Você está na página 1de 15

Sulfato

Classe de Sulfatos

Classe Máxima reResistêncClasseMáxima relaResistências mínimas (Mpa)


I 0.65 25 Qa 0.5 30
IIa 0.6 25 Qb 0.5 30
Iib 0.55 30 Qc 0.45 35
IIIa 0.5 30 H 0.55 30
IIIb 0.45 30 F 0.5 30
IIIc 0.5 35 E 0.5 30
IV 0.5 30

Determinação
Unidades
Química
pH
2,5:1 pH
Sulfato
(água/solo)
solúvel em
2:1(água/s
água mg/l SO4
olo)
Sulfato
solúvel em % SO4
ácido
Súlfur Total TS %
Solo
Magnésio
2:1 mg/l Mg
(água/solo)
Íon de
mg/l NH4
Amônio
Solo

Nitrato
2:1 mg/l NO3
(água/solo)
Cloretos
2:1 mg/l Cl
(água/solo)
pH pH
Sulfato
mg/l SO4
solúvel
Magnésio
mg/l Mg
Água solúvel
Íon Amônio mg/l NH4
Íon Nitrato mg/l NO3
Íon Cloreto mg/l Cl
CO2
mg/l CO2
Agressivo
ncias mínimas (Mpa)

Normas

ASTM C1580-15
ASTM D516-16 ASTM
D4130-15
Sufato e Magnésio Solo natural
amostra 2:1 água/soloÁgua subterrânea
Total potencial de sufatoÁgua estática
Água corrente
Classe Sulfato
(SO4 mg/l)(Mg mg/l)(SO4 mg/l)(Mg mg/l) (SO4 %) (pH) (pH)
≥2,5
>5,5
<500 <400 <0,24 DS-1 2,5-5,5

>3,5
>5,5
2,5-3,5
500-1500 400-1400 0,24-0,6 DS-2
2,5-5,5

>3,5
>5,5
1600-1300 1500-3000 0,7-1,2 DS-3 2,5-3,5
2,5-5,5
>3,5
>3,5
>5,5
3100-6000 ≤1200 3100-6000 ≤1000 1,3-2,4 DS-4
2,5-3,5
2,5-5,5

3100-6000 >1200 3100-6000 >1000 1,3-2,4 DS-4m

>3,5
>6000 ≤1200 >6000 ≤1000 >2,4 DS-5
2,5-3,5 ≥2,5
>6000 >1200 >6000 >1000 >2,4 DS-5m

Classe
Condições
Teor
de agressividade
máximo
de serviço
de íonsdadeestrutura
cloreto (Cl-) no concreto
Todas
Concreto protendido0,05
Concreto armado expostoIIIe
a cloretos
IV nas condições
0,15 de serviço da estrutura
Concreto armado não expostoII a cloretos nas condições
0,30 de serviço da estrutura
ncreto armado em brandas condições
I de exposição
0,40(seco ou protegido da umidade)

Condições de ExposiçãoSulfato
em Sulvado
função
solúvel
da
solúvel
em
agressividade
Máxima
água
presente
relação
naágua/cimento
água
Mínimo fck
Fraca
Moderada
Severa
Categori
Classe Condição
a

Concreto que não


F0 é sujeito a ciclos
de gelo e degelo

Concreto sujeito
a ciclos de gelo e
F1 degelo, com
pouca exposição
à água

Concreto sujeito
Gelo e a ciclos de gelo e
degelo F2 degelo, com
(F) frequente
exposição à água

Concreto sujeito
a ciclos de gelo e
degelo, com
frequente
F3
exposição à água
e a produtos
químicos de
degelo

S0 SO4 < 0,10

Concreto sem
S1 contato com
Sulfatos água;
(S) Concreto sem
S2 contato com
água;
Concreto sem
S3 contato com
água;
Concreto sem
Em contato com
W0 água;
contato contato com água
com e baixaem
Concreto
água permeabilidade
contato com água
(W) W1 e baixa
permeabilidade é
necessária;
Concreto sem
contato com água
C0
ou protegido da
umidade
Proteção
da Concreto exposto
armadur à umidade, mas
a contra C1 não exposto a
corrosão fontes externas
(C) Concreto exposto
de cloretos
à umidade e uma
fonte externa de
cloretos (produtos
C2 químicos de
degelo, sal, água
salobra, água do
mar, ou respingos
destas fontes)
Brownfield
Água estática
Água corrente
Classe ACEC
(pH) (pH)
≥2,5 AC-1s
>6,5 AC-1
5,5-6,5 AC-2z
4,5-5,5 AC-3z
2,5-4,5 AC-4z
>5,5 AC-1s
>6,5 AC-2
2,5-5,5 AC-2s
5,5-6,5 AC-3z
4,5-5,5 AC-4z
2,5-4,5 AC-5z
>5,5 AC-2s
>6,5 AC-3
2,5-5,5 AC-3s
5,5-6,5 AC-4z
2,5-5,5 AC-5z
>5,5 AC-3s
>6,5 AC-4
2,5-5,5 AC-4s
2,5-6,5 AC-5
>5,5 AC-3s
>6,5 AC-4m
2,5-5,5 AC-4ms
2,5-6,5 AC-5m
>5,5 AC-4s
2,5-5,5 ≥2,5 AC-5
>5,5 AC-4ms
2,5-5,5 ≥2,5 AC-5m
Classe Resistência Mínima (Mpa)
Superfície e Exposição
a
b
c
d
i
ii
iii
e

Condição de Exposição Classificação de Exposição


Sulfatos
Solos
pH de alta permeabilidade
Solos de baixa permeabilidade
Solo
Água
(ppm)
subterrânea (ppm)
<5000 <10000 >5,5 A2 A1
5000-10000
1000-3000 4,5-5,5 B1 A2
10000-20000
3000-10000 4-4,5 B2 B1
>20000 >10000 <4 C2 B2
Condutividade Elétrica do Solo ( Classific ResistêncCobrimento mínimo (cm)