Você está na página 1de 167

GER EXEC OP VARG GRANDE PICO

X
GER INFRAESTRUTURA DE MINA
GER MAN EQ MINA VGR
GER MAN IND PICO
GER MAN IND VARGEM GDE I E II
GER MAN INFRA ELETR VARGEM GDE
GER MINERAÇÃO VGR PICO
GER TRAT MIN VGR GDE I E II GER TRAT MIN PICO

GER EXEC OP FABRIC PARAOPEBA

GER MAN TRAT MIN EXPED FABRICA


GER MINA USINA EXPED CFJ JGD
GER MINA USINA EXPED CPX MUT
GER OPERACAO MINA FABRICA
GER MAN INFRA ELETR PARAOPEBA

GER EXEC OP MARIANA BRUCUTU

GER INFRAESTRUT MINER MARIANA


GER MAN EQ MINA MARIANA
GER MAN INFRA ELETRICA MARIANA
GER MANUT INDUSTRIAL BRUCUTU
GER MANUT USINA MARIANA
GER OP MINA MARIANA E FN
GER OPER USINAS MARIANA
GER OPERAC MANUT MINA BRUCUTU

GER EXEC OP ITABIRA AG LIMPA

GER DE INFRAESTRUTURA DE MINA ITABIRA


GER MAN INFRA ELETRICA ITABIRA
GER MANUT EQUIP INFRA ITABIRA
GER MANUT EQUIP TRANSP ITABIRA
GER MANUT IND CONCEICAO I E II
GER MANUTENCAO INDUSTRIAL CAUE
GER OPERACAO MINAS ITABIRA
GER TRAT MINE CONCEICAO I E II
GER TRAT MINER CAUE

GER EXEC SSMA INFRA CORRED SUD

GER GEST INFRAESTRUTURA SERVICOS


GER GESTAO CONTRATOS SUDESTE
GER IMPLANT CORRENTES SUL
GER MEIO AMBIENTE
GER QUALIDADE
GER SAUDE OCUPACIONAL SUL
GER SEGURANCA DO TRABALHO SUL
GER SUPORTE OPERAC LOG SUDESTE

GER EXEC PL PROG GEST CORR SUD

GER AUTOMAÇÃO SUDESTE/SUL


GER ENG MINERAL E LABORATORIOS
GER GEST ECON E PERFOR SUDESTE/SUL/FERROVIA
GER PLAN C PRAZO E GEOTEC ITABIRA
GER PLAN CURTO PRAZO PARAOPEBA
GER PLAN LAVRA CP E GEOTEC MARIANA
GER PLANEJ CURTO PRAZO V GRAND
GER PROG CARREG PL MEDIO PRAZO
GER PROGR E PLANEJ MEDIO PRAZO SUL
GER. GEOTECNIA E HIDROGEOLOGIA

GER EXEC ENG MANUT CORRED SUD

ENGENHARIA EFVM
GER ENG ELÉTRICA E AUTOMAÇÃO
GER ENG MAN EQUIP MINA E CONV
GER ENG MAN EQUIP OBRAS INDUST
GER ENG MANUT USINA OBRAS IND
GER ENG MANUTENCAO MINA
GER OFICINAS INDUSTRIAIS
SEGURANÇA DO TRABALHO - COR
MOBILIZAÇÃO EQUIPAMENTOS CONTRATA
LHO - CORREDOR SUDESTE
CONTRATADAS - RAC 01, 03 e 05
SEGURANÇA DO TRABALHO - COR
MOBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - R
LHO - CORREDOR SUDESTE
RATADAS - RAC 02
Resultados Esperados: Garantir que as atividades envolvendo trabalho em altura sejam executadas de
maneira planejada e segura, preservando a vida e a saúde das pessoas envolvidas, bem como a
integridade dos equipamentos e instalações.

 
Notas:
1 – As plataformas de trabalho aéreo e equipamentos de elevação de pessoas devem atender as
recomendações: Anexo 4 da NR 18 – Plataforma de Trabalho Aéreo e Anexo 12 da NR 12 –
Equipamentos de Elevação de Pessoas;
2 - O trava queda deverá passar por manutenção de acordo com as orientações do fabricante (anual)
ou sempre que sofrer impacto relativos à sua utilização.

Notas:
1 - Para trabalhos em plano inclinado, seguir as orientações do Anexo 1 da NR-35;
2- Nas manutenções, reparos ou revisões em máquinas e equipamentos, disponibilizar sistema de
prevenção de quedas/proteção para o executante;
3- Para trabalhos em telhados, desenvolver um plano de segurança com todas as fases do trabalho,
situações de riscos e as medidas de controle, incluindo o acesso de ida e de volta ao telhado,
carregamento e descarregamento de materiais, aberturas de telhados e outros perigos potenciais;
4- O trabalho em altura deve ser interrompido imediatamente em caso de iluminação insuficiente e
condições climáticas adversas, como chuva, ventos superiores a 40km/h dentre outras.
Trabalho em Altura

PRO-023798, Rev.: 00-27/04/2017

Diretoria Emitente: Ferrosos Sul


Responsável Técnico: Ricardo Sacramento, Matrícula: 01504717, Área: Ger. Segurança do Trabalho Sul
Público Alvo: Empregados das áreas de operação, manutenção e obras da Vale e de empresas contratadas que executa
superior a 1,80m e responsáveis pela gestão dos equipamentos e acessórios de trabalhho em altura da Gerência
Necessidade de Treinamento: (X)SIM ( )NÃO

Resultados Esperados: Garantir que as atividades envolvendo trabalho em altura sejam executadas de
maneira planejada e segura, preservando a vida e a saúde das pessoas envolvidas, bem como a
integridade dos equipamentos e instalações.

 
Índice de Atividades:

1ª Atividade: Elaborar documentação de controle dos equipamentos e acessórios de trabalho em altura...................


2ª Atividade: Realizar inspeção pré-uso dos equipamentos e acessórios para trabalho em altura...............................
3ª Atividade: Avaliar os riscos na execução do trabalho em altura...............................................Página 02

Pré-Requisitos:
1.   Para cuidados gerais de saúde, segurança e meio ambiente é necessário conhecer o Guia de Saúde, Segurança

Referências:
PTP-000813 – Procedimento para Requisitos de Atividades Críticas;
EPS-002474 - Análise de Risco de Tarefa - ART - Ferrosos Sul;
PRO 022943 – Permissão de Trabalho – PT – Ferrosos Sul;
NR 18 – Condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção;
NR 12 – Segurança no trabalho em máquinas e equipamentos;
NR 35 – Trabalho em Altura;
NR 34 – Condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção e reparação naval.

1ª Atividade – Elaborar documentação de controle dos equipamentos e acessórios d


1)     Preencher e manter atualizado o inventário dos equipamentos, conforme item 12.153 da NR 12 para trabalho
Anexo 4 - Inventário de equipamentos para trabalhos em altura.

2ª Atividade – Realizar inspeção pré-uso dos equipamentos e acessórios para trabalh

1)     Preencher o check list de inspeção pré-uso para equipamentos (Anexo 01 - Inspeção de Pré Uso para Equipa
Altura)
2)    Preencher o check list de inspeção pré-uso para equipamentos de proteção individual e coletivo (Anexo 02 - Ins
Equipamentos de Proteção Individual e Coletivo;
3)    Em caso de qualquer anomalia encontrada nas inspeções, comunicar o líder imediato e adotar as medidas de c
irregularidades antes de iniciar a atividade;

Notas:
1 – As plataformas de trabalho aéreo e equipamentos de elevação de pessoas devem atender as
recomendações: Anexo 4 da NR 18 – Plataforma de Trabalho Aéreo e Anexo 12 da NR 12 –
Equipamentos de Elevação de Pessoas;
2 - O trava queda deverá passar por manutenção de acordo com as orientações do fabricante (anual)
ou sempre que sofrer impacto relativos à sua utilização.

3ª Atividade – Avaliar os riscos na execução do trabalho em altura


1)    Elaborar a ART ou seguir os procedimentos operacionais. Em caso de risco adicional, elaborar a ART local.
 

Notas:
1 - Para trabalhos em plano inclinado, seguir as orientações do Anexo 1 da NR-35;
2- Nas manutenções, reparos ou revisões em máquinas e equipamentos, disponibilizar sistema de
prevenção de quedas/proteção para o executante;
3- Para trabalhos em telhados, desenvolver um plano de segurança com todas as fases do trabalho,
situações de riscos e as medidas de controle, incluindo o acesso de ida e de volta ao telhado,
carregamento e descarregamento de materiais, aberturas de telhados e outros perigos potenciais;
4- O trabalho em altura deve ser interrompido imediatamente em caso de iluminação insuficiente e
condições climáticas adversas, como chuva, ventos superiores a 40km/h dentre outras.

Controle de revisão:

Elaboradores:

Anexos:
·           Anexo 01 – Inspeção de pré-uso dos equipamentos para trabalho em altura;
·           Anexo 02 – Inspeção de pré-uso de Equipamentos de Proteção Individual e Coletivo;
·           Anexo 03 – Modelos de placa de sinalização;
·           Anexo 04 - Inventário de equipamentos para trabalhos em altura.
........................................................................................................Página 01
............................................................................................Página 01

ho em altura
Resultados Esperados: Garantia da integridade dos trabalhadores, equipamentos e acessórios
utilizados para içamento de carga.
ATENÇÃO: Os acessórios danificados devem ser descartados imediatamente e substituídos.

ATENÇÃO: As irregularidades encontradas no preenchimento do check-list devem ser comunicadas ao líd


imediato e medidas de controle devem ser adotadas para que sejam sanadas.
ATENÇÃO: As irregularidades encontradas no preenchimento do check-list devem ser comunicadas ao líd
imediato e medidas de controle devem ser adotadas para que sejam sanadas.

Notas:
É importante consultar a tabela de cargas de içamento para certificar-se da dimensão dos acessórios e bem co
da carga.

Para movimentação de contrapesos, seguir as orientações do manual do equipamento e análise de riscos.

 
ATENÇÃO: Em dias com serração, neblina, chuvas e/ou em períodos noturnos com baixa luminosidade ou de
dificulte a visibilidade do operador, avaliar os riscos envolvidos nas atividades de movimentação de carga

ATENÇÃO: Na impossibilidade de cumprimento das recomendações contidas no Plano de Rigging e que poss
atividade somente poderá ser realizada após o elaborador do mesmo realizar as devidas adequações.

Notas:
A definição de içamento crítico são todas as operações que necessitem de emissão de um plano de rigging.

Todos empregados envolvidos na tarefa, devem reconhecer o Plano de Rigging que deve estar assinado pelo r

O Plano de Rigging deve estar na frente de trabalho durante toda a execução da atividade

 
Içamento de cargas

PRO-023801, Rev.: 01-22/12/2017

Diretoria Emitente: Ferrosos Sul


Responsável Técnico: Iderson Fabiano, Matrícula: 01581207, Área: Ger. Segurança do Trabalho Sul
Público Alvo: Empregados que executem atividades envolvendo içamento de carga e inspeção de acessórios
Necessidade de Treinamento: ( )SIM (X)NÃO

Resultados Esperados: Garantia da integridade dos trabalhadores, equipamentos e acessórios


utilizados para içamento de carga.

Índice de Atividades:
1ª Atividade: Inspeção pre-uso de acessórios de içamento de cargas.........................................Página 01
2ª Atividade: Sinalizar e isolar a área de içamento de carga........................................................Página 03
3ª Atividade: Operar equipamento para içamento de carga..........................................................Página 03
4ª Atividade: Sinalizar o içamento e movimentação da carga.......................................................Página 03
5ª Atividade: Avaliar Plano de Rigging..........................................................................................Página 04
6ª Atividade: Realizar verificações, testes e aprovações dos equipamentos na aquisição/contratação
uso....................................................................................................................Página 04

Pré-Requisitos:
1.   Para cuidados gerais de saúde, segurança e meio ambiente é necessário conhecer o Guia de Saúde, Segurança

2.    Os profissionais que realizam a amarração, sinalização das cargas e a inspeção dos acessórios de guin
treinamento específico dado por empresa ou profissional habilitado e/ou qualificado que os capacite nesta função,
emissão de certificado.

Referências:
PTP 000813 – Procedimento para Requisitos de Atividades Críticas;
NBR 1193 NBR 11436 - Sinalização manual para movimentação de carga por meio de equipamento mecânico de e

1ª Atividade – Inspeção pre-uso de acessórios de içamento de cargas


1)    Preencher check list pré-uso, conforme Anexos 10 a 14.
Abaixo estão ilustrados os principais danos que podem ocorrer em alguns acessórios de içamento de carga:
Figura 01: Principais danos em cintas

Figura 02: Principais danos em cabos de aço

Figura 03: Principais danos em correntes

Figura 04: Principais danos em ganchos

ATENÇÃO: Os acessórios danificados devem ser descartados imediatamente e substituídos.

Para inspeção pré-uso de equipamentos:


1)  O Operador de Equipamentos de içamento de carga deverá preencher o check list pré-uso, conforme Anexos 04
Para inspeção pré-uso de equipamentos:
1)  O Operador de Equipamentos de içamento de carga deverá preencher o check list pré-uso, conforme Anexos 04

ATENÇÃO: As irregularidades encontradas no preenchimento do check-list devem ser comunicadas ao líder


imediato e medidas de controle devem ser adotadas para que sejam sanadas.
ATENÇÃO: As irregularidades encontradas no preenchimento do check-list devem ser comunicadas ao líder
imediato e medidas de controle devem ser adotadas para que sejam sanadas.

Para inspeção periódica de acessórios


1)   Preencher check list de inspeção periódica (trimestral), conforme Anexos 15 a 19, por profissional cap
profissional habilitado);
2)  Fixar nos acessórios os selos na cor do trimestre, conforme tabela abaixo:

Tabela 01: Sinalização de inspeção trimestral

2ª Atividade: Sinalizar e isolar a área de içamento de carga


1)  Isolar e sinalizar todos os acessos;
2)  Nas instalações, avaliar a necessidade de isolamento dos níveis inferiores;
3)  Garantir que não há pessoas dentro da área isolada.

3ª Atividade: Operar equipamento para içamento de carga


O Operador de Equipamentos deverá:
1)  Avaliar a carga a ser içada, considerando sua forma geométrica, peso, pontos de içamento, etc;
2)   Avaliar todo o percurso que a carga percorrerá, desde o ponto de içamento até o ponto de final de disposição d
as possíveis interferências;
3)  Realizar o teste preliminar dos comandos dos implementos de içamento de carga, antes de iniciar o içamento;
4)  Em caso de operação de guindaste e guindauto, avaliar a estabilidade do piso antes do patolamento
5)  Solicitar auxílio de um sinaleiro, se houver necessidade, com capacitação em RAC 05;
6)   Executar a amarração da carga (utilizando os pontos definidos para içamento), fazendo uso dos acessórios qu
carga;
7)  Proceder içamento e movimentação, conforme técnicas aprendidas nos treinamentos de capacitação.

Notas:
É importante consultar a tabela de cargas de içamento para certificar-se da dimensão dos acessórios e bem com
da carga.

Para movimentação de contrapesos, seguir as orientações do manual do equipamento e análise de riscos.


  Atividade: Sinalizar o içamento e movimentação da carga
1)  Conhecer os sinais convencionados para içamento de cargas, conforme Anexo 20;
2)  Não se posicionar na “Linha de fogo”;
3)   Utilizar colete refletivo, diferente dos demais trabalhadores, para que o operador do guindaste ou ponte rola
facilidade;
4)  Utilizar rádio de comunicação sempre que for necessário;
5)  Certificar que o operador do guindaste consegue vê-lo;
6)  Certificar que a carga está bem amarrada antes de iniciar o içamento da mesma;
7)  Analisar o percurso por onde a carga irá passar, antes do início da atividade;
8)  Não permanecer com a carga içada desnecessariamente.

ATENÇÃO: Em dias com serração, neblina, chuvas e/ou em períodos noturnos com baixa luminosidade ou dema
dificulte a visibilidade do operador, avaliar os riscos envolvidos nas atividades de movimentação de carga

5ª Atividade: Avaliar Plano de Rigging


1)  Solicitar o plano de rigging para o profissional habilitado;
2)  Avaliar o plano de acordo com o cenário;
3)  Seguir as orientações.

ATENÇÃO: Na impossibilidade de cumprimento das recomendações contidas no Plano de Rigging e que possam
atividade somente poderá ser realizada após o elaborador do mesmo realizar as devidas adequações.

Notas:
A definição de içamento crítico são todas as operações que necessitem de emissão de um plano de rigging.

Todos empregados envolvidos na tarefa, devem reconhecer o Plano de Rigging que deve estar assinado pelo resp

O Plano de Rigging deve estar na frente de trabalho durante toda a execução da atividade

6ª Atividade: Realizar verificações, testes e aprovações dos equi


aquisição/contratação antes do primeiro uso

O profissional habilitado deverá:


1)   Inspecionar os equipamentos;
2)   Preencher os anexos 01 a 03;
3)   Emitir o laudo com assinatura, atestando e liberando a operação.

Anexos:
·           Anexo 01 - Inspeção para aquisição_mobilização guindaste veicular articulado – munck;
·           Anexo 02 - Inspeção para mobilização de guindaste sobre rodas;
·           Anexo 03 - Inspeção para liberação de operação de grua;
·           Anexo 04 - Inspeção pré-uso de guindaste veicular articulado – Munck;
·           Anexo 05 - Inspeção pré-uso de guindaste sobre rodas;
·           Anexo 06 - Inspeção pré-uso de ponte rolante, monovia/pórtico e talha elétrica;
·           Anexo 07 - Inspeção pré-uso de grua;
·           Anexo 08 - Inspeção pré-uso dos acessórios de içamento - cabo de aço;
·           Anexo 09 - Inspeção pré-uso dos acessórios de içamento – cintas;
·           Anexo 10 - Inspeção pré-uso dos acessórios de içamento – gancho;
·           Anexo 11 - Inspeção pré-uso dos acessórios de içamento - manilha e olhal;
·           Anexo 12 - Inspeção pré-uso dos acessórios de içamento – corrente;
·           Anexo 13 - Inspeção trimestral dos acessórios de içamento - cabo de aço;
·           Anexo 14 - Inspeção trimestral dos acessórios de içamento – cintas;
·           Anexo 15 - Inspeção trimestral dos acessórios de içamento – correntes;
·           Anexo 16 - Inspeção trimestral dos acessórios de içamento – ganchos;
·           Anexo 17 - Inspeção trimestral dos acessórios de içamento - manilha e olhal;
·           Anexo 18 - Orientações de sinalização manual para movimentação de carga.

Controle de revisão:

Elaboradores:
de amarração
ades que

m risco, a

r sua elaboração.
Resultados Esperados: Prover uma operação segura na Operação de Equipamentos Móveis com o propósito
de preservar a vida das pessoas.
At
en
çã
o:
Se
en
co
ntr
ar
irr
eg
ul
ari
da
de
s
no
ve
íc
ul
o,
co
m
un
ica
ro
líd
er Notas:
im 1 – Para contratadas, ao acessar pela primeira vez área da Vale, o equipamento deverá ser
ed inspecionado pelo Gestor do contrato ou pessoa por ele designada com o preenchimento do Anexo 01
iat – Inventário de Equipamentos Móveis, que irá compor o dossiê do equipamento. No caso de
o continuidade de contrato, o mesmo procedimento deverá ser realizado.
e
ad 2 - O inventário de equipamentos móveis se restringe à gestão administrativa da área, não cabendo
ot ao operador realizar este controle.
ar  
m
ed
id
as
de
co
ntr
ol
e
pa
ra
sa
na
r
as
irr
eg
ul
ari
pa
ra
sa
na
r
as
irr
eg
ul
ari
da
de
s
en
co
ntr
ad
as
.

Nota: Seguir o plano de trânsito interno que estabelece as regras de circulação nas dependências de
Ferrosos Sul.
 
Equipamentos Móveis

PRO-023800, Rev.: 01-22/05/2017

Diretoria Emitente: Ferrosos Sul


Responsável Técnico: Leandro Lemos e Lemos, Matrícula: 01519787, Área: Ger. Segurança do Trabalho Sul
Público Alvo: Operadores de Equipamentos Móveis Vale e de contratadas que executam atividades de pré-operação e ope
móveis e responsáveis pela gestão dos equipamentos móveis
Necessidade de Treinamento: (X)SIM ( )NÃO

Resultados Esperados: Prover uma operação segura na Operação de Equipamentos Móveis com o propósito
de preservar a vida das pessoas.

Índice de Atividades:

1ª Atividade: Realizar inventário de equipamentos móveis............................................................Página 02


2ª Atividade: Realizar inspeção pré uso e periódica dos equipamentos.........................................Página 02
3ª Atividade: Operar equipamentos móveis...................................................................................Página 02

Pré-Requisitos:
1.     Portar o cartão de identificação (passaporte) indicando estar autorizado a conduzir equipamentos móve
capacitação estabelecida.
2.     No caso de transporte de produtos perigosos o operador deverá possuir o treinamento MOPP – Movim
Perigosos – definido pelo Código de Transito Brasileiro e seguir a legislação aplicável.

3.    Para cuidados gerais de saúde, segurança e meio ambiente é necessário conhecer o Guia de Saúde, Seguranç

4.     Só poderão operar equipamentos móveis os empregados que possuírem no mínimo a carteira nacional de
acordo com a seguinte tabela, salvo as exigências contidas no Código Nacional de Trânsito:
*Para o caso de Mini Carregadeira que não consta na RAC 03, deve ser elaborada uma análise de riscos ou procedimento
medidas de controle dos riscos necessárias.

AtReferências:
enPTP 000813 – Procedimento para Requisitos de Atividades Críticas;
çãEPS-002474 - Análise de Risco de Tarefa - ART - Ferrosos Sul;
o:Lei 9.503/97 – Código de Trânsito Brasileiro – CTB.
Se
en
coDefinições:
ntr·   Equipamento Móveis: Equipamentos propulsionados por motores a gasolina, óleo diesel, gás propano, gás n
arutilizados nas operações inerentes a mineração, como tratores de pneu/esteira, retroescavadeira, escavad
irrmotoniveladora, perfuratrizes, rolo compactador, caminhões fora de estrada e outros caminhões (traçado,
egbasculante, tanque, comboio, toco e guindaste veicular articulado).
ul
ari ·  Cartão de Identificação (Passaporte): Carteirinha, crachá ou cartão que comprove que o empregado está au
da
de1ª Atividade – Realizar inventário de equipamentos móveis
s
no 1)    Inventariar todo equipamento móvel com as seguintes informações, de acordo com o Anexo 01 – I
ve·         Identificação individualizada;
íc·         Setor responsável;
ul·         Fabricante;
o,
co·         Ano de Fabricação;
m·         Capacidade de Carga;
un·         Finalidade de uso;
icaItens de segurança disponíveis.
ro
líd
er Notas:
im 1 – Para contratadas, ao acessar pela primeira vez área da Vale, o equipamento deverá ser
ed inspecionado pelo Gestor do contrato ou pessoa por ele designada com o preenchimento do Anexo 01
iat – Inventário de Equipamentos Móveis, que irá compor o dossiê do equipamento. No caso de
o continuidade de contrato, o mesmo procedimento deverá ser realizado.
e
ad 2 - O inventário de equipamentos móveis se restringe à gestão administrativa da área, não cabendo
ot ao operador realizar este controle.
ar  
m
ed2ª Atividade – Realizar inspeção pré-uso e periódica dos equipamentos
id
as1)     Preencher o check list de pré-operação de Equipamentos Móveis, conforme Anexo 02 - Check List d
deEquipamentos Móveis;
co
2)     Em caso de qualquer anomalia encontrada na inspeção, encaminhar o equipamento para a área de manutenç
ntr
a sua movimentação;
ol
e 3)    Se não houver condições de movimentar o equipamento:
paa)    Informar a Sala de Controle e o líder imediato;
rab)    Acionar os dispositivos de segurança do equipamento;
sa
c)    Sinalizar o equipamento, com delimitação de área através de leiras e pontaletes (amarelo e preto);
na
r d)    Disponibilizar o equipamento para a área de manutenção tratar a anomalia.
as
irr
eg
ul
ari
pa
ra
sa
na
r
as
irr
egAtenção: Durante a execução da manutenção não é permitida a permanência do operador na cabine do equipamento.
ul
ari
da3ª Atividade – Operar Equipamentos Móveis
de
s
enOperar em vias industriais internas e área de mina:
co1)    Realizar inspeção visual em torno do equipamento para certificar que a área está livre;
ntr2)    Utilizar os três pontos de apoio para subir/descer do equipamento;
ad3)    Acender os faróis dos equipamentos, mesmo durante o dia;
as
4)     Emitir sinal sonoro de advertência por 2 segundos sempre que iniciar a operação (incluindo troca de turno, p
.
manutenção) e para avisos de presença em situações de risco.

Atenção: Sempre acessar o equipamento com as mãos livres para prevenir quedas e verificar o estado de limpeza do corrimão,
quanto à presença de óleo/graxa. Ao abrir/fechar as portas, utilizar sempre a maçaneta.

Nota: Seguir o plano de trânsito interno que estabelece as regras de circulação nas dependências de
Ferrosos Sul.
 
Operar em pilhas:
1)    Conservar as bermas;
2)    Verificar a existência de trincas/rachaduras próximas das bordas;
3)    Verificar existência de taludes instáveis ou outros potenciais problemas;

Atenção: Os locais de deposição de material e estéril deverão estar com boa visibilidade e iluminados.

Realizar circulação externa entre unidades:


1)    Elaborar a ART para essa atividade ou seguir os procedimentos operacionais. Em caso de risco adicional, elabo

Realizar abastecimento:
Abastecimento do equipamento no Box:
1)    Estacionar o equipamento dentro do Box com auxílio do frentista, através de sinalizações, comunicação via rádi

2)     Desligar o equipamento e aguardar fora do posto de abastecimento respeitando a distância mínima de 7,5
abastecimento;
3)    Após termino do abastecimento, fazer inspeção visual em torno do equipamento;
4)    Sair com o equipamento do Box com auxílio (sinalização) do frentista.
Abastecimento do equipamento no Campo:
1)     Posicionar o equipamento em local seguro e aplicar o freio de estacionamento. Casos de equipamentos dot
(lâmina, escarificador, caçamba etc), apoiar os implementos no solo;
2)    Desligar o equipamento e aguardar a uma distância mínima de 7,5 metros do ponto de abastecimento;
3)    Após termino do abastecimento, fazer inspeção visual em torno do equipamento e aguardar a saída do caminhã
Atenção: Durante o abastecimento, seja pelo caminhão comboio ou no posto de combustível, sair da cabine e aguardar em loc
frentista.

O que não deve ser feito


• Só será permitido carona para pessoas em equipamentos móveis que tenha banco auxiliar com cinto abdominal
três pontas para rodoviários, liberados pelo Supervisor da área ou identificados para treinamento ou avaliação;
• Não poderão ser transportados objetos soltos no interior do equipamento que possam gerar riscos em caso de a
deverão estar devidamente acondicionados ou fixados de modo a garantir a segurança dos ocupantes;
• Não operar equipamentos com defeitos e/ou falhas de manutenção;
• É proibido o transporte de pessoas do lado de fora do equipamento, salvo para as operações direcionadas para tr
sendo realizadas somente em local específico e definidos para esta atividade, isoladas das áreas de operação.
deve ser elaborada uma análise de risco contemplando todos os passos da atividade e os equipamentos deve
identificação informando: “TREINAMENTO”.

O que deve ser feito


• Desatolamento de equipamentos é permitido somente com a presença do supervisor ou instrutor/orientador, além
elaboração de um planejamento da atividade que contemple no mínimo as etapas de execução, equipe envolvida e
tarefa;
• Em caso de excesso de poeira, chuva ou neblina que comprometa a visibilidade, redobre a atenção e reduza a v
nestas condições depende de avaliação e liberação do líder imediato, responsável pela atividade. Se necessário,
na sua mão de direção e ligue o alerta. A parada do equipamento para revezamento deverá acontecer em locais
mesmos desligados.

Controle de revisão:

Elaboradores:
Anexos:
·           Anexo 01 – Inventário de Equipamentos Móveis;
·           Anexo 02 – Check List de Pré Operação de Equipamentos Móveis.
onduzir equipamentos móveis.

e Equipamentos Móveis:
Resultados Esperados: Prover uma operação segura na condução de veículos automotores com o propósito
de preservar a vida das pessoas.
Atenção: Se encontrar irregularidades no veículo, comunicar o líder imediato e adotar medidas de controle para
irregularidades encontradas.

Notas:
1 - É permitido trafegar nas áreas internas das unidades de Ferrosos Sul e na linha verde de Vargem Grande e
com veículos de pequeno porte em ocupação máxima de cinco pessoas. Essa liberação abrange os veículos
cinto de três pontas e encosto de cabeça para os ocupantes do lugar central, no banco traseiro.

2 - É proibido o transporte de pessoas que não possuam vínculo com a Vale (carona)

Nota: As verificações e testes dos veículos para liberação antes do primeiro uso, deve ser realizada pela
condicionado ao atendimento de todos os requisitos constantes no PTP-000813-Requisitos de Atividades Crític
Veículos Automotores

PRO-023799, Rev.: 01-22/05/2017

Diretoria Emitente: Ferrosos Sul


Responsável Técnico: Mariana Fontes, Matrícula: 01497272, Área: Ger. Segurança do Trabalho Sul
Público Alvo: Empregados Vale e de contratadas condutores de veículos automotores e responsáveis pela gestão dos veículo
Necessidade de Treinamento: (X)SIM ( )NÃO

Resultados Esperados: Prover uma operação segura na condução de veículos automotores com o propósito
de preservar a vida das pessoas.

Índice de Atividades:
1ª Atividade: Elaborar documentação de controle do condutor e veículo.......................................Página 01
2ª Atividade: Realizar inspeção pré uso e periódica dos veículos..................................................Página 01
3ª Atividade: Conduzir veículos em áreas internas e externas da Vale..........................................Página 02
4ª Atividade: Trocar pneus.............................................................................................................Página 02

Pré-Requisitos:
1.      Portar o cartão de identificação (passaporte) indicando estar autorizado a conduzir veículos automotore
capacitação estabelecida.
2.      Possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) específica para o tipo de veículo a conduzir, no mínimo 2 ano
primeira habilitação. Após decorrido 30 dias do vencimento da CNH o condutor não poderá conduzir veículos;
3.      No caso de transporte de produtos perigosos o condutor deverá possuir o treinamento MOPP – Movim
Perigosos – definido pelo Código de Transito Brasileiro e seguir a legislação aplicável.

4.     Para cuidados gerais de saúde, segurança e meio ambiente é necessário conhecer o Guia de Saúde, Seguranç

Referências:
PTP 000813 – Procedimento para Requisitos de Atividades Críticas;
EPS-002474 - Análise de Risco de Tarefa - ART - Ferrosos Sul;
Lei 9.503/97 – Código de Trânsito Brasileiro – CTB.

Definições:
Veículos Automotores: Automóveis, minivans, vans, micro ônibus, ônibus, veículos utilitários, pick-ups, transpor
veículos multiuso (detalhamento no Anexo 01 - Inventário de Motoristas de Veículos Automotores).

1ª Atividade – Elaborar documentação de controle do condutor e veículo


1)    Preencher e manter atualizado o inventário de todos os empregados Vale no Share Point;
2)    Para contratadas deverá ser utilizando o Anexo 01 - Inventário de Motoristas de Veículos Automotores.

2ª Atividade – Realizar inspeção pré-uso e periódica dos veículos


1)    Preencher o check list pré-uso de veículos (Anexo 02 - Check-list de inspeção pré-uso do veículo), antes da utili

Atenção: Se encontrar irregularidades no veículo, comunicar o líder imediato e adotar medidas de controle para s
irregularidades encontradas.

3ª Atividade – Conduzir veículos em áreas internas e externas da VALE


1)    Afixar os cintos de segurança para todos os ocupantes do veículo;
2)    Ligar o farol e manter aceso (dia e noite);
3)    Obedecer à capacidade de carga e lotação permitida para o veículo;
4)    Estacionar o veículo de marcha-à-ré,
5)    Engrenar e acionar o freio de estacionamento,
6)    Retirar a chave da ignição e permanecer com ela;
7)     Ao utilizar táxi, que não possuam airbag duplo, todos os passageiros devem se sentar no banco de trás e utiliz
de três pontas;

8)    Estar capacitado no o sistema mecânico e eletrônico de tração dos veículos que circulam nas áreas de Mineraç

Notas:
1 - É permitido trafegar nas áreas internas das unidades de Ferrosos Sul e na linha verde de Vargem Grande e es
com veículos de pequeno porte em ocupação máxima de cinco pessoas. Essa liberação abrange os veículos qu
cinto de três pontas e encosto de cabeça para os ocupantes do lugar central, no banco traseiro.

2 - É proibido o transporte de pessoas que não possuam vínculo com a Vale (carona)

4ª Atividade – Trocar pneus

1)    Seguir os passos da ART para realizar a troca do pneu;


2)    Trocar o pneu de acordo com as medidas estabelecidas na ART e no manual do veículo;
3)    Após a troca de pneus em veículos traçados (4 x 4), o veículo deverá ser deslocado para Empresa Locadora re
de vistoria e ajuste com o equipamento torquímetro;
4)    Para os demais veículos, seguir orientações da ART e executar a troca em local seguro.

Nota: As verificações e testes dos veículos para liberação antes do primeiro uso, deve ser realizada pela Se
condicionado ao atendimento de todos os requisitos constantes no PTP-000813-Requisitos de Atividades Críticas

Anexos:
·        Anexo 01 – Inventário de Motoristas de Veículos Automotores;
·        Anexo 02 – Check-list de inspeção pré-uso do veículo.
Controle de revisão:

Elaboradores:
mpresarial,
Resultados Esperados: Disciplina na condução e operação de veículos e equipamentos de
forma a tornar compatível o planejamento e o desenvolvimento do trânsito dentro das unidades.
Nota: Quando o plano de lavra e a natureza das atividades realizadas não
permitirem a observância do constante nas alíneas “a” e "b" deste item, deverão
ser adotados procedimentos e sinalização adicionais para garantir o tráfego com
segurança.
Plano de Trânsito – Ferrosos Sul

PRO-024348, Rev.: 02-16/11/2017

Diretoria Emitente: Ferrosos Sul


Responsável Técnico: Alexandre Nagata, Matrícula: 01486684, Área: Gerência de Segurança do Trabalho
Público Alvo: Empregados Vale e de contratadas que operam equipamentos e conduzem veículos leves
Necessidade de Treinamento: ( )SIM (X)NÃO

Resultados Esperados: Disciplina na condução e operação de veículos e equipamentos de


forma a tornar compatível o planejamento e o desenvolvimento do trânsito dentro das unidades.

Índice
1. Referências
2. Definições
3. Responsabilidades
4. Regras gerais
5. Transportes e deslocamentos precedidos de veículo batedor
6. Situações emergênciais
7. Requisitos para habilitação

1. Referências:
Portaria 3.214/78 do Ministério do Trabalho e Emprego
Lei 9.503/97 – Código de Trânsito Brasileiro
PTP-000813 – Requisitos de Atividades Críticas – RAC
PRO-023799 – Veículos Automotores
PRO-023800 – Equipamentos Móveis

2. Definições:
Antena de sinalização com bandeirola: haste plástica ou material similar com bandeirola refletiva na ponta superior e lâmpada
Área de manobra: local restrito destinado à manobra dos equipamentos móveis, para carga e descarga.
Áreas livres: áreas administrativas onde o trânsito de veículos é livre, tal como áreas de escritórios, restaurante, entre outras.
Áreas controladas: são áreas operacionais tais como áreas de tratamento de minério, oficinas de manutenção de equipamento
Áreas restritas: toda a área de lavra e disposição de estéril.
Banco ou bancada: são camadas horizontais, em forma de escada, de espessura constante e formada de cima para baixo em um
Batedor: veículo com condutor responsável pelo acompanhamento e sinalização da movimentação de equipamentos / veículo
Berma: é a distância do pé à crista de um banco de mesmo nível.
Cargas Especiais: cargas encarretadas e equipamentos que apresentem dimensões acima de 3,80 metros para largura da carga
Cabos de alimentação: condutores de energia elétrica revestidos com malhas e borrachas para alimentação de escavadeira e p
Cerco: operação realizada com a finalidade de impedir o acesso à área a ser detonada.
Caminhão comboio: destinado ao abastecimento e lubrificação de equipamentos no campo.
Caminhão pipa: utilizado para aspersão de água.
Cartão de Mina: autorização para conduzir veículos leves em áreas restritas e/ou operar equipamentos.
Crista: é o ponto superior de uma bancada.
Despacho: sistema destinado a alocar e monitorar os equipamentos da área de lavra.
Giroflex ou piscoflex: sinal luminoso, rotativo intermitente, LED - light-emitting diode – Diodo Emissor de Luz, na cor âmbar (lar
Leira: proteção construída nas laterais das bancadas ou estradas onde houver risco de queda de veículos/equipamentos com fo
Mina: para efeito deste plano de trânsito considera-se mina área de exploração mineral e deposição de estéril.
Película automotiva: é um tecido de policarbonato usado sobre a superfície de vidros automotivos, com a finalidade de escure
Pontalete: dispositivo em PVC com cores padrões destinados à sinalização.
Sinaleiro/Manobreiro/Auxiliar de mina: pessoa destinada a orientar/sinalizar o operador na manobra de equipamentos.
Talude: é a face de uma bancada.

3. Responsabilidades
Gerente de Operação de Mina: Autorizar e assinar o “Cartão de Mina” ou designar responsável para autorizar e assinar o “Car

Gerentes, Gestores de Contrato ou Prepostos de Contratadas:


· Encaminhar solicitação ao Gerente de Operação de Mina, os candidatos para operação de equipamentos e condução de v
· Autorizar e manter controle efetivo dos condutores e operadores;
· Recolher o “Cartão de Mina” dos condutores e operadores (Vale e Contratados) que não forem mais acessar as áreas de m
· Garantir ambientação dos condutores de veículos ou operadores de equipamentos nas áreas controladas.

Nota: Cabe ao Gerente de Operação de Mina, a delimitação da área e o controle


de entrada de veículos automotores e equipamentos nas áreas restritas.

Supervisor de Operação de Mina:


· Garantir e assegurar o cumprimento dos requisitos deste plano.
· Realizar avaliação das condições adversas (neblina, cerração, chuva, fumaça proveniente de incêndios florestais ou poeira
· Autorizar ou não o acesso às áreas restritas mediante solicitação.
· Avaliar constantemente o cumprimento dos requisitos deste plano.

Instrutor de Operação de Equipamentos e/ou designados:


· Ministrar treinamentos neste plano;
· Aplicar a avaliação prática nos operadores de equipamentos e condutores de veículos leves, avaliando a habilidade e conh
· Monitorar a aplicação das práticas estabelecidas neste plano.

Segurança do Trabalho
· Ministrar treinamentos neste plano;
· Manter controle eletrônico com os resultados do aproveitamento do treinamento teórico;
· Assessorar tecnicamente as áreas operacionais na aplicação deste plano;
· Acompanhar a implementação e o cumprimento dos requisitos deste plano.

Empregado VALE e/ou de Contratada


· Cumprir as determinações deste plano;
· Portar o “Cartão de Mina” de autorização para tráfego nas áreas restritas de Ferrosos Sul
· Renovar seu “Cartão de Mina” de autorização, quando do vencimento da CNH ou do treinamento teórico neste plano, sem

4. Regras gerais:
a) Todos condutores deverão estar em boas condições físicas e psicológicas, para condução e operação.
b) Quando houver cruzamento entre veículos leves e caminhões “pipas”, em sentido contrário, o motorista do caminhão deve
c) A distância mínima de seguimento deve ser de 30 metros em condições normais de tráfego e visibilidade; e em declive e co
d) Todos os equipamentos terão preferência sobre os veículos automotores, exceto: veículos de emergência / resgate (ambul
e) Equipamentos auxiliares (motoniveladoras, tratores de esteiras etc.) executando manutenção das vias de acesso, terão pre
f) Todos os veículos leves e equipamentos móveis deverão obrigatoriamente transitar com os dispositivos luminosos ligados
g) Veículos leves com mais de 2,5 metros de altura, não precisam usar bandeirola ou giroflex.
h) Veículos leves e equipamentos de apoio com necessidade de adentrar nas áreas de manobras para atividades, só poderão
i) Os ônibus e vans têm acessos limitados a transitar somente até as áreas previamente definidas de revezamento de turno e
j) Durante a manutenção das estradas (confecção e manutenção de leiras, forração, abertura e alargamento de acessos, reti
k) Os condutores e operadores devem obedecer à sinalização e o cerco para as detonações.
l) Na área de mina, todos deverão portar coletes refletivo e utilizar quando estiverem fora do equipamento/veículo, salvo os
m) Os limites de velocidade máxima para equipamentos e veículos leves deverão seguir o quadro abaixo:

Nota: Em condições adversas (chuva, cerração, poeira, lama, etc.), o condutor


deverá trafegar em velocidade compatível com as condições da via.

n) Todos os veículos e equipamentos devem ser estacionados em marcha à ré, em locais permitidos e devidamente sinalizado
o) Nas operações com máquinas e equipamentos devem ser observadas as seguintes medidas de segurança:
Toda área de manobra deverá ser sinalizada, sendo o acesso à área somente permitido mediante autorização do operador ou p
Em áreas restritas, os equipamentos e veículos leves deverão ser operados e conduzidos com os vidros fechados.
Equipamentos não poderão entrar nas áreas de manobra quando houver presença de veículos leves nesta área.
p) Visitantes só poderão adentrar na mina acompanhados por responsável Vale.
q) Os rádios de comunicação bidirecional dos equipamentos e veículos leves deverão estar sintonizados na faixa de comunica
r) Os rádios de comunicação nos veículos deverão estar instalados em posição que não comprometa a visibilidade dos condu
s) Os sistemas de registro de velocidade dos veículos leves deverão estar instalados na parte superior do painel do veículo (la
t) Manobras em marcha ré são limitadas à distância máxima de 10 metros, acima desta distância é obrigatório a presença de
u) Para ultrapassagem de equipamentos de mineração, deverão ser seguidas as obrigatoriedades e restrições abaixo:
Só será permitida com autorização do operador via rádio de comunicação e sinalização visual (seta) do equipamento a ser ultra
Ser realizada somente nos locais que ofereçam boas condições de visibilidade e segurança;
Somente será permitida para o veículo do condutor solicitante não sendo permitida a carona por outro veiculo;
Ao ultrapassar caminhões fora-de-estrada, deve-se manter distância lateral segura de 5 (cinco) metros, pois há risco de queda
v) Equipamentos móveis (sobre esteira) durante sua locomoção deverão manter-se à direita da via mantendo todo o sistema

4.1. Proibições:
a) Acessar área restrita sem autorização do Supervisor/ Técnico responsável pela mina.
b) A ultrapassagem não é permitida em cruzamentos, curvas, entradas e saídas de bancos, locais com estreitamento de pista
c) Não é permitida a ultrapassagem entre os equipamentos fora-de-estrada.
d) É proibido conduzir veículos ou operar equipamentos: fumando, falando ao celular (incluindo fones de ouvido e recursos v
e) É proibido o porte de celular pelos operadores de equipamentos.
f) É proibido conduzir veículos e operar equipamentos com apenas uma das mãos ao volante, exceto quando deva realizar s
g) É proibido passar com veículos e equipamentos diretamente sobre os cabos de alimentação de energia dos equipamentos
h) É proibido transportar passageiros e materiais em quantidades incompatíveis com a segurança e quando os materiais não
i) É proibido transporte de passageiros em baús adaptados ou cabines suplementares.
j) É proibida a utilização de películas automotivas (escuras, coloridas ou espelhadas) em veículos e equipamentos, exceto pa
k) Para as avaliações ambientais de Saúde e Segurança, de manutenções mecânicas ou elétricas ou avaliações do sistema de
l) É proibido o deslocamento a pé ao longo das vias de acessos dos equipamentos de mineração, com exceção de manutenç
m) É proibido parar ou estacionar:
Sob redes elétricas.
Distância menor de 10 metros dos painéis elétricos e das torres de alta tensão.
À direita e atrás dos equipamentos de mina, mesmo estando estes em manutenção.
Na área sinalizada de manobra de equipamentos para carga e descarga.
Na área demarcada de carregamento de fogo (desmonte), exceto veículos da equipe responsável pelo desmonte.
Distância inferior a 30 metros dos equipamentos, mesmo estando estes em manutenção. Exceto na manutenção corretiva, na
No Box do posto de abastecimento de equipamentos, exceto veículos de abastecimento (comboio).
Nos pátios das oficinas de manutenção dos equipamentos, exceto veículos de abastecimento (comboio).
Sob transportadores de correia.
Em áreas com riscos de inundação e deslizamento.
A menos de 50 metros do início/término de uma curva.
A menos de 5 metros da crista de banco e de taludes.
Sob taludes e próximo a cristas sem leiras de proteção.
Sobre passagem de nível ferroviária, faixas de pedestres ou caminhos seguro.
n) São proibidas patinagem dos pneus, arrancadas bruscas e freadas violentas e trânsito por “facões” (lâminas de terras deixa
o) É proibido estagiários conduzir veículos e operar equipamentos.

4.2 Vias de trânsito e sinalização


4.2.1 Vias de circulação interna
a) As vias simples devem ser confeccionadas com largura mínima duas vezes a largura do maior equipamento utilizado.
b) As vias duplas devem ser confeccionadas com largura mínima três vezes a largura do maior equipamento utilizado.
c) Os limites externos das bancadas utilizadas como estradas devem estar sinalizados de forma visível durante o dia e à noite.
d) Nas laterais das bancadas ou estradas onde houver riscos de quedas de veículos devem ser construídas leiras com altura m
e) As vias de circulação, de veículos e equipamentos de mineração, não pavimentadas devem ser umidificadas de forma a mi
f) Todos os acessos às áreas restritas das minas devem ser controlados.
g) Os veículos e equipamentos estacionados nas vias, sem condições de locomoção, devem ser protegidos por leiras sinalizad
h) Em cruzamentos e entradas de bancos as leiras devem ser rebaixadas no mínimo em 05 metros no comprimento, ou seja:

Nota: Quando o plano de lavra e a natureza das atividades realizadas não


permitirem a observância do constante nas alíneas “a” e "b" deste item, deverão
ser adotados procedimentos e sinalização adicionais para garantir o tráfego com
segurança.
4.2.2 Trânsito de cargas especiais
O transporte de explosivos na mina deve ser feito por veículos devidamente apropriados, conforme regulamentação vigente no
Para condução de veículos que transportam produtos perigosos, o condutor deve possuir o treinamento MOPP – Movimentaçã

4.2.3 Interação entre veículos, equipamentos e pedestres


a) As vias de trânsito devem ser adequadas e construídas de forma maximizar a segregação de veículos/equipamentos de outr
b) Aproximação de pedestres dos equipamentos só poderá ocorrer após autorização via rádio do operador de equipamentos, a
c) Os pedestres deverão utilizar os caminhos destinados a circulação dos mesmos;
d) Respeitar a sinalização das áreas de manobras.
e) É obrigatório o uso de lanternas individuais para deslocamento noturno a pé na área restrita.

4.2.4 Bloqueios das vias


Deverá ser precedido de planejamento e definição dos recursos necessários para a boa sinalização do mesmo. Atentar para a m

4.2.5 Sinalizações
a) Todas as áreas livres, controladas e restritas devem ser sinalizadas com placas/pontaletes indicando as respectivas áreas e
b) Todos os pontos de acessos à área restrita devem estar com placa indicando a obrigatoriedade de solicitar autorização ao S
c) Os pontos de acessos às vias internas das áreas restritas devem ser dotadas de placas de sinalização, descrevendo locais e
d) As áreas de revezamento de turno dos operadores de equipamentos devem ser sinalizadas e iluminadas.
e) As vias, praças, estacionamentos, áreas de revezamento, rede elétrica, drenagem, cabos de alimentação e leiras devem ser
f) Os cruzamentos devem ser sinalizados com placas orientativas, indicando as saídas da mina.
g) As vias internas devem ter placas indicando velocidade máxima, distância de seguimento, preferências, sentidos de fluxo, e
h) As áreas de risco: depósitos, postos de combustíveis, centro de cargas, praça dos britadores, praça de perfuração e área de
i) Todas as áreas com risco de queda de material devem ter sinalização específica, indicando os riscos.
j) As vias de acessos e praças de carga e descarga devem ser sinalizadas antes do início das operações utilizando placas de ad
k) Nos locais de estreitamento de pista deverá ser implementada uma sinalização mais efetiva constando (placas indicando o
l) As redes de alta tensão aéreas deverão ser sinalizadas para facilitar a identificação pelos operadores.
m) Em caso de cabos energizados sem proteções dispostos nas vias ou em locais de circulação, deverá ser sinalizado o local, c
n) Os bancos devem ser identificados e sinalizados no seu acesso.
o) As áreas de basculamento devem ser sinalizadas, delimitadas e protegidas contra quedas acidentais de pessoas ou equipa

Nota: Compete ao Planejamento de Curto Prazo, Infraestrutura e Operação de


Mina, a responsabilidade de planejar, executar e operar, nos acessos e áreas de
manobras visando a melhor condição de operação, sem que se coloque em risco a
integridade física dos empregados e a conservação dos equipamentos, atendendo
a legislação vigente.
4.2.6 Praças e estacionamentos
a) Áreas de estacionamento de veículos automotores, não podem ser confeccionadas sob rede elétrica e devem ter distância
b) As praças de revezamento devem ser confeccionadas com baias individuais separadas por leiras e sinalizadas com pontalet
c) As praças de revezamento devem ter acessos específicos aos veículos automotores destinados à troca de turno dos operad
d) Só poderão estacionar nas áreas de mina de marcha ré, com distância mínima de 30 metros dos equipamentos e fora do p
e) A distância de estacionamento lateral deverá ser de no mínimo a metade da largura do maior equipamento de cada mina.
f) Os equipamentos móveis sobre rodas, quando estacionados, precisam ter necessariamente seu movimento bloqueado po
g) Deverão ser instalados calços nos pneus das vans, micro-ônibus e ônibus, sempre quando os mesmos não estiverem em m

4.3 Abastecimento e lubrificação de equipamentos


Postos de abastecimento:
a) O motorista de veículos leves, bem como o operador de equipamentos de mineração, deverá obrigatoriamente permanece
No campo:
b) O condutor do comboio de abastecimento/lubrificação, só poderá aproximar do equipamento a ser abastecido/lubrificado
c) Para o abastecimento de equipamentos/veículos, o caminhão de abastecimento (comboio), deve se posicionar lateralment
d) É expressamente proibido fumar nas proximidades do caminhão de abastecimento (comboio).

4.4 Equipamentos em manutenção na área da mina


a) Em caso de manutenção em equipamentos na pista de rolamento e nas praças de carga e descarga, a área deverá estar de
b) Equipamentos montados sobre pneus quando estiverem em manutenção, devem ser bloqueados com dispositivos que im

Nota: Todos os equipamentos devem ser testados ao retornarem de manutenção e


antes de serem disponibilizados para uso. Os testes incluem a verificação da
atuação dos dispositivos de segurança, com os respectivos registros.

5. Transportes e deslocamentos precedidos de veículo batedor


Os veículos/equipamentos que não dispõem de um ou mais requisitos específicos para áreas restritas ou controladas e ou cond
O veículo batedor deverá trafegar com:
a) Área Restrita: farol aceso, giroflex, pisca alerta ligado e portando rádio de comunicação.
b) Área Controlada/ livre: farol aceso, pisca alerta ligado e portando rádio de comunicação (se aplicável).
O motorista do veículo/equipamento desconhecedor da área livre e controlada, deve estar precedido de batedor que se respo
O veículo batedor deverá atender aos requisitos para veículo automotores, conforme RAC 2 Veículos Automotores (exceto ônib
Cada batedor poderá conduzir no máximo dois (02) veículos/equipamentos.

As condições e interferências do percurso deverão ser avaliadas previamente pelo responsável da realização do batedor, para p
A circulação de equipamentos com veículo batedor será necessária nas seguintes situações:
a) Nos deslocamentos de equipamentos cuja velocidade seja inferior a metade da máxima permitida na via (exceto nas áreas
b) Nas áreas livres e controladas os equipamentos que estejam transportando cargas com excesso superior lateral, frontal, tra
c) Equipamentos e/ou veículos com altura excessiva e cargas (superior a 4,4 metros a partir do piso) nas áreas livre e controla
d) Veículos com visitantes (exceto nas áreas livres).
Todo deslocamento de carga com dimensões excedentes e veículos especiais, nos acessos das áreas operacionais, só poderão s
Em todos os casos, o batedor deverá manter distância de seguimento mínima de 30 metros à frente ou traseira do veículo ou e
Em curvas, bifurcações, estreitamentos e outras condições adversas de trânsito, o batedor deverá aumentar a distância de segu
A área recebedora do veículo/equipamento especial é responsável em fazer o batedor em todo percurso de entrada e saída da
O responsável pelo recebimento da carga / condutor batedor deverá:
a) Definir o(s) trajeto(s) mais seguro.
b) Garantir que os equipamentos estejam apropriados para o trabalho.
c) Conhecer e avaliar os riscos associados para cada etapa de realização da tarefa e os procedimentos de segurança das áreas
d) Parar a operação de batedor para dar passagem de trânsito a outros veículos / equipamentos que trafegam pela via, onde
e) Estabelecer comunicação visual através de sinais manuais deixando claro sua intenção de direção.

6. Situações emergenciais
a) Equipamentos e veículos automotores sem condições de locomoção em uma pista de rolamento ou vias de acesso, o cond
b) O reboque de equipamentos deve ser realizado com barra fixa (cambão), exceto quando um procedimento operacional de
c) Nos casos de incidentes que resultem danos pessoais ou materiais, o condutor e/ou operador envolvido não deverá remov
d) O responsável pela área/equipamento/veículo deverá entrar em contato imediatamente com o CCS – Centro de Controle d

7. Requisitos para habilitação


a) A obtenção do “Cartão de Mina” deverá seguir o fluxo de processo para liberação de acesso a área restrita, conforme Anex
b) O “Cartão de Mina” é individual e intransferível; não substitui a CNH e é de porte obrigatório e possui sua validade vincula

7.1. Capacitação
A condução de veículos e operação de equipamentos nas áreas internas é permitida somente a pessoas devidamente treinada
É condição determinante para condução de veículos e operação de equipamentos nas áreas internas:

· Possuir CNH com no mínimo 02 anos de habilitação;


· Ser aprovado no treinamento do Plano de Trânsito (exceto áreas livres);
· Possuir treinamento de acordo com a tabela abaixo:

O treinamento teórico deste Plano de Trânsito é válido para todas as unidades de Ferrosos Sul.
Para empregados treinados no Plano de Trânsito que necessitarem trafegar em áreas restritas em unidade diferente daquela q
O treinando não pode conduzir o veículo / equipamento durante o reconhecimento das áreas restritas e controladas.
Será necessário o aproveitamento mínimo de 80% para aprovação nos testes teórico e prático (área restrita e controlada).
Os condutores e operadores que trafegam em áreas restritas, quando ausentes por período superior a 15 dias, devem participa
Todo treinamento aplicado deve ser devidamente registrado em formulário, mantendo-se evidência.
Não receberá a autorização o candidato que for reprovado por 2 vezes e só poderá refazer novos t
Os operadores iniciantes em equipamentos móveis, na mina, desenvolverão suas atividades sob orientação de outro operador
Quando ocorrer um afastamento do empregado contratado e/ou quando se tratar do término de contrato de empresas prestad
7.2. Treinamento teórico
O curso aborda regras e procedimentos para reconhecimento, análise e prevenção de risco associado à condução de veículos a
O treinamento teórico com carga horária mínima estimada de 2 horas e meia, e aplicação de uma prova composta por no míni
O empregado será aprovado no curso se obtiver aproveitamento igual ou superior a 80%.
Os candidatos que forem reprovados em qualquer uma das etapas não poderão dar sequência às demais etapas (Treinamento
O treinamento teórico tem validade de 5 anos, desde que não aconteça revisão no procedimento com necessidade de novo tre

7.3. Reconhecimento de área


Período destinado a apresentação das instalações e acessos das minas de Ferrosos Sul com duração mínima de 2 (duas) horas.
Para operadores de equipamentos, o reconhecimento de área e teste prático poderão ser realizados em veículo leve e devem s
Notas:
De acordo com o porte da mina e a critério do Gerente, a carga horária poderá ser acrescida nas particularidades de cada mina
Durante o período de reconhecimento de área o empregado será conduzido por profissional devidamente autorizado, sendo q

7.4. Avaliação prática


O foco da avaliação prática é observar a execução de procedimentos de segurança, conhecimento do veículo e conhecimento d
O condutor deverá apresentar o Anexo 02 – Prontuário de autorização de tráfego em áreas restritas devidamente preenchido e
A avaliação será efetuada conforme critérios do Anexo 02 – Prontuário de autorização de tráfego
A avaliação será composta de 16 itens a serem avaliados pelo Instrutor Operacional, todos com o mesmo peso.
O condutor/operador será aprovado na avaliação prática se obtiver aproveitamento igual ou superior a 80%. O empregado não

Notas:
O “Cartão de Mina” será emitido conforme informações obtidas no formulário de solicitação de autorização para tráfego na m
Para qualquer alteração deste plano a área solicitante deverá implementar “Gestão de Mudanças” com a validação prévia do g

Anexos:
· Anexo 01 – Classificação das áreas de circulação
· Anexo 02 – Prontuário de autorização de tráfego em áreas restritas
· Anexo 03 – Padrão de sinalização
· Anexo 04 – Fluxograma Plano de Trânsito

Controle de revisão:

Elaboradores:
1
1
2
3
10
11
12
entos apoiados no solo e os demais equipamentos fora da área de manobra.

m a presença de sinaleiros.
ente em equipamentos que possuam banco para passageiro com cinto de segurança e com a placa de identificação em local visível com os

o operador fora do equipamento em ambos os casos.


ue o usuário da via saiba o motivo do bloqueio e os cuidados a serem adotados.
omboio demarcar a área de risco utilizando cones/cavaletes.

aça a curva.
inalização para eliminar risco de colisões;
aborar uma análise de risco para estes casos.
condições, como risco de incêndio, explosão etc.
Item alterado Revisor Referência da Mudança
1853218 Gerência de Segurança do Trabalho Sul
ão em local visível com os dizeres: “Avaliação Técnica” (modelo – formato A4: fundo laranja e fontes preta).
RAC-02 - Veículos Automotores:

·   Detalhamento

Aplicação Tipo Definição

Denominação dos veículos de transporte


Mineração Subterrânea Transportadores de pessoas
de pessoas em minas subterrâneas

Automóvel Veículo para transporte de até 05 pessoas

Veículo para transporte de 06 a 08


Minivan
pessoas

Veículo para transporte de carga (03


Van pessoas + compartimento de carga) ou
pessoas (09 a 20 pessoas)

Veículo para transporte de cargas e


Veículo utilitário pessoas no mesmo compartimento (até
05 pessoas)
Vias Públicas
Veículo para transporte coletivo de até 20
Mineração de Superfície Micro ônibus
pessoas

Veículo para transporte coletivo de mais


Ônibus
de 20 pessoas

Veículo para transporte de carga,


podendo transportar pessoas
Padrão
(compartimentos separados), com peso
bruto total de até 3.500 kg

Pick-up
Veículo para transporte de carga,
podendo transportar pessoas
Compacta (compartimentos separados), com
capacidade de carga aproximada de 700
kg

Prospecção Mineral Automóvel Veículo para transporte de até 12 pessoas

·   Requisitos para Instalações e Equipamentos

1.     Requisitos para Transportadores de Pessoas em Áreas de Mineração Subterrânea


–      Tração nas 04 rodas.
–      Cinto de segurança.
–      Luz estroboscópica ou giroscópica.
–      Alerta sonoro de marcha à ré.
–      Rádio de comunicação bidirecional (comunicação com outros veículos e equipamentos).

2.     Requisitos para Veículos em Vias Públicas, Áreas Internas e Áreas de Mineração de Superfície
Requisitos Auto-móvel Mini-van Van

03 pontos para todos


X X
os ocupantes

03 pontos para
primeira linha de
Cinto de segurança X
bancos e 02 pontos
nas demais

03 pontos para
condutor e 02 pontos
para passageiros

Encosto de cabeça para todos os ocupantes X X X

Airbag frontal para motorista e passageiro do banco


X X
dianteiro

Sistema antibloqueio de frenagem (ABS) X X X

Alerta sonoro de marcha à ré X

Estrutura de proteção contra capotamento (ROPS)


homologado conforme previsto na legislação local
OU veículo com estrutura resistente a capotamento
e com controle eletrônico de estabilidade (ESC)
conforme padrão de segurança NCAP (Programa
de Avaliação de Novos Carros)

Sistema de registro de velocidade X

Sistema de monitoramento eletrônico de velocidade X(c) X(c) X(c)

Sistema retardador de velocidade do tipo primário


(freio motor) ou secundário (elétrico ou hidráulico)

Saídas de emergência com mecanismo de abertura


de manuseio simples

(a) Somente para Pick-up Padrão. Prazo para implementação: Dezembro 2018
(b) Uma análise de riscos documentada deve definir o tipo a ser utilizado. O tipo secundário é mais eficiente, sendo mais apropriado para veículos pesa
(c) Uma análise de riscos documentada deve determinar a necessidade, ou não, deste controle.

3.     Requisitos Adicionais para Veículos em Áreas de Mineração de Superfície


–      Tração nas 04 rodas, exceto quando um procedimento operacional de segurança for aprovado pelo gerente da área.
–      Luz giroscópica.
–      Antena com bandeira de alta-visibilidade na ponta superior.
–      Cor de alta visibilidade, levando em consideração condições climáticas que possam afetar a visibilidade (por exemplo
–      Rádio de comunicação bidirecional (comunicação com outros veículos e equipamentos).

4.     Requisitos para Veículos em Áreas de Prospecção Mineral


–      Tração nas 04 rodas para caminhões e pick-up padrão.
–      Cintos de segurança de 03 pontos para todos os ocupantes.
–      Encosto de cabeça.
–      Barras de proteção laterais OU reforço na estrutura lateral.
–      . Estrutura de proteção contra capotamento (ROPS) homologado conforme previsto na legislação local

RAC-03 - Equipamentos Móveis:

·    Requisitos para Instalações e Equipamentos

1.     Requisitos para Equipamentos Móveis de Superfície


(a) 2 pontos é o mínimo, porém, havendo disponibilidade, 3 pontos é desejável.
(b) Mandatório somente para escavadeiras de 06 a 50 toneladas.
(c) Para os equipamentos de pequeno porte em que a cabine esteja localizada a menos de 1,80 m do nível do piso, uma análise de riscos documentad
(d) Uma análise de riscos documentada deve determinar a necessidade, ou não, deste controle.
(e) Mandatório somente para áreas de mineração.
(f) Uma análise de riscos documentada deve definir o tipo a ser utilizado. O tipo secundário é mais eficiente, sendo mais apropriado para veículos pesa
Veículos Automotores

Exemplos de fabricantes e
modelos
Equipamentos Móveis

Fiat Uno, Fiat Palio,


Volkswagen Gol

Chevrolet Zafira, Nissan Grand


Livina, Renault Scénic

Mercedes Benz Sprinter, Fiat


Ducato, Ford Transit

Renault Duster, Kia Sportage,


Mitsubishi Pajero

Comil Piá III, Marcopolo Senior


G7, VolksBus 5.150 OD

Comil, Marcopolo

Toyota Hilux, Ford Ranger,


Volkswagen Amarok

Fiat Strada, Volkswagen


Saveiro, Chevrolet Montana

Subterrânea

tos).

ão de Superfície
Micro Veículo
Ônibus Pick-up
ônibus Utilitário

X X

X X

X X X X

X X

X X

X X X X

X(a)

X X X X

X(c) X(c) X(c) X(c)

X(b)

X X

endo mais apropriado para veículos pesados em declives acentuados.

r aprovado pelo gerente da área.

afetar a visibilidade (por exemplo, neve).


tos).
na legislação local ou veículo com estrutura resistente a capotamento e com controle eletrônico de estabilidade (ESC) conforme padrão d
piso, uma análise de riscos documentada deve determinar a necessidade, ou não, deste controle.

endo mais apropriado para veículos pesados em declives acentuados.


GER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDESTE
AUTO DIAGNÓSTICO MOBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - AUTOMÓVEL - REV 08 - 21/12/201

DATA: CONDUTOR:
GERÊNCIA: CPF/MATRICULA:
GESTOR/FISCAL: MARCA:
INSPETOR VALE: MODELO:
ÁREA DE ATUAÇÃO: CONTROLADA PLACA:
EMPRESA: QUILOMETRAGEM:

LISTA DE VERIFICAÇÃO C
1. Possui sistema de monitoramento eletrônico de velocidade?
2. Logomarca da empresa visível?
3. Lataria e cabina em boas condições?
4. Para-brisa laminado sem trincas? > 2,5cm
5. Possui vidros sem película automotiva?
6. Todos os parafusos nas rodas?
7. Retrovisores íntegros?
8. Para choques em boas condições?
9. Pneus e estepe com sulcos superiores ao TWI?
10. Possui estribo em boa condição?
11. Portas abrem/fecham normalmente?
12. Partida de motor conforme?
13. Lanternas, faróis, luz (de ré, freio, placa, de alerta, setas e break-light) conformes?
14. Quebra-sol em bom estado?
15. Freio de mão e serviço estão eficazes?
16. Manete de freio de mão e marcha em bom estado?
17. Bancos fixos e em bom estado?
18. Cinto passageiros 3 pontos e em boas condições?
19. Possui encosto de cabeça para todos ocupantes?
20. Banco do motorista com regulagem?
21. Buzina audível?
22. Limpa para-brisa e lava para-brisa eficiente?
23. Luzes do painel visíveis e condição de bateria conforme?
24. Possui Air Bag e ABS?
25. Possui sistema isento de vazamentos aparentes de óleo?
26. Possui proteção de bateria?
27. Possui triângulo de sinalização, macaco e chave de roda?
OBSERVAÇÕES
O EQUIPAMENTO ESTÁ LIBERADO PARA MOBILIZAÇÃO EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?
( ) SIM ( ) NÃO

DECLARO QUE TODAS AS INFORMAÇÕES REPASSADAS PARA ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.
OS RESPONSÁVEIS PELA INSPEÇÃO DEVERÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

ASS. INSPETOR: ______________________________ ASS. CONDUTOR: ______________________________


ER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDESTE
OBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - AUTOMÓVEL - REV 08 - 21/12/2018

N.C

SERVAÇÕES
EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?
SIM ( ) NÃO

ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.


RÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

__ ASS. CONDUTOR: ______________________________


GER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDESTE
AUTO DIAGNÓSTICO MOBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - MINIVAN - REV 08 - 21/12/201

DATA: CONDUTOR:
GERÊNCIA: CPF/MATRICULA:
GESTOR/FISCAL: MARCA:
INSPETOR VALE: MODELO:
ÁREA DE ATUAÇÃO: X CONTROLADA PLACA:
EMPRESA: QUILOMETRAGEM:

LISTA DE VERIFICAÇÃO C
1. Possui sistema de monitoramento eletrônico de velocidade?
2. Logomarca da empresa visível?
3. Lataria e cabina em boas condições?
4. Para-brisa laminado sem trincas? > 2,5cm
5. Possui vidros sem película automotiva?
6. Todos os parafusos nas rodas?
7. Retrovisores íntegros?
8. Para choques em boas condições?
9. Pneus e estepe com sulcos superiores ao TWI?
10. Possui estribo em boa condição?
11. Portas abrem/fecham normalmente?
12. Partida de motor conforme?
13. Lanternas, faróis, luz (de ré, freio, placa, de alerta, setas e break-light) conformes?
14. Quebra-sol em bom estado?
15. Freio de mão e serviço estão eficazes?
16. Manete de freio de mão e marcha em bom estado?
17. Bancos fixos e em bom estado?
18. Cinto passageiros 3 pontos e em boas condições?
19. Possui encosto de cabeça para todos ocupantes?
20. Banco do motorista com regulagem?
21. Buzina audível?
22. Limpa para-brisa e lava para-brisa eficiente?
23. Luzes do painel visíveis e condição de bateria conforme?
24. Possui Air Bag e ABS?
25. Possui sistema isento de vazamentos aparentes de óleo?
26. Possui proteção de bateria?
27. Possui triângulo de sinalização, macaco e chave de roda?
OBSERVAÇÕES
O EQUIPAMENTO ESTÁ LIBERADO PARA MOBILIZAÇÃO EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?
( ) SIM ( ) NÃO

DECLARO QUE TODAS AS INFORMAÇÕES REPASSADAS PARA ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.
OS RESPONSÁVEIS PELA INSPEÇÃO DEVERÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

ASS. INSPETOR: ______________________________ ASS. CONDUTOR: ______________________________


ER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDESTE
O MOBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - MINIVAN - REV 08 - 21/12/2018

N.C

SERVAÇÕES
EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?
SIM ( ) NÃO

ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.


RÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

__ ASS. CONDUTOR: ______________________________


GER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDEST
AUTO DIAGNÓSTICO MOBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - VAN - REV 08 - 21/12/201

DATA: CONDUTOR:
GERÊNCIA: CPF/MATRICULA:
GESTOR/FISCAL: MARCA:
INSPETOR VALE: MODELO:
ÁREA DE ATUAÇÃO: CONTROLADA RESTRITA PLACA:
EMPRESA: QUILOMETRAGEM:

LISTA DE VERIFICAÇÃO C
1. Possui sistema de monitoramento eletrônico de velocidade e tacógrafo?
2. Logomarca da empresa visível e adesivos refletivos?
3. Lataria e cabina em boas condições?
4. Para-brisa laminado sem trincas? > 2,5cm
5. Possui vidros sem película automotiva?
6. Todos os parafusos nas rodas?
7. Retrovisores íntegros?
8. Para choques em boas condições?
9. Pneus e estepe com sulcos > TWI e dianteiros não são reformados?
10. Possui degraus de acesso e corrimão para acesso?
11. Portas abrem/fecham normalmente?
12. Partida de motor conforme?
13. Lanternas, faróis, luz (de serviço, ré, freio, placa, de alerta, setas e break-light) conformes?
14. Quebra-sol em bom estado?
15. Freio de mão e serviço estão eficazes?
16. Manete de freio de mão e Marcha em bom estado?
17. Bancos fixos e em bom estado?
18. Cinto demais passageiros 2 pontos e em boas condições?
19. Cinto passageiros 3 pontos na primeira linha de banco em boas condições?
20. Possui encosto de cabeça para todos ocupantes?
21. Banco do motorista com regulagem e cinto 3 pontos?
22. Buzina e alarme sonoro de ré audível?
23. Limpa para-brisa e lava para-brisa eficiente?
24. Luzes do painel visíveis e condição de bateria conforme?
25. Possui sistema isento de vazamentos aparentes de óleo?
26. Possui proteção de bateria?
27. Possui calços, triângulo de sinalização, macaco e chave de roda?
28. Possui saídas de emergência sinalizadas e extintor ABC?
29. Sistema antibloqueio de frenagem (ABS)
ITENS PARA ÁREA RESTRITA C
94 / 167
1. Possui Ar condicionado?
2. Possui radio comunicador bi-direcional?
3. Possui tração 4x4?
4. Possui antena com bandeirola, mola na base e luz de topo?
5. Possui sinalizador giratório em cor âmbar?

95 / 167
OBSERVAÇÕES

O EQUIPAMENTO ESTÁ LIBERADO PARA MOBILIZAÇÃO EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?
( ) SIM ( ) NÃO

DECLARO QUE TODAS AS INFORMAÇÕES REPASSADAS PARA ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.
OS RESPONSÁVEIS PELA INSPEÇÃO DEVERÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

ASS. INSPETOR: ______________________________ ASS. CONDUTOR: ______________________________

96 / 167
ER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDESTE
STICO MOBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - VAN - REV 08 - 21/12/2018

N.C

N.C
97 / 167
98 / 167
SERVAÇÕES

EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?


IM ( ) NÃO

ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.


RÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

__ ASS. CONDUTOR: ______________________________

99 / 167
GER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDEST
AUTO DIAGNÓSTICO MOBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - UTILITÁRIO - REV 08 - 21/12/201

DATA: CONDUTOR:
GERÊNCIA: CPF/MATRICULA:
GESTOR/FISCAL: MARCA:
INSPETOR VALE: MODELO:
ÁREA DE ATUAÇÃO: CONTROLADA RESTRITA PLACA:
EMPRESA: QUILOMETRAGEM:

LISTA DE VERIFICAÇÃO C
1. Possui sistema de monitoramento eletrônico de velocidade?
2. Logomarca da empresa visível?
3. Lataria e cabina em boas condições?
4. Para-brisa laminado sem trincas? > 2,5cm
5. Possui vidros sem película automotiva?
6. Todos os parafusos nas rodas?
7. Retrovisores íntegros?
8. Para choques em boas condições?
9. Pneus e estepe com sulcos superiores ao TWI?
10. Possui estribo em boa condição?
11. Portas abrem/fecham normalmente?
12. Partida de motor conforme?
13. Lanternas, faróis, luz (de ré, freio, placa, de alerta, setas e break-light) conformes?
14. Quebra-sol em bom estado?
15. Freio de mão e serviço estão eficazes?
16. Manete de freio de mão e marcha em bom estado?
17. Bancos fixos e em bom estado?
18. Cinto passageiros 3 pontos e em boas condições?
19. Possui encosto de cabeça para todos ocupantes?
20. Banco do motorista com regulagem?
21. Buzina e alarme sonoro de ré audível?
22. Limpa para-brisa e lava para-brisa eficiente?
23. Luzes do painel visíveis e condição de bateria conforme?
24. Possui Air Bag e ABS?
25. Possui sistema isento de vazamentos aparentes de óleo?
26. Possui proteção de bateria?
27. Possui triângulo de sinalização, macaco e chave de roda?
ITENS PARA ÁREA RESTRITA C
1. Possui Ar condicionado?
2. Possui radio comunicador bi-direcional?
100 / 167
3. Possui tração 4x4?
4. Possui antena com bandeirola, mola na base e luz de topo?
5. Possui sinalizador giratório em cor âmbar?
6. Possui adesivos refletivos?

101 / 167
OBSERVAÇÕES

O EQUIPAMENTO ESTÁ LIBERADO PARA MOBILIZAÇÃO EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?
( ) SIM ( ) NÃO

DECLARO QUE TODAS AS INFORMAÇÕES REPASSADAS PARA ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.
OS RESPONSÁVEIS PELA INSPEÇÃO DEVERÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

ASS. INSPETOR: ______________________________ ASS. CONDUTOR: ______________________________

102 / 167
ER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDESTE
MOBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - UTILITÁRIO - REV 08 - 21/12/2018

N.C

N.C

103 / 167
104 / 167
SERVAÇÕES

EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?


IM ( ) NÃO

ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.


RÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

__ ASS. CONDUTOR: ______________________________

105 / 167
GER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDEST
AUTO DIAGNÓSTICO MOBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - MICROÔNIBUS - REV 08 - 21/12/201

DATA: CONDUTOR:
GERÊNCIA: CPF/MATRICULA:
GESTOR/FISCAL: MARCA:
INSPETOR VALE: MODELO:
ÁREA DE ATUAÇÃO: CONTROLADA RESTRITA PLACA:
EMPRESA: QUILOMETRAGEM:

LISTA DE VERIFICAÇÃO C
1. Possui sistema de monitoramento eletrônico de velocidade e tacógrafo?
2. Logomarca da empresa visível e adesivos refletivos?
3. Lataria e cabina em boas condições?
4. Para-brisa laminado sem trincas? > 2,5cm
5. Possui vidros sem película automotiva?
6. Todos os parafusos nas rodas?
7. Retrovisores íntegros?
8. Para choques em boas condições?
9. Pneus e estepe com sulcos > TWI e dianteiros não são reformados?
10. Possui degraus de acesso e corrimão para acesso?
11. Portas abrem/fecham normalmente?
12. Partida de motor conforme?
13. Lanternas, faróis, luz (de serviço, ré, freio, placa, de alerta, setas e break-light) conformes?
14. Quebra-sol em bom estado?
15. Freio de mão e serviço estão eficazes?
16. Manete de freio de mão e Marcha em bom estado?
17. Bancos fixos e em bom estado?
18. Cinto demais passageiros 2 pontos e em boas condições?
19. Possui encosto de cabeça para todos ocupantes?
20. Banco do motorista com regulagem e cinto 3 pontos?
21. Buzina e alarme sonoro de ré audível?
22. Limpa para-brisa e lava para-brisa eficiente?
23. Luzes do painel visíveis e condição de bateria conforme?
24. Possui sistema isento de vazamentos aparentes de óleo e AR?
25. Possui proteção de bateria e chave geral?
26. Possui calços, triângulo de sinalização, macaco e chave de roda?
27. Possui saídas de emergência sinalizadas e extintor ABC?
28. Possui campainha sonora e luminosa de parada?
ITENS PARA ÁREA RESTRITA C
1. Possui Ar condicionado?
106 / 167
2. Possui radio comunicador bi-direcional?

107 / 167
OBSERVAÇÕES

O EQUIPAMENTO ESTÁ LIBERADO PARA MOBILIZAÇÃO EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?
( ) SIM ( ) NÃO

DECLARO QUE TODAS AS INFORMAÇÕES REPASSADAS PARA ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.
OS RESPONSÁVEIS PELA INSPEÇÃO DEVERÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

ASS. INSPETOR: ______________________________ ASS. CONDUTOR: ______________________________

108 / 167
ER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDESTE
BILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - MICROÔNIBUS - REV 08 - 21/12/2018

N.C

N.C

109 / 167
110 / 167
SERVAÇÕES

EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?


IM ( ) NÃO

ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.


RÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

__ ASS. CONDUTOR: ______________________________

111 / 167
GER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDEST
AUTO DIAGNÓSTICO MOBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - ÔNIBUS - REV 08 - 21/12/201

DATA: CONDUTOR:
GERÊNCIA: CPF/MATRICULA:
GESTOR/FISCAL: MARCA:
INSPETOR VALE: MODELO:
ÁREA DE ATUAÇÃO: CONTROLADA RESTRITA PLACA:
EMPRESA: QUILOMETRAGEM:

LISTA DE VERIFICAÇÃO C
1. Possui sistema de monitoramento eletrônico de velocidade e tacógrafo?
2. Logomarca da empresa visível e adesivos refletivos?
3. Lataria e cabina em boas condições?
4. Para-brisa laminado sem trincas? > 2,5cm
5. Possui vidros sem película automotiva?
6. Todos os parafusos nas rodas?
7. Retrovisores íntegros?
8. Para choques em boas condições?
9. Pneus e estepe com sulcos > TWI e dianteiros não são reformados?
10. Possui degraus de acesso e corrimão para acesso?
11. Portas abrem/fecham normalmente?
12. Partida de motor conforme?
13. Lanternas, faróis, luz (de serviço, ré, freio, placa, de alerta, setas e break-light) conformes?
14. Quebra-sol em bom estado?
15. Freio de mão e serviço estão eficazes?
16. Manete de freio de mão e Marcha em bom estado?
17. Bancos fixos e em bom estado?
18. Cinto demais passageiros 2 pontos e em boas condições?
19. Possui encosto de cabeça para todos ocupantes?
20. Banco do motorista com regulagem e cinto 3 pontos?
21. Buzina e alarme sonoro de ré audível?
22. Limpa para-brisa e lava para-brisa eficiente?
23. Luzes do painel visíveis e condição de bateria conforme?
24. Possui sistema isento de vazamentos aparentes de óleo e AR?
25. Possui proteção de bateria e chave geral?
26. Possui calços, triângulo de sinalização, macaco e chave de roda?
27. Possui saídas de emergência sinalizadas e extintor ABC?
28. Possui campainha sonora e luminosa de parada?
29. Sistema retardador de velocidade tipo primário (freio motor) ou secundário (elétrico / hidráulico)?

ITENS PARA ÁREA RESTRITA C


112 / 167
1. Possui Ar condicionado?
2. Possui radio comunicador bi-direcional?

OBSERVAÇÕES

O EQUIPAMENTO ESTÁ LIBERADO PARA MOBILIZAÇÃO EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?
( ) SIM ( ) NÃO

DECLARO QUE TODAS AS INFORMAÇÕES REPASSADAS PARA ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.
OS RESPONSÁVEIS PELA INSPEÇÃO DEVERÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

ASS. INSPETOR: ______________________________ ASS. CONDUTOR: ______________________________

113 / 167
ER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDESTE
O MOBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - ÔNIBUS - REV 08 - 21/12/2018

N.C

N.C
114 / 167
SERVAÇÕES

EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?


IM ( ) NÃO

ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.


RÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

__ ASS. CONDUTOR: ______________________________

115 / 167
GER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDESTE
AUTO DIAGNÓSTICO MOBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - PICK-UP COMP - REV 08 - 21/12/201

DATA: CONDUTOR:
GERÊNCIA: CPF/MATRICULA:
GESTOR/FISCAL: MARCA:
INSPETOR VALE: MODELO:
ÁREA DE ATUAÇÃO: CONTROLADA PLACA:
EMPRESA: QUILOMETRAGEM:

LISTA DE VERIFICAÇÃO C
1. Possui sistema de monitoramento eletrônico de velocidade?
2. Logomarca da empresa visível?
3. Lataria e cabina em boas condições?
4. Para-brisa laminado sem trincas? > 2,5cm
5. Possui vidros sem película automotiva?
6. Todos os parafusos nas rodas?
7. Retrovisores íntegros?
8. Para choques em boas condições?
9. Pneus e estepe com sulcos superiores ao TWI?
10. Possui estribo em boa condição?
11. Portas abrem/fecham normalmente?
12. Partida de motor conforme?
13. Lanternas, faróis, luz (de ré, freio, placa, de alerta, setas e break-light) conformes?
14. Quebra-sol em bom estado?
15. Freio de mão e serviço estão eficazes?
16. Manete de freio de mão e marcha em bom estado?
17. Bancos fixos e em bom estado?
18. Cinto passageiros 3 pontos e em boas condições?
19. Possui encosto de cabeça para todos ocupantes?
20. Banco do motorista com regulagem?
21. Buzina e alarme sonoro de ré audível?
22. Limpa para-brisa e lava para-brisa eficiente?
23. Luzes do painel visíveis e condição de bateria conforme?
24. Possui Air Bag e ABS?
25. Possui sistema isento de vazamentos aparentes de óleo?
26. Possui proteção de bateria?
27. Possui triângulo de sinalização, macaco e chave de roda?
28. Possui grade de proteção do vidro traseiro?
OBSERVAÇÕES
O EQUIPAMENTO ESTÁ LIBERADO PARA MOBILIZAÇÃO EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?
( ) SIM ( ) NÃO

DECLARO QUE TODAS AS INFORMAÇÕES REPASSADAS PARA ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.
OS RESPONSÁVEIS PELA INSPEÇÃO DEVERÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

ASS. INSPETOR: ______________________________ ASS. CONDUTOR: ______________________________


ER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDESTE
BILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - PICK-UP COMP - REV 08 - 21/12/2018

N.C

SERVAÇÕES
EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?
SIM ( ) NÃO

ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.


RÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

__ ASS. CONDUTOR: ______________________________


GER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDEST
AUTO DIAGNÓSTICO MOBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - PICK-UP PADRÃO - REV 08 - 21/12/201

DATA: CONDUTOR:
GERÊNCIA: CPF/MATRICULA:
GESTOR/FISCAL: MARCA:
INSPETOR VALE: MODELO:
ÁREA DE ATUAÇÃO: CONTROLADA RESTRITA PLACA:
EMPRESA: QUILOMETRAGEM:

LISTA DE VERIFICAÇÃO C
1. Possui sistema de monitoramento eletrônico de velocidade?
2. Logomarca da empresa visível?
3. Lataria e cabina em boas condições?
4. Para-brisa laminado sem trincas? > 2,5cm
5. Possui vidros sem película automotiva?
6. Todos os parafusos nas rodas?
7. Retrovisores íntegros?
8. Para choques em boas condições?
9. Pneus e estepe com sulcos superiores ao TWI?
10. Possui estribo em boa condição?
11. Portas abrem/fecham normalmente?
12. Partida de motor conforme?
13. Lanternas, faróis, luz (de ré, freio, placa, de alerta, setas e break-light) conformes?
14. Quebra-sol em bom estado?
15. Freio de mão e serviço estão eficazes?
16. Manete de freio de mão e marcha em bom estado?
17. Bancos fixos e em bom estado?
18. Cinto passageiros 3 pontos e em boas condições?
19. Possui encosto de cabeça para todos ocupantes?
20. Banco do motorista com regulagem?
21. Buzina e Alarme sonoro de ré audível?
22. Limpa para-brisa e lava para-brisa eficiente?
23. Luzes do painel visíveis e condição de bateria conforme?
24. Possui Airbag frontais e sistema de freio ABS?
25. Possui sistema isento de vazamentos aparentes de óleo?
26. Possui proteção de bateria?
27. Possui triângulo de sinalização, macaco e chave de roda?
28. Possui grade de proteção do vidro traseiro?
29. Possui ROP´s com certificado de aprovação e ART junto ao CREA?
30. Possui controle eletrônico de tração e estabilidade? *

120 / 167
31. Possui Airbag de joelho para motorista, laterais (dois) e de cortina (dois)? *

121 / 167
ITENS PARA ÁREA RESTRITA C
1. Possui Ar condicionado?
2. Possui rádio comunicador bi-direcional?
3. Possui tração 4x4?
4. Possui antena com bandeirola, mola na base e luz de topo?
5. Possui sinalizador giratório em cor âmbar?
6. Possui adesivos refletivos?
OBSERVAÇÕES
* - Item 29 impeditivo de mobilização salvo atendido os itens 30 e 31 deste check-list;
* - Itens 30 e 31 serão impeditivos para mobilização do veículo a partir de Janeiro/2023, caso não atendimento o item 29;

O EQUIPAMENTO ESTÁ LIBERADO PARA MOBILIZAÇÃO EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?
( ) SIM ( ) NÃO

DECLARO QUE TODAS AS INFORMAÇÕES REPASSADAS PARA ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.
OS RESPONSÁVEIS PELA INSPEÇÃO DEVERÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

ASS. INSPETOR: ______________________________ ASS. CONDUTOR: ______________________________

122 / 167
ER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDESTE
IZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - PICK-UP PADRÃO - REV 08 - 21/12/2018

N.C

123 / 167
124 / 167
N.C

SERVAÇÕES
31 deste check-list;
artir de Janeiro/2023, caso não atendimento o item 29;

EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?


IM ( ) NÃO

ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.


RÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

__ ASS. CONDUTOR: ______________________________

125 / 167
GER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDEST
AUTO DIAGNÓSTICO MOBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - CAMINHÕES - REV 08 - 21/12/201

DATA: CONDUTOR:
GERÊNCIA: CPF/MATRICULA:
GESTOR/FISCAL: MARCA:
INSPETOR VALE: MODELO:
ÁREA DE ATUAÇÃO: CONTROLADA RESTRITA PLACA:
EMPRESA: QUILOMETRAGEM:

LISTA DE VERIFICAÇÃO C
1. Possui sistema de registro de velocidade (tacógrafo)?
2. Logomarca da empresa visível e adesivos refletivos?
3. Lataria e cabina em boas condições?
4. Para-brisa laminado sem trincas? > 2,5cm
5. Possui vidros sem película automotiva?
6. Todos os parafusos nas rodas?
7. Retrovisores íntegros?
8. Para choques em boas condições?
9. Pneus e estepe com sulcos > TWI e dianteiros não são reformados?
10. Possui escada de acesso às cabines e a mesma possui no mínimo três pontos de apoio?
11. Portas abrem/fecham normalmente e maçanetas integras?
12. Partida de motor conforme?
13. Lanternas, faróis, luz (de ré, freio, placa, de alerta, setas e break-light) conformes?
14. Quebra-sol em bom estado?
15. Freio de mão e serviço estão eficazes?
16. Manete de freio de mão e marcha em bom estado?
17. Bancos fixos e em bom estado com encosto de cabeça para todos os ocupantes?
18. Cinto de segurança do tipo três pontos para todos os ocupantes (não permitida presilhas)?
19. Assento regulável com sistemas de amortecimento e atenuação da vibração (para o operador)?
20. Buzina e alarme sonoro de ré audível?
21. Limpa para-brisa e lava para-brisa eficiente?
22. Luzes do painel visíveis e condição de bateria conforme?
23. Possui sistema isento de vazamentos aparentes de óleo e AR?
24. Possui proteção de bateria e chave geral?
25. Possui calços, triângulo de sinalização, macaco hidráulico e chave de roda?
26. Possui extintor de incêndio do tipo ABC na validade?
27. Feixe de mola e suspensões em boas condições?
28. Sistema retardador de velocidade tipo primário (freio motor) ou secundário (elétrico/hidráulico)?
29. Luz auxiliar para operação em período noturno?
30. Possui cabine climatizada (com aquecimento, quando aplicável)?
126 / 167
31. Indicação da capacidade de carga?
32. Condições de carroceria, baú ou implemento específico em boas condições?
ITENS PARA ÁREA RESTRITA C
33. Tração em no mínimo 4 rodas para caminhões que possuam três ou mais eixos?
34. Possui radio comunicador bi-direcional?
35. Possui sinalizador giratório em cor âmbar, antena com bandeirola e luz de topo? < 2

127 / 167
OBSERVAÇÕES

O EQUIPAMENTO ESTÁ LIBERADO PARA MOBILIZAÇÃO EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?
( ) SIM ( ) NÃO

DECLARO QUE TODAS AS INFORMAÇÕES REPASSADAS PARA ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.
OS RESPONSÁVEIS PELA INSPEÇÃO DEVERÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

ASS. INSPETOR: ______________________________ ASS. CONDUTOR: ______________________________

128 / 167
ER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDESTE
OBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - CAMINHÕES - REV 08 - 21/12/2018

N.C

129 / 167
N.C

130 / 167
SERVAÇÕES

EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?


IM ( ) NÃO

ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.


RÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

__ ASS. CONDUTOR: ______________________________

131 / 167
GER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDEST
AUTO DIAGNÓSTICO MOBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - CAMINHÕES BASCULANTES - REV 08 - 21/12/201

DATA: CONDUTOR:
GERÊNCIA: CPF/MATRICULA:
GESTOR/FISCAL: MARCA:
INSPETOR VALE: MODELO:
ÁREA DE ATUAÇÃO: CONTROLADA RESTRITA PLACA:
EMPRESA: QUILOMETRAGEM:

LISTA DE VERIFICAÇÃO C
1. Possui sistema de registro de velocidade (tacógrafo)?
2. Logomarca da empresa visível e adesivos refletivos?
3. Lataria e cabina em boas condições?
4. Para-brisa laminado sem trincas? > 2,5cm
5. Possui vidros sem película automotiva?
6. Todos os parafusos nas rodas?
7. Retrovisores íntegros?
8. Para choques em boas condições?
9. Pneus e estepe com sulcos > TWI e dianteiros não são reformados?
10. Possui escada de acesso às cabines e a mesma possui no mínimo três pontos de apoio?
11. Portas abrem/fecham normalmente e maçanetas integras?
12. Partida de motor conforme?
13. Lanternas, faróis, luz (de ré, freio, placa, de alerta, setas e break-light) conformes?
14. Quebra-sol em bom estado?
15. Freio de mão e serviço estão eficazes?
16. Manete de freio de mão e Marcha em bom estado?
17. Bancos fixos e em bom estado com encosto de cabeça para todos os ocupantes?
18. Cinto de segurança do tipo três pontos para todos os ocupantes (não permitida presilhas)?
19. Assento regulável com sistemas de amortecimento e atenuação da vibração (para o operador)?
20. Buzina e alarme sonoro de ré audível?
21. Limpa para-brisa e lava para-brisa eficiente?
22. Luzes do painel visíveis e condição de bateria conforme?
23. Possui sistema isento de vazamentos aparentes de óleo e AR?
24. Possui proteção de bateria e chave geral?
25. Possui calços, triângulo de sinalização, macaco hidráulico e chave de roda?
26. Possui extintor de incêndio do tipo ABC na validade?
27. Feixe de mola e suspensões em boas condições;
28. Sistema retardador de velocidade tipo primário (freio motor) ou secundário (elétrico/hidráulico)?
29. Luz auxiliar para operação em período noturno?
30. Cabine climatizada com ar condicionado (com aquecimento, quando aplicável)
132 / 167
31. Indicação da capacidade de carga?
32. possui dispositivo inibidor de acionamento indevido de báscula?
33. Possui dispositivo inibidor de deslocamento do equipamento (báscula levantada)?
34. Possui dispositivo indicador de posição de báscula (visual e sonoro)?
35. Possui Inclinômetro?

133 / 167
ITENS PARA ÁREA RESTRITA C
36. Tração em no mínimo 4 rodas para caminhões que possuam três ou mais eixos?
37. Possui radio comunicador bi-direcional?
38. Dispositivo(s) com informações sobre posição, carga e velocidade (atividade de lavra)?
39. Possui sinalizador giratório em cor âmbar, antena com bandeirola e luz de topo? < 2,5 m

OBSERVAÇÕES

O EQUIPAMENTO ESTÁ LIBERADO PARA MOBILIZAÇÃO EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?
( ) SIM ( ) NÃO

DECLARO QUE TODAS AS INFORMAÇÕES REPASSADAS PARA ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.
OS RESPONSÁVEIS PELA INSPEÇÃO DEVERÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

ASS. INSPETOR: ______________________________ ASS. CONDUTOR: ______________________________

134 / 167
ER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDESTE
ÍCULOS CONTRATADAS - CAMINHÕES BASCULANTES - REV 08 - 21/12/2018

N.C

135 / 167
136 / 167
N.C

SERVAÇÕES

EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?


IM ( ) NÃO

ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.


RÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

__ ASS. CONDUTOR: ______________________________

137 / 167
GER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDEST
AUTO DIAGNÓSTICO MOBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - CAMINHÕES COMBOIO - REV 08 - 21/12/201

DATA: CONDUTOR:
GERÊNCIA: CPF/MATRICULA:
GESTOR/FISCAL: MARCA:
INSPETOR VALE: MODELO:
ÁREA DE ATUAÇÃO: CONTROLADA RESTRITA PLACA:
EMPRESA: QUILOMETRAGEM:

LISTA DE VERIFICAÇÃO C
1. Possui sistema de registro de velocidade (tacógrafo)?
2. Logomarca da empresa visível e adesivos refletivos?
3. Lataria e cabina em boas condições?
4. Para-brisa laminado sem trincas? > 2,5cm
5. Possui vidros sem película automotiva?
6. Todos os parafusos nas rodas?
7. Retrovisores íntegros?
8. Para choques em boas condições?
9. Pneus e estepe com sulcos > TWI e dianteiros não são reformados?
10. Possui escada de acesso às cabines e a mesma possui no mínimo três pontos de apo
11. Portas abrem/fecham normalmente e maçanetas integras?
12. Partida de motor conforme?
13. Lanternas, faróis, luz (de ré, freio, placa, de alerta, setas e break-light) conformes?
14. Quebra-sol em bom estado?
15. Freio de mão e serviço estão eficazes?
16. Manete de freio de mão e Marcha em bom estado?
17. Bancos fixos e em bom estado com encosto de cabeça para todos os ocupantes?
18. Cinto de segurança do tipo três pontos para todos os ocupantes (não permitida presilhas)?
19. Assento regulável com sistemas de amortecimento e atenuação da vibração (para o operador)?
20. Buzina e alarme sonoro de ré audível?
21. Limpa para-brisa e lava para-brisa eficiente?
22. Luzes do painel visíveis e condição de bateria conforme?
23. Possui sistema isento de vazamentos aparentes de óleo e AR?
24. Possui proteção de bateria e chave geral?
25. Possui calços, cones, triângulo de sinalização, macaco hidráulico e chave de roda?
26. Possui extintor de incêndio do tipo ABC na validade e unidades externas para uso?
27. Feixe de mola e suspensões em boas condições?
28. Sistema retardador de velocidade tipo primário (freio motor) ou secundário (elétrico/hidráulico)?
29. Luz auxiliar para operação em período noturno?
30. Possui cabine climatizada (com aquecimento, quando aplicável)?
138 / 167
31. Indicação da capacidade de carga?
32. Possui kit de emergência ambiental (luvas, pá antifaísca, manta, macacão, saco plástico)?
33. Implemento (tanque) isento de vazamentos visíveis?
34. Possui rótulo de risco, rótulo de risco subsidiário e painel de segurança?
35. Dispositivo para aterramento, quando transportando substâncias inflamáveis e explosivos?
36. As partes móveis do equipamento estão protegidas?

139 / 167
ITENS PARA ÁREA RESTRITA C
37. Tração em no mínimo 4 rodas para caminhões que possuam três ou mais eixos?
38. Possui radio comunicador bi-direcional?
39. Possui sinalizador giratório em cor âmbar, antena com bandeirola e luz de topo? < 2

OBSERVAÇÕES

O EQUIPAMENTO ESTÁ LIBERADO PARA MOBILIZAÇÃO EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?
( ) SIM ( ) NÃO

DECLARO QUE TODAS AS INFORMAÇÕES REPASSADAS PARA ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.
OS RESPONSÁVEIS PELA INSPEÇÃO DEVERÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

ASS. INSPETOR: ______________________________ ASS. CONDUTOR: ______________________________

140 / 167
ER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDESTE
O VEÍCULOS CONTRATADAS - CAMINHÕES COMBOIO - REV 08 - 21/12/2018

N.C

141 / 167
142 / 167
N.C

SERVAÇÕES

EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?


IM ( ) NÃO

ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.


RÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

__ ASS. CONDUTOR: ______________________________

143 / 167
GER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDEST
AUTO DIAGNÓSTICO MOBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - CAMINHÕES TANQUE - REV 08 - 21/12/201

DATA: CONDUTOR:
GERÊNCIA: CPF/MATRICULA:
GESTOR/FISCAL: MARCA:
INSPETOR VALE: MODELO:
ÁREA DE ATUAÇÃO: CONTROLADA RESTRITA PLACA:
EMPRESA: QUILOMETRAGEM:

LISTA DE VERIFICAÇÃO C
1. Possui sistema de registro de velocidade (tacógrafo)?
2. Logomarca da empresa visível e adesivos refletivos?
3. Lataria e cabina em boas condições?
4. Para-brisa laminado sem trincas? > 2,5cm
5. Possui vidros sem película automotiva?
6. Todos os parafusos nas rodas?
7. Retrovisores íntegros?
8. Para choques em boas condições?
9. Pneus e estepe com sulcos > TWI e dianteiros não são reformados?
10. Possui escada de acesso às cabines e a mesma possui no mínimo três pontos de apoio?
11. Portas abrem/fecham normalmente e maçanetas integras?
12. Partida de motor conforme?
13. Lanternas, faróis, luz (de ré, freio, placa, de alerta, setas e break-light) conformes?
14. Quebra-sol em bom estado?
15. Freio de mão e serviço estão eficazes?
16. Manete de freio de mão e Marcha em bom estado?
17. Bancos fixos e em bom estado com encosto de cabeça para todos os ocupantes?
18. Cinto de segurança do tipo três pontos para todos os ocupantes (não permitida presilhas)?
19. Assento regulável com sistemas de amortecimento e atenuação da vibração (para o operador)?
20. Buzina e alarme sonoro de ré audível?
21. Limpa para-brisa e lava para-brisa eficiente?
22. Luzes do painel visíveis e condição de bateria conforme?
23. Possui sistema isento de vazamentos aparentes de óleo e AR?
24. Possui proteção de bateria e chave geral?
25. Possui calços, cones, triângulo de sinalização, macaco hidráulico e chave de roda?
26. Possui extintor de incêndio do tipo ABC?
27. Feixe de mola e suspensões em boas condições;
28. Sistema retardador de velocidade tipo primário (freio motor) ou secundário (elétrico/hidráulico)?
29. Luz auxiliar para operação em período noturno?
30. Possui cabine climatizada (com aquecimento, quando aplicável)?
144 / 167
31. Indicação da capacidade de carga?
32. Implemento (tanque) isento de vazamentos visíveis?
33. As partes móveis do equipamento estão protegidas?
ITENS PARA ÁREA RESTRITA C
34. Tração em no mínimo 4 rodas para caminhões que possuam três ou mais eixos?
35. Possui radio comunicador bi-direcional?
36. Possui sinalizador giratório em cor âmbar, antena com bandeirola e luz de topo? < 2

145 / 167
OBSERVAÇÕES

O EQUIPAMENTO ESTÁ LIBERADO PARA MOBILIZAÇÃO EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?
( ) SIM ( ) NÃO

DECLARO QUE TODAS AS INFORMAÇÕES REPASSADAS PARA ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.
OS RESPONSÁVEIS PELA INSPEÇÃO DEVERÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

ASS. INSPETOR: ______________________________ ASS. CONDUTOR: ______________________________

146 / 167
ER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDESTE
ÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - CAMINHÕES TANQUE - REV 08 - 21/12/2018

N.C

147 / 167
N.C

148 / 167
SERVAÇÕES

EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?


IM ( ) NÃO

ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.


RÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

__ ASS. CONDUTOR: ______________________________

149 / 167
GER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDEST
AUTO DIAGNÓSTICO MOBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - GUINDASTE VEICULAR ARTICULADO - REV 08 - 21/12/201

DATA: CONDUTOR:
GERÊNCIA: CPF/MATRICULA:
GESTOR/FISCAL: MARCA:
INSPETOR VALE: MODELO:
ÁREA DE ATUAÇÃO: CONTROLADA RESTRITA PLACA:
EMPRESA: QUILOMETRAGEM:

LISTA DE VERIFICAÇÃO C
1. Possui sistema de registro de velocidade (tacógrafo)?
2. Logomarca da empresa visível e adesivos refletivos?
3. Lataria e cabina em boas condições?
4. Para-brisa laminado sem trincas? > 2,5cm
5. Possui vidros sem película automotiva?
6. Todos os parafusos nas rodas?
7. Retrovisores íntegros?
8. Para choques em boas condições?
9. Pneus e estepe com sulcos > TWI e dianteiros não são reformados?
10. Possui escada de acesso às cabines e a mesma possui no mínimo três pontos de apo
11. Portas abrem/fecham normalmente e maçanetas integras?
12. Partida de motor conforme?
13. Lanternas, faróis, luz (de ré, freio, placa, de alerta, setas e break-light) conformes?
14. Quebra-sol em bom estado?
15. Freio de mão e serviço estão eficazes?
16. Manete de freio de mão e Marcha em bom estado?
17. Bancos fixos e em bom estado com encosto de cabeça para todos os ocupantes?
18. Cinto de segurança do tipo três pontos para todos os ocupantes (não permitida presilhas)?
19. Assento regulável com sistemas de amortecimento e atenuação da vibração (para o operador)?
20. Buzina e alarme sonoro de ré audível?
21. Limpa para-brisa e lava para-brisa eficiente?
22. Luzes do painel visíveis e condição de bateria conforme?
23. Possui sistema isento de vazamentos aparentes de óleo e AR?
24. Possui proteção de bateria e chave geral?
25. Possui calços, sapatas, triângulo de sinalização, macaco hidráulico e chave de roda?
26. Possui extintor de incêndio do tipo ABC?
27. Feixe de mola e suspensões em boas condições?
28. Sistema retardador de velocidade tipo primário (freio motor) ou secundário (elétrico/hidráulico)?
29. Luz auxiliar para operação em período noturno?
30. Possui cabine climatizada (com aquecimento, quando aplicável)?
150 / 167
31. Indicação da capacidade de carga no caminhão e no implemento de guindaste?
32. Extensões e patolas com acionamento hidráulico e trava de segurança?
33. As partes móveis do equipamento estão protegidas?
34. Sensor de sobrecarga (parada do equip e alarme sonoro/visual ao ultrapassar cap nominal)?
35. Possui tabela de carga fixada próxima aos comandos?
36. Possui gancho provido de trava de segurança, inclinômetro ou nível bolha?

151 / 167
ITENS PARA ÁREA RESTRITA C
37. Tração em no mínimo 4 rodas para caminhões que possuam três ou mais eixos?
38. Possui radio comunicador bi-direcional?
39. Possui sinalizador giratório em cor âmbar, antena com bandeirola e luz de topo? < 2

OBSERVAÇÕES

O EQUIPAMENTO ESTÁ LIBERADO PARA MOBILIZAÇÃO EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?
( ) SIM ( ) NÃO

DECLARO QUE TODAS AS INFORMAÇÕES REPASSADAS PARA ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.
OS RESPONSÁVEIS PELA INSPEÇÃO DEVERÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

ASS. INSPETOR: ______________________________ ASS. CONDUTOR: ______________________________

152 / 167
ER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDESTE
CONTRATADAS - GUINDASTE VEICULAR ARTICULADO - REV 08 - 21/12/2018

N.C

153 / 167
154 / 167
N.C

SERVAÇÕES

EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?


IM ( ) NÃO

ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.


RÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

__ ASS. CONDUTOR: ______________________________

155 / 167
GER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDEST
AUTO DIAGNÓSTICO MOBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - GUINDASTE - REV 08 - 21/12/201

DATA: CONDUTOR:
GERÊNCIA: CPF/MATRICULA:
GESTOR/FISCAL: MARCA:
INSPETOR VALE: MODELO:
ÁREA DE ATUAÇÃO: CONTROLADA RESTRITA PLACA:
EMPRESA: QUILOMETRAGEM:

LISTA DE VERIFICAÇÃO C
1. Possui sistema de registro de velocidade (tacógrafo)?
2. Logomarca da empresa visível e adesivos refletivos?
3. Lataria e cabina em boas condições?
4. Para-brisa laminado sem trincas? > 2,5cm
5. Possui vidros sem película automotiva?
6. Todos os parafusos nas rodas?
7. Retrovisores íntegros?
8. Para choques em boas condições?
10. Pneus e estepe com sulcos > TWI e dianteiros não são reformados?
11. Possui escada de acesso às cabines e a mesma possui no mínimo três pontos de apo
12. Portas abrem/fecham normalmente e maçanetas integras?
13. Partida de motor conforme?
14. Lanternas, faróis, luz (de ré, freio, placa, de alerta, setas e break-light) conformes?
15. Quebra-sol em bom estado?
16. Freio de mão e serviço estão eficazes?
17. Manete de freio de mão e Marcha em bom estado?
18. Bancos fixos e em bom estado com encosto de cabeça para todos os ocupantes?
19. Cinto de segurança do tipo três pontos para todos os ocupantes (não permitida presilhas)?
20. Assento regulável com sistemas de amortecimento e atenuação da vibração (para o operador)?
21. Buzina e alarme sonoro de ré audível?
22. Limpa para-brisa e lava para-brisa eficiente?
23. Luzes do painel visíveis e condição de bateria conforme?
24. Possui sistema isento de vazamentos aparentes de óleo e AR?
25. Possui proteção de bateria e chave geral?
26. Possui calços, triângulo de sinalização, macaco hidráulico e chave de roda?
27. Possui extintor de incêndio do tipo ABC?
28. Tabela de carga fixada próxima aos comandos?
29. Sistema retardador de velocidade tipo primário (freio motor) ou secundário (elétrico/hidráulico)?
30. Luz auxiliar para operação em período noturno?
31. Possui em ambas cabines, sistema de climatização?
156 / 167
32. Indicação da capacidade de carga?
33. Gancho com travas de segurança?
34. As partes móveis do equipamento estão protegidas?
35. Sensor de sobrecarga (parada do equip e alarme sonoro/visual ao ultrapassar cap nominal)?
36. Possui botoeira de emergência e tabela de carga fixada próxima aos comandos?
37. Monitoramento de pressão nas patolas e anemômetro (equipamentos CAP > 75 TON
38. Sistema de controle de nivelamento das patolas?

157 / 167
LISTA DE VERIFICAÇÃO C
39. Extensões e patolas com acionamento hidráulico?
40. Chave de fim de curso (parada do equipamento e alarme ao ultrapassar o limite de curso)?
41. As partes móveis do equipamento estão protegidas?
ITENS PARA ÁREA RESTRITA C
1. Tração em no mínimo 4 rodas para caminhões que possuam três ou mais eixos?
2. Possui radio comunicador bi-direcional?
OBSERVAÇÕES

O EQUIPAMENTO ESTÁ LIBERADO PARA MOBILIZAÇÃO EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?
( ) SIM ( ) NÃO

DECLARO QUE TODAS AS INFORMAÇÕES REPASSADAS PARA ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.
OS RESPONSÁVEIS PELA INSPEÇÃO DEVERÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

ASS. INSPETOR: ______________________________ ASS. CONDUTOR: ______________________________

158 / 167
ER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDESTE
MOBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - GUINDASTE - REV 08 - 21/12/2018

N.C

159 / 167
160 / 167
N.C

N.C

SERVAÇÕES

EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?


IM ( ) NÃO

ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.


RÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

__ ASS. CONDUTOR: ______________________________

161 / 167
GER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDEST
AUTO DIAGNÓSTICO MOBILIZAÇÃO VEÍCULOS CONTRATADAS - CAMINHÕES CESTO AÉREO - REV 08 - 21/12/201

DATA: CONDUTOR:
GERÊNCIA: CPF/MATRICULA:
GESTOR/FISCAL: MARCA:
INSPETOR VALE: MODELO:
ÁREA DE ATUAÇÃO: CONTROLADA RESTRITA PLACA:
EMPRESA: QUILOMETRAGEM:

LISTA DE VERIFICAÇÃO C
1. Possui sistema de registro de velocidade (tacógrafo)?
2. Logomarca da empresa visível e adesivos refletivos?
3. Lataria e cabina em boas condições?
4. Para-brisa laminado sem trincas? > 2,5cm
5. Possui vidros sem película automotiva?
6. Todos os parafusos nas rodas?
7. Retrovisores íntegros?
8. Para choques em boas condições?
9. Pneus e estepe com sulcos > TWI e dianteiros não são reformados?
10. Possui escada de acesso às cabines e a mesma possui no mínimo três pontos de apoio?
11. Portas abrem/fecham normalmente e maçanetas integras?
12. Partida de motor conforme?
13. Lanternas, faróis, luz (de ré, freio, placa, de alerta, setas e break-light) conformes?
14. Quebra-sol em bom estado?
15. Freio de mão e serviço estão eficazes?
16. Manete de freio de mão e marcha em bom estado?
17. Bancos fixos e em bom estado com encosto de cabeça para todos os ocupantes?
18. Cinto de segurança do tipo três pontos para todos os ocupantes (não permitida presilhas)?
19. Assento regulável com sistemas de amortecimento e atenuação da vibração (para o operador)?
20. Buzina e alarme sonoro de ré audível?
21. Limpa para-brisa e lava para-brisa eficiente?
22. Luzes do painel visíveis e condição de bateria conforme?
23. Possui sistema isento de vazamentos aparentes de óleo e AR?
24. Possui proteção de bateria e chave geral?
25. Possui calços, triângulo de sinalização, macaco hidráulico e chave de roda?
26. Possui extintor de incêndio do tipo ABC na validade?
27. Feixe de mola e suspensões em boas condições?
28. Sistema retardador de velocidade tipo primário (freio motor) ou secundário (elétrico/hidráulico)?
29. Luz auxiliar para operação em período noturno?
30. Possui cabine climatizada (com aquecimento, quando aplicável)?
162 / 167
31. Indicação da capacidade de carga?
32. Ponto de ancoragem para cinturão de segurança?
33. Controles para movimentação da caçamba/cesto na parte superior e na parte inferio
34. Dispositivo de parada de emergência nos painéis de comando?
35. Sistema estabilizador com indicador de inclinação?
36. Sistema de travamento/frenagem das rodas?
37. Sistema de emergência que permita a movimentação dos braços e rotação da torre em caso de pan
38. Sistema que permita o nivelamento do cesto e impeça seu basculamento?

163 / 167
ITENS PARA ÁREA RESTRITA C
39. Tração em no mínimo 4 rodas para caminhões que possuam três ou mais eixos?
40. Possui radio comunicador bi-direcional?
41. Possui sinalizador giratório em cor âmbar, antena com bandeirola e luz de topo? < 2
OBSERVAÇÕES

O EQUIPAMENTO ESTÁ LIBERADO PARA MOBILIZAÇÃO EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?
( ) SIM ( ) NÃO

DECLARO QUE TODAS AS INFORMAÇÕES REPASSADAS PARA ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.
OS RESPONSÁVEIS PELA INSPEÇÃO DEVERÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

ASS. INSPETOR: ______________________________ ASS. CONDUTOR: ______________________________

164 / 167
ER SEGURANÇA DO TRABALHO - CORREDOR SUDESTE
EÍCULOS CONTRATADAS - CAMINHÕES CESTO AÉREO - REV 08 - 21/12/2018

N.C

165 / 167
166 / 167
N.C

SERVAÇÕES

EM RAC´S E ITENS LEGAIS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO?


IM ( ) NÃO

ESTA LISTA DE VERIFICAÇÃO DURANTE A INSPEÇÃO, SÃO VERDADEIRAS.


RÃO ASSINAR ABAIXO E COLOCAR A MATRÍCULA/CPF.

__ ASS. CONDUTOR: ______________________________

167 / 167