Você está na página 1de 162

•••


'.

.••
'

••
''..
'.
''..
'.
te

••

••

••
AUTO-SUFICIÊNCIA BÁSICA

••
••

••
!•

••
c•


••
••
••
••
••

••
••
(.••
••
••
••

••
••

.1

.1
.1

••

••














••
.








Copyright @ 1982, 1989 •
A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias •
Todos os Direitos Reservados

Impresso no Brasil

BASIC SELF-RELlANCE •
Traduzido para o Português em 1990 •
Nossos agradecimentos a David Werner, por nos
••
conceder o direito de utilizar informação de seu livro
Where There Is No Doctor, publicado pela •
Fundação Hesperian.

Publicado por •
A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Salt Lake City, Utah


••
llt J
íNDICE

PREFAcIO iv
DIRETRIZES ADMINISTRATIVAS v
Comitê de Bem-Estar da Ala v
O Professor da Classe vi
Mestres Familiares e Professoras Visitantes vi
Participantes vi
UNIDADE 1: PREVENÇÃO DE DOENÇAS 1
1. Como Melhorar a Saúde Física 3

'•. 2. Purificação
3. Preparação
da Água no Lar
de Alimentos
9
17

'•.
4. Imunizações 21
5. Doenças e os Excrementos Humanos 27
6. Tratamento de Vermes Parasitários

'••.
33
UNIDADE 2: NUTRiÇÃO 41
1. Necessidade de uma Boa Alimentação 43
2. Redução do Orçamento Alimentar 49

• 3. Nutrição para Mulheres 55

'••. 4. Nutrição para Bebês


. 5. Armazenamento de Alimentos e Nutrição
UNIDADE 3: HIGIENE E LIMPEZA
59
67
73

•• 1. Como Manter o Corpo Asseado


2. O Cuidado com os Dentes
3. Limpeza na Cozinha
75
79
87

•••
4. Limpeza no Lar 93
5. Como Lavar e Desinfetar Roupas 97

''.. UNIDADE 4: CUIDADOS COM A SAÚDE NO LAR


1. Como Supri~ os Cuidados Pessoais de Saúde
103
105

''..
2. Como Combater Febre, Disenteria e Desidratação 109
3. Como Tratar de Ferimentos e Cortes 113
4. Cuidados Gerais com a Pele 117
5. Tratamento de Queimaduras 121
UNIDADE 5: HORTICULTURA 125
1. Como Planejar uma Horta 127
2. Fertilizantes e Adubo Composto 135
3. Sementes e Mudas 141
4. Preparação do Solo e Plantio da Horta 145
5. Manutenção da Horta 149

iii



••


PREFÁCIO •
••
••

As lições do Auto-Suficiência Básica ensinam aos membros da
Igreja métodos específicos de melhorar a saúde e o bem-estar
físico. Cuidando de suas necessidades físicas, eles tornam-se , ,
••
mais aptos a suprir as necessidades espirituais. O Presidente
Joseph F. Smith declarou: '.•
"Deveis continuar tendo em mente que as coisas temporais e

espirituais são ligadas. Elas não são separadas. Uma não pode
ser desenvolvida sem a outra, enquanto estivermos aqui na
mortalidade ...
.•• ' .:A ( ).., I 1 ~ •.. j. -, ;I ••
Os santos dos últimos dias não acreditam apenas no evangelho •
da salvação espiritual, mas também no evangelho da salvação
temporal." (Doutrina do Evangelho, p. 187.) ••
Estas lições destinam-se a regiões do mundo que estão em
desenvolvimento. Elas podem ser aplicadas nas estacas ou
••
missões, com autorização da Presidência de Área. Nos lugares
onde as organizações da Igreja não estão formalmente
estabelecidas, as lições podem ser usadas pelas pessoas ou
••
famílias como recurso para instrução pessoal.

Observação: O termo ala refere-se também a ramo, e bispo a


••
presidente de ramo.

...•..... ~ •


, ; -.



••
H' ~"1





, •
~..' '


••



iv
•.-
I.i.
• DIRETRIZES ADMINISTRATIVAS

Comitê de Bem-Estar da Ala

Cabe ao bispo orientar o ensino das lições de Auto-Suficiência


Básica na ala. O comitê de bem-estar deve proceder da
seguinte maneira:

1. Decidir que lições ensinar.

O comitê escolhe unidades e lições que melhor atendam às


necessidades dos membros da ala. Se preferir, podem ser
ensinadas as cinco unidades em seqüência, ou somente
determinadas unidades ou, lições. Recomendamos que as
lições da "Unidade 1: Prevenção de Doenças" sejam dadas
antes das demais. As outras unidades ou lições podem ser
apresentadas na ordem que o comitê preferir.

2. Providenciar que os membros recebam as lições em


grupos.

As lições são mais eficazes quando apresentadas a grupos


de dez a quinze pessoas O bispo chama os membros a
participarem da classe. Os membros recém-batizados
geralmente são bastante receptivos a estas lições. É
sugerido que sempre que possível, os casais assistam
juntos às aulas.

3. Determinar quando, onde e como as lições serão dadas.

O comitê deverá decidir quando e como serão dadas as


aulas. Elas podem ser apresentadas no domingo ou durante
a semana, na igreja ou na casa de um membro. A primeira
lição de cada unidade mostra o panorama espiritual
daquele grupo de lições. Um bom método seria dar a
primeira lição de cada unidade na capela, na Escola
Dominical, e as outras em outro dia da semana.

4. Informar os mestres familiares e professoras visitantes


sobre os membros que estão recebendo as lições.

'.
I•
Os mestres familiares e professoras visitantes devem
incentivar ou ajudar os membros, quando necessário, ao
visitarem regularmente as famílias.

• 5. Chamar os professores de classe .



••'.
Os líderes do sacerdócio ou da Sociedade de Socorro
devem sugerir nomes de membros para serem professores
de classe. O bispo deve fazer um chamado formal.

;.
v



••

O bispo pode escolher um membro do comitê de bem-estar

da ala para ser o responsável pelo treinamento em Auto-
-Suficiência Básica. Esta pessoa deve: •

1. Treinar os professores de classe, mestres familiares ou
professoras visitantes.
2. Manter registro dos treinamentos efetuados.
••
3. Relatar o progresso na reunião do comitê de bem-estar da •
ala.
4. Dar um reconhecimento aos alunos que completaram todo

••
ou parte do treinamento. Isto pode ser feito por meio de

'••.
certificados ou numa cerimônia de formatura.

o Professor da Classe
O professor da classe deve:


1. Preparar-se para a lição.

Cada lição contém uma seção intitulada "Preparação da
Lição", que descreve o que o professor precisa fazer antes •
da aula. Algumas coisas precisam ser preparadas com
antecedência. O professor talvez precise visitar alguns
orgãos da comunidade, ou obter materiais especiais para
••
serem usados nas aulas.
••
2. Ensinar a lição.
A seção intitulada "Apresentação da Lição" contém as
idéias principais da lição, e instruções ao professor na
••
coluna direita. Ele deve adaptar as lições às condições
locais. Por exemplo, numa lição sobre nutrição, deve-se •
usar os nomes dos alimentos encontrados em sua região. •
3. Fazer designações aos participantes.

No final de cada lição há uma folha de trabalho para o
participante, que alista as idéias principais da lição e dá •
designações aos alunos, a serem cumpridas com a família
durante a semana. Se possível, o professor fará cópias das
folhas e as entregará a cada pessoa ou casal, ou poderá
••
escrever a informação no quadro-negro, para serem

copiadas pelos participantes. O professor deve explicar as
designações e responder às perguntas. •

Mestres Familiares e Professoras Visitantes

Os mestres familiares ou professoras visitantes devem
entender muito bem o conteúdo geral das lições, e incentivar
e ajudar os participantes e suas famílias nas atividades
'••.
'••.
designadas.

Participantes
Os participantes do curso de Auto-Suficiência Básica devem
assistir às aulas, completar as designações de atividades da
família, e fazer um registro de saúde da família.
".•

vi


I•.
• UNIDADE 1: PREVENÇÃO DE DOENÇAS

í.
(e

'I.
i•


! '•.
i•

:.I.
i•

i

(•


'.
' •


I;:
i.:.
" .
••

(.''..
i.
li•



'•.
r•

i.
I•

••


••


••
••

••


'
..
••
'


••
••
•.

'


•I.•
UNIDADE 1: PREVENÇÃO DE DOENÇAS

Lição 1:

COMO MELHORAR A SAÚDE FíSICA

Objetivo

Mostrar aos participantes que eles podem melhorar sua saúde


física.

Preparação da Lição

Prepare o seguinte antes da aula:

1. Faça três cartazes mostrando as doenças e os problemas


de saúde que podem ser prevenidos. (Veja o material
suplementar no final da lição.)

2. Obtenha cadernos ou pastas com folhas em branco, que


serão usados pelos alunos para fazer registros familiares.

Materiais de referência para esta unidade:

1. Manual Básico da Mulher SUO, Parte A, lição 24,


"Prevenção de Doenças".

2. Deveres e Bênçãos do Sacerdócio: Manual Básico dos


Portadores do SacerdóCio, Parte B, lição 24, "Como Manter
Boa.Saúde Física".

Apresentação da Lição'

1. O Senhor quer que sejamos fortes e saudáveis. Peça a um participante que leia 2 Néfi
~~ "
O Senhor nos colocou na terra para que tenhamos alegria.
Ele sabe que isso será mais fácil se formos fortes e
saudáveis. Ele espera que sejamos sábios e façamos o
possível para permanecer sadios. O Presidente Brigham
Young ensinou:

"Procuremos portanto, ampliar ao máximo a vida presente,


observando todas as leis de saúde, preparando-nos para

3

••
••

uma vida melhor através do correto equilíbrio entre o

''•..
estudo, repouso e recreação." (Discursos de Brigham
Young, p. 186.)

o Senhor nos revelou a lei de saúde conhecidacomo


Palavra de Sabedoria, e prometeu que teremos boa saúde
se seguirmos as suas leis. Ele disse:

"E todos os santos que se lembrarem e guardarem e •
fizerem estas coisas, obedecendo aos mandamentos,

receberão saúde .para o seu umbigo e medulas para os

'••.
seus ossos." (D&C 89:18.)

2. Podemos prevenir muitos problemas de saúde na família.

As pessoas geralmente são felizes e produtivas quando


gozam de boa saúde. No mundo, entretanto, há pessoas
que sofrem desnecessariamente de enfermidades que
poderiam ser evitadas, ou facilmente corrigidas.
••
Uma maneira de prevenir doenças é ter cuidado com o que
comemos e bebemos. As doenças mais comuns do
Mostre o cartaz alistando as doenças e
problemas de saúde causados por
••
estômago e intestinos são causadas por alimentos ou água alimentos ou água impuros~ Pergunte
aos participantes se eles ou qualquer
impuros. O .alimento e água impuros podem provocar membro de suas familias tiveram
disenteria e febre, e problemas mais graves. algum desses problemas."

Muitas doenças e problemas de saúde podem ser Mostre o cartaz alistando as doenças
que podem ser evitadas pela
facilmente evitados. Os cientistas desenvolveram imunização. Pergunte aos participantes
imunizações que previnem enfermidades. se conhecem alguém que teve uma
dessas doenças.

Mostre o cartaz alistando as doenças e


Outros problemas graves de saúde podem ser provocados problemas de saúde causados pela má
por alimentação insuficiente, ou por falta do alimento certo. alimentação.

Existem meios de prevenir as enfermidades e problemas de


saúde mostrados nos três cartazes. As lições de Auto-
-Suficiência Básica informam como consegui-lo.

4
3. Podemos aprender a resolver muitos problemas de saúde
da família.

Além de aprender a prevenir enfermidades, precisamos


aprender a resolver os problemas de saúde e cuidar de
doentes. Alguns problemas de saúde podem ser facilmente
tratados no lar pela família, e outros exigem o cuidado de
um médico ou de outros profissionais. É importante
identificar os problemas de saúde e obter o melhor
tratamento possível para si e seus familiares.

As lições do Auto.Suficiência Básica contêm informações


que o ajudarão a saber reSolver os problemas de saúde. O
aluno aprenderá com estas lições, alguns meios de
melhorar sua saúde, e poderá ensiná-los aos filhos; então
toda a família será mais saudável.

Nas aulas aprenderão coisas específicas que poderá fazer. Explique aos alunos como será feito o
Os mestres familiares ou professoras visitantes poderão treinamento de auto-suficiência em sua
ajudá-lo a aplicá-Ias no lar. Talvez até lhe peçam que ensine ala. Verifique se eles entendem a
responsabilidade de assistir às aulas e
a alguém o que aprendeu. Quàndo cada um faz a sua parte aplicar no lar o que aprenderam.
do trabalho, todos aprendem mais.

Para melhorar a saúde da farnília é importante começar a Mostre os cadernos ou pastas com
fazer um registro da saúde familiar, o qual conterá folhas em branco que trouxe. Explique
informações sobre a saúde da família e o que têm feito ou como eles podem fazer um registro
simples anotando o seguinte:
pretendem fazer para melhorá-Ia. 1.As vacinas recebidas pelos membros
da familia.
2. Doenças ou problemas de saúde que
tiveram e tratamentos recebidos.
3. Nome e endereço dos médicos,
clinicas ou postos de saúde onde
poderão obter auxilio médico,
quando necessário.
Dê aos alunos uma cópia da folha de
trabalho. Reveja por alguns momentos
as idéias principais da lição, e explique
as atividades que os alunos devem
completar com a familia na próxima
sémana

5

FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 1: PREVENÇÃO DE DOENÇAS ••
Lição 1: ••
COMO MELHORAR A SAÚDE FíSICA ••
' .•

Idéias Principais ••
1. O Senhor quer que sejamos fortes e
saudáveis.
'•.
,2, Podemos aprender a prevenir
muitos problemas de saúde da i.•.
família.
.
3. Podemos aprender a resolver
'
(.
, muitos problemas de saúde da
família. •
. Atividade da Família
..
••
Obtenha um caderno ou pasta com
folhas em branco para usar como um
. registro de saúdeda'família. . •• '•.
••
••

6
Material Suplementar

Doenças e Problemas de Saúde Que Podem Ser Prevenidos

Qoenças e Problemas de Saúde Causados por Alimento ou


Agua Contaminados

Diarréia
•••• Cólera
Hepatite
Vermes parasitários
Disenteria
Febre tifóide
Giárdias

Doenças Que Podem Ser Prevenidas pela Imunização

Difteria
Tétano
Cachumba
Pólio
Coqueluche
Sarampo
Rubéola
Tuberculose

Doenças e Problemas de Saúde Causados por uma


Alimentação Pobre

Escorbuto
Beriberi
Raquitismo
Pelagra
Marasmo
Cegueira noturna
Crescimento mental lento
Desenvolvimento físico demorado
Falta de energia
Falta de vigor

' .•
118 • 7
~.•
!:.•.
:e
" .•
:•.
i'
i•

••
;..
.•.
"


'

'


'
''..
.i.•

":.'

••

,'.
•'. UNIDADE 1: PREVENÇÃO DE DOENÇAS

~Il.
\
li.

Lição 2:

• PURIFICAÇÃO DA ÁGUA NO LAR



Objetivo

Mostrar àos ~articipantescomo purificar a água.

Preparação da Lição
Obtenha os seguintes objetos para a lição:

1. Coisas para purificar e provar a água:

a. Dois ou três recipientes de um litro, com tampa, para


purificar e armazenar água.

b. Um pequeno frasco de solução de cloro (água sanitária).


Verifique no rótulo a quantidade de hipoclorito de sódio
do produto. A solução sanitária mais forte em geral
contém de 4 a 6 por cento de hipoclorito de sódio, e a
mais fraca cerca de 1 por cento. A mais forte é melhor,
mas ambas podem ser usadas.

c. Um conta-gotas, canudinho (palhinha), recipiente vazio


com bico conta-gotas, ou colher, para contar as gotas de
cloro.

d. Uma toalha para enxugar a água derramada.

e. Copos limpos para beber a água purificada.

2. Uma lupa.

Prepare o seguinte antes da lição:

1. Verifique onde os alunos podem obter solução de cloro e o


preço.

2. Faça um filtro para água semelhante ao descrito no


material suplementar do final da lição.

Apresentação da Lição
1. Os germes e ovos de parasitas podem provocar
enfermidades ao entrarem no corpo.
Os médicos e cientistas vêm estudando há anos o que faz
as pessoas ficarem doentes. Descobriram que muitas
pessoas adoecem por beberem água contaminada com
germes e ovos de parasitas. Eles são minúsculos e só
podem ser vistos com microscópio.

9
.••
:

i•


Os germes e ovos de parasitas entram no corpo pela boca,
multiplicam-se e nos fazem adoecer. Eles são encontrados
em excrementos humanos e de animais. Encontram-se
Mostre aos alunos como usar a lupa
para ver coisas muito pequenas, que
não seriam vistas sem ela. Peça que '.•
também em qualquer coisa que entrou em contato com
eles, inclusive a água.
examinem com ela o exterior de uma
fruta, folha, ou mesmo as próprias
mãos. Deixe que discutam o fato de '.•
'.•
que, com a lente de aumento, eles
podem ver coisas minúsculas. Se
necessário, ajude-os a compreender
que os germes e ovos de parasitas são

•'.
menores que as coisas que viram, e
que só podemos vê-Ios com um
microscópio.
Pergunte aos alunos onde são
'.i.I.
.
As pessoas adoecem e não sabem que foi por causa dos encontrados os micróbios.
germes e ovos de parasitas. Não é normal ter diarréia ou
febre. Elas são causadas por micróbios e parasitas. Os
germes são encontrados nos seguintes lugares:
(

• Nos excrementos humanos e de animais.



• Nos corpos de moscas e baratas.

• Na água contaminada.
'.i.
1•

• No alimento contaminado.

• Nas mãos e roupas sujas.


••
• Nos copos, pratos e utensílios culinários sujos. '.
:*


• Nas superfícies onde o alimento é preparado.

2. Se purificar a água em casa, sua família raramente


adoecerá.

A água é purificada matando os germes e ovos de


parasitas. Algumas cidades purificam a água para a
.
'.
'

••
comunidade, mas em muitos países o povo toma água
contaminada. Setenta por cento da população mundial só
bebe dessa água. Mesmo nas cidades que tentam purificar
a água, ela se torna impura nas caixas de água ou ao ser
••
trazida para casa. Assim, é uma boa idéia purificar a água
no lar, pois sua família não ficará doente com freqüência. ".••
Há duas maneiras de purificar a água no lar.
•••
I.
.
A água pode ser purificada segura, rápida e facilmente
acrescentando-lhe uma solução de cloro. Usada
adequadamente, ela mata germes e quase todos os ovos
de parasitas.
'.
\

••
tf
lei
••
10

~
'.
Para purificar um litro de água usando solução de cloro,
faça o seguinte:

• Num recipiente grande e limpo, marque: "Água Potável."

• Encha-o com um litro de água. Acrescente quatro gotas


de solução de cloro. A solução usada para este propósito
deve conter de 4 a 6 por cento de hipoclorito de sódio.
Se só for possível conseguir uma solução com 1 por
cento de hipoclorito de sódio, use vinte gotas de solução
para um litro de água .

• ;. Cubra o recipiente com uma tampa ou pano limpo. Deixe


a água descansar por trinta minutos.

• Prove a água e sinta um leve sabor de cloro. Não Peça a dois ou três alunos que
sentindo, acrescente mais duas gotas de solução. Se o purifiquem um pouco de água,
gosto de cloro ficar muito forte, passe a água diversas colocando quatro gotas de solução de
cloro por litro de água. Peça que as
.vezes de um recipiente para o outro. Isso melhorará o acrescentem com um conta-gotas,
sabor. canudo (palhinha) ou recipiente com
conta-gotas. Verifique se o reçipiente
está coberto e com o título "Agua
Potável". Deixe que a água descanse
por trinta minutos enquanto termina a
lição. Ensine aos alunos onde podem
obter o cloro e quanto custa.

Algumas pessoas temem que o cloro faça mal ao corpo.


Na proporção usada para purificar a água, é absolutamente
seguro. As grandes cidades usam cloro para purificar a
água.

A água também pode ser purificada mediante fervura. Para


isso, leve ao ponto de fervura e deixe-a ferver por dois
minutos. Em muitos lugares do mundo. o combustível usado
para ferver a água - lenha, gás, querosene etc. - é mais
caro que a solução de cloro para purificar a mesma
quantidade de água. Se tiver combustível suficiente ou não
puder obter cloro. a fervura é a melhor maneira de purificar
água.

Depois de purificar a água, é preciso evitar que seja


contaminada por mais germes e ovos de parasitas antes de
usá-Ia. Conserve-a em um recipiente limpo coberto com
uma tampa. Use a água purificada para preparar alimentos
para sua família. Utilize-a para fazer sucos e refrescos de
frutas. Não é possível matar os germes acrescentando
solução de cloro ao suco depois de prepará-lo. Use a água
purificada para fazer gelo. Se a água da torneira não é
clorada, o gelo ficará impuro e não deve ser usado. As
sopas e caldos, por serem fervidos, são purificados pela
fervura. Contudo ainda é melhor usar água purificada para
beber e cozinhar.

11
3. A filtragem limpa a água, mas não mata os germes e ovos
de parasitas.

Uma boa maneira de limpar a água e dar-lhe melhor sabor


é passá-Ia num filtro. A filtragem, porém, não destruirá os
germes ou ovos de parasitas ... Depois de filtrada, a água
deve ser purificada pelo cloro ou fervura.

A água filtrada geralmente se conserva por algum tempo, Mostre o filtro de água que preparou.
depois se torna viscosa. Se você fez um filtro de água para Esclareça que ele contém camadas de
a família, será preciso trocar a areia, carvão e cascalho a areia, carvão e cascalho. Demonstre
como funciona derramando nele um
cada dois ou três meses. Lembre-se de que a filtragem da pouco de água suja. Mostre como a
água a tornará limpa, mas ainda falta purificá-Ia para matar água está limpa ao sair do filtro.
os germes e ovos parasitas.
Se a água purificada com a solução de
cloro descansou por trinta minutos,
sirva-a em copos limpos, para que a
provem. Pergunte que sabor ela tem.
Podem sentir o gosto de cloro?
Saliente que podem percebê-Io pelo
cheiro antes de beber a água. Enfatize
que eles sempre devem sentir o cheiro
do cloro na água que beberem.
Dê aos alunos uma cópia da folha de
trabalho do participante. Examine
brevemente as idéias principais da
lição e explique as atividades que os
alunos devem cumprir com a família
durante a próxima semana.

12
.i•.
'

I.

FOLHA DE TRABALHO

Lição 2:
DO ALUNO UNIDADE 1: PREVENÇÃO DE DOENÇAS

PURIFICAÇÃO DE ÁGUA NO LAR

Idéias Principais

1. Os germes e ovos de parasitas


podem provocar doenças ao
entrarem no corpo.

2. Se purificar a água em casa, sua


família raramente adoecerá.

3. A filtragem limpa a água, mas não


mata os germes e ovos de

I.,I.
parasitas.

Atividades da Família

Para purificar água em casa, faça o

.- seguinte:

,
'(.••. 1. Purifique um pouco de água
mediante fervura ou acrescentando
solução de cloro .

2. Armazene a água num recipiente

I.• coberto, onde a família possa usá-Ia

.
para beber e preparar o alimento.

'.'
~


:•.
'I•

••
••
I.

r•


I•


'II.. 13


Material Suplementar

Filtros de Água

A filtragem de água com filtros caseiros não eliminará os


germes e ovos de parasitas. mas a deixará limpa antes de ser
purificada. Filtrada, a água terá melhor sabor. As algas e
outras partículas são removidas filtrando a água em areia fina.
O sabor e a cor desaparecerão, passando-a em carvão
triturado. Com o passar do tempo a areia fina fica viscosa e o
carvão não filtra bem, devendo ser substituídos.

Geralmente um filtro como o do diagrama funciona bem por


dois meses. Filtra quarenta litros de água por dia. Se a água
começar a escoar lentamente, substitua a camada superior
de areia fina. Se ela continuar com odor, cor ou sabor após a
filtragem, substitua o carvão.

Como Fazer um Filtro de Água Caseiro

Este filtro simples é feito com dois recipientes plásticos,como


baldes ou latas de lixo. Um deve ser menor para ser colocado
dentro do outro,. deixando entre os dois um espaço de
2 V2 cm.

1. Estude o desenho do filtro.

2. Faça alguns furos no fundo do recipiente menor. Os furos


devem ter pelo menos V2 c'm.de diâmetro, para que a água
se escoe facilmente de um recipiente para outro.

3. Você poderá tirar a água filtrada por uma torneira. Se assim


for, faça um furo no lado do recipiente externo. O orifício
deve ficar um pouco acima do nível da areia e do carvão.
Instale a torneira com massa plástica ou de borracha ou
cimento plástico. .

4. Coloque uma camada de cascalho no fundo do recipiente


maior. Encha-o até um nível em que o recipiente menor
fique com a abertura no mesmo nível do maior.

5. Coloque o recipiente menor sobre o cascalho. Encha-o até


o meio de areia. Cubra a areia com quatro centímetros de
cascalho, para mantê-Ia no lugar quando encher o filtro de
água.

6. Encha com carvão triturado o espaço entre os recipientes.


Cubra-o com cinco centímetros de areia, para que as
partículas de carvão não flutuem.

Como Usar o Filtro de Água "-


I ....

Limpe o filtro antes de usar. Derrame água no recipiente


menor e retire-a pela torneira, até que ela saia bem limpa. Em
seguida passe pelo filtro oito litros de água tratada com duas
•,.
colheres de solução de cloro. Depois filtre oito litros de água
contendo duas colheres de solução de cloro. Passe mais oito
litros de água não c1orada. Agora o filtro está pronto para ser
usado.

14
Recipiente Plástico para Filtrar Água


/------,COIOqUe a água aqui

Pequena tor'leira
de metal
ou plástico

Cascalho para manter


a areia no lugar
ao derramar a água Carvão triturado no
espaço entre os
recipientes
Areia fina

Cascalho para apoiar


o recipiente interior

Orifícios de V2 cm. de diâmetro ou mais, para


que a água passe do recipiente interior para o exterior

15
-----------~----;j
' .

•••
I~- -

'.'


'


.
UNIDADE 1: PREVENÇÃO DE DOENÇAS

Lição 3:
PREPARAÇÃO DE ALIMENTOS

Objetivo
Ajudar os alunos a serem mais higiênicos no preparo do
alimento, para que não fiquem doentes.

Preparação da Lição
Obtenha os seguintes artigos para a lição:

1. Sabão, água, solução de cloro, bacias e toalhas.

2. Uma lupa.

3. Frutas e legumes para serem lavados e desinfetados.

4. Gravuras simples para ilustrar a história intitulada "Um dia


na vida de uma mosca". Use cartazes simples, álbuns
seriados, marionetes ou dramatização.

a. A mosca acorda, sai voando e pousa nas costas de uma


vaca.

b. Depois a mosca vai ao mercado e senta-se numa fruta.

c. Em seguida ela visita uma latrina ou sanitário.

d. A mosca vai a uma casa e anda sobre os restos de


alimentos deixados sobre uma tábua de cortar.

e. Finalmente ela pousa nos pratos deixados na mesa.

Apresentação da Lição
1. Lave e desinfete as mãos antes de preparar seu alimento ou
dos outros.

Durante o. dia suas mãos ficam cheias de micróbios e pode


passá-Ias para os alimentos. Lavando as mãos, a maioria
deles são facilmente eliminados. Portanto, antes de preparar o
alimento, lave as mãos com bastante sabão. Se elas.
estiverem muito sujas, escove bem debaixo das unhas e nas
dobras da pele. Enxágüe-as com uma solução desinfetante.

17
Pode-se preparar desinfetante colocando uma colher de chá Peça aos alunos que examinem as
de cloro com 4 a 6 por cento de hipoclorito de sódio em mãos e unhas com uma lupa. Pergunte
um litro de água. (Se o hipoclorito de sódio da solução for se vêem lugares onde os germes
podem esconder-se. Esclareça que eles
de apenas 1 por cento, use cinco colheres de chá por litro devem eliminá-los antes de preparar o
de água.) Observe que o volume de cloro da solução alimento. Prepare um pouco de solução
desinfetante deve ser maior que o usado para purificar a desinfetante e coloque um rótulo no
água de beber. Coloque uma etiqueta ou rótulo na solução recipiente "Desinfetante". Verifique se
preparada, para não ser confundida com água potável. A os alunos identificam o odor da água
em que foi colocado o volume correto
solução deve ficar com cheiro de cloro. Se após alguns decloro. Peça que lavem e desinfetem
dias o odor enfraquecer, acrescente mais um pouco de as mãos, e depois as examinem de
cloro. novo com a lupa.

2. Evite preparar alimentos se tiver doenças da pele ou feridas


infeccionadas nas mãos.

Evite preparar alimentos se tiver doenças da pele ou feridas


infeccionadas nas mãos. Os germes podem passar da
inflamação da pele ou feridas infeccionadas para o
alimento. Se os alimentos não forem bem cozidos, os
germes criam um veneno neles, e quem os comer ficará
muito doente em poucas horas, tendo naúseas, tontura,
vômito e diarréia.

A mesma espécie de germes pode ser encontrada nas


secreções do nariz. Não o toque ao preparar alimentos.

3. Desinfete as frutas, legumes e outros alimentos trazidos


para casa.

As pessoas que produzem e vendem frutas, legumes e


outros comestíveis, os manuseiam de forma anti-higiênica
ao vendê-los. Ao trazê.los para casa, eles espalham
micróbios em tudo o que tocam. Esses alimentos requerem
cuidados especiais. É possível matar os germes lavando os
alimentos e enxaguando-os numa solução desinfetante
preparada da mesma maneira que a usada para enxaguar
as mãos.

Ao trazer alimentos para casa manuseie-os Deixe que os alunos sintam o cheiro de
cuidadosamente. Lave as frutas e verduras de casca fina frutas e legumes trazidos do mercado e
com sabão e água, para remover a sujeira e a seiva, depois que os' examinem com uma lupa. Eles
não poderão ver os germes, mas verão
enxagüe-os em solução desinfetante. Se a utilizar muitas a sujeira que os abriga. Peça que
vezes verá que ela perde o cheiro de cloro, sendo preciso, lavem e desinfetem algumas frutas e
então, jogá-Ia fora e preparar outra com água e cloro. legumes, e que os examinem de novo
. com a lupa.

Mesmo se as frutas e legumes se destinarem a ser


descascados e cozidos, lave-os com sabão e água, depois
enxagüe-os em solução desinfetante, Se não o fizer, os
germes deles se espalharão pelas outras coisas da cozinha.

Algumas frutas de casca fina e verduras podem ser bem


desinfetadas com uma solução desinfetante para serem
comidas cruas. Entretanto, os legumes como o brócoli e a

18
couve-flor, ou as frutas como os morangos e alguns tipos
de amoras, geralmente possuem minúsculas bolsas de ar
que às vezes contêm sujeira e micróbios. Não é possível
desinfetá-Ias bem para comê-Ias cruas, por isso devem ser
cozidas.

Não se pode desinfetar a carne colocando-a em solução


desinfetante. A carne, especialmente a de porco, deve ser
bem cozida, para matar os micróbios. A carne de frango
pode transmitir germes nocivos em tudo o que toca.
Quando alguma coisa da cozinha entra em contato com a
carne crua ou de aves, deve ser lavada em solução
desinfetante. Evite comer carne crua de qualquer tipo.

As cascas de ovo propagam facilmente micróbios nas


coisas que tocam. Lave e desinfete os ovos antes de
guardá-los. É possível guardar ovos lavados por muito
tempo, se forem cobertos com fina camada de óleo de
cozinha. Jamais coma ovo cru.

4. Proteja o alimento que preparou para que não volte a


contaminar-se com germes.

As moscas e outros insetos transmitem germes aos Conte a história "Um Dia na Vida de
alimentos. Mantenha-as longe dos alimentos ao servi-los. É uma Mosca". Debata de onde provêm
possível livrar-se das moscas mantendo a cozinha limpa, os micróbios espalhados pela mosca
nas frutas e pratos. Diga que a mosca
mas algumas ainda aparecerão, atraídas pelo cheiro da entrou em casa atraída pelos restos de
comida. Para manter os alimentos livres de germes, cubra- comida que ficaram na tábua de cortar.
-os ao guardá-los, ao cozinhá-los e servi-los. Não deixe que
as moscas pousem neles durante a refeição.

Depois que os alimentos forem bem cozidos, eles ficarão


livres de germes enquanto estiverem quentes (acima de
55°C). Todavia, após o alimento ser servido à família, as
sobras se tornam um verdadeiro problema. Elas podem ser
contaminadas pelos germes do ar, poeira, moscas e
utensílios em que pousam. Quando a comida esfria, os
micróbios crescem e se multiplicam.

A comida que sobrar deve ser guardada no refrigerador e Entregue a cada um dos presentes
mantida abaixo de 4°C. Muitas sobras de comida, uma cópia da folha de trabalho do
especialmente as feitas com leite, carne e ovos, podem aluno. Examine brevemente as idéias
principais da lição, e explique as
provocar doenças se não forem guardadas no refrigerador. atividades que devem cumprir com a
Coloque os restos de comida numa lixeira com tampa, e família durante a próxima semana.
jogue-os fora logo que possível. Limpe a comida derramada
e mantenha a cozinha livre de moscas e outros insetos.

19
FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 1: PREVENÇÃO DE DOENÇAS

Lição 3:

PREPARAÇÃO DE ALIMENTOS

Idéias Principais

1. Lave e desinfete as mãos antes de


preparar seu alimento e dos outros.

2. Evite preparar alimentos se tiver


enfermidades da pele ou feridas
infeccionadas nas mãos.

3. Desinfete as frutas, legumes e


outros alimentos trazidos para casa.

4. Proteja o alimento que preparou,



para que não volte a contaminar-se
com germes ..

Atividades da Família

1. Arranje um lugar onde possa lavar e


desinfetar as mãos antes de
preparar o alimento. Se necessário,
adquira uma bacia para lavar as
mãos, sabão, uma escova macia, e
um cabide para pendurar toalhas
limpas.

2. Consiga um recipiente para lavar e


enxaguar os alimentos, e outro para
desinfetá-los.

20 ct
UNIDADE 1: PREVENÇÃO DE DOENÇAS

Lição 4:
IMUNIZAÇÕES

Objetivo
Incentivar os alunos a fazer com que os membros da família
tomem todas as vacinas. -

Preparação da Lição
Faça os seguintes preparativos antes da lição:

1. Prepare um gráfico mostrando as imunizações exigidas e


disponíveis em seu país. Use como guia o diagrama do
material suplementar, mas certifique-se de que elé está de
acordo com as leis e normas locais.

2. Procure o endereço dos postos de saúde, hospitais e outros


lugares que aplicam imunizações. Verifique quando as
vacinas são aplicadas, o preço e quantas pessoas podem
recebê-Ias na mesma ocasião.

Apresentação da Lição
1. Podemos evitar doenças contagiosas tomando vacinas.

Uma doença transmissível é uma enfermidade contraída de


outra pessoa ou de um animal. Algumas são evitadas pela
vacinação, como o tétano, coqueluche (tosse comprida),
difteria, sarampo, cachumba, rubéola, cólera e tuberculose.

Nosso corpo combate certas enfermidades. O organismo


de algumas pessoas combate melhor as doenças que o de
outras. Apessoa pode vencer as doenças se for saudável.
Às vezés, quando uma pessoa fica enferma e se recupera,
jamais contrai de novo a doença. Isto se chama imunidade,
e acontece nos casos de males como a rubéola, sarampo e
cachumba. A imunização ajuda o organismo a se tornar
imune a uma enfermidade antes de ficar doente. Seu corpo
sofre uma transformação e não mais a contrai.

A doença pode prejudicar o desenvolvimento adequado do


corpo e a mente da criança. Por isso é bom prevenir a
enfermidade sempre que possível. A doença prejudica a
criança porque quando ela fica enferma seu corpo precisa
de mais alimento, mas ela não se alimenta porque não
sente vontade de comer. Além disso, quando a criança
adoece pode ficar com diarréia. Quando a criança não se
alimenta o suficiente. não cresce tão forte como deveria.
Sua mente não se desenvolve bem e pode ficar para o
resto da vida com limitada capacidade de pensar e agir.

21
As doenças prejudicam as pessoas de outras maneiras. A
poliomielite pode deixar a pessoa inválida para o resto da
vida; a meningite prejudica o cérebro; a rubéola produz
defeitos de nascença na criança, se a mãe a contrair
durante a gravidez; a febre elevada danifica o cérebro, o
fígado, o coração e outros órgãos. Não precisamos sofrer
tais problemas, se tomarmos as vacinas necessárias.

2. Devemos fazer com que a família tome as vacinas


necessárias.

Os pais devem fazer o possível para manter a família sadia.


A imunização é uma das maneiras mais importantes de se
conseguir isto. Em alguns países o governo procura fazer
com que todo o povo seja vacinado, e as pessoas são
vacinadas nos postos de saúde, escolas e hospitais. Não
obstante, os pais precisam saber que vacinas seus
familiares devem tomar e ver que recebam todas elas.

É importante que a família faça um registro das vacinas que Mostre o diagrama das vacinações
devem receber e das que já tomaram. possfveis em seu pafs.

Os pais devem fazer com que seus filhos sejam Compartilhe com os alunos o que
imunizados ..Certas vacinas são aplicadas só em algumas aprendeu sobre as imunizações
épocas do ano. As vacinas e os postos de vacinação não aplicadas nos hospitais ou postos de
saúde. Fale sobre o preço, caso sejam
estão disponíveis o tempo todo. As vezes, enchentes ou pagas.
greves impedem que os departamentos do governo
recebam as vacinas, ficando difícil encontrá-Ias. Os pais
devem fazer com que os filhos sejam vacinados nas
épocas programadas. Se necessário, um pai, ou grupo de
pais, devem ir ao centro de saúde da cidade ou a um
hospital regional receber as vacinações.

Se todos forem imunizados, não haverá mais epidemias. Talvez tenha havido um surto
Todos podem ajudar a comunidade, vacinando-se. A varíola epidêmico em seu pafs recentemente.
ou bexiga é um bom exemplo de doença que já não Alguns dos alunos pode ter contrafdo
doenças como poliomielite, difteria,
prejudica a população, por causa das imunizações. sarampo, gripe e outras doenças
Antigamente as epidemias de varíola matavam famílias e contagiosas. Discuta Isso com eles.
até populações inteiras. Agora, há anos essa enfermidade
não tem surgido no mundo inteiro. Porque muitas pessoas
foram vacinadas contra a varíola, elas não podem contraHa
e transmiti-Ia a outras pessoas.

i.r.
22 ;t
:'J
''..
~.
,.
••
• 'i.
Se todos forem vacinados, protegerão a si mesmos e a
comunidade. E assim incentivarão o governo a continuar as
Discuta as razões pelas quais as
pessoas não se vacinam. Algumas são:

í•.
campanhas de vacinação. Isto é bom para a comunidade. (1) dificuldade em encontrar as vacinas,
(2) são muito caras, (3) as pessoas têm
medo de tomá-Ias, (4) são

••'.
supersticiosas, e (5) receiam que as
vacinações as prejudiquem.

Entregue a todos uma cóp.ia da folha


de trabalho do aluno. Examine as
idéias principais e explique as

..
atividades que os alunos deverão

• cumprir com suas famílias na próxima


'
semana.

• (


'.
\.i

I.
'••.
I"

.•
(

(•.
'•.
f•

"•

'

(•. .
(I

'.'
I•.,.'

'íI.. 23


FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 1: PREVENÇÃO DE DOENÇAS

Lição 4:
IMUNIZAÇÕES

Idéias Principais

1. Podemos prevenir muitas doenças


contagiosas tomando vacinas.

2. Devemos fazer com que os


membros da família tomem as
vacinas necessárias.

Atividades da Família
1. Encontre os registros das vacinas
que os membros da família
tomaram. Anote-as no registro de
saúde.

2. Estabeleça um programa para o


próximo ano, a fim de que toda a
família tome as vacinas necessárias.

24
Material Suplementar

Vacinação Padrão

A informação abaixo é baseada em recomendações da


Organização Mundial de Saúde contidas nestas duas
publicações:

1. Normas de Imunização, WHO/EPI/GEN/86/7 REV 1

2. Prevenção Neonatal do Tétano pela Imunização,


WHO/EPI/GEN/86/9 REV 1

Vacinação de Crianças

As diferenças de disponibilidade de recursos impedem o


estabelecimento de um programa de imunização ideal
aplicável a todos os países. Sempre que possível, a
Organização Mundial de Saúde recomenda o seguinte
programa de imunização para tuberculose (BCG); vacina
antipólio oral (OPV) (Sabin); e difteria, coqueluche e tétano
(DPT):

DOSE IDADE

BCG e OPV O Ao nascer

DPT 1 e OPV 1 6 semanas

DPT 2 e OPV 2 10 semanas

DPT 3 e OPV 3 14 semanas

Sarampo 9 meses

Imunização contra Tétano para Mulheres em Idade de Ter


Filhos Que Não Foram Previamente Imunizadas

As mulheres grávidas que não foram previamente


imunizadas, normalmente não devem tomar vacinas, exceto
contra o tétano. Para mulheres em idade de ter filhos,
inclusive as grávidas, recomenda-se o seguinte programa
de vacinação contra o tétano toxóide (TT):

25
I•

•(.
DOSE

TI1
-
PROGRAMA

O quanto antes,
•(,.
especialmente as
mulheres grávidas. (.
TI2 4 semanas após a TI1: C.
TI3 6 a 12 meses após a
TI2, ou durante a ".,.
gravidez subseqüente.

TI4 1 a 3 anos após a TI3,
ou durante a gravidez '.'.
TI5
subseqüente.

1 a 5 anos após a TI4,


•(.\I
ou durante a gravidez
subseqüente.
(.
(I

-.,.
:

.••
A informação sobre vacinações em massa para crianças e


imunização para adultos pode ser obtida nas organizações de
saúde locais.
(

•,.

26
UNIDADE 1: PREVENÇÃO DE DOENÇAS

Lição 5:
DOENÇAS E EXCREMENTOS HUMANOS

Objetivo
Ensinar aos alunos que os excrementos humanos são uma
fonte de doenças e parasitas, e que não devem ter contato
com eles.

Preparação da Lição
Prepare para a lição:

1. Um diagrama mostrando as enfermidades propagadas pelos


excrementos humanos. (Veja o material suplementar no
final da lição.)

2. Pedaços de tecido que possam ser usados como fraldas ou


toalhinhas.

Antes da lição, procure informar-se nas universidades locais,


centros de saúde e órgãos do governo como construir latrinas
em sua região. Conheça os tipos de latrina e os materiais
para construí-Ias. Prepare-se para compartilhar esta
informação com os alunos.

Apresentação da Lição
1. Doenças são propagadas pelo contato com excrementos
humanos.

As enfermidades são propagadas quando as pessoas


entram em contato com excrementos humanos, sejam
fezes ou urina. Esses excrementos são formados por
alimentos e nutrientes semidigeridos. Os germes proliferam
nas fezes humanas e de animais, e crescem rapidamente
em ambientes quentes e úmidos. As fezes humanas
também podem conter vermes parasitários e seus ovos.

Os excrementos humanos transmitem doenças e parasitas. Mostre o diagrama das doenças


Eles são comuns em regiões do mundo de péssimas transmitidas pelos excrementos
humanos.
condições de higiene.

Quando uma pessoa sofre de disenteria aguda, ela tem


doenças propagadas pelas fezes humanas.

Entramos em contato com excrementos humanos de


diversas maneiras. Eles contaminam as mãos quando
vamos ao banheiro, e os pés se pisarmos descalços em
lugares. onde havia fezes.

27
Ao lidarmos com animais de estimação, roedores e insetos
que estiveram em contato com fezes humanas, os
micróbios passam para nós. Os animais de estimação,
como cães, gatos e pássaros; roedores como os ratos e
camundongos; e insetos como as baratas, moscas e pulgas
podem estar cheios de germes.

Às vezes, a água que bebemos ou usamos para lavar


coisas contêm fezes humanas. Ela pode vir de poços rasos,
sistemas de água anti-higiênicos, regatos, rios, ruas, valetas
ou caixas de água que não foram devidamente
desinfetadas.

Os alimentos podem conter germes, ao serem manuseados


por pessoas com as mãos sujas de excrementos humanos,
ou contaminados por insetos e roedores.

Devemos ser cautelosos e não entrar em contato com


excrementos humanos. Isto evitará que nós ou nossa
família fique doente.

2. Evitar contato com excrementos humanos ao usar o


sanitário.

No sanitário, use papel higiênico ou toalhinhas de pano. Se


utilizar este último, não precisará comprar papel higiênico,
que é caro. Cada membro da família precisará de três a
cinco delas. Depois de usadas, coloque-as em um
recipiente fechado, cheio de água de sabão. Depois as
toalhinhas de pano devem ser lavadas e enxaguadas numa
solução desinfetante.

Lave as mãos imediatamente após usar o sanitário ou


latrina, trocar as fraldas ou tocar em animais.

Providencie um sanitário ou latrina, e assegure-se de que os


membros da família o utilizem. Lave bem o vaso sanitário
ou latrina com escova, sabão e água, pelo menos uma vez
por semana, e enxágüe com solução desinfetante (cloro).

Se em sua casa houver uma pessoa idosa ou enferma,


talvez seja preciso ter um penico ou urinol para ela.
Despeje o conteúdo deles no vaso sanitário ou latrina
imediatamente e desinfete-os.

3. Evite pisar em excrementos humanos ou de animais.

Use fraldas nas crianças até que elas tenham idade para Ensine os alúnos a fazerem fraldas e
utilizar o sanitário ou latrina. toalhinhas com pedaços de pano velho.

Use sapatos que cubram e protejam bem os pés. Use


sandálias só quando a lama e o solo contaminado não lhe
sujarem os pés.

Aconselhe as crianças a não brincarem nos rios, valetas e


água da chuva que escorre nas ruas.

28
Cubra as privadas e latrinas ou coloque telas. Cubra
imediatamente com terra as dejeções feitas no solo.

4. Não beba água nem coma alimentos que possam ter


excrementos humanos.

Construa as latrinas longe dos poços e lugares onde


possam contaminara água.

Purifique com cloro toda água de beber usada em sua


casa.

Evite consumir alimentos vendidos nas ruas ou em


restaurantes que visivelmente não tiveram higiene com a
comida.

Antes de comer, desinfete os alimentos que foram tocados


por moscas e baratas, enxaguando-os numa solução
desinfetante (cloro) ou cozinhando-os de novo, se for o
caso.

5. Uvre-se adequadamente dos excrementos humanos.

É preciso ter um método higiênico de livrar-se dos Compartilhe com os alunos o que
excrementoS humanos no lar. Se sua casa, agora não aprendeu sobre a construção de
dispõe de esgoto procure instalar um sistema o quanto latrinas "para uso doméstico.
antes. A privada é o recurso mais simples, mas procure Entregue a cada um uma cópia da
outro melhor logo que puder. A privada é melhor que uma folha de trabalho do aluno. Examine as
latrina de valeta. As latrinas fechadas para não entrar água idéias principais da'lição, e explique as
e os vasos com descarga," fossas e poços mortos são atividades que eles devem cumprir com
a famllia durante a próxima semana.
melhores ainda. Procure ter pêlo menos uma latrina com
tampa para não entrar água.

29
FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 1: PREVENÇÃO DE DOENÇAS
I•..
'


••'..
Lição 5:

DOENÇAS E EXCREMENTOS HUMANOS


,
I•

•r•., .
Idéias Principais
1, Doenças são propagadas pelo
.•
'

contato com excrementos humanos,

.' 2, Evite o contato com excrementos



<ta
humanos ao usar o sanitário, (I
3. Evite pisar descalço em
excrementos humanos ou de .
"•(.
\.
animais,

4. Não beba água nem coma


alimentos que possam ter
excrementos humanos, ••
5. Livre-se adequadamente dos
excrementos humanos, •(.
Atividades da Família .
fi.
(,

••\.'
1, Se em sua casa não há um sistema
de. esgoto para livrar-se dos
., excrementos humanos, construa

I
I
I I
um.

2, Decida com a família o que podem :•.


I
I
I
I
I
I
!.-'
fazer para evitar o contato com
excrementos humanos.
••
•.)
I
I I
I
I I
I I
I '"
I
I
I
I
I •'.
I

C ::) I•:,..
I.
I.
(I

30
•I.
•• Material Suplementar

• Enfermidades Transmitidas por Dejetos Humanos

'.• Cólera

•••
Disenteria
Hepatite
Sarampo
Poliomielite
Febre tifóide
Amebas
Giárdias
Ancilóstomos
Oxiúros
Nematelmintos
Tênias (solitária)
Triquina

•• 31
:1
(ta

••
.•

(


• •

• •
••

• •
i•


'.
(.
1ft
••
'


••
.

:8
. )

••

!•


li
••
'••.,
UNIDADE 1: PREVENÇÃO DE DOENÇAS

Lição 6:
TRATAMENTO DE VERMES PARASITÁRIOS

Objetivo
Ensinar aos alunos como tratar os membros da família e a
evitarem nova contaminação de vermes parasitários.

Preparação da Lição
Prepare o seguinte antes da lição:

1. Obtenha num departamento de saúde cartazes, desenhos,


gravuras ou gráficos, para ajudar os alunos a entenderem o
que são vermes parasitários e de onde procedem.

2. Convide um médico de confiança, uma assistente social ou


farmacêutico, para vir à classe e falar a respeito dos
remédios para vermes parasitários disponíveis em sua área.

3. Procure saber em clínicas médicas ou farmácias quais são


os remédios contra vermes parasitários. Descubra o preço
e onde podem ser adquiridos. (Veja o material suplementar
no final da lição.)

Apresentação da Lição
1. Muitas crianças e alguns adultos contraem vermes
parasitários.

Alguns cientistas pesquisaram um grupo de crianças de um


ano de idade para ver se tinham vermes parasitários. Uma
entre dez estava com vermes nos intestinos. Quando
completaram dois anos de idade, eles as examinaram
novamente, e viram que nove dentre dez tinham vermes
nos intestinos. De um a dois anos as crianças começam a
andar e se alimentar sozinhas. Nesse período elas
contraem vermes parasitários porque tocam, comem ou
bebem coisas contaminadas.

Quando a criança tem vermes, eles se alimentam da


comida que ela ingere. Por isso a criança não cresce como
devia. Os vermes parasitários também podem causar
diarréia, fazendo com que a criança perca mais alimento.
Os vermes parasitários são a principal causa do
crescimento lento.

Muitos adultos também contraem vermes parasitários,


através de alimentos contaminados, água impura e das
coisas em que tocam.

33
••

••
' .
Os adultos e as crianças podem contrair muitos vermes em
pouco tempo quando as coisas ao seu redor não estão
limpas. Os vermes as fazem ficar doentes, cansadas e
(•.
fracas.

2. É possível evitar que os vermes infestem seu organísmo.


••
Os vermes geralmente provêm dos excrementos humanos
e de animais. Tudo o que entrou em contato com eles pode
Mostre os cartazes ou gravuras que
explicam o que são os vermes
parasitários e onde se encontram.
• ••
propagar vermes. A seguir, algumas maneiras como os
vermes infestam as pessoas:

a. O solo fica contaminado com vermes parasitários quando
os excrementos humanos e de animais ficam
descobertos. Alguns vermes podem penetrar pelos pés.
.r)
.
.1
Não pise descalço em solo contaminado. Use sapatos
bem fechados, chinelos ou sandálias para protegê-los dos ••
vermes. Ensine seus filhos a sempre usarem sapatos ou
sandálias e a não brincarem com terra ou areia
contaminada. Se os pés estiverem sujos, lave-os com
••
•'.•
sabão logo que possível. Enxágüe-os com uma solução
desinfetante preparada com uma colher de 4 a 6 por
cento de hipoclorito de sódio em um litro de água. O
álcool também é bom para enxaguar.

b. Mãos e unhas são lugares onde os ovos dos vermes se


depositam, e onde os vermes minúsculos podem alojar- I.
~

'se. Ao comer com as mãos sujas, tocar a boca, ou roer


as unhas, eles penetram no corpo. Lave. as mãos
freqüentemente, e mantenha as unhas aparadas e
••

'..
limpas. Lave as mãos com sabão e água potável
purificada antes de comer. Se as mãos estiverem muito
sujas, lave-as bem com sabão, depois enxágüe-as com
uma solução desinfetante.
'

c. A água contendo um pequeno percentual de excrementos


humanos e de animais pode parecer limpa, mas ••
transmite vermes às pessoas que a bebem. Os vermes

.''.
podem ser contraídos ao tomar água de poço: rios,
'{aletas, da água que escorre nas sargetas e dos esgotos.
E preciso purificar a água antes de bebê-Ia ou usá-Ia na
preparação de alimentos.

••
"

d. COmo os vermes parasitários e seus ovos são pequenos


demais para serem vistos sem um microscópio, eles
podem contaminar os alimentos ao serem preparados.
COzinhe-os bem para matar os ovos de vermes. As ••
moscas depositam pequenas quantidades de fezes nos
alimentos, utensílios e pratos. Elas podem transferir os
ovos dos vermes para os alimentos que foram bem '.••
.,'"':,.
. cozidos, por isto é preciso esquentar todas as sobras que
lioltarem a ser utilizadas. •••

ds. alimentos preparados e vendidos em barracas nas


rüasàs vezes ficam contaminadÇ)s com vermes e ovos
_~elespor terem sido manuseados com mãos e unhas

••
34.
• •
I
I.

••

'.•
,~, "'-

, "

sujas, pelas moscas, por não serem conserva'dos limpos'

•••
ou suficientemente cozidos. Seja cuidadoso quando
comprar e comer esses alimentos, Todo alimento pode
contrair vermes, a menos que venha diretamente da
panela, frigideira ou forno quentes,

•• e, Nos sanitários sujos ou inadequados, privadas e latrinas


muitas pessoas contraem vermes. Mantenha esses

'.•
ambientes limpos e desinfete-os freqüentemente. Evite
tocar no piso, chão, peças e outras superfícies dos
sanitáriospúblieos. Lave bem as mãos toda vez que usar

• o sanitário .

'.• 3. Podemos tomar remédios para eliminar

o corpo
os vermes .

'.'.
humano pode ser infestado com diferentes Peça à pessoa convidada que fale
espécies de vermes parasitários inclusive nematelmintos, sobre os remédios contra vermes
oxiúros, triquinas, ancilóstomos e solitárias. Tome remédios disponíveis na região.

••
para estas' diferentes espécies de vermes. Alguns remédios
matam muitos tipos deles. Outros servem apenas para um
tipo de vermes. É preciso saber que remédio tomar e

•• conhecer seus efeitos colaterais .

Os membros da família podem facilmente transmitir vermes

'.•• uns aos outros, por isso todos eles devem fazer o
tratamento para vermes ao mesmo tempo .

Quando se toma o remédio para vermes parasitários, eles Diga aos alunos onde podem obter
medicamentos para os vermes e

••
são eliminados rápida e facilmente. Você verá que em
seguida ficará mais saudável: Se mantiver seu corpo e o quanto custam.
ambiente limpos, não voltará a ter vermes. Nos lugares Dê aos presentes uma cópia da folha

• quentes e climas úmidos, é muito difícil impedir a


reinfestação. Assim, se é esse o clima da região onde vive,
deve tomar regularmente remédio para todos os tipos
de trabalho ao aluno. Examine cada
uma das idéias principais da lição, e
explique as atividades que eles devem
cumprir com a família na próxima

•• comuns de vermes. Tenha cuidado ao dar esse remédio às


crianças. Tomando o remédio a cada três meses, os
vermes geralmente serão muito pequenos para serem
semana.

••'.
visíveis nas fezes, o período mais longo entre os \
tratamentos não deve ultrapassar seis meses. Se forem"
encontrados nas fezes vermes grandes logo após o
tratamento, será preciso tomar o remédio mais vezes, Se

•• isso for feito, você não terá muitos problemas com vermes '
parasitários .

•••
••
'

••
.
••
•• 35
••
FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 1: PREVENÇÃO DE DOENÇAS
••
Lição 6:
TRATAMENTO PARA VERMES PARASITÁRIOS
••

••
••
Idéias .Principais
1. Muitas crianças e alguns adultos ••
.•

contraem vermes parasitários.

2. É possível impedir que os vermes


infestem seu organismo.
••
'

3. Podemos tomar remédios que


eliminam os vermes do organismo.

Atividades da Família
••
1. Obtenha um remédio para
nematelmintos e peça aos membros
••
da família que tomem a dose certa,
••
conforme a bula.

2. Examine as fezes dos membros da I.


família após o tratamento, para ver
quantos vermes foram expelidos. ••
3. Programe os tratamentos futuros
para nematelmintos e outros tipos
de vermes. Faça um registro de
••
toda vez que sua família tomar o
remédio. . ••
••
• • 1

••
••
••
••
.•,

I•

••
36
• ~J
i.'.•
i ,)

Material Suplementar

•• Remédios para Vermes Parasitários

Existem diferentes medicamentos para esse tratamento. O

•• mais comum, eficiente e seguro para diversos tipos de


vermes é o Mebendazole ou o equivalente. O Mebendazole é
usado para áscaris (nematelmintos), estrongilóides, enterobius

•• (oxiúros), filárias e ancilóstomos .

•• Alguns vermes não podem ser tratados pelo Mebendazole, ou


equivalente e talvez em sua região não exista o remédio.
Visitando as clínicas de saúde e farmácias locais é possível

• conhecer os remédios existentes na região, quanto custam, e

'.•
para que tipos de vermes são usados.

Aviso: Antes de tomar qualquer remédio para vermes, é

••
preciso saber se tem nematelmintos. Se assim for, precisa
livrar-se deles antes de tomar qualquer remédio para tênias
(solitárias). O medicamento contra tênias pode fazer com que

•• os nemateimintos (lombrigas) saiam pela boca e pelo nariz .


Isto faz com que as crianças pequenas engasguem. Para que
isso não aconteça, e presumindo que a maioria das crianças

'.:•. têm nematelmintos no organismo, dê-lhes primeiramente o


tratamento contra estes. Não é preciso fazê-lo se você ou seu
filho tomou regularmente remédio contra nematelmintos.

A informação a seguir é extraída do livro Where There Is No

•• Doctór, de David Werner. O livro pode ser encontrado nas


livrarias de muitos países, ou obtido em diferentes idiomas no

•••
endereço abaixo:

The Hesperian Foundation


P,O. Box 1692
Paio Alto, California 94302

•• USA

••
Existem muitos tipos de vermes e outros parasitos minúsculos
que vivem no intestino humano e provocam doenças. Os
maiores, são às vezes, encontrados nas fezes: '

•• 1. Nematelmintos (Áscaris)

•• 2. Oxiúros (Enterobius)

3. Triquinas ou tricocéfalos (Trichuris)


'.••
4. Ancilóstomos

5, Tênias

Os únicos vermes geralmente encontrados nas fezes são

•• os nematelmintos, oxiúros e tênias. Os ancilóstomos e triquinas


podem infestar os intestinos sem nunca serem percebidos nas

'.I•.
fezes.

Nematelmintos (Áscaris)

Tamanho: vinte a trinta centímetros de comprimento. Cor: rosa .

•• ou branco .

••
•• 37

Como se propagam: Das fezes para a boca. Por falta de


higiene, os ovos dos nemateimintos passam das fezes de uma
••
pessoa para a boca de outra.
••
•.'•
Dano à saúde: Quando os ovos são engolidos, nascem
vermes minúsculos que entram na corrente sangüínea,
provocando uma coceira generalizada. Os vermes então ..
viajam para os pulmões, às vezes provocando umá tosse
seca ou, o pior, pneumonia com escarração de sangue. Os
vermes novos são tossidos e engolidos, chegando aos
intestinos, onde crescem até a maturidade. ••
A infestação de nematelmintos nos intestinos pode causar
desconforto, indigestão e fraqueza. As crianças infestadas às ••
vezes têm a barriga grande ou inchada. Raramente os
nematelmintos causam asma, ataques (acessos) ou obstrução
perigosa da traquéia. Quando a criança tem febre, os vermes '.•
saem nas fezes ou pela boca ou nariz. Ocasionalmente eles
passam às vias respiratórias e provocam náuseas.
••
Prevenção: Usar latrinas, lavar bem as mãos antes das
refeições ou de lidar com alimentos, e proteger a comida das
moscas.
••
Oxiúros (Enterobius) ••
Tamanho: um centímetro de comprimento; muito finos e
filiformes. Cor: branca. . ••
••
Como se propagam: Estes vermes depositam centenas de
ovos fora do ânus, provocando coceira, principalmente à ••
noite. Quando a criança se coça, os ovos ficam debaixo das
unhas e são levados ao alimento e outros objetos. Elas assim
os levam à própria boca, ou à dos outros, causando novas •••
infestações.

Dano à saude: A coceira pode perturbar o sono da criança.


••
Tratamento e prevenção: A criança que tem oxiúros deve usar
fraldas ou calças bem apertadas ao dormir, para impedir que O

se coce.

Lave as mãos e nádegas da criança quando ela acordar e


•••
depois de ela defecar. Sempre lave as mãos dela antes das
refeições. Apare bem suas unhas. Troque-lhe a roupa e dê-lhe ••
••
banho diversas vezes ao dia.

A higiene é a melhor prevenção contra os oxiúros. Mesmo se


a criança tomar remédio para eliminá-los, ela voltará a se
infestar, caso não seja mantida asseada.
••
Triquinas (Trichurus, Tricocéfalus)
í.
Tamanho: três a cinco centímetros de comprimento. Cor: rosa
ou cinza. ••
Como se propagam: Estes vermes, como os nematelmintos,
são transmitidos das fezes de uma pessoa para a boca de ••
outra. Podem provocar diarréia. Nas crianças fazem
ocasionalmente que parte dos intestinos saia pelo ânus
.-
Prevenção: A mesma que a dos nematelmintos.
'.•
38
••

r'"
••
•• Ancilóstomos

Tamanho: um centímetro de comprimento, Cor: vermelha,

í.
• Os ancilóstomos geralmente não são vistos nas fezes, É
necessário um exame de fezes para identificá-los,

••• Como se propagam:

1. Os ancilóstomos novos entram na pessoa pelos pés, às

•• vezes provocando coceiras .

2. Em poucos dias eles chegam aos pulmões pela corrente

•• sangüínea, podendo provocar uma tosse seca (raramente


com sangue) .

•• 3, A pessoa tosse libertando os minúsculos vermes, que são


engolidos .

•• 4. Poucos dias depois a pessoa pode ter diarréia ou dor de


estômago,

•• 5. Os ancilóstomos se prendem às paredes do intestino. A


grande quantidade deles pode causar fraqueza e anemia

• aguda .

'.I•. 6. A pessoa expele os ovos de ancilóstomos pelas fezes. Os


ovos incubam no solo úmido e o ciclo recomeça .

A infecção por ancilóstomos pode ser uma das doenças mais

•'.•
perigosas da infância. Toda criança anêmica ou muito pálida,
que come terra ou anda descalça pode contrair ancilóstomos .
Se possível ela deve fazer um exame de fezes .

• Tênias

'.•• Tamanho: Nos intestinos as tênias alcançam diversos metros


de comprimento, mas os pequenos pedaços (segmentos)
achatados encontrados nas fezes geralmente têm cerca de
um centímetro. Ocasionalmente um segmento pode arrastar-

.• -se e ser encontrado nas roupas de baixo .

'
• Como se propagam: As pessoas contraem tênias ingerindo
carne de porco, carne de gado e outras carnes mal cozidas.

• Dano à saúde: As tênias nos intestinos causam leves dores

:•. de estômago, mas poucos outros sintomas.

O maior perigo ocorre quando os cistos (pequenos sacos

•• contendo vermes novos) entram no cérebro da pessoa. Isto


pode acontecer quando os ovos passam das fezes para a

•••
boca. Por isso, os que têm tênia devem seguir estritamente as
normas de higiene - e fazer o tratamento o quanto antes
possível,

Prevenção: Cozinhe bem todas as carnes, especialmente a de

•• porco. Veja que o centro da carne assada não fique cru,

••
.•

'
39


••
••
e• i

••
••
' .••

•••
••
••• •
••
••
••
••
••
••
••
'
••
••
.
••
••
••
••

W
r

•• UNIDADE 2: NUTRiÇÃO
••
[
• .
••
••
••
••
••
••
'

••
.
••
'

••
.
••
••
••
.•

'

••
••
••
••
••
• 41
~--------- .•
-~~ L '
;

••
J .,' ~ ._ ...;. •• ••• ~ t. " .••••

.•• :

••
••
'

•••
. •
••
••
••
••
••
••
••
•••
••
••
•'

••
.
••
••
•••
••

r-
••
•• UNIDADE 2: NUTRiÇÃO

• :

••
. Lição 1:
NECESSIDADE DE UMA BOA ALIMENTAÇÃO

••
• • Objetivo


'
.'. Ensinar aos alunos que eles podem melhorara saúde com
uma boa alimentação .

Preparação da Lição

•••
Prepare as seguintes coisas para a lição:

1. Duas tiras de papel com.as frases "Boa Alimentação" em

i•. ••
uma, e "Má Alimentação" em outra .

2. Gravuras de crianças saudáveis e de crianças mal nutridas


de sua região .

3. Tiras de papel com as palavras "Energia", "Crescimento" e

•• • "Proteção" .

4. Três cartazes alistando alimentos locais dos grupos de


alimentos básicos. (Veja o material suplementar no final
desta lição.)

•• 5. Gravuras de diferentes alimentos de cada um dos três

•• grupos .

Materiais de referência para esta unidade:

•• Manual Básico da Mulher SUO, Parte A, lição 22 "Nutrição


para a Família"; lição e 23, "Nutrição da Mãe e do Bebê" .

•• Apresentação da Lição

• 1. A boa alimentação ajudará a manter o corpo forte e

•• saudável .

Boa alimentação significa comer o suficiente dos tipos Coloque no quadro-negro a frase "Boa

•• adequados de alimentos, para que possam ser utilizados


pelo organismo.
Nutrição" e peça aos alunos que
expliquem o que significa. Todos
devem ter tempo de dizer o que
pensam.

•• • Uma pessoa saudável é alerta, ativa e geralmente feliz. A


criança sadia cresce em níveis normais e tem interesse em
aprender coisas novas. Para sermos saudáveis precisamos

•• de uma alimentação adequada. Os alimentos que ingerimos

'•..
nos ajudam a crescer e a ser fortes e saudáveis .

'

•• 43


'3'-

o Pai Celestial nos ama e deseja que tenhamos boa saúde. Peça a um aluno que leia Doutrina e
Por isso nos deu diretrizes acerca dos alimentos e de Convênios 89:14-16. Debata os
outras coisas para nosso organismo. Estas diretrizes, em diferentes tipos de alimentos que são
benéficos ao homem.
Doutrina e Convênios, seção 89, são conhecidas como a
Palavra de Sabedoria, na qual somos ensinados a usar
certos tipos de alimentos que contribuem para a boa saúde.

Má nutrição significa não se alimentar suficientemente ou Coloque no quadro-negro a frase "Má


com os alimentos certos. Nutrição", e peça aos alunos que
expliquem o que significa.

o corpo pode enfraquecer se não nos alimentarmos


suficientemente ou com o tipo certo de alimento. Isto se
chama má nutrição, que pode causar doenças graves, e até
a morte. Também causa outros problemas. O corpo perde a
capacidade de substituir a pele e o cabelo, de manter a
vista, dentes, sangue, ossos e músculos fortes.

A má nutrição ainda faz com que não tenhamos suficiente Mostre as gravuras de crianças
energia para fazer o que precisamos. A criança fica saudáveis e de crianças mal nutridas
de sua região. Peça aos alunos que
cansada demais para brincar, e os alunos não estudam e mencionem os sinais indicativos de
aprendem como devem. Os adultos não têm forças para que a criança é mal nutrida.
trabalhar o dia inteiro.

O Senhor disse: "Sim, todas as coisas que provêm da terra


na sua estação, são feitas para o benefício e uso do
homem, tanto para agradar aos olhos, como para alegrar o
coração;

Sim, para alimento e para vestuário, para gosto e para


cheiro, para fortalecer o corpo e avivar a alma." (D&C
59:18-19.)

As lições desta unidade o ajudarão a entender que tipos de


alimentos devemos ingerir para sermos fortes e saudáveis.

2. Todos precisam de alimentos para energia, para


crescimento e para proteção.

Podemos melhorar a saúde dos membros da família


ajudando-os a comer os tipos certos de alimentos. Todos
precisam dos alimentos dos diferentes três grupos.

Os alimentos do grupo de energia dão força ao organismo. Coloque no quadro-negro a palavra


A maior parte destes alimentos são de elevado teor de "Energia". Apresente o cartaz alistando
alimentos locais do grupo de energia, e
amido. Incluem o arroz, milho, trigo, painço, mandioca, mostre gravuras desses alimentos.
inhame e batatas. Outros alimentos que também produzem
energia para o organismo são: o óleo comestível, sementes
contendo óleo, a banha, toucinho e sebo, bem como o
açúcar, melado e mel.

44
.•
~

••

•• Os alimentos do grupo de crescimento fornecem proteína, Coloque no quadro-negro a palavra

•• que o organismo usa para se desenvolver e restaurar os


tecidos, Os alimentos deste grupo incluem várias espécies
de grãos e outras sementes; carnes como a de boi, porco,
"Crescimento". Apresente o cartaz
contendo os alimentos locais do grupo
de crescimento, e mostre gravuras
desses alimentos.

•• de aves e de peixes; leite e derivados como o queijo,


iogurte; e ovos .

• Os alimentos do grupo de proteção contêm elevado teor de Coloque no quadro-negro a palavra

'.• vitaminas e sais minerais. Abrange a maioria das frutas e


legumes, e é dividido em três partes: os de elevado teor de
vitamina A, os ricos em vitamina C, e outras frutas e
"Proteção". Apresente o cartaz
alistando alimentos locais do grupo de
proteção e mostre gravuras desses
alimentos.

•• legumes .

Os alimentos ricos em vitamina A incluem os vegetais

•• folhosos de cor verde-escuro, como o espinafre, folhas de


batata-doce, e acelga, e todos os legumes e frutas de cor
amarela e alaranjada como a manga, cenouras e abóbora

• amarela .

•• Os alimentos ricos em vitamina C incluem frutas e legumes


como laranjas, toranjas, morangos, mamões, melancias e

• tomates .

• As outras frutas e os legumes deste grupo fornecem

'.• importantes vitaminas e minerais, mas não são de elevado


teor de vitamina A ou C. Elas incluem as bananas, o quiabo,
a berinjela, os feijões verdes e o abacate .

•• 3. Todos os dias devemos comer alimentos de energia, de


crescimento e de proteção, em cada refeição principal .

'.• Procuremos servir diariamente os três tipos de alimentos de
cada grupo principal. Assim as refeições serão mais
completas. Alguns dos alimentos necessários também

• podem ser servidos entre as refeições principais .

• Devemos nos alimentar todos os dias com pelo menos um

•• alimento rico em vitamina A e um de elevado teor de


vitamina C. Estes alimentos também podem ser servidos na
hora do lanche .

'.i. Não comendo alimentos energéticos, ficaremos muito
cansados e o cérebro não funcionará como deve. Não
ingerindo alimentos de crescimento, a mente e o corpo não
Peça aos alunos que mencionem os
alimentos que comeram nas três
últimas refeições. Discuta com eles se
se alimentaram com cada um dos
• terão as proteínas necessárias para o desenvolvimento e grupos em cada refeição.

• funcionamento normais, e adoeceremos com facilidade .


Não ingerindo alimentos que contêm vitaminas, podemos Mostre as gravuras dos alimentos dos

'.• contrair doenças graves. diferentes grupos. Peça a um voluntário


que escolha as gravuras dos alimentos
que formam uma boa refeição matinal.

•• Os outros alunos devem ajudá-lo a


certificar-se de que serão incluídos os
três tipos de alimentos. Faça o mesmo
com as outras refeições principais do

• dia .


••
•• 45
.'•• .




A quantidade de alimento necessária a uma pessoa Dê aos presentes uma cópia da folha

depende da idade, tamanho, do quanto trabalha por dia, do
estado de saúde, e de outros fatores. A criança precisa de
de trabalho do aluno. Examine as
idéias principais da lição, e explique as •
menos alimento que os adultos. Um homem corpulento
atividades que eles devem cumprir com
a família na próxima semana. •
precisará de mais energia que um franzino para realizar o
mesmo trabalho, mas toda pessoa precisa diariamente de
um alimento dos três grupos.

O





••

••
-
-••



O

• I

8
1

••

•-I




8






46

.' :;.
r:-•


'

••
. FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO

Lição 1:
UNIDADE 2: NUTRIÇÃO

NECESSIDADE DE UMA BOA ALIMENTAÇÃO


••

.
'

••• Idéias Principais


1. A boa alimentação ajudará a manter

• o corpo forte e saudável.

'•.I•
2. Todos precisam de alimentos de
energia, de crescimento e de
proteção.

• 3. Todos os dias devemos comer

• alimentos de energia, de

i•. crescimento e de proteção, em


cada refeição principal.

Atividades da Família
1. Debata com a família a importância
de ter refeições nutritivas. Assegure
que os três tipos de alimentos
sejam servidos em cada refeição
nesta semana.

2. Faça um registro, por diversos dias,


dos alimentos que comprou, onde
os adquiriu e quanto custaram.
Traga-o na próxima aula.

47

O
Material Suplementar
••
Três Grupos de Alimentos Básicos •

Alimentos Comuns para o Crescimento •
Cereais Carnes Leite e Derivados
••
feijões secos
feijão soja
favas
bovina
vitela
porco
iogurte
queijo
sorvete
••
ervilhas peixe ou camarão pudim de leite

lentilhas aves creme de leite/nata

grão-de-bico coelho Ovos e Produtos
que contêm ovos •


Alimentos Comuns para Energia

Alimentos com Amido Gorduras e Óleos Doces


••
arroz manteiga açúcar

milho margarina melado

trigo
sorgo
inhame
banha
sebo
óleos vegetais
mel
geléias
frutas cristalizadas

O
painço
aveia
doces

Ô
mandioca (aipim ou
macaxeira)
batata

O
batata-doce

cará
••
Alimentos Comuns que Dão Proteção Ô


Alimentos Ricos em Vitamina A
Hoitaliças Verde Escuro e Folhosas
espinafre
Alímentos Ricos em Vitamína C
laranja
toranja
Outras Frutas e Legumes
abacaxi
abacates
••
acelga
couve
morangos
goiabas
bananas
melões
••
agrião
mostarda em folhas (nabiça)
cambuquira (brotos de abóbora)
tomates
mangas
mamões
quiabo
beringela
alface
••
folhas de beterraba melancias feijões verdes Ô
folhas de batata-doce repolho O
Frutas Cítricas e Legumes
cenouras
mangas
ervilhas verdes
pepinos
abóbrinha
•••
mamões batata,doce O
cantalupo (melão pequeno e rugoso)
.inhames
cará ••
abóbora-moranga
batata baroa ou •
abóboras (Jerimum)
batata-doce amarela mandioquinha




48


UNIDADE 2: NUTRIÇÃO

Lição 2:

REDUÇÃO DO ORÇAMENTO ALIMENTAR

Objetivo

Ensinar aos alunos como comprar e usar os alimentos


sabiamente, para que possam comprar mais alimentos pelo
mesmo dinheiro.

Preparação da Lição

Prepare o seguinte para a lição:

1. Um cartaz mostrando os nutrientes contidos em um


refrigerante, comparados aos de um suco de laranja e leite.
(Veja o material suplementar no final da lição.)

2. As panelas e os. alimentos necessários para mostrar como


economizar combustível cozinhando legumes numa vasilha
colocada sobre o vapor da panela que está cozinhando
arroz ou feijão.

Antes da lição, peça a dois voluntários que ensaiem uma


peça humorística, mostrando primeiro alguém que vai às
compras mas não planeja o que comprar. Ela deve ignorar
todos os conselhos dados nesta lição para comprar bem. Em
seguida a peça deve mostrar alguém que vai às compras mas
faz planos de antemão, anota o que precisa, faz os cálculos, e
compra mais com menos dinheiro. Ela deve fazer tudo o que
foi ensinado na lição. A peça pode menciohar que ela cultiva
seus próprios legumes e utiliza a reserva de alimentos
adquiridos e armazenados na época em que são baratos.

Apresentação da Lição

1. Se comprarmos sabiamente, economizamos dinheiro. Comece a lição pedindo a dois


voluntários que apresentem a peça.

Ao comprar alimentos, pagamos muito mais do que seu Pergunte aos alunos se estão
próprio valor. Eis algumas coisas pelas quais pagamos: lembrados dos alimentos que
adquiriram desde a lição anterior.
Debata com eles os tipOS de gêneros
a. O custo do alimento. que compraram, onde os adquiriram e
quanto custaram.
b. O valor do combustível usado para prepará-lo.

c. O custo do transporte para comprá-lo.

Às vezes reduzimos o custo dos alimentos comprando-os em


quantidade. Geralmente é melhor comprá-los na época da
safra quando custam menos.

49
.'•




Comprando os alimentos em maior quantidadE?,devemos •
armazená-los bem, para que não estraguem. E preciso

considerar os produtos que podem ser guardados sem
estragar por uma semana, duas ou um mês. Os cereais, •
sementes, açúcar, óleo comestível, peixe seco, e abóboras

inteiras são bons para armazenar.

Comprar alimentos onde são mais baratos nos ajuda a
economizar dinheiro. Às vezes podemos comprar produtos
mais baratos no grande mercado de uma cidade maior.
••
Devemos, porém, considerar o custo do transporte. Podemos •
descobrir onde comprar um bom alimento pelo menor preço.

Outra maneira de gastar menos na compra do alimento é


••
aprender a comprar coisas de maior valor nutritivo por um

preço menor. Por exemplo, existem tipos diferentes de
alimentos para o crescimento, mas nem todos têm o mesmo •
custo. As refeições podem ser planejadas usando menos os

alimentos mais dispendiosos.

Pode-se economizar dinheiro evitando alimentos que não Mostre o cartaz comparando o valor
••
ajudam o corpo a se desenvolver ou permanecer saudável. nutritivo de um refrigerante em relação
ao suco de laranja e leite. •
Em muitas partes do mundo, as pessoas tomam muito
refrigerante, comem pipocas, batatas fritas e doces. Estes
alimentos não produzem boa nutrição, e custam dinheiro que
••
serviria para comprar alimentos para fazer uma refeição
completa e balanceada. Por exemplo, os doces e refrigerantes
é.
só dão energia, e custam mais do que o açúcar. O dinheiro
usado para comprar um refrigerante serviria para algo mais
nutritivo.
••
2. Economizamos dinheiro e conservamos o valor nutritivo dos ••
••
alimentos pela maneira como os cozinhamos.

O custo do combustível necessário para cozinhar os


alimentos pode aumentar o custo deles. Muitos alimentos,
porém, devem ser cozidos para matar os germes. Os •
micróbios podem ser propagados se procuramos
economizar combustível apenas aquecendo o alimento, ao
invés de cozinhá-lo totalmente. Existem meios de usar
••
menos combustível e preparar uma comida higiênica.


Um bom meio de cozinhar os legumes é colocá-los numa
vasilha sobre o vapor da panela durante os últimos minutos
d<i cozimento do arroz ou feijão. Os legumes não precisam
Demonstre como ferver legumes em
cima de uma panela de arroz ou feijão.
••
ser misturados ao alimento que está sendo preparado,
apenas colocados no vapor que sai da panela inferior. Os •
legumes devem estar em uma vasilha do mesmo tamanho

da de baixo, para que o vapor não escape pelos lados. A
água da panela deve estar fervendo, para que o calor não •
seja desperdiçado.

Outra idéia excelente é colocar os grãos e sementes de


••
molho antes de cozinhá-los, encurtando o tempo de cocção.

O 'atroz deve ficar de molho pelo menos por uma hora, e o
feijão doze horas antes de irem ao fogo. •


50
••
~::
'.
'.1.'
'.'
1.1 Como colocar o arroz de molho:
,.1
• Escolha e lave uma só vez a medida de arroz que irá
I.)
preparar.
'.)
.1 • Para cada três xíBaras de arroz, use quatro a cinco
xícaras de água.

'.' • Deixe o arroz na água por uma hora. Escorra a água


numa panela.

• Coloque a panela com a água do arroz para ferver.

• Cozinhe o arroz na água fervente, como de costume.

o arroz ficará pronto em menos tempo, com menor gasto


de combustível.

Alguns dos nutrientes do alimento são destruídos ou se


perdem quando ele é cozido ou lavado. Eis algumas coisas
que se pode fazer para reduzir a perda de nutrientes do
alimento:

• Lave os cereais apenas uma vez antes de cozinhá-los.


Cozinhe-os por menos tempo em pouca água.

• Não corte ou pique os legumes antes de cozinhá-los.

• Cozinhe os legumes no vapor, ou cozinhe-os em pouca Dê aos presentes uma cópia da folha
água. de trabalho do aluno. Examine
brevemente as idéias principais da
lição, e explique as atividades que os
alunos devem cumprir com a família
durante a semana.

51
FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 2: NUTRiÇÃO

Lição 2:

REDUÇÃO DO ORÇAMENTO ALIMENTAR

Idéias Principais

1. Se comprarmos sabiamente,
economizamos dinheiro.

2. Economizamos dinheiro e
conservamos o valor nutritivo dos
alimentos pela maneira como os
cozinhamos.

Atividades da Família
1. Gaste menos dinheiro com
alimentos nesta semana comprando
sabiamente:

2. Use um dos métodos ensinados na


lição, para conservar os nutrientes
dos alimentos ao cozinhá-los.



52


,.1
I1'
'. Material Suplementar
'I.i. Nutrientes em um Refrigerante
.' 1 xícara de leite integral

Percentual Diário Recomendado


45
40
35
30
30
25
20
15
10
5
O
Calorias Proteínas Vit. A Vit. C Vit. 81 Vit. 82 Niacina Cálcio Ferro

V2 xícara de suco de laranja

Percentual Diário Recomendado


45
93
40
35
30
25
20
15
10
5
O
Calorias Proteínas Vit. A Vit. C Vit. 81 Vit. 82 Niacina Cálcio Ferro

1 copo de refrigerante

Percentual Diário Recomendado


45
40
35
30
25
20
15
10
5
5
O
Calorias Proteínas Vit. A Vit. C Vit. 81 Vit. 82 Niacina Cálcio Ferro

53

••

.-



.,•.
'
••
;.
'•.'

i•

i•

i.
I•


':

••
•.
••
••
••





i•



••

••
••

•'i.. UNIDADE 2: NUTRiÇÃO

I.
,'I..~. Lição 3:

NUTRiÇÃO PARA MULHERES

'
I..
•• Objetivo

i.i.
i.i Ajudar os alunos a entenderem que as mulheres grávidas ou
que amamentam precisam comer o suficiente dos tipos
adequados de alimentos.

• Preparação da Lição

Antes da lição, obtenha os cartazes mostrando os alimentos


dos três grupos básicos. (Veja Nutrição lição 1.)

Descubra também que alimentos de sua região são ricos em


cálcio. (Veja o material suplementar no final desta lição.)

Apresentação da Lição

1. A mulher precisa de boa alimentação antes e durante a


gravidez.

A boa alimentação é importante para a mulher em idade de Mostre o cartaz dos três grupos
ter filhos. A saúde da mulher grávida é grandemente básicos de alimentos, e examine-os
um pouco com os alunos.
afetada pelo que come antes e durante a gravidez. A
criança por nascer alimenta-se dos nutrientes dos alimentos
ingeridos pela mãe. Assim, a dieta alimentar da mãe é
fundamental à saúde do bebê que traz no ventre.

2. Antes da gravidez, e depois de ficar grávida, a mulher


precisa comer mais alimentos que contenham ferro e
cálcio.

Os alimentos que contêm ferro são importantes para as Peça aos alunos que mencionem os
mulheres antes da gravidez, e especialmente depois de alimentos que gostam de comer e que
ficarem grávidas. O ferro é encontrado em muitos tipos de contenham ferro.
alimentos para o crescimento. Entre os ricos em ferro
temos o fígado, carnes vermelhas, ovos, feijão e cereais
enriquecidos. Ele também se encontra nos legumes de
folhas verde-escuro.

Os alimentos ricos em cálcio também são importantes para Peça aos alunos que identifiquem os
as mulheres antes e durante a gravidez. O cálcio é alimentos locais ricos em cálcio.
encontrado no leite, queijo, iogurte, sorvete, legumes de Discuta com eles quaisquer dos
alimentos mencionados no material
folhas verde-escuro, grãos secos, feijão soja, coalhada, e suplementar encontrados em sua
em algumas sementes e nozes. As fontes de cálcio diferem região.
de um país para outro. Nos países da América Latina onde
se comem tortilhas (um tipo de panqueca feita de milho), a
água de cal usada para deixar o milho de molho contém
cálcio. Em outros países a medula dos ossos e cartilagens
fornecem cálcio. Também os peixes pequenos, que são
cozidos com os ossos até que amoleçam e possam ser
comidos inteiros também contêm cálcio.

55
3. A mãe que amamenta precisa de melhor nutrição do que
quando estava grávida.

o melhor alimento que um recém-nascido pode receber é o


leite materno. Ao mamar o leite da mãe, ele obtém os
nutrientes de que necessita dos alimentos que a mãe
ingere. Se ela se alimenta bem durante a gravidez e quando
está amamentando, a criança geralmente não precisa de
outro alimento nos primeiros seis meses.

Enquanto a mãe estiver amamentando, deve comer mais Dê aos presentes uma cópia da folha
alimentos para crescimento do que quando estava grávida, de trabalho do aluno. Examine
especialmente alimentos ricos em cálcio. brevemente as idéias principais da
lição, e explique aattvidade que os
alunos devem cumprir com a família
durante a semana.

56
'.í.
•!. FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 2: NUTRiÇÃO

!. Lição 3:

NUTRiÇÃO PARA MULHERES

Idéias Principais

1. A mulher precisa de boa


alimentação antes e durante a
gravidez.

2. Antes da gravidez, e depois de ficar


grávida, a mulher precisa comer
mais alimentos que contenham ferro
e cálcio.

3. A mãe que amamenta precisa de


melhor nutrição do que quando
estava grávida:

Atividade da Família
Discuta com sua família a
importância da boa alimentação
para a mulher em idade de ter
filhos.

57

Material Suplementar
:•.
Fontes de Cálcio

Produtos do Leite Grãos e Nozes


Leite (fresco, em pó ou evaporado) amêndoas
iogurte avelãs
queijos duros castanhas-do-pará
queijos moles feijão soja e farinha de soja
requeijão ou ricota tofu (queijo de leite de soja,
quando feito com cálcio)
sorvete
grãos secos
nata (creme de leite)
grão de bico
Hortaliças Verde-Escuro
Sementes
Cambuquira (brotos de abóbora)
teff (cereal africano)
brócoli
painço
espinafre
folhas de hortelã Pequenos Ossos de Peixes
Cozidos Até Amolecer
Milho Tratado com Água de Cal
salmão ou atum enlatado
canjica
sardinhas
farinha de milho
anchovas
"tortillas" (panquecas) de milho
Farinha de Peixe

Melado

58
UNIDADE 2: NUTRIÇÃO

Lição 4:

NUTRiÇÃO PARA BEBÊS

Objetivo

Ensinar os alunos a prover boa alimentação aos bebês.

Preparação da Lição

Prepare o seguinte para a lição:

1. Utensílios e pratos para fazer papinhas de alimento e


solução desinfetante.

2. Um alimento do qual se possa fazer facilmente um purê.

Prepare-se, também, para compartilhar com os alunos as


receitas de comida de bebê do material suplementar.

Apresentação da Lição

1. Se possível o bebê deve ser amamentado no seio desde o


primeíro dia de vida.

Se o bebê pesou mais de 2.300 kg ao nascer, e nasceu


após nove meses de gestação de uma mãe bem nutrida, o
melhor alimento que ele pode receber é o leite materno.

o primeiro leite materno contém colostro, que é muito


importante para o bebê e o protegerá das infecções
intestinais e de outras enfermidades. Por isso, se possívél a
mãe deve amamentá-lo no seio desde o primeiro dia de
vida.

Nos primeiros dias, a quantidade de leite produzido pela


mãe parece não ser suficiente para o bebê. Ele pode
mamar muito pouco, mas talvez seja o suficiente para ele.
Nos primeiros dias a mãe deve amamentar o bebê por
aproximadamente cinco minutos em cada seio sempre que
ele mamar. Nos próximos sete ou quinze dias, pode
aumentar gradualmente as amamentações para dez ou
quinze minutos em cada seio. A medida que ela for
amamentando o bebê, a quantidade de leite irá
aumentando, de acordo com as necessidades da criança.
Geralmente o leite de um seio será suficiente apenas para
uma amamentação, e o outro para a seguinte. Amamentar
freqüentemente a criança nas primeiras semanas é a
melhor maneira de produzir um bom suprimento de leite.
Quando os bebês ficam com um mês ou um mês e meio,
geralmente podem ser amamentados a cada três ou quatro
horas durante o dia.

59
A mãe pode saber se a criança está tendo leite suficiente
se ela fica satisfeita após a amamentação e vai ganhando
peso. Uma criança bem nutrida deve dobrar de peso em
cinco meses, e em um ano triplicar o peso que tinha ao
nascer.

o bebê pode começar a receber outros alimentos aos seis


meses de idade, mas enquanto ele não tenha pelo menos
um ano, o leite materno é ainda o preferido como seu
alimento principal. A mãe deve alimentar o bebê primeiro
no seio, e depois dar-lhe outros alimentos. Assim ela terá
leite suficiente. Quando o bebê tiver cerca de um ano de
idade e começar a comer cada vez mais outros alimentos,
precisará de menos amamentações no seio. É bom, porém,
que ele continue a tê-Ia até que atinja dois anos de idade
ou mais.

2. As mães que não podem amamentar os bebês devem dar-


-lhes mamadeiras especiais.

o leite materno é o melhor alimento para os bebês, mas se


a mãe não puder amamentar o bebê no seio, pode dar-lhe
leite animal preparado de acordo com a receita a seguir.
Ela deve lavar e desinfetar as mãos antes de prepará-Ia, e
ter o cuidado de usar utensílios e recipientes limpos e
esterilizados.

Para preparar a mamadeira, misture duas partes de leite


com uma de água purificada, e acrescente uma colher de
sopa de açúcar para cada xícara da fórmula. Não devem
ser usados adoçantes como o mel, melado ou glicose de
milho. O leite deve ser esterilizado (fervido). Coloque a
mistura a ferver e deixe-a esfriar à temperatura ambiente
em um recipiente esterilizado, protegido contra poeira e
moscas.

A mamadeira pode ser preparada também com leite


evaporado (enlatado) ou leite em pó. Siga o mesmo
procedimento que o do leite animal; contudo, use duas
partes de leite evaporado e três partes de água purificada.
Quando usar leite em pó, siga as instruções recomendadas.
Há regiões em que se pode comprar o leite especiàl -
preparado para bebês. Ele deve ser preparado exatamente
como recomenda a bula. Não dilua o leite com mais água
para fazê-lo render mais, pois se assim fizer, o bebê não
receberá uma dose suficiente dos nutrientes de que
necessita. -

3. O bebê deve começar a comer outras coisas


aproximadamente aos seis meses.

Aproximadamente aos seis meses, ou um pouco' antes, o


bebê deve começar a receber outros alimentos além do
leite materno. É preciso lembrar-se de três coisas ao
começar a dar outros alimentos à criança:

60
• Dê ao bebê somente um novo alimento de cada vez, e
não mais que um ou dois novos alimentos a cada
semana.

• Amasse a comida, ou faça um purê, para que seja fácil


de ingerir e o bebê não se engasgue com um pedaço de
alimento.

• Lave as mãos e prepare o alimento com utensílios


desinfetados, para que os germes não contaminem a
comida.

o primeiro alimento deve ser uma papa de arroz bem rala.


Em seguida devem ser dadas outras papas de amido ou
purês de legumes ou frutas. É fácil fazer purê com frutas
bem maduras, como bananas, abacates, mamões e
mangas. Os legumes devem ser cozidos antes de fazer o
purê. O caldo coado de alimentos, ou água purificada pode
ser usado para diluir o purê, para que fique mais fácil ao
bebê engoli-lo. Se o alimento for ácido, acrescente um
pouquinho de açúcar.

Para transformar o alimento em purê, faça o seguinte:

• Lave as mãos com sabão e água, e enxágüe-as numa


solução desinfetante.

• Desinfete as frutas e legumes de que vai fazer purê.

• Desinfete os utensílios.

• Descasque a fruta e esmague-a com um garfo.

• Use uma colher para forçar o alimento a passar numa


peneira para uma tijela limpa.

• Jogue fora o resíduo que ficou na peneira.

• Se necessário, dilua o purê com caldo de alimentos ou Ensine aos alunos como fazer purê de
água purificada. alimentos. Saliente como é importante
que as mãos e os utensílios estejam
limpos. Permita que alguns dos alunos
pratiquem na frente da classe.

Os alimentos do bebê não precisam ser cozidos separados


dos da família. Legumes, raízes, massas ou arroz podem
ser retirados da panela de comida da família para fazer
purê para o bebê. Não devem ser dados a ele alimentos
que foram salgados ou muito temperados. (Veja as receitas
para comida de bebê no material suplementar desta lição.)

Os sucos de frutas fornecem vitamina C ao bebê. Pode-se


preparar facilmente sucos de frutas como laranjas, toranjas,
mamões ou melancias espremendo-as ou esmagando-as.
Em seguida coe o suco numa peneira ou pedaço
esterilizado de tecido, para remover todos os resíduos de
polpa. Para diluir o suco acrescente uma quantidade igual

61
••
-

••
.
de água purificada. Adicione açúcar apenas o suficiente
para que o suco tenha melhor sabor para o bebê.
••
Há alimentos que não devem ser dados a bebês pequenos.
Durante o primeiro ano evite dar-lhes sal e outros temperos. '.•
Só dê a ele clara de ovo quando tiver mais de um ano de
.-
••
idade. Evite dar-lhe mel enquanto ele não tiver um ou dois
anos de idade. Não lhe dê nozes, pipocas e outras
substâncias duras enquanto elé não tiver dois anos de
idade.
c.
4. O bebê prematuro ou nascido de mãe mal nutrida precisa
-.,-.
I.
de alimentação especial.

Os bebês prematuros ou nascidos de mãe mal nutrida são


chamados de bebês "de risco" porque é fácil ficarem
doentes ou morrerem, a menos que recebam cuidados e !-
alimentação especiais.

É especialmente importante que o bebê de risco seja
alimentado no seio desde o primeiro dia de vida. O colostro I.
lia

que ele recebe da mãe é muito necessário. Se o bebê de


risco não puder receber o leite materno, deve ser posto aos
cuidados de um especialista com treinamento médico.
'.:.:.
A amamentação deve continuar pelo menos até o primeiro
ano e o mais tarde possível. Se o bebê estiver engordando
i.
normalmente, não precisa acrescentar outros alimentos até

que ele complete seis meses de idade. Um bebê de risco
••
.
precisa de boa nutrição,mas não pode tê-Ia comendo
grandes quantidades de alimento. É mais prático melhorar a
dieta da mãe do que tentar acrescentar alimentos
rapidamente à do bebê.
-'

Ao acrescentar novos tipos de alimentos, eles devem ser
dados ao bebê em pequenas quantidades. Só um tipo ••
lt

diferente deve ser acrescentado a cada semana. A pessoa
que prepara a comida para um bebê de risco deve ter
cuidado para não transmitir germes. Ela deve lavar e li

•i.•
desinfetar as mãos e utensílios antes de preparar o
alimento. As frutas devem ser esterilizadas, e os alimentos
frescos e bem cozidos.

Siga o padrão de acrescentar alimentos à dieta do bebê, Dê aos presentes uma cópia da folha
de trabalho do aluno. Examine as ,:.
como faria a' uma criança saudável. Comece acrescentando
um cereal ou fruta. Evite produtos de trigo no início, porque
podem provocar alergias e problemas intestinais.
idéias principais da líção, e explique a
atividade que os alunos devem :.

completar com a família na próxima
semana.
:lt

••
••
".:.'.
62

•j
FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 2: NUTRIÇÃO

Lição 4:
NUTRiÇÃO PARA BEBÊS

Idéias Principais
1. Se possível o bebê deve ser
amamentado no seio desde o
primeiro dia de vida.

2. As mães que não podem


amamentar os bebês devem dar-
-lhes mamadeira especialmente
preparada.

3. O bebê deve começar a comer


outras coisas mais ou menos aos
seis meses.

4. O bebê prematuro ou que nasceu


de mãe mal nutrida precisa de
alimentação especial.

Atividade da Família
Faça comidas caseiras para o bebê.
Use o que aprendeu a respeito da
purificação da água, higiene e
nutrição.

63
Material Suplementar

Receitas para Alimentação do Bebê

A água de legumes cozidos e sem sal é nutritiva e segura. O


caldo da carne cozida também. Pode usá-los ao preparar a
comida do bebê.

Faça uma papa do arroz cozido da seguinte maneira:

Quantidade de Quantidade Tempo de


Alimento Arroz Cozido de Água Fervura Rendimento

Papa rala V2 colher de V2 xícara 10 minutos 5 colheres


sopa de sopa
Papa grossa 4 colheres de 1 xícara 10 minutos 12 colheres
sopa de sopa
Arroz mole 1 xícara 1 xícara 5 minutos 1V2 xícara

Podem ser preparadas outras papas de milho ou aveia, bem como


de raízes contendo amido, como a mandioca (aipim), batata e
batata-doce. O trigo não serve para um bom mingau para bebês
com menos de um ano de idade, porque pode provocar alergias.

Papinha de Arroz com Gema de Ovo


V2 xícara de caldo de carne ou de galinha sem sal
2 colheres de sopa de arroz cozido
1 gema de ovo batida
1 colher de sopa de leite natural ou de leite em pó

Acrescente o caldo ao arroz e esmague com as costas de uma


colher. Coloque para ferver. Misture a gema do ovo com leite e
acrescente ao arroz. Cozinhe por três minutos em fogo baixo. Dê
aos bebês de sete a oito meses de idade.

Cozido de Legumes com Purê de Feijão


114 de xícara de água de legumes sem sal (ou água purificada)
114 de xícara de feijões cozidos, amassados
114 de xícara de legumes amassados
1 colher de sopa de leite natural ou evaporado

Coloque água nos legumes e cozinhe-os por cinco minutos.


Acrescente o feijão e continue a ferver. Tire do fogo, amasse bem
e passe numa peneira. Coloque o leite e cozinhe por dois minutos,
mexendo sempre. Dê aos bebês de oito meses ou mais.

Farinha ou PÓ de Peixe ou Camarão


Torre um pequeno peixe como a anchova (sardinha) e um
camarão pequeno em fogo brando até que fique bem tostado (20
a 30 minutos, dependendo do tamanho do peixe). Reduza a pó e
passe-os numa peneira fina. O pó pode ser guardado por uma
semana e usado em mingaus e papinhas de legumes como um
alimento para crescimento. Dê a bebês de seis meses ou mais.

64
Tubérculos com Leite de Coco
Misture batata,doce, inhame, mandioca (aipim) ou batata cozida a
uma proporção igual de leite de coco espesso. Amasse até fazer
uma papa. Cozinhe novamente por três minutos em fogo brando,
mexendo sempre. Dê a bebês de seis meses ou mais.

Papinha de Banana com Amendoim


Misture uma banana madura com 1;4 de xícara de manteiga
(pasta) de amendoim bem rala. Dê aos bebês de seis meses ou
mais. Em lugar da manteiga ou pasta de amendoim, torre 1;4 de
xícara de amendoins descascados até ficarem marrons claros.
Remova as películas e moa até ficar um pó bem fino. Verifique
bem se não restaram pedaços pequenos de amendoim, que
podem fazer o bebê engasgar.

65
-

------:. :.
fi

'
i'
i•.
.
'.•
"

~ .•
UNIDADE 2: NUTRiÇÃO

Lição 5:

ARMAZENAMENTO DE ALIMENTOS E NUTRiÇÃO

Objetivo
Ensinar aos alunos como é importante armazenar alimentos e
água. .

Preparação da Lição
Prepare o seguinte para a lição:

1. Três cartazes mostrando as categorias de alime(ltos dos


três grupos básicos. (Veja Nutrição, lição 1.)

2. Diversos recipientes em que os alunos possam armazenar


. água. Encontre algum fácil de conseguir em sua área, que
.' seja baráto, e que dure muito tempo sem quebrar ou
enferrujar.

3. Sabão, solução de cloro e uma escova ou pano para limpar


os recipientes.

Faça o seguinte antes da lição:

1. Peça a um aluno que construa um refrigerador sem gelo e


que venha para a classe preparado para explicar como
construí-lo e como funciona. (Veja o material suplementar
no final desta lição.)

2. Visite agências de agricultura (Casa da Lavoura),


universidades e outros orgãos locais, para aprender a
armazenar alimentos comuns em sua região.

Apresentação da Lição

1. Devemos armazenar alimentos que proporcionem boa


nutrição à família. .

Fomos aconselhados aàrmazenar alimentos para que - ' Explique aos alunos que a Igreja
possamos ter uma boa nutrição em todas as épocas. incentiva os membros a armazenarem
Muitas frutas e legumes são encontrados apenas em alimento. Pergunte-Ihes por que.
recebemos este conselho.
algumas épocas do ano. Podemos comprá-los na estação
apropriada, quando são mais baratos, e armazená-los.
Assim consumiremos esses alimentos que armazenamos,
em épocas quando não é possível consegui-los frescos.

Ter uma reserva de alimentos pode ser muito importante


em tempos de emergência, como incêndios, inundações,
terremotos, escassez, tufões e outras circunstâncias em
que é difícil consegui-los. Seria útil ter uma reserva de
alimentos para quando não pudermos ganhar dinheiro para
comprar alimento para a família por estar doente ou
desempregado.

67
••
:.

'.

Se decidir armazenar alimentos, verifique que sejam do tipo


que proporcione boa nutrição à família.

Faça uma reserva dos três grupos básicos de alimentos:


um pouco de alimentos para energia, alguns de
crescimento e outros de proteção.

o organismo precisa constantemente de alimentos de Apresente o gráfico alistando os


energia. É muito importante que a família armazene um alimentos de energia e debata os que
suprimento de alimentos de energia. são comuns em sua área.

É importante também armazenar alimentos para o Mostre o cartaz alistando os alimentos


crescimento. Quando uma pessoa consome regularmente para o crescimento, e debata os que
alimentos para o crescimento, seu corpo cresce e se são comuns em sua área.
reconstitui. Os alimentos para o crescimento são
importantes para os bebês, crianças, mulheres grávidas ou
que amamentam, e pessoas que estão se restabelecendo
de enfermidade.

Muitas frutas e legumes são bons alimentos de proteção. Mostre o cartaz alistando os alimentos
Alguns são muito importantes porque são ricos em vitamina para proteção, e discuta os que são
Aou C. comuns em sua área.

Lembre-se de armazenar alimentos que a família está


acostumada a comer. Numa emergência, se eles tiverem
de ingerir um alimento que não gostam ou a que não estão
acostumados, poderão adoecer.

2. Armazene alimento suficiente para sua família.

A quantidade de alimentos que deve armazenar depende de


muitos fatores, como o tamanho da família, o custo dos
alimentos, o clima de sua região, e as leis locais quanto ao
armazenamento de alimentos. Muitas pessoas só
conseguem armazenar o suficiente para uma ou duas
semanas. Outras podem guardar alimentos de uma estação
para outra, e mesmo por um ano inteiro. Determine a
quantidade que sua família deve armazenar.

Não tendo meio algum de armazenar alimentos, terá que ir Peça ao aluno designado que mostre
diariamente ao mercado comprar gêneros frescos. Seria seu refrigerador sem gelo e explique
economizar tempo e trabalho comprar alimentos suficientes como o construiu e como funciona.
para alguns dias e armazená-los em um refrigerador. Caso
não o tenha, pode construir um para manter a comida
fresca.
Para armazenar alimentos por mais tempo, eles devem ser Compartilhe com os alunos a
cuidadosamente preparados e guardados em recipientes informação que aprendeu sobre as
especiais, do contrário deterioram ou criam bichos. maneiras de armazenar alimentos em
sua área.
Para começar, seria bom armazenar uma pequena
quantidade de alimentos e ir aumentando gradualmente.
Seria conveniente estabelecer a meta de armazenar
suprimentos suficientes para uma semana ou um mês.
Quando a tiver alcançado, decida se é possível estabelecer
outra para aumentar a quantidade de produtos
armazenados. .

68
r-
I•

••
.
••
'

••(. 3. Armazene água purificada para casos de emergência .

(.
~.
Os desastres naturais, como terremotos, tufões ou
inundações geralmente fazem com que os reservatórios de
água, que normalmente é limpa, fiquem sujos e cheios de
germes. Seria uma boa idéia ter um pequeno suprimento de

I.
água purificada, se surgirem tais emergências. Toda a
<I. família precisa de pelo menos quatro litros de água
purificada por dia.

'.
ii.
ir.
11.
Antes de guardar a água, é preciso purificá-Ia,
acrescentando quatro gotas de solução forte de cloro (4 a 6
por cento de hipoclorito de sópio) por litro. Seria bom
também passar a água por um filtro.

•I. Armazene a água purificada em um recipiente plástico ou


de vidro. Antes limpe o vazilhame muito bem com água e
sabão, e enxágüe-o em uma solução desinfetante (uma
Discuta os melhores tipos de
recipientes usados em sua área. Peça
aos alunos que o ajudem a limpar os

•• colher de sopa de 4 a 6 por cento de hipoclorito de sódio


que você trouxe, preparem uma
solução desinfetante e desinfete-os.

I. por litro de água). Se utilizar garrafas de vidro, coloque-as


em recipientes maiores, ou envolva-as em papel ou panos,
para que não quebrem em caso de terremoto.
Deixe que os encham de água, mas
antes a purifique.

'I.:'.. Verifique os recipientes todo mês para ver se uma tampa


está começando a enferrujar, ou se alguma garrafa de
plástico está rachada ou vazando.

'I..
••
Outra maneira de ter uma reserva de água purificada para
emergência, é armazenar uma garrafa de cloro, usando-a
para purificar a água.
Dê aos presentes uma cópia da folha
de trabalho do aluno. Examine as
idéias principais da lição, e explique as
atividades que os alunos devem

I.
cumprir com a familia na próxima
,i. semana.

I• ".

'•.
í.
!•

I•


t•


"•
••

'

••
. 69
FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 2: NUTRIÇÃO

Lição 5:
ARMAZENAMENTO D~ ALIMENTOS E NUTRiÇÃO

. Idéias Principais
1. Devemos armazenar alimentos que
proporcionem uma boa nutrição à
família.

2. Armazene a quantidade de
alimentos suficientes para sua
família.

3. Armazene água purificada para uma


emergência. .

Atividades da Família
1. Purifique e armazene pelo menos
C1uatroslitros de água.

2. Determine com a família que tipos


de alimentos devem ser
armazenados. Estabeleça uma meta
sobre o quanto serão capazes de
armazenar até uma certa data.

70
Material Suplementar

Como Fazer um Refrigerador sem Gelo

Um refrigerador sem gelo conservará frescas as carnes,


frutas, legumes, leite e manteiga. Pode ser construído com
pouca despesa, e nada custa mantê-lo. As instruções a seguir
dão uma idéia geral de como construí-lo. Use conhecimento e
materiais locais para tornar o refrigerador útil para a sua
região.

Faça uma armação de madeira de 140 centímetros de altura


por 30 cm de largura e 35 cm de profundidade. Revista-a com
tela de arame ou um tecido grosso, de um tipo que não
rasgue com facilidade, se possível. Se não obtiver a tela de
arame, use ripas ou varas trançadas. A parte de cima da
caixa deve ser coberta de arame, mas o fundo todo fechado.
Faça uma porta para um dos lados e monte-a com
dobradiças ou tiras de couro. Feche-a com uma tramela ou
trinco.

Agora faça as prateleiras ajustáveis com armações de


madeira cobertas com tela de galinheiro, ou qualquer outro
material. Fixe estas prateleiras em suportes laterais.

Pinte as partes de madeira das prateleiras. Se não tiver tinta,


pinte-as com óleo de linhaça, óleo de coco ou óleo
comestível, e deixe secar por alguns dias antes de. usar.

Faça uma cobertura de flanela, aniagem ou outro tecido


grosso e absorvente para cobrir a estrutura. Coloque a parte
macia ou lisa do tecido virada para fora. Coloque botões ao
redor da cobertura, de cima a baixo do lado em que a porta
se abre. Use botões de pressão e ilhoses, ou tachas de
cabeça grande e ilhoses, ou simplesmente passe. um cordão
pelos i1hoses.

Coloque na parte de cima da estrutura uma forma ou vasilha


de 10 centímetros de profundidade, ou uma bacia pequena.
Coloque a armação dentro de um recipiente maior para água.
Ambos os recipientes devem ser pintados. A beirada inferior
da cobertura deve entrar dentro da forma de baixo. Costure
quatro tiras dobradas de tecido, de 20 x 25 cm nas pontas
superiores da cobertura. Estas tiras funcionam como mechas
que mergulham na forma superior.

o funcionamento deste refrigerador é simples. Mantenha-o


num lugar à sombra, onde o vento sopre sobre ele. Conserve
a vasilha de cima cheia de água. As mechas absorvem a
água, e umedecem a cobertura. A refrigeração começa mais
rapidamente quando a cobertura fica encharcada com a água
absorvida pelas pontas mergulhadas na bandeja superior.
Quanto maior for a evaporação, mais baixa será a
temperatura dentro do refrigerador.

71

Limpe periodicamente o refrigerador e c010que-o ao sol para
••
secar. Uma boa idéia é fazer duas coberturas, para substituir

a cada semana a outra, que deve ser lavada e posta ao sol
para secar e ser desinfetada.
''..
'.
.•.
!•


'


,0.
:.
•.
li


'',..
(fi

i•

•i.
;.i.
rt.

!ft

••

:it

72
.•
'

I: UNIDADE 3: HIGIENE E LIMPEZA

••
•I.
I.i.
I•


'I•

I•.
i•


.•
I•

(

,.1'.
t.I'
I:

73
J.'.•

rI

I.!.
I, '•. 'I

II

I(.{.•.
li
••

'I..'
'


'('.
<.
I.
!.i'
I'•
(t

i.
\I

ri

'•. -

•J.
J.
'


.
•.
::

'

~ •
UNIDADE 3: HIGIENE E LIMPEZA

Lição 1:

COMO MANTER O CORPO ASSEADO

Objetivo
eEnsinaraos alunos como é importante lavar as mãos, tomar
banho e se manter asseado.

Preparação da Lição
Prepare o seguinte antes da lição:

1. Obtenha solução de cloro, água e recipientes para o preparo


de uma solução desinfetante. Traga também sabão e toalhas.

2. Verifique onde os alunos podem adquirir sabão, desinfetante


e xampus e o quanto custam. Se possível obtenha amostras
grátis.

3. Traga roupas de cama, para demonstrar como arejá-Ias ao


sol.

4. Encontre um lugar onde os alunos possam comprar bem


barato artigos de uso pessoal como pentes, escovas de
cabelo, escovas de dentes, e tecido para toalhas de banho
e toalhinhas de pano.

Material de referência para esta unidade:

Deveres e Bênçãos do Sacerdócio: Manual Básico dos


Portadores do Sacerdócio, Parte A, lição 24, "Manter a
Aptidão Física".

Apresentação da Lição
1. Podemos ser mais saudáveis, se mantivermos o corpo
limpo.

O Senhor nos deu a oportunidade de virmos à terra e Peça a um aluno que leia I Coríntios
obtermos um corpo físico. Se cuidarmos bem desta dádiva 3:16, no Novo Testamento. Pergunte o
que significa "um templo de Deus".
especial, que o Pai Celestial nos deu, podemos desfrutar de
Quando tiverem respondido, leiam
boa saúde e felicidade. juntos esta declaração do Presidente
David O. McKay:

"O homem sadio, que cuida de seu bem-estar físico, tem


força e vitalidade; seu templo é um lugar adequado para o
espírito habitar. .. É necessário, portanto, que cuidemos de
nosso corpo físico e obedeçamos às leis da saúde física e
felicidade." (David O. McKay, "The Whole Man",
Improvement Era, abril de 1952, p. 221.)

75


':.
As lições desta unidade o ajudarão a entender como êvitar
contrair germes que podem fazê-lo adoecer. Se aprender e
.
:".
•;.
aplicar estes ensinamentos, será mais saudável.

2. Lave e enxágüe as mãos para eliminar os germes. 'I.


As doenças são causadas por minúsculos organismos
vivos, chamados micróbios. Estes germes entram no corpo
pela boca, nariz, olhos, orelhas e feridas na pele. As
'i•..
•••
pessoas contraem germes tocando, comendo ou bebendo
coisas infestadas por eles.

••
Podemos livrar-nos de muitos germes que ficam nas mãos, Ensine como preparar uma solução
lavando-as com sabão e água. Enxaguá-Ias numa solução desinfetante, colocando uma colher de
desinfetante ajudará a matar mais germes. sopa de solução de cloro forte (4 a 6

'••.
por cento de hipoclorito de sódio) em
um litro de água. Peça a um aluno que
lave as mãos com sabão e água.
Enxágüe-as, derramando nelas um
pouco de solução desinfetante.

Em um dia normal, a pessoa pega em muitas coisas que It


contêm germes. Por isto é importante lavar e enxaguar as
,•;.
mãos antes de comer, de preparar o alimento, de cuidar de
um bebê, após tratar de um enfermo, juntar lixo, manusear
roupas sujas ou de usar o sanitário etc. ,
•:'..
3. Tome banho pelo menos duas vezes por semana, para
manter o corpo limpo e livre de germes.

Se puder, tome banho diariamente, mas, se não for


possível, pelo menos duas vezes por semana. As doenças
da pele são causadas por bactérias, fungos, ácaros i.'.
(micuins), piolhos e pulgas. Tomar banho freqüentemente
diminui os riscos de contrair doenças da pele.

Se sua casa tem caixa de água, mas não tem chuveiro, Mostre exemplos de sabão
••
desinfetante. Discuta com os alunos (.

.':.
será fácil fazer um. Não tendo água encanada, use uma
onde podem comprá-los e quanto
bacia para tomar banho. Ao lavar,se, tomar banho de custam.
chuveiro ou lavar o corpo, use um sabão antissético ou
desinfetante.
ti
4. Lave os cabelos com xampu pelo menos uma vez por
semana., ••
Lavando os cabelos regularmente com xampu, o couro
cabeludo ficarásadio e manterá os cabelos livres de
germes. Eles podem ser lavados com xampu comum ou

sabonete.

Se pegar piolhos, use um xampu desinfetante especial Debata onde' os alunos podem comprar
••
contendo um produto químico chamado lindane ou outro
encontrado localmente.
xampus desinfetantes e quanto
custam. •

76
.
ie

'

••
I.
I.". Ao lavar os cabelos com xampu contendo lindane, não o
deixe entrar nos olhos. Deixe a espuma nos cabelos por

• quinze minutos, depois enxágüe-os bem com água limpa .

'•.
t•
Remova as lêndeas enxaguando-os com vinagre morno e
envolvendo-os por trinta minutos em uma toalha embebida
em vinagre. Depois penteie os cabelos com um pente fino.

5. Use sapatos e' mantenha os pés limpos .

•r. Existem muitos germes e parasitas onde as pessoas


andam. Evite contrair muitos germes e alguns parasitas,

•• usando sapatos ou sandálias. Poderá livrar-se dos germes


enxaguando os pés com uma solução desinfetante. Isto é
particularmente importante se tiver andado em lugares onde

".I.
I,. havia excrementos humanos ou de animais,

6. Durma em roupas de cama limpas.


ift
Os germes, fungos, ácaros e outros germes que provocam
infecções freqüentemente se acham nas roupas sujas de
cama .

••
•• As roupas de cama devem ser lavadas e desinfetadas,
semanalmente. Outras coisas, como os travesseiros,
cobertores, colchas e colchões devem ocasionalmente ser
Demonstre como sacudir as roupas de
cama e colocá-Ias ao ar livre, para que
recebam a luz direta do sol.

•• postos ao sol, para arejar. Se possível, devem ser

i I. pendurados em um varal, ou suspensos e não colocados


diretamente no chão.

•• Se possível, é bom que toda criança da família durma em


cama separada. Quando mélis de uma pessoa dorme na
mesma cama, é especialmente importante que os lençóis
sejam lavados e desinfetados semanalmente, e que cada

".'. uma delas tome banho pelo menos duas vezes por semana.

•• 7. Cada pessoa da família deve usar objetos de asseio pessoal


individuais .

11.
t.
••
Quando alguém se láva, toma banho, escova os dentes ou
penteia os cabelos, pode deixar germes nos esfregões de
banho, toalhas, escovas de dente ou pentes. Se outro
membro da família os utiliza, contamina-se com eles.

Procure ter roupas de banho e artigos de toalete separados Reveja com os alunos o que descobriu
para cada um. Providencie um lugar onde eles possam a respeito dos lugares onde comprar
guardar seus artigos pessoais, para que não entrem em barato ártigos de toalete. Discuta como
fazer (esfregões) panos de lavar,
contato com os dos outros. cortando toalhas e panos velhos.
Dê aos presentes uma cópia da folha
de trabalho do aluno. Examine as
idéias principais da lição, e explique as
atividades que eles devem cumprir com
a família na próxima semana.

77
FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 3: HIGIENE E LIMPEZA

Lição 1:
COMO MANTER O CORPO ASSEADO

Idéias Principais

. 1. Podemos ser saudáveis, se


mantivermos o corpo asseado.

2. Lave e enxágüe as -mãos, para


eliminar os germes.

3. Tome banho pelo menos duas vezes


_por semana, para manter o corpo
limpo e livre de germes.

4. Lave os cabelos com xampu pelo


••
menos uma vez por semana.,
"I.
-'-
5. Use sapatos e mantenha os pés
limpos.

6. Durma em roupas de cama limpas.

7. Cada pessoa da família deve usar


objetos de asseio pessoal
individuais.

Atividades. da Família
1. Ensine os membros da família a
lavarem as mãos com sabão e água
e enxaguá-Ias em solução
desinfetante.

2. Instrua a família sobre a importância


de usarem sapatos. Providencie que
todos tenham sapatos ou sandálias.

3. Verifique quem na família precisa de


artigos pessoais de higiene.
Compre-os e marque-os, para que
cada um use os seus .
.'

78
UNIDADE 3: HIGIENE E LIMPEZA

Lição 2:

O CUIDADO COM OS DENTES

Objetivo
. Ensinar os alunosacuidar dos dentes.

Preparação' da Lição,
Obtenha o seguinte para a lição:

1. Gravuras de revistas retratando bebês, crianças, jovens,


adultos e pessoas idosas com dentes sadios.

2. Bicarbonato de sódio e sal, para fazer um pó para limpar os

I.''•..
dentes.

3. Um pedaço médio de linha branca e forte e um pedaço de


cera, que os alunos possam usar como fio dental.

Prepare o seguinte antes da lição:

<. 1. Verifique quanto custam as escovas de dente, comparadas

{•. às feitas em casa. Compare também o preço dos cremes


(pasta) dentifrícios com e sem flúor.

•• 2. Faça uma escova de dentes. (Veja o material suplementar

I. no final desta lição.)

'':...
3. Prepare um quadro mostrando a maneira correta de
escovar os dentes. (Veja o material suplementar no final
desta' lição.)

.'
••
4. Verifique onde os alunos podem comprar fio dental e
quanto custa.

Apresentação da Lição
1. Se cuidarmos bem dos dentes, eles permanecerão fortes e

• sadios portada a vida.

É importante começar a cuidar dos dentes da criança desde


que nasce o primeiro dente. Se não cuidar dos dentes do
Mostre as gravuras de pessoas com
dentes sadios. .
bebê, ele pode perdê-los antes da época apropriada, por
ficarem cariados ou por acidentes. Assim seus dentes
permanentes crescerão tortos. Se a criança não aprender a
cuidar da primeira dentição, provavelmente não tratará dos
dentes permanentes, e os perderá. Os adultos precisam de
todos os dentes permanentes, para mastigar todos os tipos de
alimentos. Sem dentes sadios, será mais difícil permanecerem
saudáveis.

79
Os pais e irmãos mais velhos têm a responsabilidade de
ensinar os mais novos a escovar os dentes e limpá-los com
fio dental. Assim as crianças adquirirão o hábito de cuidar dos
dentes por toda a vida. O primeiro dente permanente da
criança nasce aos seis anos, e ela deve aprender como
conservá-los sadios, pois assim terá um corpo mais saudável
e se sentirá melhor com sua aparência.

Além disso, se ensinarmos as crianças a cuidar bem dos Peça aos alunos que mencionem
dentes, não gastaremos tanto com dentista. Se jovens e problemas que tiveram com os dentes.
adultos cuidarem dos dentes, serão mais atraentes. Se os Ajude-os a compreender que é mais
fácil e barato cuidar dos dentes do que
adultos cuidarem de seus dentes não terão dores de dente, e ter de tratá-los no dentista. .
poderão comer todos os tipos de alimentos. É preciso
conservar os dentes por mais tempo possível. As pessoas de
todas as idades devem cuidar bem dos dentes.

2. É preciso manter os dentes limpos, para evitar as cáries ou


doenças de gengiva.

Devemos aprender a manter os dentes limpos. O melhor


momento de limpá-los é imediatamente após as refeições.
As partículas de alimento que ficam nos dentes por muito
tempo fazem que eles cariem e causam doenças nas
gengivas. A melhor maneira de mantê-los limpos é escová-
-los ou limpá-los com fio dental.

Se não escovarmos os dentes após as refeições, eles


criarão uma película, que os deixa amarelos e faz com que
tenha mau hálito. Esta película é chamada placa. A placa é
formada por bactérias da boca, mais o ácido que fabricam
com o açúcar dos alimentos. É fácil remover a placa
diariamente, mas se deixarmos que fique nos dentes dia
após dia, ela endurece, e quando isso acontece, ela deve
ser removida por uma pessoa treinada e com os
instrumentos adequados.

3. Toda pessoa da família deve escovar os dentes


corretamente após cada refeição.

Comece agora mesmo a ensinar seus filhos a cuidarem dos


dentes, especialmente escovando-os após cada refeição. É
preciso incentivá-los e fazê-los lembrarem disso. As
crianças ficarão gratas quando crescerem, e os pais não
terão de gastar tanto em consultas ao dentista. Comece
agora a cuidar de. seus dentes, pois com isso evitará
problemas futuros. .

80
Os adultos e as crianças devem usar uma escova de
dentes macia. A escova dura pode machucar as gengivas
ou riscar o esmalte dos dentes. Deixe a escova de dentes
secar após usá-Ia, e use-a apenas para esse fim. Quando
as escovas ficarem velhas devem ser compradas novas.

Se não puder comprar escovas de dentes, faça-as em casa. Ensine os alunos a.fazerem escovas de
dentes; se não puderem compré.-Ias.
Fale sobre o ,custo das escovas .
c?mpradas e das feitas em casa.
Para escovar bem os dentes, limpe primeiro a parte da Use o quadro que preparou e ensine os
frente e depois a de trás, também a de cima e os vãos dos alunos a escovarem os dentes
dentes. Escove cada dente, limpando a parte de trás e a da corretamente ..
frente. Escove cada lado pelo menos seis vezes,
demorando em tudo três ou quatro minutos.

4. Ao escovar os dentes, use pasta ou pó dentifrício.

Os dentes devem ser escovados com pasta ou pó Fale a respeito de onde os alunos
dentifrício. Se usar pasta dentifrícia, compre um produto podem comprar pasta dentifrfcia.
contendo flúor. O flúor ajuda a prevenir a cárie dentária. Compare os custos da pasta dentifrícia
com ou sem flúor.
Para limpar os dentes basta usar apenas um pouco de
pasta.

Se não puder comprar pasta dentifrícia, misture Ensine como fazer pó dentar com
bicarbonato de sódio e sal em partes iguais. Este pó pode bicarbonato de sódio e sal. Deixe que
ser usado com água purificada para escovar os dentes. Se os participantes o provem. .
não tiver bicarbonato de sódio, use apenas sal. Enxágüe
bem a boca depois de escovar os dentes.

5. Devemos remover a placa dos dentes, usando


regularmente fio dental.

Para ajudar a remover a placa dos dentes, use fio dental.


Ele é fácil de usar e deve usá-lo diariamente, conservando
mais os dentes.

O fio dental é uma fibra fina preparada para limpar os vãos Mostre aos alunos como fazer fio
dos dentes. Às vezes a fibra ou fio é revestido com cera, dental com fio de linha de espessura
para que escorregue bem entre os dentes que estão muito média e um pedaço de cera de abelha.
juntos. O fio dental pode ser adquirido em farmácia.
Podemos também usar um fio de linha média, depois de
passá-lo em um pedaço de cera.

O fio dental deve ser forte, para que não arrebente. Passe o
fio dental cuidadosamente, para não machucar as gengivas.

81
Para limpar os dentes com fio dental, corte mais ou menos Explique e mostre como usar o fio
25 a 40 centímetros de fio. Segure-o pelas extremidades dental.
entre os polegares e os indicadores, uns sete centímetros
antes de cada ponta. Coloque o fio entre os dentes, e
deslize-o suavemente entre o vão dos dentes, até chegar na
gengiva. Cuidado para não cortar a gengiva com os
movimentos rápidos. Limpe cuidadosamente todos os vãos
dos dentes. O movimento do fio removerá os resíduos de
alimento e a placa. Use uma parte limpa do fio para cada
dente. É possível que suas gengivas sangrem um pouco
nas primeiras vezes. Istoé normal, e dentro de alguns dias
não sangrarão mais. Limpar os dentes regularmente com
fio dental fortalece as gengivas.

A limpeza dos dentes com fio dental pode evitar a dor de Dê aos presentes uma cópia da folha
dentes e evitar que cariem, por isso limpe-os diariamente. de trabalho do aluno. Examine as
Se as gengivas continuarem sangrando após duas idéias principais da lição, e explique as
atividades que os alunos devem
semanas, talvez seja preciso consultar um dentista. cumprir com a família durante a
próxima semana. .'

82
•(.
.•
'
FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 3: HIGIENE E LIMPEZA

•t. Lição 2:

O CUIDADO COM OS DENTES


i•


• í•

•• Idéias Principais

'I. 1. Se cuidarmos bem dos dentes, eles


permanecerão fortes e sadios por

'••i.,. toda a vida.

2. É preciso manter os dentes limpos,


para evitar as cáries ou doenças de
gengiva.

• 3. Todos da família devem escovar os


dentes corretamente após cada

".!. refeição.


I.
4. Ao escovar os dentes use pasta ou
pó dentrifrício.

(•. 5. Devemos remover a placa dos


dentes usando regularmente fio
dental.

(•. Atividades da Família

'(•..
:(.' 1. Compre ou faça uma escova de
dentes para cada pessoa da família
que não a possui. Substitua as
escovas sujas ou gastas .

••
2. Compre ou faça fio dental para a
família .

'•.I•
3. Ensine as pessoas da família a
escovarem os dentes e a usarem fio
dental.

4. Faça um gráfico para anotar as

•• vezes que cada pessoa da família


escovou os dentes ou limpoucos
com fio dental nesta semana .

••
••
••

••
I. 83


Material Suplementar

Método Correto de Escovar os Dentes

Para limpar a superfície exterior de todos os dentes, coloque a


escova onde os dentes e as gengivas se encontram. Segure-a em
ângulo de 45 graus. Escove em curtos movimentos para cima e
para baixo ao longo da área entre os dentes e as gengivas.

Proceda da mesma forma na parte interior dos dentes.

Escove para frente e para tras a parte de cima dos dentes.

84
(.
i•
~. Como Fazer uma Escova de Dentes Caseira

• Pegue um galhinho de áNore e aponte uma das extremidades

•I. para palitar os dentes. Esfiape bem a outra ponta, e use as fibras

i.
i•
como escova. Outra alternativa é amarrar um pedacinho de toalha
na ponta de um galho. e usá-lo como escova.

••
••
••
(•.
i•

i.
i.''.
i•

••
••
(.•
1&
• I•

•i.'
••
I.:.
.'•
\l,

I•

•I.
I•

••
I •


i".
I

I-
~
85
I•.
(I


li

(


'
..
• ~

r.1
•\.
f.
~.
(li

••
if'..
'J.::


.\•.
~:

''..
'.
UNIDADE 3: HIGIENE E LIMPEZA

Lição 3:

LIMPEZA NA COZINHA

Objetivo

Ensinar aos alunos a limpar e organizar a cozinha para que as


pessoas da família não contraiam tantas doenças.

Preparação da Lição
Obtenha o seguinte para a lição:

1. Prepare uma tira de papel contendo a palavra "Limpeza".

2. Louças, sabão; agua, solução de cloro, e recipientes para


lavar, enxaguar, secar e guardar as louças.

3:Táôua de cortar, utensílios de cozinha de madeira; lixa fina


e uma lupa.

4. Um pedaço de plástico ou oleado para cobrir os lugares


onde o alimento é preparado; lixa de papel; ou pratos rasos
grandes. .

Prepare o seguinte para a lição:

1. Faça um cartaz mostrando a quantidade de solução de


cloro, que deve ser colocada em um litro de água para
fazer a solução desinfetante.

2. Incentive os' participantes a trazerem utensílios de casa,


semelhantes aos debatidos na lição. Eles poderiam trazer
escorredor de pratos; toalhas, desenhos de armários ou de
recipientes, para guardar alimentos. Os alunos também
poderiam trazer desenhos de outros utensílios de cozinha
que têm em casa.

Apresentação da Lição
1. Os germes que ficam nas louças podem fazer a família
adoecer.

Quando as pessoas contraem germes no organismo, elas


podem adoecer. Se as louças tiverem germes, nós os
ingeriremos ao comer. Os germes se depositam nos pratos
de diversas maneiras.Eles são trazidos pelas moscas e
outros insetos para os pratos sujos ou limpos, ou por eles
terem sido lavados com água contendo germes. Quando
um membro da família adoece, os germes da doença
podem ser transmitidos aos outros, se os pratos não forem
desinfetados. Lembre-se de que quando as crianças
adoecem muito, elas custam a crescer.

87
2. Lave e desinfete a louça, após cozinhar ou comer. Coloque no quadro-negro a palavra

Desinfetar significa matar todos os germes ou ovos de


parasitas de um objeto. Podemos desinfetar os pratos
"Limpeza", e pergunte aos alunos o
que significa. •
lavando-os com água quente, com sabão. O sabão ajuda a
tirar os alimentos dos pratos. O calor e o sabão eliminam
os germes que provocam doenças, Após lavar as louças,
enxágüe-as na água quente. Depois coloque-as num
escorredor de pratos. Por estarem quentes, secarão
rapidamente.

A água pode ser aquecida colocando-se uma panela com Coloque em fila um recipiente de água
água sobre a panela onde se cozinha os alimentos. Se ficar quente com sabão; um com água
muito caro lavar os pratos com água quente, enxágüe-os quente limpa; e um secador de pratos,
para mostrar boa organização. Deixe
em solução desinfetante. que os alunos lavem e deSinfetem a
louça em água quente, e que a
enxágüem na água quente. Peça que
coloquem os pratos no secador para
secar. Eles deixarão os pratos mais
higiênicos derramando neles água
fervente.
Os pratos não podem ser desinfetados lavando-os apenas Mostre o cartaz ensinando como fazer
na água fria com sabão. Se não puder usar água quente, a a solução desinfetante.
louça pode ser desinfetada de outra maneira. Primeiro lave
os pratos em água fria com sabão e enxágüe-os na água
quente. Enxágüe-os de novo em solução desinfetante feita
colocando uma colher de sopa de 4 a 6 por cento de
hipoclorito de sódio em um litro de água. Observe que o
volume de cloro desta solução desinfetante é maior que o
usado para purificar água para beber. Marque claramente a
solução desinfetante, para que não seja confundida com
água para beber.

A água de cloro para enxaguar pode ser usada muitas Exponha um recipiente de água fria
vezes durante o dia, desde que se possa sentir nela o com sabão; outro com água fria para
mesmo cheiro de cloro. Se os pratos foram lavados e enxaguar; e um de solução
desinfetante. Deixe que os
enxaguados cuidadosamente em água quente antes de participantes lavem, enxágüem e
colocá-los na solução desinfetante, ela pode servir para o desinfetem alguns pratos.
dia todo. Verifique o cheiro forte de cloro, comparando-o ao
da água purificada para beber. Observe também a
sensação nas mãos após enxaguá-Ias na solução
desinfetante.

3. Evite que os pratos peguem germes de novo após serem


desinfetados.

Muitas pessoas enxugam a louça com um pano. Esses


panos podem conter muitos germes e passarão à louça ao
ser enxugada. Ela deve secar em um escorredor de louça
após ser desinfetada. Cubra a louça com um pano limpo e
seco enquanto está secando, para que não pegue sujeira e
os insetos não pousem nela.

88
1.I.
.•.
I•

'
'


•.!
Quando a louça desinfetada estiver seca, coloque-a no
guarda-louça ou armário, para mantê-Ia longe da poeira,
moscas, baratas etc. Os armários fechados são mais
Deixe que os alunos compartilhem
idéias ou esboços que têm para
cabides ou secadores de roupa,
escorredores de louça, armários e

I•.
recomendáveis. Lave-os regularmente com água e sabão, outros lugares para guardar louças e
enxágüe-os, e desinfete-os com solução desinfetante. Veja utensllios. Mostre qualquer escorredor
que as portas do armário fechem bem. Se costuma guardar ou recipiente que trouxe para secar e

•i.
em lugares separados os pratos, facas, garfos e colheres, guardar louça.
sua cozinha ficará organizada e mais fácil de manter em
condições higiênicas. Os utensílios desinfetados podem ser

'••. guardados em recipientes limpos de lata ou plástico, com


tampa .

Não podendo manter a louça higienizada, deve desinfetá-Ia


pouco antes de usar, enxaguando-a em solução


':.I.
desinfetante .

Os pratos desinfetados e os que contêm germes podem ter

''../
a mesma aparência; entretanto, um microscópio mostraria
que a louça desinfetada não contém germes.

4. Mantenha a cozinha limpa.

Pode-se ficar doente, contaminando-se com germes


I,.

.''•. encontrados em vários lugares na cozinha. Eles


contaminam o alimento quando está sendo preparado e
servido. É preciso desinfetar as tábuas de cortar, utensílios,
recipientes de alimentos e lugares onde são preparados .
Faz-se isto enxaguando-os com solução desinfetante .

{•. Às vezes, as tábuas de cortar, tigelas de madeira e mesas


têm arranhões e rachaduras profundas. A solução de cloro

• não pode matar os germes nos arranhões profundos, assim,

•'.
de vez em quando use lixa de papel para eliminar os
arranhões, e será mais fácil desinfetar as coisas de
madeira. Se não puder fazer isso, cubra a superfície com
,i•
um pedaço de plástico ou oleado e o desinfete.

•I. Não dispondo de uma superfície plana, como tábua de


cortar ou mesa, para preparar os alimentos, use pratos
Deixe os alunos examinarem com uma
lupa as tábuas de cortar, uma colher,

'. rasos (de louça vitrificada ou metal). Desinfete-os depois de ou tigela de madeira. Eles poderão ver

li.
os arranhões e rachaduras na madeira,
usá-los, e guarde-os longe da poeira e das moscas. onde os germes podem alojar-se. Deixe

.'
que usem lixa para remover os
arranhões, e depois examinem os
utensílios de novo com a lupa.

•• Se possível, demonstre como lixar as


superfícies, como revesti-Ias com


1.•
plástico grosso, ou preparar alimentos
em pratos rasos grandes .

•• É importante manter limpo o piso do lugar onde são feitas


as refeições. Varra-o após cada refeição e limpe o piso de
toda a cozinha pelo menos uma vez por dia. Se ele for de

•• uma superfície dura, esfregue-o com água e sabão


freqüentemente. Se for de terra, coloque uma camada de
cascalho fino, ou bata bem o chão respingando com água .


I.
fi
89


Tire o pó das paredes e do teto com freqüência, e se
possível lave-os.

É difícil manter a cozinha limpa, se a fumaça ou o vapor Discuta meios de livrar-se da fumaça,
das panelas não tiver por onde sair, por falta de ventilação. que sejam comuns em sua área.
Se sua cozinha tem muita fumaça, é preciso fazer um
respiradouro por onde ela possa sair.

5. Guarde a água de beber purificada e as sobras de comida


longe de insetos e da poeira.

Na cozinha deve existir sempre um suprimento de água


purificada. A água contaminada propaga muitas doenças.
Mantenha a água purificada em recipientes fechados, para
que não receba poeira e Insetos. Marque-a "Água de
Beber". Purifique a água acrescentando quatro gotas de
solução de cloro contendo 4 a 6 por cento de hipoclorito de
sódio por litro de água. Após trinta minutos a água estará
boa para beber.

Guarde as sobras de alimento em recipientes bem


fechados. Se possível coloque-os em um refrigerador ou em
prateleiras protegidas por uma porta com tela. As sobras
durarão mais e permanecerão seguras em temperatura
baixa. Esquente bem todas as sobras de alimentos antes de
servi-Ias de novo.

6. Guarde o lixo em um recipiente fechado.

Guarde o lixo em um recipiente bem fechado, até que Dê aos presentes uma cópia da folha
possa dar-lhe o destino adequado. Isso impedirá que junte de trabalho do aluno. Examine as'
idéias principais da lição, e explique as
moscas, ratos e camundongos. Use uma lata comum com
atividades que os alunos devem
tampa bem fechada ou um saco plástico. Coloque o lixo o cumprir com a famflia na próxima
mais longe possível da casa. semana.

90
FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 3: HIGIENE E LIMPEZA

Lição 3:

LIMPEZA NA COZINHA

Idéias Principais
1. Os germes que ficam nas louças
podem fazer a família adoecer.

2. Lave e esterilize a louça após


cozinhar ou comer.

3. Evite que os pratos peguem germes


de novo após serem desinfetados.

4. Mantenha a cozinha limpa.

5. Guarde a água purificada e as


sobras de comida longe dos insetos
e da poeira.

6. Mantenha o lixo em um recipiente


bem fechado.

Atividades da Família
Escolha uma ou mais das seguintes
atividades para realizar esta semana.

1. Lixar e pintar a superfície onde é


preparado o alimento.

2. Obtenha e use pratos rasos grandes


para preparar a comida.

3. Faça um escorredor de pratos


simples para a louça.

4. Obtenha alguns panos para cobrir a


louça que está secando.

5. Consiga alguns esfregões (pedaços


de pano ou bucha) e use-os para
lavar a louça.

6. Faça prateleiras para guardar a


louça longe da poeira e das
moscas.

7. Arranje um recipiente com tampa


para guardar a água purificada.

91
._---------------------------~.:
i:
:.
»
(.
.•
(I


I.
til

el

••
••

••

*.
••
UNIDADE 3: HIGIENE E LIMPEZA

Lição 4:
LIMPEZA. NO LAR
. .,

Objetivo

Ensinar aos alunos como manter o lar limpo, para que


adoeçam menos.

Preparação da Lição
Obtenha o seguinte para a lição:

1. Gravuras ou desenhos simples de modelos de cercas e


portões.

2. Modelos de redes, estrados, esteiras e colchonetes para


dormir.

Prepare as seguintes coisas para a lição:

1. Se possível, peça a uma pessoa que saiba construir portões


e cercados simples para animais, que venha à reunião e
mostre aos alunos como fazê-lo.

2. Procure saber como as pessoas locais prendem os animais,


usando gaiolas, cercados, viveiros etc.

3. Programe levar os alunos a conhecerem casas que tenham


quintais bem organizados. Se não for possível, traga
gravuras ou desenhos dessas áreas.

Apresentação da Lição
1. Mantenha os animais longe dos lugares onde as pessoas
da família permanecem, preparam comida, comem, tomam
. . banho ou' brincam.

Algumas pessoás conservam ~mjmais dentro e ao redor da Discuta as espécies de animàis que as
casa. Eles transmitem doenças às pessoas, pois têm pessoas costumam ter dentro e fora de
piolhos, carrapatos e pulgas, que propagam enfermidades. . casa em sua região. Inclua animais de
estimação como cães, gatos, e
Os animais espalham sujeira e pêlos pela casa, bem como pássaros; animais de corte, criados
partículas de excrementos animais e humanos, por onde para fornecer leite, carne e ovos; e .
pisaram. roedores como ratos brancos,
"hamsters" e porquinhos-da-índia.

Se os animais forem mantidos fora da casa, a família se Mostre aos alunos como fazer alguns
livrará de muitas doenças. É possível fazê-lo da seguinte modelos de portões e cercas, para
maneira: manter: os animais longe da casa ou
peça a um convidado que os ensine.
Sugira alguns materiais de baixo custo
Colocando portões baixos nas portas de acesso. que podem ser usados para fazer
portões e cercas.
Isolando-os atrás de cercas, ao redor da cozinha e da casa.

93
••
.
••
'

•(.
Construindo cercados longe da casa para os animais.

Manter os animais pequenos e aves em gaiolas.


Transmita o que aprendeu a respeito
de construir viveiros, cercados e
gaiolas para galinhas é outros animais. '•.
Alimentar os animais longe da casa.

Instruir as crianças e outros da família a manterem os •••


animais fora da casa.

2. Se houver animais dentro da casa, tenha cuidado para que


eles não propaguem enfermidades.

• i

Para manter animais de estimação dentro da casa, faça o ••


seguinte para que não transmitam doenças:

Treine os animais de estimação a fazerem suas


necessidades em uma caixa ou fora da casa. .'••
Dê banho nos animais com freqüência.

Limpe e desinfete os pisos, especialmente se houver


(•.
crianças pequenas.

Não deixe os animais subirem nos lugares onde é


••
preparado o alimento.

Não dê comida aos animais em pratos ou panelas usados



pela família.

Em muitos países é possível vacinar os animais, e dar


remédios contra vermes para impedir que transmitam
doenças. Os animais muito doentes talvez precisem ser
sacrificados.

3. Organize os quartos de dormir de sua casa, para que as


pessoas da família não transmitam doenças umas para as
outras.

Em quartos muito apinhados, uma pessoa transmite Mostre aos alunos uma rede, esteira ou
doenças para as outras. Se as crianças dormirem em colchonete, e como podem ser
camas separadas, não transmitirão doenças às outras guardados durante o dia.
durante a noite. Se não puder ter camas separadas para os
filhos, use estrados que depois podem ser retirados, ou
redes, esteiras e colchonetes, que podem ser dobrados ou
enrolados depois.

Mantenha as roupas de cama e as redes, esteiras ou


colchonetes livres de insetos e germes, colocando-os ao
sol. Lave os lençóis com água e sabão, e enxágüe-os em
solução desinfetante preparada com uma colher de sopa de
4 a 6 por cento de hipoclorito de sódio em um litro de água.
Os tecidos de lã podem ser lavados em água fria e
pendu rados ao sol.

94
~--

••
••
•• 4. Umpe e desinfete o sanitário e banheiro, para proteger as

•• pessoas da família das doenças .

•I•.,
Se não houver higiene nas instalações sanitárias de sua
casa, as pessoas da família podem contrair doenças,
porque os excrementos humanos contêm muitos germes e
parasitas. Às vezes o banheiro da casa é tão sujo e

'••.
desagradável de usar, que as pessoas da família não o
utilizam. Para a família ter saúde, é preciso desinfetar a
latrina ou sanitário e torná-lo agradável.
,

•;.
O papel higiênico ou as toalhinhas de pano devem ser
mantidos no sanitário, onde deve ter um lugar para lavar as
mãos. Se quiser as toalhas para enxugar as mãos, também
podem ficar no mesmo local, e se for assim, certifique-se


'•.
de que elas sempre" estejam limpas. Cada pessoa deve ter
sua própria toalha e um lugar onde pendurá-Ia para secar.

'. ••
Lave os pisos, portas e paredes do sanitário com água e
sabão e enxágüe-os com solução desinfetante. Faça isso
pelo menos uma vez por semana, ou mais se necessário .

Em algumas regiões o sanitário também é o lugar onde os


membro~ da família tomam banho, lavam o rosto e as

•• mãos, penteiam os cabelos e escovam os dentes.


Mantenha esta área organizada e limpa, para que as

•• pessoas não transmitam doenças umas para as outras .


Cada um deve ter um lugar adequado e arejado para

i.'t..
colocar sua escova de cabelo, toalha, escova de dentes,
onde possam secar rapidamente. Lave e desinfete
freqüentemente estes objetos, bem como os lugares onde
são guardados.

•• O piso, portas, e paredes do sanitário devem ser lavados


pelo menos uma vez por semana com água e sabão, e
Se foram feitos os preparativos, leve os
alunos para conhecerem casas que

':.
enxaguadas com solução desinfetante . possuem áreas bem organizadas. Se
não puder fazê-Io, mostre as gravuras
ou desenhos que conseguiu.
Dê aos presentes uma cópia da folha

'•.. de trabalho do aluno. Examine as


idéias principais da lição, e explique as
atividades que os alunos devem
cumprir com a família na próxima
'


:.
••
semana.

••

'•.
I•

•• 95
.1
UNIDADE 3: HIGIENE E LIMPEZA '•.
''•..
FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO

'•.
Lição 4:
LIMPEZA NO LAR
(



Idéias PrinCipais la
1. Mantenha os animáis longe dos
lugares onde as pessoas da família
.-.-
- ..
, permanecem, preparam o alimento,
comem,
' '.-
tomarn'1,..banho
"',
ou.. brincam.
". .-•
~ .2: Se houver anim~is de
;
estimação
dentro da casa.,tenha'cuidado. para
que~ não transmitam 'enfermidades.
••
. .'

3.0rganize os quartos de dormir. da


:•.
iI.•.
sua casa, parà que as pessóas da
família não trarismitàm doenç~s
umas para àsóutras.

4. Limpe e desinfete o sanitário e


banheiro, para proteger as pessoas
da faniílià das doenças. . •I.
Atividades da Família
••
1. Se houver animais que precisí3,m ser
••
r.'.
rnantidó::rtorano quintal, construa
portões, cercas', portas e outras
coisas para conseívá:los do lado de
fora.

2:Selecione uma parte da casa que


precise ser melhor organizada.
••
Comece a organizá-Ia nesta

I.'•..
semana.

..
'


,fi
'
'

• ~ .

••
li
••
96
••
••
•• UNIDADE 3: HIGIENE E LIMPEZA

•• Lição 5:

COMO LAVAR E DESINFETAR ROUPAS


••
••
•• Objetivo

•• Ensinar os alunos a evitarem a propagação de germes,


lavando e desinfetando adequadamente as roupas .

••
' .
••
Preparação da Lição
Prepare o seguinte para a lição:

1. Um pouco de roupa para lavar, sabão e solução


desinfetante .

•• 2. Uma máquina de lavar roupa feita em casa, construída


conforme as instruções do material suplementar no final

.••• desta lição, ou uma bacia e uma tábua de lavar roupa .

3. Roupas de tecidos duráveis e outras de tecidos que


estragam facilmente.
'

Apresentação da Lição

•• 1: Evite a propagação
roupas .
de doenças, lavando e desinfetando as

I•. Ajude a evitar que as enfermidades se propaguem, lavando


e desinfetando bem as roupas da casa. As roupas de baixo,

•• fraldas e panos usados como toalhinhas de pano podem


transmitir doenças, se não estiverem limpos e desinfetados .

'.".•
Os panos de lavar louça (esfregões) e panos de prato
usados onde foi preparado o alimento contêm germes que
se multiplicarão e se propagarão, se não forem lavados e
desinfetados regularmente. Nossas roupas e roupas de

'.••
cama podem propagar germes causadoreS de infecções da
pele e doenças contagiosas. Isto se aplica especialmente
se elas foram usadas por uma pessoa enferma. As toalhas

I•.
e os esfregões (panos de lavar), usados no banheiro
também podem transmitir doenças.

Quando as roupas são lavadas com água e sabão, a sujeira


e outro material onde os germes se desenvolvem são

'.•• removidos. Os germes só morrem se os objetos forem


desinfetados. Para desinfetar as roupas, lave-as em água
quente e enxágüe-as numa solução desinfetante ou em
água limpa, secando-as diretamente ao sol.

••
'

••
.
•• 97
1•

••
••
2. Separe as roupas que precisam ser colocadas de molho ou
lavadas separadamente.

Algumas peças devem ser colocadas de molho antes de


ser lavadas, como as roupas de baixo, fraldas, toalhinhas

{

••
.
de pano, ou qualquer outra roupa que ficou muito suja.
Ponha-as de molho em água de sabão por uma hora,
depois torça-as bem antes de lavar.
••
•••
3. Lave as roupas em água de sabão quente.

.
Certifique-se de que os tanques, bacias ou máquina de


lavar roupa estejam limpos antes de usá-los. Se for preciso
desinfetar muitas roupas porque as pessoas da família
estão doentes, use uma lata ou balde para fervê-Ias. (

Ao lavar roupas use água bem limpa. Talvez seja preciso


filtrar a água para limpá-Ia, se estiver muito suja. A água
••
não precisa ser purificada. Se possível, deve estar quente,
para limpar as roupas e matar os germes.
'.•
Use sabão suficiente para remover a sujeira das roupas. Se
usar bastante sabão, a água ainda estará cheia de espuma
quando acabar de lavar a roupa. Se não estiver, é sinal de
••
que foi pouco o sabão.

Comece lavando as peças de cor clara e que não estão


••
muito sujas. Esfregue bem as roupas, para retirar toda a
sujeira. Isto pode ser feito esfregando as roupas com as
mãos ou na tábua de lavar roupa, batendo-a com uma vara,
•••
batendo a roupa nas pedras, ou usando máquina de lavar.
Se tiver máquina de lavar roupa, não precisa esfregar a
roupa suja ao lavá-Ia. Se tiver pouca água, use a mesma
água de sabão para lavar outras roupas. :•.
4. Enxágüe cuidadosamente as roupas. ••
Enxágüe a roupa diversas vezes com água limpa, para

•'.
remover o sabão e a sujeira. Você pode usar dois tanques,
ou tinas com água, enxaguar a roupa primeiramente numa
água e depois na outra. Torça bem a roupa entre as
enxaguadas. I•

Após enxaguar toda a roupa, algumas peças talvez


precisem ser enxaguadas numa solução desinfetante (uma
••
colher de sopa de 4 a 6 por cento de hipoclorito de sódio
em um litro de água) para matar os germes. Torça a roupa
para retirar a solução desinfetante e seque-a o quanto antes
••
em um cabide ou varal limpo.

As seguintes roupas devem ser desinfetadas: roupas de


••
baixo, toalhas, esfregões (panos de lavar louça), panos de
prato, lençóis, fronhas, redes, toalhinhas de pano usadas
em lugar de papel higiênico, roupas pessoais e outras
••
usadas por uma pessoa doente. O cloro usado na solução
desinfetante pode desbotar as roupas de cor.
.'•
98
••

I

••
••
••
•• 5. Seque as roupas ao sol.

Se possível coloque as roupas para secar ao sol, para Mostre como lavar, secar e desinfetar

•• matar os germes e parasitas, e estenda-as em uma grade


ou varal. As roupas desinfetadas e secas no gramado ou no
algumas roupas.

• piso podem contrair germes. Se estiver chovendo, a roupa

'.•
pode secar numa área coberta, como a varanda ou beiral.
Tome cuidado especial ao secar as roupas escuras ao sol,
se não as enxaguou em uma solução desinfetante .

•• 6. Procure facilitar o tra.balho de lavar a roupa .


Se fizer as coisas ensinadas nesta lição, talvez agora tenha

•• de passar mais tempo lavando roupas do que antes. As


seguintes medidas facilitarão o trabalho .

•• a. Instale uma caixa de água na casa, ou leve a roupa para


lavar onde haja água corrente. Seque as roupas antes de

•• trazê-Ias para casa, para que não fiquem muito pesadas .

b. Economize água enxaguando as roupas primeiro em um

•• tanque grande e depois em outro .

c. A lavagem costuma desgastar os tecidos, por isso deve Mostre aos alunos exemplos de tecidos

'.• comprar tecidos que durem mais. Providencie que as


crianças tenham roupas duráveis. Teremos mais trabalho,
duráveis e de outros que duram pouco.

'.••
se comprarmos. roupas de tecidos que exigem cuidados
especiais, como as de tricô (malha), raion e tecidos
delicados. As roupas de fibras naturais como o algodão,
linho e lã são mais duráveis. Alguns tecidos feitos a mão
também são duráveis. Compre peças de roupa que sejam
mais práticas.
!•

• d. Faça uma máquina de lavar roupa. Nela poderão ser Mostre aos alunos o modelo de uma

i.'. lavadas mais facilmente peças pequenas, esfregões


como panos de prato, panos de lavar, e toalhas. Também
poderão ser lavadas as roupas de baixo, fraldas e
máquina de lavar roupa feita em casa e
deixe que pratiquem como usá-Ia.
Permita que sugiram alguns meios de

•••
reduzir ainda mais o trabalho de lavar
toalhinhas de pano sem tocar nelas . roupas .
Dê aos presentes uma cópia da folha
de trabalho do aluno. Examine as
idéias principais da lição, e explique as

•• atividades que os participantes deverão


cumprir com a familia na próxima
semana .

I •

••
i•

••
'
..
'

•• 99
FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 3: HIGIENE E LIMPEZA
•• .'
Lição 5:

COMO LAVAR E DESINFETAR ROUPAS


•••
••
••
Idéias Principais ••

'•.
1. Evite a propagação de doenças,
lavando e desinfetando as roupas.

2. Separe as roupas que precisam ser


colocadas de molho ou lavadas
separadamente.

3. Lave as roupas em água de sabão


' .'•.
quente.

4. Enxágüe cuidadosamente as roupas. I.••


••
5. Seque as roupas ao sol.

6. Procure facilitar o trabalho de lavar


a roupa.

•••
Atividades da Família
Realize uma ou mais das seguintes
atividades, conforme as necessidades


••'.
de sua família.

1. Comece hoje mesmo a lavar e


desinfetar regularmente as roupas,
toalhas, esfregões, (panos de lavar),
panos de prato e outras peças.

2. Instale um varal ou grade para


secar roupas.
'••.
3. Instale um varal ou grade de secar
roupas sob uma área coberta, para
usar nos dias de chuva. ''•..
4. Faça uma máquina de lavar roupa

.•
em casa.

••
'

.•
••
'

100
••

••
•• Material Suplementar

•• Como Fazer uma Máquina de Lavar Roupa Manual

Faça uma máquina de lavar roupa com um desentupidor de

'.• borracha, de sucção de cabo comprido, e um balde grande e


alto de metal ou pequeno tambor com tampa. A
circunferência do balde deve ser pelo menos duas vezes

•••
maior que a da borracha do desentupidor. Faça um pequeno
orifício na tampa do balde, por onde o cabo do desentupidor
deve passar. Encha o balde com água e sabão e algumas
peças de roupa. Coloque a tampa com o cabo atravessado

•• pelo orifício. Levante o cabo acima do nível da água do balde,


e abaixe-o movimentando-o rapidamente para cima e para
baixo. Ao subir o desentupidor deve sair acima do nível da

• água, mas ao descer não deve atingir o fundo. Aguarde

'.••
alguns segundos entre os movimentos.

Se não dispuser de um desentupidor e um balde, utilize outros


materiais encontrados em sua região .

••

' ..
••
'

••
••
. '

••
'..
'


••
•••
•i.
'

'

..
••
••
'. 101
•••
••
••
••
••
•• •
•••

o

' .•
••
••
'.•
••
••
••


'•..

'

••
••
'..
'
o

••

••
•• UNIDADE 4: CUIDADOS COM A SAÚDE NO LAR

••
••

••
.
'
••

'
• .
••
••

••
.
.•
'

••
'

••
••
••

••
••
••

:

..
:

•• •
'.

103
.

'

••
.1

'
••
••
.
••
••
•••
••
••
••
••
••
••
••
••
••
••
'

'
.•.
•••
g•
••
i.

L--- -~
I •

' .•
• UNIDADE 4: CUIDADOS COM A SAÚDE NO LAR

'••. Lição 1:
COMO SUPRIR OS CUIDADOS PESSOAIS DE SAÚDE
••
••
•• Objetivo
Ensinar os alunos a assumirem a responsabilidade de cuidar

•• de suas próprias necessidades de saúde e das de sua família .

Preparação da Lição
•• Consiga o seguinte para a 'Iição:

•• 1. Um bloco de anotações ou caderno, que poderá ser usado


como registro de saúde da família .


.'•• 2. Duas ou três caixas ou recipientes com tampas, bem
fechadas, para serem usados como caixas de primeiros
socorros. Se o recipiente for de plástico. prepare-se para
demonstrar como limpá-lo com solução desinfetante .

•• 3. O maior número possível de itens indicados para a caixa de


primeiros socorros .

•••
Prepare o seguinte antes da lição:

1. Procure saber quais são os serviços de saúde oferecidos


em sua comunidade. Converse com um assistente social.

•• Informe-se sobre os cuidados pré-natais, exames de bebês,


imunizações, tratamento contra vermes, cuidados de
emergência para acidentados, e exames de rotina .

•• 2. Anote os preços das coisas que os participantes queiram


incluir nas caixas de primeiros socorros .

••
••
Material de referência para esta unidade:

Manual Básico da Mulher SUO. Parte B, lição 23, "Primeiros

.'••
Socorros, Parte 1", lição 24,"Primeiros Socorros, Parte 2" .

Apresentação da Lição
1. Assegure que sua família receba os melhores cuidados de
saúde possíveis .

•• Há vantagens em se ter boa saúde. Pode-se trabalhar


bastante e sustentar a si próprio, estudar e aprender, enfim
Peça a um aluno que leia I Timóteo 5:8.
Esclareça que toda pessoa tem a

'..
• aproveitar mais plenamente a vida. Todas as pessoas, mesmo responsabilidade de atender as suas
necessidades e a de seus familiares.
as que têm deficiências ou problemas de saúde, precisam Ajude os alunos a entenderem que este
proteger a saúde. princípio se aplica aos cuidados com a

'•.
' saúde e às necessidades espirituais .

'

•• 105
No Livro de Mórmon, lemos como os membros da Igreja na
época de Helamã cuidavam de suas necessidades com a
saúde: "E houve alguns que morreram de febres ... muitos,
porém, não morreram de febres, por causa das plantas e
raízes que Deus havia preparado para remover as causas das
enfermidades." (Alma 46:40.)

Somos felizes por termos méaicos bem treinados e outros


assistentes de saúde, que podem tratar dos problemas difíceis
de saúde. Lembre-se de que é sua responsabilidade principal
ter boa saúde. As lições desta unidade ajudá-Io-ão a entender
quando e como obter o auxílio de profissionais, e explica
alguns cuidados simples que pode tomar em seu lar.

Para tomar decisões sábias sobre onde obter assistência


médica, aprenda tudo o que puder a respeito dos tratamentos
de saúde disponíveis em sua região.

Se tiver que escolher entre dois médicos ou dois dentistas, é Debata os nomes das clinicas, ,
preciso decidir qual deles lhe proporcionará os melhores hospitais e outras organizações locais
cuidados. Determine qual é a clínica mais limpa, e qual lhe que podem ajudar nos problemas de
saúde. Pergunte aos alunos como
prestará os serviços mais rapidamente. Decida qual dentista poderão saber sobre os profissionais e
oferece melhores cuidados a você e a sua família. organizações capazes de ajudá-los nos
problemas de saúde.
2. Mantenha registros de saúde no lar.

Alguns problemas de saúde podem ser resolvidos no lar. Os Mostre o exemplo do registro de saúde
registros no lar são instrumentos importantes para ajudá-lo de uma família. Esclareça que ele pode
a cuidar da família. ser feito em qualquer tamanho
conveniente para a famllia. Os alunos
talvez já tenham começado a fazer um
registro de saúde da família ao
receberem a lição 1, da unidade de
Prevenção de Doenças. Se assim foi,
lembre-os de usá-los cuidadosamente.

O registro de saúde da família pode lembrá-lo das


imunizações recebidas pelas pessoas da família ou
tratamentos contra vermes que fizeram em certas épocas
do ano. Se tiver um registro dos remédios receitados pelo
médico, poderá saber qual deles tomar quando surgir um
problema igual. Poderá saber que xarope tomar contra
tosse, ou a pomada para problemas da pele, economizando
dinheiro com clínicas e consultas médicas.

3. Muitas emergências podem ser tratadas no lar, quando


temos uma caixa de primeiros socorros.

Sempre surgem em casa pequenos problemas de


emergência, muitas vezes com as crianças. As
queimaduras, cortes, ferimentos e doenças infantis são
comuns em todo o mundo. Quando tratadas rápida e
corretamente estas emergências poderão evitar graves
infecções e cicatrizes, que podem ser tratadas em casa, se
houver umá caixa de primeiros socorros.

106
p-.--------------------------
••


•• Uma caixa simples de primeiros socorros pode conter o Mostre os artigos que trouxe, ao

•• seguinte: discuti-los. Converse sobre o custo dos


suprimentos de primeiros socorros.
Incentive os alunos a comprarem
artigos das marcas mais baratas, mas
•• de boa qualidade. Artigos de marcas de
renome e outros suprimentos podem
ser mais caros. Explique a importância

•• • Um rolo de papel higiênico de qualidade, na embalagem


de utilizar os medicamentos e
pomadas antes do vencimento da
validade .

•• original (para secar os ferimentos ou cortes que foram


desinfetados) .

••
.
• Uma barra de sabão antissético ou frasco de água
oxigenada (para limpar os cortes e arranhões) .

• Um litro de água purificada (fervida ou c1orada).


"

• • Um pequeno frasco de álcool (para desinfetar ao redor

•• dos cortes, e para esterilizar tesouras, agulhas, e


termômetros) .

• • Um pequeno frasco de antissético (para usar nas feridas) .

•• • Pedaços de pano limpos, cuidadosamente embrulhados,


para que se mantenham desinfetados.
Explique que os pedaços de pano
devem ser lavados e passados com o
ferro bem quente, para desinfetá~los.
• Mostre como segurá-los com as mãos

• limpas e envolvê-Ios em outro tecido


esteri Iizado.

•• • Comprimidos de analgésicos e antitérmicos (para aliviar a

' .••
dor e a febre) .

• Um termômetro com as instruções.

• Um frasco de vaselina .

• • Uma caixa de reidratantes orais, em pó (veja Cuidados


de Saúde no Lar, lição 2).

•• • Esparadrapo .

• Uma tesoura ou faca .


'.• Tudo isso deve ser guardado em um recipiente com a tampa
bem fechada. Se ele for de plástico, deve ser desinfetado com
uma solução desinfetante. A caixa de primeiros socorros
Mostre os diversos recipientes que
trouxe. Limpe um deles e coloque
algumas coisas em seu interior.

•• precisa ser guardada cuidadosamente, para que seus artigos


estejam limpos quando forem necessários. Não permita que
poeira ou insetos contaminem as coisas dentro da caixa.

• Guarde a caixa onde os adultos possam encontrá-Ia


rapidamente, e que fique fora do alcance das crianças .

• É uma boa idéia manter uma lista dos artigos da caixa. Então
será possível saber quando adquirir novos suprimentos. Fixe a
Dê aos presentes uma cópia da folha
de trabalho do aluno. Examine as
• lista fora da caixa, para encontrá-Ia facilmente. idéias principais da lição, e explique as

• atividades que os alunos devem


cumprir com a família na próxima

•• semana .

~.
'.• 107


FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 4: CUIDADOS COM A SAÚDE NO LAR
••
Lição 1:

COMO SUPRIR OS CUIDADOS PESSOAIS DE SAÚDE •


••
41
Idéias Principais
1. Assegure que toda a família tenha
••
os melhores cuidados de saúde
possíveis. ••
2. Devemos manter registros de saúde
no lar.

3. Muitas emergências podem ser




tratadas no lar, quando temos uma
••
caixa de primeiros socorros.

Atividades da Família

1. Assegure que sua família tenha um •
registro de saúde atualizado e

correto.

2. Obtenha um recipiente com tampa,
limpo e forte, para ser usado como
caixa de primeiros socorros.
••
Comece a reunir ou comprar os

artigos que serão guardados nele.

• Um rolo de papel higiênico na


embalagem original.
••
• Uma barra de sabão antissético
ou frasco de água oxigenada.
••
• Um litro de água purificada. ••
• Um pequeno frasco de álcool.

• Um pequeno frasco de antissético.


••
Pedaços de pano limpo que
tenham sido cuidadosamente
embrulhados, para que se
••
mantenham esterilizados.

• Comprimidos de analgésicos e
antitérmicos.
••

• Um termômetro com instruções.

• Um frasco de vaselina.

• Uma caixa de reidratantes orais

em pó.

• Esparadrapo.

• Uma tesoura ou faca.



108
••
L
r .•

' .


UNIDADE 4: CUIDADOS COM A SAÚDE NO LAR

•• Lição 2:
COMO COMBATER FEBRE, DIARRÉIA E DESIDRATAÇÃO
••
••

''•.. Objetivo.
Ensinar aos alunos como combater febre, diarréia e
desidratação .


('•..
Preparação da Lição
Prepare o seguinte para a lição:

1. Uma garrafa de reidratante oral, ou um pacote de

• reidratante em pó, obtido em uma farmácia ou clínica de

•'.
saúde. Verifique onde os alunos podem adquirir solução
reidratante e o preço .

2. Um pouco de açúcar, de sal e água purificada, para fazer


• uma solução reidratante oral. Também um recipiente de um

• litro, e algo com que medir o sal e o açúcar.

''.. Apresentação da Lição

''.. 1. Procure. baixar a temperatura de quem está com febre.


,
A diarréia e a febre são causadas por germes. que entram

i.'. no organismo pelas mãos sujas, pés descalços, e alimento


e água contaminados. Se não forem tratadas

'••.
adequadamente, a diarréia e a febre podem provocar
desnutrição ou desidratação .

Quando a temperatura do corpo fica alta demais, dizemos


que a pessoa está com febre. A febre alta pode ser

•'.
perigosa, especialmente para as crianças. Muitos não
sabem como combatê-Ia. Alguns acham que a criança com
febre deve ser envolta em cobertores, o que faz com qUe

I.• • adoeça ainda mais. Quando alguém tem febre, podemos


fazer diversas coisas para que a temperatura volte ao
normal.

I•
• Soltar ou tirar as roupas.

• • Umedecer o corpo com água fria.

'•. • Dar uma dose de antitérmico ou analgésico .

• Fazer que beba muito líquido.

109


••
, '



Quando comemos ou bebemos, os intestinos preparam a Peça aos alunos que digam quantas •
água, sais e nutrientes para serem levados pelo sangue a
todo o corpo. Quando temos diarréia, eles não funcionam
vezes seus filhos tiveram diarréia e
febre. Pergunte em que época do ano
eles costumam tê-Ias. Se a diarréia tiver
••
normalmente. Ela faz com que muita água passe pelos
intestinos e saia do corpo, o que pode causar um problema
outros nomes em sua região, certifique-
-se de que todos sabem de que se trata .. •
grave, chamado desidratação. Os intestinos também A diarréia é uma dejeção aquosa. .,

deixam os alimentos passarem tão rapidamente que o
corpo não consegue utilizá-los. Isso resulta em má nutrição. ••
A desidratação e a má nutrição provocadas pela diarréia às
vezes causam a morte, especialmente de crianças
•......

pequenas. Nas regiões tropicais, em média cem bebês por
mil morrem antes de completar um ano de idade. Mais de
••
90 por cento dessas mortes são causadas pela
desidratação e má nutrição, que começam com diarréia e .
febre.
••
É importante saber como tratar a diarréia e a febre. Em ••
alguns lugares do mundo as pessoas tratam delas de u.m ~
modo que a torna pior. Quando alguém tem diarréia. não lhe .
dão água e outros líquidos, achando que se ela nãobeber'
,." ,


••
água a diarréia cessará. A pessoa que tem diarréia, precisa' .

de muito líquido ou fica desidratada e morre.

Se alguém da família tem um pouco de diarréia, dê-lhe


, ,
••
muito líquido. Logo que ele possa comer, dê-lhe alimentos'

leves, de fácil digestão. como sopas, mingaus"bananas.
cozidas ou batatas amassadas. Se estiver cuida.ndode uma
~

criança que tem diarréia, não pare de amamentá~la no seio.

O leite materno ajuda a prevenir a diarréia e desidratação. t',,'


3. Use reidratante oral para tratar da desidratação.
, :;-



Se a pessoa estiver com muita diarréia, ou a feve por dias'
seguidos, pode ficar desidratada, especialmente as crianças
pequenas. Alguns dos sintomas da disenteria aguda e
, '
••
desidratação são as seguintes: .

• Dejeções freqüentes, que não podem ser control?d?s,

• Dejeções aquosas.

• Pouca urina. ou de cor amarela escura.

• Sede fora do normal.


'

.•


• Boca e língua secas.

• Pulsação acelerada e fraca.

• Olhos fundos ou secos. •

• Pele flácida que demora a voltar ao normal quando

esticada.


110

•rJ
" ,..~
.•
1 ", ...•.._' •

I....

(', f::; ,~ .-"'.


,,"t.
Se algUém dafamíiia"estiv'ei éomcdiâ.rréiâ~etem dÓis ou ( ..', Inforri"iáOS~hJrlOS onde conipra/.
mais destes sintomas, deve dar-lhe um reidratante oral. A reidratante oral e o quanto custa.
solução reidratante pode ser obtida numa farmácia ou posto Mostre-Ihes o reidratante líquido ou em
de saúde, Ela é encontrada em pó, que pode ser misturada pó que obteve e explique como usá-los.
com água purificada, ou outros líquidos.

o reidratanteoral també,m pode ser feito em casa, Ensine a fazer solução reidratante.
misturando os- seg\jiritesirigredfêntes: Mostre as diferentes maneiras de medir
os ingredientes. Deixe que os misturem
• '1 litro de água purificada, com água. Peça que provem a solução.

• 20 gramas (duas colheres de sopa) de açúcar,

• 3,5 gramas (V2 colher de chá) de sal.

Dê ao doente alguns gólesda solução a cada cinco_ Dê aos presentes uma cópia da folha
minutos, mesmo seele vomitar, até que comece a urinar de trabalho do aluno. Examine as
normalm~nte, A bebida pode ser dada com suco de frutas, idéias principais da lição, e explique as
como aromatizante,l Pode:setambém tomar água de coco atividades que os alunos devem
cumprir com a família durante a
verde, caldo magro de legumes ou água em que se tenha próxima semana.
cozido o arroz, .

111
••
FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 4: CUIDADOS COM A SAÚDE NO LAR


Lição 2: •
COMO COMBATER FEBRE, DIARRÉIA E DESIDRATAÇÃO •


••

Idéias. Principais

1. Procure baixar a temperatura de
quem está com febre.

2. Dê muito líquido à pessoa, para


'I'..
••
cessar a diarréia.

'••.
3. Use reidratante oral para tratar da
diarréia e desidratação.

Atividades da'Família
1. Anote em seu registro de saúde da
família a fórmula do reidratante oral. ••
• 1 litro de água purificada.

• 20 gramas (2 colheres de sopa) de
açúcar.
••

• 3,5 gramas (V2 colher de chá) de
sal. ••
2. Misture os ingredientes em pó da

'•.
solução de reidratante oral, para
usá-Ia em caso de emergência. O
pó pode ser guardado em pequenos O
sacos plásticos, e quando
necessário misturado a um litro de
água.

O



'1.'..
D


••
••

.-e
112

••

UNIDADE 4: CUIDADOS COM A SAÚDE NO LAR

Lição 3:

COMO TRATAR FERIMENTOS E CORTES

Objetivo
Ensinar como tratar dos ferimentos e cortes e obter o que é
necessário para curá-los.

Preparação da Lição
Obtenha o seguinte para a lição:

1. Uma banana boa e outra com a casca danificada, para


mostrar como a pele proteje o nosso corpo.

2. Uma panela, um frasco de álcool, uma tesoura e uma


pinça. .

3. Esparadrapo para um curativo tipo borboleta. Peça a um


aluno que estude as instruções do material suplementar
sobre como fazer o curativo, e que se prepare para ensiná-
-lo.

4. Batom vermelho ou um cosmético desta cor, para fazer


uma demonstração de como tratar um ferimento durante a
lição.

5. Sabão desinfetante, água purificada, antissético e gaze.

Prepare um cartaz descrevendo os passos para se tratar de


ferimentos e cortes, como descritos na idéia principal 2.

Apresentação da Lição
.1. A pele protege o corpo contra a infecção.
Mostre uma banana boa (ou outra
A pele de nosso corpo nos protege como a casca da fruta) cuja casca está intacta.
banana protege a polpa que está dentro. Se cuidarmos da Descasque-a e mostre a polpa sadia no
pele, ela nos ajudará a permanecermos saudáveis. A pele interior. Depois apresente outra banana
funciona bem, a menos que seja rompida por picadas de com a casca danificada há muitos
insetos, mordida de animais, e ferimentos que a furem, dias. Descasque-a para que todos
vejam o que acontece à fruta quando a
cortem ou arranhem. Quando a pele se rompe, por ela casca não a protege.
entram germes e infecções que podem causar doença e
dano ao corpo.

2. Aprenda os cinco passos básicos para tratar ferimentos e


cortes.

Alguns ferimentos e cortes são apenas superficiais, e outros Mostre o cartaz descrevendo os cinco
passos básicos para tratar de cortes e
profundos e graves. Quando o ferimento é profundo e ferimentos.
sangra muito, a pessoa precisa ser atendida por um
médico. Os ferimentos superficiais podem ser tratados em

113



••
casa, sem cuidados médicos. Trate dos ferimentos
••
menores, e dê o tratamento inicial aos cortes profundos,

'••.
aplicando os cinco passos básicos seguintes:

1. Deter a hemorragia. Colocar um pano limpo (toalha,


lenço, gaze etc.) sobre o ferimento. Aperte-o no ferimento
pelo menos por três minutos.

2. Lavar o ferimento. É o mais importante que se pode fazer


para impedir a infecção e ajudar a ferida a sarar
i.•
rapidamente.Primeiro lave bem as mãos com água e

sabão e enxágüe-as numa solução desinfetante ou água
purificada. Depois limpe o ferimento com sabão
desinfetante e água purificada.
••

••
3. Retirar as particulas de sujeira. Se houver pedaços de Mostre como esterilizar as pinças,
pele, retire-os delicadamente com pinças esterilizadas. fervendo-as na água por alguns
minutos, ou embebendo-as em álcool
Esguiche, borrife ou derrame água purificada no por quinze minutos, envolva-as em um
ferimento, para limpá-lo completamente. Não coloque
álcool, tintura de iodo ou metiolate diretamente no
ferimento, pois danificam a carne e atrasam o processo
pano limpo e guarde-as até que sejam
necessárias. ••
de restabelecimento.

4. Fechar a pele. Um ferimento recente, produzido há Peça ao aluno designado que mostre

menos de doze horas, ficará curado mais rapidamente se
juntar a pele dos lados do corte. Se for um corte muito
profundo, pode precisar de pontos, o que deve ser feito
como fazer um curativo simples tipo
borboleta, cortando um pedaço de
esparadrapo.
••
por um médico. Pode-se, entretanto, fechar muitos cortes
com um curativo tipo borboleta, feito com esparadrapo. ••
5. Fazer um curativo e cobrir o ferimento. Coloque uma
pomada antissética ou antibiótica no ferimento depois de
limpo e fechado. Cubra-o cuidadosamente com algo
Use batom vermelho ou cosmético
dessa cor para fingir um ferimento em
um aluno. Demonstre como aplicar os


poroso como gaze, papel higiênico ou uma atadura
cinco passos ao tratar de um
ferimento. Depois permita aos •
esterilizada. presentes que pratiquem como tratá-lo
seguindo os passos descritos. ••
3. Procure assistência médica para tratar de ferimentos
infeccionados.


Às vezes os ferimentos infeccionam, precisando de ser

tratados por um médico. Qualquer dos sinais abaixo indica
que o ferimento pode estar infeccionado. •

• É dolorido e a pele fica vermelha e quente ao ser tocada.

• Há inchaço e pus.

• Tem mau cheiro.


'••.
Se alguém da família tiver um corte ou ferimento que
parece estar infeccionado, deve procurar um médico ou
alguém com conhecimentos médicos.
Dê aos presentes uma cópia da folha
de trabalho do aluno. Examine as
idéias principais da lição, e explique as
atividades que os alunos devem
cumprir com a família na semana que
'••.
vem.


114
••

I •


'.i. FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 4: CUIDADOS COM ASAÚPE NO LAR

'.•.'
Lição.3:

COMO TRATAR FERIMENTOS E CORTES

I.•.'


'.
Idéias Principais

re 1. A pele protege o corpo contra a

I.I.•
infecção .

2. Conheça os cinco passos básicos


do tratamento de ferimentos e
cortes .

• 3. Procure assistência médica para

•<.'.
tratar de ferimentos infeccionados.

Atividades da Família
1. Obtenha suprimentos de artigos

'.
re
como ataduras, esparadrapo e
sabão desinfetante.

•• 2. Ensine à família os passos básicos


do tratamento de cortes e


••
ferimentos .

• Deter a hemorragia .

• Lavar o ferimento.
te
í• • Limpar o ferimento.

•• • Fechar a pele .

•• • Fazer curativo e cobrir o


ferimento .

••
••
(.
í.I.
,.
i•

•I.
'..
'

•I. 115

Material Suplementar •
Como Fazer e Usar um Curativo Tipo Borboleta
••
1. Desenrole um pedaço de esparadrapo e dobre um pedaço •
com a parte adesiva para cima.
'.•
2. Corte as pontas da parte dobrada conforme a ilustração.

••
3. Feche o ferimento e coloque o esparadrapo nele, da
maneira indicada, para mantê-lo fechado.


••

••

••

••
.
,

••

••

••

••
_---..IX t O

••
••
••

". ~
i
f]Jl;
..
j:

(' •


~----_.- •

116
••

r •

'I.I. UNIDADE 4: CUIDADOS COM A SAÚDE NO LAR

'•. Lição 4:
CUIDADOS GERAIS COM A PELE

i.
I•

''..
'.
re
Objetivo

i.•'.
Ensinar os alunos a tratar de algumas doenças da pele no lar
e reconhecer quando precisam de assistência médica.

Preparação da Lição

• Obtenha panos limpos, vinagre branco, água purificada e


talco, para mostrar como fazer compressas quentes e frias.

Prepare um cartaz alistando os três tratamentos caseiros


básicos para enfermidades da pele, descritos na idéia
principal 2.

Apresentação da Lição
1. Saber identificar os diferentes problemas e doenças da
pele.

Muitos seres vivos possuem uma cobertura exterior como a


nossa pele, que os protege do sol, chuva, insetos e
doenças. Devemos cuidar da pele, para manter o corpo
sadio e evitar enfermidades.

São os seguintes os sinais de doenças da pele:

• Inchaço ou inflamação.

• Dor ou sensação de queimadura .

• Coceira ou pontada.

• Rachaduras ou escamações secas .

• Áreas em que sentimos calor ao serem tocadas.

• Bolhas de água, crostas ou pruridos.

• Feridas infeccionadas com pus.

• Feridas que demoram a sarar.

2. Aprenda os três tratamentos caseiros básicos para doenças


leves da pele. -

Existem três tratamentos simples que podem ser usados no Apresente o cartaz com os três
tratamentos caseiros para doenças da
lar para tratar os problemas leves da pele:
pele.

117

••
••

1. Compressas quentes.

Para inchaço, inflamação, dor, pele quente ao toque, ou


••
pus, aplicar compressas quentes, que podem ser feitas
assim:
•.1
Ferva a água, e deixe esfriar um pouco, mas que fique Ajude um ou dois alunos a fazerem e -I
quente o suficiente para poder colocar na mão. Dobre
um pano limpo, de modo que ele fique um pouco maior
que a região a ser tratada. Umedeça-o na água quente e
aplicarem as compressas quentes.
:. .1

coloque-o na parte afetada. Cubra o pano com um



pedaço de plástico ou celofane. Envolva o pano e
plástico com uma toalha. Se possível, mantenha a parte
afetada levantada acima do corpo. Sempre que o pano
••
esfriar, volte a colocá-lo na água quente.

••
2. Compressas frias.

Para coceiras, pontadas, bOlhas, escamação ou crosta,


ou vazamento de fluido claro, aplique compressas frias.
Elas podem ser preparadas da seguinte maneira:
• ••
Embeba os panos em água fria misturada com vinagre
branco (duas colheres de sopa de vinagre para um litro
de água fervida ou clorada). Aplique os panos na parte
afetada diversas vezes ao dia. Após alguns dias, quando
Ajude um aluno a fazer uma compressa
fria e aplicá-Ia em outro aluno. Ensine
como misturar talco com água e
aplicar a mistura na pele.
••
a parte afetada estiver melhor e tiver formado uma pele •
nova, misture um pouco de talco em água (uma parte de .
talco para uma de água purificada). Espalhe a mistura
suavemente sobre a pele. Quando a nova pele começar
••
a tornar-se mais espessa ou a descamar, esfregue-a com

•••
um pouco de óleo vegetal ou óleo para bebê.

3. Proteção contra a luz solar.

Quando surgirem sinais de doenças da pele nas partes


do corpo normalmente expostas ao sol, proteja-as da luz
solar.
••
3. Procure cuidados médicos se surgirem infecções graves da •
pele.
••
.
As infecções graves da pele devem ser tratadas por um
médico, que deve ser procurado nos seguintes casos:

• A doença da pele piorou com o tratamento caseiro.
'

• Os gânglios linfáticos atrás das orelhas, debaixo do
queixo, das axilas ou das virilhas ficaram inchados. ••
••


••
118


• Surgiu uma linha vermelha perto da região afetada, a
qual acompanha a veia em direção ao coração.

• A região afetada começou a cheirar mal. Dê aos presentes uma cópia da folha
de trabalho do aluno. Examine as
idéias principais da lição, e explique as
atividades que os participantes devem
cumprir com a família na próxima
semana.

119
FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 4: CUIDADOS COM A SAÚDE NO LAR

Lição 4:

CUIDADOS GERAIS COM A PELE

Idéias Principais
1. Aprenda a identificar os diferentes
problemas e doenças da pele.

2. Conheça os três tratamentos


caseiros básicos para doenças da
pele.

• Compressas quentes.

• Compressas frias.

• Proteção contra a luz solar.

3. Procure cuidados médicos se


surgirem infecções graves da pele.

Atividades da Família
1. Obtenha os artigos necessários para
tratar doenças da pele, como
vinagre branco, talco, óleo vegetal e
panos limpos.

2. Ensine as pessoas da família que


têm idade suficiente a fazerem
compressas quentes e frias e
quando devem usá-Ias.

120
UNIDADE 4: CUIDADOS COM A SAÚDE NO LAR

." Lição 5:

~
.•
"
TRATAMENTO DE QUEIMADURAS

''..
I.'. Objetivo

(.'.
Ensinar aos participantes a tratar de queimaduras e obter os
artigos necessários.
li.
Preparação da Lição

• Prepare o seguinte antes da lição:

'f'.. 1. Faça um cartaz ou tira de papel com palavras, mostrando


os três tipos de queimaduras e as características de cada
uma,descritas na primeira idéia da lição.

2. Reúna os materiais para tratamento de queimaduras de


le segundo e terceiro graus - água purificada, vaselina, gaze
ou ataduras esterilizadas, um cobertor para tratamento de
choque, e um frasco de reidratante oral (veja a lição 2
desta unidade).

Apresentação da Lição

1. Aprenda a identificar as queimaduras de primeiro, segundo


e terceiro graus.
O calor e o fogo podem produzir ferimentos dolorosos. No Apresente o cartaz, ou use as tiras de
lar ou nos locais de trabalho, as pessoas podem sofrer papel com palavras, para explicar os
queimaduras produzidas por fogueiras, gordura e panelas diferentes tipos de queimaduras.
quentes, explosões de líquidos inflamáveis, ferros quentes
de passar roupa, e excessiva exposição ao sol. Algumas
queimaduras apenas ardem, enquanto outras são muito
perigosas.

As queimaduras de primeiro grau são superficiais, e não


formam bolhas. Elas deixam a pele vermelha e levemente
inchada.

As queimaduras de segundo grau são mais graves. Elas


formam bolhas que incham e se enchem de fluido, mas não
deixam a carne viva.

As queimaduras de terceiro grau são muito dolorosas


porque destroem a pele, deixando a região em carne viva
ou queimada.
É importante saber identificar os diferentes tipos de
queimaduras, pois assim poderá tratá-Ias corretamente.

2. Aprenda a tratar os diferentes tipos de queimaduras.

As queimaduras de primeiro grau são superficiais, e podem


ser tratadas em casa com segurança. Para tratá-Ias, alivie a

121

••
I

.'{
dor mergulhando imediatamente a parte queimada em água ~:
purificada. Um analgésico aliviará a dor. Não requerem
maior cuidado. Não é preciso aplicar pomadas ou cremes. •

As queimaduras de segundo grau são mais graves. Surgem
bolhas na pele. Não as fure se elas não rebentarem. ••
••
Proteja-as para que não se rompam e trate-as como
queimaduras de primeiro grau.

Se as bolhas se romperem, mantenha limpa a regi~o


atingida. Lave as mãos com sabão e água purificada, e
limpe suavemente com eles a região afetada. Depois cubra '.•
•'.
a queimadura com um pedaço de atadura ou gaze
embebida em vaselina.

:.'.
Se a queimadura for pequena ou não tiver meios de cobri. Peça a um aluno que mostre como
-Ia, deixe-a exposta. Lave a parte queimada duas vezes ao cuidar de uma queimadura de segundo
dia com sabão e água purificada. Jamais passe graxa, grau, utilizando as informações
ensinadas.
gordura, excrementos de animais, pó de café ou fezes
numa queimadura. Estas coisas são usadas em algumas
partes do mundo, mas não curam. Pelo contrário, enchem o
'.I.
corpo de germes. Se na queimadura houver pus, mau
cheiro, ou inchaço, leve a vítima ao médico ou hospital.
'.•
As queimaduras de terceiro grau que destruíram a pele não
••
devem ser tratadas em casa, por serem grandes os riscos
de infecção. A pessoa com queimaduras de terceiro grau
deve ser tratada por um médico, principalmente se teve
,.
uma grande parte do corpo queimada. Até ela receber
tratamento, cubra levemente a região afetada com um pano
ou toàlha limpa.
••
3. Aprenda a tratar de uma pessoa em estado de choque. ••
Sempre que uma pessoa teve um ferimento ou queimadura
grave, sofreu grande dor, medo, acidente, perda de sangue ••
ou enfermidade grave, pode entrar em choque. Os sintomas
do choque incluem pulsação acelerada e fraca, palidez,
suor ou pele fria; confusão, fraqweza ou inconsciência. A
••
pessoa em choque deve ser tratada da seguinte maneira:

• Deite-a com os pés mais elevados que a cabeça.


••
• Se ela sentir frio, cubra-a com um cobertor.
r.'.
• Se estiver consciente, faça-a beber líquidos mornos, Peça a um aluno que finja estar em
l'
'.•
especialmente uma solução de reidratante oral. choque. Deixe que os outros
demonstrem como tratá.lo.

Dê aos presentes uma cópia da folha


de trabalho do aluno. Examine as
idéias principais da lição, e explique as
atividades que os alunos devem
cumprir com a família na próxima
semana.

122
.
,./
.~.

:,

,..:1•
FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 4: CUIDADOS COM A SAÚDE NO LAR

-". Lição 5:

=-".'.
.•.

TRATAMENTO DE QUEIMADURAS

".".
I.I.'i. Idéias Principais

i.
I•
1. Aprenda a identificar as
queimaduras de primeiro, segundo e
terceiro graus.

•i. 2. Aprenda a tratar os diferentes tipos


de queimaduras.

3. Aprenda a tratar de uma pessoa em


estado de choque.

Atividades da Família

1. Obtenha os artigos necessários para


tratar em casa as queimaduras de
primeiro e segundo graus, como
vaselina, gaze ou ataduras limpas, e
analgésico, contendo acetamenofen.

2. Verifique os hospitais e clínicas que


podem tratar das queimaduras de
terceiro grau em caso de
emergência. Anote no registro de
saúde da família ou na tampa da
caixa de primeiros socorros, os
nomes e horários em que se pode
obter auxílio.

123

.•
••
;

.•
'

••

••
I.•
'.
UNIDADE 5: HORTICULTURA

11.
11'.

I.I.
i!.

.,•i.
(

(.
•.
I•

•i.
.•
•.
'


I;:I.
~.
.•
I•

'

1•

••
'•..
"

125


UNIDADE 5: HORTICULTURA

Lição 1:
COMO PLANEJAR UMA HORTA

Objetivo
Ensinar como planejar uma horta e ajudar os alunos a ter
certeza de que serão bem sucedidos.

Preparação da Lição
Prepare uma lista de órgãos de agricultura federais e
estaduais, bem como de pessoas que possam prestar
informações ou serviços ligados à horticultura.

Faça o seguinte antes da lição:

1. Prepare cartazes alistando os alimentos dos três grupos -


básicos. (Veja o material suplementar no final desta lição.)

2. Faça o desenho do modelo de uma horta familiar típica de


sua região. (Veja o material suplementar no final desta
lição.)

Material de referência para esta unidade:

Manual Básico da Mulher SUO, Parte A, lição 25, "O Cultivo


da Horta".

Apresentação da Lição
1. Os líderes nos aconselharam a produzir parte dos alimentos
que consumimos.

O Senhor afirma: "E novamente, na verdade vos digo que


todas as ervas salutares ordenou Deus para a constituição,
natureza e uso do homem -

Toda erva na sua estação e toda fruta na sua estação;


todas elas para serem usadas com prudência e ações de
graça." (D&C 89:10-11.)

127
o Presidente Spencer W. Kimball declarou: "Incentivamo- Debata a declaração do Presidente
-vos a produzir o máximo de alimentos possível em vossa Kimball. Examine os tipos de alimentos
propriedade. Plantai parreiras e árvores frutíferas próprias que ele disse que devemos plantar, e
ajude os alunos a entenderem que toda
para o vosso clima. Cultivai legumes e verduras e a familia, até as crianças, deve
abastecei-vos de vossa própria horta. Mesmo os que envolver-se na horticultura familiar.
moram em apartamento, podem cultivar alguma coisa em
vasos e jardineiras. Estudai o melhor método de produzir
alimentos ... Se houver crianças na casa, faze i com que
participem do programa, designando-lhes determinadas
tarefas." ("Preparação Familiar", A Liahona, agosto de
1976, p. 113.)

o Presidente Benson se referiu a esta declaração do Pergunte aos alunos por que os
Presidente Kimball, e acrescentou: "Muitos de vós profetas nos têm incentivado a produzir
escutastes e fizestes o que o Presidente Kimball nosso alimento. Discuta alguns
benefícios, como o de economizar
aconselhou e fostes abençoados por isto. Outros dinheiro, ser auto-suficientes, manter a
procuraram convencer-se a si mesmos, dizendo que não família unida trabalhando juntos, e
tinham tempo ou espaço. Sugiro-vos que façais o mesmo encontrando satisfação e felicidade.
que os outros. Juntai-vos a outros e pedi permissão para
usar algum terreno baldio, ou alugai um pedaço de terra e
fazei vossas hortas. Alguns quoruns de élderes fizeram isto
como quorum, e todos os que participaram tiveram os
benefícios de uma colheita frutífera, bem como as bênçãos
proporcionadas pela cooperação e envolvimento familiar."
("Preparai-vos para os Dias de Tribulação", A Liahona,
março de 1981, pp. 45-46.)

Há sabedoria na produção de parte dos alimentos que


consumimos. Isso será mais fácil se soubermos como fazê-
-lo. As lições desta unidade ajudá-Io-ão a entender alguns
passos básicos da boa horticultura. Aprenderemos a
respeito do seguinte:

• Que tipos de alimentos produzir.

• O preparo do solo para uma horta.

• A escolha de uma boa semente.

• Como fertilizar a horta.

• Maneiras de cuidar e manter a horta.

2. Aprenda a cultivar uma horta com sucesso.

Algumas pessoas cultivaram hortas por muitos anos, e


tiraram grande proveito disso. Quem não tem experiência
pensa que cultivar uma horta é difícil. Não deixe que o
receio o impeça de ter uma horta. Quase todos que tentam
produzir alimentos pela primeira vez cometem alguns
enganos. É errando que aprendemos a fazer as coisas
certas na próxima vez. Sua horta será um sucesso, se toda
a família se comprometer a dedicar algum tempo ao
trabalho necessário. Se estiverem dispostos a se esforçar
um pouco, terão uma horta com sucesso.

128
Estas lições dão as informações aplicáveis às hortas de Compartilhe com os alunos a lista de
muitas partes do mundo, mas também devem ser usados recursos da comunidade que preparou.
Ensine o que descobriu a respeito de
os recursos de sua comunidade. As pessoas e informações e serviços forneéidos
organizações locais podem-lhe ensinar coisas específicas, nesses lugares. Incentive os alúnos a
que tornarão sua horticultura mais produtiva. visitarem alguns desses lugares ou
pessoas. Eles devem entender. que as
informações das aulas sobre
horticultura serão bem mais valiosas
se complementadas com o
conhecimento local.

3. Cultive alimentos que supram as necessidades específicas


da família.

Decida que espécie de horta seria apropriada à família. Se


necessário, considere certas coisas como o tamanho da
família, a extensão de terra a cultivar, o custo das
sementes, o tempo que despenderá trabalhando na horta, e
sua' experiência pessoal. As necessidades das famílias .
variam, por isso certifique-se de que a horta que irá plantar
é apropriada à sua. .

É importante cultivar alimentos que melhorem a


alimentação da família. Todos precisam de alimentos dos
três grupos diferentes.

Precisaremos de diferentes extensões de terra para cultivar Mostre os cartazes com os três grupos
os alimentos de cada um desses grupos. Os alimentos de diferentes de alimentos. Discuta os
tipos de alimentos de energia,
energia exigem muito espaço, os alimentos para crescimento e proteção que podem ser
crescimento uma área menor, e os alimentos para cultivados em sua área.
proteção, pouco espaço. Para cultivar alimentos dos três
grupos, suficientes para sustentar uma família de seis
pessoas, seria necessário meio hectare de terra fértil (cerca
de um acre). Isto em clima tropical e se forem feitas duas
colheitas por ano.

Se dispuser de terra suficiente, poderá cultivar uma horta


que produzirá a maior parte dos alimentos de que a família
necessita. Se o espaço for pequeno, será melhor plantar
alimentos do grupo de proteção. Nesse caso, o ideal é .
cultivar legumes folhosos de cor verde-escuro, ricos em
vitamina A. Os tomates e pimentões contêm vitamina C, e
podem ser plantados em pequenos canteiros, vasos ou
sacos plásticos .

••

I•

••
••
129
Ao decidir que alimentos cultivará, não deixe de considerar
os apreciados pela família. É importante cultivar alimentos
que proporcionem boa nutrição. Não importa quão nutritivo
seja o alimento, se a família não o aprecia.

As pessoas cometem enga-no de cultivar uma horta muito


grande, contendo os mais diversos tipos de alimentos. A
menos que tenhamos muita experiência em horticultura,
será melhor começar plantando pouco. De início cultive três
ou quatro tipos de alimentos. Selecione os mais nutritivos e
apreciados pela família. Escolha espécies que produzam
bem na sua área, e que não exijam demasiado trabalho.
Obtenha informações nos orgãos locais de agricultura e com
os vizinhos.

4. Escolha o melhor lugar e planeje sua horta.

Ao escolher um lugar para a horta, considere os seguintes Se possível apresente esta parte da
aspectos: aula ao ar livre. Mostre os diferentes
lugares da propriedade onde se estão
reunindo. Ajude-os a identificarem os
locais mais apropriados para uma
horta.

Solo

Escolha um lugar onde a terra seja fofa e não tenha muitas


,pedras. O terreno deve set livre de raízes, capim e ervas
daninhas: O solo cheio de ervas daninhas geralmente
produz bcinslegumes, se primeiramente forem retiradas as
ervas daninhas. '

Nível

Encontre um terreno que seja suficientemente plano, para


que as plantas e fertilizantes não sejam levados pela água
da chuva. Deve ter alguma inclinação, para que a água
escorra e não fique empoC;:adaao redor das plantas. Em
algumas regiões montanhosas o terreno é tão desnivelado
que é preciso construir terraços, para segurar as plantas e
os fertilizantes.

Água

Escolha para a horta um lugar perto de um curso de água.


É preciso ter água para regar as plantas. Mesmo se
pretende que elas sejam regadas apenas pelas chuvas,
precisará de água na época da semeadura e do plantio,
após a capina e nos períodos de seca.

Sol

Faça a horta em um lugar onde as plantas recebam muita


luz do sol. Os alimentos de energia e crescimento precisam
de bastante sol para crescerem bem. Os alimentos de
proteção também, mas alguns deles crescerão em lugares
meio sombrios.

130
Tendo escolhido o lugar para fazer a horta, decida em que Mostre o seu projeto de uma horta
setor dela irá plantar as diferentes espécies. Faça isso modelo.
desenhando a horta antes de plantá-Ia.

• Planeje onde plantar as diferentes espécies, para que todas


tenham sol suficiente. As árvores frutíferas, videiras em
estacas, e plantas altas não devem ser plantadas perto das
espécies pequenas, impedindo que recebam a luz do sol.
As espécies pequenas devem ser plantadas em fileiras
orientadas do norte para o sul, para que possam receber
mais sol.

Guarde seu projeto da horta em lugar onde possa ser Dê aos presentes uma cópia da folha
encontrado no próximo ano. Algumas plantas deixam o solo de trabalho do aluno. Examine as
com mais nutrientes do que anteriormente havia nele. idéias principais da lição, e explique as
Outras, como o milho, retiram os nutrientes do solo atividades que deverão cumprir com a
família durante a próxima semana.
rapidamente. Por isso é preciso plantá-lo cada ano em lugar
diferente. Fazer um projeto da horta ajudará nesse aspecto.

131
FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 5: HORTICULTURA

Lição 1:
COMO PLANEJAR UMA HORTA

Idéias Principais.

1. Os líderes nos aconselharam a


produzir parte dos alimentos que
consumimos.

2. Aprenda a cultivar uma horta com


sucesso.

3. Cultive alimentos que supram as


necessidades específicas da família.

4. Escolha o melhor lugar possível e


planeje a horta.

Atividades da Família

1. Decida que alimentos irá cultivar.


Considere o que as pessoas da
família mais apreciam e do que
mais necessitam para melhorar
a alimentação.

2. Discuta com a família o quanto


terão de trabalhar para plantar,
cuidar e fazer a colheita de uma
horta.

3. Escolha um lugar para a horta e


faça um projeto mostrando onde
cada espécie será plantada.

132
•••• Material Suplementar

Projeto de uma Horta da Família

I!
;


••
~ .
••
' .
íli.•.
11 •

••
I':

I•

••
••
I•

'

••
.

1'.
I'. 133
Três Grupos de Alimentos Básicos

Alimentos Comuns para o Crescimento

Cereais Carnes Leite e Derivados


feijões secos bovina iogurte
feijão sojá vitela queijo
favas porco sorvete
ervilhas peixe ou camarão pudim de leite
lentilhas aves creme de leitelnata
grão-de-bico coelho Ovos e Produtos
que contêm ovos

Alimentos Comuns para Energia

Alimentos com Amido Gorduras e Óleos Doces


arroz manteiga açúcar
milho margarina melado
trigo banha mel
sorgo sebo geléias
inhame óleos vegetais frutas cristalizadas
painço doces
aveia
mandioca (aipim ou
macaxeira)
batata
batata-doce
cará

Alimentos Comuns que Dão Proteção

Alimentos Ricos em Vitamina A Alimentos Ricos em Vitamina C Outras Frutas e Legumes


Hortaliças Verde-Escuro e Folhosas laranja abacaxi
espinafre toranja abacates
acelga morangos bananas
couve goiabas melões
agrião tomates quiabo
mostarda em folhas (nabiça) mangas beringela
cambuquira (brotos de abóbora) mamões alface
folhas de beterraba melancias feijões verdes
folhas de batata-doce repolho
ervilhas verdes
Frutas Cítricas e Legumes
pepinos
cenouras
abobrinha
mangas
batata-doce
mamões
inhames
cantalupo (melão pequeno e rugoso)
cará
abóbora-moranga
batata baroa ou
abóboras (Jerimum)
mandioquinha
batata-doce amarela

134
~

'.
I:.
Lição 2:
UNIDADE 5: HORTICULTURA

FERTILIZANTES E ADUBO COMPOSTO

Objetivo
Ensinar a importância dos fertilizantes e a maneira de
preparar adubo composto orgânico.

Preparação da Lição

~• . Prepare o seguinte antes da lição:


1. Prepare tiras de papel com as palavras "Nitrogênio",
"Fósforo" e "Potássio".

2. Verifique se alguma universidade ou órgão de agricultura


local pode analisar amostras de solo.

3. Obtenha alguns pacotes de fertilizantes para ajudar os


alunos a compreenderem as indicações das embalagens ou
etiquetas.
4. Consiga os materiais necessários para elaborar uma
fórmula de adubo composto, conforme explica a lição.

Apresentação da Lição
1. Os fertilizantes fornecem às plantas os nutrientes
necessários para o crescimento.
As plantas, como as pessoas, precisam de alimentos e Apresente as tiras de papel com frases
nutrientes específicos para crescerem bem. Em muitas que preparou.
partes do mundo o solo não possui alguns nutrientes de
que as plantas necessitam. Para ter uma horta contendo
plantas fortes e sadias, resistentes às doenças, é preciso
acrescentar os nutrientes que faltam no solo. Isto se chama
fertilização.

São três os nutrientes principais de que as plantas das


hortas precisam: nitrogênio, fósforo e potássio. Elas os
absorvem rapidamente e precisam que acrescentemos
mais ao solo. É possível utilizar um fertilizante contendo
estes nutrientes. Isso é importante nos países tropicais,
onde chove muito, porque as chuvas lavam os nutrientes,
tirando-os do solo. Nessas regiões, as hortas precisam ser
fertilizadas a cada três ou quatro semanas.

O solo é diferente de um lugar para outro. Alguns deles Compartilhe a informação que
podem conter grande quantidade destes três nutrientes, e conseguiu sobre a análise das
outros talvez precisem de mais nitrogênio, fósforo, ou amostras de solos.
potássio para gerar plantas sadias. Às vezes é possível
levar uma amostra do solo a uma universidade ou órgão de
agricultura, para ser analisada. Pode-se então saber que
nutrientes faltam no solo.

135
2. É preciso escolher um fertilizante que contenha os
nutrientes que as plantas necessitam.

Diferentes fertilizantes contêm diferentes quantidades


destes três nutrientes. É preciso entender as indicações das
embalagens dos fertilizantes, para saber quais comprar
para sua horta. A quantidade dos nutrientes geralmente
está alistada nesta ordem: nitrogênio, fósforo e potássio. Os
números da embalagem indicam o percentual de cada um
destes ingredientes do produto.

Uma embalagem de fertilizantes com os números 14-14-14


contém 14 por cento de nitrogênio, 14 por cento de fósforo
e 14 por cento de potássio. O produto seria bom para
fertilizar milho, batata-doce e arroz.

Outro exemplo é um fertilizante com os números 45-0-0 na


embalagem. Este tipo contém 45 por cento de nitrogênio, e
nada de fósforo e potássio. Na maioria dos países este tipo
Mostre as embalagens que trouxe.
Peça que identifiquem a quantidade de
nitrogênio, fósforo e potássio de cada
um dos produtos.
:t.•.
de fertilizante seria próprio para plantas folhosas verde-
-escuro, como o espinafre, couve e acelga.
.(.11
Além dos nutrientes para as plantas, o fertilizante contém
substância para composição, que geralmente é serragem, ~
areia fina ou qualquer outro material barato. As plantas se
alimentam dos nutrientes, e não do material de
composição. Por isso é preciso ter cuidado ao comprar
i

í.
.~I

1.•
fertilizantes, que devem ser constituídos mais de nutrientes
que de outro material.

Um saco de fertilizante marcado 10-10-10 contém 30 por


cento de nutrientes. Outros 70 por cento são material de
composição. Uma embalagem marcada 5-5-5, tem 15 por
i.
:t

"t

cento de nutrientes e 85 por cento de material de
composição. O segundo saco tem metade dos nutrientes do
primeiro, e deve custar a metade do preço. Deve ser
adquirido o que contiver maior quantidade de nutrientes e
menor de outra substância. '.
1}

O fertilizante pode parecer dispendioso, mas vale o preço.


Ele faz com que as sementes plantadas produzam mais

alimento. O valor da produção extra sempre ultrapassa o
custo do fertilizante. Geralmente sai mais barato comprar
fertilizantes em grande quantidade, como em sacos de
quinze ou trinta quilos. Duas ou três famílias podem
comprar um saco e dividir o conteúdo entre si.

3. O solo de sua horta pode ser melhorado com adubo


composto.

Outra maneira de melhorar o solo da horta é adubá-lo. É Demonstre como preparar adubo
fácil fazer adubo. Amontoe dejetos de aves e animais, composto, e explique os diversos
passos aos alunos.
também folhas e outras coisas, colocando uma camada de
detritos, uma de terra, e outra de fertilizante químico, e
deixe que se decomponham. Isto é chamado de adubo
composto.

136
.
'

••
.•
(

•• Proceda da seguinte maneira para fazer um monte de


I• adubo composto:

~.

•í. a. Faça um recipiente de um metro quadrado de diâmetro
por um metro quadrado de altura, de tábuas ou tijolos,
para cOlocar o adubo composto. Outra alternativa é
escolher um lugar de um metro quadrado em cima do
solo, ou cavar um buraco dessa profundidade para esse

•,•I. fim .

b. No local escolhido coloque uma camada de dez


centímetros de altura de folhas ou capim, lixo da cozinha

• e esterco. O material do composto pode conter restos de


plantas, palha de arroz, cascas de frutas e folhas. Não

'.'.(. use galhos de árvores, pedaços de madeira, ossos do lixo


da cozinha e materiais como restos de óleo ou banha,
que demoram a se decompor. Não coloque no composto
fezes humanas ou de cão, nem as use de forma alguma
na horticultura.

!:.'.' c. Cubra a primeira camada com cinco centímetros de

•i. terra .

d. Espalhe em cima da terra 200 gramas de sulfato de


I• amônia (21-00) ou 100 gramas de uréia (45-0-0).

•(. e. Repita estas três camadas pelo menos mais cinco vezes.

•í. f. Cubra a camada superior com


terra. Se preparou o monte de
cinco centímetros de
adubo composto em cima

!.I. da terra, e não em uma caixa,


com dez centímetros de terra,
cubra os lados do monte
para que os detritos não

I.I.
escorram.

g. Após dois meses, misture bem o composto e cubra-o de


novo com dez centímetros de terra.

O composto estará pronto para ser usado como adubo


quatro meses após ter sido começado. Ele ficará pronto em
menos tempo, se o monte for coberto com um pástico e o
material revolvido uma vez por semana.

O adubo é muito útil na horticultura. Pode ser colocado ao


redor das plantas para impedir que as ervas daninhas
cresçam e para reter a água no solo. Também pode ser
misturado com a terra ao preparar os canteiros. Ele traz
estes benefícios:

• Retém a água no solo.

• Ajuda o solo a absorver água.

• Retém os nutrientes e fertilizantes no solo.

• Ajuda as raízes da planta a conseguirem oxigênio .


137
• Ajuda as bactérias a se reproduzirem no solo.

A preparação de adubo composto também ajuda a manter Dê aos presentes uma cópia da folha
os arredores da casa livres de detritos. Às vezes as folhas e de trabalho do aluno. Examine as
detritos da horta e do jardim contêm sementes de ervas idéias principais da lição, e explique as
atividades que os alunos devem
daninhas e ovos de insetos. A preparação do composto cumprir com a família durante a
destrói essas ervas e ovos. próxima semana.

138
(t
UNIDADE 5: HORTICULTURA

Lição 3:

SEMENTES E MUDAS

Objetivo

Ensinar a importância de obter as melhores sementes e como


usar as sementeiras e mudas.

Preparação da Lição

• Obtenha o seguinte para a lição:

1. Um jornal ou algumas toalhas de papel.

2. Um pacote de sementes de hortaliças de alta qualidade,


para fazer a sementeira.

3. Um pouco de terra, areia e adubo composto, para misturá-


-los e fazer uma sementeira.

4. Diversas mudas de bata-doce e um recipiente que possa


ser enchido de água para fazê-Ia brotar.

Apresentação da Lição
1. Procure obter boas sementes para sua horta.

Comprar boas sementes e plantas é a melhor maneira de


ter uma boa horta sem gastar muito dinheiro. Às vezes
parece prático usar sementes de anos passados, ou de
amigos e vizinhos, mas elas talvez não germinem bem. As
colheitas serão melhores se anualmente novas sementes
de alta qualidade forem obtidas.

As boas sementes têm elevado poder de germinação. Isto Explique aos alunos que fará uma
significa que quase todas as sementes plantadas brotarão. experiência, para ver se algumas
sementes germinarão bem. Dobre uma
folha de jornal molhado ou toalha de
papel. Abra-a depois e coloque em fila
vinte sementes, cerca de doze
centímetros acima da parte dobrada.
Torne a dobrar o jornal molhado ou
toalha de papel, para cobrir as
sementes. Se o clima for seco, enrole o
jornal e coloque-o com a parte dobrada
em um recipiente com um ou dois
centímetros de água. Em clima úmido,
envolva o jornal dobrado numa folha de
plástico, para manter a umidade.
Esclareça que na próxima semana irá
desdobrar o jornal e contar quantas
sementes germinaram.

141
, .
É possível identificar as boas sementes pela maneira como
são embaladas para venda. Observe estes aspectos:

• A embalagem deve mencionar que as sementes são


garantidas pelo vendedor. Isto quer dizer que o pacote
não contém sementes de ervas daninhas, e que todas
brotarão.

• A embalagem deve atestar o poder de germinação. Ele


geralmente deve ser acima de 90 por cento.

• A embalagem deve ter uma data, mostrando que as


sementes foram acondicionadas para aquele ano.

• Deve haver instruções para o plantio. Deixe que os alunos examinem as


informações da embalagem de
sementes de alta qualidade que você
trouxe.

2. Plante alguns tipos de sementes numa sementeira, ao invés


de diretamente na horta.

Algumas plantas podem morrer ou ser facilmente


prejudicadas se forem plantadas diretamente na horta. Elas
podem ser protegidas plantando-as numa sementeira
especial. Deixe-as crescerem até mudá-Ias para os
canteiros. Entre as plantas que crescem bem, se primeiro
foram semeadas numa sementeira estão os tomates,
pimentas, beringelas, pepinos, abóboras e cebolas.

A sementeira pode ser feita em um canto da horta, numa Peça a dois ou três alunos que o
caixa com terra, e até em um vaso de flores. Proteja as ajudem a misturar a terra e preparar
beiradas do canteiro com tijolos ou pedras, e cubra-o com uma pequena sementeira numa caixa
ou vaso. Plante no canteiro algumas
um plástico transparente para proteger as plantas mais sementes, bem perto umas das outras,
novas. A sementeira deve ser preparada em solo especial. - e molhe-as. (Mantenha a sementeira
Misture uma parte de areia, uma de terra fértil da horta, e umedecida até a próxima aula.)
uma de adubo composto ou orgânico.

3. Plante algumas espécies de hortaliças com mudas tiradas


de plantas adultas.

O plantio de algumas espécies não é feito com sementes. Coloque uma batata-doce de molho em
Para plantar batatas-doces coloque pedaços da batata, ou um recipiente com água. Explique que
pedaços de rama de molho na água ou plante pedaços de deixará as mudas crescerem por duas
semanas antes de plantá-Ias na horta.
rama num canteiro. A água deve cobrir a junta de onde
emergem as folhas no recipiente onde estão de molho.
Quando as raízes começarem a surgir, plante as mudas na
horta.

Para plantar mandioca ou cana, é preciso ter pedaços de


uma planta adulta. Deixe estas mudas secarem à sombra
por três semanas, depois plante-as diretamente na horta.

142
o inhame ou batatas podem ser plantados colocando-os Dê aos presentes uma cópia da folha
-
inteiros ou em pedaços diretamente na horta. de trabalho do aluno. Examine as
idéias principais da lição, e explique as
atividades que eles terão de cumprir
com a família durante a próxima
semana.

143
FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 5: HORTICULTURA

Lição 3:
SEMENTES E MUDAS

Idéias Principais
1. Procure obter boas sementes para
sua horta.

2. Plante espécies de sementes numa


sementeira, ao invés dediretamente
na horta.

3. Plante espécies de hortaliças com


mudas tiradas de plantas adultas.

Atividades da Família
1. Compre sementes de boa qualidade
das espécies que decidiu plantar em
sua horta.

2. Prepare uma sementeira.

144
UNIDADE 5: HORTICULTURA

Lição 4:

PREPARAÇÃO DO SOLO E PLANTIO DA HORTA

Objetivo
Ensinar como preparar o solo e plantar suas hortas.

Preparação da Lição
Obtenha o seguinte para a lição:

1. As sementes usadas na experiência de germinação da lição


anterior.

2. Sementes de diferentes tamanhos e variedades.

3. As mudas colocadas na água na semana anterior.

4. A sementeira preparada na aula passada.

5. Ferramentas que possam ser usadas para preparar e afofar


a terra de um pequeno canteiro.

6. Adubo composto ou orgânico.

Procure apresentar a aula num lugar onde os alunos


possam preparar um pequeno canteiro para o plantio.

Apresentação da Lição
1. Prepare cuidadosamente o solo antes do plantio.
Antes de plantar, limpe o lugar da horta e a área ao redor.
Remova as raízes de árvores, pedras, latas, garrafas,
pedaços de madeira e outros detritos. O capim e ervas
daninhas podem ser exterminados com erbicidas, mas eles
são muito caros e devem ser usados conforme as
instruções. Muitas famílias terão de retirar o capim e ervas
daninhas manualmente.

A terra deve ser solta e fácil de trabalhar, pois assim Peça aos alunos que o ajudem à limpar
absorverá bem a água, não ficando empoçada ao redor das um pedaço de terreno e a misturar um
raízes das plantas. Se a terra estiver muito dura, deve ser pouco de adubo composto ou orgânico
com a terra. Depois afofe a terra,
misturada a adubo orgânico ou esterco de animais, bem preparando-a para o plantio.
como folhas, cascas de arroz, ou de semente de algodão,
ou adubo composto. Misture-os bem com a terra. Nivele o

• pedaço de terreno o melhor possível, e quebre os torrões


para que a terra fique bem fofa.

145
.

'•.
:

i.
:.,.
;.
2. Plante as sementes ~~ distância correia" debaixo da. terra e
longe umas das outras.
la
Cada tipo de semente deve ser plantado numa profundidade Examine a importância de usar
e distância diferente das outras. Muitas boas sementes sementes de boa qualidade. Recorde a

'\•..
trazem instruções de plantio na embalagem. A norma geral, experiência de germinação da lição
passada. Peça que observem enquanto
entretanto, é plantar as sementes a uma profundidade de você desenrola o jornal ou papel
três a quatro vezes maior que a semente. As sementes toalha. Conte o número de sementes

~•
miúdas, como de cenoura, alface e tomate, devem ser que germinaram, e multiplique-o por 5,
plantadas aproximadamente a seis milímetros de para determinar o índice de
profundidade. As sementes maiores, como as de feijões,
devem ser plantadas a mais ou menos dez milímetros de
profundidade. Sementes muito grandes, como as de grãos
germinação. Se ele for menor que 90
por cento, as sementes não são muito
boas. •
secos, como as ervilhas, são plantadas a três ou quatro
centímetros de profundidade.

Também é importante plantar as sementes a uma boa Mostre as diferentes variedades de


•a
distância umas das outras, para que tenham espaço sementes que trouxe para a classe.

••
suficiente para crescer. Muitas sementes devem ser Saliente que algumas são muito
pequenas, e outras grandes. Peça que
plantadas a uma distância de dez centímetros umas das o ajudem a plantá.las na terra que
outras, em fileiras com vinte centímetros de separação. As preparou. Ajude os alunos a plantarem
cenouras, alface e cebolas se enquadram nesta espécie.
Outras plantas maiores, como o tomate, berinjela e repolho,
devem ser plantadas a trinta centímetros de distância, em
as diferentes espécies na profundidade
e espaçamento correto.
'•.
fileiras separadas um metro umas das outras. Se forem
plantadas muito juntas, farão sombra umas para as outras,
e retirarão muitos nutrientes do solo.

••
3. Mude com cuidado as plantas das sementeiras.

Ao transplantar as plantas das sementeiras, tenha cuidado Os alunos devem examinar as mudas
,•.
para não danificar as raízes. Faça covas suficientemente
grandes na terra que preparou. Cave e retire as plantas da
sementeira, uma de cada vez. Procure tirá-Ias com um
que foram colocadas na água na aula
anterior. Mostre as raízes que
cresceram e inspecione a sementeira ••
<.•
que fez, para ver se algumas plantas
pouco de terra nas raízes. Plante-as imediatamente nas nasceram. Passaram-se duas semanas
covas preparadas. Coloque a planta na terra um pouco ou mais desde a lição anterior. As
mais fundo que na sementeira. Em seguida regue cada plantas ou mudas provavelmente estão
uma delas com um quarto de litro de água.
boas para serem transplantadas. Se
estiverem, deixe que os alunos o
ajudem a mudá.las. Se não estiverem
de bom tamanho, avise que plantará as
••
diferentes variedades na próxima rI
semana.
Dê aos presentes uma cópia da folha ••
.
de trabalho do aluno. Examine as
. idéias principais da lição e explique as
atividades que eles devem cumprir com
a família durante a próxima semana.
••
'

••
••

146
.•
••
••
~

'I

FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 5: HORTICULTURA

Lição 4:
PREPARAÇÃO DO SOLO E PLANTIO DA HORTA

Idéias Principais
1. Prepare cuidadosamente o solo
antes do plantio.

2. Plante as sementes na distância


correta, debaixo da terra e longe
umas das outras.

3. Mude com cuidado as plantas das


sementeiras.

Atividades da Família
1. Limpe o terreno para a horta, e
prepare a terra para o plantio.

2. Comece a plantar as sementes que


comprou, na estação certa,
conforme as instruções das
embalagens.

3. Transplante as mudas das


sementeiras, quando estiverem do
tamanho certo.

147
.•
•.
'

:
.-
'.
••'.,
•••
':..
'

••
••
•..
't
'
)

.•
••
'

fi)

•.•
:. :

'•.
O

• ,J
r •

•• UNIDADE 5: HORTICULTURA

••
••
Lição 5:

MANUTENÇÃO DA HORTA
••
•••
''..
Objetivo .

Ensinar aos participantes como controlar os insetos e ervas


daninhas, e como regar, fertilizar e fazer a colheita da horta .

•• Preparação da Lição

•• Obtenha o seguinte para a lição:

•• 1. Pequenas ferramentas manuais para arrancar ervas


daninhas da horta .

•I.). 2. Um regador caseiro, conforme o descrito na lição.

3. Fertilizante, agua e um recipiente para mostrar como fazer

'••.
e aplicar fertilizante líquido.

Prepare o seguinte antes da lição:

1. Verifique onde comprar inseticidas e quanto custam .

•• 2. Apresente a lição no mesmo lugar que o da anterior, para

'r."..
que os alunos aprendam a arrancar as ervas daninhas e
regar a horta que começaram a cultivar.

Apresentação da Lição

•• 1. Mantenha a horta livre de insetos, lesmas e caracóis .

'••.
Para ter uma boa colheita, é preciso controlar as pragas
que atacam a horta. Na maioria dos países tropicais, os
insetos proliferam tanto que prejudicam ou destroem as
plantações. A horta também deve ficar livre dos caracóis e
lesmas. Podem ser tomadas as seguintes providências para

•• manter a horta livre de pragas:

a. Limpe os lugares perto da horta, onde os insetos

'I•'...
costumam procriar. Eles podem viver nas ervas daninhas
que existem nas imediações. A sujeira, folhas mortas de
hortaliças ou ervas daninhas são coisas de que os
caracóis e lesmas gostam de se alimentar. Remova-as

i.• freqüentemente.

b. Pulverize regularmente as culturas com um inseticida.


Muitos inseticidas são líquidos. Dilua-o cuidadosamente,
seguindo as orientações da embalagem. Borrife as


''..
plantas com um vaporizador de mão. Siga estritamente
as recomendações.

'•. 149
------------------------------------------------2 .• '

.••
'

Se existirem outras plantas perto da horta, borrife-as ao


mesmo tempo que as hortaliças pois se não o fizer os
,!.•.
insetos passarão delas para a sua horta.

Não use inseticidas perto de crianças, e mantenha-os


••
longe do alcance delas. Jogue fora as embalagens vazias

'.•
(mas não em riachos, lagos ou açudes), e não as utilize
para outros fins.

Não colha ou use imediatamente hortaliças que foram


vaporizadas ou polvilhadas com inseticida. Siga
criteriosamente as instruções da embalagem, quanto ao
Compartilhe as informações que
conseguiu sobre os inseticidas em sua
região. ••
tempo que deve esperar para colher os produtos.

c. Os inseticidas não matam caracóis e lesmas. Pode-se


••
controlá-los retirando-os manualmente das hortaliças

'.'.
Pode-se usar também iscas deixadas na terra para os
caracóis e lesmas comerem. Converse com especialistas
locais. para aprender que iscas são melhores para a sua
área. Depois de certo tempo será preciso colocar mais
isca. Ela é perigosa para os seres humanos e animais. ••
d. Alguns solos tropicais contêm pragas chamadas
nematóides ou centopéias. Elas atacam as raízes das
(•.
plantas, reduzindo a produção ou destruindo as colheitas.
Consulte especialistas locais. para saber se os ••
'.•
nematóides são um problema e como deve eliminá-los.

2. Conserve a horta livre de ervas daninhas.

É preciso fazer tudo ao seu alcance para manter a horta


livre de ervas daninhas. Elas usam os nutrientes e água de
Peça aos alunos que o ajudem a tirar
as ervas daninhas de uma parte da
horta.
••
que as plantas necessitam, roubam os fertilizantes e
impedem que as hortaliças recebam sol. Remova as ervas
daninhas da horta logo que começarem a crescer. Elas
•••
podem ser arrancadas com a mão ou com ferramentas
simples. Seja como o fizer, mantenha sempre a horta livre
delas. Às vezes é preciso removê-Ias semanalmente. Elas
••
devem ser retiradas das imediações da horta, para que não
••
deixem cair sementes nas áreas de cultivo.

3. Certifique-se de que a horta recebe água suficiente. ••


As plantas precisam de água para crescer. Se elas não
receberem chuva regularmente, começarão a murchar no
Mostre o regador caseiro que fez, e
deixe que o utilizem alternadamente
para regar a horta.
••
período mais quente do dia, demorando a crescer e

produzindo menos. Elas ficam mais fracas, e assim os
insetos e bactérias podem prejudicá-Ias mais facilmente. Se
as hortaliças começarem a murchar, regue-as muito bem. A ••
água deve chegar até a parte inferior das raízes. Faça um
regador, fazendo buracos no fundo de uma lata limpa. Se
necessário, traga água de algum riacho ou tanque das
.'•,
adjacências. Use adubo composto ou orgânico para ajudar
o solo a reter mais água. • ••
150
••

••
••
••

'.•
4. Fertilize regularmente a horta.

A quantidade de fertilizantes utilizada na horta dependerá

••
das espécies de planta, tipo de solo e do clima. Devem ser
usados cento e cinqüenta gramas de fertilizante por metro
de fileira .

• Ao plantar não coloque fertilizante perto das sementes.

'.• Coloque-o ao lado das fileiras, depois que as plantas


tiveram nascido (geralmente em duas ou três semanas
após o plantio). O fertilizante não deve tocar as plantas .

•• Deve ser colocado pelo menos cinco centímetros distante


delas, mas não mais que dez centímetros. Misture o
fertilizante seco com a terra com uma vara aguçada ou

•• enxada. Se não fizer isso, a chuva levará o fertilizante.


Também pode-se usar fertilizante líquido. Ao utilizá-lo, dilua

•• três colheres de sopa de fertilizante em quatro litros de


água. Esta quantidade serve para fertilizar trinta centímetros
de uma fileira, ou três plantas grandes como o milho,


I•
batata-doce ou tomate. O fertilizante líquido também pode
ser usado nas plantas das sementeiras, duas semanas após
o plantio.

I•. Na maioria dos países tropicais as hortaliças devem ser


adubadas a cada três semanas até florescerem.
Demonstre como aplicar o fertilizante.
Peça a um aluno que o ajude a

••
misturar um pouco de fertilizante
líquido .

•• 5. Colha regularmente as hortaliças .

'.'. As plantas da horta ficam prontas para serem colhidas em


épocas diferentes. Alguma pessoa experiente pode ensinar-
-lhe a época certa de colher as hortaliças. Geralmente

'.'.. verduras como a alface ficam boas para colheita em trinta


dias, outras como os tomates, precisam de três meses,
plantas como a batata-doce precisam de cinco, e o inhame

~.
'



e a mandioca perto de um ano para produzir raízes.

Os pepinos, vagens e abóboras de verão devem ser


colhidos regularmente, para que produzam mais .

•• Se colher as hortaliças e remover as plantas velhas, Dê aos presentes uma folha de


sobrará espaço para plantar outras. trabalho do aluno. Examine as idéias
principais da lição, e explique as
atividades que eles deverão cumprir

•• com a família na próxima semana .

I•.
!.
.
I•


'

•• 151


.• '
ai

FOLHA DE TRABALHO DO ALUNO UNIDADE 5: HORTICULTURA


••
•'. .
Lição 5:
MANUTENÇÃO DA HORTA '

••

r.
Idéias Principais

1. Mantenha a horta livre de insetos,


••
lesmas e caracóis.

2. Conserve a horta livre de ervas
daninhas. '.•
3. Certifique-se de que sua horta
••
recebe água suficiente.

4. Fertilize regularmente. a horta.

5. Colha regularmente as hortaliças.


i'
' .•
Atividades da Família

1. Decida as providências a tomar
'.•
I.•
para controlar os insetos e ervas
daninhas. ~ r,c

2. Encontre ou elabore um meio de


regar a horta.
•••
.•
'

!•..'

••
••
'

••
.
.I. it
)

i•

••
152
:tJ.
I•
••
••
••
••
••
••
••

''..
I•

••
I' .
.•
f•

••
'

'
•.
••

•.
!•

'

•••

'I.r'..
i.I.
i.
''..
.•
'

.•
••
'

'
•.
•••
••
••
••
••
••
,~

••
'.
••
••
.•
••
]

'•..1
••
' .•
••
••.
é)

'
Impresso nas oficinas da
•••
•.
Gráfica Editora Aquarela SIA
R. Vespasiano, 786 - Lapa -
F. 262-7533 - São Paulo


'
••
••
••
••
••
••
••
•••
••
••
••
••
••
••
••
••

••
••
••
••
A IGREJA DE
JESUS CRISTO
••
DOS SANTOS
DOS ÚLTIMOS ••
DIAS
10189
••