aplicável, vez que nesta modalidade há separação
espacial e temporal entre o educador e educando, ali denominados tutores e
eadistas respectivamente. Esta separação permite ao estudante realizar seus
estudos afastado geograficamente e quase sempre de forma assíncrona. Isso,
o possibilita utilizar seus períodos de tempo disponíveis para atender ao curso,
sem prejuízo de suas demais atividades. O que nem sempre seria possível, se
contasse apenas com a oferta de cursos presenciais, que muitas vezes
demandam acrescer longos períodos de deslocamento ao tempo das aulas.
Esta vantagem utiliza-se da existência de farta disponibilidade de conexão pela
internet, e mesmo de facilidades do programas estarem disponíveis até mesmo
em smartphones.
Além de proporcionar acesso aos que estão localizados fora dos
grandes centros este tipo de ensino permite assiduidade mesmo em caso de
pequenas doenças ou mesmo das infecto contagiosas, posto ser possível
acompanhar as aulas em casa. Não são raros os casos de recém mamães que
voltam a estudar por essa modalidade ou mesmo pessoas que buscam novas
capacitações e desenvolver novas competências com vistas a melhores
colocações e empregabilidade.
A EaD proporciona a oportunidade de interação entre pessoas de
diferentes escalões sociais, culturais e econômicos. Em virtude de certa
impessoalidade, ninguém é discriminado por ser gordo, magro, feio ou possuir
qualquer deficiência, os colegas e professores conhecerão o eadista apenas
por sua educação (será preciso seguir a netiqueta e as regras do curso) e
colocações nos fóruns e seu comportamento nas tarefas de grupo (PUERTA e
AMARAL, 2008, p.2-3),
Muito se engana quem julga que não sera preciso estudar. Poderá ter a
surpresa de descobrir que comprou gato por lebre. Especialmente em cursos
sérios e de mais longa duração será necessário, embora respeitando a
flexibilidade de horários, certa assiduidade aos fóruns e tarefas, normalmente
semanais. Em muitos casos haverão provas individuais e presenciais. Portanto,
a mentira tem perna curta.
A flexibilidadade nos leva a outro ditado, cada cabeça sua sentença,
existe a necessidade de manter-se em dia com os estudos, o que irá requerer
organização e gerenciamento do tempo (REVISTA NOVA ESCOLA, 2013, p.3).
Embora, esta questão rapidamente será dissipada no AVA, ambiente virtual de
aprendizagem, vez que, as plataformas modernas são tão bacanas e com
tantos atrativos, que o eadista nem lembrará que está estudando (PUERTA e
AMARAL, 2008,p.5).
As altas taxas de evasão ainda representam um problema para EAD,
reportadas muitas vezes como decorrentes falta de motivação. Porém, o
convívio virtual vem popularizando-se, o que antes era incomum, através do
uso das redes sociais, e assim, um motiva o outro para não deixar a peteca
cair, pois todo problema contém a semente de sua solução.
Quem tem boca vai a Roma, quando aplicada a EaD esta expressão que
evidencia a necessidade de comunicar-se no mundo contemporâneo dispõe
sobre a inibição, sobretudo inicial, do aluno que na EaD desenvolverá sua
capacidade: de expressão ao estimular a interação com outras culturas, e o
trabalho em equipe, despertando a criatividade e desenvolvimento, mediada
pelas TICs. (BARROSO, 2010, p. 46).
A simplicidade é o ultimo degrau da sabedoria, lembra deste ditado?
(COSTA, 2009 p.4) Pois bem aplica-se na EaD, tudo ali é simples mas requer
certo conhecimento prévio do prospecto em relação ao manejo das TICs,
tecnologias de informação e comunicação, e dos programas para atender aos
cursos pela internet, a maioria deles é assim. Nem tudo que reluz é ouro, mas
algum investimento poderá ser necessário, um bom computador e um acesso à
Internet com razoável capacidade de recepção e transmissão são essenciais
para acompanhar estes cursos. Entretanto, a maioria das instituições
responsáveis já sinaliza aos estudantes as configurações mínimas necessárias.

Considerações Finais
Este texto tratou das principais vantagens e desvantagens da EaD, e
expôs as estratégias utilizadas para dirimir as desvantagens.
Tudo que é bom chega ao fim, mas na EaD, nada como um dia após o
outro, a tecnologia evolui, fica mais em conta e possibilita a inclusão de mais
gente. Com um pequeno investimento terás acesso a milhares de cursos de
curta e longa duração, no Brasil e mesmo no exterior. Não receies, neste caso,
o barato não sairá caro, há cursos mesmo gratuitos de ótima qualidade,
embora muitos ainda não estejam ao par desta realidade. Obter sucesso
exigirá muita determinação e organização do eadista em seus estudos. Ainda
existe muito preconceito em relação a EaD, contudo as estatísticas mostram
que em muitos casos são melhores resultados dos estudantes nesta
modalidade quando comparados ao ensino presencial, quem tem telhado de
vidro não deveria atirar pedras no vizinho. Mas isso já são outros quinhentos e
fica para outra oportunidade, afinal a oportunidade faz o ladrão, e eu já roubei
muito de seu tempo.

Referências

COSTA, J.J.; Sabedoria dos Ditados Populares. Butterfly Editora, São Paulo,
2009.

BARROSO, Marcella. O Ensino de Artes na Educação a Distância:


Reflexões, Benefícios e Limites Disponível em
http://www.grupouninter.com.br/intersaberes/index.php/revista/article/viewFile/1
61/128.
Acesso em 23 nov. 2015.

PUERTA, A.A.; AMARAL, R.M. Comparação da Educação Presencial com a


Educação a Distância Através de Uma Pesquisa Aplicada. Disponível
em<http://www.sbu.unicamp.br/snbu2008/anais/site/pdfs/2866.pdf>. Acesso em
23 nov. 2015.

Revista Nova Escola. Educação a Distância vale a pena?. Disponível em


<http://revistaescola.abril.com.br/formacao/formacao-inicial/vale-pena-entrar-
nessa-educacao-distancia-diploma-prova-emprego-rotina-aluno-
teleconferencia-chat-510862.shtml>. Acesso em 23 nov. 2015.