Você está na página 1de 23

  www.drmequipamentos.com.

br | 1
DRM EQUIPAMENTOS - Locações e Vendas de
Equipamentos para Construção Civil
• INSTITUCIONAL:
A DRM - Locações e Vendas de Equipamentos corresponde à grande evolução na
indústria da construção brasileira, oferecendo soluções concretas e seguras para o seg-
mento. Além disso, os equipamentos passaram a ser fatores de custo e grande benefício
nas construções, favorecendo a execução dos serviços com eficiência e segurança.
Fundada em 1999, em Maringá-PR, a empresa busca constantemente adequar as
necessidades dos clientes ao fornecimento de produtos da mais alta tecnologia do merca-
do, corroborando assim, a um atendimento excepcional e seguro.

TECNOLOGIA E SEGURANÇA
Com fabricação própria, a DRM Equipamentos conta com uma equipe de profissionais capaci-
tados e com grande conhecimento do segmento, além de possuir uma estrutura equipada com
tecnologia de alto desempenho. Buscamos, assim, atender a todo tipo de projeto, pensando
sempre na facilidade e satisfação do cliente.

Os produtos e equipamentos da DRM possuem diferencias técnicos que facilitam a execução das obras e se-
guem rigorosamente aos requisitos estipulados pela NR18. Dessa forma, temos o compromisso de garantir a segu-
rança e qualidade dos serviços, sendo, portanto, referência nesse segmento.

2 | www.drmequipamentos.com.br
ANDAIMES

Andaimes são essenciais para qualquer


construção, pois facilitam a movimentação
do trabalhador e de materiais, aumentan-
do o rendimento do serviço.

  www.drmequipamentos.com.br | 3
ç a m e n t o ! ANDAIME DOBRÁVEL
Lan
A DRM lançou este modelo pensando na facilidade e praticidade na hora
do uso. Com o diferencial de ser dobrável, o andaime utiliza menos espaço, e
assim, pode ser empregado em lugares pequenos e de difícil acesso.

Possui simples montagem e desmontagem, além de fácil transporte . Ideal


para pintores, gesseiros, eletricistas e construtores em geral!

• Tubos de aço carbono


Acessórios complementares:
- Plataforma
- Guarda-corpo
- Rodízio

detalhe: Plataforma recalcada.

1,50 m
Obs.: A montagem do Andaime
deve ser feita por profissional quali-
ficado, utilizando cinto de segurança
tipo paraquedista. 1,50 m
0,65 m
Facilidade na hora de armazenar

Diferenciais Técnicos
O RIAL DE CÁLC
U MANUAL
EM
A.R.T. DE

LO
MONTAGEM

4 | www.drmequipamentos.com.br
ANDAIME FACHADEIRO

O Andaime Fachadeiro é o mais indicado para traba-


lhos em fachadas industriais e prediais.
Devido a sua versatilidade e facilidade de montagem,
o produto atende às necessidades do operador de forma
prática e funcional, possibilitando a circulação em diversos
níveis e com total segurança.

Acessórios complementares:
- Guarda-corpo
- Plataforma Dimensões
- Rodapé 1,20 m
- Sapata ,00
m
-2
orpo
aC
ard
Gu

2,00 m
• Montagem com barras
de travamento - garante
uma estrutura mais rígida e
resistente.

Diferenciais Técnicos
RIAL DE CÁLC
Obs.: A montagem do Andaime
O MANUAL
EM U
deve ser feita por profissional quali-
A.R.T. DE
M

LO

MONTAGEM ficado, utilizando cinto de segurança


tipo paraquedista. • Tubos de aço carbono

  www.drmequipamentos.com.br | 5
ANDAIME INDUSTRIAL (NR-18)

O Andaime Industrial NR-18 é eficaz para qualquer moda- Acessórios complementares:


lidade de serviço em altura, proporcionando ao usuário uma es- - Plataforma
trutura altamente funcional e de qualidade. - Guarda-corpo
A montagem é realizada com um sistema de travamento em - Rodízio / Sapata
diagonal, o que garante ao equipamento mais rigidez e estabili-
dade. Além disso, possui painéis com escada incorporada e guar-
da-corpo, oferecendo absoluta segurança ao usuário.

Espiga: possibilita a junção


• Tubos de aço carbono dos painéis para montagem
do andaime.

a
Diferenciais Técnicos
D
O RIAL E CÁLC
U MANUAL
EM
A.R.T. DE

LO
M
b MONTAGEM


a (comp.) x b (altura) c (trava X)
Painéis

1,00 m x 1,50 m 0,5 m; 0,7 m;


1,50 m x 1,00 m 1 m; 1,2 m;
1,50 m x 1,50 m 1,5 m.

6 | www.drmequipamentos.com.br
ç a m e n t o !
ANDAIME MULTIDIRECIONAL
Lan
• Tubos de aço carbono Versatilidade, robustez e resistência
em um só equipamento.

O sistema de Andaime Multidirecional é versátil e possui


componentes que não se limitam a estruturas retas, permitindo
sua utilização em diversas formas e variados ângulos.

Além de segurança e resistência, a praticidade na instalação


permite que o equipamento seja montado e desmontado por
apenas uma pessoa, oferecendo rapidez e economia de mão-de
-obra.

Sistema de montagem tipo


CUNHA – possibilita uma
prática instalação em várias
direções.

Obs.: A montagem do Andaime


deve ser feita por profissional quali-
ficado, utilizando cinto de segurança
tipo paraquedista.

• Opção de uso em Diferenciais Técnicos


serviços de escora- D
RIAL E CÁLC
mento. EM
O U MANUAL

A.R.T. DE
LO
M

MONTAGEM

  www.drmequipamentos.com.br | 7
ANDAIME TUBULAR

O Andaime Tubular possui encaixes perfeitos com um siste-


ma de travamento em diagonal, o que possibilita uma estrutura
rígida e resistente, além da máxima segurança ao usuário.

Prático e funcional, o Andaime é de simples manuseio e com


uma montagem fácil, garantindo maior rendimento ao usuário.

• Tubos de aço carbono


• Capacidade de carga
(plataforma completa): 600 kg

Acessórios complementares:
- Rodízio / Sapata
- Guarda-corpo
- Plataforma
- Escada Obs.: A montagem do Andaime
deve ser feita por profissional quali-
ficado, utilizando cinto de segurança
tipo paraquedista.

Diferenciais Técnicos a
a (comp.) x b (altura)
1,00 m x 1,00 m A.R.T.
Painéis

b
b
1,00 m x 1,50 m
RIAL DE CÁLC
1,50 m x 1,00 m
O U MANUAL
EM
M

LO DE
1,50 m x 1,50 m MONTAGEM

8 | www.drmequipamentos.com.br
ESCORAMENTO

Equipamentos com a função de Es-


coramento aumentam a qualidade das
lajes e vigas, pois proporcionam uma
sustentação mais adequada e precisa.

  www.drmequipamentos.com.br | 9
TORRE DE ESCORAMENTO

O sistema de escoramento através de Torres é apropriado para lajes e vigas com alturas e cargas eleva-
das. É possível ainda, utilizar o sistema junto com escoras metálicas para sustentações pontuais, aliando-se
resistência e versatilidade.

A regulagem de maior precisão se faz na


base e no topo, através de sapatas e forcados.
Ambos são reguláveis por um sistema de ros-
ca milimétrica com ajustes de até 30 cm em
cada extremidade.

Espiga: possibilita a Obs.: A montagem das Tor-


junção dos painéis para res deve ser feita por profissional
montagem da torre. qualificado, utilizando cinto de se-
gurança tipo paraquedista.

• Tubos de aço carbono

Diferenciais Técnicos
O RIAL DE CÁLC
EM U MANUAL

A.R.T.
M

LO

DE
MONTAGEM

a
a (comp.) x b (altura) c (trava X)
Painéis

1,00 m x 1,50 m 0,5 m; 0,7 m;


b
1,50 m x 1,00 m 1 m; 1,2 m;
1,50 m x 1,50 m 1,5 m.
c

10 | www.drmequipamentos.com.br
ESCORAS METÁLICAS

O Sistema de Escoramento Metálico proporciona maior eficiência e agilidade


na construção, com economia de tempo e ganho significativo na qualidade da laje.
Além disso, por ter um sistema de encaixe rápido e seguro, a montagem é
prática, otimizando o rendimento da mão-de-obra.

Regulagem precisa
Regulagem de 10 em 10 cm através do pino de
segurança, além de ajuste milimétrico pela cane-
Anel de Proteção da rosca ca roscada.
Evita acúmulo de sugeiras (res-
pingos de concreto) na rosca,
facilitando a desforma.
Base Reforçada (caneleira)
Protege a base da escora na
hora da montagem, evitando
danificações (amassos).

Diferenciais Técnicos
D
O RIAL E CÁLC
U MANUAL
EM
A.R.T. DE
LO
M

MONTAGEM

Fechada Aberta Fechada Aberta


Capacidade
Dimensões

de Carga

1,50 m - 2,90 m 1800 kg - 1200 kg


1,80 m - 3,20 m 1500 kg - 1080 kg
1,90 m - 3,70 m 1400 kg - 940 kg

  www.drmequipamentos.com.br | 11
APRUMADOR

Práticos e resistentes, os aprumadores da DRM tem


a finalidade de manter alinhados fôrmas de pilares, vi-
gas e paredes. Assim, impedem que ocorram eventuais
deformações durante a concretagem, otimizando a qua-
lidade do serviço e garantindo um excelente resultado.

Suportes de apoio inferior e superior - permitem fixação


com parafusos, pregos ou em barras de ancoragem.

Montagem de Aprumador em Barra de Ancoragem.


• Tubos de aço carbono

Diferenciais Técnicos
MEDIDAS
A.R.T.
Fechado Aberto (máx.)
2,75 m 3,00 m O RIAL DE CÁLC
U MANUAL
EM
3,25 m 3,50 m DE
M

LO

MONTAGEM

12 | www.drmequipamentos.com.br
TRANSPORTE VERTICAL

Equipamentos de Transporte Vertical são


de grande utilizade na obra, pois agilizam a
movimentação de materiais entre as lajes,
garantindo maior rendimento no serviço.

  www.drmequipamentos.com.br | 13
ELEVADOR DE OBRA
ELEVADOR 1.0 O modelo 1.0 foi desenvolvido para ELEVADOR 2.0 - Transporte de materias ou passageiros
- Transporte de materiais proporcionar maior produtividade e segu- - Cap. de carga: 1000 kg / 10 pessoas
- Cap. de carga: 600 kg rança no transporte vertical de materiais.
O Elevador 2.0 além de ser mais
complexo, é equipado com diferenciais
técnicos e de segurança que possibili-
INFORMAÇÕES TÉCNICAS: tam o transporte de passageiros.
- Capacidade de carga: 600 kg
- Velocidade média: 40 m/min. INFORMAÇÕES TÉCNICAS:
- Altura máxima permitida 30 m - Capacidade de carga: 1000 kg
- Freio motor e freio trava-quedas (acio- - Velocidade média: 35 m/min.
namento automático por afrouxamento - Altura máxima permitida 120 m
do cabo de tração) - Freio motor e freio tipo cunha
Guincho: Guincho:
- Motor f 42 / 7,5cv com motofreio - Motor f 60 / 15cv com motofreio
- Frequência: 60 Hz. - Frequência: 60 Hz.
- Rotação nominal: 1800 rpm. - Rotação nominal: 1800 rpm.
- Tensão nominal: 220/380/440 V. - Tensão nominal: 220/380/440 V.
- Peso aproximado: 300 kg. - Peso aproximado: 550 kg.
- Tensão do freio: 220 V. - Tensão do freio: 220 V.
- Freio automático eletromagnético. - Freio automático eletromagnético.
- Sistema completo de rêles fim de - Sistema completo de rêles fim de
curso e de nivelamento. curso e de nivelamento.
Cabo de Aço: Cabo de Aço:
- Diâmetro do cabo 1/2”. - Diâmetro do cabo 5/8”.
- Carga máxima para ruptura de - Carga máxima para ruptura de
aproximadamente 4000 kgf. aproximadamente 6000 kgf.
- Peso aproximado 0,8 kg/m. - Peso aproximado 1,1 kg/m.

Diferenciais EM
O
D
RIAL E CÁLC
U MANUAL

A.R.T. DE
LO
M

Técnicos MONTAGEM

14 | www.drmequipamentos.com.br
BALANCIM (AND. SUSPENSO)
Os Balancins da DRM oferecem mais mobilidade e praticidade na execução dos serviços verticais da
obra. São ideais para rebocos, reformas, serviços de limpeza, pinturas de fachadas, entre outros, garantin-
do maior agilidade e segurança ao operário.
Módulos do Balancim
A montagem é modular, ou seja, acopla-se módulos
que variam de 1,00 a 3,50 metros, podendo resultar
em estruturas de até 6m.
1,00 m 1,50 m

Máquina de Tração
O içamento é acionado por meio de duas
2,00 m 2,50 m
manivelas que provocam a rotação das po-
lias, movimentando o cabo de aço.

3,00 m
Freio automático TRAVA QUEDAS
CAPACIDADE DE
CARGA: 300 kg
O trava quedas objetiva impedir a
queda do andaime, na eventualidade
para qualquer módulo, ou união destes, de rompimento do cabo de içamento 3,50 m

conforme especificado pela NR-18.

DiferenciaisTécnicos
D
RIAL E CÁLC
AFASTADOR (opcional) Opção de Balancim EM
O U MANUAL

Tem como função manter o cabo de aço para cantoneiras A.R.T. DE

LO
M
MONTAGEM
afastado da fachada na medida necessária.

  www.drmequipamentos.com.br | 15
BALANCIM INDIVIDUAL (CADEIRINHA)

O Balancim Individual é um equipamento que permite um rápido des-


locamento vertical, com simples manuseio e total segurança ao usuário.
Ideal para trabalhos em fachadas, pinturas, limpezas, dentre outros, a
Cadeirinha fornece apoio para que o trabalhador tenha liberdade de mo-
vimentos e facilidade em manusear os produtos para executar as tarefas.

SEGURANÇA:
- Cabo de segurança independente
- 2 cabos de aço (conforme NR18)
- Sistema de Trava Quedas (com
acionamento automático)

MÁQUINA DE TRAÇÃO
- Cabo de aço passante (conforme
indicado)
- Tampa de abertura: permite rápida
inspeção diária

Diferenciais Técnicos
• Ergonomia:
A cadeirinha permanece nivelada com o peso do operador
A.R.T.
• Capacidade de carga: 150 kg
• Peso aproximado: 35 kg (incluindo a máq. de tração) O RIAL DE CÁLC MANUAL
EM U
• Máquina de Tração: Possui certificado de ensaio Estático DE
M

LO

e Dinâmico. MONTAGEM

16 | www.drmequipamentos.com.br
MINI GRUA n ç a m e n t o!
La
A Mini Grua é um equipamento de operação simplificada, destinado à movimentação
vertical de materiais na construção civil. De fácil instalação, a Mini Grua é altamente versátil,
possibilitando sua realocação dentro da construção de forma prática e rápida.

Capacidade máx. de
- Sensor Fim de Curso:
- Alça de movimentação
- Botoeira com botão de
carga: 500 kg
emergência e proteção
anti-choque.
Possibilidade de uso
no Poço do Elevador

- Trava de Movimento:
A opção destravada
permite giro de 360‌°
da carga.

Opção de lança prolongada:


até 2 metros
• TRIPÉ PROLONGADOR (opcional)
Possibilita o transporte de materiais
para a laje acima da qual o equipa-
mento está instalado. Diferenciais Técnicos
- Velocidade de elevação: 25 m/min
- Peso líquido: 210 kg A.R.T.
- Angulação de giro: 360° em torno do eixo central
RIAL DE CÁLC
- Motor: Trifásico 3 CV com Moto Freio 220/380V EM
O U MANUAL

LO
DE
- Cabo de aço: 19X8 AA Não Rotativo IPS MONTAGEM

  www.drmequipamentos.com.br | 17
ACESSÓRIOS E SEGURANÇA

Acessórios e dispositivos de segu-


rança são fundamentais na constru-
ção, pois facilitam a execução dos ser-
viços e evitam acidentes de trabalho.

18 | www.drmequipamentos.com.br
BANDEJA DE PROTEÇÃO
As Bandejas de Proteção são equipamentos essenciais
Bandeja Primária em construções elevadas, sendo de uso obrigatório em
obras acima de 4 pavimentos ou estrutura equivalente.
Tem como objetivo impedir que objetos em queda livre
atinjam o chão, evitando acidentes no térreo da obra

Bandeja Secundária A plataforma principal de proteção é instalada


na altura da 1ª laje ou, no mínimo, a um
pé-direito acima do nível do terreno.

Os modelos Secundários são instala- Diferenciais Técnicos


RIAL DE CÁLC
dos a cada 3 andares a partir do cin- EM
O U MANUAL

A.R.T. DE

LO
turão de Bandejas Primárias. MONTAGEM

FORCADO E SAPATA
Forcados são acessórios de encaixe utiliza- Sapatas são fundamentais em Andaimes
Forcado Simpes e Duplo
dos em estruturas de Escoramento. Possuem e Torres, nas situações de montagem onde o
rosca de 30 cm para regulagem, garantindo um terreno é irregular. Dessa forma, faz-se o ajuste
ajuste com maior precisão na montagem. de até 30 cm pela rosca, nivelando a estrutura.

  www.drmequipamentos.com.br | 19
CRUZETA
Cruzetas são acessórios montados na
parte superior das escoras metálicas. Tem
como finalidade assegurar um melhor posicio-
namento do escoramento na viga, garantindo
maior precisão e segurança à concretagem.

GARFO DE TRAVAMENTO
O Garfo de Travamento tem a função de travar
seguramente as fôrmas provisórias de vigas, a fim de
não ceder com a pressão do concreto.
É montado na parte superior das escoras metáli-
cas e tem a possibilidade de uso associado ao Guarda
Corpo de Periferia.

PLATAFORMA SUSPENSA
Plataformas Suspensas são
eficazes na montagem de pilares
periféricos, pois há situações em que
é difícil a movimentação do traba-
lhador, assim o acessório facilita a
execução do serviço.
Diferenciais Técnicos
D
O RIAL E CÁLC
U MANUAL
EM
A.R.T. DE
LO
M

MONTAGEM

20 | www.drmequipamentos.com.br
BARRA DE ANCORAGEM
Barras de Ancoragem são ideais para
suportar as pressões do concreto contra as
paredes das fôrmas de pilares e vigas. Pro-
porcionam um travamento rígido e seguro, ga-
rantindo mais qualidade ao serviço.
O conjunto é formado pela barra roscada
(tirantes lisos com rosca trapeizodal de 5/8”)
e duas porcas borboletas flangeadas de 7 cm.

• Dimensões variam de 0,40 a 1,40 m.

GRAVATA DE PILAR
Gravatas de Pilar são estruturas me-
tálicos que auxiliam a sustentação das
formas na concretagem. São usadas jun-
tamente com Barras de Ancoragem, as
quais fazem a fixação dos suportes.

• Dimensões variam de 0,50 a 3,00 m.

  www.drmequipamentos.com.br | 21
SARGENTO

Presilhas do tipo Sargento são utilizadas para


o travamento das fôrmas laterais com o fundo da
viga. Seu uso proporciona um perfeito alinha-
mento da estrutura provisória, garantindo maior Montagem de Sargento acoplado ao
suporte Guarda Corpo.
qualidade na hora da concretagem.

GUARDA CORPO DE PERIFERIA

Guarda Corpos periféricos são equipamentos de uso obrigatório em construções


elevadas, pois auxiliam na proteção coletiva contra quedas e demais acidentes.
Todos os modelos seguem rigorosamente às normas de segurança, possuindo 1,20m
de altura para o travessão superior, 0,70m para o intermediário e 0,20m de rodapé.

Guarda Corpo fixo: O suporte é fixado Guarda Corpo regulável: promove fixação Guarda Corpo associado: É acoplado ao Garfo de
diretamente na laje. envolvendo toda a lateral da viga. Travamento de caixarias, apoiado em escora metálica.

22 | www.drmequipamentos.com.br
  www.drmequipamentos.com.br | 23

Você também pode gostar