Você está na página 1de 2

Bogotá, 26 de março de 2019

Senhores:
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

“Os encantos desta ciência sublime, a matemática, só se revelam àqueles que têm o valor
de se aprofundar nela” Carl F. Gauss.
Afetuosa saudação,
Meu nome é Danny Julián Perilla Mikán, moro em Bogotá, capital da Colômbia, sou
estudante de Matemática da Universidade Nacional da Colômbia - sede Bogotá.
Atualmente, já cursei 70% de progresso em minha carreira. Durante minha formação
acadêmica tenho visto paralelamente disciplinas no plano de estudos de Física e tenho
realizado atividades de formação complementária tais como aulas particulares e assessorias
em matemáticas para os estudantes de primeiros semestres em diferentes programas de
acompanhamento.

Durante meu período escolar, tive excelentes professores que despertaram meu interesse
pelas ciências, em particular a física sempre me chamou a atenção. Posteriormente me dei
conta que a matemática era uma ferramenta indispensável para a física e decidi começar
por ela. Na minha mente sempre estava a ideia de estudar matemática na Universidade
Nacional da Colômbia, a mais importante do meu país. Esse objetivo alcancei alguns anos
depois de terminar o ensino médio.

Aplicar-se para um intercâmbio internacional representa um novo desafio para mim. Se


bem que enfrentar esse choque cultural e viver num lugar totalmente novo faz parte desse
desafio, assim como o fato de tomar a decisão e enfrentar suas consequências. Por
exemplo, assumir o preço inerente da viagem, tudo isso me motivou a oferecer aulas
particulares de matemática, proporcionando para mim uma experiência valiosa. Um
intercâmbio no Brasil, academicamente representaria para mim uma enorme experiência
assim como uma oportunidade para ter contato com a escola de matemática, atualmente
a mais importante da América Latina.
Nos últimos anos, o Brasil tem sido uma referência mundial em matemática e em geral em
ciências. Sua preocupação por melhorar nas ciências não somente o coloca em uma posição
destacada senão também contribui para o desenvolvimento científico a nível regional.
Descobri parte da cultura brasileira faz alguns anos, principalmente, através de sua música
que me cativou e me induziu a conhecer mais e como na Aula De Matemática de Tom Jobim,
“Estou perdidamente apaixonado” por ela. Me apaixonei pelo idioma e comecei a estudar
de forma autodidata, além disso, mas comecei a estudar português num curso de português
como língua estrangeira, oferecido na Universidade Nacional, no início deste ano.

O primeiro contato que tive com a Universidade Federal Fluminense (UFF) foi através de
umas aulas virtuais de Mecânica Analítica que apreciei bastante e que eram dadas pelo
professor Nivaldo Agostinho Lemos. Depois de descobrir que minha Universidade tinha
convênio de mobilidade acadêmica com a UFF, me interessei por aplicar e vi isso como uma
oportunidade não só de ter contato com a belíssima cultura brasileira, mas também de
enriquecer minha formação acadêmica. Para este objetivo, adoraria muito assistir aos
cursos de Física na UFF, dada a relevância da universidade nesta disciplina. Por outra parte,
sei que seria muito apreciada essa experiência no momento de solicitar dupla titulação na
minha universidade e para qualquer trabalho, mestrado ou projeto futuro que deseje
aplicar ou empreender.
A localização da UFF em Niterói é excepcional dada sua proximidade com o Rio de Janeiro
e, portanto, o contato direto com o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA).
Posterior a meu semestre de estudo na UFF aplicarei para o programa de verão do IMPA,
experiência que qualquer matemático apreciaria bastante e que sem dúvida representa
uma razão adicional para estudar na UFF.

Acredito que a essência do ser humano está em dar tudo de si para produzir um avanço em
sua sociedade. Desde este ponto de vista, um contexto no qual a Colômbia, seja um ator
principal no desenvolvimento científico mundial, é um cenário pelo qual eu gostaria de
trabalhar. Por exemplo, hoje a Colômbia e o Brasil são países destacados em lógica
matemática graças às pesquisas de Xavier Caicedo e Newton da Costa respectivamente, e a
gerações de matemáticos que tem se formado sob sua tutoria. Assim como em lógica
matemática, nossos países podem ser protagonistas em muitos âmbitos da ciência. Para
este objetivo, o Brasil e a UFF quem me abriria as portas para o país, jogariam um papel
importante.
A Formação de um matemático costuma estar cheia de obstáculos, e uma qualidade que
geralmente desenvolvemos é a perseverança, também se aprende a ter uma atitude aberta
e propositiva ante qualquer adversidade. O estudo tem sido uma constante em minha vida
e, dadas as circunstâncias, decidi entrar na UFF para complementar meu esforço e meus
planos acadêmicos, profissionais e culturais. Minha estadia e compromisso acadêmico na
comunidade da UFF enriquecerá mutuamente a experiência formativa e cultural. Sem
dúvida, a UFF representa o espaço no qual planejo complementar minha experiência de
vida pessoal e acadêmica.

Atenciosamente:
Danny Julián Perilla Mikán