Você está na página 1de 10
CAPITULOI Aeducagao como tema da Sociologia Introdugao A sociedade é toda cla uma situagio educativa, dado que a vivéncia entre os homens é condigéo da educagio. A agdo desenvolvida entre 0s homens os educa ¢, ao interagirem, educando-se entre si, os homens formam a sociedade, A Sociologia tem como objetivo o estudo da sociedade, isto é, da forma pela qual os homens vivem em grupo, das relagdes que estabelecem das conseqiléncias dessas relagdes. A educagdo um dos temas centrais da Sociologia, uma vez que por educagéo entendemos o resultado © a condigao das relagdes entre os homens. Segundo Brandio, “ninguém escapa da educagio, Em casa, na rua, na igreja ou na escola, de um modo ou de muitos, todos nés envolvemos pedagos da vida com ela: para aprender, para ensinar, para aprender-e- ensinar. Para saber, para fazer, para ser ou conviver, todos os dias misturamos a vida com a educagdo” (1981:7). Os homens vém a0 mundo inacabados, precisando trabalhar para suprir suas necessidades. Ao se organizarem para 0 trabalho, os homens criam uma série de hébitos, de comportamentos, de manciras de agir © de pensar, constituindo aquilo que chamamos de cultura — 0 modo de ser diferenciado que os homens adquitem ao se organizarem para a realizagio do trabalho necessério sua existéncia. A educago, no sentido amplo definido acima, 6 um elemento importante para os homens na criagio © na transmissio da cultura, 24 ‘A forma de organizago do trabalho c, portanto, da cultura é diferente entre os povos © entre os diferentes momentos hist6ricos. Assim, a cultura dos chineses € diferente daquela dos curopeus ou dos brasileiros, Mesmo no Brasil temos diferengas culturais: a cultura dos indios € diferente daquela dos demais brasileiros, a dos brasileiros do Sul € distinta daquela dos nordestinos etc. E a importincia da educagio que levou os pensadores socidlogos como Durkheim (1858-1917) ou Mannheim (1893-1947) a se interessarem por cla, formando uma parte especifica da Sociologia: a Sociologia da Educagio. A educaco se mistura com toda a vida social, As relagbes entre ‘educagio e sociedade devem ser compreendidas; para isso se faz necessiria a contribuigéo da Sociologia Geral. 0 objetivo deste capitulo ¢ fazer com que alunos e professores, 0 estudarem os conceitos de interagdo social, educagio, socializagio, cultura, instituigGes sociais © conhecimento: + vejam-se como seres que passam por estes processos vivenciando-os de determinadas formas; + discutam diferentes processos de educagdo, socializagao e cultura, percebendo no existir um tipo ideal tnico. Ao contrério, cada grupo social acaba produzindo maneiras diferentes de ser, segundo sua histéria; + compreendam © homem como um ser histérico, criador de novas formas de vida, ao mesmo tempo capaz, por sua meméria, escrita ou oral, de acumular experiéncias. Os temas centrais so a educagio, socializagao, cultura ¢, especial- mente, 0 aparecimento da escola enquanto institu social, a educaco escolar € a sociedade, a educagao fora da escola, contetidos culturais do processo cducativo fora e dentro da escola. Esses temas ligam-se ao fio condutor proposto — a evasio ¢ a repeténcia — que s6 podem ser analisadas no contexto maior de significados que a educagdo assume em nossa sociedade, A educagio, a socializagio e a cultura so processos sociais amplos, isto 6, ocorrem independentemente da escola, embora também aparegam com seu interior. Portanto, embora sejam aspectos diferentes de um mesmo proceso social, é preciso estabelecer as relagdes entre a educagio escolar © a educagio fora da escola. 22 Textos de apoio Texto 1: O que torna possivel a educacgao processo educative que procura tomar 0 individuo um membro da sociedade & chamado de socializacdo. A socializagio e, por decorréncia, a educagéio dependem da capacidade que os homens tém de influfrem uns no comportamento dos outros, modificando-se mutuamente, no proceso de interagdo social. Em outras palavras, é a capacidade de os homens reagirem, de serem capazes de atuar junto a outros homens, aprendendo e ensinando, que toma possivel a educagio. Na socializagio atuam em interagio os individuos e a sociedade. A socializago € um proceso em construgio, cujos agentes siio 0 ser humano e 0 grupo social que o cerea, Nesse proceso 0 individuo, ao mesmo tempo em que se aproxima da conduta do grupo em que vive, incorporando determinados padrdes sociais, age, também, sobre 0 grupo, tendo a possibilidade de modificé-lo. A socializagio ¢ a interagio social, elementos do processo educativo, sfio também as condig6es € 0 resultado da vida social. fi grande a influéncia dos padrées sociais na vida dos individuos. Esses padres chegam mesmo a interferir nos processos fisiolégicos do organismo, na percepgio do eu, do outro, do mundo. E possivel, por exemplo, constatarmos que fungdes vitais, como a alimentagio, esto sujeitas a determinagGes socialmente impostas. Temos fome em horérios previamente determinados, aos quais nosso organismo se adapta. © process de socializagio nfo termina com a insergio da crianga na sociedade, A socializagio € um proceso permanente, que progres- sivamente passa a fazer parte do conjunto de experiéncias do individuo. Segundo Peter ¢ Brigitte Berger: “o nascimento representa a entrada num mundo que oferece uma riqueza aparentemente infinita de expe- rigncias, Grande parte dessas experiéncias nio se reveste de carter social. Evidentemente a crianga ainda nio sabe estabelecer essa espécie de distingao, $6 em retrospecto toma-se possivel a diferenciagao entre ‘os componentes néo-sociais ¢ sociais de suas experiéncias, Mas, uma 23