Você está na página 1de 1

Tainã Rakan

Parriul

Aruanã dança de índio


Aruanã dança de índio

Corre corrente
Corre ligeiro
Que teu rio não é de janeiro
É de fevereiro e do resto do ano que vem
Ou que vai chegar...

Pra dança com meu amor


Na festa de aruanã
Seja sol seja tupã
Seja lua ou Tainã Rakan

Pintar o corpo
Com a tinta de jenipapo
Dançar e cantar
Na língua de karajá

Idiadomã, moça bonita


Tainã brilhou no céu
Caú aterrê, venho te vê
No idiotê do Bero-can

Caú aterê – depois da manhã


Idiotê – barranco
Bero-can – rio Araguaia
Idiadomã – moça
Tainã racan – estrela dalva