Você está na página 1de 16

ER – 71 Port..

Hydro-Blasenspeicher

Instruções de montagem e conserto


ER – 71 1

Estas instruções de montagem e conserto valem para os seguintes acumuladores


hidráulicos: HY 156.02, HY 156.03 e HY 156.09

Observação::

Proibido efetuar trabalhos de solda de qualquer tipo ou qualquer trabalho mecânico no


tanque do acumulador. Despois da conexão do conduto hidráulico, deve purgar – se
completamente pelo parafuso de purga de ar montado acima do acumulador.

Todo trabalho numa instalação com acumulador (consertos, montagem de manômetros,


etc.) deve realizar – se só depois de ter retirado a pressão do fluido hidráulico.

LIMPEZA DOS COMPONENTES:

Limpar a sujeira da superficie exterior do reservatório; se houver necessidade, limpiá – lo


com uma escova metálica e logo polir o reservatório. Limpiar completamente o interior do
reservatório (com limpador em frio, gasolina de lavagem ou substância disolvente de
graxa) e seguidamente secâ – lo . Limpar a câmara con un pano de limpeza e secâ – la.
Utilizando banhos purificadores, pôr atenção à compatibilidade do material da câmara
com o fluido. Ter cuidado de que não penetre liquido limpador dentro da câmara.

Limpar bem a válvula hidráulica em banho purificador. Limpar o anel dividido e o mesmo
que a câmara. Limpar o resto dos componentes da maneira habitual.

Schö Aug. 01
2 ER – 71

DESMONTAGEM DO ACUMULADOR

Basicamente, sempre retirar primeiro a pressão de carga prévia. Para isso, desaparafusar
a carapuça de fecho (pos.6) e a porca de capacete (pos.5).
O nitrogênio evacua – se com ajuda do dispositivo de enchimento e teste correspondente.
Desaparafusar e sacar o suplemento da válvula de gás (para isso, precísa – se da chave
de fenda especial para válvula).

Válvula hidráulica :
Retirar o parafuso de purga de ar na válvula de óleo.

A) Afrouxar e desaparafusar a porca de carapuça com a chave de gancho.


Colocar e fixar o acumulador num torno de bancada (quando é pequeno). Quando é
Grande, num torno de bancada para montagem (braçadeiras, corrente, etc.).
B) Quitar o anel separador. Se estiver muito apertado, empregar um martelo de plástico.
C) Afrouxar a válvula e introduzi – la no corpo.
Sacar pela perfuração o anel de vedação e o anel de recâmara da válvula do fluido.
D) Separar o anel dividido da válvula de óleo, dobrá – lo e sacá – lo.
E) Retirar a válvula de óleo.
F) Afrouxar a porca de sujeição da válvula de gás e sacar e câmara.

Aug. 01 Schö
ER – 71 3

COMPROVAÇÃO DE CADA COMPONENTE

Reservatório de pressão
Comprovar se seu interior está livre de corpos extranhos. Controlar se perfuração do lado
do fluido se encontra livre de defeitos para que o anel de empanque possa vedar
perfeitamente.
Verificar se a superficie exterior do reservatório tiver algúm dano pelas bancadas. Se
houver qualquer dano no exterior ou no interior do mesmo, imediatamente entregar o
reservatório à entidade de inspecção competente para que seja examinada.

Câmara:
Encher a câmara com nitrogênio ou eventualmente com ar comprimido e verificar se tem
algúm defeito. Se a bexiga de borracha tiver algum escape, por mais pequeno que seja,
deve trocar – se.
Uma vulcanização o reparo não é possível nem é admissível. Examinar a profundidade de
eventuais pontos de fricção. Se houver tais pontos de atrito, recomenda – se inspeccionar
novamente o interior do reservatório. Estrias finas na borracha não têm importância e não
influem no funcionamento.
Se a válvula de gás tiver escape por falta de vedação, deve trocar- se por uma nova.
Antes, pode rectificar – se o assento esmerilhando – o ligeiramente com uma ferramenta
especial.
Estando a câmara (montada dentro do reservatório) com a máxima pressão de serviço,
deve haver uma completa vedação na válvula de gás. Se não fôr o caso, a câmara não
pode utlizar – se mais.

Válvula hidráulica:
Premendo para abaixo, verificar o livre funcionamento do prato da válvula, e a cada vez,
girá – lo em aproximadamente 90°. O eixo do prato da válvula deve estar isento de estrias
e a porca de autobloqueio deve achar – se ainda bem apertada. O prato da válvula não
deve apresentar agum defeito. As superficies de ajustamento e a rosca devem
encontrar – se em perfeitas condições. Na colocação de uma porca de autobloqueio nova,
untá – la com pasta de vedação "Loctite". Não devem apresentar – se danos por mal
manusejo.

Anel dividido:
Comprovar se os pontos de vulcanização entre o metal e a borracha se encontram em
boas condições e se têm boa aderência. Se a borracha apresentar gretas grandes, trocar
o anel. Igualmente se a borracha estiver já frágil pelo uso ou apresenta fendas pelo
envelhecimento.
(As superficies de contato não devem apresentar asperezas nem entalhes).

Jogo de empanques de vedação


Basicamente devem trocar – se completamente.

Outras peças:
Controlar em quanto a defeitos, e se fôr o caso, trocar.

Schö Aug. 01
4 ER – 71

MONTAGEM DO ACUMULADOR

O interior do reservatório do acumulador deve estar completamente limpo e livre de todo


corpo extranho e de sujeira.

G) O interior do reservatório debe estar bem lubrificado, e preferentemente com o fluido


que vai ser utilizado o qual requere – se para maior facilidade de montagem da
câmara.
A câmara se prepara da seguinte maneira:
Desaparafusar a carapuça de fecho (pos.6), a porca de capacete (pos.5), a porca de
sujeição (pos.4). Retirar o suplemento da válvula de gás com a ferramenta especial
adequada, e sacar o ar da da bexiga.
As câmaras maiores podem enrolar – se em direcção à válvula de gás. Untar
(pulverizar) o lado exterior da câmara com óleo (recomenda – se o que vai ser
empregado no serviço).
Atenção:
Não empregar água, já que ésta não forma um filme de deslizamento durável. (À
excepção dos acumuladores que têm sido construidos para funcionar com água pura).

MONTAGEM DA CÂMARA

As câmaras pequenas não requerem de ferramentas para seu montagem. Introduzir as


câmaras grandes com o dispositivo de montagem auxiliar.

H) A câmara grande se aparfusa à barra de tiro pela rosca exterior da válvula "Vg8" e
introduze – se com cuidado no reservatório..
Dobrar a câmara como mostra a figura.

Aug. 01 Schö
ER – 71 5

Pôr atenção de que a câmara se ache completamente esticada e não fique torcida na
montagem.
Aparafusar ligeiramente a porca de sujeição (pos.4) na válvula de gás para evitar que
a câmara caia dentro do corpo.

I) Colocar a válvula de óleo no corpo.


Pôr atenção de que a câmara não vire.

J) Dobrar ligeiramente o anel dividido e introduzí – lo no corpo. Empurrá – lo na válvula


de óleo.

K) Puxar para fora a válvula de óleo e encher de nitrogênio a câmara com máximo 5 bar.
Assim fica a válvula na sua posição correta.

L) Ordem de montagem:
anel pos. 15
anel de vedação pos. 16
anel separador pos. 17
porca ranhurada pos. 18

M) Primeiramente fazer pressão no anel de vedação em 4 pontos diferentes.


Para isso empregar uma chave de fenda obtusa e abaulada.
Para proteção do anel de vedação cobrir a rosca da válvula de óleo com fita adesiva.

N) Colocar o anel distanciador e apertar a porca ranhurada com a chave de gancho.


Colocar o parafuso de purga de ar.

O) Retirar a porca de sujeição. Colocar a placa de tipificação e fixá – la apertando a


porca.

Schö Aug. 01
6 ER – 71

P) Aplicar a pressão de carga prévia.

Atenção

Encher e vaziar o nitrogênio somente à baixa velocidade!

Já que a pressão de enchimento modifica – se com a temperatura do gás, esperar 5


minutos logo de ter atingido a pressão de enchimento da câmara do acumulador. Em
caso de volumenes maiores de nitrogênio e altas pressões, deve esperar – se 1 hora
aproximadamente até se produzir uma compensação de temperatura. Logo medir
outra vez a pressão de enchimento e ajustá – la se fôr necessário.

Q) Aparafusar a porca de capacete e colocar a carapuça de fecho.

Aug. 01 Schö
ER – 71 7

ERSATZTEILE Denominação Pos.


SPARE PARTS Válvula de gás 3
Peças sobressalentes
Cámara completa, composta de:
Bexiga 2
Suplemento de la válvula de gás 3
Porca de sujeição 4
Porca de capacete 5
Carapuça de fecho (proteção) 6
Empanque (anel) de vedação 7
Anel dividido 14
Válvula de óleo completa, composta de:
Corpo de la válvula de óleo 9
Prato de válvula 10
Bucha de amortecimento 11
Porca de seguranç 12
Mola de válvula 13
Anel dividido 14
Anel 15
Anel de vedação – 90 shore 16
HY 156.02, HY 156.03 = 80 x 5
HY 156.09 = 100 x 5
Anel separador 17
Porca ranhurada 18
Parafuso de purga 19
Empanque 20
Anel de apoio 23
Prato de válvula completo, composto de:
Prato de válvula 10
Bucha de amortecimento 11
Porca de segurança 12
Mola de válvula 13
Jogo de empanques de vedação, composto de:
Anel de vedação 7
Anel 15
Detalhe "X"
Anel de vedação 16
Empanque 20
Anel de apoio 23

Schö Aug. 01
8 ER – 71

ENCHIMENTO DO ACUMULADOR COM NITROGÊNIO

Para controlar a pressão de enchimento e encher o acumulador com nitrogênio, se usase


o aparelho apropriado para isso. Este se compõe de um corpo de válvula com manômetro
"A" e o conduto de mangueira "B".

O parafuso de válvula "1" serve para abrir a válvula de gás e a válvula "2" para
descarregar a pressão.

Antes de realizar qualquer trabalho de teste ou de enchimento, se deve parar o motor e


descarregar a pressão do sistema hidráulico.

Aug. 01 Schö
ER – 71 9

Depois de ter desaparafusado a carapuça de proteção "4" e a carapuça de válvula "5",


desaparfusar até o encosto o parafuso da válvula "1" e logo aparafusar o corpo da válvula
"A" no acumulador "D" girando a porca de capacete "3". O anel de vedação "6" fica na
válvula.
Fechar a válvula de descarga de pressão "2".

Schö Aug. 01
10 ER – 71

Ligar o aparelho com a mangueira ao cilindro de nitrogênio "C" de uso corrente no


comércio. Abrir um pouco a válvula de fecho "7" e deixar entrar lentamente o gás no
acumulador. Durante o enchimento o manômetro indica uma pressão maior à que tem o
acumulador, portante, é necessário efetuar varios controles sucessivos da pressão.

Aug. 01 Schö
ER – 71 11

Fechar a válvula de retenção "7", descarregar a pressão com a válvula de descarga "2" e
fechar novamente a válvula.
O manômetro indica zero. Fechar lentamente o parafuso da válvula "1", até que o
manômetro indique a pressão existente no acumulador. O parafuso da válvula pode ficar
nesta posição para o resto do enchimento. Para efectuar um teste ou efetuar um teste ou
efefuar um enchimento, somente abrir ou fechar a válvula de retenção "7".

Schö Aug. 01
12 ER – 71

No caso de uma pressão de enchimento excessiva, pode reduzir – se da seguiente


maneira:

Fechar a válvula de retenção "7", e no caso de que o parafuso da válvula "1" estivesse
aberto, fechá – o. Abrir a válvula de descarga "2" e reduzir a pressão do gás para a
pressão prescrita.

Atenção!
Nunca forçar o parafuso da válvula aparafusando – o até o encosto com força bruta, do
contrário há perigo de avariar o parafuso.

Aug. 01 Schö
ER – 71 13

Tendo atingido a pressão de enchimento prescrita, abrir o parafuso de válvula "1", fechar
a válvula de retenção "7" e abrir a válvula de descarga "2". Desaparafusar o corpo da
válvula e a mangueira de união.

Aparafusar a carapuça da válvula "5" e verificar a vedação untando água de sabão com
um pincel. Aparfusar a carapuça de proteção.

Schö Aug. 01
14 ER – 71

CONTROLE DA PRESSÃO DO GÁS SEM OPERAÇÃO DE ENCHIMENTO

Montar o corpo da válvula "A" no acumulador "D", como na operação de enchimento.


Fechar a válvula de descarga "2" e aparfusar lentamente o parafuso da válvula "1", até o
manômetro indicar a pressão existente. Logo para terminar, desaparafusar o parafuso da
válvula "1", abrir a válvula de descarga "2" e desmontar o corpo da válvula "A".

Aug. 01 Schö
ER – 71 15

Encher somente
Com NITROGÊNIO

NÃO USAR
OXIGÊNIO

PERIGO DE
EXPLOSÃO

O acumulador somente deve encher – se com nitrogênio. Se são empregados outros


gases, especialmente oxigêno, há um grande perigo de explosão!

Schö Aug. 01

Você também pode gostar