Você está na página 1de 2

Curso de Psicologia

Disciplina: Psicodiagnóstico e Avaliação Psicológica.

DANILO RONCI

Ficha de Instrumento de Avaliação Psicológica

Área de Avaliação (tipo de medida): Depressão, Ansiedade, Desesperança e


Ideação Suicida

Nome do Instrumento: Escalas de Beck

Autor: Aaron T. Beck e colegas do Center for CognitiveTherapy (CCT) da


Universidade da Pensilvânia, Estados Unidos.

Objetivo: Composto por quatro inventários, utilizados para avaliar possíveis


casos depressão, ansiedade, desesperança e/ou ideação suicida. O BDI mede
a intensidade da depressão, e o BAI, a intensidade da ansiedade. A BHS é uma
medida de pessimismo e oferece indícios sugestivos de risco de suicídio em
sujeitos deprimidos ou que tenham história de tentativa de suicídio. A BSI
detecta a presença de ideação suicida, mede a extensão da motivação e
planejamento de um comportamento suicida.

Material:1 Manual, 5 protocolos de cada escala (BDI, BAI, BHS e BSI) e 1 crivo
de correção.

Informações técnicas:Trata-se de um instrumento internacional, traduzido e


adaptado para o para o português, é composto por quatro escalase cada uma
possui especificidades que possibilitam avaliar em que grau se encontra a
ansiedade, depressão, desesperança e ideação suicida no sujeito. O BDI
possui 21 itens, sendo eles: Tristeza, pessimismo, sentimento de fracasso,
insatisfação, culpa, punição, auto aversão, auto acusação, ideias suicidas,
choro irritabilidade, retraimento social, indecisão, mudança na auto imagem,
dificuldade de trabalhar, insônia, fatigabilidade, perda de apetite, perda de
peso, perda da libido e preocupações somáticas; O BAI também possui 21
itens que são: Dormência, sensação de calor, de desmaio, tremulações,
tremores nas pernas, nas mãos, incapaz de relaxar, medo que aconteça o pior,
de perder o controle, de morrer, atordoado ou tonto, palpitação acelerada do
coração, sem equilíbrio, assustado, aterrorizado, nervoso, sensação de
sufocação, dificuldade de respirar, indigestão ou desconforto no abdômen,
rosto afogueado e suor (mas não de calor). Estes podem ser classificados
como 1 – Absolutamente não, 2 – Levemente: não me incomodou muito, 3 –
Foi muito desagradável, mas pude suportar e 4 – Gravemente: Dificilmente
pude suportar; No BHS são 20 itens e seja uma resposta positiva ou negativa,
esta deve ser avaliada, enquanto que a última escala, o BSI possui hoje 20
itens, sendo de 1 a 5 itens de triagem e do 6 ao 20 itens de planos e atitudes
de ideação suicida subjacente.
População a que se destina:A Escalas de Beck, conforme os manuais, são
indicadas para sujeitos entre 17 e 80 anos de idade e todos são indicados para
pacientes psiquiátricos ou não.

Forma de aplicação: Individual e em grupo. Não oferecendo dificuldades


específicas, desde que o examinador se familiarize previamente com seu
conteúdo e siga estritamente as instruções para cada escala. E de extrema
importância verificar se respostas estão adequadamente assinaladas.

Tempo de aplicação:Aproximadamente de 5 a 10 minutos quando a aplicação


é auto-administrativa, cerca de 15 minutos para a aplicação oral, podendo
chegar a 30 minutos em casos de pacientes muito obsessivos. Podendo variar
de escala para escala.

Indicação (aplicabilidade):
- Escala BDI => Pesquisa e clínica com pacientes não psiquiátricos e para
população geral;
- Escala BHS => Pesquisa e clínica com pacientes não psiquiátricos e para
população geral, mas satisfatório em sujeito com patologia;
- Escala BAI =>As referências são da população geral, porém Beck, sugere
que falta subsídios mais sólidos sobre a interpretação clínica correspondente
aos diferentes níveis de intensidade da ansiedade.
- Escala BSI => Foi desenvolvido em amostras de pacientes psiquiátricos, em
geral adultos.

Fonte de consulta:CUNHA, Jurema Alcides.Manual da versão em português


das Escalas Beck. 1ed. São Paulo. Casa do Psicólogo, 2001.

Observações: teste aprovado pelo CFP.

Data de elaboração da ficha:Nov/2014.