Você está na página 1de 67

Caderno de questões

Ano: 2018. Banca: CESPE - PC-SE

01. Com referência a essa situação hipotética, 06. A respeito da extinção de atos administrativos,
julgue o item seguinte.A prisão ilegal do suspeito, julgue o próximo item. Tanto a anulação como a
por caracterizar ato praticado contra particular, revogação retiram do mundo jurídico atos com
não configurou a prática de ato ímprobo, que é defeitos e produzem efeitos prospectivos.
aquele praticado em prejuízo da administração ( ) Certo ( )Errado
pública.
( ) Certo ( ) Errado 07. A respeito da extinção de atos administrativos,
julgue o próximo item. A cassação de um ato
02. Com referência a essa situação hipotética, administrativo corresponde a extingui-lo por
julgue o item seguinte. De acordo com o descumprimento dos requisitos estabelecidos
entendimento jurisprudencial do STJ, eventual para a sua execução.
punição dos agentes de polícia no âmbito ( )Certo ( ) Errado
administrativo não impedirá a aplicação a eles das
penas previstas na Lei de Improbidade 08. A respeito da extinção de atos administrativos,
Administrativa. julgue o próximo item.A anulação de ato
( ) Certo ( ) Errado administrativo fundamenta-se na ilegalidade do
ato, enquanto a revogação funciona como uma
03. Com referência a essa situação hipotética, espécie de sanção para aqueles que deixaram de
julgue o item seguinte.A apuração de eventual cumprir as condições determinadas pelo ato.
responsabilidade civil dos agentes dispensa a ( ) Certo ( ) Errado
presença de conduta dolosa ou culposa.
( ) Certo ( ) Errado 09. Acerca do poder de polícia — poder conferido
à administração pública para impor limites ao
04. No que se refere aos institutos da exercício de direitos e de atividades individuais em
centralização, da descentralização e da função do interesse público —, julgue o próximo
desconcentração, julgue o item a seguir. A item. São características do poder de polícia a
diferença preponderante entre os institutos da discricionariedade, a autoexecutoriedade e a
descentralização e da desconcentração é que, no coercibilidade.
primeiro, há a ruptura do vínculo hierárquico e, no ( )Certo ( ) Errado
segundo, esse vínculo permanece.
( )Certo ( ) Errado 10. Acerca do poder de polícia — poder conferido
à administração pública para impor limites ao
05. No que se refere aos institutos da exercício de direitos e de atividades individuais em
centralização, da descentralização e da função do interesse público —, julgue o próximo
desconcentração, julgue o item a seguir.Na item. A polícia administrativa propõe-se a
administração pública, desconcentrar significa restringir o exercício de atividades ilícitas e, em
atribuir competências a órgãos de uma mesma regra, tem caráter preventivo.
entidade administrativa. ( ) Certo ( ) Errado
( )Certo ( ) Errado
11. Acerca do poder de polícia — poder conferido Lei n. 10.460, de 22 de fevereiro de 1988.
à administração pública para impor limites ao Disponível
exercício de direitos e de atividades individuais em em: <www.gabinetecivil.goias.gov.br/pagina_leis.
função do interesse público —, julgue o próximo php?id=4221> . Acesso em: 12 jun. 2018.
item. O poder de polícia é indelegável.
( ) Certo ( ) Errado A absolvição criminal só afasta a responsabilidade
civil e administrativa se
12. Conforme disposições constitucionais a
respeito da organização da segurança pública, a) não ficar configurada ocorrência de prejuízo
julgue o item a seguir.A segurança pública, eminente ao Estado
exercida para preservação da ordem pública e da
incolumidade das pessoas e do patrimônio, é b) constranger o funcionário no exercício corrente
responsabilidade de todos. de suas atribuições
( ) Certo ( ) Errado
c) negar a existência do fato ou afastar do acusado
13. Conforme disposições constitucionais a a respectiva autoria.
respeito da organização da segurança pública,
julgue o item a seguir.As polícias militares, os d) houver diferença entre as datas de abertura dos
corpos de bombeiros militares e as polícias civis respectivos processos
subordinam-se aos governadores dos estados, do
Distrito Federal e dos territórios. e) órgão da administração isentar o funcionário via
( ) Certo ( ) Errado comunicado oficial ordinário.

14. Conforme disposições constitucionais a 02. Leia o texto a seguir:


respeito da organização da segurança pública,
julgue o item a seguir.Incumbem às polícias civis a Art. 20º O Conselho Superior da Polícia Civil do
função de polícia judiciária e a apuração de Estado de Goiás, órgão colegiado consultivo,
infrações penais contra a ordem política e social, normativo e deliberativo da Polícia Civil tem por
excetuadas as infrações de natureza militar finalidade propor, opinar e deliberar sobre
( ) Certo ( ) Errado matérias relacionadas com a administração
superior da Polícia Civil. Lei n. 16.901, de 26 de
15. Conforme disposições constitucionais a janeiro de 2010. Disponível
respeito da organização da segurança pública, em: <www.gabinetecivil.goias.gov.br/leis_ordinari
julgue o item a seguir.Compete à União as/2010/lei_16901.htm> . Acesso em: 8 jun. 2018.
estabelecer normas gerais sobre a organização das Como componente da estrutura organizacional da
polícias civis. Polícia Civil, o Conselho Superior tem a
( ) Certo ( ) Errado competência de:
a) indicar ou prover os cargos em comissão dos
quadros de pessoal da Polícia Civil, observada a
UEG - 2018 - PC-GO - Delegado de Polícia
legislação em vigor.
01. Leia o texto a seguir:
b) declarar, por meio de decisão fundamentada, o
Capítulo V. Das responsabilidades. impedimento à promoção de servidores que
estiverem cumprindo pena disciplinar ou criminal.
Art. 305 – Pelo exercício irregular de suas
atribuições, o funcionário responde civil, penal e c) coordenar a elaboração dos expedientes e das
administrativamente. correspondências a serem encaminhadas pelo
Delegado Geral.
d) promover a administração e o controle de a) verifica-se a prática de infração administrativa
pessoal ativo e inativo e de pensionistas ambiental, pois a licença de operação encontra-se
referentes aos serviços de assistência social. vencida há mais de 120 (cento e vinte) dias

e) elaborar diretrizes para o planejamento b) o pleito de renovação deverá ser negado pelo
operacional, respeitando regras do sistema de órgão ambiental, pois deveria haver sido
segurança do Estado de Goiás. requerido com a antecedência mínima de 120
(cento e vinte) dias úteis do vencimento da licença
03. O proprietário de um sítio localizado em
município do Norte Goiano, com área c) a empresa estará em situação regular enquanto
equivalente a 4 (quatro) módulos fiscais, decidiu o órgão ambiental não se pronuncie sobre o
estender sua área de pastagem. Para tanto, nos pedido de renovação da licença de operação.
idos de 2007, suprimiu a vegetação de parte de
d) há direito líquido e certo do empreendedor à
sua área de reserva legal, que desde então se
renovação da licença de operação, já que
resume a 5% do total da área da propriedade, o
comprovou, perante o órgão ambiental, atender a
que já foi, inclusive, mencionado em seu
todos os requisitos técnicos para o funcionamento
Cadastro Ambiental Rural. Neste caso, aplica-se o
da atividade.
seguinte:
e) deve-se protocolar novo requerimento perante
a) Existe obrigação pessoal de recompor
o órgão ambiental, diante da prescrição
integralmente a área desmatada.
intercorrente que se operou no processo, que está
b) Por ser área rural consolidada, inexiste sem decisão há mais de 1 (um) ano.
obrigatoriedade de recomposição da reserva legal.
05. Diante de comunicação apresentada perante
c) Em caso de autuação por infração a Delegacia de Polícia Civil, denunciando a
administrativa ambiental, o prazo para a defesa é realização de rinha de galos em propriedade rural
de 30 (trinta) dias. do município de Cromínia, se está diante de fato

d) O órgão ambiental poderá, de imediato,


determinar o embargo da propriedade. a) típico e antijurídico, estando o Estado,
entretanto, impedido de exercer o jus puniendi,
e) Diante de autuação por infração administrativa
em razão de a rinha de galos ser reconhecida, no
ambiental, o valor da multa será convertido no
meio rural brasileiro, como uma prática
pagamento dos serviços de recuperação da
costumeira.
vegetação suprimida.
b) típico, porém juridicamente válido, desde que
04. A empresa “BC Industrial” funciona
haja norma municipal que reconheça a rinha de
regularmente licenciada há dez anos e está com
galos como patrimônio cultural imaterial.
sua licença de operação vencida desde 31 de
janeiro de 2017. Munido dos documentos c) atípico, pois a Constituição Federal de 1988
técnicos legalmente exigidos, o empreendedor protege expressamente as manifestações culturais
requereu, em 1º de outubro de 2016, a que portem referência à identidade dos diferentes
renovação da licença perante o órgão estadual de grupos formadores da sociedade brasileira.
meio ambiente. Não houve, entretanto, resposta
d) atípico, tendo em vista que, tanto a
sobre esse pleito. Neste caso,
Constituição Federal quanto a Lei de Crimes
Ambientais, protegem apenas os animais b) considerando que ausente previsão expressa na
integrantes da fauna silvestre brasileira. Constituição, é inconstitucional a fixação de
alíquotas progressivas no ITCMD.
e) típico e antijurídico, segundo os ditames da Lei
de Crimes Ambientais. c) a emissão de certidões no âmbito do inquérito
policial se sujeita à cobrança de taxas de polícia
06. Ao asseverar sobre a proteção do meio
previstas em lei
ambiente, a Constituição Federal de 1988
d) a atividade policial extraordinária pode ser
a) adotou uma visão estrita para o vocábulo “meio
remunerada mediante taxa de serviço público,
ambiente”, pois reconhece a proteção do
dado que se trata de atividade divisível e não
patrimônio natural em seu artigo 225.
universal.
b) deixou de aludir expressamente ao
e) o ICMS é imposto indireto na medida em que,
desenvolvimento sustentável, apesar de ele poder
presente o fenômeno da repercussão financeira
ser inferido do artigo 170, VI, quando se refere ao
do tributo, incorre com seu ônus econômico o
meio ambiente como princípio que rege a ordem
consumidor, que não integra a relação jurídica
econômica.
tributária.
c) buscou limitar as atividades nucleares, ao exigir
08. O sistema tributário nacional é integrado por
que o licenciamento ambiental de novas usinas
um conjunto de princípios e regras que limitam o
dependa de lei estadual específica, por meio da
exercício do poder de tributar do Estado. Acerca
qual se defina sua localização.
do exercício da competência tributária verifica-se
d) recepcionou a Lei de Política Nacional do Meio que
Ambiente, ao exigir o relatório ambiental
a) a anterioridade aplicável ao direito penal tem
preliminar de todos os empreendimentos
igual aplicação na seara tributária, sendo vedada
potencialmente causadores de significativa
qualquer alteração na legislação tributária, ainda
degradação do meio ambiente.
que não corresponda a aumento do tributo.
e) ensejou uma maior flexibilidade para a
b) é vedada a cobrança de tributos antes de
definição, a manutenção e a modificação dos
decorridos noventa dias da data em que haja sido
limites de unidades de conservação da natureza, o
publicada lei que os instituiu, aumentou ou
que pode ser feito por ato do Poder Executivo.
reduziu.
07. O estado de Goiás possui competência para
c) a imunidade religiosa é consectária da garantia
instituir ICMS, IPVA, ITCMD, Contribuições do
fundamental da liberdade religiosa, que tem
Regime Próprio Servidor Público (RPSP) e taxas
alcance além do templo religioso.
de serviço público e poder de polícia.
Considerando-se essa afirmação, constata-se d) a vedação do não-confisco ao Estado, no
que: exercício de seu poder de tributar, limita a perda
de bens no âmbito criminal.
a) a apreensão de um veículo em operação policial
corresponde a supressão da posse de seu e) as regras de imunidade tributária devem ser
proprietário, o que implica dispensa legal do interpretadas restritivamente, na medida em que
pagamento do tributo, dado que suprida sua correspondem a benefícios fiscais aos
posse por autoridade do próprio poder estatal. contribuintes.
09. O lançamento da obrigação tributária, como direito tributário o princípio da instransferibilidade
ato privativo da Administração Tributária, da sanção a afastar a solidariedade.
constitui o crédito tributário. Quanto ao Crédito
e) o cidadão que se encontre sob a custódia do
Tributário e seus consectários, constata-se que
Estado, quando condenado simultaneamente à
a) no lançamento tributário praticado no âmbito
vedação de contratação com Poder Público, não
de operação de fiscalização, a Administração
pode ser sujeito passivo de obrigação tributária
Tributária tem prerrogativa de requisição de força
policial. 11. O princípio da legalidade, que está a indicar
no direito penal que não há sanção criminal sem
b) a investigação por crime contra ordem
a devida tipificação penal, se manifesta também
tributária tem como pressuposto para atuação da
nas relações jurídicas tributárias. Acerca da
autoridade policial lançamento tributário válido.
aplicação do princípio da legalidade tributária,
c) os crimes contra ordem tributária são todos tem-se o seguinte:
materiais, na medida em que demandam efetiva a) É direito fundamental do contribuinte que a
supressão da arrecadação tributária. exação tributária, como sanção pecuniária de ato
ilícito tributário, encontre-se prevista em lei
d) entre as causas de extinção do crédito
específica.
tributário, o parcelamento do tributo, quando já
instaurada persecução penal, constitui causa de b) A Constituição Federal, ao tratar da legalidade
extintiva da punibilidade. em matéria tributária no art.150, I, é redundante,
dado que já é prevista a legalidade no art.5º, II, no
e) a isenção tributária como causa de extinção do
capítulo dos Direitos Fundamentais.
crédito tributário corresponde à perda do ius
puniendi do Estado em matéria de crimes contra c) A obrigação tributária acessória, melhor
ordem tributária. denominada como dever instrumental, demanda
fixação em lei na medida em que corresponde a
10. Fato gerador é a situação definida em lei
ônus ao contribuinte.
como necessária e suficiente à ocorrência da
obrigação tributária principal. Entre diferentes d) O Código Tributário Nacional, ao dispor sobre a
aspectos do fato gerador, verifica-se que aplicação do princípio da legalidade tributária,
prescinde sua observância na atualização do valor
a) o produto do crime se encontra sujeito à
monetário da base de cálculo do tributo.
tributação na medida em que, conforme o Código
Tributário Nacional, vigora para exação tributária e) Com origem na Magna Carta de 1215, quando
a regra do non olet. desde então vigorava “no taxation without
representation”, é direito fundamental do
b) o Estado, no exercício do seu poder de tributar,
contribuinte, previsto no art.150, I, da
ao prever como fato gerador determinado ato,
Constituição de 1988, que não encontra mitigação
abstrai qualquer aspecto de licitude penal.
na ordem tributária brasileira.
c) a definição do fato gerador demanda não só ato
12. Quanto às perícias de local, são levados em
jurídico válido, mas também natureza lícita do seu
conta os diversos vestígios encontrados. A
objeto e efeitos conforme o ordenamento jurídico.
análise desses elementos deverá constituir a
d) sujeito passivo da obrigação tributária é apenas materialidade dos fatos, provendo a Justiça com
o contribuinte, dado que vigora, também, no provas suficientes para o alcance da dinâmica dos
fatos, das motivações de um crime porventura d) cometimento de atos ilícitos é situação comum
cometido e, preferencialmente, para o entre os portadores de Transtorno Bipolar do
apontamento da autoria do mesmo. Nesse Humor.
sentido, tem-se o seguinte:
e) psicopatas são atualmente denominados de
a) a prova testemunhal substitui o exame de corpo sociopatas, por cometerem homicídios e
de delito mesmo quando vestígios forem agressões físicas.
encontrados.
14. As asfixias mecânicas se enquadram na
b) a análise dos vestígios é dispensável quando o categoria dos traumas de natureza fisicoquímica.
culpado confessar o crime ou for pego em Nos casos das constrições cervicais –
flagrante. enforcamento, estrangulamento e esganadura –
as asfixias demonstram sinais característicos que
c) vestígios são provas do cometimento de um
as diferenciam entre si. Nesse sentido, verifica-se
crime, sobretudo se são encontrados no local dos
o seguinte:
fatos.
a) num enforcamento, diferentemente de um
d) o corpo da vítima é parte do corpo de delito e
estrangulamento, é possível reconhecer o material
os vestígios nele encontrados.
empregado no laço, a partir da marca deixada na
e) corpo de delito é o conjunto de vestígios pele.
encontrados no local dos fatos ou a estes
b) a esganadura só ocorre na forma dolosa, uma
relacionados. vez que as formas acidental e culposa são
afastadas pelo mecanismo de ação empregado.
13. O Manual Diagnóstico e Estatístico de
Doenças Mentais da Associação Americana de c) nos estrangulamentos, os sinais são constituídos
Psiquiatria (DSM-V) é um guia de critérios de equimose facial associada a marcas ungueais,
adotado pericialmente para a verificação das os quais permitem a identificação do agressor.
doenças e dos transtornos mentais. O artigo 26
d) uma suspensão incompleta, num caso de
do Código Penal Brasileiro é aquele que trata das
enforcamento, aponta, direta e
questões voltadas para a imputabilidade e a
inquestionavelmente, para um homicídio por
responsabilidade penal dos agentes agressores. execução da vítima.
Levando-se em conta os conhecimentos da
Psiquiatria Forense, deve-se entender que: e) dentre as asfixias por constrição cervical, a mais
a) o Transtorno de Personalidade Antissocial é o rápida delas em termos de ocorrência da morte é
correspondente ao que se denomina de serial representada pelo estrangulamento.
killer.
15. Para o conhecimento estimado do tempo de
b) o Transtorno de Personalidade Histriônica morte são utilizados os critérios preconizados
pela cronotanatognose. Segundo o que dita o
corresponde ao chamado Transtorno de
artigo 162, do Código Penal Brasileiro, a autópsia
Dependência. deverá ser iniciada pelo menos seis horas após a
constatação da veracidade do óbito, ou antes,
c) portadores de Transtorno de
caso existam sinais de certeza da morte, o que
Personalidade Borderline apresentam deverá ser anotado pelo perito no laudo.
instabilidade comportamental. Segundo os conhecimentos da cronotanatognose
e atendendo ao preceito legal exposto, tem-se
que:
c) é válido, não podendo, contudo, o eleitor
a) a mancha verde, dependente de ação exercer os seus direitos políticos, ativos e passivos.
bacteriana, ocorre na fossa ilíaca e revela o início
da putrefação. d) fica cancelado a partir da condenação criminal
b) a midríase paralítica bilateral é um sinal transitada em julgado e enquanto duraram os seus
abiótico consecutivo que servirá para a efeitos.
confirmação da morte.
c) a algidez cadavérica segue os princípios da Lei e) é válido, não podendo, contudo, o eleitor se
de Nysten, tendo sentido de ocorrência candidatar a cargo eletivo.
craniocaudal.
d) a rigidez cadavérica é um fenômeno abiótico 18. A respeito das juntas eleitorais, as
mediato que se inicia pelos músculos mais autoridades e agentes policiais
volumosos.
e) os livores cadavéricos ou manchas de hipostase a) não podem ser nomeados como membros,
permitem o conhecimento da posição do cadáver. escrutinadores ou auxiliares.

16. Tendo em vista a relevância da determinação b) têm prioridade na nomeação como membros,
da distância de um disparo com arma de fogo, escrutinadores ou auxiliares.
bem como a necessidade de conhecimento
acerca dos elementos do disparo na saída da c) só podem atuar como membros se
arma, para a verificação de um tiro a curta expressamente autorizados pelo superior
distância (queima-roupa), quando observados os hierárquico imediato.
sinais na pele da vítima, também deverá ser
levado em consideração o seguinte aspecto: d) atuam como membros desde que haja
requisição da Justiça Eleitoral.

a) a zona de chamuscamento é um sinal e) não podem ser nomeados como membros,


indispensável nesse caso. salvo deliberação do Juiz Eleitoral, após parecer do
Ministério Público Eleitoral.
b) o orifício de entrada do PAF apresentará bordas
nitidamente chamuscadas. 19. Os crimes eleitorais cometidos por juízes
eleitorais serão processados e julgados
c) a zona de tatuagem será o marcador do limite
dessa distância. a) por juiz eleitoral de outra zona eleitoral.

d) a orla de escoriação será simétrica em relação b) pelo Tribunal Superior Eleitoral, após instrução
ao orifício de entrada do PAF. realizada pela Corregedoria Regional Eleitoral à
qual esteja vinculado o magistrado processado.
e) o sinal de Werkgartner é um parâmetro a ser
levado em conta. c) pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado em
que o magistrado processado exerce a sua
17. Segundo o Código Eleitoral, havendo a jurisdição.
suspensão dos direitos políticos, o título eleitoral
d) pelo Tribunal de Justiça, se o juiz eleitoral
a) fica imediatamente suspenso até que cesse a processado for Juiz de Direito, e pelo Tribunal
causa de suspensão. Regional Federal, se o juiz eleitoral processado for
Juiz Federal.
b) fica suspenso somente a partir do trânsito em
julgado de condenação criminal e enquanto e) pelo Conselho Nacional de Justiça, cabendo
durarem os seus efeitos. recurso ao Supremo Tribunal Federal.
20. No nosso sistema legal, o partido político d) distribuindo o pedido de recuperação judicial, o
a) é pessoa jurídica de direito privado, sendo livre devedor não pode alienar ou onerar bens ou
a sua criação, fusão, incorporação e extinção. direitos de seu ativo permanente, salvo evidente
utilidade reconhecida pelo administrador judicial.
b) é pessoa de direito público, dependendo a sua
criação de prévia autorização do Tribunal Superior e) o devedor em recuperação deve ostentar em
Eleitoral. seu nome empresarial a expressão “em
recuperação judicial” desde a propositura da ação
c) é pessoa jurídica de direito público, sendo livre
até a homologação do plano de recuperação
a sua criação, fusão, incorporação e extinção.
aprovado pelos credores.
d) é pessoa jurídica de direito privado,
23. Quanto à sociedade limitada:
dependendo a sua criação de prévia autorização
pelo Congresso Nacional. a) A responsabilidade de cada sócio é limitada à
integralização das quotas sociais por ele subscritas
e) é entidade paraestatal, devendo prestar contas
ou adquiridas.
ao Tribunal de Contas da União.
b) Apenas pode ter conselho fiscal se o contrato
21. Compete aos Tribunais Regionais Eleitorais
social previr a regência supletiva pelas normas da
apurar os resultados finais e expedir os
sociedade anônima.
respectivos diplomas nas eleições para:
c) Seus atos constitutivos podem ser registrados
a) Vereadores
em junta comercial ou em registro civil de pessoas
b) Prefeito Municipal jurídicas, a depender do objeto social.

c) Presidente da República d) Pode nomear pessoa jurídica como


administrador, desde que a designação seja feita
d) Vice-Presidente da República
pelo contrato social.
e) Membros do Congresso Nacional
e) A omissão do termo “limitada” no nome
22. Dispõe a Lei n. 11.101/2005, sobre a empresarial não acarreta a responsabilidade
recuperação judicial, que: ilimitada dos sócios se a cláusula de limitação de
responsabilidade constar do contrato social.
a) o plano de recuperação judicial aprovado e
homologado implica novação de todos os créditos 24. Cheque é título de crédito sacado contra
constituídos até a data da homologação. instituição financeira e que

b) o deferimento da recuperação judicial não a) para a execução contra o emitente, tem prazo
afasta o devedor ou seu administrador da posse e prescricional de 6 meses a contar de sua emissão.
da gestão da empresa.
b) para execução contra o emitente, depende de
c) a alienação pelo devedor em recuperação de prévio protesto por falta de pagamento.
bem objeto de garantia real, a supressão da
c) depois de prescrito, não pode estribar ação
garantia ou sua substituição serão admitidas
monitória relativa ao respectivo crédito.
mesmo sem expressa concordância do respectivo
credor. d) depois de prescrito, pode ser objeto de ação de
locupletamento contra o emitente.
e) pode ter o pagamento pelo banco sacado d) tem proteção dos direitos de personalidade
sujeito a termo, mas não a condição. apenas quanto ao nome, desde o respectivo
registro até a dissolução.
25. A Xpto Supermercados Ltda. é sediada na
cidade de Itaberaí e alienou sua única filial, que e) as organizações religiosas serão regidas por lei
era estabelecida na cidade de Faina. Nesse caso, própria, que poderá dispor sobre a organização e a
dispõe o direito brasileiro que: estrutura interna.

a) a Xpto Ltda. não poderá se restabelecer em 27. Para efeito de responsabilização do servidor
Faina nos próximos 10 anos, salvo autorização da público, tem-se o seguinte:
adquirente.
a) considera-se servidor público, para fins
b) o adquirente responderá pelo passivo cível criminais, quem, embora transitoriamente ou sem
contabilizado pela filial, mas a Xpto Ltda. remuneração, exerce cargo, emprego ou função
continuará solidariamente responsável pelo prazo pública.
de um ano a contar da data alienação.
b) em caso de dano causado pelo servidor ao
c) os contratos celebrados para a exploração da Estado, a apuração de responsabilidade ocorrerá
filial fainense serão considerados resolvidos com a exclusivamente pelo Poder Judiciário.
alienação.
c) segundo a jurisprudência sumulada do Supremo
d) esse ato poderá fundamentar pedido de Tribunal Federal, a ausência de acompanhamento
falência contra a Xpto Ltda., se com esta não por advogado no processo administrativo
restarem bens suficientes para solver seu passivo disciplinar é motivo de nulidade.
e ela não obtiver o consentimento de todos os
d) a responsabilidade penal do servidor pode ser
credores.
apurada tanto pela própria Administração Pública
e) a cessão dos créditos referentes à filial de Faina quanto pelo Poder Judiciário.
produzirá efeito em relação a seus devedores
e) a decisão criminal que declara a existência do
desde o momento da alienação.
fato ou seu autor não vincula a decisão na órbita
26. Sobre a pessoa jurídica de direito privado, administrativa.
dispõe o Código Civil que:
28. A Constituição da República prevê que, em
a) as disposições acerca das associações aplicam- caso de iminente perigo público, a autoridade
se subsidiariamente às sociedades empresárias e competente poderá usar de propriedade
às sociedades simples. particular. Sobre o instituto da requisição,
verifica-se o seguinte:
b) começa sua existência legal com o pedido de
inscrição de seus atos constitutivos perante o a) a requisição civil, ao contrário da requisição
registro respectivo. militar, só pode recair sobre bens que permitam
sua posterior devolução ao particular, não
c) se extingue sua existência legal com a
podendo recair sobre bens irrecuperáveis.
dissolução ou com a cassação, se for o caso, da
autorização para seu funcionamento. b) a União detém competência privativa para
legislar sobre requisições civis e militares, mas lei
complementar poderá autorizar os Estados a
legislar sobre questões específicas relacionadas ao 30. A respeito da transferência ou divisão de
instituto. atribuições na Administração Pública de Goiás,
verifica-se que:
c) a requisição administrativa é ato unilateral e
autoexecutório, independendo, por isso, da a) órgãos públicos são unidades de atuação
aquiescência do particular e de autorização administrativa, com personalidade jurídica,
judicial, mas só é licitamente exercitável em ordenados para a consecução de uma
tempos de guerra. predeterminada atribuição no âmbito da
Administração Pública.
d) de acordo com o Supremo Tribunal Federal, a
Lei 8.080, de 1990, permite que a União requisite b) os entes descentralizados estão
bens públicos dos Estados e Municípios para hierarquicamente vinculados às entidades centrais
atendimento de necessidades coletivas, urgentes que decidiram pela descentralização.
e transitórias, na área da saúde,
c) servidores efetivos detentores de cargos
independentemente da decretação de estado de
públicos lotados nas autarquias não se submetem
defesa ou estado de sítio.
ao regime jurídico de servidores com as mesmas
e) a requisição civil, diferentemente da requisição características citadas lotados na Administração
militar, gera obrigação de indenizar, Direta de Goiás.
independentemente da ocorrência de dano.
d) as autarquias estaduais estão desobrigadas de
29. Sobre o poder de polícia, tem-se o seguinte: licitar a contratação de obras, serviços, compras e
alienações.
a) o poder de polícia baseia-se no princípio da
supremacia do interesse público sobre o particular e) é imprescindível, para a criação de autarquia,
e, por esse motivo, é incompatível com as no estado de Goiás, a edição de lei específica.
liberdades individuais.
31. Sobre a Criminologia, desde a perspectiva de
b) a polícia administrativa é privativa de seu conceito, métodos e objetos, tem-se o
corporações especializadas, assim entendidas a seguinte:
polícia civil e a polícia militar. a) A partir dos estudos culturais (cultural studies),
a criminologia clínica resgata os estudos
c) a executoriedade do poder de polícia está
do labelling approach.
condicionada à sua exigibilidade e esta, por sua
vez, à prévia autorização judicial. b) Os estudos culturais (cultural studies)
permitiram o desenvolvimento da chamada
d) a decretação do estado de sítio permite a
criminologia cultural, responsável pela
extensão excepcional do poder de polícia, com
classificação pormenorizada de grupos desviantes,
possibilidade de restrições aos direitos de reunião,
tais como punks ou grafiteiros.
à liberdade de imprensa e à própria inviolabilidade
de domicílio. c) As vertentes criminológicas abarcadas sob a
terminologia de saber criminológico pós-crítico,
e) a coercibilidade inerente ao poder de polícia
ainda que assim possam ser denominadas
não exime a Administração de buscar, em juízo,
enquanto legatárias da criminologia crítica,
autorização para restringir direitos dos
mantêm-se atreladas ao projeto científico de um
administrados.
sistema universal de compreensão do crime.
d) Os estudos realizados por Howard Becker sobre somente reconhecê-la e positivá-la. Neste
grupos consumidores de maconha, na década de sentido, tem-se o seguinte:
50, nos Estados Unidos, deram origem à
a) Em seus primeiros estudos, Cesare Lombroso
perspectiva criminológica cultural, por meio da
encontrou no atavismo uma explicação para
qual é possível compreender a dimensão
relacionar a estrutura corporal ao que chamou de
patológica do uso de drogas para os fins da
criminalidade habitual.
intervenção estatal preventiva e também
repressiva sobre tráfico de entorpecentes. b) A periculosidade, ou temeritá, tal como
conceituada por Enrico Ferri, foi definida como a
e) A primeira referência teórica e metodológica
perversidade constante e ativa a recomendar que
para a realização de estudos criminológicos sobre
esta, e não o dano causado, a medida de
formas de ativismo político urbano identificados
proporcionalidade de aplicação da pena.
com o chamado movimento punk é a
obra Outsiders: studies in the sociology of c) Para Raffaele Garófalo (1851-1934), a defesa
deviance (Outsiders: estudo de sociologia do social era a luta contra seus inimigos naturais
desvio), de Howard Becker, a partir dos estudos carecedores dos sentimentos de piedade e
que realiza entre grupos consumidores de probidade.
maconha e músicos de jazz, na década de 50, nos
Estados Unidos. d) Nos marcos do pensamento criminológico
positivista, Enrico Ferri, embora discípulo de
32. Sobre o labelling approach e sua influência Lombroso, abandonou a noção de criminalidade
sobre o pensamento criminológico do século XX, centrada em causas de ordem biológica, passando
constata-se que a considerar como centrais as causas ligadas à
etiologia do crime, sendo estas: as individuais, as
a) a criminalidade se revela como o processo de
físicas e as sociais.
anteposição entre ação e reação social.
e) Enrico Ferri e Cesare Lombroso, recorrendo à
b) recebeu influência decisiva de correntes de
metáfora da guerra contra o delito, sustentaram a
origem fenomenológica, tais como o
possibilidade de aplicação das penas de
interacionismo simbólico e o behaviorismo.
deportação ou expulsão da comunidade para
c) o sistema penal é entendido como um processo aqueles que carecessem do sentido de justiça ou o
articulado e dinâmico de criminalização. tivessem aviltado.

d) parte dos conceitos de conduta desviada e 34. Tendo a obra O Homem Deliquente, de Cesare
reação social como termos independentes para Lombroso (1836-1909), como fundante da
determinar que o desvio e a criminalidade não são Criminologia surgida a partir da segunda metade
uma qualidade intrínseca da conduta. do século XIX, verifica-se que, segundo a
sistematização realizada por Enrico Ferri (1856-
e) no processo de criminalização seletiva o
1929), o pensamento criminológico positivista
funcionamento das agências formais de controle
assenta-se, dentre outras, na tese de que:
mostra-se autossuficiente e autorregulado.
a) o livre arbítrio é um conceito chave para o
33. Para a criminologia positivista, a
direito penal.
criminalidade é uma realidade ontológica, pré-
constituída ao direito penal, ao qual cabe tão
b) os chamados delinquentes poderiam ser seu prenome e de seu gênero (sexo) diretamente
classificados como loucos, natos, morais, no registro civil.
passionais e de ocasião.
36. A respeito do Senado Federal, segundo a
c) a defesa social é tomada como o principal Constituição (CRFB) e o Supremo Tribunal Federal
objetivo da justiça criminal. (STF), é certo que:

d) a responsabilidade social, tida como clássica, a) o senador infiel não perde o mandato por
deveria ser substituída pela categoria da mudar de partido, pois, segundo o princípio
responsabilidade moral para a imputação do majoritário, o mandato pertence ao candidato, e
delito. não ao partido.

e) a natureza objetiva do crime, mais do que a b) cada Estado e o Distrito Federal elegerão três
motivação, deve ser base para medida da pena. senadores, com mandato de oito anos, e a
representação no Senado será renovada de quatro
35. Sobre os direitos fundamentais garantidos na
em quatro anos, alternadamente, por um e dois
Constituição (CRFB), segundo o Supremo Tribunal
terços, razão pela qual cada Estado e o Distrito
Federal (STF),
Federal elegerão em 2018 um senador.
a) o Estado, ao lançar mão de ações afirmativas,
c) o candidato a senador, assim como o
como as cotas raciais, desafia os princípios da
governador e vice-governador de Estado e do
igualdade, da moralidade e da eficiência, além de
Distrito Federal, precisa contar com a idade
fomentar o preconceito.
mínima de trinta anos.
b) como não há direito absoluto, o direito à
d) o senador precisa renunciar ao respectivo
liberdade é incompatível com a produção de
mandato até seis meses antes do pleito caso
biografias não autorizadas ou com a veiculação de
queira concorrer a outro cargo, como o de
charges, sátiras e paródias sobre candidatos em
Presidente da República, o de governador de
programas humorísticos durante o período
Estado ou do Distrito Federal e o de prefeito.
eleitoral.
e) o senador representa o povo pelo qual foi
c) a interrupção voluntária da gestação até o
majoritariamente eleito.
segundo trimestre de gravidez deixou de
configurar o crime de aborto. 37. O Delegado de Polícia, ainda segundo a
Constituição (CRFB) e o Supremo Tribunal Federal
d) o direito de o preso não ser submetido a
(STF),
tratamento desumano ou degradante cede
quando em confronto com o direito à segurança a) não pode possuir nenhuma tatuagem no corpo
da sociedade, inclusive porque é do Poder nem alegar-se adventista do sétimo dia, para
Executivo estadual a responsabilidade pelo estado recusar o plantão de sexta para sábado, pois no
de coisas inconstitucional do sistema prisional. Brasil o Estado é laico.

e) o transgênero, pessoa que não se identifica b) pode questionar a condução de investigações


psiquicamente com seu gênero biológico, se assim penais pelo Ministério Público, cuja atribuição
o desejar, pode, independentemente da cirurgia limita-se à propositura da ação penal pública.
de redesignação sexual ou da realização de
tratamentos hormonais, solicitar a alteração de
c) está subordinado ao governador do Estado, e o b) os Presidentes da Câmara dos Deputados, do
respectivo concurso pode exigir altura mínima Senado Federal e do Supremo Tribunal Federal
para ingresso. perdem a Chefia de Poder tão logo se tornem réus
criminais perante o STF, em virtude da potencial
d) pode instaurar procedimento investigatório a
assunção da Presidência da República.
partir de delação anônima, independentemente
de prévia averiguação sumária. c) o Presidente da Câmara dos Deputados, por
estar na linha sucessória da Presidência da
e) pode interromper manifestações voltadas à
República, não pode ser responsabilizado por atos
descriminalização das drogas, como a chamada
estranhos ao exercício de suas funções.
“marcha da maconha”, pois esse tipo de evento
extrapola os direitos à livre manifestação do d) o Presidente da República pode expedir
pensamento e de reunião, além de configurar “decretos autônomos” e delegar aos Ministros de
apologia ao crime. Estado, ao Procurador-Geral da República ou ao
Advogado-Geral da União a atribuição de
38. O Delegado de Polícia, segundo a
conceder indulto e comutar penas.
Constituição (CRFB) e o Supremo Tribunal Federal
(STF) e) o Governador do Estado só pode ser processado
criminalmente pelo Superior Tribunal de Justiça
a) tem a função institucional de exercer o controle
após prévia autorização da Assembleia Legislativa
externo da atividade policial.
local nos casos em que a Constituição Estadual
b) ainda que figure na primeira classe da carreira, assim o exigir.
pode chefiar a Polícia Civil do Estado, se escolhido
40. Os Tratados Internacionais de Direitos
pelo governador.
Humanos ocupam, no ordenamento jurídico
c) pode exercer regularmente o direito de greve, brasileiro, o status de:
pois a vedação constitucional restringe-se aos
a) norma constitucional se aprovados, em cada
militares.
Casa do Congresso Nacional, em dois turnos, por
d) pode ser substituído por subtenente ou três quintos ou menos dos votos dos respectivos
sargento da polícia militar nos municípios em que membros.
não houver servidor de carreira para o
b) norma supralegal, segundo o STF, se aprovados
desempenho das funções de polícia.
com quórum inferior a três quintos, embora haja
e) exerce as funções de polícia judiciária e a respeitável doutrina no sentido de que, ainda
apuração de infrações penais, inclusive as assim, possuiriam estatura constitucional.
militares.
c) norma supralegal, segundo o STF, qualquer que
39. Em relação ao Poder Executivo, segundo a seja o quórum de aprovação, o que é acatado de
Constituição (CRFB) e o Supremo Tribunal Federal maneira unânime pela doutrina.
(STF),
d) lei ordinária, pois a República Federativa do
a) o Presidente da República pode decretar guerra Brasil prima por sua soberania, pela
e delegar aos Ministros de Estado a atribuição de independência nacional e pela autodeterminação
decretar e executar intervenção federal. dos povos.
e) norma constitucional, pois os direitos e a) pode ser previsto, pela Constituição Estadual,
garantias expressos na Constituição não excluem em favor dos Delegados de Polícia, em respeito à
outros decorrentes do regime e dos princípios por autonomia dos estados-membros e ao princípio
ela adotados, ou dos tratados internacionais em federativo.
que a República Federativa do Brasil seja parte.
b) teve seu rol de beneficiários reduzido
41. O sigilo bancário pode ser levantado recentemente pelo STF, a exemplo do que já
independentemente de autorização judicial, mas acontece em outros países, como Alemanha, Itália
de forma devidamente regulamentada, e Portugal.

a) pela Receita Federal, pelo Fisco Estadual e pela c) inicia-se com a diplomação do parlamentar
CPI federal, estadual ou distrital. federal e encerra-se com o término do mandato,
qualquer que seja o estágio do processo.
b) pelo Delegado de Polícia, pelo membro do
Ministério Público e pela CPI municipal. d) cessa, e o processo segue para a primeira
instância se o parlamentar renunciar ou perder o
c) pelo Delegado de Polícia, pela Receita Federal e
cargo durante o prazo para apresentação de
pelo membro do Ministério Público.
alegações finais.
d) pelo Delegado de Polícia, pelo Fisco Estadual e
e) por mutação constitucional, passou a aplicar-se
pela CPI federal, estadual ou distrital.
apenas aos crimes cometidos durante o exercício
e) pelo Tribunal de Contas da União, pela Receita do cargo e diretamente relacionados às suas
Federal e pela CPI federal, estadual, distrital ou funções, de modo que o crime cometido por
municipal. parlamentar após a diplomação, mas sem relação
direta com o cargo, será processado e julgado em
42. A Constituição Federal brasileira de 1988 primeiro grau.
classifica-se quanto à origem, ao modo de
elaboração, à alterabilidade, à dogmática e ao 44. É constitucionalmente possível, apesar das
critério ontológico de Karl Loewenstein, limitações constitucionais ao poder constituinte
respectivamente, em derivado, segundo a doutrina nacional
predominante,
a) outorgada, dogmática, rígida, eclética e
normativa. a) a alteração na titularidade dos poderes
constituintes originário e derivado reformador.
b) outorgada, histórica, semirrígida, ortodoxa e
nominalista. b) a edição, ainda este ano, da centésima Emenda
Constitucional, pois a intervenção federal no Rio
c) promulgada, dogmática, rígida, eclética e de Janeiro, prevista para durar até 31 de
normativa. dezembro de 2018, não configura nenhuma
limitação temporal ao poder de reforma.
d) promulgada, histórica, semirrígida, ortodoxa e
nominalista. c) a Constituição ser emendada mediante
proposta de iniciativa popular.
e) cesarista, histórica, imutável, eclética e
semântica. d) a dupla revisão, com a revogação da cláusula
pétrea num primeiro momento e a posterior
43. O foro por prerrogativa de função, segundo o
abolição do direito por ela protegido.
Supremo Tribunal Federal (STF),
e) a hipotética redução da maioridade penal de 18 a) ambos crimes inafiançáveis e insuscetíveis de
para 16 anos. graça ou anistia.

45. É possível, segundo a Constituição (CRFB) e o b) crime inafiançável e insuscetível de graça ou


Supremo Tribunal Federal (STF), anistia, o primeiro, e crimes inafiançáveis e
imprescritíveis, os segundos.
a) a prisão civil por dívida do depositário infiel.
c) ambos crimes inafiançáveis e imprescritíveis.
b) a extradição de brasileiro naturalizado em caso
de crime comum, praticado antes da d) crime inafiançável e imprescritível, o primeiro, e
naturalização, mas o brasileiro nato nunca poderá crimes inafiançáveis e insuscetíveis de graça ou
ser entregue pelo Brasil a outro país. anistia, os segundos.

c) o uso de algemas como regra, com vistas à e) ambos crimes inafiançáveis, mas prescritíveis,
proteção dos agentes envolvidos e da autoridade pois o ordenamento constitucional não admite a
policial. ideia de imprescritibilidade.

d) a manutenção provisória de condenado em 48. A polícia pode entrar em domicílio à noite


regime prisional mais gravoso até o surgimento de sem o consentimento do morador, segundo a
vaga em estabelecimento penal adequado à Constituição (CRFB), o Supremo Tribunal Federal
progressão de regime. (STF) e o Superior Tribunal de Justiça (STJ), se

e) a extradição de brasileiro naturalizado em caso a) fundadas razões, formalmente justificadas a


de crime comum, praticado depois da posteriori, indicarem a ocorrência de crime
naturalização, mas o estrangeiro não será permanente.
extraditado por crime político ou de opinião.
b) houver determinação judicial de prisão do
46. A Constituição (CRFB) admite como possível a morador.
pena de
c) passadas as 18 horas, o crepúsculo ainda não
a) interdição de direitos, ainda que de caráter tiver acontecido, em virtude do horário de verão.
perpétuo.
d) o morador não reivindicar verbalmente a
b) prestação social alternativa, na modalidade de inviolabilidade do domicílio ou estiver em um
trabalho forçado. quarto de hotel.

c) morte em caso de guerra declarada. e) a intuição da autoridade policial apontar para


possível ocorrência de tráfico de drogas no
d) banimento, considerada suspensão ou
interior da residência, o que configura flagrante
interdição de direitos
delito.
e) privação da liberdade, independentemente de
49. Preenchidos os requisitos legais para
assegurar-se ao preso o respeito à sua integridade
concessão da benesse, é possível aplicar ao crime
física e moral.
de lesão corporal de natureza leve praticado em
47. O racismo e os crimes hediondos constituem, situação de violência doméstica e familiar contra
segundo a Constituição (CRFB), a mulher a:

a) transação penal.
b) suspensão condicional da pena. a) dez dias

c) suspensão condicional do processo. b) trinta dias

d) absolvição, com base no princípio da c) cinco dias


insignificância.
d) sessenta dias
e) substituição da pena privativa de liberdade por
e) quarenta e cinco dias
restritiva de direitos
53. Dispõe a Lei n. 7.716/1989, que define os
50. O sujeito “A”, primário e de bons
crimes resultantes de preconceito de raça ou de
antecedentes, foi condenado a quinze anos de
cor, que ficará sujeito às penas de multa e de
reclusão, em regime inicialmente fechado, pela
prestação de serviços à comunidade, incluindo
prática do crime de homicídio qualificado. Neste
atividades de promoção da igualdade racial,
caso, preenchidos os demais requisitos, o sujeito
quem:
“A” terá direito a progredir para o regime
semiaberto após o cumprimento de a) exigir aspectos de aparência próprios de raça ou
etnia para emprego cujas atividades não
a) três anos de sua pena.
justifiquem essas exigências, em anúncios ou
b) cinco anos de sua pena. qualquer outra forma de recrutamento de
trabalhadores.
c) seis anos de sua pena.
b) recusar ou impedir acesso a estabelecimento
d) nove anos de sua pena.
comercial, negando-se a servir, atender ou
e) dez anos de sua pena receber cliente ou comprador.

51. Na hipótese de um servidor público ser c) recusar, negar ou impedir a inscrição ou


condenado pelo crime de tortura qualificada pelo ingresso de aluno em estabelecimento de ensino
resultado morte a uma pena de doze anos de público ou privado de qualquer grau.
reclusão, referida condenação acarretará a perda
d) impedir o acesso ou recusar atendimento em
do cargo, função ou emprego público e a
restaurantes, bares, confeitarias, ou locais
interdição para seu exercício por
semelhantes abertos ao público.
a) cinco anos
e) impedir a ascensão funcional do empregado ou
b) dez anos obstar outra forma de benefício profissional, por
motivo de discriminação de raça ou de cor ou
c) doze anos práticas resultantes do preconceito de
descendência ou origem nacional ou étnica.
d) vinte e quatro anos
54. Configura hipótese legal de recurso de ofício
e) trinta e seis anos
(reexame necessário), a absolvição do acusado
52. O Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei n. em processo por crime:
8.069/1990) dispõe expressamente que a
a) de tortura
internação, antes da sentença, pode ser
determinada pelo prazo máximo de: b) de genocídio
c) contra a economia popular e) Sendo caso de denúncia, é imprescindível o
retorno dos autos à autoridade policial para
d) contra as relações de consumo
instauração do respectivo inquérito.
e) resultante de preconceito de raça ou de cor
57. Sendo caso de denúncia, é imprescindível o
55. O Código de Processo Penal dispõe que, nos retorno dos autos à autoridade policial para
casos de busca e apreensão: instauração do respectivo inquérito.

a) A busca pessoal independe de mandado, no a) O Ministério Público possui prazo em dobro


caso de prisão. para interpor apelação criminal.

b) Caso o morador se recuse a colaborar com a b) Em caso de revelia do acusado regularmente


diligência, será permitido o emprego de força citado, presumir-se-ão verdadeiros os fatos
contra sua pessoa para o descobrimento do que se narrados na denúncia.
procura.
c) Admite-se a citação por hora certa no processo
c) Não sendo encontrada a pessoa ou coisa penal.
procurada, dispensa-se a lavratura do auto
d) Ocorre emendatio libelli quando o juiz entende
circunstanciado.
cabível nova definição jurídica do fato, em
d) Quando ausentes os moradores da casa objeto consequência de prova existente nos autos de
de busca, devem ser intimadas a assistir a elemento ou circunstância da infração penal não
diligência duas pessoas idôneas. contida na acusação.

e) Na impossibilidade de indicação precisa do local e) No processo penal não se aplica o princípio da


em que será realizada a diligência, admite-se a identidade física do juiz.
expedição de mandado de busca e apreensão
58. Segundo o Código de Processo Penal, é
genérico.
cabível a prisão domiciliar, em substituição à
56. Sobre o processamento dos crimes de menor prisão preventiva, quando o agente for:
potencial ofensivo, verifica-se o seguinte:
a) magistrado.
a) A intimação das partes pode ser feita por
b) Ministro de Estado.
qualquer meio idôneo de comunicação, inclusive
eletrônico. c) pessoa maior de setenta anos.

b) A homologação da transação penal prevista no d) pessoa portadora de diploma de ensino


artigo 76 da Lei n. 9.099 de 1995 faz coisa julgada superior.
material.
e) homem, caso seja o único responsável pelos
c) Não é admitida, nos crimes de menor potencial cuidados do filho de até doze anos de idade
ofensivo, a realização de perícia criminal. incompletos.

d) A suspensão condicional do processo será 59. Sobre a prisão, tem-se o seguinte:


revogada se, no curso do prazo, o beneficiário vier
a) A prisão temporária, presentes os seus
a ser indiciado por outro crime.
requisitos, poderá ser decretada no curso da ação
penal.
b) A Constituição da República Federativa do Brasil e) Diante de novas provas, o delegado pode, de
prevê a incomunicabilidade do preso durante o ofício, desarquivar inquérito já encerrado.
estado de defesa.
Gabarito: C
c) Nos crimes hediondos, a prisão temporária tem,
62. Impor-se-á prisão em flagrante:
em regra, a duração de trinta dias.
a) a Deputado Federal flagrado na prática de crime
d) Após a alteração legislativa promovida pela Lei
de estelionato.
n. 12.403, de 2011, é possível a decretação de
prisão preventiva pelo juiz, de ofício, durante a b) à pessoa que for flagrada transportando, para
investigação penal. consumo pessoal, drogas, em desacordo com
determinação legal.
e) É causa de revogação da prisão preventiva o
extrapolamento, pela autoridade policial, do prazo c) à pessoa que, flagrada na prática de crime de
de conclusão do inquérito policial. menor potencial ofensivo, tiver termo
circunstanciado de ocorrência lavrado e assumir
60. Dispensa-se a reserva de jurisdição:
compromisso de comparecer ao juizado especial
a) para a decretação da prescrição.
criminal.
b) para prisão temporária do investigado.
d) à pessoa flagrada na prática de crime de furto
c) para declarar a cassação da fiança prestada. simples de coisa avaliada em R$ 50,00 (cinquenta
reais).
d) para a realização de reprodução simulada dos
fatos e) ao condutor de veículo, no caso de homicídio
culposo na direção de veículo automotor, que
e) para requisição, a empresas concessionárias de
prestar à vítima pronto e integral socorro.
telecomunicações, de disponibilização de meios
técnicos adequados que permitam a localização Gabarito: D
dos suspeitos de delito em curso.
63. Sobre o tratamento dado à competência pelo
61. Sobre a fase investigatória criminal, verifica- Código de Processo Penal, tem-se o seguinte:
se o seguinte:
a) O juiz pode reconhecer, de ofício,
a) A ausência de defensor, nomeado ou incompetência relativa.
constituído, gera nulidade do interrogatório do
b) No caso de ação penal pública condicionada à
investigado pela autoridade policial.
representação, o ofendido pode preferir o foro de
b) O inquérito policial é indispensável para a domicílio ou da residência do réu, ainda quando
propositura, pelo titular, da ação penal. conhecido o lugar da infração.

c) Não é admitida a figura do assistente técnico. c) O concurso formal de crimes não configura
hipótese de continência.
d) Na falta de perito oficial, o exame de corpo de
delito poderá ser realizado por duas pessoas d) A legislação processual adota a teoria da
idôneas e com notório saber na área relacionada ubiquidade para determinação do juízo
com a natureza do exame. competente pelo lugar da infração.
e) A competência será determinada pela conexão e) Medida cautelar de proibição de ausentar-se da
quando duas ou mais pessoas forem acusadas pela comarca.
mesma infração.
67. Sobre o inquérito policial, segundo o Código
64. Sobre a jurisprudência do Superior Tribunal de Processo Penal, tem-se o seguinte:
de Justiça, verifica-se o seguinte:
a) A representação, no caso de ação penal pública
a) O crime de extorsão consuma-se com a condicionada, pode ser apresentada por
obtenção da vantagem indevida. procurador.

b) Compete à justiça comum federal processar e b) Em regra, irregularidade em ato praticado no


julgar crime em que o indígena figure como autor inquérito policial gera a nulidade do processo
ou vítima penal dele decorrente.

c) Admite-se a extinção da punibilidade pela c) A representação do ofendido é irretratável


prescrição virtual ou em perspectiva. depois de recebida a denúncia.

d) A competência para processar e julgar o crime d) Da decisão que indefere o requerimento de


de uso de documento falso é firmada em razão da abertura de inquérito policial formulado pelo
qualificação do respectivo órgão expedidor. ofendido cabe recurso ao Ministério Público.

e) Havendo conexão entre um crime federal e um e) Se o investigado estiver preso em flagrante, o


crime estadual, prevalece a competência da extrapolamento do prazo de conclusão gera
justiça federal. nulidade da investigação.

65. Quando o inquérito policial é instaurado a 68. A segurança pública, dever do Estado, direito
partir de um auto de prisão em flagrante delito, e responsabilidade de todos, é exercida para a
diz-se haver: preservação da ordem pública e da incolumidade
das pessoas e do patrimônio. Esse é o teor do
a) notitia criminis inqualificada.
artigo 144 da Constituição que, dentre outras
b) delatio criminis postulatória. coisas, dispõe que:

c) notitia criminis de cognição imediata. a) às polícias civis incumbem a apuração de


infrações penais contra a ordem política e social
d) notitia criminis de cognição mediata. ou em detrimento de bens, serviços e interesses
da União ou de suas entidades autárquicas e
e) notitia criminis de cognição coercitiva
empresas públicas nas localidades onde não exista
66. É instituto exclusivo da fase processual (i. e., delegacia de Polícia Federal.
judicial) da persecução penal:
b) incumbem às polícias civis, ressalvada a
a) Sequestro de bens imóveis. competência da União, as funções de polícia
judiciária e a apuração de infrações penais,
b) Quebra de sigilo telemático.
inclusive as militares.
c) Incidente de insanidade mental.
c) os servidores policiais integrantes dos órgãos de
d) Habilitação de assistente de acusação. segurança pública serão remunerados
exclusivamente por subsídio.
d) os municípios com mais de duzentos mil e) na modalidade furto, é prescindível que o
habitantes deverão constituir guardas municipais agente se valha da facilidade que lhe proporciona
destinadas à proteção de seus bens, serviços e a qualidade de funcionário.
instalações.
71. Segundo o Código Penal, a reincidência
e) as polícias civis dos estados e do Distrito Federal
a) suspende o curso da prescrição.
são instituições organizadas com base na
hierarquia e na disciplina. b) impede a concessão de livramento condicional.
69. “Ciência ou a arte de selecionar os bens (ou c) impõe regime inicial fechado para cumprimento
direitos), que devem ser tutelados jurídica e de pena.
penalmente, e escolher os caminhos para
efetivar tal tutela, o que iniludivelmente implica d) impede a suspensão condicional da pena, se em
a crítica dos valores e caminhos já eleitos.” crime doloso.
(ZAFFARONI, E. R.; PIERANGELI, J. H. Manual de
e) impossibilita a substituição das penas privativas
Direito Penal Brasileiro. 12. ed. São Paulo:
de liberdade pelas restritivas de direito.
Editora Revista dos Tribunais, 2018. p. 128)
72. De acordo com o Código Penal, há homicídio
A descrição apresentada acima se refere a um
qualificado quando for cometido:
conceito de
a) por grupo de extermínio.
a) criminologia.
b) para assegurar a impunidade de outro crime.
b) teoria do delito.
c) estando o ofendido sob a imediata proteção da
c) política criminal.
autoridade.
d) abolicionismo penal.
d) contra pessoa menor de quatorze ou maior de
e) direito penal do inimigo. sessenta anos

70. Sobre o crime de peculato, previsto no Código e) por milícia privada, sob o pretexto de prestação
Penal, verifica-se que, de serviço de segurança.

a) na modalidade apropriação, pode se dar em 73. Quando o agente, em crime cometido sem
favor de terceira pessoa. violência ou grave ameaça à pessoa, repara
voluntariamente o dano até o recebimento da
b) como regra, admite a aplicação do princípio da denúncia, ocorre:
insignificância, segundo a jurisprudência do
Superior Tribunal de Justiça. a) arrependimento eficaz.

c) na modalidade desvio, não admite coautoria. b) arrependimento posterior.

d) na modalidade culposa, a reparação do dano c) crime impossível.


antes de sentença irrecorrível reduz à metade a
d) desistência voluntária.
pena imposta.
e) tentativa.

74. Sobre a lei penal, tem-se o seguinte:


a) A jurisprudência atual do Superior Tribunal de b) O querelado que, antes da sentença, se retrata
Justiça e do Supremo Tribunal Federal admite a cabalmente da calúnia, difamação ou injúria, fica
aplicação combinada das partes benéficas de leis isento de pena.
penais distintas (lex tertia).
c) As penas aos crimes de calúnia, difamação ou
b) A ultratividade da lei penal temporária, prevista injúria aumentam-se de um terço, se qualquer dos
no artigo 3º do Código Penal, constitui exceção crimes é cometido contra pessoa maior de 60
legal à regra do tempus regit actum. (sessenta) anos ou portadora de deficiência.

c) Não se aplica a lex gravior ao crime d) Se, de referências, alusões ou frases, se infere
permanente, se a sua vigência é anterior à calúnia, difamação ou injúria, quem se julga
cessação da permanência ofendido pode pedir explicações em juízo.

d) A retroatividade de lei penal benéfica ao réu é e) Nos crimes de calúnia, difamação ou injúria,
expressamente prevista na Convenção Americana admite-se a exceção da verdade.
sobre Direitos Humanos.
77. Sobre o crime de furto, previsto no artigo 155
e) Admite-se a aplicação da analogia in malam do Código Penal, tem-se o seguinte:
partem no Direito Penal.
a) A lei penal admite, em certas hipóteses, ação
75. É crime inafiançável, segundo a Constituição penal pública condicionada à representação para
da República Federativa do Brasil: o crime de furto.

a) Transportar arma de fogo de uso permitido, b) O Superior Tribunal de Justiça admite a


sem autorização e em desacordo com aplicação, no furto qualificado pelo concurso de
determinação legal. agentes, da majorante do roubo.

b) Ter em depósito, para consumo pessoal, drogas c) O Superior Tribunal de Justiça entende que a
sem autorização e em desacordo com existência de sistema de vigilância realizado por
determinação legal. monitoramento eletrônico torna impossível a
configuração do crime de furto.
c) Tentar constranger alguém, mediante grave
ameaça, a ter conjunção carnal. d) A expressão “pequeno valor”, requisito para o
reconhecimento do furto privilegiado, equivale, na
d) Constranger alguém, mediante violência com o
jurisprudência, a “valor insignificante”.
emprego de arma, e com o intuito de obter para si
indevida vantagem econômica, a fazer alguma e) A jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça
coisa. não admite o reconhecimento do privilégio nas
hipóteses de furto qualificado.
e) Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade,
com a utilização de elementos referentes à raça, 78. A jurisprudência do Superior Tribunal de
cor ou etnia. Justiça não admite o reconhecimento do
privilégio nas hipóteses de furto qualificado.
76. Sobre o crimes contra a honra, previstos no
Código Penal, tem-se o seguinte: No Código Penal brasileiro, verifica-se que a
a) Não constitui calúnia, difamação ou injúria prescrição,
punível a ofensa irrogada em juízo, na discussão
da causa, pela parte ou por seu procurador.
a) no caso de concurso de crimes, incidirá sobre o b) no instrumento utilizado, sendo cortante na
somatório das respectivas penas. degola e cortante e contundente no
esgorjamento.
b) no caso de evadir-se o condenado ou de
revogar-se o livramento condicional, é regulada c) no instrumento utilizado. Cortante na
pelo tempo que resta da pena. decapitação e contundente no esgorjamento.

c) no caso de pena de multa, ocorrerá em três d) na localização da lesão, sendo a degola


anos, quando a multa for a única cominada ou posterior ao pescoço e o esgorjamento anterior ou
aplicada. lateral.

d) quando o criminoso era, na data da sentença, e) na localização da lesão, sendo a degola lateral e
maior de sessenta anos, tem seu prazo reduzido o esgorjamento anterior.
pela metade.
03. A putrefação é o processo de decomposição
e) antes de transitar em julgado a sentença final, da matéria orgânica por bactérias e pela fauna
começa a correr, nos crimes permanentes, a partir macroscópica, sendo um fenômeno destrutivo e
do dia em que se iniciou a permanência. transformativo, que acaba por devolvê-la à
condição de matéria inorgânica. Alguns fatores
Ano: 2018 - Prova: VUNESP - 2018 - PC-SP -
podem influir e alterar esse processo, dentre eles
Delegado de Polícia
a temperatura ambiente. Podemos então afirmar
01. De modo geral, nos casos de morte de causa corretamente que temperaturas
desconhecida, o cadáver deve ser encaminhado
a) abaixo de 5 graus celsius aceleram o processo.
para o IML (Instituto Médico Legal) ou para o
SVO (Serviço de Verificação de Óbitos) b) abaixo de zero grau celsius tendem a conservar
respectivamente, quando a morte for decorrente indefinidamente o corpo.
de
c) entre 5 e 10 graus celsius tendem a conservar
a) acidente de trânsito – suicídio. indefinidamente o corpo.

b) causa natural sem assistência médica – acidente d) acima de 25 graus celsius não aceleram o
de trânsito. processo.

c) homicídio – suicídio. e) entre 10 e 15 graus celsius tendem a conservar


o cadáver por cerca de 48 horas.
d) suicídio – morte natural ou suspeita sem
assistência médica. 04. São os 3 fenômenos abióticos mediatos que
ocorrem progressivamente após a morte. Algor
e) causa externa ou morte suspeita – morte
(resfriamento), livor (manchas de hipóstase) e
natural sem assistência médica.
rigor (rigidez cadavérica). Destes, a rigidez
02. Com relação à traumatologia médico-legal, a generalizada pode ser observada
diferença conceitual entre degola (decapitação) e
a) somente após 48 horas do óbito.
esgorjamento reside
b) entre 8 e 24 horas após o óbito.
a) na separação total da cabeça do restante do
corpo na degola, sendo a lesão sempre profunda. c) entre 1 e 2 horas do óbito.
d) entre 4 e 6 horas após o óbito. d) Os descendentes do herdeiro excluído sucedem
como se ele morto fosse antes da abertura da
e) entre 24 e 48 horas após o óbito.
sucessão, uma vez que são pessoais os efeitos da
05. Pedro, cantor de sucesso de apenas dezessete exclusão.
anos, preocupado com seus bens, decide fazer
e) O excluído da sucessão é obrigado a restituir os
um testamento. Sobre a situação hipotética,
frutos e rendimentos que dos bens da herança
assinale a alternativa correta.
houver percebido, sem direito a indenização pelas
a) Caso algum herdeiro necessário não despesas com a conservação deles.
beneficiado pelo testamento decida impugnar a
07. Maria propôs ação de divórcio em face de
validade do testamento de Pedro, o prazo é de
João e ambos, já divorciados, estão aguardando a
quatro anos, contado o prazo da data do seu
homologação da partilha dos bens do casal.
registro.
Nesse período, Maria conhece José e decidem se
b) Se Pedro decidir fazer o testamento particular, casar. Sobre o caso hipotético, assinale a
ele deve ser escrito de próprio punho. Se for alternativa correta.
público, pode ser de próprio punho ou por
a) Os colaterais de terceiro grau de José,
processo mecânico.
consanguíneos ou afins, podem arguir o fato de
c) Serão nulas as disposições de Pedro se ele que Maria é divorciada e a partilha de bens dela e
favorecer as testemunhas do testamento de João ainda não foi homologada.

d) Pedro pode fazer o testamento conjuntivo com b) Maria e José podem celebrar o casamento,
seu irmão para beneficiar seus pais. desde que com o regime de separação obrigatória
de bens.
e) Por ser relativamente incapaz, Pedro não pode
testar, exceto se assistido por seus pais ou c) Se o oficial de registro tiver conhecimento de
representantes legais. que a partilha de bens de Maria e João ainda não
foi homologada, ele é obrigado a declarar o
06. Sobre a exclusão da sucessão, assinale a impedimento.
alternativa correta.
d) Ainda que Maria prove a inexistência de
a) Aquele que caluniou em juízo o autor da prejuízo de João, o juiz não poderá autorizar o
herança não será admitido a suceder, ainda que o casamento de Maria e José até que a partilha de
ofendido o tiver reabilitado em testamento de bens seja homologada.
forma expressa.
e) Qualquer pessoa relativamente incapaz pode
b) Aquele que, por meios fraudulentos, inibir o declarar o impedimento do casamento de Maria
autor da herança de dispor livremente de seus até o momento da celebração.
bens por ato de última vontade será excluído da
sucessão, bastando, para tanto, decisão 08. Cesare Vivante definiu Título de Crédito como
administrativa do juiz. sendo o documento necessário para o exercício
do direito, literal e autônomo, nele mencionado.
c) O direto de demandar a exclusão do herdeiro Sobre o tema, assinale a alternativa correta:
extingue-se em quatro anos, a contar da data de
abertura do testamento.
a) De acordo com a legislação vigente no país, o a) O domicílio do preso é o lugar onde foi julgada a
aval parcial é vedado, porém, a mesma legislação ação penal.
estabelece que o endosso parcial é válido.
b) O domicílio do servidor público é o lugar em
b) Considera-se lugar de emissão e de pagamento, que ele exerce permanentemente suas funções.
quando não indicado no título de crédito, o lugar
c) O domicílio do incapaz é o do local onde ele for
onde a obrigação deve ser resolvida ou,
encontrado.
subsidiariamente, o domicílio do emissor.
d) Se a pessoa natural não tiver residência
c) Ressalvada cláusula expressa em contrário,
habitual, ter-se-á por seu domicílio a última
constante do endosso, responde o endossante
residência registrada em seu nome.
pelo cumprimento da prestação constante do
título. e) Se a pessoa natural tiver diversas residências,
onde alternadamente viva, considerar-se-á seu
d) O Código Civil estabelece que é considerado
domicílio apenas o lugar onde a profissão é
como título à ordem aquele emitido em favor de
exercida.
pessoa cujo nome conste no registro do emitente.
11. A atividade administrativa do Estado
e) A omissão de qualquer requisito legal, que tire
frequentemente demanda a necessidade de
ao escrito a sua validade como título de crédito,
intervenção da propriedade individual em razão
não implica a invalidade do negócio jurídico que
de um interesse público maior. A respeito das
lhe deu origem.
diversas modalidades de intervenção na
09. Sobre as diferentes classes de bens, assinale a propriedade, julgue as afirmações a seguir e
alternativa correta. selecione a alternativa correta.

a) Constitui universalidade de direito a pluralidade a) A servidão administrativa é a intervenção na


de bens singulares que, pertinentes à mesma propriedade particular que decorre da instituição
pessoa, tenham destinação unitária. de direito real, impondo ao proprietário a
obrigação de suportar ônus parcial sobre o imóvel
b) Os bens naturalmente divisíveis só podem
de sua propriedade, em benefício de serviço
tornar-se indivisíveis por determinação legal.
público ou de um bem afetado a um serviço
c) São bens imóveis o solo, o subsolo e o espaço público.
aéreo e apenas o que se lhe incorporar
b) A legislação brasileira não autoriza a ocupação
artificialmente.
temporária de bens imóveis particulares no Brasil,
d) Consideram-se bens móveis as energias que devendo a Administração, se necessária a
tenham valor econômico e o direito à sucessão ocupação de imóvel para fins de pesquisa
aberta. arqueológica, apresentar ação de desapropriação
com pedido de imissão na posse.
e) Apesar de ainda não separados do bem
principal, os frutos e produtos podem ser objeto c) A função social da propriedade é o fundamento
de negócio jurídico. para a aplicação das restrições decorrentes do
tombamento de bens particulares do Brasil,
10. Domicílio da pessoa natural é o lugar onde ela tornando o bem, a partir da formalização da
estabelece a sua residência com ânimo definitivo. restrição administrativa, integrante do patrimônio
Sobre o assunto, assinale a alternativa correta.
público, deixando de compor o acervo do d) consiste na necessidade de prévia autorização
particular. do Senado Federal e da Secretaria do Tesouro
Nacional para a sua assinatura, a qual apenas
d) Em regra, o tombamento de bens pela
poderá ser dispensada em caso de investimentos
Administração, para a preservação de interesses
estratégicos integrantes do Plano Plurianual.
de caráter histórico e cultural, exigirá a prévia
indenização do proprietário em valor equivalente e) se encontra na proibição de contratação de
ao ônus de preservação a ele imposto. PPPs com prazo superior a 35 (trinta e cinco) anos
prorrogáveis por igual período, assegurando-se,
e) A desapropriação de bens imóveis ocorrerá
assim, que as contratações de PPPs não
sempre mediante prévia indenização em dinheiro,
comprometerão o ciclo orçamentário por mais de
conforme expressa determinação da Constituição.
sete décadas.
12. As chamadas “parcerias público-privadas”
13. É exemplo de ato de improbidade
(PPPs), cujo regime jurídico no Brasil encontra
administrativa que causa prejuízo ao erário:
respaldo na Lei no 11.079/2004, apresentam-se
como importante forma de mobilização de a) perceber vantagem econômica para
capitais privados para a geração e operação de intermediar a liberação ou aplicação de verba
infraestrutura pública no Brasil. É importante ter pública de qualquer natureza.
em vista, porém, que, se a contratação de PPPs
b) praticar ato visando fim proibido em lei ou
não for adequadamente tratada pelo ente
regulamento ou diverso daquele previsto na regra
público, poderá resultar em graves problemas de
de competência.
natureza fiscal no longo prazo.
A respeito desse tema, é correto afirmar com c) conceder benefício administrativo ou fiscal sem
base na Lei no 11.079/2004, que um dos a observância das formalidades legais ou
mitigadores dos riscos fiscais decorrentes de regulamentares aplicáveis à espécie.
PPPs
d) perceber vantagem econômica, direta ou
a) consiste na necessidade de que todas as indireta, para facilitar a alienação, permuta ou
contratações de PPPs contem com garantia locação de bem público ou o fornecimento de
concedida pelo Fundo Garantidor de Parcerias serviço por ente estatal por preço inferior ao valor
(FGP), controlado pela União Federal. de mercado.
b) se encontra na previsão de que a abertura da e) receber, para si ou para outrem, dinheiro, bem
licitação esteja condicionada à estimativa do fluxo móvel ou imóvel, ou qualquer outra vantagem
de recursos públicos suficientes para o econômica, direta ou indireta, a título de comissão
cumprimento, durante a vigência do contrato e de quem tenha interesse, direto ou indireto, que
por exercício financeiro, das obrigações contraídas possa ser atingido por ação ou omissão
pela Administração Pública. decorrente das atribuições do agente público.
c) consiste na proibição existente na Lei à previsão 14. Os contratos administrativos são peculiares
de garantias às obrigações pecuniárias contraídas por terem cláusulas que contêm a manifestação
pela Administração Pública por meio dos do poder estatal e da supremacia do interesse
contratos. público sobre interesses privados, as chamadas
“cláusulas exorbitantes”. Entre tais cláusulas se
inclui:
mantidas, neste caso, todas as condições
a) a possibilidade de modificar o contrato, preestabelecidas.
unilateralmente, para melhor adequação às
16. Suponha que a concessão de uma
finalidades de interesse público, respeitados os
determinada permissão de instalação de
direitos do contratado.
empreendimento em um imóvel dependa,
b) a necessidade de identificação precisa do conforme determinado em lei, da assinatura da
crédito orçamentário pelo qual correrá a despesa, autoridade administrativa em dois formulários
com a indicação da classificação funcional distintos e que, em determinado caso específico,
programática e da categoria econômica. em que pese o processo administrativo ter sido
adequadamente instruído, a autoridade
c) a proibição de utilização de meios alternativos
competente firmou apenas um dos formulários,
de resolução de conflitos, tais como a mediação e
ordenando a publicação da autorização, apesar
a arbitragem.
do vício, o qual era desconhecido no momento da
d) a fixação do preço e das condições de publicação. Identificado o vício após dois meses
pagamento, as quais deverão ser mantidas da publicação, a autoridade administrativa
durante todo o prazo do contrato. deverá:

e) a definição de prazos não superiores a 12 (doze) a) converter a permissão em autorização, por ser
meses, excetuados os projetos contemplados na esta última ato precário para o qual se exige o
Lei de Diretrizes Orçamentárias. atendimento a um número menor de condições.

15. É hipótese de licitação dispensável: b) evitar realizar qualquer ato adicional relativo a
esse processo até que se encerre a apuração
a) para contratação de profissional de qualquer preliminar que deverá, necessariamente, ser
setor artístico, diretamente ou através de aberta para apurar eventual dolo na conduta da
empresário exclusivo, desde que consagrado pela autoridade.
crítica especializada ou pela opinião pública.
c) anular a autorização concedida anteriormente,
b) para aquisição de materiais, equipamentos, ou pois o ato jurídico de autorização será não
gêneros que só possam ser fornecidos por existente.
produtor, empresa ou representante comercial
exclusivo, vedada a preferência de marca. d) convalidar o ato, corrigindo o defeito sanável
contido no ato anterior, garantindo, assim, a
c) para a contratação de serviços técnicos, de estabilidade das relações já constituídas.
natureza singular, com profissionais ou empresas
de notória especialização. e) anular a autorização concedida anteriormente,
pois o ato jurídico de autorização será inexistente,
d) a alienação de bens imóveis, conforme lei em face da ausência de atendimento estrito ao
autorizativa do ente estatal proprietário do bem a previsto na legislação.
ser alienado.
17. O chamado “poder de polícia” é um dos
e) quando não acudirem interessados à licitação poderes da Administração Pública reconhecidos
anterior e esta, justificadamente, não puder ser pela literatura administrativista. Sobre este
repetida sem prejuízo para a Administração, tema, é correto afirmar que:
a) somente os atos relativos ao consentimento e à dos interesses do particular na amortização dos
fiscalização são delegáveis, pois aqueles relativos à investimentos realizados.
legislação e à sanção derivam do poder de coerção
c) concessão de uso de bem público, a qual
do Poder Público.
formaliza-se por contrato administrativo,
b) o poder de polícia é exercido exclusivamente portanto, instrumento bilateral, não sendo
pelas forças de segurança nacional, em obediência precário.
ao previsto na Constituição Federal de 1988,
d) licença de uso de bem público, instrumento
cabendo às polícias civis a função de polícia
unilateral, assinado por prazo determinado, não
judiciária.
assegurando ao licenciado direito de indenização
c) as atividades ligadas ao poder de polícia podem em caso de retomada do bem pela Administração.
ser livremente delegadas a particulares, em
e) retrocessão, por ser esse o instrumento que
especial as atividades de fiscalização e de
permite, de forma gratuita, o uso de bem público
aplicação de sanção.
por empresas privadas, para a exploração de
d) as medidas necessárias ao exercício do poder atividade econômica de interesse público.
de polícia dependem, em regra, da intervenção do
19. Suponha que o chefe de uma determinada
Poder Judiciário, não podendo a Administração
Seção Administrativa, agindo dentro de sua
agir diretamente na sua execução.
competência legal, opte por nomear
e) a escolha dos meios necessários ao atingimento determinado servidor em função de confiança,
dos fins de proteção à segurança e à propriedade, sob a justificativa de que tal servidor possui as
finalidade do poder de polícia, é livre ao características pessoais ideais para o
administrador, não cabendo revisão pelo Poder desempenho da função. Imagine, porém, que,
Judiciário. após algumas semanas da nomeação, venha a
público a informação de que a nomeação se deu
18. Os bens públicos podem ter utilização
com a principal finalidade de redistribuir a outro
especial ou privativa em algumas situações
servidor processo administrativo cuja
específicas. Suponha a situação em que empresa
responsabilidade incumbia à época da nomeação
regularmente em operação deseja utilizar bem
ao servidor contemplado com a função de
público, de forma privativa, onde realizará
confiança.
investimentos relevantes para a exploração da
A respeito dessa situação hipotética, é correto
sua atividade, privada, mas de interesse público.
afirmar que se trata de caso de:
Nessa situação, o instrumento administrativo
mais adequado para preservar os interesses do a) excesso de poder, o qual se verifica quando o
particular investidor e da Administração é a agente público exorbita as suas competências,
a) autorização de uso de bem público, pois é agindo de forma ilegal.
instrumento bilateral, assinado por prazo
b) esvio de dever funcional, o qual se verifica
determinado, assegurando ao autorizado direito
quando o agente público deixa de praticar ato de
de indenização em caso de retomada do bem
ofício, ou o retarda, com a finalidade exclusiva de
pela Administração.
gerar vantagem a terceiro.
b) concessão de uso especial para fins de moradia
e investimentos, pois é esse o instrumento
unilateral e precário adequado para a preservação
c) abuso de poder, o qual se verifica quando o b) o ato administrativo eivado de ilegalidade
agente público age de forma arbitrária, assumindo deverá ser revogado pelo administrador público,
atribuições impróprias para as suas funções. em obediência ao princípio administrativo da
discricionariedade.
d) desvio de finalidade, o qual se verifica quando o
agente público, embora dentro de sua c) ao titular do cargo de procurador de autarquia
competência, afasta-se da finalidade prevista na exige-se a apresentação de instrumento de
lei para a prática do ato. mandato para representá-la em juízo.

e) exercício regular de direito, o qual independe d) não é possível a autotutela sobre os atos
de motivação para a sua validade, não podendo administrativos após a sua impugnação no Poder
ser anulado. Judiciário.

20. O regime jurídico constitucional das empresas e) o princípio da pessoalidade é corolário da


estatais prevê que isonomia e da legalidade, sendo centrais à ação
administrativa.
a) as empresas estatais não estão sujeitas à regra
de concurso público para a seleção de seu quadro 22. O conceito de Administração Pública possui
de pessoal. vários sentidos, sendo correto afirmar que:

b) os empregados das empresas estatais não a) sob o sentido formal, a Administração Pública
gozam de estabilidade, devendo, porém, sua deve ser entendida como o conjunto de funções
demissão ser devidamente motivada. administrativas exercidas pelo Estado.

c) as empresas estatais prestadoras de serviço b) sob o sentido objetivo, entende-se como


público deverão ser criadas por lei, sendo Administração Pública a estrutura orgânica do
admitida a formação de consórcio. Estado, definidora do conjunto de estruturas de
competências legalmente definidas.
d) as empresas estatais gozarão do mesmo
tratamento jurídico dispensado às autarquias em c) sob o sentido empreendedor, a Administração
matéria de regime de pessoal. Pública é o conjunto de funções administrativas
exercidas pelo Estado de forma empreendedora,
e) as obrigações não adimplidas de
visando o atingimento das suas finalidades.
responsabilidade das empresas estatais deverão
ser executadas mediante o regime constitucional d) sob o sentido material, a Administração Pública
de precatórios. deve ser entendida como a atividade
administrativa exercida pelo Estado.
21. Os princípios administrativos podem ser
utilizados para fins de controle de e) sob o sentido material, entende-se como
constitucionalidade dos atos administrativos pelo Administração Pública o conjunto de órgãos do
Poder Judiciário, sendo o que se observa na Estado, isto é, a estrutura estatal.
alternativa a seguir:
23. Os juízes da Corte Interamericana serão
a) a nomeação de cônjuge da autoridade
eleitos para um mandato de seis anos e só
nomeante para o exercício de cargo em comissão
poderão ser reeleitos uma vez. Na hipótese de
ou de confiança na Administração Pública do
um dos juízes concluir o seu mandato, mas ainda
Estado viola a Constituição Federal.
ter casos sob seu exame que se encontrem em
fase de sentença, o Estatuto da Corte estabelece 25. Segundo o Estatuto de Roma, o Tribunal
que Penal Internacional exercerá a sua jurisdição em
relação aos crimes nele previstos por iniciativa
a) deverão os casos ser redistribuídos,
igualitariamente, aos juízes que permanecem na
Corte, iniciando-se a transferência pelo integrante a) de denúncia da Interpol, de solicitação de
mais novo. órgãos de direitos humanos da ONU ou da
Comissão Interamericana ou Europeia de Direitos
b) os casos deverão ser assumidos pelo novo juiz
Humanos.
eleito que o substituirá, o qual deverá proferir as
respectivas sentenças de acordo com seu livre b) de denúncia do próprio Estado-Parte ou do
convencimento. Conselho de Segurança da ONU e por meio de
inquérito do Procurador do Tribunal.
c) o juiz presidente da Corte receberá os casos no
estado em que se encontram e fará a sua c) de denúncia da Interpol ou do próprio Estado-
redistribuição por sorteio aos demais juízes Parte e de decisão ex ofício de qualquer juiz do
Tribunal.
d) o juiz continuará conhecendo desses casos a
que se tiver dedicado, para cujo efeito não será d) de solicitação de qualquer órgão do Poder
substituído pelo novo juiz eleito. Judiciário do Estado-Parte, de denúncia de
qualquer cidadão do Estado-Parte e de decisão ex
e) o juiz deverá concluir a instrução de todos os
ofício de qualquer juiz do Tribunal.
processos em sua posse e entregá-los prontos
para a sentença que será proferida pelo novo juiz e) de denúncia de qualquer pessoa, de entidades
que o substituirá. não-governamentais ligadas à defesa dos direitos
humanos e por meio de inquérito do Procurador.
24. É um Princípio Geral de Direito Penal,
previsto no Estatuto de Roma, aplicável à 26. No tocante ao Tribunal Penal Internacional,
jurisdição do Tribunal Penal Internacional: considerando o disposto, expressamente, no
Estatuto de Roma, o Tribunal terá competência
a) os crimes da competência do Tribunal
para julgar:
prescrevem em 10 anos, contados do
conhecimento do fato criminoso. a) a tortura, o racismo, o terrorismo e os crimes
contra a humanidade.
b) qualquer pessoa condenada pelo Tribunal só
poderá ser punida em conformidade com as b) a tortura coletiva, o extermínio em massa, o
disposições legais existentes no seu Estado-Parte. tráfico de pessoas e os crimes de guerra.

c) o erro de fato só excluirá a responsabilidade c) os crimes de guerra, os crimes contra a


criminal se eliminar o dolo requerido pelo crime. humanidade, o terrorismo e os crimes hediondos.

d) o Tribunal não terá jurisdição sobre pessoas d) o genocídio, os crimes contra a humanidade, a
que, à data da denúncia da prática do crime, não tortura e o tráfico internacional de entorpecentes.
tenham ainda completado 21 anos de idade.
e) o genocídio, os crimes contra a humanidade, os
e) a previsão de um crime será estabelecida de crimes de guerra e os crimes de agressão.
forma precisa, sendo permitida, quando isso não
for possível, o recurso à analogia.
27. O Pacto de São José da Costa Rica estipula b) os exames pré e pós-natais não devem ser
que os Estados-Partes podem suspender as realizados no próprio estabelecimento prisional,
obrigações contraídas em virtude do referido devendo a presa ser conduzida a hospital ou
Pacto, como por exemplo em situação de guerra, clínica especializada sempre que necessitar.
perigo público, ou de outra emergência que
c) devem-se adotar as medidas para que o
ameace a sua independência ou sua segurança.
nascimento ocorra em hospital fora da unidade
Dentre os direitos que podem ser suspensos
prisional, mas se a criança nascer no próprio
nessas hipóteses, está:
estabelecimento prisional, este fato deve constar
a) o Direito à Nacionalidade. de sua certidão de nascimento.

b) o Direito de Circulação. d) providências devem ser tomadas para garantir


creches internas ou externas dotadas de pessoal
c) o Direito ao Reconhecimento da Personalidade
qualificado, onde as crianças poderão ser deixadas
Jurídica.
quando não estiverem sob o cuidado de seu pai ou
d) a Liberdade de Religião. sua mãe.

e) o Princípio da Retroatividade da lei. e) se a mãe, após o nascimento do filho, quiser


manter a criança com ela no estabelecimento
28. No que se refere à prisão civil por dívida, a prisional, essa decisão deve se basear no melhor
Convenção Americana de Direitos Humanos interesse da mãe e deve ser tomada pelo Diretor
(Pacto de São José da Costa Rica) estabelece que: da unidade prisional.
a) é permitida apenas para o caso de 30. Segundo as Regras Mínimas das Nações
inadimplemento de obrigação alimentar. Unidas para o Tratamento dos Presos (Regras de
Mandela), é correto afirmar que
b) deve ser decidida pela Constituição de cada
Estado-Parte. a) o sistema de registro dos presos, que deve ser
aberto a todos os interessados, será utilizado para
c) deve ser abolida em todos os Estados-Partes.
gerar dados confiáveis acerca de tendências e
d) é permitida apenas para hipótese de características da população prisional, incluindo
depositário infiel. taxas de ocupação, a fim de criar as bases para a
tomada de decisões fundadas em evidências.
e) é autorizada para os casos de depositário infiel
e de devedor de obrigação alimentar. b) as administrações prisionais e autoridades
competentes devem oferecer educação, formação
29. Nos moldes das Regras Mínimas das Nações
profissional e trabalho, e outras formas de
Unidas para o Tratamento dos Presos (Regras de
assistência apropriadas e disponíveis, inclusive
Mandela), na hipótese de haver uma presa em
aquelas de natureza reparadora, moral, espiritual,
estado de gravidez ou com filhos em
social, esportiva e de saúde. Tais programas,
determinado estabelecimento prisional,
atividades e serviços devem ser oferecidos em
a) após o nascimento da criança, esta poderá ficar consonância com as necessidades individuais de
com a mãe no estabelecimento prisional, no tratamento dos presos.
máximo, até completar dois anos de idade.
c) ao impor uma sanção disciplinar, deve ser
levado em conta se e como uma eventual doença
mental ou incapacidade do preso possa ter desde que envolvam o uso da força ou outras
contribuído para sua conduta ou ato que formas de coação.
fundamentou a sanção. Os administradores
d) Para efeitos do Protocolo, o termo “criança”
prisionais devem punir de forma compatível e
significa qualquer pessoa com idade inferior a
adequada a conduta do preso considerada como
dezoito anos.
resultado de sua doença mental ou incapacidade
intelectual. e) Quando se tratar de exploração para fins de
prostituição mediante o pagamento de benefícios,
d) todos os presos devem ser tratados com
o consentimento dado pela vítima descaracteriza
respeito e dignidade. Nenhum preso deverá ser
o tráfico de pessoas.
submetido a tortura ou tratamentos ou sanções
cruéis, desumanos ou degradantes e deverá ser 32. A respeito da Comissão Interamericana dos
protegido de tais atos, não sendo estes Direitos Humanos, é correto afirmar que:
justificáveis, a não ser em defesa da segurança dos
servidores prisionais, dos prestadores de serviço e a) após a primeira eleição da Comissão, a duração
dos visitantes. do mandato dos seus membros será de 4 anos e
poderão ser reeleitos por uma só vez.
e) as diferentes categorias de presos devem ser
mantidas em estabelecimentos prisionais b) a Comissão é órgão auxiliar da ONU e tem como
separados, levando em consideração seu sexo, função primordial a supervisão das obrigações dos
idade, antecedentes criminais, razões da detenção Estados em virtude da Convenção Americana
e necessidades de tratamento, não podendo sobre Direitos Humanos.
diferentes categorias ser mantidas no mesmo
c) a competência para apresentar à Comissão
estabelecimento, ainda que em recintos internos
petições que contenham denúncias ou queixas de
distintos.
violação desta Convenção por um Estado-Parte
31. Assinale a alternativa que está em será do Ministério Público Federal.
consonância com o Protocolo de Prevenção,
d) a Comissão é composta por 7 membros eleitos,
Supressão e Punição do Tráfico de Pessoas,
que atuam como representantes dos seus
Especialmente Mulheres e Crianças.
respectivos governos.
a) Cada Estado-Parte se obriga, em virtude da
e) a Comissão é um órgão de caráter jurisdicional
relevância social da prevenção e gravidade da
que foi criado pela Convenção com tripla função, a
conduta, a afastar eventual confidencialidade dos
consultiva, a contenciosa e a executiva.
procedimentos judiciais relativos ao tráfico de
pessoas, especialmente de mulheres e crianças. 33. Assinale a alternativa que contempla um
tratado de direitos humanos, incorporado pelo
b) Cada Estado-Parte, ao aplicar as disposições
Direito Brasileiro com o status de norma
sobre assistência e proteção das vítimas de tráfico
constitucional, que faz parte do que a doutrina
de pessoas, não poderá fazer distinção quanto à
chama de Bloco de Constitucionalidade.
idade, ao sexo ou às suas necessidades
específicas. a) Pacto Internacional dos Direitos Civis e Políticos.

c) O recrutamento, o transporte, a transferência, b) Convenção Relativa ao Estatuto dos


ou o acolhimento de uma criança para fins de Refugiados.
exploração serão considerados tráfico de pessoas
c) Convenção contra a tortura e outros 35. Esse documento histórico de remota
tratamentos ou penas cruéis, desumanas e conquista dos direitos humanos foi editado com
degradantes. o escopo de assegurar a Supremacia do
Parlamento sobre a vontade do Rei, controlando
d) Pacto Internacional dos Direitos Econômicos,
e reduzindo os abusos cometidos pela nobreza
Sociais e Culturais.
em relação aos seus súditos, em especial
e) Convenção sobre os Direitos das Pessoas com declarando, dentre outras conquistas, o direito
Deficiência e seu Protocolo Facultativo. de petição, eleições livres e a proibição de fianças
exorbitantes e de penas severas:
34. Assinale a alternativa correta a respeito das
características dos direitos humanos. a) Petition of Rights, de 1628.

a) O Princípio da ilimitabilidade garante que o b) Habeas Corpus Act, de 1679.


Estado e a sociedade não podem limitar a fruição
c) The Bill of Rights, de 1689.
dos direitos humanos já conquistados, com o
objetivo de disciplinar situações excepcionais que d) Declaração de Direitos do Homem e do
venham a reduzir o alcance desses direitos. Cidadão, de 1789.

b) O Princípio da divisibilidade propõe que os e) Magna Carta, de 1215.


direitos humanos devem obedecer a uma
36. No tocante à temática dos direitos humanos,
classificação retórica, que divide e categoriza os
considerando seu surgimento e sua evolução
vários grupos de direitos inerentes ao homem e à
histórica, assinale a alternativa que contempla
sociedade, para que sejam melhor usufruídos
correta e cronologicamente seus marcos
pelos seus destinatários.
históricos fundamentais.
c) O Princípio da essencialidade reza que os
a) O iluminismo, o constitucionalismo e o
direitos humanos devem ser vistos como aquela
socialismo.
categoria de direitos inerentes à sociedade em
determinada época histórica, podendo ser b) O cristianismo, o socialismo e o
divididos em essenciais, que devem gozar de livre constitucionalismo.
fruição, e os não essenciais, que ainda demandam
reivindicações a serem conquistadas ao longo do c) A Magna Carta, a Constituição Alemã de
tempo. Weimar e a Declaração de Independência dos
Estados Unidos da América.
d) O Princípio da inalterabilidade estabelece que
os direitos humanos não sofrem alterações com o d) A Magna Carta, a queda da Bastilha na França e
decurso do tempo, pois têm caráter eterno, não se a criação da Organização das Nações Unidas.
ganham nem se perdem com o tempo, são
e) O iluminismo, a Revolução Francesa e o fim da
anteriores, concomitantes e posteriores aos
Segunda Guerra Mundial.
indivíduos.
37. Supondo que o Presidente da República
e) O Princípio da interrelacionariedade dispõe que
decida nomear como novo Ministro de Defesa
os direitos humanos e os sistemas de proteção se
FULANO DE TAL, é correto afirmar que referido
inter-relacionam, permitindo às pessoas escolher
Ministro
entre os mecanismos de proteção global ou
regional, pois não há hierarquia entre eles.
a) deverá possuir no mínimo 18 anos de idade, e) o direito de reunião poderá ser restringido,
podendo ser brasileiro nato ou naturalizado, no excetuando-se naquelas exercidas no seio das
gozo de seus direitos políticos. associações.

b) obrigatoriamente, deverá possuir mais de 21 39. Em recente julgamento nos autos da ADPF
anos de idade e ser exclusivamente brasileiro no 132, o Supremo Tribunal Federal, diante da
nato, no gozo de seus direitos políticos. possibilidade de duas ou mais interpretações
razoáveis sobre o art. 1.723 do Código Civil, que
c) uma vez nomeado, caso pratique crime de
trata sobre a união estável entre homem e
responsabilidade juntamente com o Presidente da
mulher, reconheceu a união homoafetiva como
República, será julgado pelo Supremo Tribunal
família. Nesse caso, é correto afirmar que a
Federal.
técnica de interpretação utilizada foi:
d) deverá contar no máximo 30 anos de idade, a) interpretação teleológica.
podendo ser brasileiro nato ou naturalizado, no
b) mutação constitucional informal.
gozo dos seus direitos políticos.
c) interpretação conforme.
e) tendo preenchido os requisitos constitucionais
para sua nomeação e assumido o cargo, caso d) mutação constitucional formal.
pratique infração penal comum, será julgado pelo
e) ponderação pelo princípio da
Superior Tribunal de Justiça.
proporcionalidade.
38. Suponha que o Presidente da República,
40. Assinale a alternativa correta a respeito do
depois de ouvir o Conselho da República e o
Controle de Constitucionalidade no Brasil.
Conselho de Defesa Nacional, decretou estado de
defesa para restabelecer a paz social ameaçada a) A decisão sobre a constitucionalidade ou a
por grave e iminente instabilidade institucional inconstitucionalidade da lei ou do ato normativo
no local X. somente será tomada se presentes na sessão pelo
Nesse caso, é certo assinalar que: menos seis Ministros.
a) o estado de defesa poderá ser instituído pelo b) Após a propositura da ação direta de
prazo máximo de 45 dias, prorrogado uma única inconstitucionalidade, somente se admitirá a sua
vez por mais 45 dias. desistência mediante concordância da autoridade
responsável pela edição da lei ou ato normativo
b) o decreto poderá restringir tanto o sigilo de
impugnado.
comunicação telegráfica como telefônica.
c) Em se tratando de Ação Direta de
c) o decreto que instituir o estado de defesa
Constitucionalidade, o Supremo Tribunal Federal,
poderá se dar por prazo indeterminado em casos
por decisão da maioria simples de seus membros,
de grave violação da ordem pública.
poderá deferir pedido de medida cautelar
d) na vigência do estado de defesa a prisão ou consistente na determinação de que os juízes e os
detenção de qualquer pessoa não poderá ser Tribunais suspendam o julgamento dos processos
superior a 30 dias, salvo quando autorizada pelo que envolvam a aplicação da lei ou do ato
Poder Judiciário. normativo objeto da ação até seu julgamento
definitivo.
d) A medida cautelar deferida na Ação Direta de a) perderá o seu mandato automaticamente,
Inconstitucionalidade, que será em regra dotada mediante decisão constitutiva por maioria simples
de eficácia contra todos de efeito ex nunc, torna do Senado Federal.
aplicável a legislação anterior acaso existente,
b) perderá o seu mandato automaticamente,
salvo manifestação expressa em sentido contrário.
mediante decisão declaratória por maioria
e) Os partidos políticos, independentemente de absoluta do Senado Federal.
representação no Congresso Nacional, possuem
c) perderá o seu mandato, mediante decisão
legitimação para propor Ação Direta de
constitutiva do Congresso Nacional, assegurando-
Inconstitucionalidade, uma vez que possuem
se contraditório e ampla defesa.
representatividade nacional.
d) perderá o seu mandato automaticamente,
41. É correto afirmar sobre o Conselho da
mediante decisão constitutiva por maioria
República:
absoluta do Senado Federal, independentemente
a) dele participam como membros, dentre outros, de que lhe seja assegurado contraditório e ampla
os líderes da maioria e da minoria, tanto na defesa.
Câmara dos Deputados como no Senado Federal.
e) perderá o seu mandato, mediante decisão
b) possui como um de seus membros o Ministro declaratória do Senado Federal, salvo se a
do Planejamento. ausência decorra de licença ou missão autorizada
pela Casa legislativa.
c) dentre as suas competências constitucionais
deve opinar nas hipóteses de declaração de guerra 43. Considere que o Estado X, em função da
e de celebração de paz. diversidade cultural constatada em sua região,
decida desmembrar-se para formação de dois
d) compete-lhe estudar, propor e acompanhar o
novos Estados. Nessa hipótese, é correto afirmar
desenvolvimento de iniciativas necessárias a
que tal desmembramento
garantir a independência nacional e a defesa do
Estado democrático. a) será constitucional desde que a proposta seja
aprovada pela população diretamente
e) é composto, dentre outros membros, de oito
interessada, por meio de plebiscito, e,
cidadãos brasileiros natos ou naturalizados, com
cumulativamente, pelo Congresso Nacional, por lei
mais de trinta e cinco anos de idade, sendo três
complementar.
nomeados pelo Presidente da República, três
eleitos pelo Senado Federal e dois eleitos pela b) será constitucional se aprovada diretamente
Câmara dos Deputados, todos com mandato de pela população interessada, por meio de
três anos, sendo possível a recondução por uma referendo, e do Congresso Nacional, por meio de
única vez. lei ordinária.

42. Supondo que o Senador Y deixe de c) é automaticamente inconstitucional, pois a


comparecer, em cada sessão legislativa, à terça unidade federativa é cláusula pétrea imutável nos
parte das sessões ordinárias do Senado Federal, é termos da Constituição.
correto assinalar que
d) é automaticamente inconstitucional, uma vez
que a Constituição Federal veda tanto a separação
como a criação de novos Estados-membros, ante a d) ocorreu no Brasil mediante um movimento
já estabelecida simetria federal. centrípeta (por agregação).

e) será constitucional desde que aprovada pela e) representa uma forma de governo, que leva em
Assembleia do Estado mediante lei estadual e, consideração a quantidade de titulares que estão
cumulativamente, pelo Congresso Nacional, por no poder.
meio de lei complementar.
46. Suponha que o Partido X lhe consulte sobre
44. Assinale a alternativa correta que quais são os requisitos constitucionais para que
corresponda à previsão da Constituição Federal um partido político tenha acesso aos recursos do
de 1988 sobre a repartição de competências fundo partidário e acesso gratuito ao tempo de
entre os entes federativos. rádio e televisão. Nesse sentido, segundo o
disposto na Constituição Federal de 1988, após a
a) É competência privativa da União legislar sobre
reforma dada pela Emenda Constitucional
procedimentos em matéria processual.
no97/2017, é correto afirmar que o acesso a tais
b) Compete privativamente à União legislar sobre benefícios ocorrerá:
proteção e integração social das pessoas
a) se obtiver, nas eleições para a Câmara dos
portadoras de deficiência.
Deputados e do Senado Federal, conjuntamente, o
c) Em se tratando de competência legislativa mínimo de 5% dos votos válidos nacionais,
concorrente, caso um Estado X legisle de forma distribuídos em pelo menos 1/3 das unidades da
plena sobre normas gerais e específicas, e, federação, exigindo-se, para ambos, o mínimo de
posteriormente, sobrevenha lei federal sobre 2% dos votos válidos em cada uma delas.
normas gerais, a lei estadual será abrogada no que
b) somente se obtiver, nas eleições para a Câmara
lhe for contrário.
dos Deputados, no mínimo, 3% dos votos válidos,
d) Compete à União, Estados-membros e Distrito distribuídos em pelo menos 1/3 das unidades da
Federal legislar concorrentemente sobre custas Federação, com um mínimo de 2% dos votos
dos serviços forenses. válidos em cada uma delas, ou se elegerem pelo
menos 15 deputados distribuídos em pelo menos
e) É competência comum da União, Estados- 1/3 das unidades da federação.
membros e Distrito Federal legislar sobre
populações indígenas. c) de forma automática, não sendo necessário o
preenchimento de outros requisitos, sob pena de
45. É correto afirmar que o Federalismo violação ao princípio da liberdade partidária
reconhecido pela Constituição Federal.
a) representa uma forma de Estado que possui um
centro único dotado de capacidade legislativa, d) se obtiver, nas eleições para o Senado Federal,
administrativa e política, que é direcionado às no mínimo 2% dos votos válidos, distribuídos em
unidades locais e regionais. pelo menos 2 unidades da federação, com um
mínimo de 1% dos votos válidos em cada uma
b) representa um sistema de governo, que analisa
delas.
as relações de poder existentes no âmbito da
federação. e) somente se obtiver, nas eleições para a Câmara
dos Deputados, no mínimo, 5% dos votos válidos,
c) ocorreu no Brasil por meio de um movimento
distribuídos em pelo menos 1/3 das unidades da
centrífuga (por segregação).
Federação, com um mínimo de 2% dos votos c) as associações só poderão ser
válidos em cada uma delas, e, obrigatoriamente, compulsoriamente dissolvidas ou ter suas
se elegerem pelo menos 15 deputados federais atividades suspensas por decisão judicial,
distribuídos em pelo menos 1/3 das unidades da exigindo-se, no primeiro caso, o trânsito em
federação. julgado.

47. Suponha que Joseph, brasileiro naturalizado e d) é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício
atualmente com 20 anos de idade, decida se ou profissão, atendidas as qualificações
candidatar ao cargo de Deputado Federal. Nesse profissionais que o respectivo órgão de classe
caso, é correto afirmar que ele: estabelecer.

a) poderá se candidatar, pois o cargo é elegível e) os tratados internacionais sobre direitos


tanto para brasileiros natos como naturalizados e humanos que forem aprovados por maioria
a idade mínima exigida é 18 anos. absoluta em cada casa do Congresso Nacional, em
dois turnos, serão equivalentes às emendas
b) poderá se candidatar, pois o cargo é elegível
constitucionais.
tanto para brasileiros natos como naturalizados e
a idade mínima exigida é 20 anos. 49. Ao julgar o RE nº 251.445/GO, o Supremo
Tribunal Federal decidiu que o termo “casa”,
c) não poderá se candidatar, uma vez que embora
resguardado pela inviolabilidade conferida pelo
o cargo não seja privativo de brasileiros natos,
art. 5º , inciso XI, da Constituição Federal e antes
Joseph não possui a idade mínima de 21 anos
restrito a domicílio e residência, revela-se
exigida pela Constituição.
abrangente, devendo, portanto, se estender
d) não poderá se candidatar, pois ainda que também a qualquer compartimento privado onde
possua a idade necessária para a candidatura, o alguém exerça profissão ou atividade. Essa
cargo é privativo de brasileiros natos. fixação de novo entendimento pelo Supremo
Tribunal Federal que acarretou num processo de
e) não poderá se candidatar, pois além de não alteração do sentido da norma constitucional,
possuir a idade mínima exigida para a candidatura, sem alteração do texto, é denominada pela
o cargo é privativo de brasileiros natos. hermenêutica constitucional de
48. Ao dispor sobre os direitos e garantias a) repristinação constitucional.
fundamentais, a Constituição Federal de 1988
dispõe que b) mutação constitucional informal.

a) após o registro dos filiados, as entidades c) interpretação conforme.


associativas têm legitimidade automática para
d) interpretação literal.
representá-los judicial ou extrajudicialmente.
e) interpretação teleológica.
b) a lei estabelecerá o procedimento para
desapropriação por necessidade ou utilidade 50. Nos termos da Lei no 13.260/2016 (Lei
pública, ou por interesse social, mediante justa e Antiterrorismo), assinale a alternativa correta.
prévia indenização em títulos da dívida pública,
a) Os crimes previstos na referida Lei são
ressalvados os casos previstos na Constituição.
praticados contra o interesse da União, cabendo à
Polícia Federal a investigação criminal, em sede de informem exclusivamente a qualificação pessoal, a
inquérito policial. filiação e o endereço mantidos pela Justiça
Eleitoral, empresas telefônicas, instituições
b) Aquele que for flagrado constituindo uma
financeiras, provedores de internet e
organização terrorista, não cometerá um crime,
administradoras de cartão de crédito.
estando sujeito a responsabilização por realizar
atos preparatórios do terrorismo. d) nos crimes previstos na referida lei, observadas
as disposições do Código de Processo Penal, a
c) O terrorismo consistirá sempre na prática por
instrução criminal deverá ser encerrada no prazo
mais de um indivíduo de atos criminosos por
de 120 (cento e vinte) dias quando o réu estiver
razões de xenofobia, discriminação ou preconceito
preso, prorrogáveis em até igual período, por
de raça, cor, etnia e religião, quando cometidos
decisão fundamentada, somente na hipótese de
com a finalidade de provocar terror social ou
fato procrastinatório atribuível ao réu.
generalizado.
e) a infiltração de agentes de polícia em tarefas de
d) São atos de terrorismo incendiar, depredar,
investigação dependerá de representação do
saquear, destruir ou explodir meios de transporte
Delegado de Polícia, descrevendo indícios seguros
ou qualquer bem público ou privado.
na necessidade de obter as informações por meio
e) São atos de terrorismo incendiar, interferir, desta operação, ao juiz competente que poderá
sabotar ou danificar sistemas de informática ou autorizar, de forma circunstanciada, motivada e
bancos de dados, quando cometidos com a sigilosa, cientificando, posteriormente, o
finalidade de provocar terror social ou Ministério Público para o devido
generalizado. acompanhamento.

51. No que concerne às disposições da Lei 52. Nos termos da Lei no 12.830/2013
no 12.850/2013 (Lei de Combate às Organizações (Investigação Criminal Conduzida pelo Delegado),
Criminosas), é correto afirmar que: assinale a alternativa correta.

a) na hipótese de colaboração premiada, o prazo a) Durante a investigação criminal, cabe ao


para oferecimento de denúncia, relativo ao Escrivão de Polícia a requisição de documentos e
colaborador, poderá ser suspenso por até 6 (seis) dados que interessem à apuração dos fatos.
meses, improrrogáveis, até que sejam cumpridas
b) O cargo de delegado de polícia é privativo de
as medidas de colaboração, suspendendo-se o
bacharel em direito com inscrição da OAB.
respectivo prazo prescricional.
c) As funções de polícia judiciária e a apuração de
b) na hipótese de colaboração premiada, o prazo
infrações penais exercidas pelo Delegado de
para oferecimento de denúncia ou o processo,
Polícia são consideradas de natureza jurídica,
relativos ao colaborador, poderá ser suspenso por
essenciais e exclusivas de Estado.
até 6 (seis) meses, prorrogáveis por igual período,
até que sejam cumpridas as medidas de d) A remoção do Delegado de Polícia dar-se-á
colaboração, não sendo suspenso o respectivo somente por ato fundamentado do Governador
prazo prescricional. do Estado.

c) o Delegado de Polícia terá acesso, e) A remoção do Delegado de Polícia dar-se-á


independentemente de autorização judicial, somente por ato fundamentado do Secretário de
apenas aos dados cadastrais do investigado que Segurança Pública.
53. Nos termos da Lei no 12.288/2010 (Estatuto a) hediondo, insuscetível de sursis, graça, indulto,
da Igualdade Racial), considera-se discriminação sendo apenas possível a anistia e a liberdade
racial ou étnico-racial toda provisória.

a) distinção, exclusão ou assimetria existente no b) de ação múltipla, norma penal em branco que
âmbito da sociedade que acentua a diferenciação não admite a possibilidade de liberdade
de acesso a serviços e oportunidades distanciando provisória, sendo apenas possível a conversão de
as mulheres negras e os demais segmentos suas penas em restritivas de direitos.
sociais, visando a segregação e a diferenciação de
c) nafiançável e insuscetível de sursis, que admite
acesso a bens e serviços públicos e privados.
a conversão de suas penas em restritivas de
b) distinção, exclusão ou situação injustificada de direitos.
diferenciação de acesso a bens, nas esferas
d) inafiançável e insuscetível de sursis, graça,
privada, em virtude de raça, cor, descendência ou
indulto, anistia e liberdade provisória.
origem nacional ou étnica, ou restringir o
reconhecimento, gozo ou exercício, em igualdade e) de ação múltipla, norma penal em branco e que
de condições e de direitos, no que concerne ao admite a possibilidade de livramento condicional,
acesso a serviços públicos. ao réu reincidente específico, após o cumprimento
de dois terços da pena
c) distinção, exclusão ou assimetria existente no
âmbito da sociedade que acentua a distância 55. Nos termos da Lei no 11.340/2006 (Lei Maria
social entre mulheres negras e os demais da Penha):
segmentos sociais.
a) a mulher vítima será inquirida sempre com
d) distinção, exclusão ou situação injustificada de intermediação de profissional do sexo feminino
diferenciação de acesso a serviços e especializado em violência doméstica e familiar
oportunidades, nas esferas pública, em virtude de designado pela autoridade judiciária ou policial.
raça, cor, descendência ou origem nacional ou
étnica, ou restringir o reconhecimento, gozo ou b) é direito da mulher em situação de violência
exercício, em igualdade de condições e de direitos, doméstica e familiar o atendimento pericial
no que concerne à aquisição de bens. especializado, ininterrupto e prestado por
servidores exclusivamente do sexo feminino.
e) distinção, exclusão, restrição ou preferência
baseada em raça, cor, descendência ou origem c) é direito da mulher em situação de violência
nacional ou étnica que tenha por objeto anular ou doméstica e familiar o atendimento policial e
restringir o reconhecimento, gozo ou exercício, em pericial especializado, ininterrupto e prestado por
igualdade de condições, de direitos humanos e servidores, preferencialmente do sexo feminino e
liberdades fundamentais nos campos político, previamente capacitados.
econômico, social, cultural ou em qualquer outro
d) é direito da mulher em situação de violência
54. É correto afirmar que, nos termos da Lei doméstica e familiar o atendimento policial
no 11.343/2006 (Lei Antidrogas), o crime de especializado, ininterrupto e prestado por
tráfico ilícito de drogas é crime servidores exclusivamente do sexo feminino.

e) a mulher vítima será inquirida sempre com


intermediação de profissional especializado em
violência doméstica e familiar designado pela c) o crime de embriaguez ao volante não admite
autoridade judiciária ou policial. transação penal, mas nada impede a incidência de
suspensão condicional do processo.
56. Assinale a alternativa que contempla um
crime previsto na Lei no 11.101/2005 (Lei de d) o crime de violação da suspensão ou a proibição
Recuperação de Empresas e Falência) e apenado de se obter a permissão ou habilitação para dirigir
com detenção. veículo é incompatível com a suspensão
condicional de processo.
a) Omissão dos documentos contábeis
obrigatórios. e) o crime de fuga do local do acidente não é
considerado uma infração penal de menor
b) Divulgação de informações falsas.
potencial ofensivo.
c) Desvio, ocultação ou apropriação de bens.
59. A prisão temporária é cabível
d) Violação de sigilo empresarial.
a) quando imprescindível para as investigações do
e) Favorecimento de credores. inquérito policial nos crimes, entre outros, de
latrocínio e epidemia com resultado morte, pelo
57. É correto afirmar a respeito do crime de prazo de trinta dias, prorrogável por igual período
disparo de arma de fogo, previsto na Lei em caso de extrema e comprovada necessidade.
no 10.826/2003 (Estatuto do Desarmamento),
que: b) quando imprescindível para as investigações do
inquérito policial nos crimes, entre outros, de
a) é inafiançável, de perigo abstrato e que não latrocínio e roubo, pelo prazo de trinta dias,
admite a suspensão condicional do processo. prorrogável por igual período em caso de extrema
e comprovada necessidade.
b) se trata de crime comum, de perigo abstrato e
que não admite a suspensão condicional do c) quando imprescindível para as investigações do
processo. inquérito policial ou instrução processual, nos
crimes, entre outros, de latrocínio e sequestro ou
c) se trata de crime próprio, afiançável e que
cárcere privado, pelo prazo de trinta dias,
admite a suspensão condicional do processo.
prorrogável por igual período em caso de extrema
d) não admite a suspensão condicional do e comprovada necessidade.
processo, é afiançável e trata-se de crime de mão-
d) quando imprescindível para as investigações do
própria.
inquérito policial ou instrução processual, nos
e) é inafiançável, de perigo concreto e que admite crimes, entre outros, de latrocínio e roubo, pelo
a suspensão condicional do processo. prazo de trinta dias, prorrogável por igual período
em caso de extrema e comprovada necessidade.
58. Com relação aos crimes de trânsito, é correto
afirmar que: e) quando imprescindível para as investigações do
inquérito policial, decretada de ofício pelo
a) em qualquer hipótese de lesão corporal
magistrado ou a requerimento do Delegado de
culposa, a ação penal será pública condicionada.
Polícia, nos crimes, entre outros, de latrocínio e
b) no crime de homicídio culposo a ação penal estupro, pelo prazo de trinta dias, prorrogável por
poderá ser pública condicionada. igual período em caso de extrema e comprovada
necessidade
60. Assinale a alternativa em que todos os crimes no 8.069/1990 (Estatuto da Criança e do
descritos da Lei no 8.078/1990 (Código de Defesa Adolescente), é correto afirmar que:
do Consumidor) possuem modalidade culposa.
a) a mera montagem de fotografia que simule a
a) Impedir ou dificultar o acesso do consumidor às participação de adolescente em cena de sexo
informações que sobre ele constem em cadastros, explícito em si já é suficiente para configurar a
banco de dados, fichas e registros / Fazer infração penal por parte de quem a produziu.
afirmação falsa ou enganosa, ou omitir
b) apesar de constar da legislação, a descrição do
informação relevante sobre a natureza,
enunciado trata de uma ficção jurídica, também
característica, qualidade, quantidade, segurança,
considerada uma hipótese de indiferente penal,
desempenho, durabilidade, preço ou garantia de
em razão da atipicidade da conduta descrita.
produtos ou serviços.
c) se trata de crime apenado com detenção e de
b) Deixar de organizar dados fáticos, técnicos e
ação penal pública incondicionada.
científicos que dão base à publicidade / Empregar
na reparação de produtos, peça ou componentes d) se trata de crime de perigo abstrato, apenado
de reposição usados, sem autorização do com reclusão, que não admite a suspensão
consumidor. condicional do processo, mas tão somente a
transação penal.
c) Deixar de entregar ao consumidor o termo de
garantia adequadamente preenchido e com e) não é considerado um crime, por ausência de
especificação clara de seu conteúdo / Fazer ou previsão legal.
promover publicidade que sabe ou deveria saber
ser enganosa ou abusiva. 62. Considere que um Delegado de Polícia, após
autuar em flagrante um criminoso, deixe de
d) Empregar na reparação de produtos, peça ou comunicar imediatamente ao juiz competente a
componentes de reposição usados, sem referida prisão. É correto afirmar que o Delegado
autorização do consumidor / Impedir ou dificultar
o acesso do consumidor às informações que sobre a) cometeu um abuso de autoridade, podendo ser
ele constem em cadastros, banco de dados, fichas sancionado administrativamente com a suspensão
e registros. do cargo, função ou posto por prazo de trinta a
cento e oitenta dias, além da cominação acessória
e) Omitir dizeres ou sinais ostensivos sobre a de não poder exercer funções de natureza policial
nocividade ou periculosidade de produtos, nas no município da culpa, por prazo de um a dez
embalagens, nos invólucros, recipientes ou anos.
publicidade / Fazer afirmação falsa ou enganosa,
ou omitir informação relevante sobre a natureza, b) cometeu um abuso de autoridade, podendo ser
característica, qualidade, quantidade, segurança, sancionado administrativamente com repreensão.
desempenho, durabilidade, preço ou garantia de
c) não cometeu abuso de autoridade, devendo ser
produtos ou serviços.
responsabilizado tão somente na esfera
61. Com relação à conduta de “Simular a administrativa.
participação de adolescente em cena de sexo
d) não cometeu abuso de autoridade. Entretanto,
explícito por meio de adulteração, montagem ou
poderá ser sancionado com a pena autônoma de
modificação de fotografia”, nos termos da Lei
não poder exercer funções de natureza policial no d) a não intervenção do Ministério Público na ação
município da culpa, por prazo de um a cinco anos. privada subsidiária da pública gera nulidade
absoluta.
e) cometeu um abuso de autoridade, podendo ser
sancionado administrativamente com advertência e) o princípio do interesse aplica-se tanto às
ou suspensão do cargo, além da cominação nulidades absolutas como às relativas.
acessória de não poder exercer funções de
65. Acerca das sentenças e decisões em geral,
qualquer natureza no município da culpa, por
afirma-se corretamente:
prazo de um a dez anos.
a) a possibilidade de o juiz dar ao fato definição
63. Considere o seguinte caso hipotético: “X”,
jurídica diversa daquela constante da denúncia,
administrador financeiro da campanha de “Y” à
prevista no art. 383, do Código de Processo Penal,
Prefeitura Municipal, apropria-se de recursos ou
depende de requerimento do Ministério Público,
valores destinados ao financiamento eleitoral,
titular da ação penal.
em proveito próprio.
É correto afirmar que “X” b) sentença subjetivamente plúrima é a sentença
proferida por mais de um órgão, composto por
a) não cometeu crime eleitoral, pois sua conduta
julgadores de natureza diversa, como são as
tipifica crime previsto no Código Penal.
sentenças do tribunal do júri.
b) cometeu um crime eleitoral apenado com
c) a sentença que extingue o processo sem
reclusão e de ação penal pública.
julgamento do mérito é denominada sentença
c) não cometeu qualquer crime, pois exerce a definitiva lato sensu.
função de administrador financeiro, cabendo
d) em caso de aditamento da denúncia, previsto
apenas responsabilidade civil.
no art. 384 do Código de Processo Penal, o juiz
d) cometeu um crime eleitoral apenado com não ficará adstrito na sentença aos termos do
detenção e de ação penal pública. aditamento, podendo de forma fundamentada
decidir de forma diversa.
e) cometeu um crime eleitoral apenado com
detenção e de ação penal privada. e) só fazem coisa julgada material as sentenças de
mérito.
64. Sobre as nulidades, é correto afirmar:
66. Em relação à prisão em flagrante, assinale a
a) para fins de convalidação dos atos processuais,
alternativa correta.
as nulidades da sentença condenatória deverão
ser alegadas na execução da pena, sob pena de a) A autoridade policial somente poderá conceder
convalidação. fiança nos casos de infração cuja pena privativa de
liberdade máxima não seja superior a 2 anos.
b) a preclusão não se aplica às nulidades por
expressa disposição legal. b) O delito putativo por obra do agente
provocador é contemplado na lei e mesmo na
c) segundo o princípio da instrumentalidade das
doutrina como espécie do chamado quase-
formas, não se anula um ato se, embora praticado
flagrante.
em desacordo com a forma prevista em lei, atingiu
o seu fim.
c) Para existir a prisão em flagrante nas hipóteses e) No caso de citação do militar, além do mandado
de perseguição é necessário que o agente seja de citação, que deverá ser cumprido por oficial de
preso em até 24 horas após o fato. justiça, também é necessária a notificação do
chefe da repartição pública em que o militar
d) A atribuição para a lavratura do auto de prisão
estiver lotado.
em flagrante é da autoridade policial do local em
que ocorrer a prisão-captura, mesmo que esta se 69. Acerca do duplo grau de jurisdição, é correto
dê em local diverso do da prática do crime. afirmar que

e) Chama-se flagrante impróprio a situação de a) constitui afronta ao princípio do duplo grau de


prisão em que o agente é surpreendido quando jurisdição a cogitação da existência de um sistema
acabou de cometer o delito. com irrecorribilidade das decisões interlocutórias.

67. A respeito da prova, é correto afirmar: b) a possibilidade de interposição de recurso


especial e extraordinário não é manifestação do
a) não se admite a produção de provas não
duplo grau de jurisdição.
disciplinadas em lei, sob pena de violação do
princípio da taxatividade. c) o exame direto da matéria pelo Tribunal em
recurso de apelação constitui supressão do
b) a produção da chamada prova emprestada deve
primeiro grau de jurisdição, mas não caracteriza
obedecer ao procedimento previsto no CPP, sob
violação do princípio do duplo grau de jurisdição.
pena de seu não aproveitamento.
d) a garantia do duplo grau de jurisdição vale
c) fonte de prova é o instrumento por meio do
tanto para o acusado como para o acusador.
qual se introduzem no processo os elementos
probatórios. e) a Constituição de 1988 assegurou
expressamente referido princípio constitucional,
d) meio de prova é tudo que é idôneo a fornecer o
dentre vários outros, assim como a Convenção
resultado apreciável para a decisão do juiz.
Americana de Direitos Humanos, que assegura a
e) elemento de prova é o dado bruto que se extrai todos os acusados, entre as garantias processuais
da fonte da prova, ainda não valorado pelo juiz. mínimas, o direito de recorrer da sentença a juiz
ou tribunal superior.
68. No que se refere à comunicação dos atos
processuais, assinale a alternativa correta. 70. No que se refere à prova testemunhal,
assinale a alternativa correta.
a) A citação por procuração é aceita desde que o
procurador tenha poderes especiais para tanto. a) Não se admite no processo/inquérito policial a
presença de testemunhas indiretas, que são as
b) Existem três formas de citação: a real, a ficta e a que depõem sobre conhecimentos obtidos por
editalícia. intermédio de terceiros.
c) A ausência de citação é causa de nulidade b) É característica do testemunho a sua
absoluta no processo, mas a inobservância das objetividade, isto é, a testemunha, como regra
formalidades da citação gera nulidade relativa do geral, depõe sobre fatos percebidos pelos seus
ato. sentidos, sem emissão de juízos de valor ou
opinião pessoal.
d) Ao verificar que o réu se oculta para não ser
citado, dar-se-á a citação por edital.
c) A oitiva das testemunhas acontece no lugar que a) o efeito devolutivo da apelação contra decisões
for a ela conveniente. do Júri não é adstrito aos fundamentos da sua
interposição.
d) A judicialidade não é característica da prova
testemunhal, à vista de sua produção se dar b) não se cogita a possibilidade de interposição de
também em inquérito policial. recurso de apelação quando houver injustiça no
tocante à aplicação da pena.
e) Informantes não são classificados como
testemunhas por conta das informações sigilosas c) no caso das sentenças do júri, a apelação é
que detêm. recurso vinculado e não de fundamentação livre.

71. A respeito do inquérito policial, assinale a d) com base no princípio da ampla defesa, é
alternativa correta. possível que a defesa interponha recurso de
apelação contra a sentença condenatória pelo
a) Para saber qual é a autoridade
mesmo fundamento (decisão contrária à prova
policial competente para um certo inquérito
dos autos).
policial, utiliza-se o critério ratione loci ou ratione
materiae. e) não era dado ao Tribunal de Justiça prover o
recurso interposto pelo Ministério Público,
b) A autoridade policial poderá arquivar autos de
violando assim o direito fundamental da soberania
inquérito policial se convencida da inexistência da
dos vereditos do Tribunal do Júri.
materialidade delitiva.
73. Na teoria geral dos recursos fala-se em efeito
c) Logo que tiver conhecimento da prática da
iterativo ou diferido.
infração penal, autoridade policial poderá
Assinale a alternativa que contempla recurso ou
apreender os objetos que tiverem relação com o
ação autônoma em que referido efeito está
fato, após liberados pelos peritos criminais.
presente.
d) Como peça obrigatória para o oferecimento da
a) Apelação.
denúncia, os autos de inquérito policial
acompanharão a denúncia ou queixa. b) Revisão criminal.

e) O inquérito policial é um procedimento c) Recurso extraordinário.


administrativo, de natureza acusatória, escrito e
d) Mandado de segurança.
sigiloso.
e) Recurso em sentido estrito.
72. Tício foi absolvido da acusação de prática do
crime de homicídio qualificado. Inconformado 74. Nos termos do art. 252 do CPP, o juiz não
com a decisão, o Ministério Público interpõe poderá exercer jurisdição no processo em que:
recurso de apelação por entender ser a decisão
manifestamente contrária à prova dos autos. a) tiver funcionado seu cônjuge como defensor
Dado provimento ao recurso e submetido a novo
b) for amigo íntimo de qualquer das partes.
julgamento pelo Tribunal do Júri, Tício é agora
condenado pela prática do crime de homicídio c) tiver aconselhado qualquer das partes.
qualificado à pena de 12 anos de reclusão.
d) for sócio de sociedade interessada no processo.
Com base em tais informações, afirma-se
corretamente: e) for credor de qualquer das partes.
75. Caio está sendo processado criminalmente d) não se aplica a lei revogada ao processo de Tício
pela prática de crime de furto e em sua resposta em razão do princípio da reserva legal.
alega ser improcedente a acusação, uma vez que
e) não se aplica a lei revogada porque a instrução
discute na seara cível, em ação por ele proposta,
ainda não se iniciara quando da entrada em vigor
a ilegitimidade da posse da res pela suposta
da nova lei.
vítima. Considerando a situação retratada,
assinale a alternativa correta. 77. Policial Militar que forja situação de
flagrância, a fim de increpar indivíduo que sabe
a) O juiz poderá suspender a ação penal a
inocente e, com isso, dá causa à instauração de
depender tão somente da prévia propositura da
inquérito policial, comete crime de:
ação cível pelo acusado.
a) falso testemunho (CP, art. 342).
b) O juiz deverá suspender a ação penal até que se
dirima no juízo cível a questão da legitimidade da b) calúnia qualificada (CP, art. 138, § 3o ).
posse.
c) exercício arbitrário (CP, art. 350).
c) O juiz criminal pode resolver, incidenter tantum,
a questão da posse sem que seja necessária a d) denunciação caluniosa (CP, art. 339).
suspensão da ação penal.
e) comunicação falsa de crime (CP, art. 340).
d) A resolução da questão prejudicial pelo juiz
78. Historicamente, a expressão venditio fumi é
criminal faz coisa julgada.
identificada com o crime de:
e) Não há possibilidade de suspensão da ação
a) tráfico de influência (CP, art. 332).
penal.
b) contrabando (CP, art. 334).
76. Tício está sendo processado pela prática de
crime de roubo. Durante o trâmite do inquérito c) usurpação de função pública (CP, art. 328).
policial, entra em vigor determinada lei,
d) estelionato (CP, art. 171).
reduzindo o número de testemunhas possíveis de
serem arroladas pelas partes no procedimento e) falsificação de moeda (CP, art. 289).
ordinário. A respeito do caso descrito, é correto
que: 79. No que concerne aos crimes contra a
dignidade sexual, é correto afirmar que
a) não se aplica a lei nova ao processo de Tício em
razão do princípio da anterioridade. a) dadas as condições de evolução social, não se
pune atualmente a violação sexual mediante
b) a lei que irá reger o processo é a lei do fraude e nem a sedução.
momento em que foi praticado o crime, à vista do
princípio tempus regit actum. b) o crime de favorecimento da prostituição ou
outra forma de exploração sexual de maiores de
c) em razão do sistema da unidade processual, 18 anos não-vulneráveis só é punido se o agente
pelo qual uma única lei deve reger todo o tem intuito de lucro.
processo, a lei velha continua ultra-ativa e, por
isso, não se aplica a nova lei, mormente por ser c) o crime de assédio sexual, por expressa
esta prejudicial em relação aos interesses do disposição legal fruto de ativismo jurídico, é
acusado.
punido mais gravemente se cometido por homem e) consuma-se quando o agente obtém vantagem
contra mulher do que vice-versa. como preço do resgate, por se tratar de crime
contra o patrimônio.
d) é fato típico induzir menor de 14 (quatorze)
anos a presenciar ato libidinoso diverso da 82. No que concerne ao crime de
conjunção carnal, a fim de satisfazer lascívia constrangimento ilegal (CP, art. 146), é correto
própria. afirmar que:

e) apenas pessoas dignas são objeto de proteção a) se tipifica o crime, apenas, pela ação violenta,
penal, excluídas as pessoas que voluntariamente não havendo previsão legal para punição por mera
se entregam à má vida ou a práticas sexuais grave ameaça.
promíscuas.
b) qualifica o tipo a concorrência de 3 (três) ou
80. O crime de apropriação indébita (CP, art. 168) mais agentes.

a) torna-se qualificado quando a vítima é entidade c) tipifica o crime a coação exercida para impedir
de direito público ou instituto de economia suicídio, o que se explica pelo fato de o suicídio
popular, assistência social ou beneficência. não ser penalmente relevante.

b) é de ação pública condicionada à d) tipifica o crime a intervenção médica ou


representação. cirúrgica, sem o consentimento do paciente ou de
seu representante legal, mesmo se justificada por
c) apenas tem como objeto material a coisa alheia
iminente perigo de vida.
móvel, sendo impossível falar-se em apropriação
indébita de imóvel. e) se consuma quando a vítima, sem norma legal
que a obrigue a tanto, faz ou deixa de fazer,
d) não admite a figura privilegiada, ao contrário do
cedendo à determinação do agente.
furto.
83. Maria e Mariana, ambas nascidas com
e) tem a punibilidade extinta em caso de
genitais femininos, auto-identificadas e
devolução da coisa antes do oferecimento da
socialmente reconhecidas como mulheres,
denúncia.
convivem em união estável e monogâmica.
81. O crime de extorsão mediante sequestro (CP, Ocorre que Maria, às escondidas, passa a manter
art. 159) relações sexuais com José. Mariana flagra Maria
em ato sexual com José e, nesse contexto, Maria
a) é qualificado se do fato resulta lesão corporal provoca injustamente Mariana, dizendo a José,
grave ou morte. em tom de escárnio, que Mariana é “xucra, burra
e ruim de cama”, e que, além disso, Mariana
b) é qualificado se cometido contra vítima menor
“gosta de ser traída e não tomará qualquer
de 18 (dezoito) anos ou maior de 50 (cinquenta)
atitude, por ser covarde e medrosa”. Embora
anos.
nunca tenha praticado ato de violência
c) não admite a modalidade tentada. doméstica, Mariana é tomada por violenta
emoção e dispara projétil de arma de fogo contra
d) consuma-se quando o agente solicita vantagem
a cabeça de Maria, que morre imediatamente. É
como preço do resgate, por se tratar de crime
correto afirmar que Mariana praticou
contra o patrimônio.
a) ato típico, mas amparado por causa excludente 86. O Direito Penal trabalha com a necessidade
de ilicitude de se apurar a responsabilidade subjetiva para
punir o autor do crime. No que concerne à
b) homicídio qualificado, por meio insidioso.
responsabilidade objetiva, o Direito Penal
c) feminicídio.
a) admite-a excepcionalmente, quando pune
d) homicídio privilegiado. aquele que agiu em estado de completa
embriaguez culposa.
e) homicídio qualificado, por motivo torpe.
b) não a admite, em hipótese alguma.
84. A ação penal privada subsidiária é cabível no
crime de c) admite-a excepcionalmente, quando determina
a punição do coautor particular nos crimes
a) exercício arbitrário das próprias razões, sem cometidos por funcionários públicos.
emprego de violência (CP, art. 345, parágrafo
único). d) admite-a excepcionalmente, quando estabelece
a figura dos garantes nos crimes comissivos por
b) furto de coisa comum (CP, art. 156). omissão.
c) esbulho possessório de propriedade particular, e) admite-a excepcionalmente, quando estabelece
sem emprego de violência (CP, art. 161, II, § 3o ). os crimes omissivos próprios.
d) fraude à execução (CP, art. 179). 87. “Existe_________ quando o agente prevê o
resultado, mas espera, sinceramente, que não
e) dano (CP, art. 163, caput).
ocorrerá; configura- se _________ quando a
85. No que concerne ao art. 107 do CP, que vontade do agente não está dirigida para a
enumera as causas extintivas da punibilidade, obtenção do resultado, pois ele quer algo
trata-se de rol diverso, mas, prevendo que o evento possa
ocorrer, assume assim mesmo a possibilidade de
a) exemplificativo, já que são admitidas pela
sua produção.”
legislação causas ali não contidas, como, por
Assinale a alternativa que correta e
exemplo, o cumprimento da suspensão
respectivamente completa as lacunas.
condicional do processo.
a) dolo indireto ... dolo alternativo
b) taxativo, já que não admite exceção.
b) dolo eventual ... culpa consciente
c) taxativo, uma vez que as causas supralegais de
extinção da punibilidade não são reconhecidas c) culpa inconsciente ... culpa consciente
pela jurisprudência.
d) culpa consciente ... dolo eventual
d) exemplificativo, já que são admitidas pela
e) culpa inconsciente ... dolo eventual
legislação causas ali não contidas, como, por
exemplo, a incapacidade mental superveniente ao 88. João comete um crime no estrangeiro e lá é
crime. condenado a 4 anos de prisão, integralmente
cumpridos. Pelo mesmo crime, João é condenado
e) exemplificativo, já que são admitidas pela
no Brasil à pena de 8 anos de prisão. João
legislação causas ali não contidas, como, por
exemplo, o indulto.
a) cumprirá 8 anos de prisão no Brasil, uma vez d) “Clássica” entende que a pena é medida
que para essa quantidade de pena não se profilática, de cura, pensamento difundido por
reconhece o cumprimento no estrangeiro. Carmignani.

b) não cumprirá pena alguma no Brasil, uma vez já e) “Positiva” nasce em contraposição às ideias de
punido no país em que o crime foi cometido. Lombroso, defende o naturalismo-racional e tem
em Garofalo um de seus doutrinadores.
c) não cumprirá pena alguma no Brasil, uma vez já
punido no país em que o crime foi cometido.
Ano: 2018 Banca: FUMARC Órgão: PC-MG
d) cumprirá 8 anos de prisão no Brasil, uma vez
que o Brasil não reconhece pena cumprida no 01. “Por debaixo do problema da legitimidade do
estrangeiro. sistema de valores recebido pelo sistema penal
como critério de orientação para o
e) ainda deverá cumprir 4 anos de prisão no Brasil. comportamento socialmente adequado e,
portanto, de discriminação entre conformidade e
89. Prescreve o art. 327 do CP: “considera-se desvio, aparece como determinante o problema
funcionário público, para os efeitos penais, da definição do delito, com as implicações
quem, embora transitoriamente ou sem político-sociais que revela, quando este problema
remuneração, exerce cargo, emprego ou função não seja tomado por dado, mas venha
tematizado como centro de uma teoria da
pública.” Tal norma traduz exemplo de
criminalidade. Foi isto o que aconteceu com as
interpretação
teorias da ‘reação social’, ou labeling approach,
a) científica. hoje no centro da discussão no âmbito da
sociologia criminal.” BARATTA,
b) autêntica. Alessandro. Criminologia Crítica e Crítica do
Direito Penal. Introdução à sociologia do Direito
c) extensiva. Penal. 3. ed. Rio de Janeiro: Revan: Instituto
Carioca de Criminologia. p. 86. (Coleção
d) doutrinária. Pensamento Criminológico) Com base no excerto
acima, referente ao paradigma do labeling
e) analógica. approach, analise as asserções a seguir:
90. No que concerne às Escolas Penais, é correto
I – O labeling approach tem se ocupado em
afirmar que a analisar, especialmente, as reações das instâncias
oficiais de controle social, ou seja, tem estudado
a) “Positiva” entende que o crime deriva de
o efeito estigmatizante da atividade da polícia,
circunstâncias biológicas ou sociais, tendo sido dos órgãos de acusação pública e dos juízes.
defendida por Feuerbach. PORQUE
II – Não se pode compreender a criminalidade se
b) “Clássica” funda-se no livre-arbítrio e tem em não se estuda a ação do sistema penal, pois
Carrara um de seus maiores expoentes. o status social de delinquente pressupõe o efeito
da atividade das instâncias oficiais de controle
c) “Lombrosiana” acredita que o homem é social da delinquência.
racional e nasce livre, sendo o crime fruto de uma Está CORRETO o que se afirma em:
escolha errada, concepção hipotetizada por
Lombroso e também por Ferri. a) I e II são proposições falsas.
b) I e II são proposições verdadeiras e II é uma Carioca de Criminologia. p. 29. (Coleção
justificativa correta da I. Pensamento Criminológico)
Numere as seguintes assertivas de acordo com a
c) I é uma proposição falsa e II é uma proposição
ideia de criminologia que representam, utilizando
verdadeira.
(1) para a criminologia positivista e (2) para a
d) I é uma proposição verdadeira e II é uma escola liberal clássica do direito penal.
proposição falsa. ( ) Assumia uma concepção patológica da
criminalidade. ( ) Considerava a criminalidade
02. Sobre a relação entre o preso e a sociedade, como um dado pré-constituído às definições
segundo Alessandro Baratta, é CORRETO afirmar: legais de certos comportamentos e certos
sujeitos. ( ) Não considerava o delinquente como
a) A reinserção do preso na sociedade, após o
um ser humano diferente dos outros. ( )
cumprimento da pena, é assegurada a partir do
Objetivava uma política criminal baseada em
momento em que, no cárcere, o preso absorve um
princípios como os da humanidade, legalidade e
conjunto de valores e modelos de comportamento
utilidade. ( ) Pretendia modificar o delinquente.
desejados socialmente.
A sequência que expressa a associação CORRETA,
b) É necessário primeiro modificar os excluídos, de cima para baixo, é:
para que eles possam voltar ao convívio social na
a) 1, 1, 2, 2, 1.
sociedade que está apta a acolhê-los.
b) 1, 2, 1, 2, 2.
c) O cárcere não reflete as características
negativas da sociedade, em razão do isolamento a c) 2, 2, 1, 1, 1.
que são submetidos os presos.
d) 2, 1, 2, 2, 2.
d) São relações sociais baseadas no egoísmo e na
violência ilegal, no interior das quais os indivíduos 04. Sobre o sistema penal e a reprodução da
socialmente mais débeis são constrangidos a realidade social, segundo Alessandro Baratta,
papéis de submissão e de exploração. é CORRETO afirmar:

03. “A criminologia contemporânea, dos anos 30 a) A cada sucessiva recomendação do menor às


em diante, se caracteriza pela tendência a instâncias oficiais de assistência e de controle
superar as teorias patológicas da criminalidade, social corresponde uma diminuição das chances
ou seja, as teorias baseadas sobre as desse menor ser selecionado para uma “carreira
características biológicas e psicológicas que criminosa”.
diferenciariam os sujeitos ‘criminosos’ dos
b) A homogeneidade do sistema escolar e do
indivíduos ‘normais’, e sobre a negação do livre
sistema penal corresponde ao fato de que
arbítrio, mediante um rígido determinismo. Essas
realizam, essencialmente, a mesma função de
teorias eram próprias da criminologia
reprodução das relações sociais e de manutenção
positivista que, inspirada na filosofia e na
da estrutura vertical da sociedade.
psicologia do positivismo naturalista,
predominou entre o final do século passado e c) A teoria das carreiras desviantes, segundo a
princípios deste.” BARATTA, qual o recrutamento dos “criminosos” se dá nas
Alessandro. Criminologia Crítica e Crítica do zonas sociais mais débeis, não é confirmada
Direito Penal. Introdução à sociologia do Direito quando se analisa a população carcerária.
Penal. 3. ed. Rio de Janeiro: Revan: Instituto
d) O suficiente conhecimento e a capacidade de criminal, senão um saber relativo, limitado,
penetração no mundo do acusado por parte do provisional a respeito dele, pois, com o tempo e
juiz e das partes no processo criminal são o progresso, as teorias se
favoráveis aos indivíduos provenientes dos superam. Estão CORRETAS as assertivas indicadas
estratos econômicos inferiores da população. em:

05. “Cabe definir a Criminologia como ciência a) I e II, apenas.


empírica e interdisciplinar, que se ocupa do
b) I e III, apenas.
estudo do crime, da pessoa do infrator, da vítima
e do controle social do comportamento delitivo, c) I, II e III.
e que trata de subministrar uma informação
válida, contrastada, sobre a gênese, dinâmica e d) II e III, apenas.
variáveis principais do crime – contemplado este
06. São causas médicas de óbito NÃO jurídicas:
como problema individual e como problema
social -, assim como sobre os programas de a) Acidentais.
prevenção eficaz do mesmo e técnicas de
b) Homicidas.
intervenção positiva no homem delinquente e
nos diversos modelos ou sistemas de resposta ao c) Oncológicas
delito”. Esta apresentação ao conceito de
Criminologia apresenta, desde logo, algumas das d) Suicidas.
características fundamentais do 07. Um indivíduo foi vítima da explosão de uma
seu método (empirismo e interdisciplinaridade), bomba ao implantá-la num caixa eletrônico,
antecipando o objeto (análise do delito, do tendo evoluído para óbito imediatamente.
delinquente, da vítima e do controle social) e Qual das feridas tem mais probabilidade de tê-lo
suas funções (explicar e prevenir o crime e acometido?
intervir na pessoa do infrator e avaliar os
diferentes modelos de resposta ao crime). a) Contusodilacerantes.
MOLINA, Antônio G.P.; GOMES, Luiz
b) Cortocontusas.
F.; Criminologia; 6. ed. reform., atual. e ampl. São
Paulo: Revista dos Tribunais. p. 32. c) Cortodilacerantes.
Sobre o método, o objeto e as funções da
criminologia, considera-se: d) Dilacerantes.
I. A luta das escolas (positivismo versus 08 - NÃO está correto o que se afirma em:
classicismo) pode ser traduzida como um
enfrentamento entre adeptos de métodos a) A merla apresenta consistência pastosa,
distintos; de um lado, os partidários do método tonalidade que varia do amarelo ao marrom e seu
abstrato, formal e dedutivo (os clássicos) e, de uso é através de cigarros ou cachimbos.
outro, os que propugnavam o método empírico e
b) Anfetaminas são usadas para evitar a
indutivo (os positivistas). II. Uma das
sonolência, para desinibir e para euforizar
características que mais se destaca na moderna
Criminologia é a progressiva ampliação e c) Merla é obtida a partir da pasta de coca.
problematização do seu objeto. III. A
criminologia, como ciência, não pode trazer um
saber absoluto e definitivo sobre o problema
d) Oxi é droga sintética, consumida em cápsulas, finalidade terapêutica não dependerá apenas da
de custo elevado e causa pouca agressão ao autorização do cônjuge ou parente, estando
sistema nervoso central. também vinculada aos sistemas de saúde pública
e ao delegado de polícia.
09 - NÃO está correto o que se afirma em:
c) No caso de morte sem assistência médica, de
a) Heroína é um produto sintético (éter diacético
óbito em decorrência de causa mal definida ou de
da morfina - diacetilmorfina). Tem a forma de pó
outras situações nas quais houver indicação de
branco e cristalino.
verificação da causa médica da morte, a remoção
b) LSD 25 é droga eminentemente alucinógena, de tecidos, órgãos ou partes de cadáver para fins
extraída da ergotina do centeio (dietilamina do de transplante ou terapêutica somente poderá ser
ácido lisérgico). realizada após a autorização do delegado de
polícia ou do Ministério Público
c) Morfinomania ou morfinofilia é o uso vicioso de
morfina, sendo a morfina um alcaloide derivado d) O cadáver de pessoa não identificada não pode
do ópio. se prestar a qualquer doação para transplantes,
exceto se autorizado pelo delegado de polícia,
d) O corpo do indivíduo que morre de overdose de promotor ou juiz.
cocaína ou do crack se apresenta tipicamente
róseo-avermelhado ou carmim. 12. No que tange à perícia oficial e em acordo
com o CPP, é CORRETO afirmar:
10. De acordo com o Artigo 129 do Código Penal
Brasileiro, trata-se de lesão corporal de natureza a) É facultada ao acusado a indicação de assistente
gravíssima: técnico, após admissão pela autoridade policial.

a) Aceleração de parto. b) Entende-se por perícia complexa aquela que


abrange mais de uma área de conhecimento
b) Debilidade permanente de membro, sentido ou especializado.
função.
c) Faculta-se ao Ministério Público e ao assistente
c) Deformidade permanente. técnico do querelante a formulação de quesitos a
qualquer tempo do inquérito policial.
d) Perigo de vida.
d) Na falta de perito oficial, qualquer contribuinte
11. Em relação aos dispositivos legais sobre a
poderá exercer o mister, desde que não
remoção de órgãos, tecidos e partes do corpo
inadimplente com impostos públicos, e que seja
humano para fins de transplante e tratamento,
admitido pelo delegado de polícia presidente do
é CORRETO afirmar:
inquérito.
a) A retirada post mortem de tecidos, órgãos ou
13. Em relação à exumação, é CORRETO afirmar:
partes do corpo humano destinados a transplante
ou tratamento deverá ser precedida de a) Em determinados casos, o exame
diagnóstico de morte encefálica, constatada e histopatológico pode ser realizado.
registrada por dois médicos não participantes das
equipes de remoção e transplante. b) O exame interno deve ser direcionado à região
determinada e/ou suspeita do cadáver.
b) A retirada de tecidos, órgãos e partes do corpo
de pessoas falecidas para transplantes ou outra
c) O médico-legista se incumbirá de providenciar c) são criados pelo Poder Judiciário, após o
para que se realize a diligência, mediante trânsito em julgado das decisões.
autorização expressa da família
d) surgem de necessidades que não foram
d) Os fenômenos putrefativos prejudicam as previstas pelo legislador constituinte.
características das vestes, não devendo ser
16. Para assegurar a garantia do direito social à
consideradas, a fim de se evitarem erros periciais
saúde, a Constituição da República de 1988 criou
grosseiros.
um Sistema Único de Saúde integrado por uma
14. Custodiado pela Polícia, um suposto infrator rede pública regionalizada e hierarquizada,
queixa que se sente mal na viatura policial ao ser descentralizado, com direção única em cada
transferido do local do fato para a delegacia esfera de governo, que deve oferecer
responsável. Ele relata ser “cardíaco” e que usa atendimento de qualidade a toda a população e
medicação para evitar infarto do miocárdio. Em priorizar as atividades preventivas, sem que haja
seguida, fica em silêncio e imóvel. Os prejuízo dos serviços assistenciais. Ao Sistema
responsáveis constatam a realidade do óbito. A Único de Saúde compete, segundo o que dispõe a
conduta CORRETA é: CF no Art. 200, além de outras atribuições, nos
termos da lei:
a) Entrar em contato com alguma autoridade do
I. executar as ações de vigilância sanitária e
Ministério Público ou do judiciário para tomada de
epidemiológica, bem como as de saúde do
decisão do caso.
trabalhador. II. participar do controle e da
b) Por não haver violência, procurar os meios para fiscalização da produção, do transporte, da
encaminhamento ao serviço de verificação de guarda e da utilização de substâncias e produtos
óbito. psicoativos, tóxicos e radioativos. III. promover a
habilitação e a reabilitação das pessoas
c) Procurar os meios e as formalidades para o portadoras de deficiência e a promoção de sua
encaminhamento ao IML. integração à vida comunitária. IV. fiscalizar e
inspecionar alimentos, compreendido o controle
d) Trata-se de morte natural; dar seguimento aos
de seu teor nutricional, bem como bebidas e
procedimentos para encaminhamento à funerária.
águas para consumo
15. A Constituição da República de 1988 cuidou humano. Estão CORRETAS as assertivas:
expressamente dos direitos humanos,
a) I, II e III, apenas.
enumerando-os no Título que trata dos direitos e
garantias fundamentais. Existem, entretanto, b) I, II e IV, apenas.
outros direitos humanos não enumerados no
texto, mas cuja proteção a própria Constituição c) I, II, III e IV.
assegura, PORQUE:
d) I, III e IV, apenas.
a) decorrem do regime e dos princípios adotados
17. A Declaração Universal dos Direitos
pela própria Constituição.
Humanos, retomando os ideais da Revolução
b) o Brasil se submete à jurisdição de Tribunal Francesa, representou a manifestação histórica
Penal Internacional. de que se formara, enfim, em âmbito universal, o
reconhecimento dos valores supremos da
igualdade, da liberdade e da fraternidade. Em
decorrência disso, os direitos fundamentais falência do sistema feudal, que era
expressos na Constituição Federal de 1988: descentralizado, multiético e multilinguístico. IV.
O mundo uniforme e global de hoje insere-se no
a) como na Declaração Universal dos Direitos
contexto de afirmação do Estado nacional que
Humanos, esses direitos fundamentais são
está condicionado, em sua existência, à
considerados uma recomendação sem força
intolerância com o
vinculante, uma etapa preliminar para ulterior
diferente. Estão CORRETAS apenas as assertivas:
implementação na medida em que a sociedade se
desenvolver. a) I, II e III.

b) não consideram as diferenças humanas como b) I, II e IV.


fonte de valores positivos a serem protegidos e
c) I, III e IV.
estimulados, pois, ao criar dispositivos afirmativos
legais, as diferenças passam a ser tratadas como d) II, III e IV.
deficiências.
19. Considerando exclusivamente o disposto na
c) obrigam que o princípio da solidariedade seja Lei nº 11.343/06 acerca do procedimento de
interpretado com a base dos direitos econômicos destruição de drogas apreendidas no curso de
e sociais, que são exigências elementares de investigações, é CORRETO afirmar:
proteção às classes ou aos grupos sociais mais
fracos ou necessitados. a) Nos termos da Lei nº 11.343/06, a destruição de
drogas apreendidas sem a ocorrência de prisão em
d) tratam a liberdade como um princípio político e flagrante será feita por incineração, no prazo
não individual, pois o reconhecimento de máximo de 30 (trinta) dias contados da data da
liberdades individuais em sociedades complexas determinação judicial.
esconde a dominação oligárquica dos mais ricos.
b) Na hipótese de ocorrência de prisão em
18. A formação do Estado Moderno está flagrante, a Lei nº 11.343/06 estabelece que a
intimamente relacionada à intolerância religiosa, destruição das drogas apreendidas será executada
cultural, à negação da diversidade fora de pelo delegado de polícia competente, no prazo de
determinados padrões e de determinados 15 (quinze) dias, na presença do Ministério Público
limites. Como a proteção dos direitos humanos e da autoridade sanitária, levando em
está diretamente relacionada à atuação do poder consideração a necessária determinação judicial
dos Estados na ordem interna ou internacional, para a destruição.
podemos concluir que:
I. Ao lado do ideário iluminista da formação c) Na hipótese de ocorrência de prisão em
política do Estado, o discurso judaico-cristão flagrante, a Lei nº 11.343/06 estabelece que a
criou o pano de fundo para controlar as esferas destruição das drogas será executada pelo
da vida das pessoas no campo jurídico. II. A delegado de polícia competente, no prazo de 15
uniformização de valores, normalmente (quinze) dias, sem necessidade de presença do
estandardizados, como a democracia Ministério Público e da autoridade sanitária,
representativa, a ética e a moral, irá refletir nos guardando-se amostra necessária à realização do
fundamentos do direito moderno. III. O sistema laudo definitivo.
jurídico e político europeu é o modelo
d) A destruição de drogas apreendidas sem a
civilizatório ideal e universal, visto ter surgido da
ocorrência de prisão em flagrante será feita por
incineração, no prazo máximo de 15 (quinze) dias, c) Para comprovar a materialidade do crime de
contados da data da apreensão, guardando-se incêndio, os peritos verificarão a causa e o lugar
amostra necessária à realização do laudo em que este houver começado, o perigo que dele
definitivo. tiver resultado para a vida ou para o patrimônio
alheio, a extensão do dano e o seu valor, bem
20. Sobre citação no processo penal,
como as demais circunstâncias que interessarem à
é CORRETO afirmar:
elucidação do fato.
a) O processo penal poderá prosseguir, mesmo
d) Para que incida a circunstância qualificadora
que o acusado não tenha sido pessoalmente
prevista no art. 155, §4º-A, do CP (crime de furto
citado.
qualificado pelo emprego de explosivo ou artefato
b) Sempre será o primeiro ato de comunicação do análogo que cause perigo comum), os peritos
denunciado no processo penal. devem analisar a natureza e a eficiência dos
instrumentos empregados para a prática da
c) Estando em lugar incerto e não sabido, será infração.
citado por hora certa.
22. Sobre o regime jurídico da liberdade
d) Estando o acusado no estrangeiro, será citado provisória, é CORRETO afirmar:
por edital.
a) A cassação da fiança poderá ocorrer com a
21. Acerca da prova da materialidade através de inovação da classificação do delito tido,
perícia (desconsiderando-se a possibilidade de inicialmente, como afiançável.
prova da materialidade por exame de corpo de
delito indireto ou prova testemunhal), b) Não poderá haver reforço da fiança mediante
relativamente aos crimes de furto qualificado inovação da classificação do delito.
pela destruição ou rompimento de obstáculo à
c) O pagamento da fiança poderá ser dispensado
subtração da coisa (CP, art. 155, §4º, I), de furto
pela autoridade policial, em face da situação
qualificado pela escalada (CP, art. 155, §4º, II), de
econômica do preso.
furto qualificado pelo emprego de explosivo ou
artefato análogo que cause perigo comum (CP, d) O quebramento injustificado da fiança
art. 155, §4º-A), de incêndio (CP, art. 250), e de importará na perda da totalidade do seu valor.
explosão simples e privilegiada (CP, art.
23. Sobre o regime jurídico da liberdade
251, caput e §1º), é INCORRETO afirmar:
provisória, é CORRETO afirmar:
a) A materialidade do crime de furto qualificado a) A cassação da fiança poderá ocorrer com a
pela destruição de obstáculo à subtração da coisa inovação da classificação do delito tido,
se comprova nas hipóteses em que o laudo inicialmente, como afiançável.
pericial, além de descrever os vestígios, indique
b) Não poderá haver reforço da fiança mediante
com que instrumentos, por que meios e em que
inovação da classificação do delito.
época presume-se ter sido o fato praticado.
c) O pagamento da fiança poderá ser dispensado
b) A legislação processual penal não exige a
pela autoridade policial, em face da situação
realização de perícia para a comprovação da
econômica do preso.
materialidade do crime de furto qualificado pela
escalada.
d) O quebramento injustificado da fiança c) O acordo de colaboração deixa de ser sigiloso
importará na perda da totalidade do seu valor. assim que oferecida a denúncia

24. Em matéria de provas no processo penal, d) O Ministério Público não poderá dispor da ação
é CORRETO afirmar: penal caso o colaborador não seja o líder da
organização e seja o primeiro a prestar efetiva
a) A absolvição independe de o acusado provar o
colaboração.
alegado.
27. Sobre a ação controlada prevista na Lei
b) A declaração de ilicitude de uma prova
12.850/13, é CORRETO afirmar:
necessariamente implica nulidade absoluta de
todo o processo. a) A intervenção policial ou administrativa poderá
ser postergada sem que exista prévia comunicação
c) A prova testemunhal não poderá ser
ao juízo competente.
determinada de ofício pelo juiz.
b) Consiste na imediata intervenção policial ou
d) Não há contaminação da prova quando ficar
administrativa relativa à ação praticada no âmbito
evidenciado seu nexo causal com a prova
de organização criminosa ou a esta vinculada.
originária.
c) Mesmo que envolva a transposição de
25. Em relação aos aspectos processuais da lei de
fronteiras, não haverá necessidade de cooperação
lavagem de dinheiro (Lei 9.613/98), pode-se
do país tido como provável destino do investigado.
afirmar:
d) Poderá ter seus limites definidos pelo juiz
a) A alienação de bens objeto de medidas
competente.
assecuratórias depende da existência de trânsito
em julgado de sentença condenatória. 28. Sobre o ato de indiciamento realizado no
âmbito de investigação criminal conduzida por
b) A competência para o julgamento do delito de
delegado de polícia, é CORRETO afirmar:
lavagem de dinheiro será da justiça federal.
a) É realizado mediante o mesmo grau de certeza
c) A denúncia deverá ser instruída com indícios
de autoria que a situação de suspeito.
suficientes da existência de infração penal
antecedente. b) Não é ato exclusivo do delegado de polícia que
conduz a investigação.
d) A persecução penal em juízo depende da
comprovação, mediante sentença condenatória, c) Não poderá o delegado de polícia retratar sua
de infrações penais antecedentes. posição e “desindiciar” o investigado.

26. Em matéria de colaboração premiada, d) Resulta de um juízo de probabilidade e não de


prevista na Lei 12.850/13, é CORRETO afirmar: mera possibilidade sobre a autoria delitiva.

a) A ação penal poderá deixar de ser proposta 29. Com relação ao erro no Direito Penal,
temporariamente contra o colaborador até o é CORRETO afirmar:
cumprimento das medidas de colaboração.
a) Quando, por erro no uso dos meios de
b) A homologação do acordo de colaboração execução, o agente, ao invés de atingir a pessoa
premiada independe de efetividade das que pretendia ofender, atinge pessoa diversa,
informações repassadas pelo colaborador. responde como se tivesse praticado o crime
contra aquela, considerando-se as qualidades da dá voz de prisão ao indivíduo que, assustado,
vítima que almejava. No caso de ser também corre do policial, fazendo com que este efetue
atingida a pessoa que o agente pretendia ofender, disparos de arma de fogo que atingem
aplica-se a regra do concurso formal: estamos mortalmente o convidado pelas costas, segundo a
diante da figura conhecida como aberratio teoria limitada da culpabilidade, atua em
criminis. descriminante putativa derivada de erro de tipo
permissivo.
b) O agente que, objetivando determinado
resultado, termina atingindo resultado diverso do d) Semprônio entra em luta corporal contra
pretendido, responde pelo resultado diverso do Beltrano, seu desafeto e, após provocar-lhe vários
pretendido somente por culpa, se for previsto ferimentos, resolve matá-lo, desferindo contra ele
como delito culposo. Quando o agente alcançar o dois disparos de arma de fogo que não atingem a
resultado almejado e também resultado diverso vítima. Preso em flagrante, Semprônio responderá
do pretendido, responderá pela regra do concurso por lesão corporal, tentativa de homicídio e
formal, restando configurada a aberratio causae. disparo de arma de fogo, em concurso material de
crimes.
c) Mãe que, a fim de cuidar do machucado de seu
filho, aplica sobre o ferimento ácido, pensando Gabarito: C
tratar-se de pomada cicatrizante, age em erro de
31. Com relação ao iter criminis,
proibição.
é CORRETO afirmar:
d) Fazendeiro que, para defender sua
a) No crime falho ou na tentativa imperfeita, o
propriedade, mata posseiro que a invade,
processo de execução é integralmente realizado
pensando estar nos limites de seu direito, atua em
pelo agente e o resultado é atingido.
erro de proibição indireto.
b) Não existe desistência voluntária no caso de
30. Analise os casos hipotéticos abaixo e assinale
agente que desiste de prosseguir com os atos de
a alternativa CORRETA:
execução por conselho de seu advogado, já que
a) Do alto de uma árvore, Joca atira uma fruta ausente a voluntariedade
contra a cabeça de Maurício. Celso, percebendo a
c) Com relação à tentativa, o Código Penal adota,
intenção de Joca, assustado e com o fim de evitar
como regra, a teoria objetiva e aplica ao agente a
a lesão contra Maurício, empurra a vítima com
pena correspondente ao crime consumado,
força. Na queda, Maurício acaba por quebrar o
reduzida de um a dois terços, conforme maior ou
braço. Nessa hipótese, tendo Celso agido de forma
menor tenha sido a proximidade do resultado
excessiva, deve responder por lesão corporal
almejado.
dolosa.
d) O arrependimento posterior tem natureza
b) O agente que provoca, de forma dolosa, várias
jurídica de causa de exclusão da tipicidade, desde
lesões corporais, de natureza grave e gravíssima
que restituída a coisa ou reparado o dano nos
contra a mesma vítima, em um mesmo contexto
crimes praticados sem violência ou grave ameaça
fático, responde por crime continuado.
até o recebimento da denúncia ou queixa.
c) Policial Civil que, durante uma festa de
Gabarito: C
casamento, confunde convidado com um
“perigoso assaltante” foragido e, imediatamente,
32. Com relação à culpabilidade e suas teorias, liberdade por pena restritiva de direitos, desde
é INCORRETO afirmar: que não seja a de prestação pecuniária ou a
inominada.
a) A teoria normativa pura, a fim de tipificar uma
conduta, desloca a análise do dolo ou da culpa c) Sinfrônio, capaz, possui condenação definitiva
para o fato típico, transformando a culpabilidade pela prática do crime de invasão de dispositivo
em um juízo de reprovação social incidente sobre informático à pena de dois anos de detenção.
o fato típico e antijurídico e sobre seu autor. Decorridos quatro anos do cumprimento integral
da pena anterior, foi ele novamente condenado
b) O Código Penal vigente adota a teoria limitada
pelo mesmo crime à pena de um ano de detenção.
da culpabilidade, pela qual as descriminantes
Mesmo sendo o agente reincidente, se
putativas incidentes sobre a existência ou os
socialmente recomendável, conforme previsto no
limites de uma causa de justificação sempre são
§3º do art. 44 do Código Penal, pode o juiz
consideradas erro de proibição.
substituir a pena privativa de liberdade por
c) São elementos da culpabilidade, tanto para a restritiva de direitos.
teoria normativa quanto a limitada, a
d) Tício, capaz e devidamente habilitado, após
imputabilidade, a consciência potencial da ilicitude
ingerir substância entorpecente, assustou-se ao
e a exigibilidade de conduta diversa.
desviar o veículo que dirigia de um buraco na
d) Segundo a teoria psicológica idealizada por Von pista, perdendo o controle do automóvel e vindo a
Liszt e Beling, a imputabilidade é pressuposto da causar a morte de uma criança. Pelo resultado
culpabilidade, fazendo o dolo e a culpa parte de praticado, foi condenado por homicídio culposo,
sua análise. Por sua vez, as teorias normativas, com as penas alteradas pela Lei nº 13.546/17, a
seja a extremada seja a limitada, excluem o dolo e seis anos de reclusão. Nessa situação, Tício tem
a culpa de sua apreciação. direito à substituição da pena privativa de
liberdade por pena restritiva de direitos.
Gabarito: B
Gabarito: D
33. Acerca dos princípios que limitam e informam
o Direito Penal, é CORRETO afirmar: 34. Com relação ao concurso de crimes,
é CORRETO afirmar:
a) Beltrano, maior, capaz e primário, subtraiu um
carneiro da fazenda de um amigo, sendo a) Não se admite a aplicação da suspensão
condenado a dois anos de reclusão. No caso condicional do processo ao crime continuado.
concreto, possuindo todas as circunstâncias
b) No caso hipotético em que Gioconda, ao dirigir
judiciais favoráveis e sendo mais benéfico ao réu,
seu automóvel de maneira imprudente, perde o
deve o juiz conceder a Beltrano a suspensão
controle do carro, matando três pessoas e
condicional da pena ao invés da substituição
lesionando gravemente outras cinco, deve ser
prevista no art. 44 do CP
reconhecido o concurso formal próprio de crimes
b) Marreco, maior e capaz, ameaçou de morte sua pelo qual lhe será aplicada somente uma pena, a
companheira, sendo processado e definitivamente mais grave, aumentada de um sexto até a metade.
condenado pelo crime de ameaça à pena de seis
c) No concurso de crimes, a aplicação da pena de
meses de detenção. Nesse caso, conforme
multa observa as regras pertinentes à modalidade
entendimento sumulado pelo STJ, tem o agente
de concurso que incide no caso concreto
direito à substituição da pena privativa de
d) No concurso formal, aplica-se a mais grave das Gabarito: A
penas cabíveis ou, se iguais, somente uma delas,
37. Segundo precedentes do Supremo Tribunal
mas aumentada, em qualquer caso, de um sexto
Federal, a comprovação da relação de pertinência
até a metade, ainda que os crimes concorrentes
temática em ação direta de inconstitucionalidade
resultem de desígnios autônomos.
e ação declaratória de constitucionalidade NÃO é
Gabarito: B exigida para

35. Com relação às causas de exclusão da a) o Conselho Federal das Ordem dos Advogados
ilicitude, é CORRETO afirmar: do Brasil.

a) Astrogildo colocou cacos de vidro, visíveis, em b) Mesa de Assembleia Legislativa ou da Câmara


cima do muro de sua casa, para evitar a ação de Legislativa do Distrito Federal.
ladrões. Certo dia, uma criança neles se lesionou
c) entidades de classe de âmbito nacional.
ao pular o muro da casa de Astrogildo para pegar
uma bola que ali havia caído. Nessa situação, d) confederações sindicais.
ainda que se tratando da defesa de um perigo
incerto e ou remoto, a conduta de Astrogildo 38. NÃO é um elemento do tipo culposo de
restaria acobertada por excludente da ilicitude. crime:

b) No caso de legítima defesa ou estado de a) Conduta involuntária.


necessidade de terceiros, é imprescindível a prévia
b) Inobservância de dever objetivo de cuidado.
autorização destes para que a conduta do agente
não seja ilícita. c) Previsibilidade objetiva.

c) Caio, lutador de boxe, durante uma luta em que d) Tipicidade.


seguia as regras desportivas, atinge região vital de
39. Com relação às causas de exclusão da ilicitude,
Tício, causando-lhe a morte. Ante a gravidade da
é CORRETO afirmar:
situação fática, a violência não encontra amparo
em nenhuma causa de exclusão da ilicitude, a) Astrogildo colocou cacos de vidro, visíveis, em
devendo Caio responder pela morte causada. cima do muro de sua casa, para evitar a ação de
ladrões. Certo dia, uma criança neles se lesionou
d) Nos moldes do finalismo penal, pode a
ao pular o muro da casa de Astrogildo para pegar
inexigibilidade de conduta diversa ser considerada
uma bola que ali havia caído. Nessa situação,
causa supralegal de exclusão de ilicitude.
ainda que se tratando da defesa de um perigo
Gabarito: A incerto e ou remoto, a conduta de Astrogildo
restaria acobertada por excludente da ilicitude.
36. NÃO é um elemento do tipo culposo de
crime: b) No caso de legítima defesa ou estado de
necessidade de terceiros, é imprescindível a prévia
a) Conduta involuntária.
autorização destes para que a conduta do agente
b) Inobservância de dever objetivo de cuidado. não seja ilícita.

c) Previsibilidade objetiva. c) Caio, lutador de boxe, durante uma luta em que


seguia as regras desportivas, atinge região vital de
d) Tipicidade. Tício, causando-lhe a morte. Ante a gravidade da
situação fática, a violência não encontra amparo condenado pelo crime de ameaça à pena de seis
em nenhuma causa de exclusão da ilicitude, meses de detenção. Nesse caso, conforme
devendo Caio responder pela morte causada. entendimento sumulado pelo STJ, tem o agente
direito à substituição da pena privativa de
d) Nos moldes do finalismo penal, pode a
liberdade por pena restritiva de direitos, desde
inexigibilidade de conduta diversa ser considerada
que não seja a de prestação pecuniária ou a
causa supralegal de exclusão de ilicitude.
inominada.
40. Com relação ao concurso de crimes,
c) Sinfrônio, capaz, possui condenação definitiva
é CORRETO afirmar:
pela prática do crime de invasão de dispositivo
a) Não se admite a aplicação da suspensão informático à pena de dois anos de detenção.
condicional do processo ao crime continuado. Decorridos quatro anos do cumprimento integral
da pena anterior, foi ele novamente condenado
b) No caso hipotético em que Gioconda, ao dirigir pelo mesmo crime à pena de um ano de detenção.
seu automóvel de maneira imprudente, perde o Mesmo sendo o agente reincidente, se
controle do carro, matando três pessoas e socialmente recomendável, conforme previsto no
lesionando gravemente outras cinco, deve ser §3º do art. 44 do Código Penal, pode o juiz
reconhecido o concurso formal próprio de crimes substituir a pena privativa de liberdade por
pelo qual lhe será aplicada somente uma pena, a restritiva de direitos.
mais grave, aumentada de um sexto até a metade.
d) Tício, capaz e devidamente habilitado, após
c) No concurso de crimes, a aplicação da pena de ingerir substância entorpecente, assustou-se ao
multa observa as regras pertinentes à modalidade desviar o veículo que dirigia de um buraco na
de concurso que incide no caso concreto. pista, perdendo o controle do automóvel e vindo a
causar a morte de uma criança. Pelo resultado
d) No concurso formal, aplica-se a mais grave das
praticado, foi condenado por homicídio culposo,
penas cabíveis ou, se iguais, somente uma delas,
com as penas alteradas pela Lei nº 13.546/17, a
mas aumentada, em qualquer caso, de um sexto
seis anos de reclusão. Nessa situação, Tício tem
até a metade, ainda que os crimes concorrentes
direito à substituição da pena privativa de
resultem de desígnios autônomos.
liberdade por pena restritiva de direitos.
41. Com relação à substituição das penas
42. Acerca dos princípios que limitam e informam
privativas de liberdade pelas restritivas de
o Direito Penal, é CORRETO afirmar:
direito, é CORRETO afirmar:
a) A responsabilidade pela indenização do prejuízo
a) Beltrano, maior, capaz e primário, subtraiu um
que foi causado pelo crime imputado ao agente
carneiro da fazenda de um amigo, sendo
não pode ser estendida aos seus herdeiros sem
condenado a dois anos de reclusão. No caso
que haja violação do princípio da personalidade da
concreto, possuindo todas as circunstâncias
pena.
judiciais favoráveis e sendo mais benéfico ao réu,
deve o juiz conceder a Beltrano a suspensão b) Conforme o princípio da culpabilidade, a
condicional da pena ao invés da substituição responsabilidade penal é subjetiva, pelo que
prevista no art. 44 do CP. nenhum resultado penalmente relevante pode ser
atribuído a quem não o tenha produzido por dolo
b) Marreco, maior e capaz, ameaçou de morte sua
companheira, sendo processado e definitivamente
ou culpa, elementos finalisticamente localizados a) No crime falho ou na tentativa imperfeita, o
na culpabilidade. processo de execução é integralmente realizado
pelo agente e o resultado é atingido.
c) O princípio da insignificância funciona como
causa de exclusão da culpabilidade, sendo b) Não existe desistência voluntária no caso de
requisitos de sua aplicação para o STF a agente que desiste de prosseguir com os atos de
ofensividade da conduta, a ausência de execução por conselho de seu advogado, já que
periculosidade social da ação e a inexpressividade ausente a voluntariedade.
da lesão jurídica.
c) Com relação à tentativa, o Código Penal adota,
d) O princípio da legalidade, do qual decorre a como regra, a teoria objetiva e aplica ao agente a
reserva legal, veda o uso dos costumes e da pena correspondente ao crime consumado,
analogia para criar tipos penais incriminadores ou reduzida de um a dois terços, conforme maior ou
agravar as infrações existentes, embora permita a menor tenha sido a proximidade do resultado
interpretação analógica da norma penal. almejado.

43. Com relação à culpabilidade e suas teorias, d) O arrependimento posterior tem natureza
é INCORRETO afirmar: jurídica de causa de exclusão da tipicidade, desde
que restituída a coisa ou reparado o dano nos
a) A teoria normativa pura, a fim de tipificar uma
crimes praticados sem violência ou grave ameaça
conduta, desloca a análise do dolo ou da culpa
até o recebimento da denúncia ou queixa.
para o fato típico, transformando a culpabilidade
em um juízo de reprovação social incidente sobre 45. Analise os casos hipotéticos abaixo e assinale
o fato típico e antijurídico e sobre seu autor. a alternativa CORRETA:

b) O Código Penal vigente adota a teoria limitada a) Do alto de uma árvore, Joca atira uma fruta
da culpabilidade, pela qual as descriminantes contra a cabeça de Maurício. Celso, percebendo a
putativas incidentes sobre a existência ou os intenção de Joca, assustado e com o fim de evitar
limites de uma causa de justificação sempre são a lesão contra Maurício, empurra a vítima com
consideradas erro de proibição. força. Na queda, Maurício acaba por quebrar o
braço. Nessa hipótese, tendo Celso agido de forma
c) São elementos da culpabilidade, tanto para a
excessiva, deve responder por lesão corporal
teoria normativa quanto a limitada, a
dolosa.
imputabilidade, a consciência potencial da ilicitude
e a exigibilidade de conduta diversa. b) O agente que provoca, de forma dolosa, várias
lesões corporais, de natureza grave e gravíssima
d) Segundo a teoria psicológica idealizada por Von
contra a mesma vítima, em um mesmo contexto
Liszt e Beling, a imputabilidade é pressuposto da
fático, responde por crime continuado.
culpabilidade, fazendo o dolo e a culpa parte de
sua análise. Por sua vez, as teorias normativas, c) Policial Civil que, durante uma festa de
seja a extremada seja a limitada, excluem o dolo e casamento, confunde convidado com um
a culpa de sua apreciação. “perigoso assaltante” foragido e, imediatamente,
dá voz de prisão ao indivíduo que, assustado,
44. Com relação ao iter criminis,
corre do policial, fazendo com que este efetue
é CORRETO afirmar:
disparos de arma de fogo que atingem
mortalmente o convidado pelas costas, segundo a
teoria limitada da culpabilidade, atua em 47. Sobre o ato de indiciamento realizado no
descriminante putativa derivada de erro de tipo âmbito de investigação criminal conduzida por
permissivo. delegado de polícia, é CORRETO afirmar:

d) Semprônio entra em luta corporal contra a) É realizado mediante o mesmo grau de certeza
Beltrano, seu desafeto e, após provocar-lhe vários de autoria que a situação de suspeito.
ferimentos, resolve matá-lo, desferindo contra ele
b) Não é ato exclusivo do delegado de polícia que
dois disparos de arma de fogo que não atingem a
conduz a investigação.
vítima. Preso em flagrante, Semprônio responderá
por lesão corporal, tentativa de homicídio e c) Não poderá o delegado de polícia retratar sua
disparo de arma de fogo, em concurso material de posição e “desindiciar” o investigado.
crimes.
d) Resulta de um juízo de probabilidade e não de
46. Com relação ao erro no Direito Penal, mera possibilidade sobre a autoria delitiva.
é CORRETO afirmar:
48. Sobre a ação controlada prevista na Lei
a) Quando, por erro no uso dos meios de 12.850/13, é CORRETO afirmar:
execução, o agente, ao invés de atingir a pessoa
que pretendia ofender, atinge pessoa diversa, a) A intervenção policial ou administrativa poderá
responde como se tivesse praticado o crime ser postergada sem que exista prévia comunicação
contra aquela, considerando-se as qualidades da ao juízo competente.
vítima que almejava. No caso de ser também
b) Consiste na imediata intervenção policial ou
atingida a pessoa que o agente pretendia ofender,
administrativa relativa à ação praticada no âmbito
aplica-se a regra do concurso formal: estamos
de organização criminosa ou a esta vinculada.
diante da figura conhecida como aberratio
criminis. c) Mesmo que envolva a transposição de
fronteiras, não haverá necessidade de cooperação
b) O agente que, objetivando determinado
do país tido como provável destino do investigado.
resultado, termina atingindo resultado diverso do
pretendido, responde pelo resultado diverso do d) Poderá ter seus limites definidos pelo juiz
pretendido somente por culpa, se for previsto competente.
como delito culposo. Quando o agente alcançar o
49. Em matéria de colaboração premiada,
resultado almejado e também resultado diverso
prevista na Lei 12.850/13, é CORRETO afirmar:
do pretendido, responderá pela regra do concurso
formal, restando configurada a aberratio causae. a) A ação penal poderá deixar de ser proposta
temporariamente contra o colaborador até o
c) Mãe que, a fim de cuidar do machucado de seu
cumprimento das medidas de colaboração.
filho, aplica sobre o ferimento ácido, pensando
tratar-se de pomada cicatrizante, age em erro de b) A homologação do acordo de colaboração
proibição. premiada independe de efetividade das
informações repassadas pelo colaborador.
d) Fazendeiro que, para defender sua
propriedade, mata posseiro que a invade, c) O acordo de colaboração deixa de ser sigiloso
pensando estar nos limites de seu direito, atua em assim que oferecida a denúncia.
erro de proibição indireto.
d) O Ministério Público não poderá dispor da ação b) Não poderá haver reforço da fiança mediante
penal caso o colaborador não seja o líder da inovação da classificação do delito.
organização e seja o primeiro a prestar efetiva
c) O pagamento da fiança poderá ser dispensado
colaboração.
pela autoridade policial, em face da situação
50. Em relação aos aspectos processuais da lei de econômica do preso.
lavagem de dinheiro (Lei 9.613/98), pode-se
d) O quebramento injustificado da fiança
afirmar:
importará na perda da totalidade do seu valor.
a) A alienação de bens objeto de medidas
53. Acerca da prova da materialidade através de
assecuratórias depende da existência de trânsito
perícia (desconsiderando-se a possibilidade de
em julgado de sentença condenatória.
prova da materialidade por exame de corpo de
b) A competência para o julgamento do delito de delito indireto ou prova testemunhal),
lavagem de dinheiro será da justiça federal. relativamente aos crimes de furto qualificado
pela destruição ou rompimento de obstáculo à
c) A denúncia deverá ser instruída com indícios
subtração da coisa (CP, art. 155, §4º, I), de furto
suficientes da existência de infração penal
qualificado pela escalada (CP, art. 155, §4º, II), de
antecedente.
furto qualificado pelo emprego de explosivo ou
d) A persecução penal em juízo depende da artefato análogo que cause perigo comum (CP,
comprovação, mediante sentença condenatória, art. 155, §4º-A), de incêndio (CP, art. 250), e de
de infrações penais antecedentes. explosão simples e privilegiada (CP, art.
251, caput e §1º), é INCORRETO afirmar:
51. Em matéria de provas no processo penal,
é CORRETO afirmar: a) A materialidade do crime de furto qualificado
pela destruição de obstáculo à subtração da coisa
a) A absolvição independe de o acusado provar o se comprova nas hipóteses em que o laudo
alegado. pericial, além de descrever os vestígios, indique
com que instrumentos, por que meios e em que
b) A declaração de ilicitude de uma prova
época presume-se ter sido o fato praticado.
necessariamente implica nulidade absoluta de
todo o processo. b) A legislação processual penal não exige a
realização de perícia para a comprovação da
c) A prova testemunhal não poderá ser
materialidade do crime de furto qualificado pela
determinada de ofício pelo juiz.
escalada.
d) Não há contaminação da prova quando ficar
c) Para comprovar a materialidade do crime de
evidenciado seu nexo causal com a prova
incêndio, os peritos verificarão a causa e o lugar
originária.
em que este houver começado, o perigo que dele
52. Sobre o regime jurídico da liberdade tiver resultado para a vida ou para o patrimônio
provisória, é CORRETO afirmar: alheio, a extensão do dano e o seu valor, bem
como as demais circunstâncias que interessarem à
a) A cassação da fiança poderá ocorrer com a
elucidação do fato.
inovação da classificação do delito tido,
inicialmente, como afiançável. d) Para que incida a circunstância qualificadora
prevista no art. 155, §4º-A, do CP (crime de furto
qualificado pelo emprego de explosivo ou artefato Ministério Público e da autoridade sanitária,
análogo que cause perigo comum), os peritos guardando-se amostra necessária à realização do
devem analisar a natureza e a eficiência dos laudo definitivo.
instrumentos empregados para a prática da
d) A destruição de drogas apreendidas sem a
infração.
ocorrência de prisão em flagrante será feita por
54. Sobre citação no processo penal, incineração, no prazo máximo de 15 (quinze) dias,
é CORRETO afirmar: contados da data da apreensão, guardando-se
amostra necessária à realização do laudo
a) O processo penal poderá prosseguir, mesmo
definitivo.
que o acusado não tenha sido pessoalmente
citado. 56. A formação do Estado Moderno está
intimamente relacionada à intolerância religiosa,
b) Sempre será o primeiro ato de comunicação do
cultural, à negação da diversidade fora de
denunciado no processo penal.
determinados padrões e de determinados
c) Estando em lugar incerto e não sabido, será limites. Como a proteção dos direitos humanos
citado por hora certa. está diretamente relacionada à atuação do poder
dos Estados na ordem interna ou internacional,
d) Estando o acusado no estrangeiro, será citado podemos concluir que:
por edital. I. Ao lado do ideário iluminista da formação
política do Estado, o discurso judaico-cristão criou
55. Considerando exclusivamente o disposto na
o pano de fundo para controlar as esferas da vida
Lei nº 11.343/06 acerca do procedimento de
das pessoas no campo jurídico. II. A uniformização
destruição de drogas apreendidas no curso de
de valores, normalmente estandardizados, como a
investigações, é CORRETO afirmar
democracia representativa, a ética e a moral, irá
a) Nos termos da Lei nº 11.343/06, a destruição de refletir nos fundamentos do direito moderno. III.
drogas apreendidas sem a ocorrência de prisão em O sistema jurídico e político europeu é o modelo
flagrante será feita por incineração, no prazo civilizatório ideal e universal, visto ter surgido da
máximo de 30 (trinta) dias contados da data da falência do sistema feudal, que era
determinação judicial. descentralizado, multiético e multilinguístico. IV. O
mundo uniforme e global de hoje insere-se no
b) Na hipótese de ocorrência de prisão em
contexto de afirmação do Estado nacional que
flagrante, a Lei nº 11.343/06 estabelece que a
está condicionado, em sua existência, à
destruição das drogas apreendidas será executada
intolerância com o diferente.
pelo delegado de polícia competente, no prazo de
Estão CORRETAS apenas as assertivas:
15 (quinze) dias, na presença do Ministério Público
e da autoridade sanitária, levando em a) I, II e III.
consideração a necessária determinação judicial
b) I, II e IV.
para a destruição.
c) I, III e IV.
c) Na hipótese de ocorrência de prisão em
flagrante, a Lei nº 11.343/06 estabelece que a d) II, III e IV.
destruição das drogas será executada pelo
delegado de polícia competente, no prazo de 15 57. A Declaração Universal dos Direitos
(quinze) dias, sem necessidade de presença do Humanos, retomando os ideais da Revolução
Francesa, representou a manifestação histórica trabalhador. II. participar do controle e da
de que se formara, enfim, em âmbito universal, o fiscalização da produção, do transporte, da guarda
reconhecimento dos valores supremos da e da utilização de substâncias e produtos
igualdade, da liberdade e da fraternidade. Em psicoativos, tóxicos e radioativos. III. promover a
decorrência disso, os direitos fundamentais habilitação e a reabilitação das pessoas portadoras
expressos na Constituição Federal de 1988: de deficiência e a promoção de sua integração à
vida comunitária. IV. fiscalizar e inspecionar
a) como na Declaração Universal dos Direitos
alimentos, compreendido o controle de seu teor
Humanos, esses direitos fundamentais são
nutricional, bem como bebidas e águas para
considerados uma recomendação sem força
consumo humano.
vinculante, uma etapa preliminar para ulterior
Estão CORRETAS as assertivas:
implementação na medida em que a sociedade se
a) I, II e III, apenas.
desenvolver.
b) I, II e IV, apenas.
b) não consideram as diferenças humanas como
fonte de valores positivos a serem protegidos e c) I, II, III e IV.
estimulados, pois, ao criar dispositivos afirmativos
d) I, III e IV, apenas.
legais, as diferenças passam a ser tratadas como
deficiências. 59. A Constituição da República de 1988 cuidou
expressamente dos direitos humanos,
c) obrigam que o princípio da solidariedade seja
enumerando-os no Título que trata dos direitos e
interpretado com a base dos direitos econômicos
garantias fundamentais. Existem, entretanto,
e sociais, que são exigências elementares de
outros direitos humanos não enumerados no
proteção às classes ou aos grupos sociais mais
texto, mas cuja proteção a própria Constituição
fracos ou necessitados.
assegura, PORQUE:
d) tratam a liberdade como um princípio político e
a) decorrem do regime e dos princípios adotados
não individual, pois o reconhecimento de
pela própria Constituição.
liberdades individuais em sociedades complexas
esconde a dominação oligárquica dos mais ricos. b) o Brasil se submete à jurisdição de Tribunal
Penal Internacional.
58. Para assegurar a garantia do direito social à
saúde, a Constituição da República de 1988 criou c) são criados pelo Poder Judiciário, após o
um Sistema Único de Saúde integrado por uma trânsito em julgado das decisões.
rede pública regionalizada e hierarquizada,
descentralizado, com direção única em cada d) surgem de necessidades que não foram
esfera de governo, que deve oferecer previstas pelo legislador constituinte.
atendimento de qualidade a toda a população e
60. Custodiado pela Polícia, um suposto infrator
priorizar as atividades preventivas, sem que haja
queixa que se sente mal na viatura policial ao ser
prejuízo dos serviços assistenciais. Ao Sistema
transferido do local do fato para a delegacia
Único de Saúde compete, segundo o que dispõe a
responsável. Ele relata ser “cardíaco” e que usa
CF no Art. 200, além de outras atribuições, nos
medicação para evitar infarto do miocárdio. Em
termos da lei:
seguida, fica em silêncio e imóvel. Os
I. executar as ações de vigilância sanitária e
responsáveis constatam a realidade do óbito. A
epidemiológica, bem como as de saúde do
conduta CORRETA é:
a) Entrar em contato com alguma autoridade do admitido pelo delegado de polícia presidente do
Ministério Público ou do judiciário para tomada de inquérito.
decisão do caso.
63. Em relação aos dispositivos legais sobre a
b) Por não haver violência, procurar os meios para remoção de órgãos, tecidos e partes do corpo
encaminhamento ao serviço de verificação de humano para fins de transplante e tratamento,
óbito. é CORRETO afirmar:

c) Procurar os meios e as formalidades para o a) A retirada post mortem de tecidos, órgãos ou


encaminhamento ao IML. partes do corpo humano destinados a transplante
ou tratamento deverá ser precedida de
d) Trata-se de morte natural; dar seguimento aos
diagnóstico de morte encefálica, constatada e
procedimentos para encaminhamento à funerária
registrada por dois médicos não participantes das
61. Em relação à exumação, é CORRETO afirmar: equipes de remoção e transplante.

a) Em determinados casos, o exame b) A retirada de tecidos, órgãos e partes do corpo


histopatológico pode ser realizado. de pessoas falecidas para transplantes ou outra
finalidade terapêutica não dependerá apenas da
b) O exame interno deve ser direcionado à região autorização do cônjuge ou parente, estando
determinada e/ou suspeita do cadáver. também vinculada aos sistemas de saúde pública
e ao delegado de polícia.
c) O médico-legista se incumbirá de providenciar
para que se realize a diligência, mediante c) No caso de morte sem assistência médica, de
autorização expressa da família. óbito em decorrência de causa mal definida ou de
outras situações nas quais houver indicação de
d) Os fenômenos putrefativos prejudicam as
verificação da causa médica da morte, a remoção
características das vestes, não devendo ser
de tecidos, órgãos ou partes de cadáver para fins
consideradas, a fim de se evitarem erros periciais
de transplante ou terapêutica somente poderá ser
grosseiros.
realizada após a autorização do delegado de
62. No que tange à perícia oficial e em acordo polícia ou do Ministério Público.
com o CPP, é CORRETO afirmar:
d) O cadáver de pessoa não identificada não pode
a) É facultada ao acusado a indicação de assistente se prestar a qualquer doação para transplantes,
técnico, após admissão pela autoridade policial. exceto se autorizado pelo delegado de polícia,
promotor ou juiz.
b) Entende-se por perícia complexa aquela que
abrange mais de uma área de conhecimento 64. De acordo com o Artigo 129 do Código Penal
especializado. Brasileiro, trata-se de lesão corporal de natureza
gravíssima
c) Faculta-se ao Ministério Público e ao assistente
técnico do querelante a formulação de quesitos a a) Aceleração de parto.
qualquer tempo do inquérito policial.
b) Debilidade permanente de membro, sentido ou
d) Na falta de perito oficial, qualquer contribuinte função.
poderá exercer o mister, desde que não
c) Deformidade permanente.
inadimplente com impostos públicos, e que seja
d) Perigo de vida. d) Dilacerantes.

65. NÃO está correto o que se afirma em: Gabarito:B

a) Heroína é um produto sintético (éter diacético 68. São causas médicas de óbito NÃO jurídicas:
da morfina - diacetilmorfina). Tem a forma de pó
a) Acidentais.
branco e cristalino.
b) Homicidas.
b) LSD 25 é droga eminentemente alucinógena,
extraída da ergotina do centeio (dietilamina do c) Oncológicas.
ácido lisérgico).
d) Suicidas.
c) Morfinomania ou morfinofilia é o uso vicioso de
morfina, sendo a morfina um alcaloide derivado Gabarito: C
do ópio.
69. “Cabe definir a Criminologia como ciência
d) O corpo do indivíduo que morre de overdose de empírica e interdisciplinar, que se ocupa do
cocaína ou do crack se apresenta tipicamente estudo do crime, da pessoa do infrator, da vítima
róseo-avermelhado ou carmim. e do controle social do comportamento delitivo,
e que trata de subministrar uma informação
Gabarito:D válida, contrastada, sobre a gênese, dinâmica e
variáveis principais do crime – contemplado este
66. NÃO está correto o que se afirma em:
como problema individual e como problema
a) A merla apresenta consistência pastosa, social -, assim como sobre os programas de
tonalidade que varia do amarelo ao marrom e seu prevenção eficaz do mesmo e técnicas de
uso é através de cigarros ou cachimbos. intervenção positiva no homem delinquente e
nos diversos modelos ou sistemas de resposta ao
b) Anfetaminas são usadas para evitar a
delito”. Esta apresentação ao conceito de
sonolência, para desinibir e para euforizar.
Criminologia apresenta, desde logo, algumas das
c) Merla é obtida a partir da pasta de coca. características fundamentais do
seu método (empirismo e interdisciplinaridade),
d) Oxi é droga sintética, consumida em cápsulas, antecipando o objeto (análise do delito, do
de custo elevado e causa pouca agressão ao delinquente, da vítima e do controle social) e
sistema nervoso central. suas funções (explicar e prevenir o crime e
intervir na pessoa do infrator e avaliar os
Gabarito:D
diferentes modelos de resposta ao crime).
67. Um indivíduo foi vítima da explosão de uma MOLINA, Antônio G.P.; GOMES, Luiz
bomba ao implantá-la num caixa eletrônico, F.; Criminologia; 6. ed. reform., atual. e ampl. São
tendo evoluído para óbito imediatamente. Paulo: Revista dos Tribunais. p. 32.
Qual das feridas tem mais probabilidade de tê-lo Sobre o método, o objeto e as funções da
acometido? criminologia, considera-se:
I. A luta das escolas (positivismo versus
a) Contusodilacerantes.
classicismo) pode ser traduzida como um
b) Cortocontusas. enfrentamento entre adeptos de métodos
distintos; de um lado, os partidários do método
c) Cortodilacerantes. abstrato, formal e dedutivo (os clássicos) e, de
outro, os que propugnavam o método empírico e 71. “A criminologia contemporânea, dos anos 30
indutivo (os positivistas). II. Uma das em diante, se caracteriza pela tendência a superar
características que mais se destaca na moderna as teorias patológicas da criminalidade, ou seja, as
Criminologia é a progressiva ampliação e teorias baseadas sobre as características
problematização do seu objeto. III. A criminologia, biológicas e psicológicas que diferenciariam os
como ciência, não pode trazer um saber absoluto sujeitos ‘criminosos’ dos indivíduos ‘normais’, e
e definitivo sobre o problema criminal, senão um sobre a negação do livre arbítrio, mediante um
saber relativo, limitado, provisional a respeito rígido determinismo. Essas teorias eram próprias
dele, pois, com o tempo e o progresso, as teorias da criminologia positivista que, inspirada na
se superam. filosofia e na psicologia do positivismo naturalista,
Estão CORRETAS as assertivas indicadas em: predominou entre o final do século passado e
princípios deste.” BARATTA,
a) I e II, apenas.
Alessandro. Criminologia Crítica e Crítica do
b) I e III, apenas. Direito Penal. Introdução à sociologia do Direito
Penal. 3. ed. Rio de Janeiro: Revan: Instituto
c) I, II e III. Carioca de Criminologia. p. 29. (Coleção
Pensamento Criminológico)
d) II e III, apenas.
Numere as seguintes assertivas de acordo com a
70. Sobre o sistema penal e a reprodução da ideia de criminologia que representam, utilizando
realidade social, segundo Alessandro Baratta, (1) para a criminologia positivista e (2) para a
é CORRETO afirmar: escola liberal clássica do direito penal.
( ) Assumia uma concepção patológica da
a) A cada sucessiva recomendação do menor às
criminalidade. ( ) Considerava a criminalidade
instâncias oficiais de assistência e de controle
como um dado pré-constituído às definições legais
social corresponde uma diminuição das chances
de certos comportamentos e certos sujeitos. ( )
desse menor ser selecionado para uma “carreira
Não considerava o delinquente como um ser
criminosa”.
humano diferente dos outros. ( ) Objetivava uma
b) A homogeneidade do sistema escolar e do política criminal baseada em princípios como os da
sistema penal corresponde ao fato de que humanidade, legalidade e utilidade. ( ) Pretendia
realizam, essencialmente, a mesma função de modificar o delinquente.
reprodução das relações sociais e de manutenção A sequência que expressa a associação CORRETA,
da estrutura vertical da sociedade. de cima para baixo, é:

c) A teoria das carreiras desviantes, segundo a a) 1, 1, 2, 2, 1.


qual o recrutamento dos “criminosos” se dá nas
b) 1, 2, 1, 2, 2.
zonas sociais mais débeis, não é confirmada
quando se analisa a população carcerária. c) 2, 2, 1, 1, 1.

d) O suficiente conhecimento e a capacidade de d) 2, 1, 2, 2, 2.


penetração no mundo do acusado por parte do
72. Sobre a relação entre o preso e a sociedade,
juiz e das partes no processo criminal são
segundo Alessandro Baratta, é CORRETO afirmar:
favoráveis aos indivíduos provenientes dos
estratos econômicos inferiores da população. a) A reinserção do preso na sociedade, após o
cumprimento da pena, é assegurada a partir do
momento em que, no cárcere, o preso absorve um II – Não se pode compreender a criminalidade se
conjunto de valores e modelos de comportamento não se estuda a ação do sistema penal, pois
desejados socialmente. o status social de delinquente pressupõe o efeito
da atividade das instâncias oficiais de controle
b) É necessário primeiro modificar os excluídos,
social da delinquência.
para que eles possam voltar ao convívio social na
Está CORRETO o que se afirma em:
sociedade que está apta a acolhê-los.
a) I e II são proposições falsas.
c) O cárcere não reflete as características
negativas da sociedade, em razão do isolamento a b) I e II são proposições verdadeiras e II é uma
que são submetidos os presos. justificativa correta da I.

d) São relações sociais baseadas no egoísmo e na c) I é uma proposição falsa e II é uma proposição
violência ilegal, no interior das quais os indivíduos verdadeira.
socialmente mais débeis são constrangidos a
d) I é uma proposição verdadeira e II é uma
papéis de submissão e de exploração.
proposição falsa.
73. “Por debaixo do problema da legitimidade do
Gabarito:B
sistema de valores recebido pelo sistema penal
como critério de orientação para o
comportamento socialmente adequado e,
portanto, de discriminação entre conformidade e
desvio, aparece como determinante o problema
da definição do delito, com as implicações
político-sociais que revela, quando este problema
não seja tomado por dado, mas venha
tematizado como centro de uma teoria da
criminalidade. Foi isto o que aconteceu com as
teorias da ‘reação social’, ou labeling approach,
hoje no centro da discussão no âmbito da
sociologia criminal.” BARATTA,
Alessandro. Criminologia Crítica e Crítica do
Direito Penal. Introdução à sociologia do Direito
Penal. 3. ed. Rio de Janeiro: Revan: Instituto
Carioca de Criminologia. p. 86. (Coleção
Pensamento Criminológico)
Com base no excerto acima, referente ao
paradigma do labeling approach, analise as
asserções a seguir:
I – O labeling approach tem se ocupado em
analisar, especialmente, as reações das instâncias
oficiais de controle social, ou seja, tem estudado o
efeito estigmatizante da atividade da polícia, dos
órgãos de acusação pública e dos juízes.
PORQUE