Você está na página 1de 12

MOLECULARE

from space to skin

A molécula descoberta pela


nasa que faz a pele decolar.
História
“Mini bolas de futebol no espaço”. Assim, a molécula do Moleculare foi visualizada
pela primeira vez pelos astrônomos que usavam o telescópio Spitzer da NASA. Os
astrônomos que usaram o telescópio Spitzer da Nasa descobriram essas moléculas
em forma de bolas de futebol nomeadas por eles na ocasião como buckyballs.

As moléculas esféricas de carbono ilustram o Moleculare como uma molécula


composta inteiramente de carbono, na forma de uma esfera oca. As moléculas de
Moleculare ocorrem na natureza.

A descoberta dessa molécula expandiu consideravelmente o número de alótropos


de carbono conhecidos, antes somente limitados a grafite, diamante e carbono
amorfo. Essa molécula tem sido objeto de pesquisas intensas, tanto por sua química
exclusiva, quanto por suas aplicações tecnológicas, especialmente na ciência dos
materiais e na nanotecnologia.

São grupos ocos de átomos de carbono com hidridação sp2. O Moleculare após
ser visualizado no espaço foi sintetizado em laboratório a partir da vaporização do
grafite usando laser Nd YAG por KROTO na Rice University nos Estados Unidos.

Uma estrutura de polígono com 60 vértices e 32 faces que se assemelha a uma


bola de futebol é a estrutura que melhor descreve a configuração estável desses 60
átomos de carbono.

A partir da introdução da 1º nano-droga aprovada pelo FDA em 1995, a nanomedicina


tem constantemente revolucionado os diagnósticos médicos e terapêuticos.

Com o aumento das pesquisas dermatológicas, a indústria cosmética tem se


beneficiado deste novo caminho e tem empregado nanomateriais inovadores
incluindo as buckyballs conhecidas também como fulerenos.

O Moleculare é um dos nanomateriais que tem aplicações valiosas no campo da


biomedicina. Ele apresenta capacidade antioxidante EXCEPCIONAL.

PROPRIEDADES IMPORTANTES DO MOLECULARE:


’’ Tamanho de partícula pequeno
’’ Transferência de elétrons
’’ Excepcional atividade antioxidante (Radical Esponja)
’’ Fotoatividade
’’ Hidrofobicidade
’’ Antiinflamatório
’’ Anti-viral
’’ Antibacteriano
’’ Agente carreador para outros ingredientes ativos
’’ Portador de propriedades ativas para genes
Exposição ao Sol MOLECULARE
from s pa ce to skin

UVA UVB UVA UVB

Epiderme

Derme

Hipoderme

MOLECULARE: eficaz na fotoproteção e inflamação*.


A radiação UV consiste nos 3 principais comprimentos de onda:

UVA, UVB e UVC. Devido à sua maior energia, a radiação UVC reage com o ozônio na
atmosfera e dificilmente reage com a terra, portanto UVA e UVB permanecem como
a principal radiação UV que pode influenciar os sistemas biológicos. A radiação UV
afeta mais à pele que outros órgãos do corpo. Lembrando que à pele é o maior
órgão do corpo e também a camada externa do corpo.

*Mousavi et al/Nanomedicine Nanotechnology, Biology and Medicine 13 (2017).


MOLECULARE
from space to skin
Proteção da Pele
Moleculare é um ativo completo no que diz respeito a proteção da pele à radiação
UV e a poluição. É uma molécula capaz de inibir efeitos temporários como eritema,
edema e inflamação. Moleculare ainda, previne:

’’ Alteração da pigmentação
’’ Aumento da rugosidade
’’ Câncer de pele

O que ocorre com as células pela ação da radiação UVA?


Em termos de células, os danos morfológicos são vistos como formação de células de
queimaduras solares, incluindo queratinócitos com núcleo picnótico e citoplasma
eosinófilo. Em termos populares é como se o DNA cometesse um suicídio para evitar
o câncer.

Edemas intercelular e intracelular. Apoptose induzida por UV e células apoptóticas


fagocitadas, aumento do número de melanócitos e melanogênese, infiltração de
leucócitos, degranulação de mastócitos e hiperqueratose.

O processo molecular por trás das alterações induzidas por UV é diversificado e


pode ocorrer através de efeitos diretos e indiretos de UVA e UVB.

A radiação UVB é responsável por danos diretos ao DNA, que é o tipo mais crítico de
danos biológicos e causa mutação. A radiação UVB também pode afetar diretamente
proteínas e aminoácidos e fazer com que eles percam função como componente
enzimático ou estrutural e iniciar a formação de radicais livres.

A radiação UVA pode resultar na geração de espécies reativas de oxigênio que


podem indiretamente causar danos ao DNA, proteínas ou lipídeos. Além disso, as
espécies reativas de oxigênio podem interferir nas vias de sinalização que podem
provocar degradação do colágeno e de outros componentes do tecido conjuntivo.

O estresse oxidativo também, pode levar a reações inflamatórias, bem como à


alteração da função do sistema imunológico que todos juntos contribuem para a
produção de sinais do envelhecimento.

Mecanismo de ação do Moleculare para combate aos danos da


radiação UV.
Moleculare é um nanomaterial com vários efeitos biológicos e para tanto, apoia e
estimula o sistema antioxidante natural da pele e faz com que a pele desenvolva
mecanismos de defesa para os problemas de pele induzidos pela radiação UV, além
disso Moleculare age como potente agente antiinflamatório ou anti-cancerígeno.
Radiação UV MOLECULARE
from s pa ce to skin

Protocolo
Avaliação da capacidade antioxidante da pele contra os danos causados pela
radiação UV.

Métodos
Estudos in vitro em células de pele humana foram tratadas com Moleculare e os
efeitos citoprotetores também foram avaliados.

Resultados
Os resultados iniciais foram obtidos e Moleculare foi capaz de reduzir as espécies
reativas de oxigênio. Moleculare foi capaz de reduzir a apoptose, bem como reduzir
alterações morfológicas e celulares. O efeito protetor de Moleculare se dá através da
promoção da diferenciação de queratinócitos.

Moleculare teve efeito protetor quando aplicado diretamente nos queratinócitos.


Moleculare apresenta efeito protetor contra os danos causados pela radiação UV na
pele. Outro ponto importante foi a redução do escalonamento anormal induzido
por UVA na epiderme, redução da destruição de fibrilas e lâmina basal de colágenos
tipos I e V.

A figura mostra o aumento na diferenciação por queratinócitos epidérmicos pelo Moleculare.


MOLECULARE
from space to skin
Radiação UVA e UVB
Estudos in vitro para avaliação da eficácia do Moleculare em culturas de células
expostas à radiação UVA e UVB.

Protocolo 1: Culturas de células humanas foram tratadas com Moleculare (20-


30 µM e depois expostas a radiação UVB (20 mJ/cm2) e sua atividade inibidora da
geração de radicais livres comparada com ácido ascórbico.

Protocolo 2: Culturas de células humanas foram tratadas com Moleculare, foram


lavadas e depois irradiadas com radiação UVB e a atividade citoprotetora do ingre-
diente ativo foi comparada ao ácido ascórbico e arbutin.

Protocolo 3: Culturas de células humanas foram submetidas à radiação UVA e


UVB e após foram tratadas com Moleculare.

Resultados: O teste referente ao protocolo 1 gerou a inibição da proliferação


induzida pela radiação UVB aplicada, inibição da apoptose celular, inibição da anor-
malidade morfológica, inibição da geração de radicais livres superior ao ácido as-
córbico.

Referente ao protocolo 2, as células tratadas apresentaram aumento da viabilidade


celular, inibição da anormalidade morfológica e efeito citoprotetor maior quando
comparado as células tratadas com ácido ascórbico e a redução da atividade de
melanina foram superiores quando comparadas ao ácido ascórbico e arbutin.
Referente ao protocolo 3, houve diminuição significativa na apoptose, redução
nas mudanças morfológicas, inibição na geração de radicais livres, aumento da
viabilidade celular e efeito citoprotetor contra a radiação UVB.
Os melhores resultados foram aplicando o Moleculare antes de submeter as culturas
de células às radiações UVB e UVA, validando seu uso em filtros solares e ferramenta
de prevenção ao fotoenvelhecimento, no entanto os resultados de reparo nos danos
a radiação UVA e UVB foram promissores e demonstraram a eficácia de Moleculare
como ferramenta de reparo aos danos causados pelas radiações UVA e UVB.
Envelhecimento MOLECULARE
from s pa ce to skin

O esquema abaixo mostra a relação entre o estresse oxidativo e o envelhecimento,


Moleculare atua na maior parte dessas vertentes revertendo os danos causados
por apresentar capacidade antioxidante considerada EXCEPCIONAL pelos estudos.
Moleculare evita que o DNA seja destruído, que as células sofram apotose, protege
as mitocôndrias e reverte os danos inflamatórios. Sendo uma excelente escolha
para ser veiculado em filtros solares e formulações anti-aging.

ESTRESSE OXIDATIVO E SENESCÊNCIA


Mudanças relacionadas à idade e mecanismos

Mitocôndrias NAD(P)H
oxidases

Vias de sinal
ROS sensíveis
ao redox.

Mudanças na expressão
Danos oxidativos de de genes.
proteínas, lipídeos e Capacidade de replicação.
ao DNA. Disfunções imunológicas
e processos inflamatórios.
Outros.

Danos irreversíveis ao DNA Estado redox


e encurtamento plasmático
dos telômeros. (tiol2 cistina-1 )

A avaliação do efeito do Moleculare na síntese de prostaglandina E2 (PGE2) induzida


pela radiação UVB em epiderme humana reconstruída demonstrou uma supressão
significativa na produção de prostaglandina E2. O estudo concluiu que essa
descoberta sobre a influência de Moleculare sobre os danos causados pela radiação
UV e o estresse oxidativo, confirma seu potencial como ingrediente ativo para filtros
solares, clareadores e anti-agings.
MOLECULARE
from space to skin
Tratamento de Manchas
Estudo in vivo
Moleculare é também conhecido como radical esponja devido a sua capacidade
impressionante de combater radicais livres. Para provar a eficácia prática desse
princípio ativo foi realizado o seguinte ensaio clínico.

Protocolo: Um gel contendo 1% de Moleculare foi preparado e aplicado na face


duas vezes ao dia.

Resultados: Depois de oito semanas de aplicação, o índice de melanina da su-


perfície exposta tratada com 1% de creme contendo Moleculare diminuiu em 94%
as manchas da face.

A avaliação do efeito do Moleculare na síntese de prostaglandina E2 (PGE2) induzida


pela radiação UVB em epiderme humana reconstruída demonstrou uma supressão
significativa na produção de prostaglandina E2. O estudo concluiu que essa
descoberta pode ser um mecanismo potencial adicional pelo qual o Moleculare
afeta a melanogênese, além da varredura de radicais livres. Esses estudos suportam
o efeito protetor de Moleculare contra os danos causados pela radiação UV e o
estresse oxidativo e confirma seu potencial como ingrediente ativo para filtros
solares, clareadores e anti-agings.

Estudos in vitro

Protocolo: Moleculare foi aplicado em culturas de células humanas de melanó-


citos estimuladas pela radiação UVA

Resultados: Moleculare inibiu em 70% a melanogênese induzida pela radiação


UVA. Observou-se também redução do escalonamento anormal induzido por UVA
na epiderme, redução da destruição de fibrilas de derrame e lâmina basal de colá-
geno tipos I e IV.

Imagem de
microscópio (200x).
Redução do Poros MOLECULARE
from s pa ce to skin

Moleculare é eficaz na redução do tamanho dos poros*.

Protocolo: os poros faciais visíveis são alvos terapêuticos para cosmecêuticos.


Para tanto, foi avaliado o efeito do Moleculare tópico em poros faciais usando um
analisador de imagens chamado sistema VISIA®. Dez mulheres japonesas saudáveis
participaram deste estudo e receberam aplicações de uma loção contendo 1% de
Moleculare e procederam com a aplicação dessa loção no rosto duas vezes ao dia
durante 8 semanas.

Resultados: A loção contendo 1% de Moleculare diminuiu significativamente


os poros visíveis em 17,6% (p <0,05, teste de classificação assinada por Wilcoxon)
após um tratamento por um periodo de 8 semanas. Além disso, para investigar o
mecanismo de ação do Moleculare avaliou-se o seu efeito na produção de pros-
taglandina E2 (PGE2) induzida por UVB em epiderme humana reconstruída (RhE).
Os resultados mostraram que a irradiação de RhE com 1000 mJ / cm2 aumentou a
produção de PGE2 em 62,3% (p <0,05, teste de U de Mann-Whitney) e a adição de
Moleculare a 28 µM reprimiu significativamente a produção de PGE2 induzida por
UVB em 18,3% (p <0,05).

Conclusões: A loção com Moleculare diminuiu significativamente os poros fa-


ciais visíveis após um tratamento de 8 semanas através da supressão da produção
de PGE2 na epiderme.

A figura abaixo mostra os resultados do efeito do Moleculare em poros faciais


visíveis. (A) Redução dos poros faciais visíveis após tratamento com Moleculare
durante 8 semanas. O gráfico mostra a média ± desvio padrão (n = 10). * P <0,05, teste
de classificação assinado por Wilcoxon. (B) As fotos de poros visíveis na bochecha
por VISIA® no caso representativo (fêmea de 43 anos) antes (painel superior) e
após tratamento com Moleculare por 8 semanas (painel inferior) são mostrados.
O número de poros visíveis diminuiu de 170 para 103. (c) Com a dermatoscopia,
observa-se uma regressão de poros faciais visíveis (triângulos) no mesmo caso.

A B C
Número de poros faciais visíveis

antes antes
500

400

300
*
depois depois
200

100

0
antes depois

*Inui et al. Journal of Nanobiotechnology, 2014.


MOLECULARE
from space to skin
Tratamento da Acne
Moleculare elimina ROS, que desempenham um papel na formação de acne. Inibe
fortemente a oxidação do sebo, que é responsável pela acne e exerce atividade
antimicrobiana sobre o P.Acne. Impede a inflamação, o que provoca exacerbação
da acne e mantém a função de barreira da pele, auxiliando no controle da acne.

Protocolo: 11 adultos com acne foram selecionados para o teste. Um gel con-
tendo 1% de Moleculare (Fullerene) foi aplicado em toda a face, duas vezes por
dia durante 8 semanas. As características clínicas, o nível de hidratação da pele, e
quantidade de sebo foram avaliados por fotografia digital (VISIA).

Resultados: Diminuição de 25% na produção de sebo, diminuição da infiltração


de neutrófilos (menos pústulas). O nível de umidade da pele aumentou e a função
de barreira da pele foi constante. Além disso, a quantidade de eczemas inflama-
tórios diminuiu significativamente. Moleculare associa alta atividade antioxidante,
penetra a epiderme e pode atuar como um veículo para melhorar a entrega dos
ativos na pele.

MOLECULARE É UM ATIVO SEGURO


Foram realizados vários testes sobre a segurança do Moleculare. Os testes foram:

’’ Irritação ocular e irritação primária.


’’ Sensibilização cutânea.
’’ Patch Test.
’’ Fotosensibilização e fototoxicidade.
’’ Mutação reversa bacteriana.
’’ Aberrações cromossômicas.

Os resultados demonstraram que Moleculare não induz a irritação primária,


cumulativa, sensibilização cutânea ou fototoxicidade. Os estudos de irritação ocular
demonstraram que Moleculare induz a irritação ocular mínima, sendo recomendável
evitar contato direto com a área dos olhos.
Concentração usual : 0,5 – 2,0%
Tratamento Pós-laser MOLECULARE
from s pa ce to skin

Protocolo: A terapia à laser é uma terapia anti-rugas eficaz, mas pode levar à
geração de radicais livres a partir dos produtos químicos no creme. Foram realiza-
das medidas de radicais livres gerados pela irradiação com laser. Moleculare foi co-
locado numa célula de quartzo plano, e 10 mL de DMPO foi adicionado como um
agente de captura de rotação. A amostra foi irradiada várias vezes a uma fluência de
3 J / cm2 (1440 nm), usando o sistema Affirm (Cynosure Inc.). Posteriormente, os si-
nais divulgados pelo dutos de radicais livres foram detectados em uma ESR em uma
banda X de espectrômetro com irradiação com laser que gerou uma quantidade
significativa de radicais hidrogênio e radicais metil, enquanto que a do Moleculare
teve a geração de radicais livres suprimida sob as mesmas condições.

Assim, Moleculare é eficaz no tratamento anti-rugas e pode ser muito eficaz no


tratamento anti-rugas pós laser.

Irradiação LASER Análise ESR


(3 J/cm2) AFFIRM
Célula de Adição de (Cynosure: Nd-YAG;
Amostras: PVP / Moleculare quartzo plana
1440nm LASER Fracionado)
10µL de
Pele de cobaia
DMPO ou
ou Hemoglobina
DPPMP
Espectrômetro de ressonância
de rotação eletrônico.
Controle (JES-FA300)JEOL (Japan)

Hemoglobina:DMPO
p<0.001
6 H・ 6 Pele : DPPMPO 15
Pele : DMPO OH・
p<0.01 p<0.001 p<0.005
intensidade
intensidade

intensidade

O2・- / HOO
4 4 10
p<0.01

2 2 5

0 0 0
24 vezes Hemoglobina Hemoglobina Hemoglobina
controle 6 vezes 6 vezes controle 24 vezes LASER LASER
0.1%-PVP/Moleculare
0.1%-PVP/Moleculare PVP/Moleculare

EFICÁCIA NO TRATAMENTO DE RUGAS

Protocolo: 23 voluntárias do sexo feminino com idade entre 30-40 anos com ru-
gas foram avaliadas durante 8 semanas e utilizaram uma formulação em creme con-
tendo 0,5% de Moleculare duas vezes ao dia no lado esquerdo da face. A avaliação
de melhora das rugas foi realizada em comparação com o lado não tratado.

Resultados: Melhora de 80% nas rugas em 4 semanas aplicando um creme con-


tendo 0,5% de Moleculare.
MOLECULARE
f ro m spa ce to s k i n

biodiversite.com.br | contato@biodiversite.com.br