Você está na página 1de 23

Introdução ao SAP Enterprise Core Component

Sobre este módulo


Duração: 30 Minutos
Conhecimento do módulo

 Acesso ao sistema SAP


 Navegação na tela de Easy Access
 Utilização de campos e múltiplas sessões
Público-alvo

 Consultor de aplicação
 Consultor de suporte
 Consultor de tecnologia
 Gerente de projeto
 Stakeholder do projeto
 Usuário empresarial
 Usuário final
 Superusuário/usuário-chave/usuário avançado

Sobre este tópico


O SAP Enterprise Core Component oferece funcionalidades para negócios
analíticos, financeiros, gestão de capital humano, operações e serviços
corporativos permitindo aumento de produtividade, melhoria de perspectiva
empresarial e ganho da adaptabilidade necessária para acelerar estratégias de
negócios. Para começar a utilizar o sistema SAP, é importante entender como
navegar devidamente no sistema.
Tempo estimado para a conclusão deste tópico: 10 Minutos
Objetivo(s)

 Efetuar logon no sistema SAP


 Alterar senha
 Efetuar logoff do sistema SAP

Sobre este tópico


Após fazer o logon no sistema SAP, a tela inicial que você verá é a Easy
Access. Nesta lição, iremos examinar o layout e os componentes da tela SAP
Easy Access.
Tempo estimado para a conclusão deste tópico: 10 Minutos
Objetivo(s)

 Usar a tela SAP Easy Access


 Navegar na estrutura SAP Tree
Um sistema SAP possui diversos componentes fundamentais:

1. Barra de menu: A barra de menu é a linha superior de qualquer janela


principal no sistema da SAP. Os menus mostrados dependem da aplicação
que você está utilizando. Estes menus podem ainda incluir menus em
cascata.
2. Barra de ferramentas: A barra de ferramenta padrão é idêntica em todo o
sistema SAP. Todos os ícones da barra de ferramenta padrão são exibidas
na tela SAP. Entretanto, os ícones da barra de ferramenta padrão só são
ativos quando estão disponíveis para a aplicação atual - ícones
indisponíveis aparecerão acinzentados e não poderão ser utilizados.
Observe que se o balão de ajuda estiver ativo no seus sistema, você pode
colocar o cursor sobre um ícone e o sistema exibirá o nome ou função do
ícone. E, se for o caso, a definição de tecla de função correspondente
também será exibida.
3. Barra do título: A barra do título nomeia a função que você está usando no
momento e o auxilia a identificar em que parte do procedimento você está.
4. Barra de ferramentas da aplicação: A barra de ferramentas da aplicação
exibe os ícones disponíveis na aplicação que você está utilizando. Ícones
diferentes aparecem na barra de ferramenta da aplicação dependendo da
aplicação.
5. Barra de status: A barra de status fornece informações gerais sobre o
sistema da SAP e a transação ou tarefa em que você está trabalhando. O
sistema de mensagens são exibidas em adição a informação do servidor e
a informação de status.
6. Principais ícones de navegação
Ícone Função

Entrar: O ícone Entrar validará os dados e o sistema continuará com


o próximo passo lógico.

Gravar: O ícone Gravar gravará o documento e atualizara o banco


de dados.

Voltar: O ícone Voltar retornará uma tela.

Sair: O ícone Sair encerrará as transações atuais e sairá da tela


atual. Se nenhuma aplicação for aberta, o ícone Sair se tornará o
ícone de logoff e será utilizado para abandonar o sistema SAP.
Ícone Função

Cancelar: O ícone Cancelar irá cancelar a atividade ou transação em


andamento.

A SAP Tree padrão exibe uma hierarquia dos menus disponíveis no sistema da
SAP e é a ferramenta para acessar as transações SAP. A SAP Tree
compreende os seguintes elementos:

1. Ícone de menu SAP: O ícone do menu SAP pode ser usado para comprimir
a árvore e fechar os itens no menu.
2. Áreas de trabalho: A SAP Tree padrão está organizada em áreas de
trabalho lógicas. As áreas de trabalho são apresentadas em uma ordem
que segue um típico fluxo de processos empresariais, e não em uma ordem
alfabética. A árvore fornece um menu que contém uma pasta para cada
área de trabalho. Por exemplo, escritórios, logística, contabilidade e
recursos humanos são áreas de trabalho. O que você vê na árvore varia
dependendo de sua organização.
Setas: Quando você clica nas setas, isso expande e comprime pastas e
subpastas. Quando as pastas são fechadas, a seta apontará para a direita.
Quando as pastas forem abertas, a seta apontará para baixo.

3. Pastas: A pesquisa de pastas exibe as subpastas e os itens de transação.


Diversas subpastas podem ser usadas com uma pasta para organizar os
itens de transação.
4. Transações: Transações são funções executáveis que atualizam e exibem
informações do banco de dados. As transações serão exibidas na árvore
assim que um menu de pasta for totalmente expandido. É possível iniciar
transações ao se clicar duas vezes na caixa branca próxima ao nome da
transação. Para alguns itens, é possível usar tanto as estruturas de árvore
quanto os ícones para acessar a transação.

Sobre este tópico


A navegação pelo sistema SAP o levará a telas de transação individuais. As
transações são os locais onde você efetuará a maior parte do trabalho no
sistema SAP. As telas são compostas por combinações de campos. É possível
trabalhar com mais de uma transação simultaneamente usando múltiplas
sessões.
Tempo estimado para a conclusão deste tópico: 10 Minutos
Objetivo(s)

 Navegar entre campos na tela SAP


 Criar várias sessões.
Elementos de telas diferentes incluem:

1. Entrada: Campos de entrada são utilizados para inserir textos ou selecionar


um valor da lista.
2. Campos de seleção: Campos de seleção são utilizados com campos de
seleção múltiplos.
3. Botão de rádio: Botões de rádio são usados com campo de seleção únicos
(você pode selecionar uma opção).

Os três tipos de controles de entradas para campos são:

1. Obrigatório: A entrada de dados é necessária para continuar com o


processamento de uma transação. Campos obrigatórios frequentemente
são indicados com uma caixa e com marcação dentro do campo (isto pode
variar dependendo da transação ou da empresa).
2. Exibição: Os dados serão preenchidos automaticamente nestes campos.
Não é possível sobrescrever a informação nestes campos.
3. Opcional: A entrada de dados não é necessária para continuar com o
processamento de uma transação.

Use as funções do teclado para se mover entre campos:

 As teclas para cima e para baixo para se mover entre campos.


 A tecla Tab para avançar ao próximo campo
 As teclas Shift e tab para voltar ao campo anterior
 As teclas esquerda e direita para se mover em um campo

Agora que Alisa está mais familiarizada com os componentes e estrutura SAP,
ela tem mais confiança e percebe as possibilidades de como efetuar suas
tarefas de modo mais eficiente no sistema.
Alisa pode criar uma nova sessão a qualquer momento enquanto estiver no
sistema. Ela pode criar uma nova sessão ao clicar em Nova sessão. O número
máximo de sessões por logon é seis.

Navegação entre sessões:

1. Mantenha pressionada a tecla Alt e aperte a tecla Tab. Uma caixa de


diálogos aparece com os nomes das sessões abertas.
2. Pressione a tecla Tab até que a sessão desejada seja destacada.
3. Solte a tecla Alt.
A sessão selecionada se torna a janela ativa ao ir para a frente de todas as
outras.
Crie até seis sessões:

1. Cada sessão é independente das outras.


2. Fechar a primeira sessão não faz com que se fechem as outras sessões.
3. Qualquer sessão pode ser fechada ao se clicar em Sair em sua barra de
ferramentas padrão.

Funções de ajuda e personalização SAP

Sobre este módulo


Duração: 40 Minutos
Conhecimento do módulo

 Utilização das funções de ajuda


 Utilização do status de mensagem
 Utilização da Biblioteca SAP e da Ajuda para aplicação
 Utilização de favoritos
 Utilização de links da web
 Personalização de layout/opções local
Público-alvo

 Consultor de aplicação
 Consultor de suporte
 Consultor de tecnologia
 Gerente de projeto
 Stakeholder do projeto
 Usuário empresarial
 Usuário final
 Superusuário/usuário-chave/usuário avançado

Sobre este tópico


O sistema SAP oferece diversos recursos que podem ser utilizados para
auxiliar no trabalho.
Nesta lição, você examinará o campo específico de ajuda SAP. Este tipo de
ajuda oferece:

 Informação sobre valores permitidos para um campos específicos, menus,


funções e mensagens.
 Você também aprenderá como pesquisar valores permitidos.
Tempo estimado para a conclusão deste tópico: 10 Minutos
Objetivo(s)

 Acessar a ajuda de campo específico F1 e F4

 Para o campo relevante, a ajuda F1 fornece informações de aplicação e


técnicas (tais como parâmetro ID).

 Como uma alternativas ao F1, você também pode clicar em Ajuda .

1. Em primeiro lugar, Jean-Pierre deve clicar para colocar o cursor no campo


em questão.
2. Com o cursor devidamente localizado, ele pode utilizar a tecla F4 no alto do
teclado para obter ajuda.

 A utilização da ajuda F4 pode ter gerado uma longa lista de valores


permitidos pelo campo local
 Para localizar um valor específico para um campo, você pode utilizar a
ajuda F4 e efetuar a busca.

 Jean-Pierre clica em para executar a busca.

1. Se inserir esta informação de restrição: Queb*


2. Sua pesquisa informará:
 Todas as localizações de Quebec
 Quaisquer outras localizações com "queb" no título

Funções de ajuda e personalização SAP

Sobre este tópico


O sistema SAP oferece diversos recursos que podem ser utilizados para
auxiliar no trabalho. Um desses recursossão as mensagens de status. As
mensagens de status oferecem informações sobre o sistema ao usuário.
Nesta lição, iremos examinar os três tipos de mensagens de status que podem
ser vistas ao se trabalhar no sistema SAP.
Tempo estimado para a conclusão deste tópico: 5 Minutos
Objetivo(s)

Trabalhar com mensagem de status


Três tipos de mensagem de status
Transcrição de áudio
Conforme você trabalha no sistema SAP. você verá mensagens aparecerem na
barra de status de sua janela. A barra de status fornece informações sobre a
transação ou tarefa em que você está trabalhando. É importante compreender
o que essas mensagens significam e como você deve reagir a elas.
Existem três tipos de mensagens de status. Jean-Pierre, em sua primeira
semana usando o sistema SAP, já viu cada um deles. Você pode ver as
mensagens que ele recebeu.

Mensagem
Descrição
de status

Mensagem de erro: Você verá uma mensagem de erro

denotada por se você inseriu os dados solicitados


incorretamente ou tentou efetuar uma ação que não é mais
permitida. Você deve corrigir o erro antes de continuar com seu
trabalho. Exemplo:
Neste exemplo, Jean-Pierre digitou sua senha incorretamente.

Mensagem de advertência: Você verá uma mensagem de

advertência denotada por: se você tentou inserir um dado


que não é recomendado pela SAP. Você deve ter atenção com
a mensagem de aviso, mas é possível continuar com o trabalho
sem resolver o problema. Exemplo:
Neste
exemplo, o modo de comunicação padrão 'Telefone' não foi
mantido quando Jean-Pierre fez o logon pela primeira vez. Ele
pode continuar sem efetuar nenhuma alteração nesta tela, mas
o sistema SAP não reconhecerá o modo de comunicação nem
agirá sobre ele.

Mensagem informativa: Você verá uma mensagem informativa

denotada por se houver informação pertinente sobre uma


ação efetuada. Exemplo: Neste
exemplo, Jean-Pierre pode ver que conseguiu gravar com
sucesso sua informação.
Sobre este tópico
Outro recurso útil que pode ser utilizado para lhe auxiliar no trabalho é a
biblioteca de aplicação SAP. Esta biblioteca contém diversas informações
específicas para sua versão SAP e inclui um glossário.
Nesta lição, examinaremos a biblioteca de aplicação SAP e como podemos
utilizá-la para facilitar o trabalho.
Tempo estimado para a conclusão deste tópico: 5 Minutos
Objetivo(s)

Acessar a Biblioteca SAP e a Ajuda para aplicação

Este é o momento perfeito para utilizar a informação fornecida na biblioteca


SAP. Jean-Pierre pode acessar a biblioteca e ler sobre a criação de uma
nova sessão.
É possível acessar a biblioteca selecionando Ajuda → Biblioteca SAP.

Como demonstrado, Jean-Pierre efetuou as seguintes etapas para descobrir o


que "área de vendas" significa:

1. Clique em Glossário para abri-lo


2. Selecione a letra A.
3. Pagine a lista exibida para a letra A onde o termo está localizado.
4. Clique no termo "área de vendas".

Sobre este tópico


Outra ferramenta que o sistema SAP proporciona pode lhe ajudar a terminar o
trabalho de modo mais eficiente. Os favoritos permitem a personalização de
uma lista com transações, arquivos e endereços de internet que você usa com
mais frequência. Eles oferecem acesso rápido ao itens que você costuma usar.
Nesta lição, iremos examinar como criar e usar um favorito no sistema SAP.
Tempo estimado para a conclusão deste tópico: 5 Minutos
Objetivo(s)

Criar um favorito
Os seguintes tipos de ordem podem ser iniciados na pasta favoritos:

Transações
Arquivos de documentos
Endereços da Internet
Nota

Todas as transações ou funções no sistema possuem um nome técnico


referente ao código de transação ou CódigoT.
Um favorito é um item que você deseja acessar em uma etapa ao invés
de navegar pelo caminho do menu. Você pode adicionar um favorito a
sua pasta de favoritos utilizando diversos métodos.
Os favoritos podem ser organizados em pastas e você pode processá-
los na tela SAP Easy Access utilizando o menu Favoritos.

Rolar a tela para obter mais informações

Criar um favorito:

Arraste e solte para adicionar um favorito: Você pode adicionar uma


transação ao seu menu de favoritos clicando e arrastando. Primeiro, clique
para selecionar um item de menu executável utilizando o mouse. Depois,
mantenha o botão do mouse pressionado e arraste o item para a posição
desejada no seu menu favoritos. Soltar o botão do mouse. O novo item
aparecerá abaixo da posição onde você o largou.
Utilizando o ícone para criar: Você pode adicionar uma transação ao seu
menu de favoritos utilizando o ícone. Primeiro, selecione a transação.
Depois, clique no ícone adicionar favoritos. O novo item aparecerá no seu
menu favoritos.
Utilizando o menu suspenso: Você pode adicionar uma transação ao seu
menu de favoritos utilizando o menu suspenso. Primeiro, vá até a transação
no menu padrão SAP. Depois, selecione a transação com um único clique.
Selecione os favoritos. Por fim, selecione Adicionar no alto da janela. O
novo item aparecerá no seu menu favoritos.
Exclua um favorito:

Utilizando o ícone para excluir: Você pode excluir um favorito de seu menu
de favoritos abrindo-o. Primeiro, escolha o favorito a ser excluído com um
único clique. Depois, clique no ícone Excluir favoritos. O item é excluído do
menu favoritos.

Sobre este tópico


Outro grande recurso no sistema SAP é a capacidade de estabelecer links com
a internet pela tela Easy Access.
Tempo estimado para a conclusão deste tópico: 5 Minutos
Objetivo(s)

Criar um link para web no sistema SAP


Para criar um endereço ou arquivo, selecione favoritos → Adicionar
outros objetos.

Cuidado

Por favor, observe que só é possível utilizar as funções dos links da


web no sistema SAP se você puder acessar os arquivos locais de seu
navegador.

Rolar a tela para obter mais informações

Sobre este tópico


No SAP, é possível controlar como certos itens aparecerão na tela após o
logon. Também é possível determinar o modo de exibição das mensagens de
status e de ajuda. Configurar essas opções adequadamente pode ser útil para
que você trabalhe no SAP com mais eficiência.
Nesta lição, você examinará em detalhes como personalizar ou modificar estas
opções baseadas em suas preferências pessoais.
Tempo estimado para a conclusão deste tópico: 10 Minutos
Objetivo(s)

Personalizar opções
Você pode perceber, ao trabalhar com o sistema SAP, que você deseja
personalizar sua interface de usuário. Você pode alterar:

O formato de data
A notação decimal
A impressora de uso habitual
O idioma de logon
O fuso horário em que você se encontra
A transação exibida após o logon
A maioria dos usuários tem tendência a modificar apenas os três primeiros
itens na lista de acordo com sua preferência pessoal. Qualquer item não
alterado permanecerá definido no padrão do sistema.
Estas configurações podem ser modificadas ao selecionar Sistema → Perfil do
usuário → dados próprios da barra de menu.

Opções para personalizar o layout local


Transcrição de áudio
Jean-Pierre selecionou Sistema → Perfil do usuário → Dados próprios na barra
de menu, e a tela Manter perfil do usuário apareceu.
Na página da guia Padrão, ele pode personalizar um número de opções de
layout. As seleções feitas por Jean-Pierre na página da guia Padrão se tornam
suas configurações padrão. Uma vez gravado, elas aparecerão da maneira
escolhida, sempre que ele acessar o sistema. Vamos observar as
configurações que Jean-Pierre pode modificar:

1. Menu iniciar
2. Idioma de logon
3. Dispositivo de saída
4. Fuso horário pessoal
5. Representação decimal
6. Formato da data

Vamos observar as configurações que Jean-Pierre pode modificar.

1. Menu inicial: Caso deseje que uma transação SAP em particular seja
exibida assim que entrar no sistema, você pode inserir o número da
transação no local. Por exemplo, já que Jean-Pierre frequentemente
reserva salas para treinamentos e outras reuniões, ele pode digitar o
número de transação para reservas de salas aqui (PP30).
2. Idioma de logon: este campo normalmente é selecionado para o idioma
padrão que sua empresa selecionou. Entretanto, você pode alterar o idioma
de acordo com sua preferência. Apenas você verá esta mudança na sua
tela. Por exemplo, a IDES possui escritórios em Vancouver, C.B. e o idioma
padrão está definido como inglês (EN). Se Jean-Pierre preferir ler esta tela
em francês, ele pode definir seu idioma de logon como francês (FR).
3. Dispositivo de saída: Aqui Jean-Pierre pode atribuir sua impressora padrão.
Sempre que ele imprimir do sistema SAP, pelo padrão, a saída será pelo
dispositivo inserido aqui.
4. Fuso horário pessoal: O fuso horário em que trabalha pode diferir do fuso
horário do sistema.
Você pode inserir seu fuso horário pessoal aqui. Apenas você verá esta
mudança na sua tela.
Por exemplo, a IDES possuí sede em Vancouver, C.B., mas Jean-Pierre
mora no Quebec, Canadá. Há uma diferença de quatro horas entre os fusos
horários. O sistema de fuso horário IDES SAP está definido como Pacific
Standard Time. Jean-Pierre pode alterar o fuso horário padrão do sistema
para o seu próprio fuso horário pessoal (EST). Fuso horário pessoal

5. Representação decimal: Você pode selecionar o estilo de notação decimal


apropriado para sua localização e negócio. Já que ele trabalha
principalmente com negócios norte americanos, Jean-Pierre manterá
1.234.567,89 como a notação decimal padrão.
6. Formato da data: Você pode selecionar o estilo do formato da data mais
apropriado para sua localização e negócio. Por exemplo, Jean-Pierre
prefere o formato de data DD.MM.AA.

You can also customize SAP to your personal preference by changing the way
help and status messages are displayed.

Você também pode personalizar o sistema SAP para suas preferências


pessoais ao alterar o modo como a ajuda e as mensagens de status são
exibidas. É possível trocar tais itens na janela Opções ao selecionar o ícone de
layout local e selecionar Opções. Uma vez que você selecionar Opções no
menu suspenso, a janela Opções aparecerá.

Existem diversas opções disponíveis na janela Opções. Apenas clique próximo


em cada opção que deseja selecionar.
As opções mais prováveis que queira alterar se localizam na guia Geral. Elas
afetam o modo como a ajuda e as mensagens de status são alteradas.
Você pode explorar esta opções aqui:

Informação rápida: Você pode definir esta opção de modo que possa ver a
ajuda sempre que passar o cursor pelo caminho do menu ou ícone.
Sinal sonoro em mensagem: Para ouvir um som fraco quando receber uma
mensagem de status (erro, aviso ou informacional), marque esta caixa. Isto
é importante caso deseje ser alertado sempre que uma informação for
exibida na sua barra de status.
Caixa de diálogo: Lembre-se que a barra de status na parte de baixo da tela
exibe mensagens informativas, de avisos e de erros Você pode marcar
nenhuma ou todas as caixas para exibir uma janela popup sempre que
receber uma mensagem de status. Alguns usuários optam apenas por ver a
caixa de diálogo de uma mensagem de erro, enquanto outros marcam
todas as caixas. Caso não marque nenhuma das caixas, suas mensagens
de status continuarão a serem exibidas apenas na barra de status na parte
inferior da tela.

Navegação avançada
Sobre este módulo
Duração: 25 Minutos
Conhecimento do módulo

Utilização de códigos de transação no campo de comandos


Público-alvo

Consultor de aplicação
Consultor de suporte
Consultor de tecnologia
Gerente de projeto
Stakeholder do projeto
Usuário empresarial
Usuário final
Superusuário/usuário-chave/usuário avançado

Sobre este tópico


O sistema SAP oferece modos de iniciar transações diretamente da tela SAP
Easy Access. Nesta lição, você trabalhará com códigos de transação no campo
Comando.
Tempo estimado para a conclusão deste tópico: 25 Minutos
Objetivo(s)

Exibir códigos de transação na estrutura de árvore padrão SAP


Usar o campo Comando

Códigos de transação Nomes

ME22N Alterar um pedido

ME23N Exibir um pedido

ME52N Exibir uma requisição de compra

SSC1 Agenda

SU01 Atualização do usuário

VA01 Criar uma ordem do cliente

VA02 Alterar uma ordem do cliente

VA03 Exibir uma ordem do cliente

Nota
Você pode inserir o código de transação search_sap_menu no campo
de comando para efetuar uma busca de possíveis códigos de
transação.

Rolar a tela para obter mais informações

Códigos de transação na estrutura em árvore padrão


SAP.
Transcrição de áudio
Na tela SAP Easy Access, Vera pode visualizar os códigos de transação ao
definir a opção de ter os códigos exibidos na estrutura em árvore padrão SAP.

1. Ela clica em Extras na barra de menu e seleciona Configurações da lista


suspensa. Isto abre a caixa de diálogo Configurações.
2. Ela clica em Exibir nomes técnicos e depois em Continuar (Inserir).
O sistema comprimirá a estrutura em árvore padrão SAP. Ao navegar pela
árvore, ela verá os códigos de transação próximos as transações. Vera pode
clicar duas vezes em qualquer código de transação ou nome para iniciar a
transação.
É possível exibir códigos de transação na estrutura em árvore padrão SAP:

Clique em Extras na barra do menu e selecione Configurações para a lista


suspensa abrir a caixa de diálogos Configurações.
Clique Exibir nomes técnicos e clique Continuar (Inserir)

Vera está revendo um pedido de compra. Ela precisa criar uma requisição de
compra e deseja navegar diretamente para aquela transação. Ela sabe que
pode fazê-lo utilizando a função com barras da transação atual. Inserir /o
seguido de um código de transação inicia uma nova sessão e inicia a transação
específica sem encerrar a sessão atual. Inserir /n seguido de um código de
transação encerra a transação ativa e inicia a transação especificada.

Se Vera utilizar este comando, ela não será capaz de voltar para a sessão e
perderá quaisquer dados não gravados. Vera decidiu que deseja voltar ao
pedido de compra antes de iniciar a transação de requisição de compra, por
isso ela insere "/oME51" no campo Comando. Quando uma nova sessão é
aberta com um código de transação, o sistema abre uma janela para a nova
sessão e exibe a tela inicial da transação. Agora, Vera pode trabalhar com
ambas as sessões. Ela volta para sua sessão original e continua a revisar a
OC.

,
Comandos de barra sem códigos de transação
Transcrição de áudio
Usar um comando de barra sem indicar o código de transação no campo
Comando tem funções adicionais.

Inserir "/o" no campo comando e clicar inserir exibirá uma visão geral das
funções abertas no momento.
Inserir "/n" no campo Comando e clicar Inserir encerrará a transação atual.
Usar a função "/n" fará com que dados não gravados na sessão se percam no
encerramento.

Recursos Avançados

Sobre este módulo


Duração: 30 Minutos
Conhecimento do módulo

Utilização das configurações do usuário


Navegação no sistema de relatórios do SAP
Público-alvo

Consultor de aplicação
Consultor de suporte
Consultor de tecnologia
Gerente de projeto
Stakeholder do projeto
Usuário empresarial
Usuário final
Superusuário/usuário-chave/usuário avançado

Sobre este tópico


O sistema SAP oferece um modo de atribuir um valor padrão a qualquer campo
específico SAP onde se insira dados usando seu identificador de parâmetro
(PID). Este recurso é útil quando a mesma transação é utilizada regularmente e
serve para um ou mais campos de transação com dados padrão. Os dados
padrão que você atribui é definido apenas para o seu perfil. Nesta lição,
veremos como atribuir um PID para seu perfil de usuário.
Tempo estimado para a conclusão deste tópico: 15 Minutos
Objetivo(s)
Alterar as configurações padrão do usuário
Atribuir um PID a um perfil de usuário nas configurações de parâmetro

Atualização de especificações próprias do usuário


Transcrição de áudio
Agora que Vera possui o conhecimento básico de como utilizar o sistema SAP,
ela deseja utilizar alguns recursos avançados que a ajudarão a economizar
tempo.
Para manter seus perfil no sistema, ela seleciona Sistema → Perfil de
usuário→ Dados próprios.
Ela pode selecionar as configurações desejadas nas páginas das guias
Endereço, Padrões, e Parâmetros. Uma vez que ela gravar seus dados, estas
configurações permanecerão válidas até que ela as altere novamente.

Para manter um perfil de usuário padronizado no sistema, selecione Sistema →


Perfil de usuário→ Dados próprios.
Na página Manter perfil do usuário, você pode alterar as configurações
desejadas, como o idioma padrão do logon, data e formato de tempo e
detalhes de endereço.

Identificador de parâmetro (PID)


Transcrição de áudio
Em uma ajuda de campo específico F1, há um ícone para informação técnica .
Esta janela contém o identificador de parâmetro para um campo (ou PID), além
de outras informações técnicas. Um campo pode ser preenchido com valores
propostos da memória SAP utilizando um parâmetro de ID.
Uma vez que saiba o PID de um campo, você pode atribuir um valor padrão
para preencher automaticamente tal campo sempre que aparecer em uma
transação. Esta mudança serve apenas para seu perfil de usuário (ela não
altera o valor do campo para outros usuários).
Neste exemplo, Vera deseja que o valor padrão "99" apareça no campo de
agrupamento de países, sempre que for exibido. Ela pressionou o F1 e
escolheu o ícone de informação técnica na janela da ajuda F1. Como você
pode ver, o PID para o campo de agrupamento de país é MOL.
Um campo pode ser preenchido com valores propostos da memória SAP
utilizando um parâmetro de ID.

Atribuir ao seu perfil de usuário


Transcrição de áudio
Agora, Vera pode atribuir dados padrões específicos para aquele PID para seu
perfil de usuário.

Ela segue o caminho de menu Sistema → Perfil do usuário → Dados


próprios para acessar a tela manter perfil do usuário e seleciona a guia
Parâmetros.
Ela insere o PID para o campo em um campo Parâmetros em branco e
depois insere o valor "99" no campo Valor correspondente.
Vera grava as modificações. O novo valor padrão terá efeito apenas depois
que ela se desconecte e reconecte no sistema SAP.
Resultado: Uma vez que o PID esteja atribuído a seu perfil de usuário, sempre
que Vera utilizar uma transação que inclua o campo agrupamento de países,
ele será preenchido com o dado "99".
Atribuir dados padrão para um PID para um perfil de usuário

1. Siga o caminho do menu Sistema → Perfil do usuário → Dados próprios


para acessar a tela manter perfil do usuário.
2. Selecione a ficha Parâmetros.
3. Insira o PID para o campo em branco Parâmetros de campo.
4. Insira o valor específico padrão no Campo de valor correspondente.
5. Grave as modificações.

Nota

Você deve utilizar um valor aceito como o padrão para o campo


representado pelo PID Utilize a ajuda F4 para localizar e anotar o valor
desejado.

Rolar a tela para obter mais informações

Nota

O campo Texto breve será preenchido sempre que pressionar Inserir.

Rolar a tela para obter mais informações

Impacto de se atribuir um PID


Transcrição de áudio
Os dados inseridos por Vera como valor padrão para o PID de agrupamento de
países permanecerá atribuído até que ela o altere. Isto funciona para todos os
PIDs atribuídos ao seu perfil de usuário. Por exemplo, se Vera não deseja
definir 99 como o agrupamento de países, ela deve alterar manualmente o PID
para MOL Caso ela deixe o campo em branco, o sistema utilizará
automaticamente "00" (ou em branco) para o agrupamento de país. Portanto,
ela deve ou especificar o agrupamento de países ou remover toda a coluna da
guia de parâmetros de usuário.
Os dados inseridos como valor padrão permanecerão atribuídos até que sejam
alterados. Isto funciona para todos os PIDs atribuídos a um perfil de usuário.

Cuidado

É importante se lembrar de voltar para a guia Parâmetros na tela


Manter perfil de usuário e atualizar seu PID quando algo mudar.

Rolar a tela para obter mais informações

Por exemplo, se Vera não voltar a atualizar o valor do PID GJR quando o ano
mudar para 20XX, seu ano fiscal ainda será preenchido automaticamente em
todas as transações - mas com o ano incorreto!

Sobre este tópico


Ao trabalhar no sistema SAP, você pode querer acessar informações no banco
de dados. Para isso, você utiliza os relatórios. Alguns relatórios exibem
informações enquanto outros permitem que você efetue análises. Nesta lição,
nós usaremos relatórios de exibição de lista.
Tempo estimado para a conclusão deste tópico: 15 Minutos
Objetivo(s)

Executar um relatório padrão SAP

Um relatório de exibição de lista é baseado no tipo de documento. Este tipo de


relatório é utilizado para observar uma lista de documentos. Nesta lista, você
pode clicar duas vezes em um item de linha para exibir um documento
individual.
Para gerar um relatório analítico:

1. Vá até a transação de seleção do critério para o relatório desejado


2. Insira o critério de seleção desejado e clique Executar
Os valores do documento serão exibidos conforme o critério inserido.

Critério de seleção para relatórios


Transcrição de áudio
Os relatórios são gerados utilizando critérios de seleção. Eles são os campos
usados para definir o tipo e quantidade de informações que deseja que o
relatório processe.
Por exemplo, Vera deseja gerar uma lista de aniversário para um grupo
específico de funcionários. Para tal, ela específica o ano, área de pessoal e
grupo de funcionários. Apenas os dados correspondentes a este critério
aparecerão no relatório.
Se Vera não deseja inserir nenhum critério de seleção, o sistema exibirá a lista
de aniversários de todos os funcionários da empresa. Neste caso, a quantidade
de dados pode ser muito grande e o sistema pode não ser capaz de processá-
los. Ela provavelmente receberia uma mensagem indicando limitações de
processamento em sua barra de status.
É possível utilizar o critério de seleção para gerar relatórios específicos, de
modo que apenas os dados que corresponderem a estes critérios aparecerão.

Nota

Tente ser específico ao inserir seu critério de seleção. Suas listas serão
menores e o sistema as processará com mais rapidez.

Rolar a tela para obter mais informações

SIMULADO

Nova senha
Barra de menu
Barra de ferramentas do aplicativo Árvore SAP padrão
Barra de titulo
Barra de sessão.