Você está na página 1de 9

E. E.

ADELAIDE PATROCÍNIO DOS SANTOS – 2019

FORMAÇÃO PEDAGÓGICA: SEMANA DE 04/02 a 08/02 de 2019

PAUTA

1. Apresentação da Equipe Gestora


2. Organização da escola no PEI
3. Vídeo: Gestão da Mudança
4. Dinâmica: Painel de Relacionamentos Profissionais
5. Apresentação do PEI
a. Missão
b. Visão
c. Valores
d. Princípios
e. Premissas
6. Perfil Comportamental da Equipe Escolar
7. Projeto de Vida: objetivo do PEI
8. Ferramentas do PEI (Resolução 52/2014
9. Parte Diversificada: objetivo das disciplinas
10. Ciclo PDCA: importância e metodologia
11. Dinâmica: Roda da Vida (modelo de aula PV/MT)
12. Documentos do PEI:
a. Plano de Ação
b. Programa de Ação
c. Guia de Aprendizagem
d. Agendas|: SEE, UE e Bimestral
e. Plano de Aula
f. PIAF
13. Protagonismo Juvenil: Degraus da Ação Protagonista
14. Modelo de aula embasado na Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP)
15. Sequencias Didáticas: ABP
a. Como se faz um cubo – planificações
b. Mistério das Águas
c. Contagem de Populações
16. Como se aprende: dimensões do conteúdo (C. Coll e A. Zaballa)
17. A pirâmide do aprendizado (E. Dale)
18. Orientação de Estudos: o ensinar a aprender
a. Técnica do Mapa Conceitual: Texto “Práticas e Vivências” de Antônio Carlos Gomes da Costa
19. Plano de Ação: apresentação do MMR de 2018; confecção das metas coletivas para fluxo e
aprendizagem.
20. Procedimentos Passo a Passo: importância dos manuais de execução.
21. Guias de Aprendizagem: confecção do documento de acordo com o Currículo do Estado de SP.
22. Plano de Aula: confecção e socialização dos Planos referentes a próxima semana;
PRESENTES:
E. E. ADELAIDE PATROCÍNIO DOS SANTOS – 2019

ATPCG – 15/02/2019

PAUTA

1. Sensibilização: “Assassinato no Mar” – importância da compreensão leitora


2. Eleição dos doentes para o Conselho de Escola (08 docentes)
3. Associação de Pais e Mestres: determinação das funções (12 docentes)
4. Professor Coordenador de Área de Ciências da Natureza e Matemática: escolha e atribuições.
5. Documentos do PEI: caminho para acesso (Intranet – CGEB - Ensino Integral – Biblioteca)
6. Tutoria Pessoal: sistematização do horário concomitante com o horário do almoço
7. Tutor Acadêmico: funções e importância
8. Plano de Aula: importância da sua confecção antes da execução da aula (semana 02)
9. Guias de Aprendizagem: entrega até 22 de fevereiro
10. SARESP 2018: análise do boletim
11. Formação: Programa de Ação – exemplo, matriz e PPPs

OBSERVAÇÕES / DÚVIDAS / SUGESTÕES:

PRESENTES:
E. E. ADELAIDE PATROCÍNIO DOS SANTOS – 2019

ATPCG – 18/02/2019

PAUTA

1. Texto reflexivo: “Assassinato no mar” – importância da leitura


2. Reuniões de Alinhamento:
a. Preparação Acadêmica – 6ª aula segunda-feira
b. Projeto de Vida – 7ª aula segunda-feira
c. Orientação de Estudos – 1ª aula sexta-feira
d. Mundo do Trabalho – 3ª aula sexta-feira
e. Protagonismo Juvenil – 6ª aula sexta-feira
3. Reunião de Área:
a. Códigos e Linguagens – 1ª e 2ª aulas de quinta-feira
b. Ciências Humanas – 4ª e 5ª aulas de quinta-feira
c. Ciências da Natureza – 8ª e 9ª aulas de quinta-feira
4. Disciplina Eletiva: importância dentro do PEI
5. Exemplo de propostas: varal do sonhos – 6ª e 7ª aulas de quarta-feira
6. Alinhamento de propostas: 07 eletivas (2 para 6º e 7º ano – 2 para 8º e 9º ano – 03 para Ensino Médio)
7. Elaboração dos Planos de Eletiva (duplas)

OBSERVAÇÕES / DÚVIDAS / SUGESTÕES:

PRESENTES:
E. E. ADELAIDE PATROCÍNIO DOS SANTOS – 2019

ATPCG – 26/02/2019

PAUTA

1. Vídeo de abertura: “O salto na tigela” – Importância do professor


2. Eletivas: socialização do varal dos sonhos e pesquisa de assuntos.
3. Habilidades socioemocionais: Instituto Ayrton Senna.
4. Tempestade de Ideias: formação de duplas e apresentação de propostas.
5. Professor Coordenador de Área de Códigos e Linguagens: escolha e atribuições.
6. Escola da Família: apresentação do programa e cronograma de atividades.

OBSERVAÇÕES / DÚVIDAS / SUGESTÕES:

PRESENTES:
E. E. ADELAIDE PATROCÍNIO DOS SANTOS – 2019

ATPCG – 12/03/2019

PAUTA

1. Apresentação das metas indicadas no Planejamento 2019.


2. Atividade 5: Organização do ano letivo
3. Entrega dos diários de classe para registro da frequência
4. AAP: aplicação até final de março
5. Programa de Ação: início da confecção do documento
6. Entrega das pastas e cadernos para registro das ações de formação individual, de acordo com as metas do
Plano de Ação
7. Reflexão individual: Avaliação e sua importância

OBSERVAÇÕES / DÚVIDAS / SUGESTÕES:

PRESENTES:
E. E. ADELAIDE PATROCÍNIO DOS SANTOS – 2019

ATPCG – 19/03/2019

PAUTA

O gênero humano está perdendo a fé


na narrativa liberal que dominou a política global
em décadas recentes, justamente quando a fusão
da biotecnologia com a tecnologia da informação
nos coloca diante das maiores mudanças
com que o gênero humano já se deparou.
Yuval Noah Harari

TEMA: Conflitos na Escola - Modos de Transformar

JUSTIFICATIVA: após a tragédia em Suzano, tornou-se uma questão ética e moral para a unidade escolar
propor uma reflexão sobre o combate aos conflitos, contemplando um dos princípios do PEI, os Quatro Pilares,
validando o Pilar Conviver.

OBJETIVOS:
 Valorizar a prevenção ao conflito no ambiente escolar, apontada na I Assembleia Escolar;
 Fazer com que o grupo de participantes experimente autocrítica e a solidariedade;
 Ter a oportunidade de desenvolver atenção, concentração; aprender a argumentar e a vivenciar
situações-problema que tenha a negociação como solução.
 Compreender o potencial positivo do conflito, identificando as formas de lidar com estes para que
representem oportunidades de crescimento.

ESTRATÉGIAS:
 ATIVIDADE 1: Leitura do depoimento presente no livro “Manual Antibullying para Alunos, Pais e
Professores” de Gustavo Teixeira. Socialização sobre o sentimento despertado pelo texto.
 ATIVIDADE 2: Definição do que é conflito. Escolha e socialização das frases que descrevem o conflito
em vários contextos temporais.
 ATIVIDADE 3: Como identificar o discurso de ódio no ambiente escolar? Dinâmica de representação,
onde uma dupla de professores demonstra uma situação de conflito e uma proposta de intervenção
(Revista Nova Escola)
 ATIVIDADE 4: Organização da sala de aula. Definir as possíveis disposições físicas da sala de aula e as
respectivas melhorias pedagógicas destas.
 ATIVIDADE 5: Apontamento de alunos para iniciar a Justiça Restaurativa (Cultura da Paz) com a
mediação escolar.
 ATIVIDADE 6: Trecho do filme “Quem somos nós” sobre a energia da água e das palavras.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
ABRAMO, H. W. e BRANCO, P. P. M. (Orgs.). Retratos da juventude brasileira – Análise de uma pesquisa
nacional. São Paulo: Instituto Cidadania; Fundação Perseu Abramo, 2004.
ABRAMOVAY, M. Violência nas escolas. Brasília: Unesco, 2002.
TEIXEIRA, Gustavo. Manual Antibullying para alunos, pais e professores. Rio de Janeiro: Ed. Best Seller, 2010
Revista Gestão Escolar : https://gestaoescolar.org.br/guias/199/bullying
E. E. ADELAIDE PATROCÍNIO DOS SANTOS – 2019

ATPCG – 26/03/2019

PAUTA

Evoluir é como amar... quem erra, aprende, quem acerta, ensina.


Gutto Carrer Lima

TEMA: Nivelamento

JUSTIFICATIVA: após as ações de diagnóstico inicial realizadas na unidade escolar, bem como os dados da
plataforma Foco Aprendizagem, tornou-se necessário a implementação do processo de Nivelamento, o qual
visa reconhecer o problema das defasagens de conhecimento dos alunos entre anos/séries e, ao mesmo
tempo, indicar estratégias para compreendê-las e superá-las, o que contempla a premissa do protagonismo
juvenil.

OBJETIVOS:
 possibilitar o entendimento da concepção de avaliação da aprendizagem e do processo de
nivelamento;
 oferecer uma visão geral dos diferentes procedimentos do processo de nivelamento e das
responsabilidades dos atores envolvidos;
 Proporcionar um aumento qualitativo no conhecimento do aluno em relação ao ensino básico da
Língua Portuguesa e da Matemática.
 Desenvolver as habilidades em leitura, interpretação de texto e operações matemáticas.
 Ampliar o prazer pela leitura e pela matemática.
 Apreciar diversos tipos de textos através de um trabalho integrado e interdisciplinar.
 Provocar uma modificação da atitude do aluno em relação ao processo de ensino e aprendizagem,
isto é, o autodidatismo;

ESTRATÉGIAS:
 ATIVIDADE 1: Texto para sensibilização: “Sabor do Saber” – Rubens Alves.
 ATIVIDADE 2: Vídeo “Plano de Ação”.
 ATIVIDADE 3: Apresentação do processo de Nivelamento.
 ATIVIDADE 4: Apresentação das Habilidades de Língua Portuguesa e Matemática pelas PCAs.
 ATIVIDADE 5: AAP (ADE) – datas de aplicação e a importância da ADE para confecção do PAN.
 ATIVIDADE 5: Vídeo sobre Tutoria (EFAP) – Vice-diretora
 ATIVIDADE 6: Apresentação sobre Tutoria – processo de escolha do Tutor Pessoal.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
 Procedimento Passo a Passo: nivelamento. Programa Ensino Integral. São Paulo: Secretaria da
Educação, 2014b.
 Tutorial sobre o processo de nivelamento. São Paulo: Secretaria da Educação, 2014c.
E. E. ADELAIDE PATROCÍNIO DOS SANTOS – 2019

ATPCG – 02/04/2019

PAUTA

"O aluno deve dizer sem medo de ser punido o que sabe e o que não sabe.
Se ele percebe que não há punição nem exclusão,
mas um processo de melhoria, vai pedir para se avaliar"
Janssen Felipe da Silva.

TEMA: Avaliação Bimestral

PRINCÍPIOS: Os Quatro Pilares da Educação e Protagonismo Juvenil

PREMISSAS: Corresponsabilidade, Protagonismo e Excelência em Gestão

CONTEÚDO: Avaliação de Área e Provão Bimestral

JUSTIFICATIVA: O acompanhamento do processo de avaliação implica favorecer o desenvolvimento do aluno,


orientá-lo nas tarefas, oferecer-lhe novas leituras ou explicações, sugerir-lhe investigações, proporcionar-lhe
vivências enriquecedoras e favorecedoras à sua ampliação do saber.

OBJETIVOS:
 Diagnosticar a situação de aprendizagem de cada aluno;
 Auxiliar o educando no seu desenvolvimento pessoal;
 Fornecer suporte ao educando no seu processo de assimilação dos conteúdos e no seu processo de
constituição de si mesmo como sujeito existencial e como cidadão.

ESTRATÉGIAS:
 ATIVIDADE 1: Texto: “Avanços nas concepções e práticas da avaliação” de J. Hoffmann
 ATIVIDADE 2: Confecção das questões das Provas de Área (divisão por área);
 ATIVIDADE 3: Confecção das questões do Provão Bimestral (divisão por área);
 ATIVIDADE 4: Cronogramas das Provas (sugestão):
 Prova de Área: semana de 08 até 12 de abril
 Provão Bimestral: 18/04/19
 ATIVIDADE 5: Definição dos professores aplicadores da Prova de Área
 ATIVIDADE 6: Correção da ADE
 ATIVIDADE 7: Orientações sobre as ausências no PEI (Eliane)

REFERÊNCIAS:
HOFFMANN, Jussara. Avaliando redações : metodologias e instrumentos de avaliação. 2. ed. Porto Alegre:
Mediação, 2013.
______. Avaliar : respeitar primeiro, educar depois. 4. ed. Porto Alegre: Mediação, 2013b.
______. Avaliação mito e desafio : uma perspectiva 44. ed. Porto Alegre: Mediação, 2014a.