Você está na página 1de 38

Instalações Elétricas

Aula 5 – Dimensionamento de Condutores


Profª. Sâmara de Cavalcante Paiva
Considerações Básicas
 Definição de condutores elétricos:
 Fio

 Cabo

2
Considerações Básicas
 Definição de condutores elétricos:

3
Considerações Básicas
 Tipos de condutores:
 Propagadores de chama: entram em combustão sob a ação direta da chama e a
mantêm após a sua retirada (Etilenopropilelo – EPR, Polietileno Reticulado – XLPE);
 Não-propagadores de chama: removida a chama a combustão do material cessa
(Cloreto de Polivinila – PVC, neoprene);
 Resistente à chama: mesmo sob exposição prolongada, a chama não se propaga ao
longo do material isolante do cabo (Sintenax Antiflan – Pirelli, Noflan – Ficap);
 Resistentes ao fogo: materiais especiais, incombustíveis (Afumex da Pirelli, Afitox da
Ficap).

4
Considerações Básicas
 Tipos de condutores:
 Temperaturas admissíveis para alguns tipo de revestimento de condutores, para
temperatura ambiente de 30ºC.

5
Considerações Básicas
 Seção nominal de um fio e de um cabo:

 Seção dada em mm² segundo a NBR 5410.

6
Considerações Básicas
 Cores dos fios em uma instalação:
 Condutor neutro: cor azul-clara;
 Condutor proteção: cor verde-amarelo (brasileirinho) ou verde (na falta do
brasileirinho);
 Condutor PEN (proteção e neutro): cor azul-clara com anilhas verde e amarelas nos
pontos de acesso ou nos pontos visíveis.
 Condutor retorno: cor branca;
 Condutor fase: qualquer cor exceto verde, azul, branco ou verde-amarelo (evitar o
amarelo). Mais comum é o preto e o cinza.

7
Considerações Básicas
 A NBR 5410 estabelece as seguintes prescrições quanto ao uso dos
condutores (fios e cabos) elétricos:
 Em instalações residenciais só podem ser empregados condutores de cobre, exceto
condutores de aterramento e proteção;
 Em instalações comerciais é permitido o emprego de condutores de alumínio com
seções nominais maior igual a 50 mm²;
 Em instalações industriais podem ser utilizados condutores de alumínio.

8
Dimensionamento de Condutores
 Existem três critérios para dimensionamento de condutores em uma
instalação elétrica, sendo eles:
 Critério da Seção Mínima;
 Critério da Capacidade de Condução de Corrente;
 Critério da Queda de Tensão.

 Os condutores de proteção (PE) e neutro (N) são dimensionados a partir dos


condutores de fase.

9
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Seção Mínima

10
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Seção Mínima:
 Exercício: Dimensionar os condutores de cobre, para um circuito de um chuveiro
elétrico.

11
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Capacidade de Condução de Corrente
 Entre os fatores que devem ser considerados na escolha da seção de um fio ou cabo,
supostamente operando em condições de aquecimento normais, destacam-se:
 A maneira de instalar os cabos;
 O tipo de isolação e de cobertura do condutor;
 O número de condutores carregados do circuito, isto é, de condutores “vivos”, efetivamente
percorridos pela corrente;
 O material condutor (cobre ou alumínio).

12
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Capacidade de Condução de Corrente
 Maneira de instalação dos cabos (Métodos de Referência):
 A1: condutores isolados em eletroduto de seção circular embutido em parede termicamente
isolante;
 A2: cabo multipolar em eletroduto de seção circular embutido em parede termicamente
isolante;
 B1: condutores isolados em eletroduto de seção circular sobre parede de madeira;
 B2: cabo multipolar em eletroduto de seção circular sobre parede de madeira;
 C: cabos unipolares ou cabo multipolar sobre parede de madeira;
 D: cabo multipolar em eletroduto enterrado no solo;
 E: cabo multipolar ao ar livre;
 F: cabos unipolares justapostos ao ar livre;
 G: cabos unipolares espaçados ao ar livre.

13
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Capacidade de Condução de Corrente
 Maneira de instalação dos cabos (Métodos de Referência):

14
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Capacidade de Condução de Corrente
 Maneira de instalação dos cabos (Métodos de Referência):

15
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Capacidade de Condução de Corrente
 Maneira de instalação dos cabos (Métodos de Referência):

16
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Capacidade de Condução de Corrente
 Tipo de isolação e de cobertura do condutor;
 Escolher o tipo de isolação de acordo com as temperaturas de regime constante de operações
e de sobrecarga.

17
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Capacidade de Condução de Corrente
 Número de condutores carregados do circuito:
 2 Condutores carregados: fase e neutro ou fase-fase;
 3 Condutores carregados: fase-fase e neutro ou fase-fase-fase ou fase-fase-fase e neutro (sistema
equilibrado);
 4 Condutores carregados: fase-fase-fase e neutro.
 O material condutor:
 Condutores de cobre;
 Condutores de alumínio.

18
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Capacidade de Condução de Corrente
 Calculo da intensidade da corrente de projeto corrigida 𝐼𝑝𝑐 de um circuito é dada
por:

𝐼𝑝
𝐼𝑝𝑐 =
𝑘1 𝑘2 𝑘3 𝑘4

 Sendo 𝐼𝑝 : corrente de projeto; 𝑘1 : fator de correção devido a temperatura; 𝑘2 : fator


de correção devido ao agrupamento de condutores; 𝑘3 : fator de correção devido ao
agrupamento de eletrodutos; 𝑘4 : fator de correção para linhas subterrâneas.

19
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Capacidade de Condução de Corrente
 Tabela do fator de correção devido a temperatura:

20
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Capacidade de Condução de Corrente
 Tabela do fator de correção devido ao agrupamento de condutores:

21
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Capacidade de Condução de Corrente
 Tabela do fator de correção em função do número de eletrodutos ao ar livre:

22
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Capacidade de Condução de Corrente
 Tabela do fator de correção para linhas subterrâneas:

23
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Capacidade de Condução de Corrente
 Tabela que atende a corrente de projeto definida:

24
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Capacidade de Condução de Corrente
 Exercício: O circuito de um chuveiro monofásico possui potência de 4500W.
Considere T = 30ºC e que o número de circuitos agrupados seja 3 (no pior trecho de
eletroduto onde passa o circuito do chuveiro) e considere que não haverá
eletrodutos agrupados.

25
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Queda de Tensão:
 Alguns aparelhos elétricos tem baixa tolerância a quedas de tensão;
 Ao longo do circuito podem ocorrer quedas de tensão;
 A queda de tensão pode ser calculada em função da tensão nominal de entrada e na
carga do circuito:

𝑇𝑒𝑛𝑠ã𝑜 𝑑𝑎 𝐸𝑛𝑡𝑟𝑎𝑑𝑎 − 𝑇𝑒𝑛𝑠ã𝑜 𝑛𝑎 𝐶𝑎𝑟𝑔𝑎


𝑄𝑢𝑒𝑑𝑎 𝑑𝑒 𝑇𝑒𝑛𝑠ã𝑜 % = 100%
𝑇𝑒𝑛𝑠ã𝑜 𝑑𝑒 𝐸𝑛𝑡𝑟𝑎𝑑𝑎

26
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Queda de Tensão:
 Os valores das quedas de tensão não devem ser superiores aos apresentados na
tabela a seguir (NBR 5410):

Iluminação e Outros
Tomadas usos
A – Instalações alimentadas diretamente por ramal de
baixa tensão, a partir de uma rede de distribuição pública 4%
4%
de baixa tensão

B – Instalações alimentadas diretamente por subestações


7%
de transformação ou transformador, a partir de uma 7%
instalação de alta tensão
C – Instalações que possuam fonte própria 7% 7%

27
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Queda de Tensão:
 O cálculo da seção do condutor 𝑆 pelo critério de queda de tensão para circuitos
monofásicos, bifásicos ou trifásicos a quatro fios é dado por:

𝑛
2𝜌( 𝑖=1 𝐼𝑖 𝑑𝑖 )
𝑆=
𝑈∆𝑈

 Sendo, 𝜌: resistividade do material condutor; 𝐼𝑖 : intensidade da corrente elétrica de


projeto do i-ésimo equipamento pertencente ao circuito; 𝑑𝑖 : distância do i-ésimo
equipamento até o início do circuito que está sendo dimensionado; U: diferença de
potencial (tensão) entre os condutores do circuito; ∆𝑈: limite de queda de tensão
permitida no trecho do circuito considerado.

28
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Queda de Tensão:
 O cálculo da seção do condutor 𝑆 pelo critério de queda de tensão para circuitos
trifásicos:

3𝜌( 𝑛𝑖=1 𝐼𝑖 𝑑𝑖 )
𝑆=
𝑈∆𝑈

 Sendo, 𝜌: resistividade do material condutor; 𝐼𝑖 : intensidade da corrente elétrica de


projeto do i-ésimo equipamento pertencente ao circuito; 𝑑𝑖 : distância do i-ésimo
equipamento até o início do circuito que está sendo dimensionado; U: diferença de
potencial (tensão) entre os condutores do circuito; ∆𝑈: limite de queda de tensão
permitida no trecho do circuito considerado.

29
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Queda de Tensão:
 Exercício: Dimensionar os condutores de cobre, para um circuito (fase-neutro) de um
chuveiro elétrico, distante 15m do QD, com potência de 4500VA, tensão de 220V, de
modo que a queda de tensão máxima seja de 4%.

30
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Queda de Tensão:
 Passos para o dimensionamento de condutores pela queda de tensão unitária
(V/A.km) é dado por:
 Verificar o material do eletroduto (magnético ou não);
 Verificar o tipo de circuito (monofásico, bifásico ou trifásico);
 Verificar a tensão do circuito;
 Calcular a corrente de projeto;
 Determinar o fator de potência;
 Verificar o comprimento do circuito em “km”;
 Calcular a queda de tensão;
 Escolher o condutor (tabelas a seguir);

31
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Queda de Tensão:
 Cálculo da queda de tensão unitária (V/A.km):

𝑒 % 𝑈
∆𝑈 =
𝐼𝑝 𝑙

 Sendo, 𝑒 % : queda de tensão; 𝑈: tensão do circuito; 𝐼𝑝 : corrente de projeto; 𝑙:


comprimento do circuito.

32
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Queda de Tensão:
 Tabela da queda de tensão
unitária (V/A.km):

33
Dimensionamento de Condutores
 Critério da Queda de Tensão:
 Exercício: Dimensionar pelo limite de queda de tensão unitária, os condutores de
cobre para um circuito (fase-neutro) de um chuveiro elétrico, distante de 15m do QD,
com potência de 4500VA, tensão de 220V, isolação tipo PVC, eletroduto magnético,
embutido em alvenaria e temperatura ambiente de 30°C.

34
Dimensionamento de Condutores
 Dimensionamento dos condutores de fase:
 Escolher a maior seção dentro dos três métodos apresentados.

35
Dimensionamento de Condutores
 Dimensionamento dos condutores de neutro:
 Não pode ser comum a mais de um circuito;
 Circuitos monofásicos: mesma seção dos condutores fase;
 Circuitos trifásicos: pode ter seção menor para condutores fase tenha seção maior
que 25mm² quando atende as seguinte condições:
 Circuito equilibrado;
 Condutor neutro protegido contra sobrecorrente.

36
Dimensionamento de Condutores
 Dimensionamento dos condutores de neutro:

37
Dimensionamento de Condutores
 Dimensionamento dos condutores de proteção:
 Pode ser único no sistema;
 Pode ter menor seção que o condutor fase for maior que 16mm². Isso só é válido
quando o condutor de proteção for do mesmo material que o condutor fase.

38