Você está na página 1de 99

Guincho

MOTORIZADO IFESTOS
MODELO ELÉTRICO SUPER

Guincho
MOTORIZADO TIRAK
MODELO X-500

MANUAL DE UTILIZAÇÃO

ANDAIMES SUSPENSOS
EDIÇÃO 2 – AGO/2015

Guincho
MANUAL BARAN
MODELO FORT

Guincho
MANUAL ALBA
MODELO T-500

Guincho
MANUAL IFESTOS
MODELO SUPER
MANUAL DE UTILIZAÇÃO
ANDAIMES SUSPENSOS
ESTE MANUAL FOI TRADUZIDO NO TÍTULO
DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA Manual de Montagem e Utilização
Mills Estruturas e Serviços de Engenharia Ltda. ANDAIMES SUSPENSOS
Estrada do Guerenguê, 1381 - Curicica
EDIÇÃO
22713-001 - Rio de Janeiro | RJ
Tel: (21) 2132-4338 Agosto - 2015 | Edição 2 — 01.28.08.2015
www.mills.com.br
TEXTO TÉCNICO
Alba Macrel Group S.L.
Miguel Henrique de Oliveira Costa
Rafael Thalheimer

SUPERVISIONADO POR IMAGENS DE AMARRAÇÕES DE CABOS


Avelino Pinto da Silva Garzoni Guilherme Viciariuc Chagas
DIRETOR DE ENGENHARIA
DIAGRAMAÇÃO | EDIÇÃO
Vinícius Monteiro
Laryssa da Cunha Macedo
GERENTE DE ENGENHARIA
Priscilla dos Santos Oliveira
Rafael Thalheimer Roberta da Costa Melo
GERENTE DA FILIAL PORTO ALEGRE
MONTAGENS | ILUSTRAÇÕES

Miguel Henrique de Oliveira Costa Laryssa da Cunha Macedo


COORDENADOR TÉCNICO Marcelo Amancio Lages
Priscilla dos Santos Oliveira
Mário Luiz Sartorio Valiati Roberta da Costa Melo
SUPERVISOR DE PRODUTO
CAPA
Laryssa da Cunha Macedo
Priscilla dos Santos Oliveira
Roberta da Costa Melo

REVISÃO
Mário Luiz Sartorio Valiati
Rafael Thalheimer

©Copyright 2015 Mills Estruturas e Serviços de Engenharia Ltda.

É proibida a reprodução desta publicação, por qualquer meio ou processo, mesmo que parcial,
sem autorização prévia e por escrito tanto dos proprietários como dos autores intelectuais.
SUMÁRIO
7 DESCRIÇÃO DO SISTEMA

8 PLATAFORMAS

10 Componentes da Plataforma

13 Montagem da Plataforma I

14 Ferramentas — Montagem da Plataforma I

17 Montagem da Plataforma II

18 Ferramentas — Montagem da Plataforma II

20 Módulo de União

22 Modulações da Plataforma

22 Plataforma I

23 Plataforma II

24 Rodízios

27 IÇAMENTO DAS PLATAFORMAS

28 Afastador metálico

Afastador metálico simples

Afastador metálico duplo

28 Posição dos cabos de Içamento e Travaquedas

29 Chapa de ligação

30 Cabos de Içamento e Travaquedas

31 Identificação de comprimento dos cabos de aço

31 Pintura das chumbadas

32 Contrapesos

34 GUINCHOS PARA ANDAIMES SUSPENSOS

35 GUINCHOS MANUAIS CABO PASSANTE

36 GUINCHO CP T-500

37 Alavanca auxiliar

38 Montagem do guincho na Cabeceira

39 Dispositivo Travaquedas

39 Cabo de Travaquedas

40 Operação do Guincho
41 Movimentação da plataforma

41 Operando o guincho

43 Nivelamento da plataforma

43 Liberando o Travaquedas

44 GUINCHO CP FORT

45 Montagem do guincho na cabeceira

46 Movimentação da plataforma

46 Operando o guincho

47 Dispositivo Travaquedas

48 Funcionamento do Travaquedas

49 Nivelamento da plataforma

49 Liberando o Travaquedas

50 GUINCHO CP SUPER

51 Montagem do guincho na cabeceira

52 Movimentação da plataforma

52 Operando o guincho

53 Dispositivo Travaquedas

54 Funcionamento do Travaquedas

55 Nivelamento da plataforma

55 Liberando o Travaquedas

57 GUINCHOS MOTORIZADOS ELÉTRICOS

58 GUINCHO ELÉTRICO SUPER

59 Montagem do guincho na cabeceira

60 Dispositivo de Fim de Curso

61 Batente de Fim de Curso

62 Painel de comando

63 Instalação do Painel de Comando

64 Ligações elétricas

66 Operando o Painel de Comando

67 Movimentando a plataforma

68 Funcionamento do Travaquedas

69 Nivelamento da Plataforma

69 Liberando o Travaquedas
69 Acionamento Manual de Emergência

72 GUINCHO ELÉTRICO X-500

73 Montagem do guincho na cabeceira

74 Dispositivo Travaquedas (BlocStop)

75 Nivelamento da plataforma

75 Liberando o Travaquedas

76 Dispositivo de Fim de Curso

77 Batente de Fim de Curso

78 Painel de comando

79 Instalação do Painel de Comando

80 Ligações elétricas

82 Operando o Painel de Comando

82 Movimentando a plataforma

83 Sensor de desnivelamento

83 Desnivelamento — Acionamento manual

84 Acionamento Manual de Emergência

86 RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA

86 Segurança, EPI'S e ferramentas

87 MEDIDAS OBRIGATÓRIAS DE SEGURANÇA

88 DESCRIÇÕES DE COMPONENTES

95 ANOTAÇÕES

98 MAPA DAS DIVISÕES


DESCRIÇÃO DO SISTEMA
Andaimes Suspensos são plataformas elevatórias, que por meio de força manual ou elétrica,
são movimentadas no sentido vertical de construções prediais possibilitando um acesso rápi-
do e seguro dos trabalhadores às suas fachadas.

Os Andaimes Suspensos são compostos de guinchos, plataformas e acessórios. Este manu-


al está dividido em capítulos contendo informações de montagem e operação dos compo-
nentes do sistema.

Possuímos 5 guinchos dos quais 3 são do tipo cabo passante, os quais são acionados através
de manivelas e exigem esforço do trabalhador, e dois são motorizados, movidos à energia
elétrica, não exigindo esforço do trabalhador.
MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

1. PLATAFORMAS
Existem dois modelos de plataformas modulares, confeccionadas em aço carbono, dentro dos pa-
drões NR-18.

Ambos os modelos estão disponíveis em módulos de 2 e 3 metros, que quando combinados, podem
atingir comprimentos máximos de 6 metros.

A tarefa de montagem deve ser feita por trabalhador qualificado, sob supervisão de
profissional legalmente habilitado, conforme NR-18, item 18.15.30.2.

Medida
A B C
Plataforma nominal
(mm) (mm) (mm)
(metros)
2,00 2080 730 1305
I
3,00 3080 730 1305
2,00 2170 716 1288
II
3,00 1288 716 1288
PLATAFORMA I

A B
PLATAFORMA II

A B

8 www.mills.com.br
PESO DAS PLATAFORMAS COMPLETAS COM CABOS DE AÇO
CABOS
CP SUPER ELÉTRICO ELÉTRICO
PLATAFORMA CP-T500 CP FORT SUPER X-500
DE AÇO
(m) (kg)

45 239,42 145,57 211,61 246,50 257,40

60 253,34 149,32 227,61 254,50 266,40

2,00 80 271,90 154,32 251,61 266,50 278,40

100 290,46 159,32 275,61 278,50 290,40

120 325,92 164,32 299,61 288,50 300,40

45 274,69 185,10 246,34 281,50 293,40

60 288,61 188,85 262,34 289,50 301,40

3,00 80 307,17 193,85 286,34 301,50 313,40

100 325,73 198,85 310,34 313,50 325,40

120 344,29 203,85 330,34 323,50 335,40

45 324,72 253,29 272,38 363,50 375,13

60 338,64 257,04 288,38 371,23 383,13

4,00 80 357,20 262,04 312,38 383,23 395,13

100 375,76 267,04 336,38 393,23 407,13

120 441,09 272,04 356,38 405,23 417,13

45 359,99 292,82 320,44 398,23 410,13

ANDAIMES SUSPENSOS
60 373,91 296,57 336,44 406,23 418,13

5,00 80 392,47 301,57 360,44 418,23 430,13

100 411,03 306,57 384,44 430,23 442,13

120 441,09 311,57 404,44 440,23 452,13

45 395,25 332,36 368,50 433,23 445,13

60 409,17 336,11 384,50 441,23 453,13

6,00 80 427,73 341,11 408,50 453,23 465,13

100 446,29 346,11 432,50 465,23 477,13

120 504,33 351,11 452,50 475,23 487,13

PESO DOS GUINCHOS SEM OS CABOS DE AÇO


GUINCHO GUINCHO GUINCHO GUINCHO GUINCHO
CP T-500 CP FORT CP SUPER ELÉTRICO SUPER ELÉTRICO X-500

12,7 kg 26 kg 26 KG 29 kg 39 kg

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 9


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

1.1. COMPONENTES DA PLATAFORMA


Tanto a Plataforma I como a Plataforma II são compostas por guarda corpo
interno, guarda corpo externo, cabeceiras e piso antiderrapante. Para que a
Plataforma se movimente, ela necessita estar equipada com dois guinchos,
que são fixados cada um em uma cabeceira através de parafusos. Cada
MATERIAL
Guincho possui um tipo de encaixe e uma cabeceira própria para ele.
Aço Carbono

As plataformas foram concebidas para COMPONENTES DA PLATAFORMA


proporcionar segurança e praticidade ao
1 Guarda corpo externo
trabalhador e atendem a todos os requi-
sitos da NR-18, possuindo rodapés com 2 Guarda corpo interno
0,20m em toda sua volta, guarda-corpo
externo de 1,20m e piso antiderrapante 3 Piso antiderrapante
totalmente fechado, sem vãos abertos
no assoalho, impedindo a queda de 4 Cabeceira
detritos ou ferramentas.

Plataforma I com CABECEIRA DA


2,00 metros de comprimento. PLATAFORMA I
Na plataforma I somente é pos-
sível a montagem da cabeceira
1
que comporta o GUINCHO
CABO PASSANTE FORT.

Encaixe da base da Cabeceira na


base do Guarda corpo. CABECEIRA
Guincho
CABO PASSANTE FORT

10 www.mills.com.br
*A imagem foi feita com uma das 3 possibilidades de cabeceiras para efeito ilustrativo 1 Plataforma II módulo com
2,00 metros de comprimento

ANDAIMES SUSPENSOS
PISO RECALCADO
Piso em aço antiderrapante

CABECEIRAS DA PLATAFORMA II
Na Plataforma II, podem ser montadas até 4 cabeceiras
diferentes. As cabeceiras dos Guinchos: ELÉTRICO SUPER,
CP T-500, CP SUPER e ELÉTRICO SUPER.

CABECEIRA CABECEIRA CABECEIRA CABECEIRA


Guincho Guincho Guincho Guincho
ELÉTRICO SUPER CABO PASSANTE T-500 CABO PASSANTESUPER ELÉRICO X-500

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 11


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

Esquema da montagem
de Andaime Suspenso
com Plataforma I
equipada com Guincho
Cabo Passante FORT.

Este modelo de
Plataforma só comporta
este guincho.

Note como o guarda


corpo maior é montado
do lado oposto ao da
construção.

12 www.mills.com.br
2.1. MONTAGEM DA PLATAFORMA I
Ao montar a plataforma, atente para o fato de que o guarda corpo externo possui 1,30 m de altura
conforme NR-18 proporcionando segurança ao trabalhador.

O guarda corpo interno possui menor altura e permite um acesso a maior área de trabalho, devendo
ser montado junto à face da construção onde será realizada a tarefa.

Guarda corpo interno, possui menor


altura para oferecer maior área
de trabalho. A plataforma deverá
ser montada de modo que este
guarda corpo fique voltado para a
construção.

Guarda corpo externo, possui maior ANDAIMES SUSPENSOS


altura, conforme NR-18 para oferecer
segurança ao operador na área de
trabalho. A plataforma deverá ser montada
de modo que este guarda corpo fique
voltado para o lado oposto da construção.

Todos os projetos, instalação e manutenção de qualquer andaime, devem obedecer a


norma regulamentadora NR-18, do Ministério do trabalho. Conforme item 18.15.30.2: "A
instalação e manutenção dos andaimes suspensos devem ser feitas por trabalhador quali-
ficado, sob supervisão e responsabilidade técnica de profissional legalmente habilitado
obedecendo, quando de fábrica, as especificações técnicas do fabricante."

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 13


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

1.2.1. FERRAMENTAS — MONTAGEM DA PLATAFORMA I


Para informações de quantidade e configuração de parafusos, consulte página 22 e 23.

Chave de boca

FIXAÇÃO DOS
GUINCHOS
Utilize chave de boca Ø 1/2"
para aperto dos parafusos.

FIXAÇÃO DAS
CABECEIRAS
Utilize chave de boca Ø 1/2"
para aperto dos parafusos.

14 www.mills.com.br
Passo 1
Encaixe do Guarda Corpo I. Encaixar o tubo infe- II. Aparafusar os encai-
Mantenha todos os encaixes do Guarda rior (A) do guarda corpo xes superiores (C). Re-
corpo e da Cabeceira voltados para nos suportes (B) exis- pita o processo para o
dentro. tentes na cabeceira. outro guarda corpo.

I II

Para a montagem ! C
da Plataforma I
você irá precisar
de duas chaves de
boca Ø 1/2" para
aperto dos para-
fusos.

ANDAIMES SUSPENSOS
Passo 2 Passo 3
Montagem do Piso antiderrapante Montagem da Segunda Cabeceira
I. A seguir, posicionar I. Após posicionar o piso, completar a montagem
o piso (D), na base do fixando a outra cabeceira.
guarda corpo. A Plata-
Repita o Passo 1 em ambos os lados da Cabe-
forma I não possui pa-
D ceira e finalize a montagem da Plataforma.
rafusos no piso. Basta
encaixá-los nos supor- E
tes (E) do guarda cor-
po. Veja detalhe.
DETALHE

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 15


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

Esquema da montagem
de Andaime Suspenso
com Plataforma II
equipada com Guincho
Elétrico SUPER.

Este modelo de
Plataforma comporta
mais três modelos de
Guinchos. Basta para
isso, equipá-la com a
Cabeceira apropriada.

Note como o guarda


corpo maior é montado
do lado oposto ao da
construção.

16 www.mills.com.br
1.3. MONTAGEM DA PLATAFORMA II
Ao montar a plataforma, atente para o fato de que o guarda corpo externo possui 1,27 m de altura
conforme NR-18 proporcionando segurança ao trabalhador.

O guarda corpo interno possui menor altura e permite um acesso a maior área de trabalho, devendo
ser montado junto à face da construção onde será realizada a tarefa.

Guarda corpo interno, possui menor


altura para oferecer maior área
de trabalho. A plataforma deverá
ser montada de modo que este
guarda corpo fique voltado para a
construção.

ANDAIMES SUSPENSOS
Guarda corpo externo, possui maior
altura, conforme NR-18 para oferecer
segurança ao operador na área de
trabalho. A plataforma deverá ser montada
de modo que este guarda corpo fique
voltado para o lado oposto da construção.

Todos os projeto, instalação e manutenção de qualquer andaime devem obedecer a norma


regulamentadora NR-18, do Ministério do trabalho. Conforme item 18.15.30.2: "A instalação
e manutenção dos andaimes suspensos devem ser feitas por trabalhador qualificado, sob
supervisão e responsabilidade técnica de profissional legalmente habilitado obedecen-
do, quando de fábrica, as especificações técnicas do fabricante."

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 17


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

1.3.1. FERRAMENTAS – MONTAGEM DA PLATAFORMA II


Para informações de quantidade e configuração de parafusos, consulte página 22 e 23.

FIXAÇÃO DOS
GUINCHOS
Utilize chave de boca Ø
1/2" para aperto
dos parafusos.

FIXAÇÃO DAS
CABECEIRAS
utilize chave de boca Ø 1/2"
para aperto dos parafusos.

Nesta montagem, o
guincho foi ilustrado por
um volume geométrico
que representa os
guinchos Cabo
Passante SUPER, e
Elétrico SUPER, que
possuem o mesmo
modo de fixação
à cabeceira da
plataforma.

Chave de boca
FIXAÇÃO DOS
GUINCHOS
Utilize chave de boca Ø 1/2"
para aperto dos parafusos.

18 www.mills.com.br
Embora a Plataforma II comporte até 4 cabeceiras com seus respectivos Guinchos, os procedi-
! mentos de montagem ilustrados a seguir exibem a Plataforma equipada com GUINCHO Elétrico
SUPER por motivos práticos.

Passo 1
I. Encaixar o tubo II. Aparafusar os encai-
Encaixe do Guarda Corpo
inferior (A) do guarda xes superiores (C). Re-
Mantenha todos os encaixes dos Guarda corpo nos suportes (B) pita o processo para o
corpos e da Cabeceira voltados para dentro.
existentes na cabeceira. outro guarda corpo.

I II
A
C

Para a montagem da Plataforma II !


você irá precisar de duas chaves de
boca Ø 1/2" para aperto dos parafusos.

ANDAIMES SUSPENSOS
Passo 2 Passo 3
Montagem do Piso antiderrapante Montagem da Segunda Cabeceira
I. A seguir, posicionar I. Após posicionar o piso, completar a montagem
o piso (D), nos supor- fixando a outra cabeceira.
tes inferiores dos guar- D
da corpos (E). Fixar os Repita o Passo 1 em ambos os lados da Cabe-
parafusos (F) de modo ceira e finalize a montagem da Plataforma.
que as porcas fiquem F
por baixo do piso. Veja
E
DETALHE.
DETALHE

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 19


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

1.4. MODULO DE UNIÃO


DIMENSÕES DOS MÓDULOS DE UNIÃO
O Módulo de união é um acessório que possibilita (medidas em mm)
a união entre duas Plataformas, permitindo uma A B
combinação de comprimentos para atingir até B
1 1300 730
6,00 metros. Cada modelo de Plataforma possui 2 888 716
um Módulo de união baseado na extrutura de
B
suas Cabeceiras.

Tanto o Módulo de união da Plataforma I quanto

A
o da Plataforma II é facilmente encaixado e fixado
por meio de parafusos proporcionando um

A
acesso maior com segurança. Nas páginas 22 e
23, é possível consultar a quantidade de parafusos
e a localização dos mesmos para a montagem de
Plataformas e união das mesmas. 1 2

1 Módulo de união da Plataforma I

2 Módulo de união da Plataforma II

A
ENCAIXE
O tubo inferior do guarda
corpo (A) é posicionado no
B encaixe na base do Módulo
de união (B).

ENCAIXE
Une-se um guarda corpo a outro
(C) por meio de parafusos que
C D
os fixam no Módulo de união (D).

20 www.mills.com.br
Passo 1
Aumento de Plataforma
Para realizar o aumento das Plataformas I e II, repita os Passos 1 e 2 da página 15 e 19. Conforme modelo
da plataforma utilizada.
O módulo de união deve ser posicionado entre duas Plataformas e aparafusado em ambos os lados, como
mostra as imagens a seguir. Veja informações de montagem nos balões de detalhe.
Nas páginas 22 e 23, veja as modulações possíveis para o aumento das Plataformas I e II.

ANDAIMES SUSPENSOS
UNIÃO DE
PLATAFORMA I
Plataformas de 3,00 e 2,00 metros.

UNIÃO DE
PLATAFORMA II
Plataformas de 2,00 metros.

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 21


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

1.4.1. MODULAÇÕES DAS PLATAFORMAS


A seguir, possíveis configurações de montagem das Plataformas e especificação dos parafusos a
serem utilizados em cada Plataforma.

1.4.1.1. PLATAFORMA I
B
A A

PLATAFORMA PADRÃO

◄ Módulo de união 2,00 m

para Plataforma I

TOTAL DE PARAFUSOS POR 3,00 m


PLATAFORMA I E UNIÕES
PLATAFORMA A B TOTAL
2,00 8 - 8
3,00 8 - 8
4,00 8 8 16
5,00 8 8 16
6,00 8 8 16
2,00 + 2,00 = 4,00 m

A B
Ø 1/2" x 3"

2,00 + 3,00 = 5,00 m

! Somente é
permitido uma
emenda por
plataforma.

3,00 + 3,00 = 6,00 m

22 www.mills.com.br
1.4.1.2. PLATAFORMA II

A B A

PLATAFORMA PADRÃO

2,00 Módulo de união ►


para Plataforma II

ANDAIMES SUSPENSOS
3,00
TABELA X - TOTAL DE PARAFUSOS POR
PLATAFORMA II E UNIÕES
PLATAFORMA A B TOTAL
2,00 4 - 4
3,00 4 - 4
4,00 4 4 8
5,00 4 4 8
2,00 + 2,00 = 4,00 m
6,00 4 4 8

2,00 + 3,00 = 5,00 m Ø 1/2" x 2 1/2"

B
Ø 1/2" x 3"

2,00 + 3,00 = 6,00 m

Comprimentos
permitidos
!
somente no
caso de
Guinchos
Modulações de 7,00 ou 8,00 metros ELÉTRICOS!

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 23


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

1.5. RODÍZIOS
A Plataforma II pode ser equipada com rodízios,
caso seja necessário o deslocamento em solo
das Plataformas.

Imagem ilustrativa sem


os cabos de aço para
melhor visualização.

Os rodízios não fazem parte dos acessórios que acompanham a Plataforma devendo ser
consultado sua disponibilidade no momento da locação.

Independente do comprimento da Plataforma e das configurações de montagem, serão


utilizados 4 rodízios por conjunto, sendo dois em cada Cabeceira.

24 www.mills.com.br
Os rodízios não são oferecidos pela MILLS EDIFICAÇÕES como acessório da plataforma, entretanto,
se o cliente optar por adquiri-los, a Plataforma é equipada com chapas metálicas que possibilitam a
fixação dos rodízios.

Adição de rodízios de aço para necessidade de


deslocamento em solo da Plataforma II.

Imagem ilustrada sem os cabos de aço para melhor visualização.

101 mm

ANDAIMES SUSPENSOS
B

A 89 mm

190 mm
FIXAÇÃO
A fixação do rodízio (A) na
chapa da base da Cabeceira
(B) da plataforma se dá por
meio de 4 (quatro) parafusos 130 mm
Ø 1/2" x 1 1/2".

Rodízios em aço para


fixação em Plataformas.

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 25


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

FIXAÇÃO DOS CABOS DE AÇO


Solicite a presença de nossa assistência técnica para a
orientação de montagem das Plataformas.

26 www.mills.com.br
2. IÇAMENTO
DAS PLATAFORMAS
Independentemente do modelo da Plataforma
1 1
(I ou II), e do guincho que as acompanham, elas 2
2
são acompanhadas de acessórios que auxiliam
a montegem das mesmas nas fachadas das con-
truções. São elas:

ANDAIMES SUSPENSOS
3

ACESSÓRIOS DA PLATAFORMA
1 Afastador metálico

2 Chapa de ligação

3 Carretel do cabo de içamento

4 Rolo do cabo de trava-quedas

3
3

4 4

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 27


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

2.1. AFASTADOR METÁLICO


Os Andaimes Suspensos são içados através do 2.1.2. AFASTADOR METÁLICO DUPLO
tracionamento de cabos de aço. Esses cabos
SUSTENTAÇÃO PARA GUINCHOS
são içados até o topo da construção onde devem
TIPO MOTORIZADO ELÉTRICO
ser amarrados de forma segura.
O cabo de içamento e o cabo do travaquedas são
Antes de içar os cabos de aço, até a cobertura alocados em guias distintas.
da edificação, é preciso montar o Afastador me-
tálico que mantém o cabo de aço afastado da
fachada na medida correta. DETALHE

DETALHE

2.1.3. POSIÇÃO DOS CABOS DE


IÇAMENTO E TRAVAQUEDAS
Ao posicionar os Afastadores, lembre-se que os
cabos de içamento e Travaquedas devem ser
posicionados de forma a estarem paralelos à ca-
beceira das plataformas. A imagem ilustra a pla-
taforma II porém esta instrução deve ser seguida
para os dois tipos de plataforma .

2.1.1. AFASTADOR METÁLICO SIMPLES


SUSTENTAÇÃO PARA GUINCHOS
TIPO CABO PASSANTE CERTO
O cabo de içamento e o cabo do travaquedas são
alocados em uma mesma guia.

ERRADO

ERRADO

Para que fique montado de maneira segura (na mureta de alvenaria), é preciso que seja
fixado em um ponto seguro da cobertura, como um pilar por exemplo. Sua fixação
deve ser com cabo de aço, amarrado com clipes, conforme a norma NBR 6494.
Consulte itens: 18.15.32 / 18.15.32.1 / 18.15.32.1.1 e 18.15.32.1.2

28 www.mills.com.br
2.3. CHAPA DE LIGAÇÃO
A chapa de ligação serve para fazer a união se-
gura entre os cabos de aço.

Passo 1
Içando os cabos de aço até a cobertura da Chapa de ligação
construção
I. Munido de uma corda (A) com comprimento III. O operário em cima da construção, puxa a
superior a altura do prédio, um operário deve corda novamente e amarra uma da pontas do
subir até a cobertura da construção e amarrar cabo de extensão em um ponto estrutural da
uma das pontas da corda (A) em um ponto es- construção;
trutural da cobertura;
IV. Posteriormente, o operário deverá fixar a ou-
tra ponta do cabo de extensão (C), à Chapa de
ligação (D) por meio de dois parafusos de Ø 5/8"
x 2 1/4" e porcas ao Cabo de Içamento (E) dos
Guinchos.

A C ! Nesta operação, utilize duas


chaves de boca 15/16" para
aperto dos parafusos.

ANDAIMES SUSPENSOS
D
E
C
D

II. O operário, deverá descer a outra ponta até


o térreo onde outro operário deverá amarrá-la a
uma das pontas do Cabo de extensão (B);

II
A
! Se as Plataformas
forem equipadas com
Guinchos Elétricos,
neste momento deve
ser fixado os Batentes
de Fim de Curso. Veja
maiores informações
nas páginas 61 e 77
B deste manual.

Se a amarração dos cabos de aço, sustentarem uma Plataforma equipada com Guincho
Elétrico, deverá ser fixada próximo ao Afastador Metálico, o Batente de Fim de curso.
Veja página 61 e 77 deste manual.

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 29


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

2.4. CABOS DE IÇAMENTO E TRAVAQUEDAS


As plataformas são acompanhadas por seis cabos de aço, sendo:

- Dois cabos de Içamento;


1 Cabo de Içamento
- Dois cabos para o Travaquedas;
- Dois cabos de Extensão. 2 Cabo de Travaquedas

3 Cabo de Extensão

Para informações detalhadas dos Cabos de Aço de Içamento e Travaquedas de cada Guincho siga
as orientações nas páginas informadas a seguir.

GUINCHO GUINCHO GUINCHO GUINCHO GUINCHO


CP T-500 CP FORT CP SUPER ELÉTRICO SUPER ELÉTRICO X-500
página 36 página 44 página 50 página 58 página 72

30 www.mills.com.br
2.4.1. IDENTIFICAÇÃO DE COMPRIMENTO DOS CABOS DE AÇO
Os cabos de aço dos Guinchos CP T-500 e Elétrico X-500 (páginas 36 e 72 respectivamente) possuem
ganchos que são pintados de acordo com o comprimento dos cabos para facilitar a diferenciação.
Os cabos de aço dos Guinchos CP SUPER e FORT, não são equipados com ganchos, porém seus
olhais recebem o mesmo tratamento de cor que os cabos equipados com eles. A referencia de cores
versus comprimento compreendem tanto os cabos de Içamento quanto os cabos de Travaquedas.

As cores dos ganchos e olhais compre-


endem tanto os cabos de Içamento
quanto os cabos de Travaquedas.

► cabos de 45 metros — cor branca

► cabos de 60 metros — cor amarela

► cabos de 80 metros — cor verde

► cabos de 100 metros — cor azul

ANDAIMES SUSPENSOS
► cabos de 120 metros — cor preta

2.4.2. PINTURA DAS CHUMBADAS


Para diferenciar o Cabo de Travaquedas para o de Içamento, atente para o fato de que a chumbada
dos cabos de Travaquedas são pintadas de vermelho e a dos cabos de Içamento não recebem tinta.

! A chumbada dos cabos de Travaquedas


são pintadas de vermelho.

As chumbadas dos cabos de


Içamento não recebem pintura.
Portanto apresentam
coloração cinzenta.
TINTA
Vermelha

NÃO TROQUE DE FORMA


ALGUMA O CABO DE IÇAMENTO
PELO DO TRAVAQUEDAS

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 31


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

2.5. CONTRAPESOS
O cabo de Içamento tende à torção quando a
Plataforma se movimenta, devido as engrena-
gens que tracionam o cabo durante a subida ou
descida do Andaime Suspenso.

Os cabos de Travaquedas podem formar uma


"barriga" ao deslizar pelo Travaquedas quando a
Plataforma sobe.

Para que isto não ocorra, para garantir a segu-


rança dos operários e movimentação eficiente
da Plataforma, todos os cabos (de Içamento e
Travaquedas) devem ser mantidos esticados sob
a Plataforma.

Os rolos e carretéis com as sobras provenientes


dos cabos de aço devem ser mantidas sus-
pensas para que seu próprio peso haja como
contrapeso e mantenha o cabo tensionado.

Mantenha os carretéis e rolos


com a sobra dos cabos de ambos
os Guinchos elevados do solo.

CLIPES
Devem ser utilizados para prender
a sobra do cabo de Içamento e
Travaquedas dos carretéis e rolos,
para mantê-los esticados.

Passo 1
Amarração das sobras dos Cabos de aço

I. Junte o seguimento do cabo de aço (A) que


sobe em direção à plataforma, com uma volta
do cabo de aço ainda preso ao carretel (B) e,
ao rolo (C) — imagem da direita . Prenda com o
clipe (D).

I A A
D D
B C

32 www.mills.com.br
CABOS DE IÇAMENTO E
TRAVAQUEDAS SEMPRE ESTICADOS
Para garantir a segurança dos operários e movimen-
tação eficiente da Plataforma, prenda a sobra do rolo
e do carretel de cabos, dos dois lados da Plataforma,
à alguns centímetros do chão.

ANDAIMES SUSPENSOS
A ilustração exibe montagem da
Plataforma I equipada com Guincho
Cabo Passante FORT.

É importante lembrar que o procedi-


mento de amarração dos Cabos de
Içamento e Travaquedas se aplicam
aos dois modelos de Plataformas,
independente do Guincho que elas
contenham.

Ao baixar a Plataforma até o solo,


afastar os cabos para evitar que ela
desça sobre os cabos ocasionando
danos ou mesmo o rompimento
dos cabos de aço.

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 33


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

3. GUINCHOS PARA ANDAIMES SUSPENSOS


Os guinchos são equipamentos fixados às cabeceiras da plataforma e tracionam os Cabos de Iça-
mento, permitindo que a plataforma se movimente ao longo das construções.

Os guinchos elétricos e seus painéis de comando, juntamente com os guinchos manuais, são co-
bertos com capas de proteção, que devem ser mantidas para proteger o guincho de detritos de
argamassa.

Dispomos de dois guinchos elétricos motorizados e três guinchos manuais do tipo cabo passante.

Nas páginas seguintes, são descritas informações detalhadas de cada modelo de guincho.

Não retire as capas de proteção dos guinchos.


Elas ajudam a manter a segurança dos equipamentos.

! Imagens meramente ilustrativas.


Cada Guincho possui capa pró-
pria adequada ao seu formato.

CAPA DE PROTEÇÃO
Mantém o guincho livre
de argamassa.

VISUALIZAÇÃO
Lateral em plástico
transparente permite a
visualização do Travaquedas.

TECIDO RESISTENTE
A lona evita aúmulo de detritos
que possam comprometer a
integridade dos equipamentos.

PAINÉIS DE COMANDO
Acessórios como os Painéis de
Comando, também recebem
capas de proteção para manter os FECHAMENTO
controles isentos de detritos. Em velcro para facilitar a
manipulação do equipamento.

34 www.mills.com.br
GUINCHOS MANUAIS CABO PASSANTE
O guincho Manual Cabo Passante é um equipamento destinado à condução vertical de uma
plataforma de trabalho ao longo da edificação. Suas principais utilizações são em serviços de
pintura, reforma, limpeza e execução de fachadas.
Os guinchos manuais possuem modernos mecanismos, que possibilitam pouco esforço do
trabalhador e proporcionam segurança total em seus diversos dispositivos de segurança inter-
nos, além de possuir o dispositivo Travaquedas com cabo adicional.
Disponibilizamos três modelos de Guincho manual, sendo eles o Guincho Cabo Passante
T-500, o Guincho Cabo Passante SUPER e o Cabo Passante Fort.

ANDAIMES SUSPENSOS

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 35


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

1 2
Guincho
CABO PASSANTE T-500

CAPACIDADE DE CARGA

300 kg
Carga máxima
4 na plataforma
7

CABO DE
IÇAMENTO
Cabo de aço
galvanizado 8.00 mm
6x19 +AF / RD
(5/16" – Alma de Fibra)

2
1
CABO DE
TRAVAQUEDAS
Cabo de aço
galvanizado 8.30 mm
6x17+6X4+1 /RD
3 cabo com identificação
de uma perna azul

1 Cabo de içamento

2 Cabo do travaquedas
5 3 Dispositivo travaquedas

4 Alavanca de acionamento do dispositivo travaquedas

5 Arruela de trava da alavanca esquerda

6 Alavanca de acionamento esquerda

6 7 Alavanca de acionamento direita

8 Dispositivo de segurança da alavanca de acionamento direita

36 www.mills.com.br
3.1.1. ALAVANCA AUXILIAR
Alguns dos Guinchos T-500 não possuem a
alavanca auxiliar do trava-quedas já integrada.
Ela então acompanha o guincho e é presa por
um cabo junto à chapa que fixa o travaquedas
ao Guincho.
9
Essa alavanca auxiliar existe somente para tornar
mais confortável o manuseio do Trava-quedas.

9 Alavanca do Trava-quedas

10 Alavanca auxiliar do Trava-quedas

Alavanca auxiliar do
Travaquedas

10

ANDAIMES SUSPENSOS
Passo 1
Encaixe da alavanca auxiliar do Trava-quedas
I. Encaixar a alavanca auxiliar (A) na alavanca do
Travaquedas (B). Mantê-la encaixada somente
enquanto ele está sendo acionado, após o uso,
retire a Alavanca auxiliar (A).

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 37


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

3.1.2. MONTAGEM DO GUINCHO NA CABECEIRA


Os Guinchos T-500 são equipados com um Suporte para fixação segura na Plataforma.
Repare que o Guincho é montado na Cabeceira de modo que a alavanca do Travaquedas fique vol-
tada para o lado interno da Plataforma, no mesmo sentido dos encaixes da Cabeceira.

FIXAÇÃO DO SUPORTE
A D
Encaixe o suporte (A) nos mancais da
Plataforma (B) fixando-o com o Parafuso
(C) e Contrapino (D). C

FIXAÇÃO DO CONTRAPINO
As pernas do contrapino (D) devem ser
abertas para finalizar o travamento na
porca castelo (E).

Guincho Cabo Passante T-500


montado na Cabeceira da
Plataforma.

Suporte do
Guincho T-500

38 www.mills.com.br
3.1.3. DISPOSITIVO TRAVAQUEDAS
O dispositivo Travaquedas impede a queda de uma plataforma, caso haja o rompimento do cabo de
içamento.

! MONTAGEM DO GUINCHO
Repare que a alavanca do travaquedas
fica voltada para dentro da Plataforma.

ALAVANCA DO
TRAVAQUEDAS
Movimenta-se
travando ou
liberando o cabo de
aço do Travaquedas.

ANDAIMES SUSPENSOS
3.1.4. CABO DE TRAVAQUEDAS I
O Cabo do Travaquedas é fornecido à parte e deve ser inserido no dispo-
sitivo após a montagem do guincho na plataforma.

Passo 1
Inserção do Cabo de Travaquedas B
A
I. Com a alavanca (A) acionada, insira o cabo (B) pela parte de cima até que
saia pela parte de baixo do Travaquedas. Quando a ponta aparecer, man-
tenha a alavanca (A) acionada e puxe aproximadamente 1,00 m de cabo.

! Após completar toda a montagem do conjunto, será necessário


prender os contrapesos nas extremidades dos cabos de içamento
e do travaquedas para que fiquem esticados (veja procedimento
nas páginas 32 e 33).

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 39


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

3.1.5. OPERAÇÃO DO GUINCHO


O Guincho cabo passante T-500 oferece total segurança aos seus usuários. Ele conta com vários
disipositivos de segurança além do cabo auxiliar com travaquedas.

Em hipótese alguma neutralize ou altere o funcionamento destes dispositivos de


segurança.

O Guincho Cabo Passante T-500 recebe adesivos com a descrição do modo de uso para facilitar
sua operação. Leia atentamente as instruções. Para informações mais detalhadas de operação do
Guincho, leia a página a seguir.

A
B
B

É proibido por norma o trabalho em Andaimes Suspensos com vento ou chuva.

40 www.mills.com.br
3.1.6. MOVIMENTAÇÃO DA PLATAFORMA
3.1.6.1. OPERANDO O GUINCHO
Situação 1
Subindo a Plataforma

O movimento de subida e descida da plataforma requerem procedimentos diferentes, Leia atenta-


mente as informações desta página para a movimentação de subida. Na página seguinte, os proce-
dimentos necessários para descer a plataforma.
Para que a Plataforma se movimente para cima,
é necessário que os dois operadores acionem
manualmente os dois guinchos, girando sempre as
manivelas no mesmo sentido que o outro operador.

ANDAIMES SUSPENSOS
MOVIMENTO DE SUBIDA
Para subir a Plataforma, a
porca de nylon deverá estar
desencaixada do ressalto
do eixo das manivelas. O
operador deverá sentir as
duas manivelas com poder
de tração.

Passo 1
I. Empurrar na direção da carcaça do guincho a
alavanca (A) esquerda do guincho. Deixando a
porca plástica (B) livre para ser girada.
II. Empurrar e girar a porca plástica (B) de modo
que o pino do eixo (C) fique desencaixado da re-
entrância da porca (D).
III. Gire as manivelas como na figura acima para
subir a plataforma.
I II
A C
D Quando o andaime chegar ao nível dese-
B B jado, girar as manivelas no sentido contrá-
rio, como indicado pelas setas, até que o
dispositivo Travaquedas seja acionado e
prenda no cabo auxiliar e soltar a alavanca
esquerda da trava.

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 41


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

Situação 2
Descendo a Plataforma

O movimento de descida e subida da plataforma requerem procedimentos diferentes. Leia atenta-


mente as informações desta página para a movimentação de descida. Na página anterior, os proce-
dimentos necessários para subir a plataforma.

Para que a Plataforma se movimente para baixo,


é necessário que os dois operadores acionem as
manivelas direitas enquanto mantém a alavanca do
Travaquedas acionada para cima.

MOVIMENTO DE DESCIDA
Para acionar a descida da
Plataforma, a porca de nylon
deverá estar encaixada do
ressalto do eixo das manivelas.
Deste modo a manivela
esquerda ficará solta, não
atingindo o operário durante a
descida da plataforma.

Passo 1
I. Empurrar na direção da carcaça do guincho a
alavanca (A) esquerda do guincho. Deixando a
porca plástica (B) livre para ser girada.
II. Empurrar e girar a porca plástica (B) até que se
encaixe no pino do eixo da manivela (C).
III. Gire as manivelas como na figura acima para
subir a plataforma.

I II
C
Quando o andaime chegar ao nível dese-
B
jado, girar as manivelas no sentido contrá-
B rio, como indicado pelas setas, até que o
dispositivo Travaquedas seja acionado e
A
prenda no cabo auxiliar e soltar a alavanca
esquerda da trava.

42 www.mills.com.br
3.1.6.2. NIVELAMENTO DA PLATAFORMA
Os Travaquedas tem capacidade de suportar com segurança o impacto de queda da plataforma,
possuindo um sistema automático que, ao inclinar a plataforma mais que 15°, o mesmo atua sobre o
cabo de aço, retendo toda a carga suspensa.

CERTO

Ao subir ou descer a Plataforma,


mantenha-a nivelada, operando
os dois Guinchos simultaneamen-
te para não acionar o Travaque-
das.

15°
ERRADO

Não permita inclinação maior


do que 15° na Plataforma. Caso
esse limite seja ultrapassado, o
Travaquedas travará o cabo de
içamento impedindo a subida da
Plataforma.

ANDAIMES SUSPENSOS
3.1.6.3. LIBERANDO O TRAVAQUEDAS
Situação 1
I. Se a plataforma inclinar na subida ou na descida a ponto do Travaquedas ser acionado, deixando
o cabo de aço esticado e tensionado, interrompa imediatamente o acionamento das manivelas
desse guincho.
II. Então, acione as manivelas do outro Guin-
TRAVAQUEDAS
cho, movimentando-o para cima ou para baixo,
conforme posição em que o Guincho travado se
! ACIONADO
enontra. Ou seja, a liberação de um travaque- Repita o procedimento
das se dá através da movimentação do guincho descrito na página 42
oposto. Caso necessário, essa operação pode somente com o guincho
bloqueado para liberar o
ser realizada por apenas um operário.
Travaquedas.

LIBERANDO O
TRAVAQUEDAS
Acionar lentamente as
manivelas para a subida
no guincho que não está
travado. Assim possibilitará o
destravamento do Travaquedas
do outro guincho.

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 43


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

Guincho
CABO PASSANTE FORT
1

CAPACIDADE DE CARGA
2
300 kg
Carga máxima
6 na plataforma

3
CABO DE
IÇAMENTO
Cabo de aço
galvanizado 8.00 mm
6 x 19 + AF/RO
(5/16" — Alma de aço)

CABO DE
TRAVAQUEDAS
2 Cabo de aço
6 galvanizado 8.00 mm
6 x 19 + AF/RD
(5/16" — Alma de Fibra)

1 Manivela de acionamento
1
2 Guia do cabo de içamento

3 3 Corpo do guincho

4 Hastes de fixação

5 Travaquedas
4
6 Alavanca acionadora do travaquedas

44 www.mills.com.br
3.2.1. MONTAGEM DO GUINCHO
NA CABECEIRA
Os Guinchos Cabo Passante FORT são facil-
mente fixados às Cabeceiras das Plataformas.
Repare que o guincho é montado na cabeceira
de modo que o Travaquedas fique voltado para o
lado externo da Plataforma.

MONTAGEM DO GUINCHO
Repare que o travaquedas fica voltado !
para fora da Plataforma.

A FIXAÇÃO DO GUINCHO
Posicione as hastes (A) do Guincho
C no mancal (B) da Cabeceira fixando-o
B com dois parafusos de Ø 1/2" x 3 " (C).

FIXAÇÃO DOS PARAFUSOS

ANDAIMES SUSPENSOS
Note que os parafusos são posiciona-
dos por baixo do mancal da Cabeceira.

Guincho Cabo Passante FORT


montado na Cabeceira da Plataforma

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 45


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

3.2.2. MOVIMENTAÇÃO DA PLATAFORMA


3.2.2.1. OPERANDO O GUINCHO
O Guincho Cabo Passante FORT oferece total segurança aos seus usuários.
Ao girar a Manivela dos dois guinchos simultaneamente, as engrenagens dos guinchos tracionarão os
cabos, o que fará com que a plataforma suba ou desça ao longo da construção.

Para que a Plataforma se movimente para cima ou para


baixo, é necessário que os dois operadores acionem
manualmente os dois guinchos, girando sempre as
manivelas no mesmo sentido que o outro operador.

ACIONAMENTO
DE SUBIDA
Girar as manivelas
para frente fará com
que a Plataforma suba.

Ao parar o acionamento dos Ginchos, a ACIONAMENTO


Plataforma cessará a movimentação e os DE DESCIDA
guinchos manterão a plataforma parada até
Girar as manivelas
o término da tarefa.
para trás fará com
que a Plataforma
desça.

Quando em repouso, as
manivelas devem manter a
posição vertical.

46 www.mills.com.br
3.2.3. DISPOSITIVO DE
TRAVAQUEDAS
O Dispositivo Travaquedas impede a queda de
uma plataforma, na eventualidade de rompimen-
to do cabo de içamento.

CAPACIDADE DE CARGA

500 kg
Carga máxima
por Travaquedas

O corpo interno do
Travaquedas possui formato

ANDAIMES SUSPENSOS
cônico que possibilita a
movimentação eficiente das
esferas para o travamento ou
liberação do cabo de aço.

O Travaquedas é um equipamento
independente de segurança de uso
obrigatório, conforme determinação
da Norma regulamentadora NR-18,
do Ministério do Trabalho.

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 47


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

3.2.3.1. FUNCIONAMENTO DO TRAVAQUEDAS


Note como as esferas na parte interna do travaquedas movi-
mentam-se auxiliadas pela tensão da mola.
C

Situação 1
B
Movimentação da plataforma
A
I. Durante a operação do guincho, o pistão (A) é mantido sob
tensão, ou seja, na posição inferior, por meio da alavanca (B)
ligada ao cabo de tração (C). Este mecanismo só atua enquanto
o cabo de tração (C) estiver tensionado, ou seja, sustentando a
carga da Plataforma.

C
E
Situação 2
B
Caso de rompimento do cabo de aço
I. Em caso de rompimento do cabo de tração (C), a alavanca do
A
Travaquedas (B) libera o pistão (A), que é empurrado para cima F
pela mola (D), travando então o cabo (E) através de esferas de G
aço (F), que permitem a movimentação do conjunto em torno
D
do cabo de aço, por meio do cone da parte interna do corpo
fixo (G) do Travaquedas.

II. O cabo de aço do Travaquedas (E) é travado por meio de


esferas de aço (F), que permitem a movimentação do conjunto
em torno do cabo, deslizando pela parte interna do corpo fixo F
(G) do Travaquedas.
G

É fundamental manter o sistema do Travaquedas sempre livre de concreto, a fim de


que os resíduos não prejudiquem o funcionamento do dispositivo.
Tão importante quanto, é assegurar a integridade dos cabos de aço, que deverão ser
observados frequentemente.

Jamais obstrua o funcionamento do Travaquedas, ele é sua garantia de segurança em


caso de rompimento do cabo de içamento.

48 www.mills.com.br
3.2.3.2. NIVELAMENTO DA PLATAFORMA
Os Travaquedas tem capacidade de suportar com segurança o impacto de queda da plataforma,
possuindo um sistema automático, que ao inclinar a plataforma mais que 15°, o mesmo prende o
cabo de aço, retendo toda a carga suspensa.

CERTO

Ao subir ou descer a Plataforma,


mantenha ela nivelada, operando
os dois Guinchos simultaneamen-
te para não acionar o Travaque-
das.

ERRADO
15°

Não permita inclinação maior


do que 15° na Plataforma, caso
esse limite seja ultrapassado, o
Travaquedas travará o cabo de
içamento impedindo a subida da

ANDAIMES SUSPENSOS
Plataforma.

3.2.3.3. LIBERANDO O TRAVAQUEDAS


Situação 1
I. Caso a plataforma incline na subida ou na descida, a ponto do Travaquedas ser acionado, dei-
xando o cabo de aço esticado e tensionado, interrompa imediatamente o acionamento das mani-
velas desse guincho.
II. Então, acione as manivelas do outro Guincho,
movimentando-o para cima, conforme posição ! TRAVAQUEDAS
ACIONADO
em que o Guincho travado se enontra, ou seja,
a liberação de um travaquedas se dá através da Para liberar o Guincho, é
movimentação do guincho oposto. Sendo ne- preciso também, acionar
cessário, essa operação poderá ser realizada lentamente a subida para
soltar o Travaquedas.
por apenas um operário.

LIBERANDO O
TRAVAQUEDAS
Acionar lentamente as
manivelas para a subida
no guincho que não está
travado. Assim possibilitará
o destravamento do
Travaquedas do guincho
outro guincho.

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 49


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

Guincho
CABO PASSANTE SUPER
1

CAPACIDADE DE CARGA

300 kg
Carga máxima
na plataforma

3 CABO DE
8 IÇAMENTO
Cabo de aço
galvanizado 8.00 mm
5 6x19+AF / RD
(5/16" – Alma de Fibra)

CABO DE
TRAVAQUEDAS
Cabo de aço
galvanizado 8.00 mm
6x19+AF / RD
(5/16" – Alma de Fibra)

2
7

1 Manivela de acionamento

2 Guia do cabo de içamento

5 3 Trinco

4 Trava de segurança
4
5 Corpo do guincho

6 Hastes de fixação
1
7 Acionador do travaquedas
6
8 Travaquedas

50 www.mills.com.br
3.3.1. MONTAGEM DO GUINCHO
NA CABECEIRA
Os guinchos Cabo Passante SUPER são facil-
mente fixados às Cabeceiras da Plataforma. Re-
pare que o Guincho é montado na Cabeceira de
modo que o Travaquedas fique voltado para o
lado externo da Plataforma.

MONTAGEM DO GUINCHO
!
Repare que a alavanca do Travaquedas
fica voltada para dentro da Plataforma.

A
FIXAÇÃO DO GUINCHO
Posicione as hastes (A) do Guincho
no mancal (B) da Cabeceira fixando-o
B com dois parafusos Ø 1/2" x 3" (C).

ANDAIMES SUSPENSOS

Guincho Cabo Passante SUPER montado


na Cabeceira da Plataforma

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 51


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

3.3.2. MOVIMENTAÇÃO DA PLATAFORMA


3.3.2.1. OPERANDO O GUINCHO
O Guincho Cabo Passante SUPER oferece total segurança aos seus usuários.
Ao girar a Manivela dos dois guinchos simultaneamente, as engrenagens dos guinchos tracionarão os
cabos, o que fará com que a plataforma suba ou desça ao longo da construção.

Para que a Plataforma se movimente para cima ou para


baixo, é necessário que os dois operadores acionem
manualmente os dois guinchos, girando sempre as
manivelas no mesmo sentido que o outro operador.

ACIONAMENTO DE
SUBIDA
Girar as manivelas
para frente fará com
que a Plataforma suba.

Ao parar o acionamento dos Ginchos, a ACIONAMENTO


Plataforma cessará a movimentação e os
guinchos manterão a plataforma parada até
DE DESCIDA
o término da tarefa. Girar as manivelas
para trás fará com
que a Plataforma
desça.

Quando em repouso, as
manivelas devem manter a
posição vertical.

52 www.mills.com.br
3.3.3. DISPOSITIVO TRAVAQUEDAS
O Dispositivo Travaquedas impede a queda de uma
plataforma, na eventualidade de rompimento do
cabo de içamento.

CAPACIDADE DE CARGA
Carga máxima
por Travaquedas 500 kg
O corpo interno do

ANDAIMES SUSPENSOS
Travaquedas possui formato
cônico que possibilita a
movimentação eficiente das
esferas para o travamento ou
liberação do cabo de aço.

O travaquedas é um equipamento
independente de segurança e de uso
obrigatório, conforme determinação
da Norma regulamentadora NR-18,
do Ministério do Trabalho.

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 53


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

3.3.3.1. FUNCIONAMENTO DO TRAVAQUEDAS


Note como as esferas na parte interna do travaquedas movimentam-se auxiliadas pela
tensão da mola.

Situação 1 B
Movimentação da plataforma
I. Durante a operação do guincho, o pistão (A) é mantido sob A
tensão, ou seja, na posição inferior, por meio da alavanca (B)
ligada ao cabo de tração (C). Este mecanismo só atua enquanto
o cabo de tração (C) estiver tensionado, ou seja, sustentando a
carga da Plataforma.

E C
Situação 2
Caso de rompimento do cabo de aço B

I. Em caso de rompimento do cabo de tração (C), a alavanca do A


Travaquedas (B) libera o pistão (A), que é empurrado para cima F
pela mola (D), travando então o cabo (E) através de esferas de G
aço (F), que permitem a movimentação do conjunto em torno
D
do cabo de aço, por meio do cone da parte interna do corpo fixo
(G) do Travaquedas.

II. O cabo de aço do Travaquedas (E) é travado por meio de


esferas de aço (F), que permitem a movimentação do conjunto
F
em torno do cabo, deslizando pela parte interna do corpo fixo
(G) do Travaquedas.
G

É fundamental manter o sistema do Travaquedas sempre livre de concreto, a fim de


que os resíduos não prejudiquem o funcionamento do dispositivo.
Tão importante quanto, é assegurar a integridade dos cabos de aço, que deverão ser
observados frequentemente.

Jamais obstrua o funcionamento do Travaquedas, ele é sua garantia de segurança


em caso de rompimento do cabo de içamento.

54 www.mills.com.br
3.3.3.2. NIVELAMENTO DA PLATAFORMA
Os Travaquedas tem capacidade de suportar com segurança o impacto de queda da plataforma,
possuindo um sistema automático, que ao inclinar a plataforma mais que 15°, o mesmo atua sobre o
cabo de aço, retendo toda a carga suspensa.

CERTO

Ao subir ou descer a Plataforma,


mantenha-a nivelada, operando
os dois Guinchos simultaneamen-
te para não acionar o Travaque-
das.

ERRADO
15°
Não permita inclinação maior
do que 15° na Plataforma, caso
esse limite seja ultrapassado, o
Travaquedas travará o cabo de
içamento impedindo a subida da
Plataforma.

ANDAIMES SUSPENSOS
3.3.3.3. LIBERANDO O TRAVAQUEDAS
Situação 1
I. Caso a plataforma incline na subida ou na descida a ponto do Travaquedas ser acionado, deixan-
do o cabo de aço esticado e tensionado, interrompa imediatamente o acionamento das manivelas
desse guincho.
II. Então, acione as manivelas do outro Guin-
TRAVAQUEDAS
cho, movimentando-o para cima ou para baixo,
conforme posição em que o Guincho travado se
! ACIONADO
enontra. Ou seja, a liberação de um travaque- Para liberar o Guincho, é
das se dá através da movimentação do guincho preciso também, acionar
oposto. Sendo necessário, essa operação pode- lentamente a subida para
soltar o Travaquedas.
rá ser realizada por apenas um operário.

LIBERANDO O
TRAVAQUEDAS
Acionar lentamente as
manivelas para a subida
no guincho que não está
travado. Assim possibilitará
o destravamento do
Travaquedas do guincho
outro guincho.

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 55


GUINCHOS MOTORIZADOS ELÉTRICOS
O guincho Elétrico é um equipamento destinado à condução vertical de uma plataforma de
trabalho ao longo da edificação e indicado para a execução de serviços que necessitem de
extrema rapidez e agilidade sem nenhum esforço do usuário. Suas principais utilizações
são em serviços de pintura, impermeabilizações, reformas externas, limpeza e execução de
fachadas.

ANDAIMES SUSPENSOS

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 57


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

Guincho
3
ELÉTRICO SUPER

7
9 CAPACIDADE DE CARGA

300 kg
Carga máxima
na plataforma
2
8

1 5 4
CABO DE
IÇAMENTO
Cabo de aço
Galvanizado 8.00 mm
6 x 19 + AACI/RD
(5/16" — alma de aço)

3 CABO DE
TRAVAQUEDAS
Cabo de aço
Galvanizado 8.00 mm
6x19+AF / RD
7 (5/16" – alma de Fibra)

8 2 9

1 Motor

2 Caixa de redução
5 3 Guia do cabo de içamento

4 Trinco

5 Corpo do guincho

6 Hastes de fixação

7 Acionador do travaquedas
6
8 Travaquedas
6 1
9 Freio magnético

58 www.mills.com.br
3.4.1. MONTAGEM DO GUINCHO NA CABECEIRA
O guincho Elétrico SUPER é facilmente fixado às Cabeceiras da plataforma. Repare que o Guincho é
montado na Cabeceira de modo que o Travaquedas fique voltado para o lado externo da Plataforma.

O Travaquedas é um equipamento independente de segurança e de uso obrigatório,


conforme determinação da Norma Regulamentadora NR-18, do Ministério do Trabalho.

C B

FIXAÇÃO DO
GUINCHO
Posicione as hastes (A)

ANDAIMES SUSPENSOS
do Guincho no mancal
(B) da Cabeceira fixan-
do-o com dois parafusos
Ø 1/2" x 3"(C).

Guincho Elétrico SUPER


montado na Cabeceira da Plataforma

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 59


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

3.4.2. DISPOSITIVO DE FIM DE CURSO


Este acessório é fixado próximo ao Travaquedas, na carcaça do Guincho e funciona desligando os
motores caso a plataforma ultrapasse o limite do cabo de aço de içamento durante a subida.

Cada plataforma deverá receber um motor equipado com o dispositivo.

DISPOSITIVO DE
FIM DE CURSO
Não é necessário que os dois
motores recebam o dispositivo
neste modelo de Guincho.

2
Guincho Elétrico
SUPER com Alavanca com roldana
destaque para 1
(Aciona o fim de curso)
o Dispositivo de
Fim de Curso 2 Chave / dispositivo fim de curso
3
3 Suporte do Dispositivo de fim de curso

60 www.mills.com.br
3.4.3. BATENTE DE FIM DE CURSO
O Batente de Fim de curso é um acessório que é fixado
próximo à junção do Cabo de içamento no topo da contrução.

Quando a Chave do Dispositivo de Fim de curso colide


com a chapa do Batente, o motor do guincho desliga
automaticamente, impedindo que o andaime suba além do
limite seguro.

ANDAIMES SUSPENSOS
DETALHE

B A

Passo 1
MONTAGEM DO BATENTE DE FIM DE CURSO

I. Posicione o rasgo do Batente no cabo de


içamento, próximo ao final do cabo.

II. Para fixá-lo ao cabo, coloque a presilha do


clipe e aperte as porcas.
B A
I II

SEGURANÇA DO GUINCHO
A chave (A) do dispositivo de Fim de curso
ao tocar o Batente (B), fixado no alto da
contrução desliga automaticamente
o motor do guincho.

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 61


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

3.4.4. PAINEL DE COMANDO


O Painel de comando é um acessório que acompanha as plataformas equipadas com Guinchos
Elétricos. Com ele o operador pode controlar com segurança a subida e descida da Plataforma ao
longo da contrução. Consulte informações de Operação do Painel de Comando nas páginas 66 e 67.

1 Suporte do painel de controle 1


2 Caixa do painel de controle

3 Tomada monofásica 220 v (2P+T)


2
4 Tomada chave de fim de curso 3
5
5 Botão de emergência - 2NF
7 8
6 Chave seletora - 3 posições 4
6
7 Botão impulso - SUBIDA

8 Botão impulso - DESCIDA

9 Plug 16A 3P+T - Energia Painel

10 Acoplamento 16A 3P+T - Guinchos


10 9 10

O Painel de comando recebe adesivos com a descrição do modo de uso para facilitar sua operação.
Leia atentamente as instruções. Para informações mais detalhadas da operação do Guincho, leia a
página a seguir.

62 www.mills.com.br
3.4.4.1. INSTALAÇÃO DO PAINEL DE COMANDO
A instalação do painel deve ser feita após a montagem da plataforma.

O painel de comando possui engates


que facilitam o posicionamento no
guarda corpo externo.

ANDAIMES SUSPENSOS
Passo 1 Passo 2
INSTALANDO O PAINEL NO GUARDA CORPO POSICIONANDO O PAINEL DE COMANDO

I. Posicione as alças de engate do Painel de co- I. Deixe o Painel próximo ao centro da platafor-
mando (A) nas Travessas horizontais do Guarda ma para facilitar o acesso de ambos operadores.
corpo externo (B) da plataforma.

I I

B Os cabos de força do painel de coman-


do que serão conectados aos motores
não devem ficar espalhados no lado
interno da plataforma.

Veja na página a seguir como


proceder com os cabos de força
do painel antes de conectá-los aos
motores.

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 63


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

3.4.5. LIGAÇÕES ESPECIFICAÇÕES ELÉTRICAS DO MOTOR


ELÉTRICAS
O esquema representa de modo geral Motor trifásico 220v 380v
todo o sistema de instalação elétrica.
O painel de comando (4) é ligado ao Frequencia de trabalho 60 hz 60 hz
quadro elétrico da obra (1) por meio
Potência 1,1 kW 1,1 kW
dos conectores (5). De acordo com a
voltagem da obra, deve-se empregar Velocidade de deslocamento 10m/min 10m/min
o tipo certo de conector (5).
Cabo de alimentação
4x6mm2 pp 5x2,5mm2 pp
Conectar os cabos (6) e (7), para ligar os (até 80 m comprimento)
motores (3) ao Painel de comando (4). Cabo de alimentação
4x6mm2 pp 5x2,5mm2 pp
(acima de 80 m de comprimento)
Conectar o cabo do Dispositivo de
*Acima de 100 m de comprimento consultar o Departamento de Engenharia.
fim de curso (2) ao Painel de co-
mando (4).
2

1
3 4 3

6 7
5

1 Painel elétrico da obra

2 Dispositivos de fim de curso

3 Guinchos Elétricos X-500

4 Painel de comando

5 Conectores

PARA UTILIZAÇÃO EM REDES DE 220V (16A)


Utiliza-se o cabo 4 x 6mm RST e
Terra de PLUGUE AZUL
contendo 3 fases e 1 neutro.

PARA UTILIZAÇÃO EM REDES DE 380V (32A)


Utiliza-se o cabo 5 x 2,5mm RSTN e
Terra de PLUGUE VERMELHO,
contendo 3 fases, 1 neutro e 1 terra.

64 www.mills.com.br
Passo 1 Passo 2
CONECTANDO OS CABOS DE FORÇA CONECTANDO OS CABOS
Os cabos de força do painel de comando I. Conecte o cabo da esquerda do painel de co-
! que serão conectados aos motores não
devem ficar espalhados no lado interno da
mando (A) ao Guincho esquerdo (B) e o cabo da
plataforma. direita do painel de comando (C) ao guincho da
direita;
I. Para isto, a sobra dos cabos (A) deve ser enro-
lada na haste central do guarda-corpo (B), con- II. Posicione firmemente os conectores;
forme mostra a figura, para que fiquem fixadas
à plataforma e não atrapalhe a locomoção dos
operários no andaime.

I I

B A
B
A
II

ANDAIMES SUSPENSOS
A alimentação elétrica dos andaimes motorizados SUPER deverá ser do tipo trifásica 3F+T,
220v/380v, conectada diretamente na tomada elétrica apropriada ou no quadro elétrico.

Os plugues de alimentação elétrica do andaime e dos motores deverão ser do tipo 3F+T/16A.

Os acoplamentos para conexão da alimentação dos motores deverão ser do tipo 3F+T/16A.

O cabo elétrico de alimentação do material elétrico deverá ser do tipo PP4x6mm1kV.

As carcaças dos motores dos guinchos A e B deverão estar aterradas no plugue de aterra-
mento da tomada de conexão dos mesmos.

A rede elétrica para a alimentação dos guinchos dos andaimes elétricos deverá estar ater-
rada conforme o sistema TN-S, devendo possuir um DISJUNTOR RESIDUAL DIFERENCIAL
protegendo o circuito de alimentação para os andaimes elétricos SUPER de acordo com a
NBR-5410/NR-10.

A caixa de comando dos motores do andaime elétrico SUPER deverá estar diretamente
aterrada no aterramento de proteção do sistema através de um cabo condutor terra, con-
forme o padrão da NBR-5410/NR-10.

Falta de aterramento poderá causar problemas no funcionamento do dispositivo de


proteção DR instalado no painel de controle.

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 65


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

3.4.6. OPERANDO O PAINEL DE COMANDO


Situação 1
LIGANDO E DESLIGANDO OS GUINCHOS

I. Para ligar o guincho e poder operá-lo, gire o botão de emergência (A) no sentido das setas, dese-
nhadas em baixo relevo, fazendo-o saltar para fora.

II. Para desligá-lo, basta apertar o botão (A).

I II

Conforme NR-18, item 18.15.45.3, ao


A A final do uso, o equipamento deve ser
desligado e protegido quando fora
de serviço.

Plataforma equipa-
da com Guinchos
Elétricos SUPER e
Painel de Controle

66 www.mills.com.br
3.4.6.1. MOVIMENTANDO A PLATAFORMA
O painel de comando possui uma chave seletora que ativa os guinchos separadamente ou os dois
simultaneamente para facilitar o deslocamento da plataforma.

CHAVE
SELETORA
Antes de apertar o
botão de SUBIDA ou
DESCIDA, posicione
a Chave seletora para
acionar o guincho
desejado. Veja
informações a seguir.

Situação 1 Situação 2 Situação 3


Quando posicionada em A, ati- Quando posicionada em A+B, Quando posicionada em B, ati-

ANDAIMES SUSPENSOS
va apenas o motor que está à ativa os dois motores simulta- va apenas o motor que está à
esquerda do painel. neamente. direita do painel.

Passo 1
MOVIMENTANDO A PLATAFORMA
Após posicionar a chave seletora na opção desejada, acionar os botões de subida ou descida.

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 67


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

3.4.7. FUNCIONAMENTO DO TRAVAQUEDAS


Note como as esferas na parte interna do travaquedas movimentam-se auxiliadas pela
tensão da mola.

C
Situação 1 B

Movimentação da plataforma
A
I. Durante a operação do guincho, o pistão (A) é mantido sob
tensão, ou seja, na posição inferior, por meio da alavanca (B)
ligada ao cabo de tração (C). Este mecanismo só atua enquanto
o cabo de tração (C) estiver tensionado, ou seja, sustentado a
carga da Plataforma.

E C
Situação 2
Caso de rompimento do cabo de aço B
A
I. Em caso de rompimento do cabo de tração (C), a alavanca do
F
Travaquedas (B) libera o pistão (A), que é empurrado para cima G
pela mola (D), travando então o cabo (E) através de esferas de
aço (F), que permitem a movimentação do conjunto em torno D
do cabo de aço, por meio do cone da parte interna do corpo fixo
(G) do Travaquedas.

II. O cabo de aço do Travaquedas (E) é travado por meio de


esferas de aço (F), que permitem a movimentação do conjunto F
em torno do cabo, deslizando pela parte interna do corpo fixo
(G) do Travaquedas.
G

É fundamental manter o sistema do Travaquedas sempre livre de concreto, a fim de


que os resíduos não prejudiquem o funcionamento do dispositivo.
Tão importante quanto, é assegurar a integridade dos cabos de aço, que deverão ser
observados frequentemente.

Jamais obstrua o funcionamento do Travaquedas, ele é sua garantia de segurança


em caso de rompimento do cabo de içamento.

68 www.mills.com.br
3.4.7.1. NIVELAMENTO DA PLATAFORMA
Os Travaquedas tem capacidade de suportar com segurança o impacto de queda da plataforma,
possuindo um sistema automático que, ao inclinar a plataforma mais que 15°, o mesmo atua sobre o
cabo de aço, retendo toda a carga suspensa.

CERTO

Ao subir ou descer a Plataforma,


mantenha-a nivelada, operando
os dois Guinchos simultanea-
mente para não acionar o Trava-
quedas.

15° ERRADO

Não permita inclinação maior


do que 15° na Plataforma. Caso
esse limite seja ultrapassado,
o Travaquedas travará o cabo
de aço impedindo a subida da
Plataforma.

ANDAIMES SUSPENSOS
3.4.7.2. LIBERANDO O TRAVAQUEDAS
Situação 1
I. Se a plataforma inclinar na subida ou na descida a ponto do Travaquedas ser acionado, deixan-
do o cabo de aço esticado e tensionado, interrompa imediatamente o acionamento do comando
desse guincho.
II. Então, acione o comando do outro Guincho,
TRAVAQUEDAS
movimentando-o para cima ou para baixo, con-
forme posição em que o Guincho travado se
! ACIONADO
enontra. Ou seja, a liberação de um travaque- Interrompa imediadamente o
das se dá através da movimentação do guincho acionamento deste guincho.
oposto. Caso necessário, essa operação pode
ser realizada por apenas um operário.

LIBERANDO O
TRAVAQUEDAS
Acionar lentamente o botão
de subida para o guincho
que não está travado. Assim
iniciará o destravamento
do Travaquedas do
outro guincho.

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 69


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

3.4.8. ACIONAMENTO MANUAL DE EMERGÊNCIA


O Guincho Elétrico SUPER é equipado com uma manivela para acionamento manual de emergên-
cia em caso de falta de energia.

Manivela de emergência.

A Manivela de
emergência acompanha
o Guincho Elétrico
SUPER e mantém-se
fixada à Cabeceira do
Guincho por meio de
braçadeira plástica.

Detalhe do freio motor do


Guincho Elétrico SUPER
sem a tampa para a
utilização da manivela de
emergência.

70 www.mills.com.br
Passo 1
Acionamento manual do guincho

! Sempre acione o botão de emergência antes de abrir a tampa protetora do freio motor.
Mesmo que a energia tenha sido interrompida. O acionamento do botão impede o risco
de choque elétrico caso a energia volte no momento do acionamento manual.
I. Solte a manivela de emergência (A) fixada na Cabeceira da Plataforma por meio de braçadeira plástica.

II. Em caso de pane elétrica ou falta de energia, retire a tampa protetora (B) do freio motor (algumas
tampas possuem parafusos tipo borboleta que dispensam uso de chave) para soltar os patrafusos sexta-
vados, utilize chave de boca 9/16" (C).
III. Detalhe do encaixe para a manivela no eixo do motor.

IV. Posicione a manivela (A) no encaixe do eixo do motor (D), tomando-se o cuidado de posicioar
corretamente o parafuso de fixação (E) da manivela no encaixe do eixo do motor.

I II III IV
A
B
A
E D

ANDAIMES SUSPENSOS
V. Fixar, o parafuso de fixação (E) da manivela de emergência na reentrância do eixo do motor.
VI. Girar a manivela (A) no sentido das setas para efetuar a descida manual da plataforma.

! JAMAIS GIRE AS MANIVELAS NO SENTIDO OPOSTO NO INTUITO DE SUBIR A PLATAFORMA

VII. Reposicione a tampa protetora (B) do freio motor, utilizando a chave de boca 9/16" (C).

! Reativar o botão de emergência para ligar o guincho.

V VI VII

E B

Relize a operação em ambos os guinchos simultaneamente para que a plataforma seja


baixada com segurança e eficiência na eventual falta de energia.

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 71


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

1 Guincho
ELÉTRICO X-500

CAPACIDADE DE CARGA

300 kg
Carga máxima
2 na plataforma

CABO DE IÇAMENTO
Cabo de aço
galvanizado 8.30 mm
6 5x19 +AF / RD
(cabo com identificação
7 de uma perna vermelha)

2
CABO DE
3 TRAVAQUEDAS
Cabo de aço
galvanizado 8.30 mm
5x19 +AF / RD
4 (cabo com identificação
de uma perna vermelha)

5
6

7
1 Orifício para encaixe do Volante

2 Freio Elétromagnético

3 Volante de emergência

4 Painel elétrico
CABO DE CABO DE IÇAMENTO
TRAVAQUEDAS Cabo de aço 5 Polia de tração e Redutor
Cabo de aço galvanizado 8.30 mm
galvanizado 8.00 mm 4x26 +AF / RD 6 Cárter de óleo
6x19+AF / RD (cabo com identificação de
(5/16" – Alma de Fibra) uma perna na cor vermelha) 7 Alavanca de emergência
(CABOS OBSOLETOS AINDA EM ESTOQUE EM ALGUMAS FILIAIS)

72 www.mills.com.br
3.5.1. MONTAGEM DO GUINCHO NA CABECEIRA
Os guinchos Elétricos X-500 são facilmente fixados às Cabeceiras das Plataformas, repare que o
Guincho é montado na Cabeceira de modo que a alavanca do Travaquedas fique voltada para o lado
interno da Plataforma.

O Travaquedas é um equipamento independente de segurança de uso obrigatório,


conforme determinação da Norma Regulamentadora NR-18, do Ministério do Trabalho.

B
C

ANDAIMES SUSPENSOS
FIXAÇÃO DO
GUINCHO
O guincho (A) é fixado
nas travessas centrais (B)
da Cabeceira por meio de
quatro parafusos (C).

Guincho Elétrico X-500 montado na


Cabeceira da Plataforma

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 73


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

3.5.2. DISPOSITIVO TRAVAQUEDAS


(BLOCSTOP) 4
O Travaquedas funciona travando o conjunto em
caso de: 1
3
5
►► rompimento do cabo de içamento; 2
►► desnivelamento da Plataforma durante a
subida ou descida;
►► falha do Guincho.
Ele é equipado com um sistema de mordentes
temperados de alta resistência. Cada um dos Tra- 5
vaquedas instalados no andaime tem capacidade
de suportar cargas de até 500 kg.

1 Guia do cabo

2 Roldana
3.3.2. FUNCIONAMENTO DO
3 Alavanca de acionamento TRAVAQUEDAS
4 Alça de segurança

5 Corpo do travaquedas

POSIÇÃO DE
TRAVAMENTO
A alavanca de
acionamento movimenta-
se fazendo com que os
mordentes pressionem
o cabo travando o
movimento da Plataforma.

Cabeceira com POSIÇÃO DE


detalhe para o REPOUSO
Travaquedas. A alavanca direcionada
para cima alivia a pressão
no cabo e permite que a
Plataforma se movimente
ao longo do cabo de aço.

74 www.mills.com.br
3.3.2.1. NIVELAMENTO DA PLATAFORMA
Os Travaquedas tem capacidade de suportar com segurança o impacto de queda da plataforma,
possuindo um sistema automático que, ao inclinar a plataforma mais que 15°, o mesmo atua sobre o
cabo de aço, retendo toda a carga suspensa.

CERTO

Ao subir ou descer a Plataforma,


mantenha-a nivelada, operando
os dois Guinchos simultanea-
mente para não acionar o Trava-
quedas.

ERRADO
15°

Não permita inclinação maior


do que 15° na Plataforma. Caso
esse limite seja ultrapassado,
o Travaquedas travará o cabo

ANDAIMES SUSPENSOS
de aço impedindo a subida da
Plataforma.

3.3.2.2. LIBERANDO O TRAVAQUEDAS


Situação 1
I. Se a plataforma inclinar na subida ou na descida a ponto do Travaquedas ser acionado, deixan-
do o cabo de aço esticado e tensionado, interrompa imediatamente o acionamento do comando
desse guincho.
TRAVAQUEDAS
ACIONADO
!
Interrompa imediadamente o
acionamento dos guinchos.

LIBERANDO O
TRAVAQUEDAS
Alguns Painéis de Comando
são equipados com Sensor
de desnivelamento outros
não. Veja como liberar o
Travaquedas nos dois tipos
de Painel nas páginas
82 e 83 deste manual.

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 75


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

3.5.3. DISPOSITIVO DE FIM DE CURSO


Cada Plataforma que comporta Guinchos Elétricos deverá estar equipada com Dispositivos de Fim
de curso, um para cada motor. Este equipamento fica fixado junto ao Travaquedas, na cabeceira da
plataforma e funciona desligando os motores caso a plataforma ultrapasse o limite do cabo de aço
de içamento durante a subida.

O desligamento acontece quando a alavanca do dispositivo toca o batente que é fixado no alto da
construção próximo ao limite do cabo de içamento.

DISPOSITIVO DE
FIM DE CURSO
Equipar as duas
Cabeceiras com o
dispositivo neste
modelo de Guincho.

2
1 Alavanca acionadora

2 Corpo do dispositivo

3 Cabo de força
3
4 Haste de fixação

Destaque para o Dispositivo de


Fim de Curso na Cabeceira
do Guincho X-500.

76 www.mills.com.br
3.5.3.1. BATENTE DE FIM DE CURSO
O Batente de Fim de curso é um acessório que é fixado
próximo à junção do Cabo de içamento no topo da contrução.

Quando a Chave do Dispositivo de Fim de curso colide


com a chapa do Batente, o motor do guincho desliga
automaticamente, impedindo que o andaime suba além do
limite seguro.

ANDAIMES SUSPENSOS
DETALHE

A
B

Passo 1
MONTAGEM DO BATENTE DE FIM DE CURSO

I. Posicione o rasgo do Batente no cabo de


içamento, próximo ao final do cabo.

II. Para fixá-lo ao cabo, coloque a presilha do


clipe e aperte as porca. B A

I II

SEGURANÇA DO GUINCHO
A chave (A) do dispositivo de Fim de curso
ao tocar o Batente (B), fixado no alto da
contrução desliga automaticamente
o motor do guincho.

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 77


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

3.5.4. PAINEL DE COMANDO


O painel de comando é acessório que acompanha as plataformas equipadas com Guinchos Elétri-
cos. Com ele o operador pode controlar com segurança a subida e descida da Plataforma ao longo
da construção.

O Painel de controle recebe adesivos com setas para facilitar sua operação. Leia atentamente as
instruções a seguir. Para informações mais detalhadas da operação.

1 Suporte do painel de controle 5 Botão ALINHAR (se equipado)

2 Caixa do painel de controle 6 Chave seletora - 2 posições

3 Botão de emergência 7 Botão impulso - SUBIDA

4 Botão de impulso - DESCIDA 8 LED de desalinhamento

4 6 7

5 8

78 www.mills.com.br
3.5.4.1. INSTALAÇÃO DO PAINEL DE COMANDO
A instalação do painel deve ser feita após a montagem da plataforma.

O painel de comando possui


engates que facilitam o posiciona-
mento no guarda corpo externo.

ANDAIMES SUSPENSOS
Passo 1 Passo 2
INSTALANDO O PAINEL NO GUARDA CORPO POSICIONANDO O PAINEL DE COMANDO

I. Posicione as alças de engate do Painel de co- I. Deixe o Painel próximo ao centro da platafor-
mando (A) nas Travessas horizontais do Guarda ma para facilitar o acesso de ambos operadores.
corpo externo (B) da plataforma.

I I

Os cabos de força do painel de coman-


do que serão conectados aos moto-
res, não devem ficar espalhados no
lado interno da plataforma.

Veja na página a seguir como


proceder com os cabos de força
B
do painel antes de conectá-los aos
motores.

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 79


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

3.5.5. LIGAÇÕES ELÉTRICAS


ESPECIFICAÇÕES ELÉTRICAS DO MOTOR
O esquema representa de modo geral todo o
sistema de instalação elétrica. O painel de co-
mando (5) é ligado ao quadro elétrico da obra (1) Motor trifásico 220v/380v
por meio dos conectores (6) que os interligam
Frequencia de trabalho 60 hz
através de uma caixa de disjuntores (2). De acor-
do com a voltagem da obra, deve-se empregar o Potência 1,1 kW
tipo certo de conectores (6).
Velocidade de deslocamento 10m/min
Conectar os cabos (7) e (8), para ligar os motores
(4) ao painel de comando (5). Cabo de alimentação
4x2,5mm2 pp
(até 80 m comprimento)
Conectar o cabo do Dispositivo de fim de curso Cabo de alimentação
4x4mm2 pp
(3) ao cabo (9) do Motor elétrico (4). (acima de 80 m de comprimento)

3 5 3
1
4 4

7 8
6

1 Painel elétrico da obra

2 Caixa de disjuntores

3 Dispositivos de fim de curso

4 Guinchos Elétricos X-500

5 Painel de comando

6 Conectores

PARA UTILIZAÇÃO EM REDES DE 220V


Utiliza-se o cabo 4 x 4mm RST e
Terra de PLUGUE AZUL
contendo 3 fases e 1 neutro.

PARA UTILIZAÇÃO EM REDES DE 380V


Utiliza-se o cabo 5 x 2,5mm RSTN e
Terra de PLUGUE VERMELHO,
contendo 3 fases, 1 neutro e 1 terra.

80 www.mills.com.br
Passo 1 I
CABOS DE FORÇA B
Os cabos de força do painel de comando
! que serão conectados aos motores não
devem ficar espalhados no lado interno da
plataforma.

I. Para isto a sobra dos cabos (A) deve ser enro-


lada na haste central do guarda-corpo (B), con-
forme mostra a figura, para que fiquem fixadas
à plataforma e não atrapalhe a locomoção dos
A
operários no andaime.

Passo 2
CONECTANDO OS CABOS
I. Conecte o cabo da esquerda do painel de comando (A) ao Guincho esquerdo (B) e o cabo da di-
reita do painel de comando (C) ao guincho da direita (D);

II. Posicione firmemente os conectores;

ANDAIMES SUSPENSOS
III. Gire a trava de segurança (E) até que o pino esteja preso ao clipe.

I II III

B A

B D

A C

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 81


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

3.5.6. OPERANDO O PAINEL DE COMANDO


Situação 1
LIGANDO E DESLIGANDO OS GUINCHOS

I. Para ligar o guincho e poder operá-lo, gire o botão de emergência (A) no sentido das setas, dese-
nhadas em baixo relevo, fazendo-o saltar para fora.

II. Para desligá-lo, basta apertar o botão (A).

I II

A
Conforme NR-18, item 18.15.45.3, ao
final do uso, o equipamento deve ser
desligado e protegido quando fora
de serviço.

Plataforma 3.5.6.1. MOVIMENTANDO


equipada com
A PLATAFORMA
Guinchos Elétricos
O painel de comando possui uma chave seletora
X-500 e Painel de
que ativa os guinchos separadamente em caso
Controle. de desnivelamento ou os dois simultaneamente
durante a subida ou descida para facilitar o deslo-
camento da plataforma.

CHAVE
SELETORA
Ao manter a Chave
seletora em posição
de descanso,
ambos os guinchos
serão acionados na
SUBIDA ou DESCIDA
da plataforma.

82 www.mills.com.br
Situação 1 Situação 2
Descida da Plataforma Subida da Plataforma
I. Para descer a Plataforma aperte o botão de I. Para subir a Plataforma aperte o botão de su-
descida (A) com a Chave seletora (B) na posição bida (C) com a Chave seletora (B) na posição
inicial. Ambos os motores serão acionados e a inicial. Ambos os motores serão acionados e a
plataforma descerá. plataforma subirá.

A B B C

3.5.6.2. SENSOR DE DESNIVELAMENTO


Alguns painéis de comando do Guincho Elétrico X-500 são equipados (opicionalmente) com sen-
sor de desnivelamento, que desliga o motor quando a plataforma está desnivelada. Este sensor
acende um Led vermelho como aviso aos operários que precisam nivelar a plataforma para conti-
nuar o trabalho.

Passo 1
Nivelando a Plataforma
I. Para nivelar a plataforma, o operário deve, ao

ANDAIMES SUSPENSOS
ver a luz vermelha (D) do Painel de Comando
acesa, apertar o botão de nivelamento (E) para
religar o painel.

II. O operador pode tentar elevar ou baixar


um dos lados da plataforma ativando um dos
motores.
D E
III. Caso o Travaquedas chegue a bloquear o
cabo de aço, o operador deverá realizar os pro-
cedimentos descritos na página 85 deste manual.

3.5.6.3. DESNIVELAMENTO — ACIONAMENTO MANUAL


Quando o Painel de Comando não está equipado com este sensor, o operador do Painel deve reali-
zar o procedimento manual sempre que perceber que a Plataforma está inclinando.

Passo 1
Nivelando a Plataforma
I. Para nivelar a plataforma, o operário deve, girar a Chave seletora (C) para o lado do guincho que
deseja acionar, deste modo será comandado cada um dos guinchos individualmente.

II. Mantendo a Chave seletora (C) nesta posição, acionar o botão de subida (A) ou descida (C) até
nivelar a Plataforma.

A B C

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 83


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

3.5.7. ACIONAMENTO MANUAL DE EMERGÊNCIA


O Guincho X-500 é equipado com dois dispositivos para acionamento manual de emergência em
caso de falta de energia. São eles: a alavanca auxiliar e o volante.

Estes dispositivos também podem ser utilizados para o desbloqueio do Travaquedas.

Volante

Alavanca auxiliar

Situação 1
Acionamento manual — Descida da Plataforma
I. Retire a Alavanca Auxiliar (A) presa na parte inferior do motor, presa por um cabo de aço.

II. Introduza a Alavanca Auxiliar (A) no orifício frontal (C) existente na parte superior do guincho.
Certifique-se que o seu companheiro na plataforma execute a mesma operação no outro motor.

III. Simultaneamente, os dois operadores empurram a alavanca auxiliar (A) para cima fazendo a pla-
taforma descer.

C
A
A

Se durante a descida da plataforma com a utilização da alavanca auxiliar o Travaquedas vier a blo-
quear a descida por desnivelamento (veja página 75 deste manual), o operário deverá fazer uso do
Volante para posteriormente nivelar a plataforma. Siga os paços da Situação 2.

84 www.mills.com.br
Situação 2
Destravando o Travaquedas
I. Remova a cobertura plástica (A) do orifício da I II
carenagem; A B
II. Solte o Volante (B) da haste metálica (C) que o
prende ao motor;
C
III. Introduza a haste do Volante (B) no orifício (D);

IV. Gire o Volante (B) para ambos os lados para


certificar-se de que está encaixado corretamente;
V. Em seguida, introduza no orifício (E) a Alavan-
ca Auxiliar (F); III IV
B B
VI. Puxe a Alavanca auxiliar (E) para cima ao
mesmo tempo em que gira o Volante (B) no senti- D
do horário. O guincho subirá alguns centímetros.

DETALHE

V VI

ANDAIMES SUSPENSOS
E B
F F

Após o destrave, utilize a descida com a Alavanca auxiliar, de modo a nivelar a plataforma.

Siga os procedimentos da Situação 1 na página anterior.

Com a plataforma nivelada, os operários poderão então voltar a acionar os motores de modo
consecutivo para a descer a plataforma até o nível desejado.

A cada intervalo, quando for preciso soltar o Volante para iniciar nova volta, solte primeira-
mente a Alavanca e só depois o Volante para que o freio não seja liberado, forçando a
descida da plataforma. Algumas voltas serão necessárias para destravar o Travaquedas.

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 85


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

4. RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA
Este procedimento tem por objetivo estabelecer e formalizar critérios para o desenvolvimento das
atividades e tarefas de montagem e desmontagem de andaimes nas unidades de produção.

Todas as atividades e tarefas do processo de montagem/desmontagem de andaime são


considerados trabalhos de alto risco, por se tratar também de tarefas em locais elevados, sendo
assim, este procedimento está direcionado a todos os profissionais que exercem atividade de
montagem ou são usuários de andaime de acesso.

A preocupação, com o processo de montagem/desmontagem de andaime está em assegurar,


para o montador e seus usuários, segurança e a qualidade da estrutura a ser montada, utilizada e
desmontada. Com essa preocupação a Mills divide o processo de montagem/desmontagem em
uma sequencia de atividades subdivididas em tarefas.

4.1. SEGURANÇA, EPI's* E FERRAMENTAS


No processo de montagem/desmontagem e utilização de andaimes é obrigatório o uso dos Epi's
básicos e ferramentas, tais como: Capacete de segurança com jugular, botas de segurança com
biqueira de aço, luvas, óculos de segurança, protetor auricular de inserção ou abafador, cinto de
segurança . Vide os itens a seguir.

EPI'S BÁSICOS
ATENÇÃO
USO OBRIGATÓRIO!

Luvas Óculos de Protetor auricular de


segurança inserção ou abafador

Capacete de segurança Botas de segurança com Cinto de segurança E.P.I.


com jugular biqueira de aço

O usuário deve certificar-se e as outras ferramentas, que deve ser transportada


em porta-chaves (caçapa) e estar amarrada com cordas de polipropileno.

*
EPI's -Equipamento de Proteção Individual

86 www.mills.com.br
5. MEDIDAS OBRIGATÓRIAS 16) Verifique antes da operação se tanto o cabo
DE SEGURANÇA de alimentação elétrica quanto os cabos de aço
possuem comprimento suficiente para atender a
1) As condições de trabalho, fixação e operação altura do prédio.
de seu equipamento, devem ser verificadas obri-
gatoriamente antes do início da utilização. 17) Certifique-se que o diâmetro do cabo de aço
disponível está correto para atender tanto o tra-
2) Certifique-se de que o andaime não esteja vaquedas quanto o guincho elétrico.
montado próximo demais da rede elétrica.
18) Ao final da jornada de trabalho, desligue e
3) Não inicie a operação do andaime sem a sua cubra os guinchos elétricos com uma capa pro-
liberação, pela Assistência Técnica ou pelo en- tetora.
genheiro responsável da obra.
19) Todo o pavimento sob a área de trabalho da
4) Nunca se apóie no guarda-corpo. plataforma deverá ser isolado para prevenir o
acesso de pessoas não autorizadas.
5) Quando estiver subindo ou descendo o andai-
me, faça-o com total atenção. 20) Os pontos de fixação do andaime deverão
suportar três vezes a capacidade do guincho.
6) Não acione exageradamente um só guincho,
evitando a inclinação demasiada da plataforma. 21) Nunca apóie o guincho sobre os cabos de
aço quando estiver próximo ao solo.
7) Não é permitido mais que duas pessoas so-
bre a plataforma dos Guinhos Elétricos, além do 22) Utilize um estrado firme para apoiar o andaime
material necessário ao serviço. A carga máxima quando estiver sobre o piso (ver figura a baixo).
admissível do andaime é de 300kg.

ANDAIMES SUSPENSOS
8) Não trabalhe sobre andaimes em situações de
chuva ou ventania.

9) Não deixe materiais, ferramentas e utensílios


de trabalho sobre o andaime após o serviço. Fixe
o andaime à fachada com corda ou cabo de aço,
evitando os movimentos oscilatórios.
piso
10) Mantenha a roldana do trava-quedas isenta
de detritos para que se mova livremente.

11) É expressamente proibida a violação dos andaime


componentes mecânicos do andaime. Caso ob-
serve qualquer irregularidade, chame imediata-
mente a Assistência Técnica da Mills.

12) É proibida a interligação de plataformas.

13) Não utilizar o equipamento em locais conten- 23) Utilize contrapesos para manter os cabos es-
do atmosfera com gases potencialmente explo- ticados, evitando a torção sobre eles, o que im-
sivos. pedirá seu grimpamento no interior do guincho
(ver página 32 e 33).
14) Verifique diariamente o estado dos cabos de
aço, eles devem estar sempre afastados de qui- 24) Verifique diariamente as condições de fixa-
nas vivas e livres de nós, torção, danificação e ção dos cabos, na parte superior da estrutura,
emendas. EM HIPÓTESE ALGUMA LUBRIFIQUE onde se está executando o trabalho.
OS CABOS DE AÇO.
25) Não permita jatos d’água sobre os motores,
15) Verifique regularmente as condições do dis- painel de comando e tomadas.
positivo elétrico de Fim-de-curso.

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 87


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

6. DESCRIÇÃO DE COMPONENTES

CÓDIGO
ITEM PESO (kg)
SAP

Cabeceira CP Plataforma FORT

2001456 27,440

Guardacopo externo — Plataforma FORT

2,00 metros 2001448 26,07


3,00 metros 2001450 37,24

Guardacorpo interno Plataforma FORT

2,00 metros 2001449 20,59


3,00 metros 2001451 30,46

88 www.mills.com.br
CÓDIGO
ITEM PESO (kg)
SAP

Piso — Plataforma I

2,00 metros 2001452 29,15


3,00 metros 2001453 43,38

Cabeceira Plataforma Met. Modular T-500

2001455 27,44

ANDAIMES SUSPENSOS
Cabeceira Plataforma modular

CP SUPER 2001494 12,95


Elétrico SUPER 2002123 19,81

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 89


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

CÓDIGO
ITEM PESO (kg)
SAP

Cabeceira para Guincho Elétrico X-500

2001406 15,00

Guarda corpo externo Plataforma met. Modular

2,00 metros 2001442 26,07


3,00 metros 2001444 37,24

Guarda corpo interno Plataforma met. modular

2,00 metros 2001443 20,59


3,00 metros 2001445 30,46

90 www.mills.com.br
CÓDIGO
ITEM PESO (kg)
SAP

Piso — Plataforma II

2,00 metros 2001457 29,15


3,00 metros 2001458 43,38

Afastador metálico simples

2001341 7,8

ANDAIMES SUSPENSOS
Afastador metálico duplo

2001509 8,3

Chapa de ligação

2000741 0,15

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 91


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

CÓDIGO
ITEM PESO (kg)
SAP

Guincho CP T-500

Com cabos de 45 metros 2001438 24,73


Com cabos de 60 metros 2001437 27,94
Com cabos de 100 metros 2001435 36,50
Com cabos de 120 metros 2001439 40,78

Guincho CP FORT com Travaquedas

2001441 22 Kg

Guincho CP SUPER

2001440 22 Kg

92 www.mills.com.br
CÓDIGO
ITEM PESO (kg)
SAP

Guincho Elétrico SUPER

2001145 35,10

Painel Comando Elétrico SUPER

2001430 9,00

ANDAIMES SUSPENSOS
Dispositivo de Fim de Curso

2001425 3,00

Guincho Elétrico X-500

2001404 39,00

Painel de comando 220V

MILLS ESTRUTURAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA S.A. 93


MANUAL DE UTILIZAÇÃO | ANDAIMES SUSPENSOS

CÓDIGO
ITEM PESO (kg)
SAP

2001405 9,00

Blocstop Tirak

2003224 5,00

Dispositivo de Fim de Curso

2001425 3,00

Batente de Fim de Curso Jahu Elétrico

1,04

2001428

94 www.mills.com.br
ANOTAÇÕES
________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________.
ANOTAÇÕES
________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________.
ENGENHARIA
NACIONAL
ANDAIMES SUSPENSOS

Com presença em
vários estados, a Mills
Segmento de obras residenciais,
Edificações mantém
equipes capacitadas a
comerciais, industriais e offshore,
auxiliar no planejamento oferecendo uma linha completa de
da obra, detalhamento
de projeto, supervisão acessórios para todas as soluções.
de montagem e fornecer
orientação técnica.

mills.com.br

Você também pode gostar