Você está na página 1de 40

RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

SONAR PASSIVO NACIONAL


PLANO DO PROJETO
VOLUME 1

MARINHA DO BRASIL
INSTITUTO DE PESQUISAS DA MARINHA

2014
INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003
1a EDIÇÃO

RESERVADO
-I-
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

SONAR PASSIVO NACIONAL – PLANO DO PROJETO

TIPO DE
DOCUMENTO APLICAÇÃO SWBS SEQUENCIAL ALTERAÇÃO

ESP SNAC-I 46200 003

ELABORAÇÃO REVISÃO APROVAÇÃO

Fernando L. de Magalhães
Tecnologista Senior III

Orlando J. de R. Afonso
Tecnologista Senior III

CC(EN) Carlos A. O. Martins


Gerente do Projeto
Leonardo M. Barreira Vicente R. M. Linhares
Jorge Peres Galante Capitão-de-Fragata Tecnologista Sênior III
Tecnologista Senior III Encarregado do GSAS Chefe do Dep. de Pesq. e Desenvolvimento

Marcos Damas Paula


Tecnologista Senior III

Cátia Galotta Martins da Silva


Tecnologista Senior III

1T(EN) Gustavo A. M. Goltz


Coordenador Técnico

DATA DE ELABORAÇÃO DATA DE REVISÃO DATA DE APROVAÇÃO


23MAI2014 30SET2014

SETOR RESPONSÁVEL GRAU DE SIGILO CODIFICAÇÃO DO


FABRICANTE
IPqM - 13 RESERVADO

RESUMO

O presente documento descreve o plano de projeto para o desenvolvimento de um protótipo de


um sonar passivo nacional (SONAP), com características estruturais e funcionais típicas de um
sistema SONAR e, após, a fabricação de um SONAP militarizado para o Submarino Nuclear
Brasileiro (SN-BR). O projeto SONAP irá incorporar à Marinha do Brasil, assim como a
eventuais parceiros executores nacionais, conhecimentos tecnológicos e científicos que
permitam desenvolver um sistema SONAR passivo cilíndrico nacional com características
próprias para aplicações militares.

O Projeto SONAP foi concebido para ser executado em seis fases sequenciais distintas e auto-
conclusivas. A FASE 1, iniciada em 2008 e finalizada em 2010, teve como escopo o
desenvolvimento do SDAC-SUB.

RESERVADO
- II -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

A FASE 2, iniciada no fim de 2013 e com término previsto para 2014, visa ao desenvolvimento
do formador de feixes acústicos; a atualização da interface gráfica do sistema operacional e do
hardware do SDAC-SUB; a integração do SDAC-SUB aos sensores de rumo, velocidade,
latitude/longitude e profundidade.

O projeto SONAP, na FASE 3, objetiva conceber, projetar e desenvolver um (01) protótipo de


um STAVE de um sistema SONAR passivo, constituído de hidrofones nacionais e de um
composto de anteparas hidroacústicas. Tais componentes deverão ser desenvolvidos e testados
no IPqM. A concepção do STAVE deverá ser executada de forma a possibilitar, através de
dispositivos estruturais modulares, a montagem futura de arrays de sistemas SONAR com
configuração geométrica cilíndrica ou plana.

Na FASE 4, o projeto SONAP terá como escopo a produção de um primeiro protótipo de array
cilíndrico passivo, a ser composto por um lote piloto de até 32 staves com no máximo 96
hidrofones, fabricados no Brasil segundo as especificações técnicas-funcionais definidas na
FASE 3 do Projeto. Nesta FASE serão realizados testes elétricos e hidroacústicos dos STAVES
utilizando-se as facilidades do IPqM. Em concomitância, durante a FASE 4, deverá ser
desenvolvida a Unidade de Aquisição e Transmissão de Dados (UATD) e adaptado o Sistema
de Detecção Acompanhamento e Classificação de Contatos (SDAC).

Na FASE 5 serão executadas, no âmbito do IPqM, as atividades de integração do conjunto


hidroacústico do SONAP (“parte molhada”) com as UATD e SDAC (“parte seca”). Na última
etapa, o Projeto será finalizado com a realização de testes operativos no mar, mediante a
utilização de sistemas de flutuação e/ou ancoragem.

A FASE 6 consistirá da fabricação de um sonar militarizado, a partir dos requisitos e do


desenvolvimento do protótipo SONAP, para a instalação e operação no SN-BR.

NO DE PÁGINAS NO DE VOLUMES NO ANEXOS


40 1 0

PALAVRAS-CHAVE

SONAR PASSIVO NACIONAL


HIDROFONES
ARRANJOS

RESERVADO
- III -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

REGISTRO DAS MODIFICAÇÕES

NÚMERO DA EXPEDIENTE PÁGINA(S) DATA DA RESPONSÁVEL


MODIFICAÇÃO QUE AFETADA(S) MODIFICAÇÃO PELA
DETERMINOU E MODIFICAÇÃO
RESPECTIVA
DATA

RESERVADO
- IV -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

ÍNDICE

1 - INTRODUÇÃO ........................................................................................................................1

1.1 - PROPÓSITO ............................................................................................................................1


1.2 - OBJETIVOS E METAS DO PROJETO .........................................................................................1
1.3 - LIMITES DO PROJETO ............................................................................................................2

2 - REGISTRO DOS ENVOLVIDOS NO PROJETO (STAKEHOLDERS) ...........................2

3 - PLANEJAMENTO ..................................................................................................................3

3.1 - ESCOPO .................................................................................................................................3


3.1.1 - Descrição do Escopo do Cliente ...................................................................................3
3.1.2 - Escopo Não Incluído .....................................................................................................7
3.1.3 - Estratégia de Condução Técnica do Projeto ................................................................7
3.1.4 - Estrutura Analítica do Projeto – EAP ..........................................................................7
3.1.5 - Descrição das Entregas das FASES 3, 4, 5 e 6 ..........................................................10
3.2 - DIAGRAMA DE GANTT ........................................................................................................20
3.3 - ORÇAMENTO .......................................................................................................................24
3.4 - RISCO ..................................................................................................................................26
3.5 - AQUISIÇÕES ........................................................................................................................28

4 - CONTROLE INTEGRADO DE MUDANÇAS ..................................................................34

5 - ACOMPANHAMENTO DO PROJETO .............................................................................34

RESERVADO
-V-
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

ÍNDICE DE FIGURAS

FIGURA 1 – DIAGRAMA DE GANTT – FASE 3 ...................................................................................20


FIGURA 2 – DIAGRAMA DE GANTT – FASE 4 ...................................................................................21
FIGURA 3 – DIAGRAMA DE GANTT – FASE 5 ...................................................................................22
FIGURA 4 - DIAGRAMA DE GANTT – FASE 6 ...................................................................................23

RESERVADO
- VI -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

PLANO DE PROJETO

Projeto: Sonar Passivo Nacional (SONAP) Início: 2014


Término: 2018
Solicitante: SecCTM Referência: 1-S.0036.Q/12
Patrocinador: SecCTM Gerente do Projeto: IPqM/GSAS

1 - INTRODUÇÃO

1.1 - Propósito

O Instituto de Pesquisas da Marinha (IPqM) vem consolidando uma carteira de projetos


que prontamente o capacita a desenvolver sistemas SONAR passivos cilíndricos com
características constitutivas e operacionais específicas, a fim de prover a Marinha do Brasil de
equipamentos para os meios que possam contribuir na garantia do exercício de soberania sobre
os espaços marítimos do País. Uma vez dominada esta tecnologia, o IPqM deverá apresentar
condições de conceber e desenvolver sistemas SONAR para operações em navios e submarinos,
atendendo requisitos estruturais e operativos adequados a meios militares. O desenvolvimento
pelo IPqM de sistemas SONAR passivos, com configuração cilíndrica e graus progressivos de
complexidade tecnológica, agregará recursos e meios que contribuirão para a redução do grau de
dependência tecnológica do Brasil em setores estratégicos, tais como, prospecção off-shore,
comunicação hidroacústica, defesa e segurança marítimas.

1.2 - Objetivos e Metas do Projeto

Ao final da execução deste desenvolvimento espera-se alcançar os seguintes objetivos e


meta:
- Desenvolver um protótipo de um sistema sonar passivo nacional, constituído de um
array de geometria cilíndrica, capaz de detectar, acompanhar e classificar contatos de superfície
e submarinos.
- Agregar capacidade tecnológica à Marinha do Brasil para o desenvolvimento futuro de
sistemas SONAR de aplicação militar, a serem embarcados nos meios navais.
RESERVADO
- 1 de 31 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

- Fabricação, instalação e comissionamento de um sonar passivo nacional para o SN-BR.

Meta: Adotar processos e soluções que resultem na capacitação tecnológica do IPqM e


de empresas parceiras nacionais para o desenvolvimento futuro de sistemas SONAR passivos
militares.

1.3 - Limites do Projeto

- O Projeto SONAP, em suas etapas finais tratadas no presente Planejamento, deverá ser
executado em quatro FASES sequenciais distintas, FASES 3, 4, 5 e 6. O Projeto deverá estar
concluído em até 96 meses (total das quatro FASES), contabilizados a partir da data de início de
execução.
- O pessoal extra-MB porventura contratado para apoiar às atividades do referido projeto
deverá assinar um termo de confidencialidade individual.

2 - REGISTRO DOS ENVOLVIDOS NO PROJETO (STAKEHOLDERS)

REGISTRO DAS PARTES INTERESSADAS (STAKEHOLDERS)


ID Nome Organização/Cargo Envolvimento
1 SecCTM SecCTM Solicitante
2 IPqM IPqM/Gerente de Gerente do Projeto
Projetos
3 Leonardo M. Barreira IPqM/Encarregado do Encarregado do Grupo
Grupo de Sistemas
Acústicos Submarinos
4 Fernando L. da Rocha IpqM/Encarregado da Coordenador de Grupo
Divisão de Projetos do
Grupo de Sistemas
Acústicos Submarinos
5 Fernando L. de IPqM/Engenheiro Coordenador Técnico
Magalhães Mecânico Sênior de de Transdutores
P&D Sonar/Equipamentos
Mecanoacústicos
6 Orlando J. R. Afonso IPqM/Engenheiro Coordenador Técnico
Eletrônico Sênior de de Eletrônica Aplicada
P&D a Transdutores
7 Gustavo Augusto M. IPqM/Engenheiro de Coordenador Técnico
Goltz Sistemas de Processamento de

RESERVADO
- 2 de 31 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

REGISTRO DAS PARTES INTERESSADAS (STAKEHOLDERS)


ID Nome Organização/Cargo Envolvimento
Sinais Acústicos
8 Carlos A. O. Martins IPqM/Engenheiro Gerente do Projeto
Mecânico
9 Fabrício A. Bozzi IPqM/Engenheiro Ajudante do
Eletricista Coordenador Técnico
de Processamento de
Sinais Acústicos
10 Cleide V. S. Rodrigues IpqM/Pesquisadora Ajudante do
Sênior Coordenador Técnico
de Processamento de
Sinais Acústicos
11 Marcos Damas Paula IPqM/Engenheiro Ajudante do
Eletricista Coordenador Técnico
de Processamento de
Sinais Acústicos
12 Jorge P. Galante IPqM/ Engenheiro Ajudante do
Eletrônico Coordenador Técnico
de Processamento de
Sinais Acústicos
13 Cátia Galotta Martins IPqM/Engenheira Ajudante do Gerente
da Silva Mecânica do Projeto
14 Carlos Correa Junior IPqM/Engenheiro Ajudante do Gerente
Mecânico do Projeto
15 Jacqueline C. M. IPqM/Técnica Ajudante do
Karraz Eletrônica Coordenador Técnico
de Eletrônica Aplicada
a Transdutores
16 Marcio P. Baptista IPqM/Técnico Ajudante do
Mecânico Coordenador Técnico
de Transdutores Sonar
17 Izabel C. S. Gomes IPqM/Técnica Ajudante do
Eletrônica Coordenador Técnico
de Eletrônica Aplicada
a Transdutores

3 - PLANEJAMENTO

3.1 - Escopo

3.1.1 - Descrição do Escopo do Cliente

- O projeto SONAP deverá incorporar à Marinha do Brasil, assim como a eventuais


parceiros co-executores nacionais, conhecimentos tecnológicos e científicos que permitam, em
RESERVADO
- 3 de 31 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

um Projeto específico subsequente, conceber e fabricar um sistema SONAR passivo cilíndrico


brasileiro com características próprias a aplicações militares, em meios navais.
- A etapa inicial do projeto, FASE 1, consistiu de pesquisa e desenvolvimento de um
sistema de detecção, acompanhamento e classificação de contatos submarinos (SDAC) para os
equipamentos SONAR CSU-83 dos submarinos Classe Tupi da MB.
- A etapa seguinte já em finalização, FASE 2, aborda o aprimoramento do SDAC para os
sistemas de combate dos submarinos Classe Tikuna da MB, através da implementação de
algoritmos para a formação de feixes (beam former), e desenvolvimento de interfaces com
sensores de rumo, velocidade, profundidade e velocidade do som.
- As etapas finais do Projeto SONAP, especificamente tratadas no presente plano de
projeto, deverão ser executadas em três fases sequênciais distintas, FASES 3, 4 e 5. Tais fases
deverão estar concluídas em até 60 meses (total das três FASES), contabilizados a partir da data
de início de execução da FASE 3.
- O projeto SONAP, na FASE 3, objetiva conceber, projetar e desenvolver um (01)
protótipo de um STAVE de um sistema SONAR passivo, constituído de hidrofones nacionais e
de um composto de anteparas hidroacústicas fabricadas e testadas no IPqM. A concepção do
STAVE deverá ser executada de forma a possibilitar, através de dispositivos estruturais
modulares, a montagem futura de arrays de sistemas SONAR com configuração geométrica
cilíndrica ou plana.
- Os protótipos dos hidrofones deverão ser projetados, produzidos e testados
hidroacusticamente no IPqM. Os hidrofones deverão empregar, a título de testes iniciais de
protótipo, elementos piezocerâmicos importados. Em uma etapa posterior, caso sejam
disponibilizados elementos piezocerâmicos nacionais, estes poderão vir a ser utilizados nos
hidrofones do SONAP.
- O projeto SONAP na FASE 4 terá como escopo, em termos de subconjunto submerso, a
produção de um primeiro protótipo de array cilíndrico passivo, constituído por uma estrutura
cilíndrica metálica reticulada (“gaiola”), na qual deverão ser instalados, juntamente com a rede
de cabeamento elétrico, trinta e dois STAVES, a princípio compostos por até noventa e seis (96)
elementos hidrofônicos e placas hidroacústicas.
- A gaiola dos STAVES do SONAP deverá ser fabricada, ou revestida, com material
resistente à corrosão por água salgada e apresentará compartimentos para instalação dos
hidrofones e placas hidroacústicas.

RESERVADO
- 4 de 31 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

- Durante a FASE 4 serão realizados testes elétricos e hidroacústicos com o emprego das
facilidades e equipamentos do IPqM.
- Em concomitância, deverá ser desenvolvida a UATD (Unidade de Aquisição e
Transmissão de Dados) e o SDAC deverá ser adaptado, sendo estas unidades integrantes da
“Parte Seca” do SONAP. A UATD é uma unidade constituída dos módulos abaixo descritos,
acondicionados em caixa estanque, com dois conectores, sendo um para conexão com os
sensores hidroacústicos e outro para conexão com o módulo de transmissão embarcado, o qual
será afixado à estrutura de suporte dos referidos sensores. A UATD é constituída de:
1. Módulo Amplificador: circuito eletrônico responsável por amplificar o sinal de cada
STAVE. A unidade UATD terá uma quantidade total de 32 módulos.
2. Módulo de Filtro e Ajuste: circuito eletrônico responsável pela filtragem do sinal
fornecido pelo Módulo Amplificador e de ajuste de nível adequado do sinal para o Módulo
Conversor Analógico/Digital. A unidade UATD terá uma quantidade total de 32 módulos.
3. Módulo Conversor Analógico/Digital: circuito eletrônico responsável pela conversão
do modo analógico para o formato digital, com resolução a ser definida. A unidade UATD terá
uma quantidade total de 32 módulos.
4. Módulo de Multiplexação: circuito digital multiplexador responsável pela seleção dos
STAVES que formarão a varredura de 360 graus, permitindo a conformação de feixe (beam
former), a partir das palavras digitais geradas pelo Módulo A/D. A quantidade de módulos de
multiplexação da UATD será definida posteriormente.
5. Módulo de Controle e Sincronismo: circuito digital responsável pelo controle dos
Módulos de Multiplexação.
6. Módulo de Transmissão de Dados: circuito digital responsável pela transmissão das
palavras digitais, fornecidas pelos Módulos de Multiplexação e Controle e Sincronismo, após
convertidas em formato serial, que serão entregues ao SDAC.
7. Módulo de Alimentação para a UATD: módulo gerador de todas as tensões e
respectivas amperagens para atendimento às necessidades de energização de cada módulo da
UATD.
8. Caixa Estanque e Conectores: caixa metálica ou de outro material resistente a uma
coluna de água, a ser especificada, que conterá os módulos da UATD.
9. Cabos da UATD aos Sensores: cabos à prova d'água com conectores, as extremidades,
para interligar a UATD ao conjunto de sensores hidroacústicos.

RESERVADO
- 5 de 31 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

10. Cabos de conexão da UATD: cabos à prova d'água com conectores nas extremidades,
para interligar a UATD. Possui cabo de aço ou outro material resistente para suportar e proteger
os cabos elétricos de dados e alimentação da UATD.
- O SDAC será a unidade responsável por receber, processar e apresentar os sinais ao
operador do sistema. O SDAC será constituído de:
1. Módulo de Recepção de Dados: circuito digital responsável pela recepção das palavras
digitais fornecidas pelo Módulo de Transmissão de Dados da UATD.
2. Módulo de Processamento e Apresentação de Sinais (hardware e software): consiste de
um computador e periféricos, monitor e entrada para o Módulo de Recepção de Dados e de um
software para o processamento e apresentação de sinais. Este software deverá possuir as
seguintes funcionalidades: (i) formar feixes direcionais a partir dos sinais recebidos dos sensores,
cobrindo 360 graus de marcação em torno do array; (ii) para cada feixe, calcular a energia que
será apresentada em gráficos de marcação x tempo (MT); (iii) apresentar ao operador gráfico de
marcação x frequência; (iv) apresentar ao operador o áudio de uma marcação selecionada; e (v)
permitir a análise de um sinal de uma dada marcação ou de um contato, usando-se as análises
LOFAR e DEMON.
3. Módulo de Alimentação: módulo gerador de todas as tensões e respectivas amperagens
para a energização de cada módulo.
- Na FASE 5 do projeto SONAP serão executadas as atividades de integração do
conjunto hidroacústico do sistema (“parte molhada”) com as unidades eletrônicas de
condicionamento, aquisição, processamento e apresentação de sinais (“parte seca”), e testes
operativos no mar, com o emprego de sistemas de flutuação e/ou de ancoragem para manutenção
da parte molhada do SONAP no local de instalação.
- Os testes operativos deverão ser conduzidos em conjunto pelo IPqM, durante o qual o
desempenho do SONAP será avaliado pela equipe técnica do Projeto.
- No final da execução do Projeto deverão ser entregues cópias do Relatório Final de
Projeto à SecCTM e/ou a cada OM por ela delegada.
- Na FASE 6 do projeto SONAP será fabricado um SONAP militarizado que venha a ser
instalado e operado no SN-BR. O IPqM estabelecerá parcerias com empresas privadas para a
execução desta fase e estabelecerá contato com a DE (Diretoria Especializada) para
compatibilidade com os requisitos estabelecidos por esta diretoria.

RESERVADO
- 6 de 31 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

3.1.2 - Escopo Não Incluído

- A transferência da tecnologia envolvida no desenvolvimento do SONAP a pessoas e


instituições externas à MB.
- A produção de artigos técnicos e científicos que detalhem concepções, processos e
soluções, não ostensivas, relacionadas ao desenvolvimento do SONAP.

3.1.3 - Estratégia de Condução Técnica do Projeto

- O ciclo de vida correspondente às etapas finais do Projeto, especificamente tratadas no


presente Planejamento, será dividido em quatro (04) FASES sequenciais, em períodos distintos,
segundo uma metodologia que busca facilitar a identificação, a interligação e o gerenciamento
das diferentes áreas de trabalho a partir das seguintes ações:
- Acompanhamento integral do projeto por parte do Gerente, devendo ser realizadas
reuniões mensais com a participação dos coordenadores técnicos e demais stakeholders
diretamente envolvidos nas questões tratadas. Tais reuniões deverão ser documentadas através de
Atas.
- O Gerente do Projeto deverá comunicar por escrito, aos envolvidos, eventuais alterações
no escopo e no desenvolvimento do projeto SONAP, assim como comunicar o seu encerramento,
a síntese dos resultados finais obtidos e as lições aprendidas.
- A montagem do conjunto mecanoacústico do SONAP, a interligação das partes molhada
e seca e os testes de ajuste do sistema deverão ser realizados nas instalações do IPqM.

3.1.4 - Estrutura Analítica do Projeto – EAP

1.1 GERENCIAMENTO DE PROJETO


1.1.1 Reunião de Abertura do Projeto
1.1.2 Plano do Projeto
1.1.3 Definição dos Coordenadores Técnicos
1.1.4 Controle / Reuniões de Acompanhamento

RESERVADO
- 7 de 31 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

1.2 FASE 3:
1.2.1 Especificação dos Requisitos Técnicos Básicos do STAVE
1.2.2 Contratação de Técnico em Mecânica
1.2.3 Especificação Técnica do Conjunto Piezocerâmico a ser Empregado nos
Hidrofones do STAVE
1.2.4 Aquisição de Cerâmicas Piezoelétricas Importadas (protótipos)
1.2.5 Aquisição de Equipamentos / Insumos
1.2.6 Projeto Detalhado do Hidrofone
1.2.7 Projeto Detalhado da Estrutura do STAVE
1.2.8 Fabricação/Testes dos Hidrofones
1.2.9 Fabricação/Testes da Estrutura do STAVE
1.2.10 Relatório Final da Fase 3 do Projeto e Resultados

1.3 FASE 4:
1.3.1 Especificação dos Requisitos Técnicos do SONAP
1.3.2 Contratação de Técnico em Mecânica e Engenheiro Eletrônico
1.3.3 Revisão do Projeto dos Hidrofones e Staves
1.3.4 Aquisição de Cerâmicas Piezoelétricas Importadas (lote piloto)
1.3.5 Aquisição de Equipamentos / Insumos
1.3.6 Fabricação do Lote Piloto de Hidrofones e da estrutura do lote piloto de
STAVES
1.3.7 Testes Eletroacústicos e Hidroacústicos no Lote Piloto de Hidrofones
1.3.8 Montagem dos STAVES (instalação dos hidrofones, placas hidroacústicas e
cabeamento elétrico)
1.3.9 Projeto Detalhado da Gaiola do Array
1.3.10 Fabricação da Estrutura Mecânica da Gaiola do Array
1.3.11 Montagem dos STAVES na Gaiola do Array
1.3.12 Planejamento Preliminar da Logística dos Testes no Mar
1.3.13 Especificação dos Requisitos Técnicos da Unidade de Aquisição e
Transmissão de Dados (UATD)
1.3.14 Especificação dos Requisitos Técnicos para adaptação do SDAC
1.3.15 Projeto Básico das unidades (UATD e SDAC)

RESERVADO
- 8 de 31 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

1.3.16 Projeto detalhado da Unidade de Aquisição e Transmissão de Dados


(UATD)
1.3.17 Fabricação da UATD
1.3.18 Teste da UATD
1.3.19 Prontificação da UATD
1.3.20 Projeto detalhado da adaptação do SDAC
1.3.21 Adaptação do SDAC
1.3.22 Teste do SDAC
1.3.23 Prontificação do SDAC
1.3.24 Integração e testes das unidades (UATD e SDAC) integradas

1.4 FASE 5:
1.4.1 Contratação de Técnico em Mecânica e Engenheiro Eletrônico
1.4.2 Aquisição de Materiais e Componentes
1.4.3 Integração dos Módulos das Partes Seca e Molhada
1.4.4 Testes do SONAP no Tanque Hidroacústico do IPqM
1.4.5 Elaboração das Especificações dos Testes Operativos no Mar
1.4.6 Acondicionamento/Transporte IPqM-Local de Testes
1.4.7 Instalação do SONAP na Área de Realização dos Testes
1.4.8 Realização dos Testes
1.4.9 Análise dos Resultados
1.4.10 Desinstalação do SONAP
1.4.11 Acondicionamento/Transporte Local de Testes-IPqM
1.4.12 Relatório Final
1.4.13 Organização, Revisão e Classificação da Documentação do Projeto
1.4.14 Remessa de Documentação à SecCTM e/ou às OMs delegadas
1.4.15 Aceite e Encerramento do Protótipo

1.5 FASE 6:
1.5.1 Definição de Requisitos do SONAP para o SN-BR
1.5.2 Construção da Parte Molhada (arranjo cilíndrico de hidrofones e seus
apêndices) e da Parte Seca (UATD e Console do SDAC). Nesta fase, serão
realizadas consultas à Diretoria Especializada (DE) – Diretoria de Sistemas

RESERVADO
- 9 de 31 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

de Armas da Marinha (DSAM) para a verificação dos procedimentos,


coordenações e delegação de competências para os eventos de fabricação do
sonar passivo nacional, fiscalização do contrato e instalação a bordo do SN-
BR
1.5.3 Instalação do SONAP
1.5.4 Comissionamento e treinamento
1.5.5 Remessa de Documentação à SecCTM e/ou às OMs delegadas
1.5.6 Aceite e encerramento do projeto

3.1.5 - Descrição das Entregas das FASES 3, 4, 5 e 6

Código Nome do Produto Descrição Responsável Entrega


da EAP ou Serviço
1 Projeto “Sonar
Passivo Nacional -
SONAP”
1.1 Gerenciamento
de Projeto
1.1.1 Reunião de A abertura do projeto Gerente do Ata de Reunião
Abertura do deverá ser feita em local Projeto
Projeto definido pelo Executor
e/ou pelo Solicitante.
Deverão ser convidados os
principais envolvidos no
Projeto. O gerente deverá
sintetizar a sua estratégia
na condução do plano do
projeto. A reunião será
documentada através de
Ata, posteriormente
enviada aos participantes.
1.1.2 Plano do Projeto O plano do projeto deverá Gerente do Plano de Projeto
conter, no mínimo: Projeto Atualizado
Descrição do Escopo,
EAP, Descrição das
Entregas, Cronograma,
Orçamento, Aquisições e
Síntese da Resposta aos
Riscos. O documento
deverá permanecer
disponível aos
coordenadores técnicos.

RESERVADO
- 10 de 31 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

Código Nome do Produto Descrição Responsável Entrega


da EAP ou Serviço
Alterações durante o
período de execução do
projeto deverão resultar
em atualizações do
documento, as quais
poderão ser informadas
aos coordenadores
técnicos por ocasião das
“Reuniões de
Acompanhamento”.
1.1.3 Definição dos Deverá ser nomeado um Gerente do Ata de Nomeação
Coordenadores coordenador técnico, de Projeto
Técnicos preferência servidor ativo
do IPqM, para cada uma
das áreas de execução
técnica do projeto, a saber:
transdutores
hidroacústicos e estruturas
mecânicas, materiais,
eletrônica aplicada a
transdutores/medidas
eletroacústicas e
processamento de sinais
acústicos. Os
coordenadores deverão ter
a nomeação e as
atribuições registradas em
Ata. O documento deverá
ser enviado aos
coordenadores técnicos.
1.1.4 Controle/Reuniões Deverão ser realizadas Gerente do Atas de Reunião
de reuniões mensais com a Projeto
Acompanhamento participação dos
coordenadores técnicos, a
fim de que sejam tomadas
deliberações quanto à
execução do projeto. Tais
reuniões deverão ser
documentadas através de
Ata.
Deverão ser realizadas
visitas técnicas bimestrais
à empresa para
acompanhamento da
confecção das Unidades.
Deverá haver avaliação
formal da documentação

RESERVADO
- 11 de 31 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

Código Nome do Produto Descrição Responsável Entrega


da EAP ou Serviço
técnica entregue pela
empresa.
1.2 FASE 3
1.2.1 Especificação de Especificações Coordenadores Documento de
Requisitos preliminares funcionais e Técnicos das Especificação
Técnicos Básicos constitutivas básicas do Áreas Técnica
do STAVE STAVE
1.2.3 Especificação A partir das especificações Coordenador Documento de
Técnica do de requisitos técnicos, Técnico da Especificação
Conjunto deverá ser definido o Área Técnica
Piezocerâmico a modelo ou a configuração
ser Empregado básica de hidrofone mais
nos Hidrofones do adequada ao STAVE.
STAVE Serão feitos cálculos
preliminares que permitam
pré-estabelecer
composições e dimensões.
1.2.4 Aquisição de Deverão ser gerados Coordenador Documento de
Cerâmicas documentos, nos quais Técnico da Especificação
Piezoelétricas constem as especificações Área Técnica
dos insumos a serem
adquiridos, a identificação
de fornecedores e, sempre
que possível, as cotações
ou a projeção dos custos
envolvidos nas aquisições.
1.2.5 Aquisição de Deverão ser gerados Coordenadores Documentos de
Equipamentos / documentos, nos quais Técnicos das Especificação
Insumos constem as especificações Áreas Técnica
dos
equipamentos/insumos a
serem adquiridos, a
identificação de
fornecedores e, as
cotações dos custos
envolvidos nas aquisições.
1.2.6 Projeto Detalhado Detalhamento, ao nível de Coordenadores Relatório de
do Hidrofone projeto de execução, da Técnicos das Projeto
configuração de Áreas
hidrofones, assim como o
detalhamento da eletrônica
a ser associada aos
elementos.
1.2.7 Projeto Detalhado Detalhamento, ao nível de Coordenadores Relatório de
da Estrutura do projeto de execução, da Técnicos das Projeto
STAVE configuração de antepara Áreas
que foi considerada ótima

RESERVADO
- 12 de 31 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

Código Nome do Produto Descrição Responsável Entrega


da EAP ou Serviço
com base em resultados
analíticos.
1.2.8 Fabricação/Testes Serão produzidos e Coordenadores Documento de
dos Hidrofones testados no IPqM três Técnicos das Resultados de
unidades de protótipo do Áreas Testes e Protótipos
hidrofone projetado e da de Hidrofones
eletrônica associada. Os
protótipos empregarão
piezocerâmicas
importadas.
1.2.9 Fabricação/Testes Será produzida e testada Coordenadores Documento de
da Estrutura do no IPqM uma unidade de Técnicos das Resultados de
STAVE protótipo do STAVE Áreas Testes e Protótipo
projetado. do STAVE
1.2.10 Relatório Final da Será elaborado um Gerente do Relatório Técnico
Fase 3 do Projeto relatório final que trate da Projeto
e Resultados execução, das pendências,
dos resultados e das
perspectivas do projeto.
1.3 FASE 4
1.3.1 Especificação dos Especificações funcionais Coordenadores Documento de
Requisitos e constitutivas do STAVE. Técnicos das Especificação
Técnicos do Especificações gerais da Áreas Técnica
SONAP UATD e da URPAS.
1.3.3 Revisão do Projeto Documento com eventuais Coordenadores Documento de
dos Hidrofones e alterações nos requisitos, Técnicos das Projeto
STAVES concepção, configuração e Áreas
materiais.
1.3.4 Aquisição de Deverão ser gerados Coordenador Documento de
Cerâmicas documentos, nos quais Técnico da Especificação
Piezoelétricas constem as especificações Área Técnica
Importadas (lote dos insumos a serem
piloto) adquiridos, a identificação
de fornecedores e, sempre
que possível, as cotações
ou a projeção dos custos
envolvidos nas aquisições.
1.3.5 Aquisição de Deverão ser gerados Coordenadores Documentos de
Equipamentos / documentos, nos quais Técnicos das Especificação
Insumos constem as especificações Áreas Técnica
dos
equipamentos/insumos a
serem adquiridos, a
identificação de
fornecedores e, sempre
que possível, as cotações
ou a projeção dos custos

RESERVADO
- 13 de 31 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

Código Nome do Produto Descrição Responsável Entrega


da EAP ou Serviço
envolvidos nas aquisições.
1.3.6 Fabricação do Deverão ser fabricados até Coordenadores Lote Piloto de
Lote Piloto de 96 unidades de lote piloto Técnicos das Hidrofones e de
Hidrofones e da do hidrofone projetado Áreas STAVES
estrutura do lote pelo IPqM. O lote piloto
piloto de STAVES deverá empregar
piezocerâmicas
importadas.
Deverá ser fabricado um
lote piloto de até 32
STAVES.
1.3.7 Testes Deverão ser testados até Coordenadores Documento de
Eletroacústicos e 96 unidades de lote piloto Técnicos das Resultados de
Hidroacústicos no do hidrofone projetado Áreas Testes
Lote Piloto de pelo IPqM.
Hidrofones
1.3.8 Montagem dos Deverão ser montados até Coordenadores Lote Piloto de
STAVES 32 STAVES. Técnicos das STAVES
(instalação dos Áreas Montados
hidrofones, placas
hidroacústicas e
cabeamento
elétrico)
1.3.9 Projeto Detalhado Detalhamento, já ao nível Coordenador Documento de
da Gaiola do de projeto de execução, da Técnico da Projeto
Array configuração da gaiola de Área
array.
1.3.10 Fabricação da Deverá ser fabricada uma Coordenador Gaiola do Array
Estrutura gaiola para instalação dos Técnico da
Mecânica da STAVES do SONAP, em Área
Gaiola do Array consonância ao projeto
detalhado.
1.3.11 Montagem dos Deverá ser montado o lote Coordenadores Array Cilíndrico
STAVES na piloto de STAVES na Técnicos das
Gaiola do Array gaiola do Array. Áreas
1.3.12 Planejamento Com a antecedência Gerente de Documento com
Preliminar da compatível com as Projeto Procedimentos
Logística dos estruturas administrativas Operativos para os
Testes no Mar e logísticas da MB, o Testes de Mar
Gerente do Projeto deverá
se reunir com o IEAPM a
fim de estabelecer datas e
prazos e detalhar o
planejamento para as
operações e testes
operativos em mar aberto.
1.3.13 Especificação dos Especificação dos Coordenadores Documento de

RESERVADO
- 14 de 31 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

Código Nome do Produto Descrição Responsável Entrega


da EAP ou Serviço
Requisitos requisitos da UATD, que Técnicos das Especificação
Técnicos da compreende os seguintes Áreas Técnica
Unidade de módulos: Módulo
Aquisição e Amplificador, Módulo de
Transmissão de Filtro e Ajuste, Módulo
Dados (UATD) Conversor
Analógico/Digital,
Módulo de Multiplexação,
Módulo de Controle e
Sincronismo, Módulo de
Transmissão de Dados,
Módulo de Alimentação,
Caixa Estanque,
Conectores e Cabos
1.3.14 Especificação dos Especificação dos Coordenadores Documento de
Requisitos para requisitos do SDAC, que Técnicos das Especificação
adaptação do compreende os seguintes Áreas Técnica
SDAC módulos: Módulo de
Recepção de Dados,
Módulo de Processamento
e Apresentação de Sinais,
Módulo de Alimentação e
Caixa de Conectores
1.3.15 Projeto Básico das Projeto básico das Coordenadores Documento de
Unidades (UATD unidades, de forma que se Técnicos das Projeto
e SDAC) possa contratar empresa Áreas
com capacidade técnica
para confeccionar as
unidades
1.3.16 Projeto detalhado Detalhamento, no nível de IPqM Documento de
da Unidade de projeto de execução, dos Projeto
Aquisição e seguintes módulos:
Transmissão de Amplificador, Filtro e
Dados (UATD) Ajuste, Conversor
Analógico/Digital,
Multiplexação, Controle e
Sincronismo, Transmissão
de Dados, Alimentação,
Caixa Estanque,
Conectores e Cabos
1.3.17 Fabricação da Fabricação e integração IPqM Unidade pronta
unidade (UATD) dos módulos da unidade. para ser testada
1.3.18 Teste da UATD Teste da unidade (testes de IPqM - Caderno de
aceitação na fábrica e testes
testes de aceitação no - Laudo de
IPqM) de acordo com as Aprovação
especificações contidas no

RESERVADO
- 15 de 31 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

Código Nome do Produto Descrição Responsável Entrega


da EAP ou Serviço
Plano de Testes
1.3.19 Prontificação da Entrega da Unidade IPqM - Unidade pronta e
UATD (UATD) e respectiva entregue
documentação - Documentos
técnicos
pertinentes
aprovados
(Manual de
Instalação, Manual
de Operação e
Manual de
Manutenção)
1.3.20 Projeto detalhado Detalhamento, no nível de IPqM Documento de
da adaptação do projeto de execução, dos Projeto
SDAC módulos de Recepção de
Dados, de Processamento
e Apresentação de Sinais,
de Alimentação e Caixa de
Conectores
1.3.21 Adaptação do Fabricação e integração IPqM Unidade pronta
SDAC dos módulos de Recepção para ser testada
de Dados, de
Processamento e
Apresentação de Sinais, de
Alimentação e Caixa de
Conectores
1.3.22 Teste do SDAC Teste da unidade (testes de IPqM - Caderno de
aceitação na fábrica e Testes
testes de aceitação no - Laudo de
IPqM) de acordo com as Aprovação
especificações contidas no
Plano de Testes
1.3.23 Prontificação do Entrega da Unidade IPqM - Unidade pronta e
SDAC (SDAC) e respectiva entregue
documentação - Documentos
técnicos
pertinentes
aprovados
(Manual de
Instalação, Manual
de Operação e
Manual de
Manutenção)
1.3.24 Integração e testes - Integração entre as IPqM Laudo de
das unidades unidades Aprovação
(UATD e SDAC) - Teste da integração entre
integradas as unidades (testes de

RESERVADO
- 16 de 31 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

Código Nome do Produto Descrição Responsável Entrega


da EAP ou Serviço
aceitação na fábrica e
testes de aceitação no
IPqM) de acordo com as
especificações contidas no
Plano de Testes
1.4 FASE 5
1.4.2 Aquisição de Deverão ser gerados Coordenadores Documentos de
Materiais e documentos, nos quais Técnicos das Especificação
Componentes constem as especificações Áreas Técnica
dos materiais e
componentes a serem
adquiridos, a identificação
de fornecedores e, sempre
que possível, as cotações
ou a projeção dos custos
envolvidos nas aquisições.
1.4.3 Integração dos Os módulos das partes Coordenadores SONAP
Módulos das seca e molhada deverão Técnicos das
Partes Seca e ser integrados de acordo Áreas
Molhada com a configuração final
do sistema.
1.4.4 Testes do SONAP Deverão ser realizados Coordenadores Documento de
no Tanque testes eletroacústicos no Técnicos das Testes
Hidroacústico do tanque do IPqM para Áreas
IPqM verificação das
interligações elétricas e
testes qualitativos de
operação do sistema sonar.
1.4.5 Elaboração das Deverá ser elaborado um Coordenadores Documento com
Especificações dos documento com a Técnicos das Procedimentos
Testes Operativos descrição dos testes Áreas, Gerente Operativos para os
no Mar operativos, incluindo, do Projeto. Testes de Mar
além dos procedimentos
de teste e de planilhas para
avaliação funcional do
SONAP no mar, também
os aspectos logísticos para
instalação e desinstalação
dos subconjuntos seco e
molhado na área de testes.
1.4.6 Acondicionamento Os subconjuntos seco e Gerente do SONAP
e Transporte molhado do sistema sonar Projeto e Acondicionado
IPqM-Local de deverão ser embalados e Coordenadores
Testes transportados para o local Técnicos das
de testes. Áreas
1.4.7 Instalação do Instalação do SONAP na Gerente do SONAP Instalado
SONAP na Área Área de realização dos Projeto, e e Pronto para o

RESERVADO
- 17 de 31 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

Código Nome do Produto Descrição Responsável Entrega


da EAP ou Serviço
de Realização dos testes. Lançamento, ao Coordenadores Início da
Testes mar, da gaiola do Array e Técnicos das Realização dos
dos sistemas de flutuação Áreas Testes
e/ou ancoragem
1.4.8 Realização dos Realização dos testes Gerente do Documento de
Testes operativos no mar Projeto, e Testes
seguindo as especificações Coordenadores
previamente elaboradas. Técnicos das
Áreas
1.4.9 Análise dos Os resultados dos testes Coordenadores Relatório de
Resultados deverão ser registrados em Técnicos das Resultados e
relatório específico. Áreas Conclusões dos
Testes
1.4.10 Desinstalação do Desinstalação da parte Gerente do SONAP
SONAP seca do SONAP do navio Projeto,e Desinstalado e
destinado para a Coordenadores Pronto para
realização dos testes. Técnicos das Acondicionamento
Recolhimento, do mar, da Áreas
gaiola de hidrofones.
1.4.11 Acondicionamento Os subconjuntos seco e Gerente do SONAP
e Transporte Local molhado do sistema sonar Projeto, e Acondicionado
de Testes-IPqM deverão ser embalados e Coordenadores
transportados para o IPqM Técnicos das
Áreas
1.4.12 Relatório Final Será elaborado um Relatório Final
relatório final que trate da
execução, das pendências,
dos resultados e das
perspectivas do projeto.
1.4.13 Organização, A documentação técnica Gerente do Lista de
Revisão e do projeto deverá ser Projeto e Documentos
Classificação da organizada, arquivada e Coordenadores
Documentação do classificada quanto à Técnicos das
Projeto confidencialidade. Áreas
1.4.14 Remessa à O Gerente do Projeto Gerente do Remessa de
SecCTM e/ou deverá comunicar por Projeto Documentos
OMs delegadas escrito aos envolvidos o
encerramento do projeto
SONAP, a síntese dos
resultados finais obtidos e
as lições aprendidas.
1.4.15 Aceite e Deverá ser comunicado o Gerente do Mensagem de
Encerramento do encerramento do protótipo Projeto Encerramento do
Protótipo à SecCTM, acompanhado Protótipo
de solicitação de emissão
do termo de aceite.
1.5 FASE 6

RESERVADO
- 18 de 31 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

Código Nome do Produto Descrição Responsável Entrega


da EAP ou Serviço
1.5.1 Definição de Definição das dimensões e Coordenadores Requisitos,
Requisitos do características técnicas Técnicos Manuais Técnicos
SONAP para o finais do sonar a ser
SN-BR instalado no SN-BR
1.5.2 Construção da Construção e integração Gerente do SONAP
Parte Molhada e do arranjo cilíndrico de Projeto e
da Parte Seca hidrofones e seus Coordenadores
apêndices, da UATD e do Técnicos das
Console do SDAC Áreas
1.5.3 Instalação do Instalação a bordo. AMRJ
SONAP
1.5.4 Comissionamento Verificação da IPqM Relatórios
e Treinamento funcionalidade dos ComForS
sistemas e testes
operacionais
1.5.5 Remessa à O Gerente do Projeto Gerente do Remessa de
SecCTM e/ou deverá comunicar por Projeto Documentos
OMs delegadas escrito aos envolvidos o
encerramento da
fabricação do SONAP, a
síntese dos resultados
finais obtidos e as lições
aprendidas.
1.5.6 Aceite e Deverá ser comunicado o Gerente do Mensagem de
Encerramento do encerramento da Projeto Encerramento da
projeto fabricação e instalação do Fabricação e
SONAP à SecCTM, Instalação
acompanhado de
solicitação de emissão do
termo de aceite.

RESERVADO
- 19 de 31 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

3.2 - Diagrama de Gantt

Figura 1 – Diagrama de Gantt – Fase 3


RESERVADO
- 20 de 34 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

Figura 2 – Diagrama de Gantt – Fase 4

RESERVADO
- 21 de 34 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

Figura 3 – Diagrama de Gantt – Fase 5

RESERVADO
- 22 de 34 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

Figura 4 - Diagrama de Gantt – Fase 6

RESERVADO
- 23 de 34 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

3.3 - Orçamento

Dados para elaboração de orçamento:

FASE 3
Mão de obra da equipe, a priori, diretamente envolvida na “Parte Molhada”, a saber, Eng.
Fernando L. de Magalhães, Eng. Orlando de Jesus Ribeiro Afonso, Técnico Sênior Jacqueline
Karraz e o Técnico Artífice em mecânica Márcio Pereira Baptista, prevista para a execução
integral da FASE 3 do Projeto é de 8200 HH, igualmente dividida entre os componentes da
equipe

Total Fase 3: 8200 HH

FASE 4
Mão de obra da equipe, a priori, diretamente envolvida na “Parte Molhada”, a saber, Eng.
Fernando L. de Magalhães, Eng. Orlando de Jesus Ribeiro Afonso, Técnico Sênior Jacqueline
Karraz e o Técnico Artífice em Mecânica Márcio Pereira Baptista, prevista para a execução
integral da FASE 4 do Projeto é de 20500 HH, igualmente dividida entre os componentes da
equipe.

Mão de obra da equipe, a priori, diretamente envolvida na “Parte Seca”, a saber, 1T (EN)
Gustavo Augusto Mascarenhas Goltz, 1T (EN) Fabrício de Abreu Bozzi, Eng. Jorge Peres
Galante, D. Sc. Cleide Vital da Silva Rodrigues e Eng. Marcos Damas Paula, prevista para a
execução integral da FASE 4 do Projeto é de 32000 HH, igualmente dividida entre os
componentes da equipe.

Total Fase 4: 52500 HH

FASE 5
Mão de obra da equipe, a priori, diretamente envolvida na “Parte Molhada”, a saber, Eng.
Fernando L. de Magalhães, Eng. Orlando de Jesus Ribeiro Afonso, técnico sênior Jacqueline
Karraz e o técnico artífice em mecânica Márcio Pereira Baptista, prevista para a execução

RESERVADO
- 24 de 34 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

integral da FASE 5 do Projeto é de 14300 HH, igualmente dividida entre os componentes da


equipe.

Mão de obra da equipe, a priori, diretamente envolvida na “Parte Seca”, a saber, 1T (EN)
Gustavo Augusto Mascarenhas Goltz, 1T (EN) Fabrício de Abreu Bozzi, Eng. Jorge Peres
Galante, D. Sc. Cleide Vital da Silva Rodrigues e Eng. Marcos Damas Paula, prevista para a
execução integral da FASE 5 do Projeto é de 9500 HH, igualmente dividida entre os
componentes da equipe.

Total Fase 5: 23.800 HH

FASE 6
Mão de obra da equipe, a priori, diretamente envolvida na “contratação e fiscalização da
fabricação do SONAP militarizado”, a saber, Eng. Fernando L. de Magalhães, Eng. Orlando de
Jesus Ribeiro Afonso, 1T (EN) Gustavo Augusto Mascarenhas Goltz, 1T (EN) Fabrício de Abreu
Bozzi, Eng. Jorge Peres Galante, D. Sc. Cleide Vital da Silva Rodrigues e Eng. Marcos Damas
Paula, prevista para a execução integral da FASE 6 do Projeto é de 46.080 HH, igualmente
dividida entre os componentes da equipe.

Total Fase 6: 46.080 HH

As fases do Projeto SONAP terão as seguintes durações:


- Fase 3: 12 meses;
- Fase 4: 36 meses;
- Fase 5: 24 meses;
- Fase 6: 48 meses.

RESERVADO
- 25 de 34 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

3.4 - Risco

REGISTRO DE RISCOS
Exposição ao
ID Risco Risco Resposta ao Risco Responsável
(ameaça/oportunidade) A=Alta
M=Média
B=Baixa
1 Embargo ao M -Utilizar fornecedor Gerente do
fornecimento de da Índia Projeto e
piezocerâmicas pelos -Desenvolver/fabricar Coordenador
principais fornecedores cerâmicas no Brasil Técnico da
(EUA, Europa) Área
2 Atraso no fornecimento M -Adquirir hidrofones Gerente do
das peças comerciais Projeto e
piezocerâmicas Coordenadores
Técnicos das
Áreas
3 Atraso importante no M -Qualificar mais de Gerente do
fornecimento das resinas um fornecedor Projeto e
poliméricas, serviços, Coordenadores
materiais e componentes Técnicos das
Áreas
4 Perda de profissionais A -Recontratação dos Gerente do
profissionais como Projeto
consultores técnicos
ou contratação de
pessoal externo
-Emprego temporário
de pessoal do
Departamento de
Pesquisas do IPqM
alocado em outros
Grupos
-Utilizar convênio
IPqM-COPPE/UFRJ
5 Problemas na M -Planejar os testes no Gerente do
disponibilização dos mar com a Projeto
meios navais ASD para antecedência e nível
testes operativos de detalhes exigidos
pelas OMs envolvidas
-Planejar
contingenciamento de
prazo para testes
-Buscar outros
parceiros no setor
operativo da MB
(GNHO)

RESERVADO
- 26 de 34 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

REGISTRO DE RISCOS
Exposição ao
ID Risco Risco Resposta ao Risco Responsável
(ameaça/oportunidade) A=Alta
M=Média
B=Baixa
6 Ocorrência de B -Planejar Gerente do
intempéries que atrasem contingenciamento de Projeto
a realização dos testes prazo para testes
operativos no mar -Planejar período de
testes com base no
histórico
climatológico da
região

7 Falhas nos B -Manter Gerente do


equipamentos de teste equipamentos de Projeto e
reserva quando Coordenadores
possível Técnicos das
-Prospectar no IPqM Áreas
setores que
empregam
equipamentos
similares
- Utilizar convênio
IPqM-COPPE/UFRJ
8 Atraso na transferência A -Hierarquizar Gerente do
de recursos financeiros aquisições segundo o Projeto e
nível de importância Coordenadores
para execução das Técnicos das
atividades chaves Áreas
9 Interrupção no A -Emprego temporário Gerente do
pagamento do pessoal de pessoal do Projeto
externo contratado para Departamento de
o Projeto em Pesquisas do IPqM
decorrência da natureza alocado em outros
plurianual do mesmo Grupos
-Utilizar convênio
IPqM-COPPE/UFRJ
10 Indisponibilidade de B - Buscar dentro do Coordenador
recursos humanos extra- IPqM, nos demais técnico da área
MB. Grupos de Pesquisa, de
a mão de obra com o processamento
perfil necessário de sinais
11 Indisponibilidade de A - Buscar empresas Gerente do
empresas nacionais estrangeiras Projeto
qualificadas para a qualificadas para a
fabricação do SONAP fabricação do
militarizado. SONAP militarizado.

RESERVADO
- 27 de 34 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

3.5 - Aquisições

MAPA DAS AQUISIÇÕES


Item Descrição Qtd Ref. Lista de Orçamento Prazo
EAP Fornecedores (R$) (Meses)

FASE 3
EDO,
Cerâmicas piezelétricas de
1 ___ 1.2.4 Morgan, 14.300,00 7
PZT para os hidrofones
Sparkler
Cabos submarinos,
componentes eletrônicos,
2 ___ 1.2.5 IMPULSE, 7.800,00 11
conectores elétricos,
resinas, etc
ITC, EDO,
3 Hidrofones de teste ___ 1.2.5 B&K, 15.600,00 11
NEPTUNE
Renovação de licença de PACSYS
4 ___ 1.2.6 13.461,60 4
software LIMITED
Equipamento eletrônico de TEKTRONIX
5 ___ 1.2.5 21.580,00 11
teste em laboratório , AGILENT
Serviços para a fabricação
e montagem de um
1.2.8 e
6 Sistema de ___ ___________ 75.000,00 5
1.2.9
posicionamento de
transdutores com 4 eixos
Matéria prima para o
Sistema de 1.2.8 e
7 ___ ___________ 22.500,00 5
posicionamento de 1.2.9
transdutores com 4 eixos
Insumos diversos
(Resinas, luvas, máscara
de gases, óculos de
proteção, solventes,
8 parafusos, brocas, ___ 1.2.5 ___________ 22.000,00 11
ferramentas e demais itens
para a montagem e fixação
dos conjuntos mecânicos e
elétricos, livros técnicos)
Licença de software para 1.2.6 e
9 ___ Autodesk 31.000,00 4
desenho técnico 1.2.7
Matéria prima para a
fabricação da estrutura do
1.2.5 e
10 STAVE protótipo, moldes ___ ___________ 16.041,33 11
1.2.9
de encapsulamento e
conjuntos mecânicos e

RESERVADO
- 28 de 34 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

elétricos associados
Serviços de caracterização
1.2.6 e
11 e identificação de ___ ___________ 5.000,00 5
1.2.7
materiais
Serviços de fabricação das
estruturas mecânicas do
12 STAVE protótipo e ___ 1.2.9 ___________ 37.400,00 4
conjuntos mecânicos
associados
Passagens aéreas Rio-SP- 1.2.8 e
13 ___ ___________ 2.000,00 5
Rio 1.2.9
1.2.8 e
14 Diárias e ajuda de custo ___ ___________ 900,00 5
1.2.9
Contratação de técnico
mecânico, por um período
de 12 meses, com
qualificação em montagem
e fabricação de sistemas e
equipamentos mecânicos
de média e alta precisão,
1.2.6,
metrologia eletromecânica,
1.2.7,
15 elaboração de desenhos de 1 ___________ 75.000,00 12
1.2.8 e
engenharia assistidos por
1.2.9
CADs (autocad,
solidworks,...) e
experiência comprovada,
de pelo menos três anos,
em serviços de apoio a
projetos de equipamentos
dinâmicos
Insumos de escritório
1.1 e
16 (cartuchos de impressora, ___ ___________ 2.000,00 11
1.2
papel, etc)
Livros Técnicos
1.2.1,
(atualização, pesquisas e
17 ___ 1.2.6 e ___________ 3.380,00 5
estudo de assuntos
1.2.7
pertinentes ao projeto)
1.2.4,
Despesas Importação 1.2.5,
18 ___ ___________ 9.399,00 11
(15%) 1.2.8 e
1.2.9
Material Permanente de
19 Infraestrutura para 32.005,00 11
Laboratório
Taxa Operacional do 1.1 e
20 1 IPqM 71.081,40 1
IPqM 1.2
Total FASE 3 477.448,33
MAPA DAS AQUISIÇÕES
Item Descrição Qtd Ref. Lista de Orçamento Prazo
RESERVADO
- 29 de 34 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

EAP Fornecedores (R$) (Meses)


FASE 4
Cerâmicas piezoelétricas
1 ___ 1.3.2 ______ 50.000,00 8
de PZT para os hidrofones
Componentes e insumos -
Conectores submarinos,
Penetradores submarinos,
2 Resinas para ___ 1.3.3 ______ 175.000,00 19
encapsulamento, Primers,
componentes eletrônicos e
eletromecânicos, etc
Transdutores de teste para
sistema de calibração
3 acústica em Pistonfone ___ 1.3.3 ___________ 128.000,00 19
Hidroacústico e em
Tanque Hidroacústico
Matéria prima,
componentes eletrônicos e
4 eletromecânicos para ___ 1.3.3 ___________ 35.000,00 19
fabricação dos hidrofones
e STAVES
Matéria prima e
componentes para
fabricação da estrutura
5 mecânica da gaiola de ___ 1.3.3 ___________ 90.000,00 19
fixação dos hidrofones,
STAVES e do conjunto de
sustentação e ancoragem
Cabos elétricos ___________
6 ___ 1.3.3 30.000,00 19
submarinos
Insumos para geração da
documentação técnica
1.3.1 a
7 (tinta para impressora, ___ ___________ 25.000,00 21
1.3.10
papel, pastas, mídias de
gravação, fotocópias, etc)
Passagens aéreas dentro do
território nacional
(acompanhamento e
recebimento por ocasião 1.3.4 e
8 ___ ___________ 32.000,00 21
da fabricação dos 1.3.8
Hidrofones, STAVES,
Estruturas mecânicas,
Moldes, etc.)
Contratação de técnico
mecânico pelo período de 1.3.1,
9 21 meses (salário mensal 1 1.3.4 a ___________ 156.000,00 21
de R$3.000,00) incluindo 1.3.9
os encargos financeiros
10 Contratação de engenheiro 1 1.3.1, ___________ 390.000,00 21

RESERVADO
- 30 de 34 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

eletrônico Júnior (salário 1.3.4 a


de R$7.500,00) pelo 1.3.9
período de 21 meses
incluindo os encargos
financeiros
Serviços de fabricação e
montagem da estrutura
mecânica da gaiola de 1.3.7 e
11 ___ ___________ 200.000,00 6
fixação dos hidrofones e 1.3.8
do conjunto de sustentação
e ancoragem
Serviços de fabricação e
montagem dos hidrofones
12 e STAVES, incluindo ___ 1.3.4 ___________ 220.000,00 9
moldes e ferramentas
necessárias
Curso para utilização de
1.3.1,
software de projeto e
13 ___ 1.3.4, ___________ 5.400,00 6
modelagem 3D/elementos
1.3.7
finitos
Serviços de instalação de
14 ___ 1.3 ___________ 2.250,00 3
ar condicionados
Curso para utilização de
15 ___ 1.3.5 ___________ 6.000,00 6
software Labview
1.3.1,
16 Software MATLAB ___ 1.3.5 e ___________ 45.000,00 3
1.3.7
Software para automação e
controle de experimentos
17 ___ 1.3.5 ___________ 20.000,00 3
LABVIEW c/ módulo
"Motion Control"
1.3.1,
Renovação de suporte
18 ___ 1.3.5 e ___________ 35.000,00 6
anual do software PAFEC
1.3.7
Diárias para viagens e 1.3.3,
19 realização de cursos dentro ___ 1.3.4, e 20.000,00 21
___________
do território nacional 1.3.8
Livros Técnicos
(atualização, pesquisas e 1.3.1 a
20 ___ ___________ 27.000,00 19
estudo de assuntos 1.3.10
pertinentes ao projeto)
Ar Condicionado para 1.3.1 a
21 ___ ___________ 9.000,00 3
salas de pesquisadores 1.3.10
Ar Condicionado para 1.3.1 a
22 ___ ___________ 6000,00 3
laboratórios 1.3.10
Estações de trabalho
microprocessadas para 1.3.1 a
23 ___ ___________ 16.000,00 9
desenvolvimento e geração 1.3.10
de documentação técnica
RESERVADO
- 31 de 34 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

Workstations para
instalação e utilização de
1.3.1 a
24 programas matemáticos, ___ ___________ 32.000,00 3
1.3.10
controle de instrumentos e
CAD mecânico
Equipamentos para 1.3.5,
25 calibração em Tanque ___ 1.3.6 e ___________ 41.500,00 6
Hidroacústico 1.3.9
Serviço de Manutenção
Técnica no sistema de
1.3.5,
levantamento de cargas
26 ___ 1.3.6 e ___________ 25.000,00 6
(com substituição de
1.3.9
peças) do Tanque de
Testes Hidroacústicos
Serviços de Manutenção
Técnica Industrial e Civil 1.3.1 a
27 ___ ___________ 80.000,00 9
no Prédio do Tanque de 1.3.10
Testes Hidroacústicos
Despesas Importação 1.3.2 e
28 ___ ___________ 82.900,00 19
(15%) 1.3.3
Serviços de Apoio
29 Administrativo e 1 1.3 ___________ 246.425,36 21
Operacional
Aquisição de
microcomputadores,
30 softwares, impressora e ___ 1.3.3 ___________ 55.000,00 2
insumos de papelaria e
informática
Contratação de Eng.
31 Eletrônico salário bruto de 1 1.3.11 ___________ 538.244,17 33
R$10.000,00 por 29 meses
Aquisição de insumos para
32 ___ 1.3.3 ___________ 165.000,00 2
a adaptação do SDAC
1.3.15
1.3.18
1.3.19
33 Passagens aéreas ____ ___________ 9.000,00 28
1.3.22
1.3.23
1.3.25
1.3.15
1.3.18
1.3.19
34 Diárias e ajuda de custo ____ ___________ 4.500,00 28
1.3.22
1.3.23
1.3.25
Console com 2 Telas para
35 1 1.3 ___________ 300.000,00 8
Protótipo do SDAC
Desenvolvimento e
36 3 1.3 600.000,00 8
fabricação de unidades

RESERVADO
- 32 de 34 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

UATD
37 Adaptação do SDAC 3 1.3 500.000,00 8
Contratação de
38 Engenheiros para 1 1.3 ___________ 538.244,17 36
Integração UATD/SDAC
Passagens Aéreas
39 Internacionais para 1 1.3 ___________ 36.000,00 3
Conclaves
Diárias Internacionais para
40 1 1.3 ___________ 76.000,00 3
Conclaves
Taxa Operacional do
41 1 1.3 IPqM 1.213.115,93 1
IPqM
6.265.579,63
TOTAL FASE 4
MAPA DAS AQUISIÇÕES
Ref. Lista de Orçamento Prazo
Item Descrição Qtd
EAP Fornecedores (R$) (Meses)
FASE 5
Diárias de Embarcação de
1 1 1 ___________ 400.000,00 1
Apoio
___________
2 Transporte 1 1.4.5 4.000,00 1
___________
3 Diárias da Equipe Técnica 1 1.4.5 12.000,00 1
___________
4 Material de Marinharia 1 1.4.3 20.000,00 2
___________
5 Sobressalentes 1 1.4.3 20.000,00 2
Serviços de Apoio
6 Administrativo e 1 1.4 FUNDAÇÃO 45.600,00 30
Operacional
Taxa Operacional do IPqM
7 1 1.4 125.400,00 1
IPqM
___________
TOTAL FASE 5 627.000,00
MAPA DAS AQUISIÇÕES
Ref. Lista de Orçamento Prazo
Item Descrição Qtd
EAP Fornecedores (R$) (Meses)
FASE 6
Contratação de Empresa
para Fabricação e
Instalação do SONAP
Militarizado (O custos
apresentados para a Fase 6
1 1 1.5 ___________ 6.000.000,00 48
são uma referência para
planejamento futuro, e
serão reapresentados
oportunamente baseados
na cotação de empresas

RESERVADO
- 33 de 34 -
RESERVADO INSPEQ-ESP-SNAC-I-46200-003

especializadas na
fabricação de sistemas
sonar.)
VALOR TOTAL DO PROJETO E FABRICAÇÃO DO SONAP 13.370.027,96
MILITARIZADO

4 - CONTROLE INTEGRADO DE MUDANÇAS

Com o objetivo de estabelecer um sistema de controle de mudanças que permita


identificar as alterações e os impactos ocasionados, principalmente, no escopo, no cronograma e
no orçamento do projeto, os seguintes procedimentos devem ser seguidos pela equipe de projeto:
- Qualquer mudança deverá ser solicitada por e-mail ao Gerente do Projeto;
- O Gerente do Projeto, após análise de impacto, encaminhará a solicitação para
aprovação ou não pelo Patrocinador

5 - ACOMPANHAMENTO DO PROJETO

O acompanhamento do projeto será realizado através de relatórios enviados ao


Patrocinador.

LEONARDO MARTINS BARREIRA


Capitão-de-Fragata
Enc. do Grupo de Sistemas Acústicos Submarinos
ASSINADO DIGITALMENTE

RESERVADO
- 34 de 34 -