Você está na página 1de 2

Mourão da Porteira Jacó e Jacozinho Tom: E

E C#m B7
Lá no mourão esquerdo da porteira.
A B7 E
Onde encontrei vancê pra despedir.
C#m F#m
É uma lembrança minha derradeira.
B7 E B7
É um versinho que eu nele escrevi

E C#m B7
Vancê, eu sei, passa esbarrando nele.
A B7 E
E a porteira bate pra avisár.
E C#m F#m
Vancê não lembra que sinal é aquele.
B7 E B7
E nem sequer se alembra de olhar.

E C#m B7
E aqui tão longe eu pego na viola.
A B7 E
E aquele verso começo a cantar.
C#m B7
Uma saudade é dor que não consola.
B7 E B7
Quanto mais dói a gente quer lembrar.

E C#m B7
Você talvez não saiba o que é saudade.
A B7 E
Uma lembrança você nunca sentiu.
C#m F#m
Pois esquecer as vezes tenho vontade.
B7 E B7
Essa vontade o meu peito feriu.
E C#m B7
No dia que doer seu coração.
A B7 E
De uma saudade que eu tanto sentiu.
C#m F#m
Você chorando passa no mourão.
B7 E
Elê o verso que eu nele escrevi

E--5-5-5-5--5--2-2--0-0--------------------------------------------------|
B--4-4-4-4--4--4-4--2-2---4-4--5-1-0-0-4--0--------2-0-------------|
G#-----------------------------3-3--5-2-0-0-3--0--1-1--1-0----0--------|
E------------------------------------------------------2-2----------0-------|
B-----------------------------------------------------------------------------|

E-----------------------------------------------------------------------------|
B--4-5-2-0--0--4-0----------2-0----------------------------------- ------|
G#-3-5-1-0--0--3-0--1-1----1-0---0-------------------------------------|
E-----------------------2-2-----------0-------------------------------------|
B-----------------------------------------------------------------------------|