Você está na página 1de 10

Processamento Digital de Imagens – Profa.

Ms Tainá Andrade - UFBA 1

Universidade Federal da Bahia - Faculdade Politécnica


Processamento de Imagens

1ª. LISTA DE EXERCÍCIOS

Aluno: Diego de Castro Fernandes


Matrícula: 213106248

1) Defina imagem 3D e dê exemplos de aplicações comerciais para a visão


tridimensional.

O cérebro humano tem a capacidade de processar as imagens provenientes de


cada um dos olhos simultaneamente, além disso, é capaz de realizar uma
comparação entre essas onde consegue distinguir a diferença entre elas
gerada pelo um pequeno deslocamento entre os pontos de captura, que no
caso é distancia entre os olhos. A partir dessa comparação o cérebro além de
adquirir informações sobre luminosidade e cor do ambiente, também consegue
obter informações sobre a profundidade e permite que o ser humano tenha
capacidade de se localizar no ambiente tridimensional do mundo.
Uma imagem tridimensional é uma composição formada por duas imagens que
representam a mesma figura, contudo existe entre uma em relação a outra
apresenta um pequeno deslocamento do ponto de onde a imagem foi
capturada. Com a utilização de tecnologias (seja televisores avançados ou a
tradicional utilização de “óculos 3D”) cada olho recebe a respectivamente
informação sobre cada imagem da composição separadamente criando a
ilusão de tridimensionalidade.
Aplicações comerciais populares são a indústria do entretenimento
cinematográfico, dos jogos, podendo ser também um opção inovadora de
mostrar para um cliente um produto que não existe ainda.
Processamento Digital de Imagens – Profa. Ms Tainá Andrade - UFBA 2

2) O daltonismo é uma deficiência visual resultante de uma anomalia


genética. Descreva seus principais tipos e consequências.

O olho humano consegue adquirir informações visuais sobre o mundo graças a


presença de cones e bastonetes na região da retina. Sendo essas duas
estruturas sensíveis a ondas eletromagnéticas, dentro do espectro da visão, e
responsáveis na conversão dessas informações em pulsos elétricos para que
possam ser analisadas pelo cérebro. O daltonismo se dar por uma deficiência
nos cones dos olhos, sendo esses responsáveis pela sensibilidade ás cores
tem-se como consequência ao portador dessa anomalia genética a
incapacidade de ver certas cores. Existem diferentes tipos de daltonismos
dependendo da cor que não se tem capacidade de ver, por exemplo, a
deficiência em se ver o vermelho é chamado Protanopia, de se ver o amarelo e
o azul, tritanopia. Existindo também uma variante mais grave chamada
acromatopsia, no qual o seu possuído não ver nenhuma cor, acabando por
assim ter uma visão em escala da cinza.
Como consequência, além de uma percepção limitada das cores do mundo, o
daltônico é inapto a certas funções, empregos, e geralmente de dirigir
automoves, uma vez que não poderia distinguir as cores no sinal de transito
por exemplo.

3) Diferencie reflectância e luminância.

Iluminância, diferente a reflectância, depende das características da fonte de


iluminação. Ela é determinada pela fonte de luz e sofre consequência de
fatores conjugados como ângulo de inclinação e de aquisição. Reflectância por
sua vez depende das características das superfícies dos objetos, sendo a
razão entre a quantidade de radiação refletida pela quantidade de radiação que
incide nele.

4) Considere que uma determinada imagem digital pode ser representada


pela matriz M. identifique os pixels em que o pixel 20 (ou seja, f(5,5) ):
a) Está a uma distância D(p,q) < 3, considerando a distância D8 (chess
board)
Processamento Digital de Imagens – Profa. Ms Tainá Andrade - UFBA 3

100 100 20 100 20


100 100 20 100 20
90 90 20 100 20
80 80 100 20 100
70 70 20 100 20

b) Está a uma distância D(p,q) = R< 2, considerando a distância euclidiana

100 20 100
90 20 100
80 100 20

c) Está a uma distância D4 (city block) = 4.


20
100 100 20 100 20
100 100 20 100 20
90 90 90 20 100 20 100
80 80 100 20 100
70 70 20 100 20
100

5) Considere que a matriz M, que representa uma imagem digital, passou


por processamentos baseados em operações matemáticas. Reescreva a
matriz, considerando as operações indicadas:
Processamento Digital de Imagens – Profa. Ms Tainá Andrade - UFBA 4

a) Um operador pontual. Seja B uma transformação que troca o valor de


cada pixel p por p−20. Calcule B (M).

80 80 80 80 0 80 0 80
80 80 80 80 0 80 0 80
80 80 80 80 0 80 0 80
80 80 80 80 0 80 0 80
70 70 70 70 0 80 0 80
60 60 60 60 80 0 80 0
50 50 50 50 0 80 0 80
40 40 40 40 80 0 80 0

b) Um operador local. Seja C uma transformação que troca o valor de cada


pixel pela média dele com seus 4 vizinhos (note que C não está muito
bem definida nos “cantos” da imagem; utilize ali a definição que lhe
parecer razoável). Calcule C (M), explicitando o que você fez nos cantos
de M
100 100 100 84 52 68 52 84
100 100 100 84 52 68 52 84
100 100 100 84 52 68 52 84
98 98 98 82 52 68 52 84
90 90 90 76 66 52 68 68
80 80 80 84 48 84 36 68
70 70 70 60 78 36 84 52
62 62 62 70 60 68 52 52

Nos cantos da imagem para lida com a falta de definição foi feita uma
extrapolação da matriz do seguinte modo:

100 100 100 100 100 20 100 20 100 100


100 100 100 100 100 20 100 20 100 100
100 100 100 100 100 20 100 20 100 100
100 100 100 100 100 20 100 20 100 100
Processamento Digital de Imagens – Profa. Ms Tainá Andrade - UFBA 5

100 100 100 100 100 20 100 20 100 100


90 90 90 90 90 20 100 20 100 100
80 80 80 80 80 100 20 100 20 20
70 70 70 70 70 20 100 20 100 100
60 60 60 60 60 100 20 100 20 20
60 60 60 60 60 100 20 100 20 20
Do qual foi feita a operação e foi extraída a tabela 8x8 que formará a matriz da
resposta.

c) Um operador global. Seja D uma transformação que opera sobre uma


imagem trocando cada pixel pela média de todos os pixels da imagem.

73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500


73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500
73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500
73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500
73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500
73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500
73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500
73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500 73.7500

6) Seja a matriz A (imagem) dada por:

a) Identifique os pixels vizinhos 4p do pixel indicado


Processamento Digital de Imagens – Profa. Ms Tainá Andrade - UFBA 6

7
7 9 8
1

b) Identifique os pixels vizinhos diagonal do pixel indicado


2 2
9
2 8

c) Identifique os pixels vizinhos 8p do pixel indicado


2 7 2
7 9 8
2 1 8

7) Calcule o que se pede:


a) Quantos bytes são necessários para armazenar uma imagem com 442 x
299 pixels com 256 tons de cinza?

Para gravar a informação sobre o tom de cinza do pixel, no caso de 256 tons, é
necessário 8 bits.
442 x 299 x 8 = 1057264 bits
ou aproximadamente 1,06 Mbs

b) Quantos bits são necessários para armazenar uma imagem binária com
1.024x1.024 bytes?

Uma imagem binária necessita de apenas um bit de informação para cada


pixel.
1024 x 1024 x 1 = 1048576 bits
ou aproximadamente 1,05 Mbs

c) Considere uma imagem de 512 x 512 pixels gravada em BMP. Quantos


bytes de memória são necessários para armazenar essa imagem se ela
Processamento Digital de Imagens – Profa. Ms Tainá Andrade - UFBA 7

foi digitalizada utilizando 4 níveis de cinza, 8 níveis de cinza, 32 níveis


de cinza e 256 níveis de cinza?

4 níveis de cinza = 2 bits por pixel


512 x 512 x 2 = 524288 bits
8 níveis de cinza = 3 bits por pixel
512 x 512 x 3 = 786432 bits
32 níveis de cinza = 5 bits por pixel
512 x 512 x 5 = 1310720 bits
256 níveis de cinza = 8 bits por pixel
512 x 512 x 8 = 2097152 bits

8) Defina resolução espectral de uma imagem.

Resolução Espectral é a medida da largura das faixas espectrais, ou seja, as


frequências que o sistema sensor consegue distinguir entre dois níveis de
intensidade do sinal de retorno e que é traduzido na imagem.

9) Defina resolução de níveis de cinza de uma imagem.

Uma imagem é formada por um conjunto de pixels organizados a fim de forma


uma imagem. Para tratar dessa informação eletronicamente elas são
convertidas em um padrão binário, tendo-se uma quantidade de bits para
determinar a característica de cada pixel. No caso de uma imagem em níveis
de cinza, popularmente chamada de preto-e-branco, as possibilidades de
aparência de cada pixel se limitam a gradações que vão do branco ao preto,
sendo a resolução de níveis de cinza resultado da quantidade dessas
gradações. Quando maior o numero de gradações, maior a resolução e o
detalhamento da imagem, em contrapartida será necessário um arquivo maior
para gravar a imagem. Sendo o oposto também válido, quanto menor o número
de gradações, menor será a resolução e o nível de detalhamento da imagem, e
será necessário um arquivo menor para gravar a imagem.
Processamento Digital de Imagens – Profa. Ms Tainá Andrade - UFBA 8

10) Nos exames de tomografia computadorizada (TC) da região abdominal,


são utilizados, em muitos casos, meios de contraste iodado para
evidenciar determinadas patologias. A imagem a seguir mostra um caso
de cirrose hepática, com parênquima hepático difusamente heterogêneo,
de contornos lobulados, com redução de suas dimensões e hipertrofia
do lobo caudado.

Disponível em: <http://rle.dainf.ct.utfpr.edu.br>. Acesso em: 10 jul 2016 (adaptado).

a) Quais podem ser os efeitos da modificação desta imagem de tomografia


ao alterar sua resolução espacial e redimensionamento?

Alterando a resolução espacial e o redimensionamento será possível, caso


esses valores sejam aumentados, se ter mais informação em uma única
tomografia e maior precisão para identificação de enfermidades.

b) Quais podem ser os efeitos da modificação desta imagem de tomografia


ao alterar sua resolução em níveis de cinza?

Alterando-se a resolução em níveis de cinza haverá uma maior gama de


possibilidades de intensidades de cinza que um pixel pode ter permitindo se ter
contrastes mais sutis. Um dos efeitos dessa modificação é o maior nível de
detalhamento da imagem.
Processamento Digital de Imagens – Profa. Ms Tainá Andrade - UFBA 9

11) No processo de digitalização de uma imagem deve-se decidir que


valores de M, N e n, respectivamente o número de linhas e colunas da
imagem e número de bits para quantificá-la, são adequados para
armazená-la, tanto do ponto de vista da qualidade da imagem quanto da
quantidade de bytes necessários. Por exemplo, para se obter uma imagem
digital de qualidade semelhante a de uma imagem de televisão P&B, são
necessários 512 x 512 pixels e 128 níveis de cinza. Por outro lado, em
geral, 64 níveis de cinza são considerados suficientes para o olho humano.
Apesar disto, a maioria dos sistemas de visão artificial utiliza imagens com
256 níveis de cinza. Assume-se que um pixel estará inteiramente contido
em um byte, mesmo que isto signifique que alguns bits de cada byte
permaneçam vazios. Dito isto, assinale a alternativa que apresenta o
número de bytes necessários para armazenar uma imagem de 512 x 512
pixels e 64 níveis de cinza?

(a) 196.608 (b) 262.144 (c) 524.288


(d) 131.072 (e) 786.432
12) As figuras I e II apresentam duas imagens, ambas com resolução de 246 ×
300 pixels, sendo que a figura I apresenta 256 níveis de cinza e a figura II, 4
níveis de cinza.

Considere que a imagem da figura I seja a original, tendo sido manipulada


em um único atributo para gerar a imagem da figura II. Nessa situação, em
qual atributo se diferenciam as imagens I e II acima?

(a) resolução (b) quantização (c) iluminação


Processamento Digital de Imagens – Profa. Ms Tainá Andrade - UFBA 10

(d) escala (e) amostragem espacial

13) O termo imagem se refere a uma função bidimensional de intensidade


de luz, denotada for f(x,y), onde o valor ou amplitude de f nas coordenadas
espaciais (x,y) representa a intensidade (brilho) da imagem neste ponto.
Para que uma imagem possa ser processada em um computador, a função
f(x,y) deve ser discretizada tanto espacialmente quanto em amplitude. Estes
dois processos recebem as seguintes denominações respectivamente:

(a) Translação e Escala (b) Resolução e Escala


(c) Resolução e Ampliação (d) Amostragem e Quantização
(e) Resolução e Quantização