Você está na página 1de 3

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

Disciplina: Gestão das Informações


Instituto de Ciências Sociais e Comunicação
Exercícios de Revisão

LEIA COM ATENÇÃO: A elaboração deste exercício deverá ser em grupo, obrigatoriamente em sala de aula, com um mínimo de 3 e
no máximo 6 alunos. Dependendo da qualidade das respostas este exercício, em conjunto com outros a serem efetuados no decorrer
das aulas, poderá auxiliar os alunos para efeito de arredondamento da nota final do semestre, condição apenas válida para os alunos
que estiverem presentes até o final da entrega do trabalho. Não utilizar folhas adicionais.
NOME LEGÍVEL / RA DOS ALUNOS Campus: ______________ Data: ____/____/____
1
A integração vertical foi boa para a Apple, mas não é para um produto ou serviço novo se encaixa perfeitamente com o
todo o mundo negócio principal da empresa, então será possível explorá-lo com
vantagem; caso contrário, é melhor manter o foco."
Disponível em: www.wharton.universia.net. Publicado em: 21.03.2012
De acordo com especialistas da Wharton, os mercados não
O Google comprou recentemente a fabricante de aparelhos atingidos pela comoditização, como o da computação móvel,
móveis Motorola Mobility e em breve começará a fabricar smartphones e tablets, são os que mais se beneficiam da
smartphones e decodificadores para TV. O Kindle Fire, da integração vertical. Todavia, tão logo a diferenciação entre os
Amazon, é um tablet que faz a ponte entre o hardware e o mercados diminui, faz sentido que haja uma abordagem mais
comércio eletrônico. A Oracle adquiriu a Sun Microsystems e especializada — em que cada participante da cadeia de
agora lidera o setor de sistemas de engenharia integrada suprimentos tem um papel específico. Hsu observa que antes os
(aparelhos com hardware e software integrados). Até mesmo a mercados de PC e de semicondutores eram integrados
Microsoft, há tempos o principal peso pesado da indústria de verticalmente. Passado um tempo, porém, as cadeias de
software, fabrica agora o hardware do seu Xbox. Os gigantes da suprimentos tornaram-se novamente mais especializadas. No
tecnologia estão, cada vez mais, se parecendo com caso dos PCs, um conjunto de empresas fabrica agora as
conglomerados integrados verticalmente num esforço que se diferentes partes da máquina que são posteriormente montadas
deve, em grande parte, à tentativa de emular o sucesso da resultando no produto final: a Microsoft faz sistemas
Apple. operacionais, a Intel fabrica processadores, a Nvidia produz chips
A integração vertical requer que a empresa controle o produto gráficos e diversas empresas fabricam discos rígidos.
final e todos os seus componentes. No setor de tecnologia, a Os esforços de integração da Apple ficaram visíveis no momento
Apple lidera há 35 anos o modelo vertical, que combina hardware em que a empresa revelou sua terceira geração de iPad. A nova
e software integrados. O iPhone e o iPad, por exemplo, têm versão terá conectividade 4G, tela de alta definição e um
hardware e software desenhados pela Apple, que também processador mais rápido. Shaw Wu, analista da Sterne Agee,
projetou os processadores de ambos os aparelhos. Essa disse em uma nota de pesquisa que a Apple conseguiu introduzir
integração permitiu à empresa ditar o ritmo da computação recursos como os de controle de consumo de energia porque
móvel. "Apesar dos benefícios da especialização, às vezes faz controla os componentes do iPad. "As avaliações que fizemos do
sentido ter todas as etapas debaixo de um mesmo teto", diz setor mostraram que a Apple fez grande progressos ao estender
David Hsu, professor da Wharton. a vida da bateria, um fator que é extremamente negativo nos
O sucesso da indústria da tecnologia que adota esse tipo de aparelhos da concorrência", disse Wu. "Isso se explica pelo fato
integração não é uniforme. A Samsung, grande conglomerado de de que a Apple é dona do núcleo intelectual do aparelho, bem
tecnologia, prosperou fazendo de tudo, de painéis de LCD a como do projeto dos sistemas, dos semicondutores, da química
televisores e smartphones. A Sony, porém, que tem tentado da bateria e do software."
combinar conteúdo, TV e consoles de jogos, como é o caso do O Google quer também criar uma experiência para o usuário que
PlayStation, não encontrou ainda um meio de juntar tantas seja mais uniforme, e que incentive o consumidor a investir em
partes diferentes. "As empresas querem copiar o modelo da toda a sua linha de produtos, e não apenas em um ou dois, diz
Apple, mas isso não vai acontecer da noite para o dia", diz Levinthal. Os analistas dizem que o sucesso da Apple nessa área
Lawrence Hrebiniak, professor de administração da Wharton. culminou com uma participação maior de mercado.
(...) A corrida da indústria da tecnologia rumo à integração Texto Completo em: www.wharton.universia.net/index.cfm?fa=
vertical talvez seja um equívoco, diz Hrebiniak. Afinal de contas, viewArticle&id=2179&language=portuguese. Acesso em 01.jan.14
_______________________________________________________________________________________
existe um motivo pelo qual os grandes conglomerados são
negociados com desconto em Wall Street: eles são difíceis de ATIVIDADE COMPLEMENTAR: Com base na matéria acima e
administrar. "Os conglomerados podem dar certo quando têm texto do Prof. Meireles, procure responder:
uma linha de negócios, decidem entrar em outra, e deixam que a 1 – O que diferencia cada um dos tipos de integração?
primeira funcione de forma autônoma", observa o professor da
Wharton. "Se você tenta integrar negócios distintos, perde o foco 2 – Cite pelo menos duas vantagens e desvantagens de cada
modelo?
de tal modo que anula a possibilidade de coordenação."
3 – Tente identificar um outro tipo de produto ou serviço que
Há também exemplos de empresas de tecnologia que fizeram passou um processo de comoditização que poderia ser
meia volta e tentam agora retornar a um modelo mais beneficiado pela integração vertical.
especializado. A IBM, por exemplo, deixou de fabricar PCs e 4 – Procure detalhar as “Cinco Forças Competitivas de Porter” no
impressoras e hoje se dedica mais à prestação de serviços. "A setor de tecnologia.
questão fundamental de toda tentativa de expansão consiste em
saber se há sinergias entre as partes", observa Whitehouse. "Se