Você está na página 1de 2

CENTRO DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO PERCEPÇÃO

ALUNO(A) _________________________________________________ SÉRIE: 2 º MÉDIO


PROFESSOR(a): Shislaine Leite DATA: ____/___/____ 2ª verificação
DISCIPLINA: Literatura Brasileira

1) Comente sobre a estética realista, seus 4) Sobre a narrativa machadiana A Cartomante,


desdobramentos e características principais. apenas NÃO se pode afirmar que:

a) a personagem Rita, ao concluir que “havia muita


coisa misteriosa e verdadeira neste mundo”, traduz
vulgarmente a sentença de Hamlet, o famoso herói
shakespeariano: “há mais coisa no céu e na terra do
que sonha a nossa vã filosofia”.
b) o desfecho de A Cartomante é trágico e seus
personagens, Vilela, Camilo e Rita, formam o típico
triângulo amoroso de grande parte das obras do
período realista.
c) a personagem Rita mostra-se descrente em
relação às premonições da cartomante, opondo-se
2) No conto No Moinho, de Eça de Queirós, a falta ao comportamento de Camilo, extremamente
de coerência marca a trajetória de vida de Dona supersticioso e obcecado por bruxarias.
Maria da Piedade que vai da “senhora modelo”, d) a ironia machadiana reflete-se, sobretudo, nos
momentos finais do texto, pelo contraste entre as
que vive para cuidar do marido inválido e dos
profecias otimistas da cartomante e o destino cruel
filhos doentes, à mulher promíscua. Toda esta
transformação de caráter provocada pelo simples dos amantes Rita e Camilo.
e) a narrativa A Cartomante retrata uma situação de
beijo de um primo. Explique a crítica ao
adultério e confirma a tendência realista para destruir
movimento romântico presente no conto lido.
e ridicularizar o casamento romântico.

5) Faça a descrição física e psicológica das


personagens que fazem parte do triângulo
amoroso do conto A cartomante, de Machado de
Assis.

3) O conto “No Moinho” de Eça de Queirós traz como


personagem principal, Maria da Piedade que “era
considerada em toda a vila como uma senhora
modelo”. Caracterize a personagem antes da
chegada do primo Adrião.

Leia o fragmento abaixo para responder à questão 6

“[...]Uniram-se os três. Convivência trouxe intimidade.[...]


Camilo quis sinceramente fugir, mas já não pôde. Rita,
como uma serpente, foi-se acercando dele, envolveu-o
todo, fez-lhe estalar os ossos num espasmo, e pingou lhe III – Estética literária restritamente brasileira; seu
o veneno na boca. Ele ficou atordoado e subjugado. criador é Machado de Assis.
Vexame, sustos, remorsos, desejos, tudo sentiu de
mistura, mas a batalha foi curta e a vitória delirante. a) São corretas apenas II e III.
Adeus, escrúpulos! Não tardou que o sapato se
b) Apenas III é correta.
acomodasse ao pé, e aí foram ambos, estrada fora,
braços dados, pisando folgadamente por cima de ervas e c) As três afirmações são corretas.
pedregulhos, sem padecer nada mais que algumas d) São corretas I e III.
saudades, quando estavam ausentes um do outro. A e) As três informações são incorretas.
confiança e estima de Vilela continuavam a ser as
mesmas. Machado de Assis. A cartomante. 10) Leia as seguintes afirmações sobre as três
gerações românticas da literatura brasileira e
6) O universo feminino em Machado mereceu assinale a resposta correta.
destaque em sua obra e uma das características
do escritor era a descrição e o estudo psicológico I. A primeira geração, também conhecida como
desta alma feminina. As mulheres machadianas nacionalista, encara a figura do índio como de
sabem o que querem e onde pisam. Assim, de extrema importância aqui no Brasil.
posse da leitura do fragmento observe e analise a II. A segunda geração é conhecida como
figura de Rita. ultrarromantismo, de extremo racionalismo,
subjetividade, negativismo, morbidez..
III. A terceira geração, chamada de condoreira,
tem em Castro Alves seu principal
representante. Sua poesia social tem teor
libertário.
IV. A terceira geração mostra a mulher
extremamente inacessível e um romantismo
exagerado.
V. A primeira geração, ao implantar o
Romantismo no Brasil, serve-se de valores
nacionalistas.
VI. A segunda geração é também chamada de
ultrarromântica, pois apresentava extremo
7) Antônio Frederico de Castro Alves nasceu em pessimismo, egocentrismo, exaltação da
1847, em Curralinho, Bahia, também conhecido morte, supremo desencanto e desilusão.
como “Poeta dos Escravos”. A criação artística
dele possui duas vertentes: uma lírico-amorosa e Estão corretas somente as afirmativas:
a outra de denúncia e embate social. Comente a) I, II, III e IV
sobre a poética abolicionista de Castro Alves. b) I, III, V e VI.
c) I, II, V e VI.
d) II, III, V e VI.
e) II, IV, V e VI.

8) Das características abaixo, assinale a que não


pertence ao Realismo:

a) Preocupação critica.
b) Visão materialista da realidade.
c) Ênfase nos problemas morais e sociais.
d) Valorização da Igreja.
e) Determinismo na atuação das personagens.

9) A respeito de Realismo, pode-se afirmar:


I – Busca o perene humano no drama da existência.
II – Defende a documentação de fatos e a
impessoalidade do autor perante a obra.