Você está na página 1de 2

Introdução

O acetato de Etila é um solvente orgânico oxigenado, que entre os membros da família dos
ésteres é um dos que possui grande poder de solvência, característica que assegura inúmeras
aplicações nas indústrias de tinta, vernizes e esmaltes, por exemplo. É uma substância liquida à
temperatura ambiente, incolor, volátil e de polaridade moderada.

Os ésteres podem sofrer hidrólise ácida e básica. A hidrólise básica, também chamada de
Saponificação, ou hidrolise alcalina, baseia-se em uma base, que em solução aquosa, reage com
o éster, forma álcool e sal orgânico. Na reação entre um éster com hidróxido de sódio, por
exemplo, o íon hidroxila é acrescido ao acetil, enquanto que, o íon sódio forma o sal orgânico
com o grupo acetato. [1]

𝐶𝐻3 𝐶𝑂𝑂𝐶2 𝐻5 + 𝑁𝑎𝑂𝐻 → 𝐶𝐻3 𝐶𝑂𝑂𝑁𝑎 + 𝐶2 𝐻5 𝑂𝐻


A hidrólise é geralmente realiza em um reator em batelada, constituídos de aço, uma vez que o
aço evita corrosões provenientes da ação do oxigênio livre formado a altas temperaturas e
concentrações de ácido mineral. [2]

Para a determinação de parâmetros cinéticos em reações homogêneas, os tanques de agitação


são comumente empregados. [3] Taxa de reação pode ser definida como o produto do termo
dependente da temperatura e do termo dependente da concentração. Em um processo
experimental, a temperatura é fixada e determina-se a dependência da concentração, seguida
da constante da taxa com temperatura. [4]

−𝑟𝐴 = [𝑘(𝑇)][𝑓(𝐶𝐴 , 𝐶𝐵 , . . 𝐶𝑛 )]

A determinação da concentração é feita através por meio de três métodos: Diferencial, integral
e regressão linear, sendo o primeiro um dos mais utilizados. No método diferencial, a reação é
considerada isotérmica e ocorre em um reator em batelada e volume constante, medindo-se a
concentração do tempo. A partir do balanço de molar e lei da velocidade, tem-se: [3]
𝑑𝐶𝐴
− = 𝑘𝐴 𝐶𝐴𝛼
𝑑𝑡
Aplicando o logaritmo dos dois lados da equação:
𝑑𝐶𝐴
ln (− ) = 𝑙𝑛𝑘𝐴 + 𝛼𝑙𝑛𝐶𝐴
𝑑𝑡
𝑑𝐶𝐴
Observa-se que, o termo ln (− 𝑑𝑡
) é dependente do termo 𝑙𝑛𝐶𝐴 , sendo está uma reta linear.
A inclinação da reta expressa a ordem de reação 𝛼 e a velocidade específica de reação. O termo
𝑘𝐴 é o termo independente da equação linear. Uma vez conhecido o termo 𝑘𝐴 , pode-se
determina o fator pré exponencial e a energia de ativação por meio da lei de velocidade. [4]
−𝐸𝑎
𝑘 = 𝑘𝑜 𝑒 𝑅𝑇

Sendo assim, o objetivo principal deste presente experimento foi determinar a constante da
taxa da reação de hidrólise do acetato de etila em um meio alcalino. As temperaturas utilizadas
foram de 20, 30 e 40°C. Além disso, também procurou-se determinar o fator pré exponencial, a
energia de ativação e verificar a validade do modelo proposto.
Referências:

[1] SOLOMONS, T.W.G.; FRYHLE, C.B. Química Orgânica, 7ed. LTC, Rio de Janeiro, 2000.

[2] BARCZA, M. V. (s.d.). Hidrólise. Escola de Engenharia de Lorena, São Paulo.

[3] FOGLER, H. S. Elementos de engenharia das reações químicas. São Paulo: LTC, 2009.

[4] LEVENSPIEL, O; Engenharia das Reações Químicas, 3ª edição. Editora Blucher, São Paulo,
2000.