Você está na página 1de 5

Cálculo – Técnicas de Derivação

Fala pessoal, tudo bem? Hoje vamos aprender um pouco sobre técnicas de derivação da disciplina de Cálculo.

Vamos começar com as notações.As notações podem ser encontradas nessas duas formas:

ou
O que significa a apóstrofe no f?
A apóstrofe significa que a função é uma derivada de primeira ordem, ou seja, foi derivada apenas uma vez.
Depois de visto os tipos de notações, agora é o momento das técnicas de derivação.
Elas podem ser divididas em 7 regras + a regra da cadeia.

As técnicas de derivação
1) Regra da Constante

A derivada de uma função constante de número real será sempre 0.

Exemplo:

2) Regra da Identidade
A derivada da função identidade será sempre igual a 1.

Exemplo:

3) Regra da Potência
Subtrai 1 do expoente e desce o expoente original multiplicando o x.

Exemplos:
4) Regra da Homogeneidade
A regra da homogeneidade é similar a da potência, a diferença é que precisa multiplicar a constante pelo expoente.

Exemplo:

5) Regra da Soma
Quando existe mais de um elemento (somando ou subtraindo) na função para resolver é só aplicar a regra da
homogeneidade em cada elemento.

Exemplo:
6) Regra da Multiplicação

Na regra da multiplicação a seguinte fórmula é adotada:

Relaxa! Vamos explicar como funciona em um exemplo.


Exemplo:

Perceba que uv é uma multiplicação, ou seja, podemos chamar um termo de u e o outro de v, como demonstrado
abaixo:

Após definir qual termo será u e qual será v, é preciso fazer a derivada de cada um:
Agora, vamos jogar na Fórmula:

Depois da estrutura montada, é a hora de aplicar a distributiva:

Agora é só somar os elementos com expoentes iguais e organizar em ordem decrescente de expoente:

Viu?! Não é tão complicado!


7) Regra do Quociente

Na regra do quociente também existe uma fórmula, que é:

Exemplo:

Na regra do quociente, o u e o v podem ser definidos pela ordem em que ambos se encontram na estrutura, como no

exemplo abaixo:
Depois de definido o u e o v, vamos derivá-los: Agora é só jogar
na fórmula:

Aplicando a distributiva e colocando em ordem decrescente de expoente:

 Regra da Cadeia – Quando o expoente da expressão é diferente de 1.

Exemplo:

1 Passo: Aplicar a regra da Homogeneidade:

2 Passo: Considerar a expressão igual a u e derivar:


3 Passo: Multiplicar a função por u’:

4 e último Passo: Multiplicar o u’ pelo 100, pois o seu expoente é 1: