Você está na página 1de 5

CENTRO UNIVERSITÁRIO CLARETIANO

CURSO: Licenciatura em Educação Física

DISCIPLINA: Conhecimentos Sobre o Corpo

TUTOR: Camila Tavares Valadares da Silva

ALUNO:

R.A. :

TURMA:

CICLO: 2

BURITIS RO

2018
Primeira Atividade – Biologia Humana
1)Descreva as diferenças entre os tipos celulares eucarióticas e procarióticas.
As células procarióticas não tem um envoltório nuclear. Por sua vez, as células
eucarióticas apresentam um núcleo verdadeiro com um envoltório nuclear elaborado.
Este é chamado de carioteca. A diferença entre ambas consiste na existência ou não de
membranas. Conforme esclarece Silva (2013), os seres procariontes são representados
pelo reino monera, formados pelas bactérias, essas células não se dividem por mitose e
sim pela divisão binária. Já os seres eucariontes são representados pelo reino dos
protozoários, plantas, fungos e animais onde nos humanos também estamos incluídos.
As células procarióticas, o termo (pro = primeiro, antes; e Karyon = núcleo) isso
significa núcleo primitivo, essas células não apresentam núcleo organizado pelo
envoltório nuclear. Seu material genético (cromossomo) está em contato direto com o
citoplasma, ocupando um espaço denominado nucleoide, portanto podemos dizer
que a principal característica dessa célula e a pobreza em membranas,
apresentando somente a membrana plasmática. (SILVA, 2013).

2)Quais são as principais organelas que compõem uma célula eucariótica animal,
com suas respectivas funções?
As organelas celulares são estruturas mergulhadas no citosol, encontradas no
citoplasma das células eucariontes. Estas estruturas desempenham funções distintas
que, em sua totalidade, produzem as características de vida associadas às células. São
elas e as suas respectivas funções:
Nucléolo: produção dos componentes ribossômicos
Núcleo: conservar e transmitir à informação genética na reprodução das células e
regular as funções celulares.
Ribossomos: produção de proteínas.
Vesículas: transporte de substância e união com a membrana para eliminar conteúdos
para fora da célula.
Retículo endoplasmático rugoso: participa da síntese e transporte de proteínas.
Complexo de Golgi: faz a secreção celular.
Citoesqueleto: participam do transporte de substâncias e dá forma a célula. Retículo
endoplasmático Liso: participa do processo de transporte celular, além de participar
da síntese de lipídios.
Mitocôndrias: são responsáveis pela respiração das células.
Vacúolo: atuam no processo de digestão intracelular.
Citoplasma: nele está um fluído chamado citosol, o citoplasma tem a função de
albergar as organelas e favorecer seus movimentos.
Lisossomos: participam da digestão de substâncias orgânicas.
Centríolos: estão ligados à organização do citoesqueleto e aos movimentos de flagelos
e cílios (SILVA, 2013).

3)Como é composta a membrana plasmática?


Segundo Silva (2013), a membrana plasmática é composta de uma dupla camada de
lipídios, proteínas e carboidratos.

4)As funções da Mitose? Descreva as suas fases.


É o processo de divisão celular no qual uma célula denominada célula-mãe se divide
em duas células-filhas geneticamente idênticas. A todo o momento, a mitose é
utilizada pelo nosso organismo para reconstituir a perda natural de células. A mitose é
dividida em quatro etapas:
Prófase: é a primeira etapa da mitose e caracteriza-se pelo início da condensação dos
cromossomos, sendo possível visualizá-los no microscópio óptico.
Metáfase: nessa etapa, o processo de mitose está no meio e finaliza a condensação do
cromossomo e a formação do fuso mitótico.
Anáfase: é a etapa na qual os centrômeros se quebram, separando as cromátides, e
logo se inicia o encurtamento das fibrilas do fuso mitótico, levando consigo uma das
cromátides para os polos da célula.
Telófase: é a etapa final da mitose, considerada como a etapa de reconstituição, na
qual se forma o núcleo-filho (SILVA 2013).

5)Quais os tipos de transporte entre a membrana plasmática? Explique cada um.


O transporte de moléculas através da membrana plasmática é dividido em: transporte
ativo e passivo.
Transporte passivo: não há gasto de energia, uma vez que a substância passa do meio
mais concentrado para o menos concentrado e pode ser subdividida em três tipos: a
difusão simples, a difusão facilitada e a osmose. Na difusão simples, a substância
consegue atravessar a membrana plasmática. Na difusão facilitada necessita de um
canal proteico para conseguir passar. A osmose é o transporte exclusivo de água, que
passa do meio em que há maior concentração de água para o de menor concentração.
Transporte ativo: há gasto de energia, porque a molécula deverá ser transportada do
meio de menor concentração para o de maior concentração. Ex.: bomba de sódio e
potássio, que é o meio de transporte de sódio para fora da célula e de potássio para
dentro (SILVA, 2013).

6)Faça uma breve descrição dos tecidos epitelial, conjuntivo, muscular e nervoso.
Analise como esse conhecimento será útil para sua formação.
O Tecido epitelial é formado por células justapostas aderidas umas às outras, com
pouco material extracelular. Eles formam no corpo humano as cavidades como a pele,
mucosas das fossas nasais, arvore respiratória etc.
Tecido conjuntivo é marcado por diversos tipos celulares, que são separados por
abundante material extracelular. Este promove a integração entre os diferentes tecidos
corporais, além de proporcionar sustentação estrutural e metabólica para tecidos e
órgãos. Ele também regula a troca de nutrientes. O tecido conjuntivo está envolvido
no armazenamento de gordura participando do sistema imune, sendo ele classificado
em frouxo ou denso, tecido adiposo, elástico, hemocitopoético e mucosa, tecido ósseo
e tecido cartilaginoso.
O tecido muscular, que é formado por células especializadas em contração que
proporciona movimentos corporais ou mudança na forma dos órgãos. Esse tecido tem
a capacidade de transformar energia química em mecânica através da quebra de ATP.
O tecido muscular é dividido entre tecido muscular estriado esquelético, tecido
estriado cardíaco e tecido muscular liso.
O Tecido Nervoso, por sua vez, é um sistema entre o meio ambiente e o organismo.
Ele recebe informações de fora depois processa e integra essas informações. Esse
processo produz uma resposta. Ele é dividido em sistema nervoso central e sistema
nervoso periférico.
Por fim, cumpre salientar que esse conhecimento acerca do corpo humano, os tipos de
tecidos são indispensáveis para profissionais que trabalham na área da saúde, nos
futuros professores de educação física necessitamos conhecer em detalhes o corpo
humano para com isso prescrever o exercício respeitando as diferença. Podemos
integrar pessoas com patologias que antes não participavam das aulas e hoje tendo um
profissional preparado, pode usufruir das atividades tendo suas limitações
respeitadas (SILVA, 2013).

7) Quais são as células componentes do tecido ósseo, suas funções e sua


importância durante o processo de reparo ósseo após fraturas?
Este tecido é um tipo especializado de tecido conjuntivo e, é formado pela matriz
óssea e células denominadas células osteoprogenitoras os teoblastos, osteócitose e
osteoclastos. Todas essas células são importantes para a manutenção do osso, para o
processo de reparo após fratura e para o remodelamento ósseo. As células
ostoegênicas são importantes para o crescimento e para a reparação óssea, osteoclastos
ajudam no remodelamento após uma fratura (SILVA, 2013).

8)Quais as células do tecido nervoso e suas funções?


Os neurônios: sua função básica é receber informações sobre as variações externas e
internas e produzir respostas por meio dos músculos e glândulas. Dessa forma,
ele contribui, juntamente com o sistema endócrino, para a homeostase (equilíbrio) do
organismo.
As células glia ou gliais: elas sustentam e auxiliam o funcionamento dos neurônios,
que constituem cerca da metade do volume total do nosso encéfalo da bainha.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
SILVA, C.T.V. Biologia Humana. Claretiano. Batatais, 2013.