Você está na página 1de 8

QUESTÕES PARA A PROVA ORAL DE TGP 2019.

1ª) Defina autotutela.

R= A AUTOTUTELA CONSISTE NA IMPOCISÃO POR PARTE Á OUTRA E HÁ AUSÊNCIA DE


UM JIZ DESTINTO DAS PARTES, ASSIM NÃO HÁ UM ORGÃO ESTATAL INVESTIDO DE
JURISDIÇÃO, QUE TENHA IMPACIALIDADE, SOBERANIA E AUTORIDADE.

2ª) Defina arbitragem.

R= É UM MEIO ALTERNATIVO DE SOLUÇÃO DE CONFLITOS, O JUIZ ARBITRAL É


DELEGADO A UM TERCEIRO PRIVADO ESCOLHIDO PELAS PARTES.

3ª) A arbitragem é uma espécie de autocomposição. Comente.

R= NÃO. A ARBITRAGEM É UMA ESPÉCIE DE HETEROCOMPOSIÇÃO, POIS HÁ


INTEREFÊNCIA DE UM TERCEIRO PRIVADO ESCOLHIDO PELAS PARTES.

4ª) Em que consiste a autocomposição?

R= AUTOCOMPOSIÇÃO É UM MÉTODO DE RESOLUÇÃO DE CONFLITOS, QUE CONSISTE


EM UM DOS INDIVÍDUO OU AMBOS ABRIREM MÃO DE UM DIREITO POR INTEIRO OU
EM PARTE E ULTILIZA UM TERCEIRO FACILIRADOR.

5ª) O que dispõe o art. 1º do NCPC? Por que tal dispositivo é considerado por Fredie
Didier uma obviedade?

R= ELE DISPÕE QUE O PROCESSO SERÁ DISCIPLINADO E INTERPRETADO CONFORME OS


VALORES FUNDAMENTAIS DA CF, ELE É CONSIDERADO UM OBVIEDADE PORQUE TODAS
AS LEIS INFRACONTITUCIONAIS DEVEM ESTÁ DE ACORDO COM A CF, POR SE TRATAREM
DE LEIS HIERÁRQUICAS INFERIORES, NÃO PODENDO CONTRARIAREMAS DISPOSIÇÕES E
VALORES FUNAMENTAIS DA CF.

6ª) Em que consiste a heterocomposição? Em quais métodos de tratamento de


conflitos a mesma é utilizada?

R= É UMA TÉCNICA PELA QUAL AS PARTES ELEGEM UM TERCEIRO EXTERIOR DO


CONFLITO PARA JULGAR O CONFLITO. ELA É ULTILIZADA NA ARBITRAGEM E NA
JURISDIÇÃO.

7ª) De que depende a efetividade do processo?

R= ELA DEPENDE DE 4 QUESITOS;

I. ADMISSÃO DO PROCESSO
II. O MODO DE SER DO PROCESSO
III. JUSTIÇÃO NAS DECISÕES
IV. EFETIVIDADE DAS DECISÕES

8ª) Diferencie normas materiais de normas processuais.

R= NORMAS MATERIAIS TUTELASOD DIREITOS INERENTES Á VIDA, NORMAS


PROCESSUAIS INSTRUMENTALIZA O PROCESSO E TUTELA AS RELAÇÕES PROCESSUAIS.

9ª) De quem é a competência para legislar sobre Direito Processual? Fundamente.

R= É PRIVATIVA NA UNIÃO, ART. 22. POIS SE TODOS OS ENTES NA FEDERAÇÃO


PODESSEM LEGISLAR SOBRE ESSE DIREITO POSSIVELMENTE OCORREIA DICOTOMIAS E
DESORGANIZAÇÃO DAS NORMAS PROCESSUAIS.

10ª) De quem é a competência para legislar sobre procedimento em matéria


processual? Fundamente.

R= É CONCORRENTE A UNIÃO, ESTADOS E DF, ART.24. POIS OS PROCEDIMENTOS


PROCESSUAIS TÊM CARÁTER RESIDUAL.

11ª) Em que se traduz o princípio do juiz natural?

R= SE TRADUZ EM UM ORGÃO INVESTIDO DE JUSRISDIÇÃO PREDETERMINADA PELA CF


E TRAZ COMO PROINCIPIOS NORTEADORES A IMPACIALIDADE DO JUIZ E A VEDAÇÃO DE
TRIBUNAIS DE EXEÇÃO.

12ª) Defina o princípio do contraditório e da ampla defesa.

R= O CONTRADITÓRIO É O DIREITO DO ACUSADO TER CIÊNCIA DO TER DAS ACUSAÇÕES


E DE REBATÊ-LAS. A AMPLA DEFESA É O DIREITO DO ACUSADO ULTILIZAR DE QUALQUER
MEIO LÍCITO PARA SE DEFENDER.

13ª) Defina o princípio do devido processo legal.

R= O DEVIDO PROCESSO LEGAL CONSISTE NA OBSERVAÇÃO DE TODAS AS FASES, RITOS


E PROCEDIMENTOS, PRINCÍPIOS E GARANTIAS QUE NORTEM O DEREITO PROCESSUAL,
CONSAGRANDO A JUSTIÇA E A EFETIVIDADE DAS DECISÕES, ASSIM SATISFAZENDO OS
INTERESSADOS E RESTABELECENDO A ORDEM E A PAZ.

14ª) Explique os princípios da verdade real e da verdade formal.

R= A VERDADE FORMAL O JUIZ LIMITA-SE A ACOLHER APENAS AS PROVAS E ALEGAÇÕES


APRESENTADAS PELAS PARTES. A VERDADE REAL É A BUSCA PELA REALIDADE DOS
FATOS, O JUIZ NÃO SE LIMITA APENAS AS PROVAS LEVADAS PELAS PARTES, ELE
PARTICIPA DA COLETA DE PROVAS NO QUE FOR NECESSÁRIO.

15ª) Como se aplica a norma processual de acordo com o art. 14 do NCPC?


R= A NORMA PROCESSUAL NÃO RETROAGIRÁ E SERÁ APLICADA DE FORMA IMEDIATA
AOS PROCESSOS EM CURSO.

16ª) Em que consiste o sistema acusatório?

R= CONSITE NA SEPARAÇÃO DE COMPETÊNCIA, ONDE O JUIZ NÃO PODERÁ INVESTIGAR,


INSTAURAR E JULGAR O MESMO PROCESSO, ESSE SISTEMA É NORTEADO PELO
PRINCÍPIO DA IMPACIALIDADE DO JUIZ E DA IGUALDEDE, ONDE AS PARTES ESTARAM
EM MESMO PÉ DE IGUALDADE, TENDO O DIREITO DE CONTRADITÓRIO E DE AMPLA
DEFESA RESGARDADOS.

17ª) Quais são as críticas levantadas pela doutrina acerca do duplo grau de jurisdição
e qual a sua importância para o alcance da ordem jurídica justa?

R= A DOUTRINA APONTA ALGUMAS CRÍTICAS A CERCA DESSE PRONCIPIO, SÃO ELAS

I. O PODER JURISDICIONLA É PASSIVEL DE ERRO EM QUALQUER DAS INSTÃNCIAS


II. A DECISÃO EM RECURSO É INÚTIL QUANDO CONFIRMA A SERENÇA DE 1
INSTÂNCIA
III. A DIVERGÊNCIA DE INTERPRETAÇÃO PODE CAUSAR INSEGURANÇA
IV. ESSE PRINCÍPIO FERE O PRINCÍPIO DE ECONOMIA PROCESSUAL
ESSE PRINCÍPIO É IMPORTANTE POIS OFERECE MAIS SEGURANÇA NAS DECISÕES
E POSSIBILITA A REVISÃO DE POSSIVEIS ERROS E INJUSTIÇAS.

18ª) O NCPC prevê expressamente métodos de solução consensual de conflitos.


Aponte pelo menos dois explique-os.

R= SIM. CONCILIAÇÃO- BUSCA INDUZIR AS PRÓPRIAS PESSOAS A DITAR SOLUÇÕES PARA


SUA PEDÊNCIA, ABRINDO MÃO TOTAL OU PARCIAL DE SEUS DIREITOS, VISANDO UM
ACORDO ENTRE AS PARTES.

MEDIAÇÃO- BUSCA TRABALHAR O CONFLITO SURGINDO UM ACORDO COMO


CONSEQUÊNCIA.

19ª) Quais são as garantias constitucionais da magistratura? Elas têm relação com
algum princípio processual?

R= ELES SE RELACIONAM COM O PRICÍPIO DA IMPACIALIDADE DO JUIZ.

I. VITALICIDADE
II. INAMOVIBILIDADE
III. IRREDUTIBILIDADE DE VENCIDOS

20ª) O princípio do duplo grau de jurisdição está expresso na CRFB? Comente.


R= NÃO. MAS A CF ATRIBUIO A COMPETENCIA RECURSAL A VÁRIOS ORGÃOS DE
JURISDIÇÃO.

21ª) O juiz deve ser neutro para que possa ter um julgamento isento? Comente.

R= O JUIZ DEVE SER IMPARCIAL, NÃO DEVE SER MERO TELESPECTADOR, DEVE SER
PROTAGANISTA, BUSCANDO MOTIVACÃO CONCRETA E JUSTA PARA SUAS DECISÕES,
ASSIM ELE TERÁ UM JULGAMENTO INSENTO.

22ª) A qual ou quais princípios está atrelada à vedação ao tribunal de exceção?

R= IMPACIALIDADE DO JUIZ E JUIZ NATURAL.

23ª) Segundo o art. 13 do NCPC, a jurisdição civil será regida pelas normas processuais
estrangeiras. Verdadeiro ou Falso. Comente.

R= FALSO. SEGUNDO O ART.13 O Q JURISDIÇÃO SERÁ REDIGIDA PELAS NORMAS


BRASILEIRAS, RESSALVADOS OS TRATADOS INTERNACIONAIS QUE O BRASIL FIZER
PARTE.

24ª) Segundo Ada Pellegrini em sua obra Teoria Geral do Processo, quais são os
escopos do processo?

R= SOCIAS, POLITICOS E JURÍDICO.

25ª) Não há no ordenamento jurídico nenhum tipo de permissividade à autotutela.


Verdadeiro ou Falso? Comente.

R= FALSO. HÁ POSSIBILIDADE NOS CASOS DE LEGÍTIMA DEFESA, ESTADO DE


NECESSIDADE E EM CASOS DE PRISÃO EM FLAGRANTE.

26ª) Norma processual é sinônimo de norma procedimental?

R= NÃO. NORMA PROCESSUAL TUTELA AS RELAÇÕES PROCESSUAIS E APRESENTAM


PRINCIPIOS E GARANTIAS PROCESSUAIS E INSTRUMENTALIZA O DIREITO MATERIAL, JÁ
A NORMA PROCEDIMENTAL ESTABELECE RITOS, PRAZOS, DIVISÕES DE COMPETÊNCIA
ETC, IRFORMA APENAS OS ATOS DO PROCESSO EM SI.

27ª) O processo é o único instrumento de resolução de conflitos?

R= NÃO. HÁ MEIOS ALTERNATIVOS DE RESOLUÇÃO DE CONFLITOS, TAIS COMO A


CONCILIAÇÃO, MEDIAÇÃO E ARBITRAGEM.

28ª) Defina mediação e aponte em quais casos a mesma é recomendada, de acordo


com os dispositivos do CPC.

R= MEDIAÇÃO VISA TRABALHAR O CONFLITO DE MODO A RESTABELECER A


COMUNICAÇÃO ENTRE AS PARTES, ELE ULTILIZAR UM TERCEIRO FACILITADOR QUE
BUSCA UMA SOLUÇÃO CONSENSUAL. ELA SERÁ ULTILIZADA EM CONFLITOS QUE NÃO
HAJA VÍNCULO ANTERIOR ENTRE AS PARTES. (ART.164, CPC).

29ª) Defina conciliação e aponte em quais casos a mesma é recomendada, de acordo


com os dispositivos do CPC.

R= CONCILIACÃO- O CONCILIADOR PROCURA APONTAR POSSIVEIS SOLUÇÕES AOS


CONFLITANTES COM O OBJETIVO DE PRECISAR UM ACORDO ENTRE AS PARTES. ELA
ATURÁ NOS CASO ONDE HOUVER VÍNCULO ANTERIOR ENTRE AS PARTES.

30ª) Em que consiste o princípio do impulso oficial?

R= CONSISTE NO EUXARIMENTO DA FUNÃO DA JURISDIÇÃO, ONDE UMA VEZ


INSTAURADO O PROCESSO, O JUIZ DEVE PROMOVER O PROCEDIMENTE FASE EM FASE,
SEGUINDO TODOS OS PROCEDIMENTOS ATÉ A SOLUÇÃO DO MÉRITO.

31ª) Em que consiste o Processo Constitucional? Qual artigo do NCPC reforça esta
ideia?

R= VISA TUTELAR O PRINCÍPIO DA SUPREMACIA CONSTITUCIONAL, PROTEGENDO OS


DIREITOS FUNDAMENTAIS. O ART. 1° ESTABELECE QUE O PROCESSO SERÁ DISCIPLINADO
E ORDENADO PELOS VALORES E NORMAS FUNDAMENTAIS ESTABELECIDOS PELA CF.

32ª) Defina jurisdição.

R= É O PODER/ DEVER QUE O ESTADO DETEM DE APLICAR O DIREITO E DE LULGAR


DETERMINADOS CASOS, COM O OBJETIVO DE SOLUCIONAR CONFLITOS E RESGARDAR A
ORDEM JURÍDICA E AUTORIDADE DA LEI.

33ª) Diferencie jurisdição civil de jurisdição penal.

R= A JURISDIÇÃO PENAL POSSUI CAUSAS PENAIS PUNITIVAS, JÁ A CÍVIL TEM CARÁTER


RESIDUAL, OU SEJA, ELA VERSA SOBRE TODA MATERIA QUE NÃO TENHA CARATER
PENAL. ALÉM DISSO A JURISDIÇÃO PENAL É EXERCIDA POR JUIXADOS ESTADUAIS
COMUNS, MILITAR ESTADUAL, MILITAR FEDERAL, A CIVIL É EXERCIDADE PELA JUSTIÇA
ESTADUAL, FEDERAL, TRABALHISTA E ELEITORAL.

34ª) Defina jurisdição inferior e jurisdição superior.

R= A JURISDIÇÃO INFERIOR É AQUELA EXERCIDA PELOS JUIZES QUE ORDINARIAMENTE


CONCHECEM O PROCESSO DESDE O SEU INICIO (COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA). A
JURISDIÇÃO SUPERIOR É EXERCIDADA PELOS ORGÃO QUE CABEM RECURSO CONTRA AS
DECISÕES DOS JUIZES ORIGINÁRIOS.

35ª) Diferencie jurisdição contenciosa de jurisdição voluntária.


R= JURISDIÇÃO VONLUNTÁRIA A ORDEM JURÍDICA DEIXA A CRITÉRIO DOS
PARTICULAREM REGULAREM, PODENDO LIVREMENTE CRIAR, MODIFICAR E EXTINGUIR
DIREITOS E OBRIGAÇÕES RECÍPROCAS. A JURISDIÇÃO CONTECIOSA É AQUELA QUE
ESTADO DESEMPENHA SUA FUNÇÃO DE PACIFICAR CONFLITOSM, PRESSUPÕE A
EXISTÊNCIA DE UMA LIDE.

36ª) Uma prova lícita, mesmo derivada de uma prova ilícita corrobora para a ampla
defesa, por isso pode ser usada para abalizar a acusação do réu. Verdadeiro ou Falso.
Comente.

R= VERDAEIRO. QUANDO FOR ULTILIZADA PARA FAVORECER O REÚ VEM SENDO


ACOLHIDA PELA DOUTRINA E PELA JURISPRUDÊNCIA.

37ª) O processo brasileiro é inquisitivo? Comente.

R= NÃO, POIS O PROCESSO BRASILEIRO NÃO ADIMITE A POSSIBILIDADE DE QUA AS


FUNÇÕES DE ACUSAR, DEFENDER E JULGAR ESTEJAM EM UM ÚNICO ORGÃO (JUIZ).
ASSIM O JUIZ NÃO PODE INSTAURAR, RECOLHER AS PROVAS E DEPOIS PROFERIR UM
DECISÃO, ISSO INFRIGERIA O PRINCIPO DA IMPACIALIDADE. O POCESSO BRASILEIRO,
PORTANTO. É ACUSATÓRIO.

38ª) Em que consiste o princípio do dispositivo?

R= CONSISTE NA INICIATIVA PROBATÓRIA DAS PARTES, ASSIM O JUIZ DEPENDE DA


INICIATIVA DAS PARTES EM QUANTO AS PROVAS E ALEGAÇÕES QUE FUNDAMENTARAM
SUA DECISÃO.

39ª) Sobre o que dispõe a lei 11.419 de 19 de dezembro de 2006? Comente sua
importância.

R= ELA DISPÕE SOBRE O PROCESSO ELETRÔNICO, ASSIM ELA PERMITE O


GERENCIAMENTO DE DOCUMENTOS E INFORMAÇÕES QUE POSSIBILITA AGILIDADE EM
DIVERSOS PROCEDIMENTOS.

40ª) Em que consiste a razoável duração do processo? A mesma tem previsão


constitucional?

R= ESSE PRINCÍCIPO VISA TORNAR O PROCESSO MAIS ÁGIL E CÉRELE, APLICANDO-SE AO


TEMPO DO PROCESSO, COM OBJETIVO DE DIMINUIR O TEMPO DO PROCESSO. ESTÁ
PREVISTO NO ART. 5, INC. 78

41ª) Razoável duração do processo é sinônimo de celeridade processual?

R= NÃO. PROCESSO CÉRELE É AQUELE QUE TRAMITA COM MAIOR RAPIDEZ POSSIVIL, JÁ
P PROCESSO COM DURAÇÃO RAZOÁVEL É AQUELA QUE ANDA COM CERTA RAPIDÉZ DE
MODO QUE AS PARTES TENHAM A PRESTAÇÃO JURISDICIONAL EM TEMPO HÁBIL.
42ª) Em que consiste o princípio da primazia da resolução de mérito?

R= ESSE PRINCÍPIO ASSEGURA AS PARTES O DIREITO DE UMA SOLUÇÃO SATISFATÓRIA


DA DEMANDA, ASSIM O JUIZ OU ORGÃO JURISDICIONALDEVEM CHEGAR AO FIM DO
PROCESSO COM A SOLUÇÃO DO MÉRITO EM QUESTÃO.

43ª) Por que o princípio da cooperação é tão pujante no NCPC?

R= ELE TEM MUITA IMPORTÂNCIA POIS CONSISTE NO ATIVISMO JUDICIONAL EXERCIDO


PELO JUIZ E PELAS PARTES, ELE SE TRADUZ NA COLABORAÇÃO DAS PARTES QUE É
INDISPENSÁVEL PARA A SOLUÇÃO DA LIDE.

44ª) Aponte soluções viáveis para a diminuição da inflação processual e da


morosidade nos processos brasileiros?

R=

I. CAPACITAÇÃO DOS SERVIDORES


II. TECNOLOGIA (PROCESSO ELETRÔNICO)
III. ESTIMULAÇÃO DOS MEIOS ALTERNATIVOS DE SOLUÇÃO DE CONFLITOS

45ª) Por que o duplo grau de jurisdição possui um caráter político?

R= PORQUE NENHUM ATO ESTATAL PODE ESTÁ IMUNE AOS MEIOS DE CONTROLE.
SENDO NECESSÁRIO UM CONTROLE INTERNO SOBRE A LEGALIDADE E APLICAÇÃO DA
JUSTIÇA NAS SUAS DECISÕES.

46ª) Dentro do processo penal, há algum processo que comporte a realização de


acordo em vez da aplicação da pena? Comente.

R= SIM, NA TRANSAÇÃO JUDICIAL. ELA OCORRE NOS CRIMES DE PEQUENO POTENCIAL


OFENSIVO.

47ª) Qual a fase mais morosa do processo, segundo dados dos últimos documentos
emitidos pelo CNJ, intitulados Justiça em Números?

R= É NA FASE DE EXECUÇÃO PENAL.

48ª) O inquérito policial é considerado como uma fase do processo penal?

R= NÃO. ELE REUNE FATOS DE INVESTIGATIVOS PARA UMA POSSIVEK AÇÃO, ELE É UM
PROCESSO ADMINISTRATIVO.

49ª) Os processos brasileiros pautam-se na ideia de sigilosidade dos seus atos.


Verdadeiro ou Falso? Comente.
R= FALSO. ELE PAUTA-SE NA PUBLICIDADE DOS ATOS, PARA QUE TODOS TENHAM
ACESSO, E QUE POSAM FISCALIZAR AS DECISÕES, EM APENAS ALGUNS DETERMINADOS
CASOS DEVEM OCORRER EM SEGREDO DE JUSTIÇA.

50ª) Em que consiste o princípio da economia processual?

R= ELE CONSISTE NA PROPORÇÃO MEIO FIM, CUSTO-BENEFICIO, TENDO COMO BASE O


MÁXIMO RESULTADO COM A ULTILIZAÇÃO DO MÍNIMO POSSIVEL DE ATIVDADES
PROCESSUAIS.