Você está na página 1de 9

Senhor, que sois a plenitude da verdade e d

PRIMEIRA LEITURA (GN 1,26 – 2,3)


Leitura do Livro do Gênesis.
26Deus disse: “Façamos o homem à nossa imagem e segundo a nossa semelhança, para que domine sobre
os peixes do mar, sobre as aves do céu, e sobre todos os répteis que rastejam sobre a terra”. 27E Deus criou
o homem à sua imagem, à imagem de Deus ele o criou: homem e mulher os criou. 28E Deus os abençoou e
lhes disse: “Sede fecundos e multiplicai-vos, enchei a terra e submetei-a! Dominai sobre os peixes do mar,
sobre os pássaros do céu e sobre todos os animais que se movem sobre a terra”. 29E Deus disse: “Eis que
vos entrego todas as plantas que dão semente sobre a terra, e todas as árvores que produzem fruto com sua
semente, para vos servirem de alimento. 30E a todos os animais da terra, e a todas as aves do céu, e a tudo
o que rasteja sobre a terra e que é animado de vida, eu dou todos os vegetais para alimento”. E assim se fez.
31E Deus viu tudo quanto havia feito, e eis que tudo era muito bom. Houve uma tarde e uma manhã: sexto
dia. 2,1E assim foram concluídos o céu e a terra com todo o seu exército. 2No sétimo dia, Deus considerou
acabada toda a obra que tinha feito; e no sétimo dia descansou de toda a obra que fizera. 3Deus abençoou
o sétimo dia e o santificou, porque nesse dia descansou de toda a obra da criação.

Ou (escolhe-se uma das leituras)

Primeira Leitura (Cl 3,14-15.17.23-24)


Leitura da Carta de São Paulo aos Colossenses.
14Irmãos, acima de tudo, amai-vos uns aos outros, pois o amor é o vínculo da perfeição. 15Que a paz de
Cristo reine em vossos corações, à qual fostes chamados como membros de um só corpo. E sede agradecidos.
17Tudo o que fizerdes, em palavras ou obras, seja feito em nome do Senhor Jesus Cristo. Por meio dele dai
graças a Deus, o Pai. 23Tudo o que fizerdes, fazei-o de coração, como para o Senhor e não para os homens.
24Pois vós bem sabeis que recebereis do Senhor a herança como recompensa. Servi a Cristo, o Senhor.

RESPONSÓRIO (SL 89)


— Ó Senhor, fazei dar frutos o labor de nossas mãos!
— Já bem antes que as montanhas fossem feitas ou a terra e o mundo se formassem, desde sempre e para
sempre vós sois Deus.
— Vós fazeis voltar ao pó todo mortal, quando dizeis: “Voltai ao pó, filhos de Adão!” Pois mil anos para vós
são como ontem, qual vigília de uma noite que passou.
— Ensinai-nos a contar os nossos dias, e dai ao nosso coração sabedoria! Senhor, voltai-vos! Até quando
tardareis? Tende piedade e compaixão de vossos servos!
— Saciai-nos de manhã com vosso amor, e exultaremos de alegria todo dia! Manifestai a vossa obra a
vossos servos, e a seus filhos revelai a vossa glória!

EVANGELHO (MT 13,54-58)


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, 54dirigindo-se para a sua terra, Jesus ensinava na sinagoga, de modo que ficavam
admirados. E diziam: “De onde lhe vem essa sabedoria e esses milagres? 55Não é ele o filho do carpinteiro?
Sua mãe não se chama Maria, e seus irmãos não são Tiago, José, Simão e Judas? 56E suas irmãs não moram
conosco? Então, de onde lhe vem tudo isso?” 57E ficaram escandalizados por causa dele. Jesus, porém,
disse: “Um profeta só não é estimado em sua própria pátria e em sua família!” 58E Jesus não fez ali muitos
milagres, porque eles não tinham fé.
— Palavra da Salvação.
Sou bom pastor (Oferenda)
CD Liturgia X – Faixa 10
Letra: D. Carlos Alberto Navarro
Música: Waldeci Farias
www.coralsjbatista.com.br

F D- G- C7 F
Sou bom pastor, ovelhas guardarei/
Bb F G7 C
Não tenho outro ofício nem terei/
A7 D- C7 F
Quantas vidas eu tiver eu lhes darei.

F D- C Bb A7
1- Maus pastores num dia de sombra/ Não cuidaram e o rebanho se perdeu/
Bb C F D- C7 F
Vou sair pelos campos, reunir o que é meu/ Conduzir e salvar.

F D- C Bb A7
2- Verdes prados e belas montanhas/ Hão de ver o pastor rebanho atrás/
Bb C F D- C7 F
Junto a mim as ovelhas terão muita paz/ Poderão descansar.
1
10- Minha missão é seguir o Bom Pastor
L e M: Silvio Lino
Solo: Marcos da Matta

### 6 A « « « « « « « «
« « «
& 8 _«««ˆ . _«««ˆ _ˆ«««« _ˆ««« ««ˆ« . ««ˆ« _««««ˆ ˆ««« «ˆ« . «ˆ« «««ˆ ˆ«« «ˆ« . «ˆ« ˆ«« ˆ« «ˆ« . «ˆ« «««ˆ _ˆ««« _«««ˆ . _«««ˆ _ˆ««« =
__ˆ««««
D A D A B 7

========================
1. Meu co - ra - ção es - tá pron - to meu Deus es - tá pron - ta tam - bém mi -nha

### E « « «_««ˆ . _«««ˆ _««« _ˆ««« ««ˆ« . ««ˆ« _ˆ«««« ˆ««« «ˆ« . ««ˆ« ««««ˆ =
« ««
A D A

«_« _«« «ˆ« . «ˆ« .


========================
& «ˆ
«ˆ . «ˆ . ˆ«
al - ma Que - ro lou - var - vos Se - nhor entre
- os

### «D « « « «« «A « « Œ. Œ. =
ˆ« «ˆ« ««ˆ ˆ« «ˆ« . «ˆ« ˆ«« _ˆ««« _«««ˆ . _«««ˆ _ˆ««« _««« _««« . _««« .
«ˆ« «j
E A

========================
& _ˆ« _«ˆ _«ˆ
po - vos e pro - cla - mar às na - ções seu a - mor

### «D « « « «E « « « C«#m ««ˆ« «« « F««#m «« «« « Bm « «


«ˆ« . «ˆ« nˆ«« #ˆ«« «ˆ« . «ˆ« ˆ«« ˆ«« «ˆ« . «ˆ ˆ«« ˆ« . ˆ« «« ««« «« «« «= «
========================
& _ˆ«« _ˆ« ˆ« . _««ˆ ˆ« ˆ«
Mi - nha mis - são é se - guir o Bom Pas - tor Com a voz e com a

### «E « « « « « « «« «« «
« « « « « « « « « « « « «
ˆ
« . ˆ««
ˆ« «ˆ =
A E A D E

ˆ« . «ˆ« _ˆ«« _ˆ«« _««ˆ . «ˆ« .


========================
& #ˆ«« . ˆ« . ˆ« . ˆ« nˆ« #ˆ«
vi - da ser si - nal de a - mo - or Mi - nha mis - são é se -

### C«#m «« «« « F««#m «« «« « Bm « « «


« « «
« œ
» . . «
« ««
«ˆ« . «
ˆ «
ˆ «
ˆ« ˆ
« . «
ˆ « « « « « « ˆ
« « ˆ
«
ˆ« »» œ
»
»» ˆ
« . ˆ« . =”
_«««ˆ _ˆ««« «ˆ« . _«««ˆ ˆ«« ˆ« «ˆ«
E A

========================
&
guir o BomPas - tor Com a voz e com a vi - da ser si - nal de a - mor.

1.Meu coração está pronto meu Deus


Está pronta também minha alma
Quero louvar-vos Senhor
Entre os povos e proclamar às nações seu amor

Ref.: Minha missão é seguir o Bom Pastor


Com a voz e com a vida ser sinal de amor (bis)

2. Proclamarei que o amor do Senhor


É mais alto que as nuvens do céu
Anunciarei aos irmãos
Que a vossa palavra é mais doce que o mel

3. Minha alegria é tão grande em servir


O Senhor minha vida entregar
Por isso eu quero cantar ao Senhor
Um canto novo e a aurora acordar
Regina cæli

Regina coeli

j j j j j
& b œ œ œj œ œ œ
J œ œj œ œ œj œ
J
|
| | |

Re - gi - na coe - li lae - ta - re, a - le - lu - ia:


j j j
j -
& b œ Jœ œ œ œ œ œ œj œj œ- œJ œ œj œ
| |

J J J
|

J |
|
|

Qui - a quem me - ru - is - ti por - ta - re, a - le - lu - ia:

&b ‰ œ œ œ œ- œ j œj j œj œj œ œ
J œ œ-
|

J J J J
|

|
J |
|
|

Res - sur - re - xit si - cut di - xit, a - le - lu - ia:


j j j
& b œJ œ œ œJ œ œj œ œ
j œj œ œ
| |

O - ra pro no - bis De - um, a - le - lu - ia.

© www.canticos.org | Cancioneiro online de música litúrgica