Você está na página 1de 32

SAEPE

SISTEMA DE AVALIAÇÃO EDUCACIONAL DE PERNAMBUCO

2017
LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA

3º ano do Caderno
Ensino Médio
C1201
Nome do estudante

Data de Nascimento do estudante 

Caro(a) estudante,

Você está participando do Sistema de Avaliação Educacional de Pernambuco - SAEPE. Sua participação
é muito importante para sabermos como está a educação em nosso estado.

• Este caderno é composto de questões de Língua Portuguesa e Matemática, além de um


questionário.
• Atenção: algumas questões têm 4 alternativas de resposta, outras têm 5 alternativas.
• Reserve os últimos 20 minutos para transcrever suas respostas para o cartão de respostas.
Cuidado e muita atenção com a ordem das questões para fazer a marcação.
• Responda com calma, procurando não deixar nenhuma questão em branco.
Bom teste!

LM3EM
C1201

ATENÇÃO!
Agora, você vai responder a questões de Língua Portuguesa.
Leia o texto abaixo.

Estudo mostra que o cacau sofrerá com mudanças no clima

O cacau – uma das culturas economicamente mais importantes da África Ocidental e


um dos [...] culpados pelos prazeres do mundo ocidental – será fortemente afetado pela
mudança climática, segundo um novo estudo.
Mais da metade do chocolate do mundo é originário de Gana e Costa do Marfim, onde o
5 crescimento do cacau será muito diferente em 2050, de acordo com o estudo realizado pelo
Centro Internacional de Agricultura Tropical (CIAT).
“Provavelmente algumas áreas permanecerão adequadas para o cacau, mas saberemos
somente quando os agricultores adaptarem sua gestão agronômica às novas condições.
Haverá também áreas onde a adequação do cacau aumentará”, afirma o estudo. “A
10 mudança climática não só traz más notícias, mas também uma série de oportunidades
em potencial. Os beneficiados serão aqueles que estiverem prontos para a mudança e
souberem se adaptar.”
O mais importante é que o declínio da produção de cacau mostrará a fragilidade da
dependência dos agricultores em uma única cultura para ganhar a vida.
15 Diversificar para culturas mais resistentes ao calor é fundamental, afirma o estudo.
Os autores recomendam laranja, óleo de palma e de caju como possíveis alternativas. O
relatório também recomenda um melhor sombreamento para as plantas de cacau, o acesso
a novas variedades de sementes e uma melhor prevenção de incêndios florestais.
“Temos que pensar cada vez mais em alta qualidade”, disse North. “Como diminuirão os
20 suprimentos, será mais importante ter uma estratégia de qualidade do que uma estratégia
de volume.”
Disponível em: <http://www2.uol.com.br/sciam/noticias/estudo_mostra_que_o_cacau_sofrera_com_mudancas_no_clima.html>.
Acesso em: 12 nov. 2011. Fragmento. (P100135E4_SUP)

01) (P100136E4) Nesse texto há uma opinião em:


A) “O cacau [...] será fortemente afetado pela mudança climática,...”. (ℓ. 1-3)
B) “... o crescimento do cacau será muito diferente em 2050,...”. (ℓ. 4-5)
C) “‘Os beneficiados serão aqueles que estiverem prontos para a mudança...’”. (ℓ. 11)
D) “... o declínio da produção de cacau mostrará a fragilidade [...] dos agricultores...”. (ℓ. 13-14)
E) “‘Temos que pensar cada vez mais em alta qualidade,...’”. (ℓ. 19)

02) (P100137E4) Nesse texto, no trecho “... não só traz más notícias, mas também uma série de
oportunidades...” (ℓ. 10), as expressões destacadas estabelecem com a frase anterior uma relação de
A) adição.
B) alternância.
C) explicação.
D) oposição.
E) conclusão.

03) (P100138E4) A informação principal desse texto refere-se


A) à adaptação da gestão agronômica dos agricultores.
B) à dependência dos agricultores de uma única cultura.
C) à diversificação de culturas resistentes ao calor.
D) ao consumo do chocolate de Gana e da Costa do Marfim.
E) aos efeitos da mudança do clima na plantação de cacau.
BL01P12
1
C1201

Leia novamente o texto “Estudo mostra que...” para responder à questão abaixo.

04) (P100139E4) Nesse texto, o trecho que apresenta uma solução para o problema na produção de cacau é:
A) “... o crescimento do cacau será muito diferente em 2050, de acordo com o estudo...”. (ℓ. 4-5)
B) “Provavelmente algumas áreas permanecerão adequadas para o cacau,”. (ℓ. 7)
C) “‘Haverá também áreas onde a adequação do cacau aumentará’, afirma o estudo.”. (ℓ. 9)
D) “... declínio da produção de cacau mostrará a fragilidade da dependência dos agricultores...”. (ℓ. 13-14)
E) “Diversificar para culturas mais resistentes ao calor é fundamental, afirma o estudo.”. (ℓ. 15)

Leia o texto abaixo.

Disponível em: <http://www.propagar3.com.br/wp-content/uploads/2010/10/hagar_03-06-07_pt.gif>. Acesso em: 22 nov. 2011. (P121214ES_SUP)

05) (P121215ES) No último quadrinho desse texto, Hagar demonstra estar


A) pensativo.
B) nervoso.
C) faminto.
D) decepcionado.
E) duvidoso.

06) (P121214ES) O humor desse texto reside


A) na constatação da dureza de ser guerreiro.
B) na imagem dos corações próximos ao homem.
C) na razão de o homem desistir de ser padeiro.
D) no desejo do homem em ser padeiro.
E) no fato de o guerreiro gostar muito de comida.

BL01P12
2
C1201

Leia o texto abaixo.


Vamos sujar!
Tistu era o menino do dedo verde. Acho que ninguém mais lê essa história atualmente.
Eu gostava muito da unha da mãe do Tistu, que era rosada e polida, refletia a luz como
um espelho. Aliás, na casa de Tistu, tudo refletia como um espelho: o cabelo do pai cheio
de brilhantina, o corrimão da escada, que era polido com rigor, as pratarias. Tudo brilhava
5 e era muito limpinho.
Mas Tistu tinha um dedo verde e era só enfiá-lo na terra para que plantas brotassem a torto
e a direito. Só que dedo verde rima com terra, que rima com sujeira, coisas absolutamente
proibidas na casa em que o menino morava.
Hoje em dia, vivemos uma certa “síndrome de casa de Tistu”: ninguém pode se sujar,
10 brincar na terra ou na areia, que já vem uma avó, mãe, pai ou babá trocar a camiseta, o
short, o que for. Chuva, então? Saia daí, menino, senão você pega um resfriado! Passeio,
só em shopping, porque ninguém se suja e tem banheiro fácil.
Dessa maneira, vamos perdendo o contato com o que resta de natureza na nossa
cidade. E até o contato com a natureza precisa ser de um jeito limpinho, domado, aparado.
15 Não pode ter um matinho, uma erva daninha, uma coisa assim diferente, que o povo já vai
lá arrancar, pentear, arrumar.
Vamos brincar de Tistu? Fazer mudas, deixar crescer brotos em batatas, plantar feijão em
pote de iogurte, sujar um pouco a casa? Estamos precisando de verde, assim como a cidade.
reichstul, Clarice. Disponível em: <http://cafune.blogfolha.uol.com.br/>. Acesso em: 23 nov. 2012. (P100080E4_SUP)

07) (P100080E4) Nesse texto, a autora defende a ideia de que


A) as cidades estão precisando de mais verde.
B) as residências necessitam de limpeza diária.
C) as unhas devem ser bem tratadas.
D) é preciso haver mais contato com a natureza.
E) é seguro fazer passeios em shopping.
08) (P100082E4) No trecho “... e era só enfiá-lo na terra...” (ℓ. 6), o termo em destaque se refere ao
A) menino.
B) espelho.
C) pai.
D) cabelo.
E) dedo.
Leia o texto abaixo.
Não é de hoje que o desrespeito de alguns motoristas faz o nosso trânsito caótico ficar
cada vez pior. Muitos deles não respeitam sinalização, regras e a própria civilidade.
Flagrei na manhã de ontem, numa rua do bairro da Iputinga esta cena que exemplifica
claramente o que estamos falando. O motorista do caminhão [...] resolveu fechar a via para
5 fazer a descarga. A Rua Pituba – uma transversal da Rua do Bom Pastor – é estreita por
natureza, e como já havia um carro estacionado no lado esquerdo, o condutor do caminhão
não se preocupou com a mobilidade da via e [...] estacionou fechando a rua.
Pedi para o motorista puxar o veículo mais para a frente, mas sob risos de deboche,
outro funcionário, mandou-me esperar a retirada de todo material de descarga. Isso não é
10 um absurdo?
Disponível em: <http://medecepcionei.blogspot.com/>. Acesso em: 17 ago. 2013. Fragmento. (P120111F5_SUP)

09) (P120112F5) No trecho “– uma transversal da Rua do Bom Pastor –” (ℓ. 5), os travessões foram usados para
A) marcar a fala de um especialista.
B) indicar uma opinião do narrador.
C) especificar a expressão anterior.
D) apresentar um exemplo do tema tratado.
E) apresentar o sinônimo da palavra anterior.
BL01P12
3
C1201

Leia o texto abaixo.

Disponível em: <http://www.meninocaranguejo.com>. Acesso em: 23 mar. 2010. (P120229ES_SUP)

10) (P120229ES) O efeito de humor desse texto está


A) na expressão da professora no último quadrinho.
B) na justificativa do menino no último quadrinho para a falta da redação.
C) na temática abordada pelos alunos nas redações.
D) no entusiasmo do menino no segundo quadrinho ao ler a redação.
E) no silêncio da professora na leitura das redações.

Leia o texto abaixo.

Para os pilotos da Sauber, as dificuldades devem ser bastante diferentes no GP do Brasil

Prontos para correr a última prova da temporada 2013, Esteban Gutiérrez e Nico
Hulkeberg fizeram suas avaliações sobre o GP do Brasil [...] no circuito de Interlagos.
Segundo Hulkenberg, as boas lembranças da etapa brasileira lhe motivam a tentar fazer o
máximo possível com o C32 da Sauber.
5 Hulkenberg e Gutiérrez deram suas opiniões sobre o circuito de Interlagos.
“O GP do Brasil é sempre muito especial. A atmosfera é algo extraordinário. Tenho boas
lembranças do Brasil. Consegui aqui a minha primeira pole position em 2010. No ano passado
eu estava em condições complicadas e terminei a corrida no pódio”, relembrou Hulkenberg.
Já Gutiérrez prevê dificuldades para o GP do Brasil. Pela primeira vez em Interlagos, o
10 piloto da Sauber destacou que ainda possui problemas para aprender a correr em novas
pistas com o C32. “Interlagos é uma pista em que eu nunca dirigi, no entanto, é muito curto
e eu geralmente ainda tenho problemas para aprender a guiar em pistas assim. Quando
eu era mais novo eu tinha um simulador de PlayStation, e eu sempre escolhia muito esta
pista. Agora vou ter a chance de pilotar por ela de verdade. Temos que usar todas as
15 oportunidades para arrancar o máximo de pontos possíveis”, finalizou Gutiérrez.
Disponível em: <http://migre.me/hqNaW>. Acesso em: 14 nov. 2013. (P110141E4_SUP)

11) (P110141E4) A respeito do circuito de Interlagos, Esteban Gutiérrez e Nico Hulkeberg apresentam opiniões
A) complementares.
B) diferentes.
C) incoerentes.
D) infundadas.
E) semelhantes.

BL01P12
4
C1201

Leia o texto abaixo.

Disponível em: <http://www.ccms.saude.gov.br/revolta/images/cartazes/Cartaz-VacinacaoG.jpg>. Acesso em: 10 abr. 2013. (P110065E4_SUP)

12) (P110065E4) Essa campanha se destina, principalmente,


A) aos educadores.
B) aos filhos.
C) aos futebolistas.
D) aos médicos.
E) aos pais.

BL01P12
5
C1201

Leia o texto abaixo.

Jornalismo online não é atualização, é transformação

Num discurso recente, Katharine Viner, subeditora do [diário britânico] The Guardian,
descreveu como acredita que as redes sociais e a prática do “jornalismo aberto” alteram
fundamentalmente a relação que os jornalistas têm com sua audiência. Na era digital e
social, uma das coisas difíceis sobre fazer jornalismo, ou qualquer outro tipo de mídia, é
5 parecer tão simples – em outras palavras, parece muito com o que costumava ser feito:
você escreve coisas e as publica, só que em vez de imprimi-las, você as posta na internet.
E, se você estiver se sentindo ambicioso, talvez inclua uns links. Simples, não?
Só que olhar a coisa dessa maneira ignora as formas fundamentais pelas quais a prática do
jornalismo foi completamente alterada pela internet, como destaca Katharine em seu excelente
10 discurso [em 9/10]. Em sua apresentação, Katharine – que também é editora-chefe da nova
edição australiana do Guardian – falou sobre uma entrevista que teve com um candidato a
emprego. Quando ela perguntou a esse profissional de jornalismo impresso como ele se
adaptaria ao papel digital, ele disse: “Há anos que eu uso computadores.” Como ela diz, este
tipo de resposta sugere que a internet é apenas uma mudança tecnológica, como um novo
15 tipo de editor de texto. “Na realidade, o digital representa uma enorme mudança conceitual,
uma mudança sociológica, uma bomba de fragmentação explodindo quem somos, como é
organizado o nosso mundo, como nos vemos, como vivemos. Nós estamos bem no meio
dessa mudança e, às vezes, tão perto que fica difícil enxergarmos. Mas é muito profundo e
vem acontecendo a uma velocidade quase inacreditável.”

20 Mudança fundamental
Katharine Viner continua falando sobre as oportunidades que se apresentam aos
jornalistas quando eles abordam seu ofício de uma maneira mais aberta e como a resistência
de “muitos jornalistas a essa mudança prejudica seus próprios interesses, assim como os
interesses do bom jornalismo”. [...]
INGRAM, Mathew. Disponível em: <http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/_ed768_jornalismo_online_nao_e_
atualizacao_e_transformacao>. Acesso em: 16 out. 2013. Fragmento. (P110137E4_SUP)

13) (P110139E4) Nesse texto, qual trecho apresenta a tese defendida sobre a relação entre jornalismo e era digital?
A) “... uma das coisas difíceis sobre fazer jornalismo, ou qualquer outro tipo de mídia,...”. (ℓ. 4)
B) “... se você estiver se sentindo ambicioso, talvez inclua uns links.”. (ℓ. 7)
C) “... falou sobre uma entrevista que teve com um candidato a emprego.”. (ℓ. 11-12)
D) “... ‘o digital representa uma enorme mudança conceitual, uma mudança sociológica, uma bomba de
fragmentação’...”. (ℓ. 15-16)
E) “... falando sobre as oportunidades que se apresentam aos jornalistas quando eles abordam seu
ofício...”. (ℓ. 21-22)

BL01P12
6
C1201

ATENÇÃO!
Agora, você vai responder a questões de Matemática.

14) (M120257H6) O esboço do gráfico que pode representar uma função exponencial f: IR → IR é
A) y B) y
3 3

2 2

1 1

–2 –1 0 1 2 3 x –2 –1 0 1 2 3 x
–1 –1

–2 –2

C) y D) y
3 3

2 2

1 1

–2 –1 0 1 2 3 x –2 –1 0 1 2 3 x
–1 –1

–2 –2

E) y
3

–2 –1 0 1 2 3 x
–1

–2

15) (M120335G5) Um poliedro convexo tem 2 faces triangulares, 2 faces quadradas, 4 faces pentagonais e
17 arestas.
Quantos vértices tem esse poliedro?
A) 9
B) 11
C) 25
D) 27
E) 28

16) (M110539E4) Pedro fez um empréstimo de R$ 8 000,00 em um banco. Esse mês, ele conseguiu pagar
40% desse empréstimo.
Qual foi o valor do empréstimo pago por ele nesse mês?
A) R$ 40,00
B) R$ 80,00
C) R$ 3 200,00
D) R$ 4 800,00
E) R$ 7 960,00
BL01M12
7
C1201

17) (M120825ES) Paulo comprou um terreno retangular de 120 000 m2. Esse terreno possui 200 m de largura.
Quanto mede o comprimento desse terreno?
A) 200 m
B) 300 m
C) 400 m
D) 600 m
E) 800 m

18) (M100363H6) A função polinomial do 1º grau f: IR → IR possui coeficiente angular e coeficiente linear
iguais a – 3 e 1, respectivamente.
Um esboço do gráfico dessa função é
A) y B)
y
2 3

1 2

0 1 1
–2 –1 1 2 3 x
3
–1
–4 –3 –2 –1 0 1 x
–2
–1

C) y D) y
2 2

1 1

–1 0 1 2 3 4 x –2 –1 – 1 0 1 2 3x
3
–1 –1

–2 –2

E)
y
1

–2 –1 0 1 2 3 x

–1

–2

–3

BL01M12
8
C1201

19) (M120128H6) A tabela abaixo apresenta os dados de uma pesquisa sobre o gasto médio de um adulto e
de um adulto acompanhado de uma criança em um estádio de futebol.

Gasto médio em um estádio


Um adulto Um adulto com uma criança
Elemento*
Preço médio (R$) Preço médio (R$)
Ingresso 51,74 77,61
Combustível 7,06 7,06
Estacionamento 19,78 19,78
Alimentação 12,83 25,65
TOTAL 91,41 130,11
*Preço médio da entrada inteira mais barata; considerando trajeto de 10 km ida + 10km volta, em veículo com consumo de 8 km/litro de
gasolina. Preço médio da gasolina base ANP; Sanduíche ou cachorro-quente + refrigerante. Disponível em: <http://globoesporte.globo.com/
blogs/especial-blog/olhar-cronico-sportivo/assunto/economia/1.html>. Acesso em: 11 jan. 2016. *Adaptado para fins didáticos.

De acordo com as informações dessa tabela, em relação ao gasto médio de um adulto, o custo de ir ao
estádio acompanhado de uma criança sofre um aumento total de
A) R$ 12,82.
B) R$ 25,87.
C) R$ 38,70.
D) R$ 91,41.
E) R$ 130,11.

20) (M120272ES) Observe os triângulos desenhados abaixo.

Quais desses triângulos são semelhantes?


A) I e II.
B) I e III.
C) I e IV.
D) II e III.
E) II e IV.

BL01M12
9
C1201

21) (M100072E4) O custo de funcionamento mensal de uma máquina é composto por um valor fixo de R$ 390,00
mais R$ 3,00 por hora de funcionamento. Em um determinado mês, o custo de funcionamento dessa máquina
foi de R$ 720,00.
Quantas horas essa máquina funcionou nesse mês?
A) 450
B) 370
C) 240
D) 130
E) 110

22) (M100182H6) Uma organização que protege animais silvestres colocou um dispositivo de localização
em dois filhotes, permitindo, assim, acompanhá-los. No desenho abaixo está representada a localização
desses dois filhotes pelos pontos Z e W.
y

Filhote Z
3

–6 –5 –4 –3 –2 –1 0 1 2 3 4 5 6 x

–1

Filhote W
–2

–3

–4

–5

–6

Os pares ordenados que representam a localização dos filhotes Z e W são, respectivamente,


A) (– 4, – 3) e (3, – 2).
B) (– 4, 3) e (– 3, – 2).
C) (3, – 4) e (– 3, – 2).
D) (3, – 4) e (– 2, – 3).
E) (4, 3) e (3, 2).

23) (M120574E4) Um teatro tem três diferentes entradas para um salão. Nesse salão, há quatro portas que
dão acesso à sala de apresentação.
De quantas maneiras diferentes uma pessoa pode chegar à sala de apresentação desse teatro, passando
pelo salão?
A) 4
B) 7
C) 12
D) 64
E) 81
BL01M12
10
C1201

24) (M110093H6) Um grupo de crianças decidiu completar um álbum que deve ser preenchido com 1 470 figurinhas
de jogadores de futebol. Esse grupo encontrava-se semanalmente para juntar e colar as figurinhas inéditas.
Na décima quinta semana, eles conseguiram completar o álbum, sendo que a cada semana de encontro eles
sempre conseguiam 5 figurinhas inéditas a mais do que na semana anterior.
Quantas figurinhas inéditas, no total, esse grupo colou no álbum na primeira semana?
A) 573
Dado:
an = a1 + (n – 1) . r
B) 294
C) 98
D) 63 (a1 + an) $ n
Sn =
E) 55 2

25) (M120486E4) Para estimar a largura RS de um lago, Pedro, que é topógrafo, fez 3 demarcações próximas
às margens desse lago, representadas pelos pontos P, R e S, e utilizou um teodolito para fazer algumas
medições. Do ponto S ele avistou os pontos P e R segundo um ângulo de 60º e, do ponto P, avistou os
pontos R e S segundo um ângulo de 90º, conforme ilustrado no desenho abaixo.

P 75 m
S

60°
Dados:
sen 60° ≅ 0,86
cos 60° = 0,5
tg 60° ≅ 1,73

A largura RS desse lago, em metros, mede, aproximadamente,


A) 37,50
B) 43,35
C) 75,00
D) 87,21
E) 150,00

26) (M110246H6) Um paciente recebeu um medicamento por via intravenosa com frequência de 20 gotas
por minuto. Nessa frequência, o volume total da medicação demorou 6 horas para ser ministrado por
completo. Esse paciente também recebeu outro medicamento intravenoso que continha o mesmo volume
do anterior, porém esse medicamento fluiu com frequência de 40 gotas por minuto.
Em quanto tempo esse paciente receberá o segundo medicamento por completo?
A) 3 horas.
B) 6 horas.
C) 9 horas.
D) 10 horas.
E) 12 horas.

BL01M12
11
C1201

ATENÇÃO!
Agora, você vai responder a questões de Língua Portuguesa.
Leia o texto abaixo.

Cientistas descobrem como os egípcios moveram pedras gigantes para formar as


pirâmides

Uma civilização antiga, sem a ajuda de tecnologia moderna, conseguiu mover pedras
de 2,5 toneladas para compor suas famosas pirâmides. Mas como? A pergunta aflige
egiptólogos e engenheiros mecânicos há séculos. Mas agora, uma equipe da Universidade de
Amsterdã acredita ter descoberto o segredo – e a solução estava na nossa cara o tempo todo.
5 Tudo se resume ao atrito. Os antigos egípcios transportavam sua carga rochosa através
das areias do deserto: [...] colocavam as pedras em grandes “trenós”, e as transportavam
até o local de construção. [...]
Quando você tenta puxar um trenó desses com uma carga de 2,5 toneladas, ele tende a
afundar na areia à frente dele [...].
10 A areia molhada, no entanto, não faz isso. Em areia com a quantidade certa de umidade,
formam-se pontes capilares – microgotas de água que fazem os grãos de areia se ligarem
uns aos outros -, o que dobra a rigidez relativa do material. Isso impede que a areia forme
elevações na frente do trenó, e reduz pela metade a força necessária para arrastar o
trenó. Pela metade.
15 Ou seja, o truque é molhar a areia à frente do trenó. [...]
[...] Um trenó desliza muito mais facilmente sobre a areia firme [e úmida] do deserto,
simplesmente porque a areia não se acumula na frente do trenó, como faz no caso da areia seca.
Estas experiências servem para confirmar o que os egípcios claramente já sabiam, e o
que nós provavelmente já deveríamos saber. [...]
20 Agora podemos finalmente declarar o fim desta caçada científica. [...]
Disponível em: <http://gizmodo.uol.com.br/estudo-egipcios-piramides/>. Disponível em: 2 out. 2014. (P100153F5_SUP)

27) (P100153F5) De acordo com esse texto, os egípcios


A) começaram a utilizar trenós na Era Vitoriana.
B) criaram e ampliaram a Universidade de Amsterdã.
C) desenvolveram uma técnica de transporte das pedras.
D) misturaram areia e água para a pintura de imagens.
E) recusaram o auxílio da tecnologia no transporte das pedras.

28) (P100154F5) No trecho “... sua carga rochosa...” (ℓ. 5), a palavra destacada retoma
A) antigos egípcios.
B) areias do deserto.
C) egiptólogos.
D) engenheiros mecânicos.
E) pirâmides.

29) (P121378H6) O objetivo comunicativo desse texto é


A) anunciar um produto.
B) dar uma informação.
C) defender uma opinião.
D) divertir o leitor.
E) ensinar um procedimento.
BL02P12
12
C1201

Leia novamente o texto “Cientistas descobrem como...” para responder à questão abaixo.

30) (P100156F5) Nesse texto, o trecho que apresenta a consequência de se puxar um trenó de 2,5 toneladas é:
A) “... ele tende a afundar na areia à frente dele...”. (ℓ. 8-9)
B) “... formam-se pontes capilares...”. (ℓ. 11)
C) “... fazem os grãos de areia se ligarem uns aos outros...”. (ℓ. 11-12)
D) “... dobra a rigidez relativa do material.”. (ℓ. 12)
E) “... impede que a areia forme elevações na frente do trenó,...”. (ℓ. 12-13)

Leia o texto abaixo.

Disponível em: <http://migre.me/rL0pM>. Acesso em: 9 out. 2015. (P121060H6_SUP)

31) (P121060H6) Nesse texto, a palavra “navegar” tem o sentido de


A) ensinar.
B) passear.
C) utilizar.
D) velejar.
E) viajar.

BL02P12
13
C1201

Leia o texto abaixo.


Tarde de sábado

A tardezinha de sábado, um pouco cinzenta, um pouco fria, parece não possuir nada de muito
particular para ninguém. Os automóveis deslizam; as pessoas entram e saem dos cinemas;
os namorados conversam por aqui e por ali; os bares funcionam ativamente, numa fabulosa
produção de sanduíches e cachorros-quentes. Apesar da fresquidão, as mocinhas trazem nos
5 pés sandálias douradas, enquanto agasalham a cabeça em echarpes de muitas voltas.
Tudo isso é rotina. Há um certo ar de monotonia por toda parte. [...].
Em alguma ruazinha simpática, com árvores e sossego, ainda há crianças deslumbradas
a comerem aquele algodão de açúcar que de repente coloca na paisagem carioca uma
pincelada oriental. E há os avós de olhos filosóficos, a conduzirem pela mão a netinha que
10 ensaia os primeiros passeios, como uma bailarina principiante a equilibrar-se nas pontas
dos sapatinhos brancos. [...]
Depois aparecem muitas pessoas bem vestidas, cavalheiros com sapatos reluzentes,
senhoras com roupas de renda e chapéus imensos que a brisa da tarde procura docemente
arrebatar. Há risos, pulseiras que brilham, anéis que faíscam, muita alegria: pois não há
15 mesmo nada mais divertido que uma pessoa toda coberta de sedas, plumas e flores, a lutar
com o vento maroto, irreverente e pagão.
E depois são as belas igrejas acesas, todas ornamentadas, atapetadas, como jardins
brancos de grandes ramos floridos. 
Por uma rua transversal, está chegando um carro. E dentro dele vem a noiva, que não se
20 pode ver, pois está coberta de cascatas de véus, como se viajasse dentro da Via-Láctea. Todos
param e olham, inutilmente. Ela é a misteriosa dona dessa tardezinha de sábado, que parecia
simples, apenas um pouco cinzenta, um pouco fria. E a moça que vem, com a alma cheia de
interrogações, para transformar seus dias de menina e adolescente, despreocupados e livres,
em dias compactos de deveres e responsabilidades. É uma transição de tempos, de mundos.
25 Mas os convidados a esperam felizes, e ela não terá que pensar nisso. Ela mal se lembra que é
sábado, que é o dia de seu casamento, que há padrinhos e convidados. E quando a cerimônia
chegar ao apogeu, talvez nem se lembre de quem é: separada dos acontecimentos da terra,
subitamente incorporada ao giro do Universo.
MEIRELES, Cecília. Disponível: <http://www.releituras.com/i_gemmal_cmeireles.asp>. Acesso em: 26 out. 2015. Fragmento. (P121185H6_SUP)

32) (P121188H6) No trecho “... está coberta de cascatas de véus, como se viajasse dentro da Via-Láctea.” (ℓ. 20),
qual foi o recurso estilístico utilizado?
A) Aproximação de sons.
B) Comparação de elementos.
C) Contraposição de palavras.
D) Repetição de uma expressão.
E) Suavização de uma ideia.

33) (P121187H6) No primeiro parágrafo desse texto, qual elemento da narrativa está em evidência?
A) A caracterização dos personagens.
B) A conversa entre os personagens.
C) A descrição do ambiente.
D) A passagem do tempo.
E) A presença do narrador.

34) (P121189H6) Nesse texto, no trecho “Apesar da fresquidão,...” (ℓ. 4), o termo destacado estabelece
relação de
A) comparação.
B) condição.
C) consequência.
D) finalidade.
BL02P12
E) oposição. 14
C1201

Leia novamente o texto “Tarde de sábado” para responder às questões abaixo.


35) (P121380H6) De acordo com esse texto, as mocinhas
A) agasalham a cabeça em echarpes de muitas voltas.
B) comem algodão de açúcar.
C) ensaiam os primeiros passeios como bailarinas.
D) lutam com o vento maroto.
E) usam roupas de renda e chapéus.

36) (P121379H6) Nesse texto, a expressão “a alma cheia de interrogações” (ℓ. 22-23) foi usada para
A) demonstrar decepção.
B) expressar indignação.
C) indicar espanto.
D) manifestar inquietação.
E) sugerir segredo.

Leia o texto abaixo.

As cenas futurísticas com carros voadores retratadas no desenho “Os Jetsons”, da


década de 1960, devem se tornar realidade em Tel Aviv, em Israel, em breve. Um complexo
de 500 metros para testes dos veículos suspensos por trilhos magnéticos está sendo
construído no campus da Israel Aerospace Industries (IAI).
5 A empresa responsável é a americana SkyTran, detentora da tecnologia, baseada
no centro de pesquisas da NASA, na Califórnia. Os estudos desse tipo de projeto e da
condução por indução têm sido intensificados como uma alternativa às vias congestionadas
em grandes metrópoles.
O sistema de Israel, que será um laboratório, tem previsão para entrar em funcionamento
10 no fim de 2015 e usará “cabines” que transportam até duas pessoas. Futuramente, a ideia é
construir outros complexos em diversos países, incluindo Índia, Indonésia e os Estados Unidos.
A ideia é que, após os testes, o projeto siga para uma fase de implantação comercial, em
que o usuário à espera da condução chame o veículo, usando um smartphone.
Segundo a empresa desenvolvedora, os veículos vão desenvolver velocidade média de
15 70 km/h, mas, para a etapa comercial, a SkyTran promete velocidades maiores.
Disponível em: <http://migre.me/rKZXA>. Acesso em: 8 out. 2015. (P120416H6_SUP)

37) (P120440H6) Qual é o tema desse texto?


A) A construção de um complexo para testes de veículos suspensos.
B) A utilização do celular para facilitar a contratação de serviços.
C) A velocidade média atingida pelos veículos comerciais.
D) O aumento dos estudos sobre conduções por indução.
E) O congestionamento das vias de trânsito em grandes metrópoles.

38) (P120559H6) Esse texto é


A) um artigo de opinião.
B) um editorial.
C) uma carta ao leitor.
D) uma notícia.
E) uma propaganda.

39) (P120510H6) No primeiro parágrafo desse texto, os parênteses foram usados para
A) apresentar uma sigla.
B) dar uma explicação.
C) indicar uma observação.
D) marcar uma expressão.
E) reforçar uma opinião.
BL02P12
15
C1201

ATENÇÃO!
Agora, você vai responder a questões de Matemática.

40) (M120708ES) Uma função f: [– 3, 5] → [M, K] foi representada no plano cartesiano abaixo.

Para quais valores de x essa função f é crescente?

A) – 3 < x < – 1 ou 5 < x < 5.


3

B) – 1 < x < 0 ou 5 < x < 5.


3

C) – 1 < x < 5 .
3
D) 0 < x < 5.
E) – 3 < x < 5.

41) (M100270E4) Marta comprou um terreno na forma de trapézio cujas medidas estão representadas no
desenho abaixo. Para construir um muro em torno desse terreno, ela precisa calcular o seu perímetro.

6m

4m 4m

10 m

Qual é o perímetro desse terreno?


A) 12 m
B) 20 m
C) 24 m
D) 32 m
E) 40 m

BL02M12
16
C1201

42) (M110241H6) A tabela abaixo apresenta o percentual de consumo de energia elétrica em nível nacional,
por região geográfica, no ano de 2015.

Consumo de energia elétrica em nível


nacional no ano de 2015
Região Geográfica Percentual (em %)
Norte 7
Nordeste 17
Sudeste 50
Sul 18
Centro-Oeste 8
Total 100
Disponível em: <http://www.epe.gov.br/mercado/Documents/Box%20Mercado%20de%20Energia/Consumo%20Mensal%20de%20Energia%20
El%C3%A9trica%20por%20Classe%20(regi%C3%B5es%20e%20subsistemas)%20-%202004-2016.xls>. Acesso em: 15 jul. 2016.
*Adaptado para fins didáticos.

Qual é o gráfico que se relaciona com os dados fornecidos nessa tabela?


A) Consumo de energia elétrica em B) Consumo de energia elétrica em
níveis nacionais no ano de 2015 níveis nacionais no ano de 2015
7% 7%
18%
Norte 8% Norte
17%

Nordeste Nordeste
8%
Sudeste 50% Sudeste

Sul 17% Sul

Centro-Oeste Centro-Oeste

18%
50%

C) Consumo de energia elétrica em D) Consumo de energia elétrica em


níveis nacionais no ano de 2015 níveis nacionais no ano de 2015
7% 8%
17%
8% Norte Norte

Nordeste Nordeste
18%
7%
17% Sudeste Sudeste

50%
Sul Sul

Centro-Oeste Centro-Oeste
18%
50%

E) Consumo de energia elétrica em


níveis nacionais no ano de 2015
8% 7%

Norte
17%
Nordeste
18%
Sudeste

Sul

Centro-Oeste

50%

BL02M12
17
C1201

43) (M110229H6) Um dos isótopos do iodo é o iodo 131, muito utilizado na medicina para o tratamento de
tumores na tireoide. Após uma aplicação desse iodo, a sua concentração no corpo, representada por C,
-t
decai em função do tempo t, em dias, como mostra a relação C (t) = C 0 $ 2 8 , sendo C0 correspondente à
concentração inicial do iodo 131 no organismo, que é resultante da aplicação.
Após a aplicação desse iodo, em quantos dias a concentração passará a ser 1 da concentração inicial?
4
A) 1
B) 2
C) 4
D) 16
E) 32

44) (M120333H6) Um pedestre andou 7 metros em linha reta para atravessar uma rodovia, partindo do ponto P
até o ponto Q. Em seguida, ele caminhou 4 metros, também em linha reta, do ponto Q ao ponto R. Nesse
ponto, o pedestre percebeu que seu celular havia caído e resolveu retornar ao ponto de início de sua
caminhada a fim de procurar o objeto, percorrendo, assim, a trajetória RP, conforme o esquema abaixo.

P
7m

R
Q

4m

Qual foi a distância aproximada percorrida por esse pedestre do ponto R ao ponto P, a fim de procurar o
seu celular?
A) 11,0 m
B) 8,1 m
C) 7,0 m
D) 5,7 m
E) 3,3 m

45) (M1D26I0117) As raízes de um polinômio p(x) são 0, 1 e 2.


Uma das expressões que representa esse polinômio na forma fatorada é
A) p(x) = (x – 1)(x + 2)
B) p(x) = (x – 2)(x + 1)
C) p(x) = 4(x + 2)(x – 1)
D) p(x) = x(x + 2)(x + 1)
E) p(x) = x(x – 2)(x – 1)

BL02M12
18
C1201

46) (M100422H6) Uma torneira foi aberta para completar a capacidade de uma caixa d’água de 1 000 litros
que, inicialmente, estava com 250 litros de água. A quantidade de litros que flui dessa torneira, por hora,
é constante. Ao completar a capacidade de 1 000 litros na caixa, duas horas e meia depois, essa torneira
foi fechada.
Qual é o gráfico que expressa a relação entre a quantidade de água nessa caixa e o tempo que a torneira
ficou aberta?
A) B)
1 000 1 000
Água na caixa (litros)

Água na caixa (litros)


750 750

500 500

250 250

0 2,5 Tempo decorrido (horas) 0 2,5 Tempo decorrido (horas)

C) D)
1 000 1 000
Água na caixa (litros)

750 Água na caixa (litros) 750

500 500

250 250

0 2,5 Tempo decorrido (horas) 0 2,5 Tempo decorrido (horas)

E)
1 000
Água na caixa (litros)

750

500

250

0 2,5 Tempo decorrido (horas)

47) (M120376H6) Priscila é diretora de uma escola. Ela dispõe de 500 reais para comprar livros didáticos
iguais. No momento da compra, ela tentou conseguir um desconto de 5 reais em cada unidade, o que faria
com que ela pudesse levar 5 livros a mais pelo mesmo valor total, porém nenhum desconto foi concedido.
Qual é o preço de cada livro comprado por Priscila?
A) 5 reais.
B) 20 reais.
C) 25 reais.
D) 99 reais.
E) 100 reais.

BL02M12
19
C1201

48) (M110221H6) Observe o sólido geométrico abaixo.

Vista Superior

A vista superior desse sólido está representada em


A) B)

C) D)

E)

49) (M120235H6) Os estudantes de uma escola foram entrevistados sobre suas preferências em relação
à 4 disciplinas: Geografia, História, Biologia e Matemática. Nessa entrevista, cada estudante optou
por apenas uma dessas disciplinas como a sua preferida. Constatou-se que 112 estudantes preferem
Geografia, 154 preferem História, 232 preferem Biologia e 102 estudantes preferem Matemática.
Qual é a probabilidade de um estudante escolhido ao acaso preferir Matemática?
1
A)
102
17
B)
100
17
C)
83
83
D)
100
100
E)
17
BL02M12
20
C1201

50) (M120898E4) A reta s passa pelos pontos (4, 1) e (2, 3).


Qual é a equação dessa reta s?
A) y = – x + 5
B) y = – 2x + 2
C) y = 2x + 3
D) y = 4x + 1
E) y = 6x + 4

51) (M120901E4) Uma embalagem de perfume tem o formato de um paralelepípedo reto retângulo com 2 cm
de largura, 6 cm de comprimento e 8 cm de altura.
Qual é a medida do volume dessa embalagem de perfume?
A) 16 cm3
B) 48 cm3
C) 64 cm3
D) 96 cm3
E) 152 cm3

52) (M100064C2) Observe as retas numéricas representadas abaixo que estão divididas em segmentos de
mesma medida.

I)

II)

III)

IV)

V)

Em qual dessas retas os pontos P, Q e R melhor representam a localização dos números - 7 ; 1,555... e
4
6 , respectivamente?
A) I
B) II
C) III
D) IV
E) V

BL02M12
21
C1201

SAEPE - 2017
QUESTIONÁRIO DOS ESTUDANTES

Prezado(a) estudante, este questionário busca conhecer melhor você e sua escola. As respostas fornecidas são
importantes para compreendermos melhor sua realidade. Suas respostas são muito importantes para nós!

INSTRUÇÕES:

» O questionário não dura mais do que 20 minutos.


» Responda após ler atentamente as perguntas.
» Assinale apenas UMA ALTERNATIVA POR QUESTÃO!
» Não existem respostas certas ou erradas, assinale a alternativa que mais condiz com a sua realidade.

PRIMEIRO, GOSTARÍAMOS DE SABER UM POUCO MAIS SOBRE VOCÊ E SUA CASA (O LUGAR ONDE VOCÊ MORA).

1. Qual é o seu sexo? 4. Em que mês você faz aniversário?


A Masculino. A Janeiro.
B Feminino. B Fevereiro.
C Março.
2. De acordo com as categorias do IBGE, como você se
D Abril.
considera?
E Maio.
A Branco(a).
F Junho.
B Pardo(a).
G Julho.
C Preto(a).
H Agosto.
D Amarelo(a).
I Setembro.
E Indígena.
J Outubro.
3. Qual é a sua idade? K Novembro.
A 7 anos ou menos. L Dezembro.
B 8 anos.
5. Até que série/ano sua mãe ou a responsável por você
C 9 anos.
estudou?
D 10 anos.
A Nunca estudou ou não completou a 4ª série/5° ano do
E 11 anos.
ensino fundamental (antigo primário).
F 12 anos.
B Completou a 4ª série/5° ano, mas não completou a 8ª
G 13 anos. série/9° ano do ensino fundamental (antigo ginásio).
H 14 anos. C Completou a 8ª série/9° ano, mas não completou o
I 15 anos. ensino médio (antigo 2º grau).
J 16 anos. D Completou o ensino médio, mas não completou a
K 17 anos. faculdade.

L 18 anos. E Completou a faculdade.


M 19 anos. F Não sei.
N 20 anos ou mais.

22
C1201

6. Até que série/ano seu pai ou o responsável por você 10. Atualmente você trabalha fora de casa (recebendo
estudou? ou não salário)?
A Nunca estudou ou não completou a 4ª série/5° ano do A Não.
ensino fundamental (antigo primário).
B Sim
B Completou a 4ª série/5° ano, mas não completou a 8ª
série/9° ano do ensino fundamental (antigo ginásio). 11. A rua onde você mora é asfaltada ou tem
C Completou a 8ª série/9° ano, mas não completou o calçamento?
ensino médio (antigo 2º grau). A Não.
D Completou o ensino médio, mas não completou a B Sim.
faculdade.
12. A rua onde você mora tem coleta de lixo?
E Completou a faculdade.
A Não.
F Não sei.
B Sim.
7. Seus pais ou responsáveis incentivam você a
estudar? 13. Alguém que mora com você recebe bolsa família?

A Não. A Não.
B Sim.
B Sim
14. Você tem acesso à internet na sua casa?
8. Seus pais ou responsáveis incentivam você a ir à
escola e/ou não faltar às aulas?
A Não.
A Não. B Sim.

B Sim 15. Incluindo você, quantas pessoas vivem atualmente


em sua casa?
9. Em dias de aula, quanto tempo você gasta fazendo
A Uma, pois moro sozinho(a).
trabalhos domésticos (ex.: lavando louça, limpando o
B Duas.
quintal etc.)?
C Três.
A Menos de uma hora.
D Quatro.
B Entre uma e duas horas.
E Cinco.
C Mais de duas horas, até três horas.
F Seis pessoas ou mais.
D Mais de três horas.

E Não faço trabalhos domésticos.

Dois ou
Sobre a casa onde você mora, por favor, responda as questões a seguir. Nenhum. Um.
mais.
16. Quantos banheiros existem na sua casa? A B C
17. Quantas geladeiras existem na sua casa? A B C
18. Quantos quartos de dormir existem na sua casa? A B C
19. Quantas máquinas de lavar roupa existem na sua casa? A B C
20. Quantos micro-ondas existem na sua casa? A B C
21. Quantos ares-condicionados existem na sua casa? A B C
22. Quantos automóveis (carros) existem na sua casa? A B C
23. Quantos smartphones existem na sua casa? A B C
24. Quantos computadores (notebook etc.) existem na sua casa? A B C
25. Quantos videogames (Xbox, PS4 etc.) existem na sua casa? A B C

23
C1201

26. Quantos dicionários existem na sua casa? 28. Sem considerar livros escolares, jornais e revistas,
A Nenhum. quantos livros existem na sua casa?
B Um, de língua portuguesa ou bilíngue. A Não existem livros na minha casa.
C Dois ou mais, de língua portuguesa ou bilíngues. B O bastante para encher uma prateleira (1 a 10 livros).
C O bastante para encher duas prateleiras (11 a 20 livros).
27. O que você faz nas férias?
D O bastante para encher uma estante (21 a 50 livros).
A Fico em casa.
E O bastante para encher duas estantes (51 a 100 livros).
B Passeio na própria cidade.
F O bastante para encher várias estantes (mais de 100
C Viajo com a família ou amigos.
livros).

AGORA, GOSTARÍAMOS DE SABER UM POUCO MAIS SOBRE SUA TRAJETÓRIA ESCOLAR.

29. Quando você frequentou a escola pela primeira vez? 34. Eu vou conseguir entrar na faculdade.
A Na creche (0 a 3 anos). A Discordo totalmente.
B Na pré-escola (4 a 5 anos). B Discordo.
C No 1º ano (ou 1ª série) do ensino fundamental (6 a 7 C Concordo.
anos). D Concordo totalmente.
D Depois do 1º ano do ensino fundamental (8 anos ou
mais). 35. Eu vou conseguir um bom emprego.
A Discordo totalmente.
30. A partir do 1º ano do ensino fundamental, em que
B Discordo.
tipo de escola você estudou?
C Concordo.
A Somente em escola pública.
D Concordo totalmente.
B Somente em escola particular.
C Em escola pública e em escola particular. 36. Na minha escola, temos aulas extras (de português,
de matemática etc.).
31. Você já foi reprovado?
A Discordo totalmente.
A Não.
B Discordo.
B Sim, uma vez.
C Concordo.
C Sim, duas vezes ou mais.
D Concordo totalmente.
32. Você já abandonou a escola durante o período de
37. Eu utilizo a biblioteca ou sala de leitura da minha
aulas e ficou fora da escola o resto do ano?
escola.
A Não.
A Discordo totalmente.
B Sim, uma vez.
B Discordo.
C Sim, duas vezes ou mais
C Concordo.
33. Eu vou conseguir concluir o ensino médio sem D Concordo totalmente.
dificuldades.
38. Na minha escola, o(a) diretor(a) e os professores
A Discordo totalmente.
deixam claro que estamos na escola para aprender.
B Discordo.
A Discordo totalmente.
C Concordo.
B Discordo.
D Concordo totalmente.
C Concordo.
D Concordo totalmente.

24
C1201

39. Na minha escola, os estudantes se relacionam bem 45. Meus professores utilizam diferentes recursos para
uns com os outros. apresentar a matéria (vídeo, música, computador
A Discordo totalmente. etc.).
B Discordo. A Discordo totalmente.
C Concordo. B Discordo.
D Concordo totalmente. C Concordo.
D Concordo totalmente.
40. Os adultos desta escola tratam os estudantes com
respeito. 46. Meus professores corrigem o dever de casa em sala
A Discordo totalmente. de aula com os estudantes.
B Discordo. A Discordo totalmente.
C Concordo. B Discordo.
D Concordo totalmente. C Concordo.
D Concordo totalmente.
41. Na minha escola as pessoas se relacionam bem.
A Discordo totalmente. 47. Meus professores revisam a matéria para as provas.
B Discordo. A Discordo totalmente.
C Concordo. B Discordo.
D Concordo totalmente. C Concordo.
D Concordo totalmente.
42. Sinto-me seguro dentro da escola.
A Discordo totalmente. 48. Meus professores faltam muito às aulas.
B Discordo. A Discordo totalmente.
C Concordo. B Discordo.
C Concordo.
D Concordo totalmente.
D Concordo totalmente.
43. Na minha escola, muitos estudantes ficam do lado
de fora da sala de aula fazendo barulho. 49. Meus professores corrigem os exercícios que passam
em sala de aula com os estudantes.
A Discordo totalmente.
A Discordo totalmente.
B Discordo.
B Discordo.
C Concordo.
C Concordo.
D Concordo totalmente.
D Concordo totalmente.
44. Sinto que já recebi punição diferente de meus
colegas na minha escola. 50. É fácil conversar com meus professores e esclarecer
minhas dúvidas.
A Discordo totalmente.
A Discordo totalmente.
B Discordo.
B Discordo.
C Concordo.
C Concordo.
D Concordo totalmente.
D Concordo totalmente.

51. Meus professores gastam pouco tempo fazendo a


chamada.
A Discordo totalmente.
B Discordo.
C Concordo.
D Concordo totalmente.

Agradecemos sua participação!

25