Você está na página 1de 55

UNIVERSIDADE DO ESTADO

DE MINAS GERAIS

Departamento de Corpo e Movimento

Atletismo

Corridas de Revezamento

Prof. Eliton Vasconcelos


Departamento de Corpo e Movimento
Universidade do Estado de Minas Gerais - UEMG

Passos - MG
2019
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Representa a única forma de competição em equipe do Atletismo.


Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Provas que consistem de 4 pessoas, a qual cada um deles deve correr 100 ou
400 metros (conduzindo um bastão)
Introdução
Corrida de Revezamento

• Em meio a divergências quanto à sua origem, podemos observar as seguintes


descrições:

1. Têm sua origem na antiguidade, descendendo das corridas com tochas, a


"Lampadodromia", uma corrida disputada por equipes em homenagem à deusa
Atena, que tinha como vencedora a equipe que acendesse a fogueira presente
no altar de Prometeu;
Introdução
Corrida de Revezamento

2. Teve sua origem baseada na entrega de correspondências em uma época em


que muitas coisas eram realizadas a pé ou por meios de transporte precários, em
que um carteiro cansado era substituído por outro até que a correspondência
fosse entregue.

❖ Estafetas - designação antiga para quem entregava correspondência, carteiros.


Introdução
Corrida de Revezamento

3. E acordo com o site a IAAF, a corrida de revezamento nasceu nos Estados


Unidos por volta de 1880, em uma simulação das corridas de caridade,
organizadas por bombeiros nova-iorquinos que transportavam uma flâmula
vermelha por 300 jardas (cerca de 274 metros).
Introdução
Corrida de Revezamento

• A corrida de revezamento é uma corrida em que cada participante de uma equipe


de 4 atletas percorre ¼ da distância total.

• Oficialmente temos, para o masculino e para o feminino, as seguintes distâncias:

4x100m e 4x400m

• O primeiro número indica o número de competidores e o segundo a distância a


ser percorrida por cada um dos atletas.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ A pista (saídas e zonas de passagem ou zona de revezamento)

• As saídas para as provas de 4x100m e 4x400m são realizadas em curva e


escalonadas, ambas utilizando os blocos de partida.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ A pista (saídas e zonas de passagem)

• As zonas de passagem correspondem ao local determinado para que ocorra a


passagem do bastão.

• Caso a passagem seja realizada fora desta, a equipe será desqualificada.


Introdução
Corrida de Revezamento

➢ A pista (saídas e zonas de passagem)


4x100m

• Para a prova de 4x100m, as zonas de passagem do bastão estão localizadas


uma em cada curva, sendo esta prova totalmente balizada, ou seja, todos os
atletas devem desenvolver seu percurso nas suas respectivas raias.

Marcação na pista das zonas de passagem do revezamento


4x100 metros, na raia 1.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ A pista (saídas e zonas de passagem)


4x400m

• Nos 4x400 metros existe apenas uma zona de passagem (cada corredor corre
uma volta inteira na pista, que tem 400 metros de perímetro), que é marcada a 10
metros antes da linha de chegada e 10 metros depois da saída, totalizando os 20
metros regulamentares da zona de passagem para essa prova.

• Esta prova é balizada até o final da primeira curva da segunda volta.

Localização da zona de passagem para revezamento 4x400m, na raia 1.


Introdução
Corrida de Revezamento

➢ 4x400m – (Balizada até o final da primeira curva da segunda volta)


Introdução
Corrida de Revezamento

➢ O Bastão

• O bastão deve ser oco e possuir de 28 a 30 cm de comprimento.

• Tem uma circunferência de 12 a 13 cm e deve pesar 50 gramas, e deve ter uma


cor que possa ser vista facilmente durante a corrida.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Estilos e formas de passagem do bastão

• São dois os estilos de passagem do bastão:

❖ Não visual: o atleta que irá receber o bastão não deve olhar para trás.

❖ Visual: o atleta olha para trás para visualizar o bastão.


Introdução
Corrida de Revezamento

• O bastão deve ser seguro por uma de suas extremidades, de modo que a maior
parte de seu comprimento fique à frente da mão.

• Isso facilitará a passagem do bastão para o próximo corredor.


Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Passagem não visual

• A passagem não visual é característica da prova de 4x100m e favorece a


manutenção da velocidade.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Passagem não visual

• Ao corredor que vai receber o bastão cabe partir com velocidade para se manter
na frente de seu companheiro e, independente do modo de entrega, deverá
manter sua mão de modo que a mesma represente um alvo imóvel facilitando
a passagem.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Passagem visual

• Passagem característica da prova de 4x400m, não se exige, nesta prova, grande


velocidade na passagem (transferência) do bastão.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Passagem visual

• Nesse estilo de passagem a responsabilidade da passagem do bastão é do


corredor que parte e este não pode iniciar sua corrida cedo demais, para se
afastar do corredor que se aproxima.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Passagem ascendente (por baixo) com troca de mãos

• As equipes profissionais quase não o utilizam, mas ele é mais fácil para os
iniciantes.

• Recebe esse nome porque o movimento da mão do corredor que faz a entrega é
de baixo para cima, é um movimento ascendente que identifica o estilo.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Passagem ascendente (por baixo) com troca de mãos

• Neste momento, o atleta que irá receber o bastão deve estar com seu braço
estendido para trás e para baixo e com a mão formando a letra "V“.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Passagem ascendente (por baixo) com troca de mãos

• A ponta livre do bastão ficará para trás e isso obrigará o corredor a trocar o bastão
de mãos, a fim de que a ponta livre passe para frente, de modo que facilite a
passagem de bastão para o atleta seguinte.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Passagem descendente (por cima)

• É a mais usada pela maioria das equipes e recebe essa denominação porque o
movimento de entrega do bastão é feito de cima para baixo.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Passagem descendente (por cima)

• O atleta que recebe o bastão deve ter a certeza de que, independentemente da


forma de passagem do bastão, deverá manter a estabilidade de sua mão,
evitando movimentos oscilatórios.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Passagem descendente (por cima)

• Para receber o bastão, o corredor da frente estende seu braço para trás,
colocando-o voltado para seu companheiro, com a palma da mão voltada para
cima e com os dedos unidos apontados para trás, exceção do polegar, que fica
voltado para dentro.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Passagem descendente (por cima)

• A mão é levada para trás no momento exato da aproximação do companheiro,


para evitar perda do rendimento da corrida.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Passagem horizontal

• É semelhante à passagem descendente em quase todos os sentidos.

• A única diferença é que, ao entregar o


bastão, o movimento do braço de
quem o entrega é feito como se
estivesse empurrando o bastão para a
mão do companheiro, portanto,
através de um movimento de trás para
frente no sentido horizontal.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Passagem horizontal

• Passagem do bastão no estilo horizontal.


Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Passagem horizontal

• Não há uma determinação com relação à forma de passagem do bastão (estilo e


forma) e à prova a ser utilizada.

• Entretanto, parece haver preferência por algumas formas em detrimento de


outras em algumas provas.

• Por exemplo, parece haver uma preferência pela passagem não visual,
horizontal na prova de 4x100m.
Introdução
Corrida de Revezamento
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Passagem do bastão

• Equipes profissionais normalmente apresentam como característica na


passagem do bastão na prova de 4x100m como segue:

1. O primeiro atleta que, por correr em curva, parte com o bastão em sua mão
direita, permitindo que o mesmo corra na parte interna da raia.

2. O segundo atleta, que por correr em linha reta, pode permanecer na parte
externa da raia, recebe o bastão na mão esquerda.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Passagem do bastão

3. O terceiro corredor, tal como o primeiro, corre em curva e, por haver a


necessidade deste permanecer na parte interna da raia, irá receber o bastão
com a mão direita.

4. O quarto corredor, por também correr em linha reta, recebe o bastão com sua
mão esquerda.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Método Uniforme – passagem do bastão.

• Nesse método, imediatamente após estar com o bastão na mão o corredor o


transfere para a outra mão para posicioná-lo de forma adequada e entregá-lo ao
corredor seguinte.

• Dessa maneira, se o primeiro corredor estiver correndo com o bastão na mão


direita, entrega-o na mão esquerda do segundo, e este troca de mão e também
vai correr com o bastão na mão direita, e assim sucessivamente, até o último
corredor.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Método Uniforme – passagem do bastão.


Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Método Alternado – passagem do bastão.

• Na zona de passagem, o corredor de trás coloca a extremidade livre do bastão na


mão do corredor da frente, que agarra o bastão e segue correndo com ele, e não
precisa transferi-lo para a outra mão como no método uniforme.

• Se o primeiro atleta correr com o bastão na mão direita, deverá entregá-lo na


mão esquerda do segundo, que corre com o bastão na mão esquerda e o entrega
na mão direita do terceiro, e assim até o último corredor, sempre alternando a
mão que leva o bastão.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Método Alternado – passagem do bastão.


Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Zona de Passagem (ou de transferência)

• A zona de passagem deve ter 20 metros de comprimento.


Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Composição da Equipe

• Cada um dos trechos do revezamento requer capacidades específicas dos


corredores.

• Exemplo para o 4x100m:

• 1º atleta: saída rápida – melhor rendimento em corrida na curva;

• 2º atleta: bom rendimento em corrida na reta e habilidade para receber e passar


o bastão;
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Composição da Equipe

• 3º atleta: bom rendimento em corrida na curva – habilidade para receber e


passar o bastão – maior capacidade de recuperação;

• 4º atleta: atleta mais veloz e com grande capacidade para a finalização da


prova/chegada.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Erros mais frequentes nas provas de revezamento:

1) O atleta que irá receber o bastão parte cedo demais e, assim, o atleta que chega
não consegue alcançar o mesmo para realizar a passagem dentro da zona de
passagem.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Erros mais frequentes nas provas de revezamento:

2) O atleta que irá receber o bastão parte tarde demais e, assim, corre o risco de se
chocar com o corredor que chega ou de ser alcançado antes de alcançar sua
maior velocidade.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Erros mais frequentes nas provas de revezamento:

3) O corredor que irá receber o bastão pode estar numa posição incorreta (os pés
não estão voltados para a direção do percurso, o quadril está torcido).

4) No momento de receber o bastão, as posições dos braços estão incorretas e


prejudicam o ritmo da corrida.

5) O atleta que irá receber o bastão, após partir, volta-se para olhar para trás.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Como segurar o bastão na largada


Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Como segurar o bastão na largada

• 4 alternativas possíveis para segurar o bastão durante a partida:

1) Sendo ele seguro de encontro à palma da mão e com todos os dedos apoiados
no solo.

2) Com o polegar e o indicador apoiados no solo, os outros 3 dedos (médio, anelar e


mínimo) prendem o bastão.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Como segurar o bastão na largada

3) Com o polegar, o dedo mínimo e o indicador apoiados no solo, o bastão deve ser
preso pelos outros dois dedos (anelar e médio).

4) Seguro pelo dedo médio, os outros quatros dedos ficam apoiados no solo.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Sequência pedagógica para as Corridas de Revezamento

1) dispostos em coluna, os alunos/atletas devem passar o bastão de trás para frente


de acordo com a forma escolhida, em um primeiro momento parados, e, em
seguida, realizar esta mesma movimentação andando;

2) semelhante ao exercício anterior, realizar a mesma movimentação de passagem


do bastão, mas com uma corrida de baixa velocidade;
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Sequência pedagógica para as Corridas de Revezamento

3) em duplas realizar uma corrida simulando a marca de controle;

4) em duplas simular uma corrida utilizando a marca de controle e a passagem do


bastão;

5) realizar a corrida completa.


Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Resumo dos tópicos regulamentares para as Corridas de Revezamento

1) Como em todas as corridas realizadas em raias marcadas, cada atleta deverá


manter-se em sua raia do início ao fim, exceto no revezamento 4x400m que
deverá ser corrida em raia marcada até o fim da primeira curva da segunda volta.

2) A zona de passagem deve ter 20m de comprimento.


Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Resumo dos tópicos regulamentares para as Corridas de Revezamento

3) A prova do revezamento 4x100m é corrida inteiramente em raias.

4) No revezamento 4x400m, a primeira volta é corrida totalmente balizada e a


segunda até o fim da primeira curva, onde deve haver uma linha inclinada
indicando o fim do balizamento (raia livre).

5) No revezamento de 4x100m, com exceção do primeiro corredor, todos os atletas


podem começar a correr até 10 m (zona opcional) antes da zona de passagem.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Resumo dos tópicos regulamentares para as Corridas de Revezamento

6) No revezamento 4x400m, não será permitido o início da corrida antes da zona de


passagem do bastão.

7) O bastão deve ser um tubo liso oco, de forma circular, feito de material rígido,
com o comprimento mínimo igual a 28 cm e o máximo de 30 cm, com 50 gramas
de peso.
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ 4x100 masculino

• Recorde Olímpico e Mundial


✓ Tempo: 36.84
✓ Londres 2012

Usain Bolt Yohan Blake Michael Frater Nesta Carter


Introdução
Corrida de Revezamento

➢ 4x100 feminino

• Recorde Olímpico e Mundial


✓ Tempo: 40.82
✓ Londres 2012

Carmelita Bianca Knight Allyson Felix Tianna Madison


Jeter
Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Men's 4x100m World Record - London 2012 Olympics


Introdução
Corrida de Revezamento

➢ Women's 4x100m World Record - London 2012 Olympics


Introdução
Corrida de Revezamento

Prof. Eliton Vasconcelos

elitonbio@hotmail.com