Você está na página 1de 20

1.

LISTA DE ILUSTRAÇÕES

MODELO 1- CAPA------------------------------------------------------------------------------------------0

MODELO 2 - CONTRA CAPA----------------------------------------------------------------------------1

FIGURA 1 – ORGANIGRAMA----------------------------------------------------------------------------3

MAPA 1 – DEMOSTRAÇÃO DE RESULTADOS DO PERIODO DO EXERCICIO FINDO A


31 DE DEZEMBRO DE 2016-----------------------------------------------------------------------------11

MAPA2 – BALANÇO A 31 DE DEZEMBRO DE 2016--------------------------------------------12

MAPA 3 – DEMOSTRAÇÃES DO FLUXO DE CAIXA---------------------------------------------14

MAPA4 - DEMOSTRAÇÃES DE VARIAÇÕES DE PATRIMONIO LIQUIDO---------------17

MAPA 5 – MAPA DE BALANCETE GERAL---------------------------------------------------------20

1
2. INTRODUCAO

RESTAURANTE VASA LDA que opera no atendimento, a demanda diária de trabalhadores de


simulação empresarial e visitantes, considerando os recursos necessários e disponíveis, as
condições e perspectivas do mercado onde esta inserida. No meio da incerteza que envolve
qualquer projecto, é indispensável ao empreendedor fazer todos cálculos possíveis para tomar
decisões sobre a actividade da empresa, e que tem como finalidade demonstrar a viabilidade do
Restaurante e reduzindo riscos e incertezas.

O relatório apresentado foi desenvolvido através de factos patrimoniais e levantamentos de


informações técnicas ocorridas ao longo do exercício em analise, para tal como investimentos
iniciais, publico alvo analise de concorrência, custos com mão-de-obra, pesquisas com
consumidores.

O perfil do restaurante foi escolhido com base na capacidade produtiva conforme instalações,
equipamentos e recursos humanos estabelecidos alinhados a demanda proporcionada pela região.
O restaurante terá capacidade mínima de atendimento para 50 pessoas distribuída na sua área
interna com 18 mesas e 72 cadeiras. Ao final do trabalho apresentamos alguns documentos
financeiros que viabilizam o projecto como taxa de retorno do investimento ,ponto de equilíbrio
e lucratividade.

2
2.1 ORGANIGRAMA

3
3. RELACTÓRIO DE GESTÃO

3.1 MENSAGEM DO DIRECT0R

No que diz respeito aos principais indicadores o Restaurante Vasa Lda., apresentou um nível
considerado satisfatório no que respeita ao volume de vendas, tendo registado um valor de
7.000.390,54mt que demonstra um nível de atracão de clientes baseando em publicidades,
participação em feiras de negócio como e o caso da feira organizada pela CTA que veio
promover os produtos oferecidos pelo Restaurante Vasa Lda.

Este volume de vendas acompanhado a uma gestão cuidadosa dos custos, apesar de certas
dificuldades manifestadas na gestão de stock, uma vez que, findo o exercício económico em
analise a empresa não tem existências finais, o que não e satisfatório para a empresa.

Ainda no que respeita aos custos a empresa conseguiu sem atrasos pagar os salários,
demonstrando uma seriedade e consideração para com os nossos colaboradores, tendo neste
exercício ascendido o valor de 2.624.505,02mt.

No que diz respeito a gastos com os fornecedores de serviços tivemos um desempenho positivo
tendo pago atempadamente e sem atrasos aos respectivos fornecedores, estes serviços totalizaram
o valor de 474.429,41mt.

E de lamentar que dos activos tangíveis adquiridos a quanto do inicio da actividade da empresa a
nossa viatura sofreu um acidente e tendo ficado fora da actividade da empresa, como
consequência a Ideal seguros procedeu ao pagamento de uma indemnização no valor de
2.045.120,00mt, sendo que este valor poderá ser aplicado na aquisição de uma nova viatura.

No âmbito da aplicação dos excedentes de tesouraria procedeu se a abertura de um deposito a


prazo que rendeu juros a empresa no valor de 145.618,52mt, o que veio a reforçar os resultados
da empresa.

4
Quanto aos impostos a empresa tem por reaver ao estado o IVA no valor de 1.650.595,58mt , este
valor deriva da compra de grande parte do património da empresa e ainda tem por pagar o
imposto sobre rendimento do trabalho dependente no valor de 118.500,00 mt.

5
O Restaurante VASA Lda, é uma sociedade por quotas de responsabilidade limitada, que detêm
um capital inicial de 10.000.000,00mt, sendo que, com o primeiro ano de actividade o capital
prorio passou para o valor de 13.945.353Mt a sua implementação esta voltada a
operacionalidade alimentícia, como forma de suprir a demanda de produtos alimentares que a sua
procura diária, vem crescendo nos últimos anos com o surgimento de varias empresas que
solicitam refeições para os seus trabalhadores, importa-nos apostar em produtos de excelente
qualidade, com uma boa gestão e contecão de custos como forma de praticar preços acessíveis
aos nossos clientes. A sua localização demonstrou ser um ponto estratégico, e foi escolhido com
devido ao grande fluxo de empresas, pessoas e também por ser um local de fácil acesso, local
onde se centralizam pessoas que realizam diversas tarefas na zona comercial da baixa,
geralmente trabalhadores das empresas de simulação empresarial, e transeuntes, visando
abranger de uma forma convincente e bem planeada clientes com um poder de compra que vai
desde as classes de alta, médio e baixo renda (empresas de simulação empresarial) da área
comercial da mesma zona, assim como fazendo entrega ao domicilio em zonas próximas ou
distantes. Para responder a estas e outras situações de modo a dar a viabilidade o projecto fez se
consultas a nutricionistas, realizado o estudo prévio do mercado, fez-se um acompanhamento
visando o sucesso presente e do futuro do empreendimento, constatando se que o mesmo, será
viável, suprindo as necessidades da demanda comercial local, garantindo mercado consumidor,
gerando lucros e plena satisfação da clientela.

O Restaurante vasa Lda., detêm actualmente uma capacidade para 60 pessoas, tendo como media
diária de atendimento de 100 pessoas

6
Tendo proporcionado um lucro liquido de 3.945.353,91Mt, deste modo, pretende nos próximos
exercícios económicos aumentar os níveis de lucratividade em 10%. Tornando altamente rentável
o investimento e continuar reduzir o grau de risco, por se tratar de um restaurante com foco na
qualidade e serviços com funcionários experientes e diferenciados. O horário de comercialização
e de 11:00h às 14:30h, e pretende-se abranger outros períodos do dia. O funcionamento semanal
será de segunda a sábado. O preço praticado sofrerá reajustes de acordo com a estratégia da
empresa e acompanhamento da inflação.

3.2 ESTRATEGIA ORGANIZACIONAL

3.2.1 Missão:

Oferecer produtos e serviços na área gastronómica e turistica valorizando o aspecto nutricional,


qualidade, o sabor e a correcta técnica de elaboração de cada elemento, assim como a divulgacao
da cultura do nosso pais, e contribuir para a saúde, bem estar e desenvolvimento cultural dos
nossos clientes e do pais em geral, oferecendo um produto de qualidade e sistema de atendimento
diferenciado, e serviços sociais de apoio as comunidades onde estamos inseridos.

3.2.2 Visão:

Com base nos resultados alcansados no exercício económico findo e sendo o primeiro ano de
actividade da empresa, podemos considerar estes resultados encorajadores, desta forma procura-
se ser uma empresa com capacidade de gestão a altura de responder os níveis de necessidades do
mercado, ter uma pujança financeira a altura de fazer face a concorrência do mercado, tornar-se
uma empresa reconhecida, e com referência na gastronomia Moçambicana buscando qualidade,
agilidade no atendimento e manter um bom relacionamento com os nossos clientes,
colaboradores, fornecedores e instituições financeiras. Sempre valorizando essa troca de
experiencia na convivência entre o restaurante e clientes em um espaço aconchegante e um
ambiente familiar.

7
3.2.3 Objectivos:

O Restaurante Vasa Lda., tem como objectivo prioritário liderar o fornecimento de produtos com
uma excelente qualidade de forma a satisfazer as necessidades e gostos dos seus clientes,
podendo desta forma consolidar-se no mercado de alimentos. Aumentar o volume das suas
vendas, conquistar o maior numero de clientes possíveis e abrir novas sucursais noutros
mercados, levando assim a empresa a aumentar os seus lucros.

3.3 ANALISE DO MERCADO

O Restaurante Vasa lda, visa consolidar se no ramo de fornecimento de refeições visando a


demanda de universo da simulação empresarial, com base em estratégias de marketing que
permitira ganhar mais espaço no mercado, buscando a lucratividade operacional positiva
utilizando, técnicas de gestão que passam pela conteção de custos, politicas de credito que
possam beneficiar a empresa bem como os intervenientes do mercado, promover refeições de
excelente qualidade como forma de conquista de seus clientes.

Durante o período das aulas de simulação, observou-se situações não satsfatorias para o ambiente
empresarial, uma vez que as transacções de compra, vendas, e prestacao de serviços eram feitas
por afinidade, apesar de por a disposicao produtos com preços acessíveis, boa qualidade e uma
excelente politica de marketing, colocou algumas empresas numa situacao de nada terem
transacionado ou terem poucas transacoes dos seu produtos ou serviços.

8
3.4 PRINCIPAIS INDICADORES ECONÓMICOS

O volume de vendas no exercício económico em analise teve um valor considerado satisfatório


apeasr de desejarmos um aumento nos próximos exercícios económicos.

Clientes, as dividas a receber dos clientes tem como saldo positivo no valor de 5.048.668,38Mt, e
um valor que reforça os activos da empresa sendo que as outras contas a receber tem um saldo
positivo de 2.045.120Mt. os Activos tangíveis contem um saldo de 2.212.234,55Mt.

No que respeita as obrigacoes, a empresa tem por pagar aos fornecedores de bens e prestacao de
serviços o valor de 149.635,01Mt.

3.4.1 Indicadores de Rendibilidade

3.4.1.1 Racios Economicos

RCP=RL/CP=3945353/13941375=0,28

RV=RL/V=3943353/7000390,54=0,56

RAT=RL/AT=3943353/17655083=0,22

3.4.1.2 Racios Financiers

LG=AC/PC=7093788,38/2763763,49=2,57

L.Imediata=Dispo/PC=6326659,86/2763376,46=2,29

LS=AC-I/PC=7093788,38-344165,45/2763763,49=2,44

9
4. DEMOSTRACÕES FINANCEIRAS
4.1 Demostracoes de resultados do exercicio findo a 31 de Dezembro de 2016

10
4.2 Balanço a 31 de Dezembro de 2016

11
4.3 Demostração do fluxo de caixa do períod findo 31 de Dezembro de 2016
Metodo indirecto

12
4.4 Demonstração das variações do capital próprio

13
5. NOTAS EXPLICATIVAS
Após o enceramento do programa da simulação empresarial, com base no balancete final
produzido ao longo do percurso da simulação fez se uma analise as contas e constatou se que
haviam algumas contas com irregularidades que careciam de ajustamentos como e o caso da
omissão de certos lançamentos que provocavam défice nas contas do balancete o que levou os
gestores da empresa a proceder a regularização das contas e produzir um balancete reificado que
espelha os factos patrimoniais ocorridos ao longo da simulação . As principais contas que foram
ajustadas foram as seguintes:

Caixa, fornecedores, produtos acabados e intermédios, matéria primas auxiliares e materiais,


activo tangíveis, e outros rendimentos e ganhos operacionais.

No que concerne a rentabilidade económica da empresa constatamos que a empresa possui uma
rentabilidade de vendas que espelha o bom desempenho que a empresa teve nas suas vendas, este
rácio de 56% espelha claramente a receita favorável que a empresa teve enquanto a rendibilidade
dos activos totais a empresa teve um desempenho razoáveis na ordem dos 22%. E a
rendibilidade dos capitais próprios pode também ser considerado razoável ou boa uma vez que
esta na ordem dos 28%, o que podemos dizer que a rendibilidade económica foi positiva.

No que diz respeito aos rácios financeiros, a empresa apresenta uma liquidez geral que espelha
uma estabilidade a curto prazo uma vez que o activo circulante cobre as dividas de

curto prazo cobre as dividas de curto prazo sendo que a sua liquidez geral e de 2,57 e apresenta
ainda uma liquidez imediatamente razoável uma vez que as suas disponibilidades superam o
activo circulante.

14
6. CONSIDERAÇÕES FINAIS
O projecto da simulação empresarial e muito útil para o estudante uma vez que coloca o
estudante em contacto com uma situação quase real da contabilidade e gestão da contabilidade e
gestão, dotando o estudante de capacidades para desenvolver habilidades e competências
empresariais nas áreas de administração como vendas, produção, finanças, aprovisionamento ect.

Considerando a realidade vivida durante as áreas da simulação empresarial, o seu inicio foi com
sobressaltos, uma vez que durante um mês estávamos parados devido a problemas do servidor,
quando resolvido esse problema com o sistema que tinha oscilações constantes e por vezes sem o
próprio sistema, que paralisava as actividades por um dia ou mais afectando as transacções entre
a instituição envolvidas na simulação, assim como as comunicações empresariais via internet.

Neste âmbito ganhamos muita experiencia profissional na área respeitante ao curso de


contabilidade, o que leva a propor que num futuro melhora se as condições das aula da
simulação.

15
16
17
18
Indice
1 LISTA DE ILUSTRAÇÕES.....................................................................................................1
2 INTRODUCAO........................................................................................................................2
2.1 ORGANIGRAMA............................................................................................................3
3. RELACTÓRIO DE GESTÃO..................................................................................................4
3.1 MENSAGEM DO DIRECT0R.........................................................................................4
3.2 ESTRATEGIA ORGANIZACIONAL..............................................................................7
3.2.1 Missão:.......................................................................................................................7
3.2.2 Visão:.........................................................................................................................7
3.2.3 Objectivos:................................................................................................................8
3.3 ANALISE DO MERCADO..............................................................................................8
3.4 PRINCIPAIS INDICADORES ECONÓMICOS..............................................................9
3.4.1 Indicadores de Rendibilidade....................................................................................9
4 DEMOSTRACÕES FINANCEIRAS....................................................................................10
4.1 Demostracoes de resultados do exercicio findo a 31 de Dezembro de 2016..................10
4.2 Balanço a 31 de Dezembro de 2016................................................................................11

19
.....................................................................................................Erro! Marcador não definido.
4.3 Demostração do fluxo de caixa do períod findo 31 de Dezembro de 2016...............12
4.4 Demostracao das variações do capital proprio...........................................................13
5 NOTAS EXPLICATIVAS......................................................................................................14
6 CONSIDERACOES FINAIS................................................................................................15

20