Você está na página 1de 5

Qual o rendimento térmico de uma instalação de vapor que é constituída de uma turbina de

20000 CV, e consome energia de carvão com poder calorífico de 7000 Kcal/kg, sabendo-se que
o rendimento é de 90% e o rendimento da caldeira é de 75%. Dados cv.h = 632,41 Kcal.

𝐾𝑐𝑎𝑙 𝐾𝑐𝑎𝑙
20000𝑐𝑣 = 12648200 ∗ Ƞ 𝑇 = 14053355,56
ℎ ℎ
14053355,56
Como a caldeira tem rendimento de 75%, então o consumo combinado é =
0,75%
𝐾𝑐𝑎𝑙
18738074,07 𝐾𝑔

= 2676,87
7000 ℎ

12648200
Ƞ𝑇 = = 0,675
18738074

OU

Ƞ𝑻 = Ƞ𝒄𝒐𝒎𝒃 ∗ Ƞ𝒄𝒂𝒍𝒅 = 𝟎, 𝟕𝟓 ∗ 𝟎, 𝟗 = 𝟎, 𝟔𝟕𝟓%

Existem 5 elementos que caracterizam os geradores de vapor, a saber:

a) Pressão de regime
É a máxima pressão de trabalho permitida
b) Pressão de prova
É a pressão de teste hidrostático conforme ASME
c) Capacidade de evaporação
É a qualidade do vapor que a caldeira pode produzir por m² de superfície
d) Superfície de aquecimento
É a superfície de troca térmica
e) Volume da fornalha
É o espaço onde ar e combustível produzem o calor

Quando um corpo recebe calor sem que sua temperatura varie, podemos afirmar que o calor
é:

( x ) Latente ( ) Sensível ( ) Específico variável ( ) Molar ( ) De fusão

Qual a diferença entre caldeira aquatubular e flamotubular e qual é a mais eficiente:

Flamotubular – gases dentro dos tubos

Aquatubular – gases externamente ao tubo

A mais eficiente e o menor volume é aquatubular


Para atendimento das normas de segurança, qual pressão deve ser adotada na caldeira de teste
hidrostático.

Segundo a ASME tem que ser no mínimo 1,5 vezes a pressão do regime

Explique o funcionamento do pré aquecedor de ar de alimentação na caldeira, justificando


tecnicamente a viabilidade do sistema?

É um trocador de calor que aproveita o calor dos gases de combustão com o objetivo de aquecer o ar
da admissão da caldeira, necessitando menos combustível

O que você entende por balanço térmico de um sistema de geração de vapor

É um controle térmico permanente das condições de utilização, manutenção e consumo de


combustível, com objetivo de diminuir custos com produção e consumo de combustível.

Como se classificam as caldeiras, segundo a NR-13 (tipo A B e C)

a) caldeiras da categoria A são aquelas cuja pressão de operação é igual ou superior a 1960 kPa

b) caldeiras da categoria “C” são aquelas cuja pressão de operação é igual ou inferior a

588 KPa e o volume interno é igual ou inferior a 100 litros;

c) caldeiras da categoria “B” são todas as caldeiras que não se enquadram nas categorias anteriores

Quais os dispositivos indispensáveis numa caldeira e cuja falta enseja a caracterização de


situação de risco grave e iminente?

 Válvula de segurança
 Manômetro (indicador de pressão)
 Injetor de água
 Sistema de drenagem
 Sistema de indicação de nível de água

Quem pode ser considerado operador de caldeira?

Aquele que satisfizer pelo menos uma das seguintes condições:

a) possuir certificado de "Treinamento de Segurança na Operação de Caldeiras" e comprovação de


estágio

b) possuir certificado de "Treinamento de Segurança na Operação de Caldeiras" previsto na NR 13


c) possuir comprovação de pelo menos 3 (três) anos de experiência nessa atividade, até 08 de maio
de 1984.

Considerando o aproveitamento energético de subprodutos

O poder calorífico superior (PCS) de um subproduto pode ser estimado pela seguinte equação
empírica

𝒌𝒋
𝑷𝑪𝑺 = 𝟏𝟗𝟔𝟎𝟓 − 𝟏𝟗𝟔, 𝟎𝟓 ( 𝒖𝒎𝒊𝒅𝒂𝒅𝒆 %) − 𝟏𝟗𝟔, 𝟎𝟓( 𝒄𝒊𝒏𝒛𝒂𝒔 %) − 𝟑𝟏, 𝟏𝟒(𝒃𝒓𝒊𝒙 %)
𝒌𝒈

𝑘𝑗 𝑘𝑗
𝑃𝐶𝑆 = 19605 − 196,05 (0,4) − 196,05( 0,05 ) − 31,14(0,02) = 19516,15
𝑘𝑔 𝑘𝑔

Sobre o anterior. Faça uma estimativa da economia anual, expressa em kWh para uma
indústria que possa queimar 1 tonelada por dia de subproduto, e laborar 24h por dia durante
300 dias/ano, considerando que o PCI= 0,9 de PCS.

𝑘𝑗 𝑘𝑗
19516,15 ∗ 0,9 = 17564,53
𝑘𝑔 𝑘𝑔

𝑘𝑔 𝑘𝑗
300 𝑑𝑖𝑎𝑠 ∗ 1000 ∗ 19516 = 5.269.361.769 𝑘𝑗
𝑑𝑖𝑎 𝑘𝑔

𝑘𝐽
5.269.361.769 ÷ 3600 = 1.463.712,773 𝐾𝑤ℎ
𝑎𝑛𝑜

Como melhorar o rendimento térmico das caldeiras fabricadas por uma empresa. Cite 3
alterações técnicas que você faria nesses equipamentos com o objetivo de atender a solicitação
do contratante.

- Aproveitamento do condensado para aquecimento da água da alimentação

- Aumento do ar da combustão

- Redução da temperatura dos gases de combustão

O que pode ocorrer com uma caldeira se a mesma estiver trabalhando com o nível de água
muito alto?

Ocorre arrastamento, principalmente para demandas de vapor muito grandes

Se o vapor é utilizado como vetor energético nas mais diversas aplicações certamente ele deve
ter suas vantagens e conveniências para justificar tal emprego. Tem e elas são:

1 - libera calor à temperatura constante simplificando o controle das instalações de troca térmica;
2 - A água necessária à sua produção ainda é abundante e relativamente mais barata que outras
alternativas, além de quimicamente estável e inofensiva;

3- Possui bom poder calorífico e boas condições entálpicas fazendo com que tubulações de diâmetros
relativamente pequenos possam transportar quantidades significativas de energia;

4 - Limpo, inodoro, insípido, não inflamável, não Comburente e atóxico no caso de vazamentos;

5 - Tanto pode ser usado para produção de calor de processo como de potência elétrica ou mecânica;

6 – Controle e distribuição relativamente fáceis: sistema de tubulações, válvulas, acessórios e


instrumentos pouco sofisticados.

Para operar e lidar com sistemas envolvidos na produção e distribuição de vapor é usual
recorrer ao uso de tabelas e diagramas que contém dados relativos a esse vetor energético tão
importante nas aplicações industriais. Os mais utilizados são:

a) Diagramas p-v e T-v

b) Diagrama T-s

c) Diagrama h-s

Considere um ciclo de um sistema de produção industrial de vapor para acionamento de uma


turbina onde uma caldeira gera 10000 kg//h de vapor saturado a 12 kgf/cm². Este vapor é
injetado numa turbina de condensação de baixa pressão para geração de energia elétrica por
intermédio de um gerador. Após a passagem o vapor está a 2 kgf/cm², passa por um
condensador que resfria à agua a 96ºC, que é bombeada para a caldeira, calcule a produção
desse vapor:

PCI da lenha= 3050 Kcal/h

a) O calor adicionado pela caldeira (considere rendimento de 75%)


b) O calor rejeitado pelo condensador
c) O trabalho da turbina considerando rendimento de 90%
d) A eficiência térmica da instalação

𝑘𝑔𝑓 𝑘𝐽 𝑘𝑔𝑓 𝑘𝐽
12 = 1176,79 𝑘𝑃𝑎 → ℎ1 = 2784,09 2 = 196,13 𝑘𝑃𝑎 → ℎ2 = 501,94
𝑐𝑚² 𝑘𝑔 𝑐𝑚² 𝑘𝑔

𝑘𝑔 1𝑘𝐽 𝑘𝐽 𝑘𝑐𝑎𝑙
𝑄𝑐 = 𝑚𝐶𝑝∆ℎ = 10000 ∗ 2282,15 𝑜𝑢 545,96
ℎ 𝑘𝑔°𝐾 𝑘𝑔 ℎ
𝑘𝐽 𝒌𝑱
𝑄𝑡 = 2282,15 ∗ 0,75 = 𝟏𝟕𝟏𝟏, 𝟔𝟏
𝑘𝑔 𝒌𝒈

ℎ96℃ 𝑠𝑎𝑡 =

𝑘𝐽 𝑘𝐽 𝑘𝐽
𝑄𝑟𝑒𝑗 = 501,94 − 402,56 = 99,38
𝑘𝑔 𝑘𝑔 𝑘𝑔

O que é um purgador e qual a sua função em uma rede de vapor

Válvula autônoma que drena o condensado automaticamente de um invólucro que contenha vapor e
que ao mesmo tempo permaneça vedado para o vapor vivo, ou se necessário, que permita que o vapor
flua à uma taxa controlada ou estabelecida. A maioria dos purgadores de vapor também passará gases
não condensáveis enquanto permanecem vedadas ao vapor vivo.

OU

Um purgador é uma chave automática que se abre para permitir a saída de gases que condensam e
não condensam do sistema, mantendo o vapor puro, o que permite que ele seja reaproveitado.É um
componente vital do sistema de vapor, pois possibilita a transferência de calor, não permitindo que
as impurezas se prendam neste.

Você também pode gostar