Você está na página 1de 2

CARTA DO ACAMPAMENTO DO POVO CEARENSE POR LULA LIVRE: A RESISTÊNCIA SOMOS NÓS.

“Não adianta tentar acabar com as minhas ideias, elas já estão pairando no ar e não tem como
prendê-las. Não adianta parar o meu sonho, porque quando eu parar de sonhar, eu sonharei pela
cabeça de vocês”.
(Lula, 7 de abril de 2018)

Somos milhares de trabalhadores e trabalhadoras organizados em movimentos populares,


sindicais e partidos políticos de esquerda do Ceará, com representação nos 184 municípios do
estado em luta por Lula livre. Somos a Frente Brasil Popular e a Frente Povo Sem Medo.

O povo do Ceará decidiu iniciar o “Acampamento Lula Livre: a resistência somos nós”, como forma
de expressar nossa solidariedade e indignação ante a prisão do presidente Lula, a maior liderança
popular do Brasil. Lula é um preso político, e sofre uma das maiores perseguições da história do
nosso país. Desde as eleições de 2014, um consórcio golpista formado por amplos setores
empresariais, do judiciário e do congresso nacional e pela grande mídia, decidiu usurpar o poder
através do impeachment da presidenta Dilma Rousseff, ocorrido em 2016. Desde então, vimos a
retirada de direitos do nosso povo e o aumento da violência política e do fascismo, que vitimou
Marielle Franco e tantas outras lideranças populares.

Ao longo desses sete dias, o Acampamento realizou três grandes manifestações de rua, 7 aulas
públicas com a presença de intelectuais, parlamentares, artistas e dirigentes sindicais
compromissados com a luta do povo, diversas oficinas de produção visual, teatro, música, dezenas
de apresentações culturais, totalizando a participação de 50 mil cearenses.

Essas ações fortaleceram a unidade das forças de esquerda, populares e progressistas do estado
do Ceará. Por uma pauta comum: Lula livre e candidato à presidência da República, por eleições
democráticas e livres, pelo voto popular nos partidos de esquerda, na defesa de um país soberano
e justo, com base na construção do projeto popular para o Brasil.

A solidariedade e o compromisso do nosso povo foram mais uma vez decisivos, e se mostraram no
apoio político e na participação de milhares de cearenses no nosso acampamento, na participação
voluntária de vários artistas, na doação de alimentos, cobertas e colchonetes.

Decidimos seguir nosso acampamento em movimento, pelos bairros, pelas sedes e distritos dos
municípios, em um processo de organização popular e trabalho de base intenso, com o objetivo de
ampliar a mobilização popular em todo canto do Ceará. Nosso acampamento deve seguir no meio
do povo! Por isso, convocamos todo o povo cearense a se mobilizar de forma permanente:

-Organizando comitês populares em defesa da liberdade de Lula e pela construção de um projeto


popular para o Brasil.

-Participando e construindo o maior 1ºde maio da nossa história, dia de luta da classe
trabalhadora, pela liberdade de Lula e em defesa dos direitos sociais da classe trabalhadora.

-Ocupando as ruas e as redes com Lula Livre, realizando pinturas nos muros e fachadas, hastear
bandeiras e faixas em suas casas com # Lula Livre!
-Escrevendo cartas ao presidente Lula e enviar para o endereço…. (por o endereço do PT nacional)