Você está na página 1de 1

Questões

1. Qual é a principal fonte de conflito entre os gerentes e o DRH? Explique.

Resposta: A empresa no início era pequena com cerca de 130 funcionários. As tarefas eram
distribuídas e aplicadas por pouca gente. Mas em pouco tempo a quantidade de funcionários
aumentou e a necessidade de especializar os departamentos logo se mostrou necessária.
Contudo, não houve um entendimento na nova atribuição de tarefas entre gestores e gerentes.
A direção acredita que um RH forte pode evitar problemas e prejuízos á empresa.

2. Você acredita que os gerentes deveriam ter mais autonomia para tomar decisões sobre seus
funcionários, como admissão, avaliação e remuneração dos seus subordinados? Se sim, quais os
possíveis problemas em descentralizar essa autoridade? Explique.

Resposta: Não vejo problema, desde que o gerente seja capacitado e promova o clima
organizacional que seja possível tratar dessas áreas sem desgaste e sem acumulo de funções.
Em todo caso, se o profissional não tiver a habilidade necessária, melhor distribuir essas tarefas
entre os funcionários, afim de facilitar o andamento da empresa.

3. Como poderiam os diretores da Sands lidar com as reclamações dos gerentes?

Resposta: Caso, os gerentes sejam pessoas qualificadas, não haveria problemas em delegar
algumas atividades para eles. No meu ponto de vista o DRH estava fazendo um bom trabalho,
com diretrizes interessantes e uma condução de triagem dos candidatos.

4. Como poderia o diretor de RH resolver essa situação? Explique.

Resposta: Colocar pessoas com suas respectivas atribuições nos lugares certos. Um novo
organograma que seja de fácil assimilação, que possa ser posto em prática o plano de negócios
da empresa.