Você está na página 1de 5

FACULDADE ANHANGUERA DE CAMPINAS- III

Enfermagem

Ester Moreira de Santana - RA: 8578714510

RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA 1


CIÊNCIAS MORFUNCIONAIS DO SISTEMA DIGESTÓRIO,
ENDÓCRINO E RENAL

Campinas –SP
Março/2019
1 INTRODUÇÃO

Na oportunidade podemos apreciar e identificar as estruturas, posição anatômica e os cortes do


sistema renal, podemos visualiza os órgãos que compõem o sistema urinário e as estruturas
microscópicas do rim.

2. DESENVOLVIMENTO
Nesta aula, relembramos a ultilização do microscópios, com diferentes tipos de cortes,
observamos com dois tipos de lâminas, fizemos os procedimentos necessário para visualizar os
tecidos do rim e da bexiga, posteriormente apreciamos os vários órgãos que estavam dispostos
nas bancadas, podendo assim decifrar melhor a anatomia de cada um, com o auxílio do atlas.
Vimos também os corantes aesina e hematoxilina, que tem a capacidade de corar as estruturas
básicas das células, quando olhamos em cortes transversais podemos visualisar várias estruturas
das células do rins, da bexiga e medular.

ATIVIDADE 2.1 – PROCEDIMENTO 1 – LÂMINA DE TECIDO DO RIM


Histologia e estruturas
Vimos em lâminas de diferentes região do rins, tanto a região central como a região de medula.
Vimos a região dos gloméros e os túbulos coletores. Neste procedimento tivemos a oportunidade
de observar através do microscópio óptico a lâmina 10x e 40x, o corte do tecido do rim, decifrando
assim suas estruturas, aprendendo a diferenciar córtex e medula, identificamos tubo coletor na
medula renal, no aumento 40x.
ATIVIDADE 2.2 – PROCEDIMENTO 2 – LÂMINA DA BEXIGA

Através deste procedimento podemos observar melhor no microscópio óptico, corte transversal da
bexiga, podemos ver o lumem do tecido epiterial, coramos dom hematoxilina e aesina, nas lentes
de aumento 10x, e40x,identificando assim o epitélio de transição da bexiga, lúmem, o tecido
muscular, definindo assim as células observadas.
Também podemos ver as regiões das musculatura do tecido, formato do núcleo e com são as
organização da células, umas maiores e outras menores, camada única, com regiões escuras
coradas com aesiana, camadas mais claras coradas com hematoxilina.

ATIVIDADE 2.3 – IDENTIFICANDO


ANATOMIA URINÁRIA

Conhecemos Funções, posições e


estruturas dos órgãos através das
peças anatômicas.

Nesta ocasião podemos verificar


vários órgãos disposto na bancada,
estudamos suas
funções e também anatomia de cada
um.
Vimos como é a anatomia das vidas
urinárias masculina e feminina: ureteres
e uretra .
Com o auxílio do atlas podemos
identificar cada estrutura.

Sistema urinário masculino e feminino


ATIVIDADE 2. 4. SISTEMA RENAL

O grupo pode contemplar os protótipos dos órgãos sistema renal (feminino e masculinos)
suas estruturas e funções anatômicas

MATERIAIS UTILIZADOS
- 1 órgãos humanos do sistema renal
- 1 luvas
- 1 álcool
- atlas
- lâminas
- protótipos (peças anatômicas).

4. CONCLUSÃO

Foi observado a anotomia do sistema urinário e reconhecido suas estruturas e funcionalidades


através de manuseio dos protótipos e órgãos humanos exposto na bancada, utilizando o
auxílio do atlas de anatomia.

5. REFERÊNCIA

Vídeo Aulas
Livro único;
– fonte das imagens:
https://medicinauesbjq.wixsite.com/histologia/single-post/2015/09/18/Bexiga-e-Ureter