Você está na página 1de 1

T01 - NORMA T1 – NORMA REGULAMENTO OPERCIONAL

NORMA 1.2 NORMAS, INSTRUÇÕES E REGULAMENTO


MAQUINISTA FALANDO ASPECTO E LADO DO SINAL CONFORME INSTRUÇÃO
“PÁTIO CONDE DO PINHAL (ZFR) LADO NORTE“

NORMA 2.4 – COMUNICAÇÃO ANTES DE CRUZAMENTO


MAQUINISTA SE COMUNICANDO COM O TREM QUE IRÁ CRUZAR A UMA DISTÂNCIA DE 2.000 METROS

NORMA 4.3 – CUIDADOS EM CRUZAMENTO E ULTRAPASSAGEM DE TREM


VERIFICAÇÃO DE AMV PARA O TREM QUE IRÁ CRUZAR
T15 – DETECTOR DE DESCARRILAMENTO

ALARMADO O DETECTOR DE DESCARRILAMENTO DO KM 22+800, ONDE O MAQUINISTA CUMPRIU COM TODOS


SEUS PROCEDIMENTOS VIGENTES TAIS COMO, PARADA, MOTIVO DE PARADA E COMUNICAÇÃO COM CCO.

T17 - BUZINA

NORMA 3.4.5.2 TOQUES DE BUZINA


ITÉM “A” TOQUE LONGO – DISTÂNCIA DE 200 METROS DE TÚNEIS, PONTES E VIADUTOS, EXECUTADO O
PROCEDIMENTO NO KM

NORMS 3.4.5.2 TOQUES DE BUZINA


ITÉM “B” TOQUE PADRÃO – DISTÂNCIA DE 200 METROS DE PN, EXECUTADO O PROCEDIMENTO NO KM
T18 – SINAL

APAGADO O SINAL DO PÁTIO DE TUTÓIA (ZTO) LADO NORTE, , ONDE O MAQUINISTA CUMPRIU COM TODOS SEUS
PROCEDIMENTOS VIGENTES TAIS COMO, PARADA, MOTIVO DE PARADA E COMUNICAÇÃO COM CCO.

T29 – PROCEDIMENTO HELPER

MAQUINISTA NA CABEÇA DO TREM CUMPRINDO COM TODOS OS PROCEDIMENTOS VIGENTES PARA OPERAÇÃO
HELPER, TAIS COMO, COMUNICAÇÃO CONSTANTE, PASSANDO RESTRIÇÕES, BOLETINS, LICENÇA, ASPECTO DE SINAL,
ETC

MAQUINISTA NA HELPER DO TREM CUMPRINDO COM TODOS OS PROCEDIMENTOS VIGENTES PARA OPERAÇÃO
HELPER, TAIS COMO, COMUNICAÇÃO CONSTANTE, VISTORIA DA COMPOSIÇÃO, 100 METROS HELPER INDO JUNTO,
ETC