Você está na página 1de 6

BIOFÍSICA

Conteúdo Programático desta aula

BIOFÍSICA  Óptica da Visão;

Aula 2- Biofísica do Sistema Visual


Estudo da refração e
reflexão da luz

Prof. Carlos Sandro Carpenter


Biofísica do Sistema Visual – AULA2

BIOFÍSICA BIOFÍSICA

Conteúdo Programático desta aula Conteúdo Programático desta aula

 Visão;  Olho humano;

É um sistema altamente É a estrutura desenvolvida com

sofisticado e de grande a função de receber as imagens

complexidade que integrado com a melhor qualidade

permite a percepção de possível e transformá-las em

imagens. impulsos elétricos que são


enviados ao cérebro

Biofísica do Sistema Visual – AULA2 Biofísica do Sistema Visual – AULA2

BIOFÍSICA BIOFÍSICA

Conteúdo Programático desta aula


Óptica da Visão

 Alterações na Visão;
1. Princípios Físicos:

• Miopia 1.1 – Refração;

• Hipermetropia 1.2 – lentes convexas;


• Astigmatismo 1.3 - Formação de Imagem;
• Presbiopia
• Catarata
• Glaucoma

Biofísica do Sistema Visual – AULA2 Biofísica do Sistema Visual – AULA2

1
BIOFÍSICA BIOFÍSICA

Óptica da Visão
A refração ocorre quando um feixe luminoso incide sobre um meio material
transparente e sofre um desvio. Considerando-se um meio transparente, como o vidro,
a luz ao incidir sobre o vidro sofre uma diminuição da sua velocidade de propagação,
quando comparada com a velocidade de propagação do feixe luminoso no ar.

A lente convexa focaliza os feixes luminosos de uma fonte distante, do lado


esquerdo da figura, focalizando-o para uma ponto, no outro lado da lente. Esse
ponto é chamado de foco, e a distância da lente até o foco de distância focal.

Biofísica do Sistema Visual – AULA2 Biofísica do Sistema Visual – AULA2

BIOFÍSICA BIOFÍSICA

Óptica do Olho Formação de Imagem no Olho


Podemos fazer uma analogia de uma câmara fotográfica com o olho. Em ambos
Cristalino: Parte do frontal do olho que funciona como uma temos um sistema de lentes, que foca a imagem de um objeto sobre uma região
específica, no caso dos olhos, a retina, na câmara, o filme. Como na câmara, a
lente convergente, do tipo biconvexa
imagem no olho forma-se invertida, o cérebro corrige e interpreta a informação
Pupila: comporta-se como um obturador, controlando a como se a imagem estivesse na posição original.
quantidade de luz que penetra no olho.
Retina: é a parte sensível à luz, onde são projetadas as
imagens formadas pelo cristalino, e enviadas ao cérebro.
Músculos ciliares: distendem convenientemente o cristalino,
alterando a distância focal.
Córnea: é a parte anterior transparente e protetora do olho
dos vertebrados. Fica localizada na região polar anterior do
globo ocular. A córnea e o cristalino têm a função de focar a
luz através da pupila para a retina, como se fosse uma lente
fixa.
Biofísica do Sistema Visual – AULA2 Biofísica do Sistema Visual – AULA2

BIOFÍSICA BIOFÍSICA

Formação de Imagem no Olho Formação de Imagem no Olho


A luz atravessa a córnea, segue através do cristalino (lente convergente),
onde sofre refração e atinge a retina, que é rica em células fotorreceptoras A retina contém 3 camadas de neurônios: 1 camada de células
(cones e bastonetes) local onde ocorrem as conversões químicas que
fotorreceptoras (cones e bastonetes), 1 camada de células bipolares e 1
sensibilizam a retina efetivando a fototransdução.
camada de células ganglionares.
A retina funciona como um conjunto de células fotoelétricas, que recebem a Os cones são as células especializadas na identificação das cores.
energia luminosa e a transformam na energia elétrica (potenciais de ação) A camada fotorreceptora é que produz os potenciais geradores de sinal.
Após passar essa camada, a informação é conduzida às células bipolares
e depois às células ganglionares.
O axônios das células ganglionares unem-se para formar o nervo óptico.
O nervo óptico transmite os impulsos visuais ao córtex cerebral do lobo
occipital do cérebro, que interpretará a sensação visual.

Biofísica do Sistema Visual – AULA2 Biofísica do Sistema Visual – AULA2

2
BIOFÍSICA BIOFÍSICA

Fototransdução Centro da Visão no Cérebro

Devido ao cruzamento no
quiasma óptico, o lado direito
do córtex interpreta as
sensações visuais do lado
esquerdo de um objeto e o lado
esquerdo interpreta as
sensações do lado direito do
objeto.

Biofísica do Sistema Visual – AULA2 Biofísica do Sistema Visual – AULA2

BIOFÍSICA BIOFÍSICA

Formação da imagem Formação da imagem


A formação da imagem na retina requer 4 processos básicos: Quanto maior a curva da lente, mais os raios desviam, uns em direção aos outros.
1) Refração dos raios de luz; Para ajustar o foco de visão de um objeto próximo ou distante, o cristalino pode
2) Acomodação (aumento da curvatura) da lente (cristalino); alterar o ponto de foco, variando a sua curvatura. Essa variação da curvatura da
3) Constrição da pupila lente do olho é chamada de acomodação.
4) Convergência dos olhos

Biofísica do Sistema Visual – AULA2 Biofísica do Sistema Visual – AULA2

BIOFÍSICA BIOFÍSICA

Miopia
Alterações na Visão; Neste caso, a imagem recai antes da retina. Em consequência, o olho
míope tem dificuldade em ver objetos a grande distância.

• Miopia Pode-se corrigir miopia com uma lente divergente ou cirurgicamente, com
a utilização de raio laser para adequar a curvatura da córnea.
• Hipermetropia Miopia

• Astigmatismo
• Presbiopia
• Catarata
• Glaucoma

Biofísica do Sistema Visual – AULA2 Biofísica do Sistema Visual – AULA2

3
BIOFÍSICA BIOFÍSICA

Miopia
Hipermetropia
É uma patologia em que o eixo ocular é mais curto que o normal. Em
consequência, o olho hipermétrope tem dificuldade em ver objetos
próximos.
Um objeto colocado a pequena distância tem sua imagem formada
depois da retina. Pode-se corrigir a hipermetropia com uma lente
convergente.

Biofísica do Sistema Visual – AULA2 Biofísica do Sistema Visual – AULA2

BIOFÍSICA BIOFÍSICA

Hipermetropia Astigmatismo
O astigmatismo ocorre devido as imperfeições de curvatura da córnea, ou,
mais raramente, do cristalino.
A correção é feita com lentes cilíndricas, que apresentam convergência
maior numa direção que em outra.

Biofísica do Sistema Visual – AULA2 Biofísica do Sistema Visual – AULA2

BIOFÍSICA BIOFÍSICA

Presbiopia
Astigmatismo Presbiopia ou “vista cansada” ocorre devido à perda de flexibilidade dos
músculos ciliares ou ao aumento da rigidez do cristalino, o que reduz o
poder de acomodação.
A correção desta patologia é feita usando lentes bifocais.

Biofísica do Sistema Visual – AULA2 Biofísica do Sistema Visual – AULA2

4
BIOFÍSICA BIOFÍSICA

Presbiopia – “vista cansada” Catarata

A catarata ocular é uma doença em que o cristalino, a


lente natural dos olhos, perde sua transparência e começa
a ficar opaco. Ela pode causar perda parcial ou total da
visão (cegueira), além de deixar a visão turva ou
embaçada, diminuir a visão noturna e causar fotofobia
(hipersensibilidade à luz).

Essa condição se desenvolve lentamente, muitas vezes


passando despercebida antes de causar algum sintoma
mais grave. Antes de evoluir, o uso de óculos pode ajudar
a lidar com a doença, mas quando ela se torna mais grave,
a cirurgia de catarata é necessária.
Biofísica do Sistema Visual – AULA2 Biofísica do Sistema Visual – AULA2

BIOFÍSICA BIOFÍSICA

Catarata Glaucoma

O Glaucoma é um conjunto de diversas doenças distintas que envolvem a


pressão intraocular associada a neuropatia óptica. Por conta disso, ele possui
características bem específicas, em que ocorre um dano no nervo óptico – parte
do olho que carrega a informação visual até o cérebro –, causando a perda
progressiva (se não tratada) e irreversível da visão.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o glaucoma é a segunda


maior causa de cegueira no mundo, ficando atrás apenas da catarata. Estima-se
que a prevalência da doença no mundo é de aproximadamente 1 a 2%; já no
Brasil, a estimativa é de que 900 mil pessoas são portadoras da doença.

Biofísica do Sistema Visual – AULA2 Biofísica do Sistema Visual – AULA2

BIOFÍSICA BIOFÍSICA

Glaucoma
Trabalho
1) Faça um diagrama esquemático do olho humano, indicando os seus
principais componentes.
2) Descreva o processo de acomodação do cristalino.
3) Descreva a absorção da luz pelo bastonete

Biofísica do Sistema Visual – AULA2 Biofísica do Sistema Visual – AULA2

5
BIOFÍSICA

Saturação da Retina Referências:


•GARCIA, Eduardo Antônio Conde.Biofísica. São Paulo. Sarvier,
2007.387p. OKUNO, E.,

•CALDAS, I. L., CHOW, C. Física para ciências biológicas e


biomédicas. São Paulo: Harbra, 1982.

• HANSEN, J. T., KOEPPEN, B. M. Atlas de Fisiologia Humana de


Netter.

•TORTORA, G. J. Corpo Humano, Fundamentos de Anatomia e


Fisiologia. 4ª Edição. Editora Artmed. Porto Alegre. 2000

Biofísica do Sistema Visual – AULA2