Você está na página 1de 2

Facilita Exatas

Lista de Exercícios – Dilatação dos Líquidos

1. Um recipiente de vidro de coeficiente de dilatação linear médio 9 x 10-6ºC-1tem volume de 100


cm3 a 0 ºC, estando completamente cheio com um líquido. Ao ser aquecido até 200 ºC,
extravasam 5 cm3 de líquido. Determine:

a) o coeficiente de dilatação aparente do líquido;

b) o coeficiente de dilatação real do líquido.

2. Um recipiente de vidro tem a 0 ºC volume interno de 30 cm3. Calcule o volume de mercúrio a


ser colocado no recipiente de modo que o volume da parte vazia não se altere ao variar a
temperatura. Dados: coeficiente de dilatação volumétrica do vidro = 24 x 10-6 ºC-1 e coeficiente de
dilatação do mercúrio = 180 x 10-6 ºC-1.

3. Um certo frasco de vidro está completamente cheio, com 50 cm3 de mercúrio. O conjunto se
encontra inicialmente a 28 °C. No caso, o coeficiente de dilatação médio do merc
úrio tem um valor igual a 180 · 10–6 °C–1 e o coeficiente de dilatação linear médio do vidro vale
9 · 10–6 °C–1. Determine o volume de mercúrio extravasado, quando a temperatura do conjunto se
eleva para 48 °C.

4. Um recipiente tem, a 0°C, capacidade (volume interno) de 1.000 cm3. Seu coeficiente de
dilatação volumétrica 25.10-6 e ele está completamente cheio de glicerina. Aquecendo-se o
recipiente a 100 °C, há um extravasamento de 50,5 cm de glicerina.
Determine:
a) o coeficiente de dilatação aparente da glicerina:

b) o coeficiente de dilatação real da glicerina.


Facilita Exatas

5. Um recipiente, cujo volume e de 1000cm3, a 0°C, contém 980 cm3 de um líquido a mesma
temperatura. O conjunto é aquecido e, a partir de certa temperatura, o lí- quido começa a
transbordar. Sabendo-se que o coeficiente de dilatação cúbica do recipiente vale 2.10–5 °C–1 e o do
líquido vale 1.10–3 °C–1, pode-se afirmar que a temperatura no início do transbordamento do
líquido é, aproximadamente:

6. Um recipiente de cobre, de coeficiente de dilatação volumétrico médio frasco = 51 · 10–6 °C–1,


contém mercúrio, a 0 °C, até o volume de 45 cm3. O volume do recipiente a 0 °C é de 46 cm3.
Considere o coeficiente de dilatação do mercúrio Hg = 180 · 10–6°C–1. A que temperatura o
mercúrio encherá completa- mente o recipiente?

7. Uma caixa cúbica metálica de 10 l está completamente cheia de óleo, quando a temperatura do
conjunto é de 20ºC. Elevando-se a temperatura até 30ºC, um volume igual a 80cm³ de óleo
transborda. Sabendo-se que o coeficiente de dilatação volumétrica do óleo é igual
a ,
determine:

a) a dilatação do recipiente, em cm³;


b) o coeficiente de dilatação linear do metal.