Você está na página 1de 4

Introdução

A palavra honra está caindo em desuso; contudo o preço que estamos pagando
como sociedade organizada é muito caro.

O principio da honra forma o caráter de sucesso!

É respeito, reconhecimento, consideração, valorização do outro. A honra tem a


ver com “reconhecer ou dar valor”, “tratar em alta estima, respeito ou
consideração”, “tratar como algo precioso”.

O contrário de honra é a desonra: “tratar como comum ou ordinário”, “tratar com


desprezo” e até mesmo “desrespeitar” ou “humilhar”.

Vemos muitos exemplos de DESONRA:

. Na família – filhos desrespeitando os pais, pais aborrecendo os filhos, esposos


e esposas não se respeitam mais;

- Um principio biblico estabelecido por Deus e que os filhos honrem os vossos pais

- Outra questao e que os pais não devem aborrecer os filhos, mas deve tratar
honrosamente na mais alta estima.

- A proposta bíblica e que os maridos tratem suas esposas com decorro, com
honrarias sabendo que a mulher e um vaso mais fraco.

. No trabalho – funcionários não respeitam seus patrões e vice-versa;

- aos servos (funcionários, empregados) fazei o seu trabalho como ao Senhor, na


sinceridade do vosso coração.

- os patrões não tratem os funcionários com leviandade, tratem com respeito e


com dignidade
. Na sociedade – Pessoas não respeitam mais as autoridades
(polícias, governantes);

- Paulo diz que toda alma (pessoas) estejam sujeitas as autoridades superior,
porque elas foram constituídas por Deus

- Se rebelar contra elas e se rebelar contra o próprio Deus, pois foi ele que as
nomeou

. Na escola – Alunos desrespeitando os professores;

. Na Igreja – Falta de respeito com o próximo, com os líderes, com os Pastores,


com os irmãos;

- Jesus lhes disse: “Só em sua própria terra e em sua própria casa é que um
profeta não tem honra.

- A Bíblia diz que devemos honrar a todos, tratando com dignidade e honestidade:
“Prefiram dar honra aos outros mais do que a si próprios.”(Rm 12.10)

. Com Deus – pessoas que só honram a Deus com os lábios, mas o coração está
distante dEle.

A inveja nos empobrece e nos faz pequenos

I. A ORIGEM DOS RECABITAS

1. Sua origem. Quando o Senhor ordenou a Jeremias que visitasse os


recabitas, tinham estes já uma história de aproximadamente 250 anos. De uma
tribo nômade e dedicada ao pastoreio, foram pouco a pouco aparentando-se
com os queneus e com os descendentes de Jetro, sogro de Moisés (1 Cr 2.55),
até se constituírem num expressivo e piedoso clã.
2. Seu relacionamento com Israel. Os recabitas entram na história do povo
de Deus de maneira heróica. Jonadabe, um de seus patriarcas, é convidado pelo
rei Jeú a extirpar os profetas de Baal do Reino do Norte. Nesta ocasião, o
recabita identifica-se como tendo um coração reto diante de Deus (2 Rs 10.15-
27). Apesar dos desvios de Jeú e de outros líderes em Israel, mantiveram-se os
recabitas fiéis à Lei de Deus, embora não passassem de forasteiros entre os
hebreus.
3. O encontro dos recabitas com Jeremias. Os recabitas achavam-se em
Jerusalém para escapar às forças babilônicas que, dentro em breve, haveriam
de destruir a Cidade Santa. Na periferia desta, armaram eles suas tendas. E,
agora, recebem o inesperado convite do profeta para se dirigirem à Casa de
Deus. Aqui, seria encenado mais um duro sermão aos descendentes de Jacó,
visando demovê-los de sua rebelião contra o Senhor.

1. O primeiro principio da honra e a lealdade

Mantinham os votos feitos a um líder humano

Quem e leal não trai

2. O segundo principio da honra e a obediência

Obedeciam as leis que tratavam de questões temporais

os recabitas honravam a tradição de seus antepassados

Há honra na obediência

3. O terceiro principio da honra e o reconhecimento

Obedeceram por mais de duzentos anos

O fruto da honra e a recompensa


Conclusão

Ainda é possível resgatar o valor e a prática da honra. É uma virtude divina que
honra os céus e abençoa a vida das pessoas. Certamente as próximas gerações
vão agradecer!