Você está na página 1de 2

Resoluções das atividades GEOGRAFIA 1

b) (F) A tectônica de placas diz respeito à dinâmica da


Aula 8 Estrutura geológica crosta terrestre, explicando os processos de junção
e separação dos continentes.
c) (F) O conceito de deriva continental foi proposto por
Atividades para sala
Wegener na década de 1910. A teoria afirma que
os blocos continentais foram constituídos por frag-
mentação de blocos de Sial, boiando sobre uma
01 C massa viscosa, denominada Sima.
De acordo com a tabela da evolução biológica, verifica-se d) (F) Isostasia é um princípio que explica a acomodação
que foi ainda no Pré-Cambriano que surgiram os vestígios crustal frente o peso. Esse “efeito gangorra” eleva
de vida na Terra. Dentre as eras, a Pré-Cambriana é a mais os terrenos mais leves por causa da subsidência da
longa e a mais remota, da qual se tem pouco conheci- crosta mais pesada.
mento. As rochas dessa era são, sobretudo, de natureza e) (F) O intemperismo é um conjunto de fenômenos, físi-
metamórfica. Poucos fósseis foram encontrados e, ao que cos, químicos e biológicos que respondem pelo
parece, a vida seria inteiramente marinha, com seres muito desgaste das rochas.
rudimentares, como as algas e os invertebrados.
02 D
02 B Analisando o mapa, nota-se que as porções de terra em
a) (F) Os primeiros vestígios de vida surgiram no meio questão (Oceania, África e América do Sul) eram aproxi-
líquido na Era Pré-Cambriana. madas enquanto existia o supercontinente Pangeia. Com
b) (V) A separação da América do Sul do continente afri- a fragmentação do território, causada pela movimentação
cano se deu na Era Mesozoica. tectônica, as espécies foram separadas.
c) (F) O desaparecimento dos dinossauros está vinculado
03 B
a uma queda brusca de temperatura durante o
As rochas apresentadas são sedimentares, visto que são
Período Cretáceo – Era Mesozoica.
nelas que estão os registros de vida orgânica, o que não
d) (F) A Era Cenozoica, ou idade dos mamíferos, foi mar-
ocorre no embasamento cristalino (rochas metamórficas e
cada pelo aparecimento dos bois, dos cavalos e dos
ígneas).
veados.
e) (F) A formação dos dobramentos modernos (Andes,
04 B
Himalaia, Alpes) ocorre no Período Quaternário.
A questão menciona os processos formadores dos três tipos
03 D de rochas encontradas no planeta. A alternativa B está cor-
O surgimento da dorsal mesoatlântica se deu no Cretáceo, reta porque o intemperismo, facilitador dos processos ero-
no início da grande ruptura do supercontinente Gondwana sivos, contribui para a formação das rochas sedimentares.
com a separação dos atuais continentes sul-americano e Elas são chamadas dessa forma porque são um resultado
africano e a formação do Oceano Atlântico Sul. da compactação dos detritos que se acumulam nas bacias,
e não por processos vulcânicos, como afirma a alternativa D.
04 D No tocante às rochas ígneas, as alternativas A, C e E estão
a) (F) As rochas metamórficas são formadas pela quebra equivocadas na descrição dos processos de formação das
das rochas ígneas e sedimentares. O basalto é um rochas extrusivas (basalto), que passam por um resfriamento
exemplo de rocha magmática. mais rápido do que as intrusivas (granito). Elas são produto
b) (F) O intemperismo desagrega e/ou dissolve as rochas. do resfriamento do magma, e não da exposição do protó-
O calcário é uma rocha sedimentar orgânica. lito a fatores como pressão e temperatura.
c) (F) As rochas metamórficas são menos resistentes ao
intemperismo do que as rochas sedimentares. 05 B
d) (V) O material intemperizado forma rochas sedimentares. Canyon diz respeito a uma morfologia característica de
e) (F) As rochas ígneas resultam do resfriamento do magma. vales incisos. Isso acontece porque os rios, com alta com-
petência, escavam as rochas ao longo do tempo geoló-
gico, cujos degraus decorrem da erosão fluvial que corta o
Atividades propostas embasamento.
01 A
a) (V) O grau geotérmico refere-se à profundidade, em 06 E
metros, necessária para que se aumente a tempe- O basalto é uma rocha magmática extrusiva que é formada
ratura em 1oC. pelo rápido resfriamento das lavas vulcânicas. A rapidez

Pré-Universitário – Livro 2 1
GEOGRAFIA 1

do resfriamento não permite que os minerais formem cris-


tais macroscópicos, mas sim uma massa rochosa homo-
gênea denominada afanítica, de granulação muito fina,
cujos minerais constituintes só podem ser vistos em escala
microscópica. A decomposição do basalto pela ação de
agentes naturais, como água, oscilações de temperatura
e seres vivos, dá origem a um solo fértil, popularmente
conhecido como terra roxa.
07 D
O carvão mineral resultou da decomposição de grandes
florestas que se desenvolveram no Período Carbonífero
da Era Primária (Paleozoica). A formação de florestas nesse
período foi possível graças à umidade generalizada e à
riqueza de anidrido carbônico na atmosfera.
08 A
a) (V) O material proveniente de rochas magmáticas e
metamórficas, que foi intemperizado, transportado
e compactado, forma rochas sedimentares.
b) (F) A rocha magmática é formada pela solidificação do
magma, proveniente do núcleo terrestre.
c) (F) As rochas metamórficas são formadas pela transfor-
mação de rochas sedimentares e magmáticas sub-
metidas a pressão elevada.
d) (F) A formação de uma rocha magmática depende do
resfriamento do magma, processo físico diferente
do das rochas sedimentares.
e) (F) A rocha sedimentar é formada pela compactação
dos sedimentos transportados.
09 D
a) (F) Os maciços antigos ou escudos cristalinos datam
da Era Pré-Cambriana e são ricos em jazidas de
minerais metálicos.
b) (F) As bacias sedimentares são terrenos datados do
Paleozoico, Mesozoico e Cenozoico e podem ser
ricas em combustíveis fósseis.
c) (F) Os dobramentos modernos (Alpes, Andes e Himalaia)
resultam de movimentos orogenéticos.
d) (V) Os combustíveis fósseis (carvão mineral, petróleo)
podem ser encontrados em bacias sedimentares, e
os minerais (ferro, níquel, manganês, ouro e bauxita)
em terrenos cristalinos. Os dobramentos modernos
são áreas de intensos processos vulcânicos.
e) (F) Os dobramentos modernos se formaram no Ceno-
zoico, originando minerais típicos de bacias sedi-
mentares.
10 D
Os aquíferos porosos ocorrem em rochas sedimentares,
que apresentam maior capacidade de armazenamento
de água devido à rica porosidade. Os aquíferos de fissu-
ras ou fraturas ocorrem em rochas cristalinas (ígneas ou
metamórficas), cujas estruturas tendem a apresentar fra-
turas. Já os aquíferos cársticos ocorrem em rochas sedi-
mentares carbonáticas, bastante sujeitas a desgaste pela
ação da água.

2 Pré-Universitário – Livro 2

Você também pode gostar