Você está na página 1de 12

TÉCNICAS DE LEITURA ORAL

FRASES PARA INTERPRETAÇÃO

O que era aquilo, meu Deus? Quero ver! Deixa de ser chato! Ah, é assim? Não interessa!
Vem cá! Ah, bom! Eu me saí bem, não? Ei! Que negócio é este? Puxa, que transformação!
Está quase perfeito... Você é tão inteligente! A senhora me dá licença? Então, aceita? É
mesmo? Mas isto é maravilhoso! Ele fala francês? Não vejo necessidade... Que é que você
acha? Não importa que lhe faça algumas perguntas? Não pode ser outra coisa! Fica bem
assim? Se eu tivesse o dinheiro... Como agir, então? Pra criar problemas? Isso ele disse... E
a verdade? Mas por que iria ele fazer tal coisa? Meu amigo, do que se trata? Fez boa
viagem? Jóias? Para que eu quero jóias? Seguí-los para onde? Isso é pura idiotice! O que
você faria em meu lugar? Saia, já disse! Tem alguém em casa? Então!... Você nunca se
importou comigo! Espere...quem é você? Que lugar tenebroso! Você está bem mesmo?
Outra vez? Oh, meu Deus! O quê? Puxa, desculpe! Afinal, que espécie de pai é o senhor?
Entre! Você está bêbado? Minha nossa! Oh, não! Que é que ele tem? Coitadinho....Isso não
se faz! Que boas notícias! Vamos almoçar? Sabe o que eu disse? Há quanto tempo! Que
foi? Acordei você? Não seja infantil! E então? Você vai aceitar? Acho bom! Bobagem!
Você?? Como? É um louco! E se eu não conseguir? É a vida! Qual é? Estás a fim de quê?
Você não pode falar assim! Quem vem para jantar? Não admito ofensas! Você vai demorar
muito? Incrível...! Como dorme... Parece uma eternidade! É grave? Nunca pensei que ele
fosse tão grosseiro! Posso dizer uma coisa? Eu te amo...Logo depois...Eles quem? Qual é a
idéia? Já escreveu alguma coisa inteligível? Pronto! Vai começar tudo de novo... Será que
ela não se cansa de ficar nessa apatia? Quero ver isso! Sim senhor!.... Estou com uma
fome!... Posso espiar? Acho que já sei do que se trata! Eu não lhe disse? O que foi que ele
disse? Eu não ouvi. Não vou ouvir mais nada, vou é sair! Você vai me ouvir até o fim...
Volte já aqui! Vou para fora, fora, fora! Pare com esses gritos! Será que você ficou louco de
repente? Fiquei sim. O que é que você tem, seu... idiota? Eu não tenho nada, está ouvindo?
Fale mais baixo! Meu Deus, que frio medonho...! Então? Fale de uma vez! Isto por acaso
lhe pertence? Sim, é meu. Não diga! Que novidade é essa? É seu por que? Como “por
que”? Acho que você não compreendeu bem... Desde quando isso lhe pertence? Como
“desde quando”? Desde sempre! Ah! Isso é que não... Pare com isso! E não grite! O que foi
que houve? Por que estão gritando? Você é um intrigante! O que? Eu, um intrigante?? Cale-
se! In-tri-gan-te! Puxa, que alívio... Quem lhe botou esta idéia na cabeça? Você conhece
aquela rua? Heim?... O que? ... Desculpe estava falando comigo? Bem... eu... acho que
sim... Deixa eu ver... Ah, conheço sim! Que coisa! Que coisa...O que? É revoltante! É...
horrível! O que é que você acha? Eu... não sei... não sei mesmo! Por que você não me
contou tudo isso? Eu não entendi nada. Mentira!! Não, não é mentira! Não quero ouvir
mais nada, pronto!

Adaptado do curso de Impostação de Voz (Prof.ª Graziella de Salerno)


Técnicas de leitura oral
EXERCÍCIO DE VOZ E DICÇÃO

Variar as inflexões das frases seguintes, de acordo com o sentimento sugerido:

Orgulho Quem manda aqui sou eu!


Humildade Quem sou eu ao seu lado...
Revolta Isto não fica assim!
Cólera Sai da minha frente!
Reflexão Vamos ponderar...
Excitação Vamos depressa!
Calma Tem tempo, já vou...
Aversão Não suporto esse cheiro.
Castigo O senhor está preso!
Perdão Por essa vez, vai em paz.
Alvoroço Incêndio! Fujam rápido!
Tranqüilidade É boato...
Desejo Quero morrer na minha terra...
Renúncia Partirei em paz.
Angústia O médico não chega!!...
Alívio Graças a Deus...
Respeito Receba as minhas homenagens
Desprezo Você não sabe o que diz...
Amor Como te quero, amor!
Ódio Maldito sejas pelo ideal perdido
Alegria Como estou contente!
Tristeza Que coração magoado...
Comando Silêncio!
Pedido Por favor, silêncio...
Admiração Que maravilha!
Horror Que cena deprimente.
Remorso Como lastimo o mal que fiz...
Inconsciência O que está feito, está feito.
Espanto Onde é que você andou??
Indiferença Já esperava por você...
Promessa Terás um bom prêmio.
Ameaça Se não estudar, será reprovado!
Triunfo Meu time venceu!
Derrota Perdemos...
Altruísmo Tudo o que é meu é seu.
Egoísmo Ganhei com o meu suor
Impolidez Espere lá fora!
Polidez Faça o favor de entrar, seja bem vindo.
EXERCÍCIO COM DITONGOS, TRITONGOS E HIATOS

Ler soletrando cada vogal antes de juntá-las em palavras.

/ AI / - A gaita do pai de Adelaide está embaixo da caixa.


/ ÃI / - A faina de debulhar paina dá cãibras.
/ EU / - O apedeuta plebeu leu com fleuma no Ateneu.
/ ÉU / - Leléu fez um escarcéu por causa do chapéu do réu.
/ IU / - Titio viu quem caiu, riu e fugiu.
/ OI / - O doido afoito comeu de noite dezoito biscoitos.
/ OU / - O roubo do tesouro numa trouxa de couro.
/ UI / - Fui colher flores ruivas e azuis nos pauis.
/ ÃE / - Os cães da mãe dos capitães levam-lhe pães.
/ ÃO / - O cristão leva no gibão lição e pão.
/ ÕE / - Põe os botões nos cordões sobre os corações.
/ UI / - As fuinhas são ruins e causam muito prejuízo.
/ EM / - Ninguém vem a Belém sem vintém.
/ UA / - Quatro guardas esquálidos aguardavam a esquadra.
/ UO / - O quorum pagará uma quota quotidiana.
/ UO / - O contínuo do Frutuoso é impetuoso.
/ UA / - Enquanto os guanacás guampeiam os guanas comem guandos.
/ ÜE / - O delinqüente agüentará dois qüinqüênios seqüentes.
/ ÜE / - O seqüestro de uma seqüela de rastaqüeras.
/ IA / - O pária não vê as glórias da pátria.
EXERCÍCIO DE RITMO

CRAVO CAVO CAVO CRAVO


CLAVE CAVE CAVE CLAVE
CLAVE CAVO CRAVO CAVE
CAVE CRAVO CLAVE CAVO

PORTA POTRA POTRA PORTA


PARTO PRATO PRATO PARTO
PARTO PORTA POTRA PRATRO
PARTO PRATO PORTA POTRA

PROLE PÓLEN PÓLEN PROLE


PLOTA PORTA PORTA PLOTA
PROLE PLOTA PLOTA PROLE
PROLE PÓLEN PLOTA PORTA

PLEBE POVO POVO PLEBE


PROVA PARA PARA PROVA
PROVA PLEBE PARA POVO
POVO PROVA PARA PLEBE

GROTA GRETA GRETA GROTA


FRESCA FRIA FRIA FRESCA
GROTA FRESCA GRETA FRIA
FRIA GROTA FRESCA GRETA

BRUNA BANDA BANDA BRUNA


SACO SACRO SACRO SACO
BANDA SACRO SACO BRUNA
BRUNA SACO SACRO BANDA

CROSTA CASCA CASCA CROSTA


COBRE CLORO CLORO COBRE
CROSTA CLORO CASCA COBRE
CLORO COBRE CASCA CLARA

LIVRO LITRO LAVRO LAVO


LAVO LITRO LAVRO LIVRO
LITRO LAVRO LAVO LIVRO
LAVRO LAVO LIVRO LITRO

MAGA MAGRA MAGRA MAGA


MARTE MATRE MATRE MARTE
MAGRA MATRE MARTE MAGA
MATRE MAGA MARTE MAGRA

MESCLA MECHA MECHA MESCLA


MECHA MESCLA MESCLA MECHA
MESCLA MECHA FLECHA FRESTA
FRESTA MESCLA FLECHA MESCLA

CRAQUE DRIBLA DRIBLA CRAQUE


COBRA BRILHA CRAQUE DRIBLA
BRILHA DRIBLA CRAQUE COBRA
DRIBLA COBRA BRILHA CRAQUE

BRUXA BLUSA BRUSCA BLOCO


BLUSA BRUXA BLOCO BRUSCA
BRUSCA BLOCO BRUXA BLUSA
BLOCO BRUXA BLUSA BRUXA

GLOMO GROSA GOMO GROTA


GOMO GROTA GLOMO GOMO
GROTA GLOMO GOMO GROSA
GROSA GOMO GLOMO GROTA
EXERCÍCIO EM EIRO

ABACATEIRO- ABELHEIRO- ABRICOTEIRO- AÇAFREIRO- AÇOUGUEIRO-


AÇUCAREIRO- ADEGUEIRO- AGOUREIRO- AGUACEIRO- AGUILHOEIRO-
ALAMBIQUEIRO- ALCOVITEIRO- ALFANDEGUEIRO- ALFINETEIRO-
ALGODOEIRO- ALMISCADEIRO- ALMISCAREIRO- ALTANEIRO- ALVENEIRO-
ARGOLEIRO- ARTILHEIRO- ATABAQUEIRO- ATOLEIRO- BADERNEIRO-
BAGACEIRO- BAGATELEIRO- BALEEIRO- BALEIRO- BANANEIRO-
BANDOLEIRO- BANHEIRO- BANQUEIRO- BARATEIRO- BARBEIRO-
BARQUIERO- BATUQUIRO- BEIJOQUEIRO- BERREIRO- BICHEIRO-
BILHETEIRO- BIROSQUEIRO- BOMBERDEIRO- BOMBEIRO- BORRACHEIRO-
BRASEIRO- BREJEIRO- BRIGADEIRO- CABELEIREIRO- CARNEIRO- CABREIRO-
CACAUZEIRO- CACHACEIRO- CADEREIRO- CAFEEIRO- CAIXEIRO-
CAJAZEIRO- CAJUEIRO- CALOTEIRO- CALUNGUEIRO- CAMISEIRO-
CAMINHEIRO- CANOEIRO- CAPANGUEIRO- CARRETEIRO- CARROCEIRO-
CAVALHEIRO- CAVALEIRO- CATINGUEIRO- CATIVEIRO- CARNEIRO-
CERVEJEIRO- CHAVEIRO- CHEIRO- CHINELEIRO- CHIQUEIRO- COMPENHEIRO-
CONFEITEIRO- CONSELHEIRO- COPEIRO-COQUEIRO- CORDEIRO-
CORRIQEIRO- COSTUMEIRO- COSTUREIRO- COVEIRO- COZINHEIRO-
CRUZEIRO-DERRADEIRO- DESFILADEIRO- DESPENHEDEIRO- ENFERMEIRO-
ENFERMEIRO- ENGENHEIRO- FAROFEIRO – JANEIRO – LIMOEIRO –
LANTERNEIRO – PANDEIRO.

FRASES COM /EI/

Loureiro era goleiro do Cruzeiro e frangueiro costumeiro. O mandingueiro


macumbeiro rezava cobreiro. O leiteiro era barateiro, mas o padeiro era caloteiro. Pinheiro
contava dinheiro com açougueiro mexeriqueiro. O cozinheiro disse ao escudeiro que o
costureiro era alcoviteiro. O beijoqueiro esqueceu o chaveiro com o bicheiro. Monteiro era
bombeiro, borracheiro e cachaceiro. O carneiro saiu no aguaceiro e caiu no atoleiro perto
do despenhadeiro. O joalheiro mineiro ganhou um faqueiro do amigo engenheiro. O
marinheiro tomou lombrigueiro e ligeiro correu para o banheiro.
EXERCÍCIO EM (SS)

Altíssimo e audacíssimo generalíssimo


Rebeldíssimo, ferocíssimo, crudelíssimo
Muitíssimo amicíssimo do juveníssimo
Rapacíssimo baixíssimo gaguíssimo.

Cortesíssimo cristianíssimo sagacíssimo


Pertinacíssimo sapientíssimo singularíssimo
Utilíssimo ao nobrísssimo e sobrerbísssimo
Procacísssimo vadiíssimo pugnacíssimo.

Felicíssimo afabilíssimo beneficentíssimo


Benevolentísssimo habilíssimo capacíssimo
Loquacíssimo prodigalíssimo nobilíssimo
Notabilíssimo sensibilíssimo saníssimo.

Simplicíssimo tenacíssimo terribilíssimo


Soberbíssimo vivacíssimo voracíssimo
Sozissímo salacíssimo serísssimo
Singularíssimo propríssimo rusticíssimo

Aeríssimo agilíssimo agradabilíssimo


Agudíssimo amarguíssimo antiquíssimo
Asperíssimo atrocíssimo alegríssimo
Apressadíssimo afoitíssimo aflitíssimo.

Boníssimo brevíssimo comuníssimo


Credibilíssimo descortesíssimo diviníssimo
Dulcíssimo docílimo eficacíssimo
Exemplaríssimo facilíssimo falacíssimo.

Indelebilíssimo fidelíssimo fraquíssimo


Frigidíssimo grandecíssimo humildíssimo
Imensíssimo incredibilíssimo infinitíssimo
I Ibnimicíssimo irregularíssimo magnificentíssimo
TERAPIA ARTICULATÓRIA

1ª bateria

BA CA DA FA GA JA LA MA NA PA QUA RA SA TA VA XA ZA
BE CE DE FE GE JE LE ME NE PE QUE RE SE TE VE XE ZE
BI CI DI FI GI JI LI MI NI PI KI RI SI TI VI XI ZI
BO CO DO FO GO JO LO MO NO PO KO RO SO TO VO XO ZO
BU CU DU FU GU JU LU MU NU PU KU RU SU TU VU XU ZU

2ª bateria

BA CÉ DÊ FI GO JÔ LU MA NÉ PÊ QUI RO SÔ TU VA XÉZÊ
BÉ CÊ DI FO GÔ JU LA MÉ NÊ PI QUO RO SU TA VÉ XÉZÊ
BÊ CI DO FÔ GU JA LÉ MÊ NI PO QUO RU SA TÉ VÊ XIZO
BI CO DÔ FA GÉ JÊ LI MO NO PU QUA RÉ SÊ TI VO XÔ ZU
BÔ CU DA FÉ GÊ JÊ LI MO NÔ PU QUA RÉ SE TI VÔ XÔ ZU
BU CA DÉ FÊ GI JO LÔ MU NA PÉ QUÊ RI SO TO VU XA ZÊ

3ª bateria

AI AU EI ÉU ÊU IO IU ÓI ÔI UI UA ÁE ÃO ÕE UAN UEN
PAI CAI NAU PAU PAI NÉS TONÉIS REI VÉU VÊ SEU MEU
ASSOBIO RIO FUGIU SUMIU HERÓI FOI POIS MOURO
RUI RUIVO ÁGUA GUARDA MÁE CÃO ORGÃO PÔE QUANDO RUIM

4ª bateria

AI BAI CAI DAÍ FAI CAI JAI LAI MAI NAI PAI QUAI RAI SAI
TAI VAI XAI SAI
EI BEI CEI DEI FEI QUEI JEI LEI MEI NEI PEI QUEI REI SEI
TEI VAI XAI ZEI
OI BOI COI DOI FOI GOI JOI LOI MOI NOI POI QUOI ROI SOI
TOI VOI XOI ZOI
UI BUI QUI DUI FUI GUI JUI LUI MUI NUI PUI QUI RUI SUI
TUI VUI XUI ZUI

5ª bateria

ÁO BÃO CÁO DÃO FÁO GÃO JÁO LÃO MÁES NÃO PÁO QUÃO RÁO SÃO
TÁO VÃO XÁO ZÃO ZÁOS AÕES
AU BAU CAU DAU FAU GAU JAU LAU MAU NAU PAU QUAU RAU SAU
TAU VAU XAU ZAU
EU BEU CEU DEU FEU GEU JEU LEU MEU NEU PEU QUEU REU SEU
TEU VEU XEU ZEU
OU BOU COU DOU FOI GOI JOI LOU MOU NOU POU QUEU POU SOU
TOU VEU XOU ZOU

6ª bateria

AR BAR CAR DAR FAR GAR JAR LAR MAR NAR PAR QUAR RAR SAR
TAR VAR XAR ZAR
ER BER CER DER FER GER JER LER MER NER PER QUER RER SER
TER VER XER ZER
IR BIR CIR DIR FIR GIR JIR LIR MIR NIR PIR QUIR RIR SIR
TIR VIR XIR ZIR
OR BOR COR DOR FOR GOR JOR LOR MOR NOR POR QUOR ROR SOR
TOR VOR XOR ZOR
UR BUR CUR DUR FUR GUR JUR LUR MUR NUR PUR QUE RUR SUR
TUR VUR XUR ZUR

7ª bateria
AL BAL CAL DAL FAL GAL JAL LAL MAL NAL PAL QUAL RAL SAL
TAL VAL XAL ZAL
EL BEL CEL DEL FEL GEL JEL LEL MEL NEL PEL QUEL REL SEL
TEL VEL XEL ZEL
IL BIL CIL DIL FIL GIL JIL LIL MIL NIL PIL QUIL RIL SIL
TIL VIL XIL ZIL
OL BOL COL DOL FOL GOL JOL LOL MOL NOL POL QUOL ROL SOL
TOL VOL XOL ZOL
UL BUL CUL DUL FUL GUL JUL LUL MUL NUL PUL QUL RUL
SUL TUL VUL XUL ZUL

8ª bateria

AS BAS CAS DAS FAS GAS JAS LAS MAS NAS PAS QUAS RAS SAS
TAS VAS XAS ZAS
ES BES CES DES FES GES JES LES MES NES PES QUES RES SES
TES VES XES ZES
IS BIS CIS DIS FIS GIS JIS LIS MIS NIS PIS QUIS RIS SIS
TIS VIS XIS ZIS
OS BOS COS DOS FOS GOS JOS LOS MOS NOS POS QUOS ROS SOS
TOS VOS XOS ZOS
US BUS CUS DUS FUS GUS JUS LUS MUS NUS PUS QUS RUS SUS
TUS VUS XUS ZUS

9ª bateria

AN BAN CAN DAN FAN GAN JAN LAN MAN NAN PAN QUAN RAN
SAN TAN VAN XAN ZAN
EN BEN CEN DEN FEN GEN JEN LEN MEN NEN PEN QUEN REN
SEN TEN VEN XEN ZEN
IN BIN CIN DIN FIN GIN JIN LIN MIN NIN PIN QUIN RIN
SIN TIN VIN XIN ZIN
ON BON CON DON FON GON JON LON MON NON PON QUON RON
SON TON VON XON ZON
UN BUN CUN DUN FUN GUN JUN LUN MUN NUN PUN QUN RUN
SUN TUN VUN XUN ZUN

Grupo com R e com L.

TA DA LA DLA DLA DNA DNA DRA


TE DE LE DLE DLE DLE DNE DRE
TI DI LI DILI DLI DINE DNI DRI
TO DO LO DLO DLO DNO DNO DRO
TU DU LU DLU DLU DNU DNU DRU

TAN DAN LAN DLAN DLAN DNAN DNAN DRAN


TEN DEN LEN DLEN DLEN DLEN DNEN DREN
TIN DIN LIN DILIN DLIN DINEN DNIN DRIN
TON DON LON DLON DLON DNON DNON DRON
TUN DUN LUN DLUN DLUN DNUN DNUN DRUN

FARA FARA FARA FRA FRA FRA FALA FALA FALA FLA FLA FLA
BARA BARA BARA BRA BRA BRA BALA BALA BALA BLA BLA BLA
CARA CARA CARA CRA CRA CRA CALA CALA CALA CLA CLA CLA
DARA DARA DARA DRA DRA DRA DALA DALA DALA DLA DLA DLA
TARA TARA TARA TRA TRA TRA TALA TALA TALA TLA TLA TLA

BRA CRA DRA FRA GRA PRA TRA VRA


BRE CRE DRE FRE GRE PRE TRE VRE
BRI CRI DRI FRI GRI PRI TRI VRI
BRO CRO DRO FRO GRO PRO TRO VRO
BRU CRU DRU FRU GRU PRU TRU VRU

BLA CLA DLA FLA GLA PLA TLA


BLE CLE DLE FLE GLE PLE TLE
BLI CLI DLI FLI GLI PLI TLI
BLO CLO DLO FLO GLO PLO TLO
BLU CLU DLU FLU GLU PLU TLU

Bateria de grupos consonantais.

ABDA ADBE ABDÊ ABDI ABDO ABDÔ ABDU


ABJA ABJE ABJÊ ABJI ABJO ABJÔ ABJU
ABLA ABLE ABLÊ ABLI ABLO ABLÔ ABLU
ABNA ABNE ABNÊ ABNI ABNO ABNÔ ABNU
ABRA ABRE ABRÊ ABRI ABRO ABRÔ ABRU
ABSA ABSE ABSÊ ABSI ABSO ABSÔ ABSU
ABSTA ABSTE ABSTÊ ABSTI ABSTO ABSTÔ ABSTU
ABSTRA ABSTRE ABSTRÊ ABSTRI ABSTRO ABSTRÔ ABSTRU
ABVA ABVE ABVÊ ABVI ABVO ABVÔ ABVU
ACLA ACLE ACLÊ ACLI ACLO ACLÔ ACLU
ACNA ACNE ACNÊ ACNI ACNO ACNÔ ACNU
ACRA ACRE ACRÊ ACRI ACRO ACRÔ ACRU
ACTA ACTE ACTÊ ACTI ACTO ACTÔ ACTU
ADJA ADJE ADJÊ ADJI ADJO ADJÔ ADJU
ADMA ADME ADMÊ ADMI ADMO ADMÔ ADMU
ADQUA ADQUE ADQUÊ ADQUI ADQUO ADQUÔ ADQU
ADRA ADRE ADRÊ ADRI ADRO ADRÔ ADRU
ADSTRA ADSTRE ADSTRÊ ADSTRI ADSTRO ADSTRÔ ADSTRU
ADVA ADVE ADVÊ ADVI ADVO ADVÔ ADVU
AFRA AFRE AFRÊ AFRI AFRO AFRÔ AFRU
AFTA AFTE AFTÊ AFTI AFTO AFTÔ AFTU
AGLA AGLE AGLÊ AGLI AGLO AGLÔ AGLU
AGMA AGME AGMÊ AGMI AGMO AGMÔ AGMU
AGRA AGRE AGRÊ AGRI AGRO AGRÔ AGRU
ALBA ALBE ALBÊ ALBI ALBO ALBÔ ALBU
ALCA ALCE ALCÊ ALCI ALCO ALCÔ ALCU
ALDA ALDE ALDÊ ALDI ALDO ALDÔ ALDU
ALFA ALFE ALFÊ ALFI ALFO ALFÔ ALFU
ALGA ALGE ALGÊ ALGI ALGO ALGÔ ALGU
ALJA ALJE ALJÊ ALJI ALJO ALJÔ ALJU
ALMA ALME ALMÊ ALMI ALMO ALMÔ ALMU
ALPA ALPE ALPÊ ALPI ALPO ALPÔ ALPU
ALRA ALRE ALRÊ ALRI ALRO ALRÔ ALRU
ALVA ALVE ALVÊ ALVI ALVO ALVÔ ALVU
AMNA AMNE AMNÊ AMNI AMNO AMNÔ AMNU
APLA APLE APLÊ APLI APLO APLÔ APLU
APNA APNE APNÊ APNI APNO APNÔ APNU
ARCA ARCE ARCÊ ARCI ARCO ARCÔ ARCU
ARDA ARDE ARDÊ ARDI ARDO ARDÔ ARDU
ARFA ARFE ARFÊ ARFI ARFO ARFÔ ARFU
ARGA ARGE ARGÊ ARGI ARGO ARGÔ ARGU
ARLA ARLE ARLÊ ARLI ARLO ARLÔ ARLU
ARPA ARPE ARPÊ ARPI ARPO ARPÔ ARPU
ARVA ARVE ARVÊ ARVI ARVO ARVÔ ARVU
ASPA ASPE ASPÊ ASPI ASPO ASPÔ ASPU
ASTA ASTE ASTÊ ASTI ASTO ASTÔ ASTU
ATLA ATLE ATLÊ ATLI ATLO ATLÔ ATLU
ATNA ATNE ATNÊ ATNI ATNO ATNÔ ATNU
ATMA ATME ATMÊ ATMI ATMO ATMÔ ATMU
ATRA ATRE ATRÊ ATRI ATRO ATRÔ ATRU
Articulação com travalíngua:

1) Em cima daquele morro tem uma arara loura. A arara loura fala. Fala, arara loura!
2) O tigre estraga o trigo, tire o tigre do trigal.
3) Um tigre, dois tigres, três tigres me intrigam.
4) A aranha arranha o jarro. O jarro arranha a aranha
5) O pinto pia, a pipa pinga. Quanto mais o pinto pia mais a pipa pinga.
6) O peito do pé de Pedro é preto. É preto o peito do pé de Pedro.

Interesses relacionados