Você está na página 1de 7

UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP

CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA


TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS

FINANÇAS E ORÇAMENTO

Bruno Cesar Manduca 6942018349


Gabriela da Silva Damaceno 6788429620
Idevandro Laudecir Pagan Alves 6955454836
Vivianne Chrystina Pereira de Oliveira 6950470258

Atividade Prática Supervisionada


(ATPS) entregue como requisito
para conclusão da disciplina
“Finanças e Orçamento”, sob
orientação do professor-tutor
Sandra Mara Volpato.

BAURU
JUNHO/2014

1
SUMÁRIO

Etapa 1 – Conceitos básicos da Contabilidade 03


Etapa 2 – Orçamento Empresarial 05
Etapa 3 e 4 – Peça Orçamentária 06
REFERÊNCIAS 07

2
ETAPA 1 – Conceitos básicos da Contabilidade

Abaixo apresentaremos os conceitos básicos de Contabilidade, que,


segundo Schmidt (2008), é fundamental para qualquer profissional atuar na
área administrativa.
Planejamento é um processo contínuo e dinâmico que consiste em um
conjunto de ações intencionais, integradas, coordenadas e orientadas para
tornar realidade um objetivo futuro, de forma não tomar decisões
antecipadamente. Essas ações devem ser identificadas de moda a permitir que
elas sejam executadas de forma adequada e considerando aspectos como o
prazo, custos, qualidade, segurança, desempenho, porque um planejamento
bem realizado oferece inúmeras vantagens à equipe de projetos.
O Planejamento estratégico é um processo gerencial que permite
estabelecer um direcionamento a ser seguido pela empresa, com o objetivo de
se obter uma otimização na relação entre a empresa e seu ambiente. A
respeito à formulação de objetivos para a seleção de programas de ação e
para sua execução, levando em conta as condições internas e externas à
empresa e sua evolução esperada. Também considera premissas básicas que
a empresa deve respeitar para que todo o processo tenha coerência e
sustentação. Além do compromisso de conquistar e reter clientes satisfeitos,
as organizações bem sucedidas devem estar sempre prontas a se adaptar a
mercados em contínua mudança. O planejamento estratégico orientado ao
mercado cumpre exatamente esta função, pois busca manter uma flexibilidade
viável de seus objetivos, habilidades e recursos enquanto mantém um
compromisso com o lucro, o crescimento e sua missão organizacional.
Os elementos do Planejamento Estratégico são: missão, visão, valores,
cenários, objetivos estratégicos, e metas.
A missão é uma declaração sobre o que a organização é, sobre sua
razão de ser, seus clientes e os serviços que presta, a missão define o que é a
organização hoje, seu propósito e como pretende atuar no seu dia-a-dia, a
missão cria um clima de comprometimento da equipe de colaboradores
(servidores e gestores) com o trabalho que é realizado.

3
A visão define o que a organização pretende daqui a alguns anos, ela
representa as ambições da organização e descreve o quadro futuro que se
quer atingir dentro de um período mais longo de tempo. Sendo assim, a visão
proporciona o grande delineamento do planejamento estratégico a ser
desenvolvido e implementado pela organização.
Os valores são ideias fundamentais em torno das quais se constrói a
organização, representam as convicções dominantes, as crenças básicas,
aquilo em que as pessoas da organização acreditam, permeiam todas as
atividades e relações com os clientes e descrevem como a organização
pretende atuar no cotidiano enquanto busca realizar sua visão. Os valores são
elementos motivadores que direcionam as ações das pessoas na organização,
contribuindo para a unidade e a coerência do trabalho.
Os objetivos estratégicos são áreas de atividades nas quais o alcance
de resultados favoráveis é absolutamente necessário para o êxito no
cumprimento da missão e no alcance da visão de futuro da organização.
Metas são formas de representação quantificáveis de características de
produtos e processos, utilizadas para acompanhar e melhorar os resultados e o
desempenho da organização ao longo do tempo.
O Orçamento é muito importante dentro de um planejamento
estratégico, pois é um plano que onde está contida as quantidades de recursos
materiais, horas trabalhadas ou recursos financeiros, capazes de conduzir a
empresa aos seus objetivos, que deve conter alguns propósitos gerais como:
orçamento como sistema de autorização que é o orçamento aprovado um
meio de autorização de recursos para todos os setores da empresa, um meio
para projeções e planejamento. As peças orçamentárias serão utilizadas para
os processos de projeções e planejamento permitindo estudos para períodos
posteriores, um canal de comunicação e coordenação, é um instrumento para
comunicar e coordenar os objetivos corporativos e setoriais, um instrumento de
motivação, ele permite um grau de liberdade de atuação dentro das linhas
aprovadas um instrumento para avaliação e controle, avalia o desempenho dos
gestores e controla os objetivos corporativos e setoriais. Uma fonte para a
tomada de decisão, por conter os dados previstos e esperados é uma
ferramenta fundamental para a tomada de decisões sobre os eventos
econômicos diários de responsabilidade dos gestores operacionais.

4
Porém esta importante ferramenta de gestão deve acompanhar a
estratégia da empresa, o seu acompanhamento e controle devem ser
constantes para que se possam atingir os objetivos planejados.

ETAPA 2 – Orçamento Empresarial

Após as leituras indicadas, chegamos em um conceito que a


preparação dos orçamentos tem como objetivo a projeção de receitas, custos e
resultados, conforme objetivos previamente definidos, geralmente elaborados
com base em períodos anteriores, projetando esse comportamento para
períodos futuros, fazendo enquadramento de receitas e custos, de forma a
aperfeiçoar os resultados. E assim fazendo com que as decisões para os
próximos períodos sejam tomadas com mais segurança, principalmente
aquelas que envolvam novos investimentos, objetivos empresariais, políticas
de produção, níveis de estoques e vendas. E que toda empresa precisa
controlar seus custos e incrementar suas receitas, para isso é que são
estabelecidos os orçamentos, que devem cobrir todas as áreas da empresa.
Esse controle de custos e projeção das vendas é mais importante
ainda e necessário num cenário de alta competitividade como o dos dias
atuais, pois através deles se pode detectar desde pequenos desperdícios até
grandes desvios. Por sua importância, esta é uma atividade ligada diretamente
à diretoria executiva das empresas. Cabe a ela estabelecer as políticas gerais
e tomar as decisões para o planejamento, a preparação, elaboração e controle
do orçamento da organização, inclusive estabelecer o período e sua
abrangência. Período e abrangência que podem variar de empresa para
empresa, dependendo de suas táticas e estratégias empresariais, do seu tipo
de atividade, de sua grandeza e ambição de crescimento, de ser uma empresa
produtora rural, industrial ou prestadora de serviços. É necessário, ainda, que
se estabeleçam quais relatórios o sistema de orçamento deve emitir, pois é a
sua utilização efetiva que proporcionará aos administradores meios para
melhor controlar os resultados e desempenhos dos diversos departamentos e
gerências e, principalmente, dos seus resultados financeiros, de forma a
adequar a organização ao mercado que em atua.

5
Um instrumento fundamental para a empresa, independente de seu
porte e ramo de atividade, pois é um plano estratégico que estabelece metas
para um determinado período, conduzindo a empresa aos seus objetivos.
Quando uma empresa opta por elaborar um orçamento, além do
levantamento dos dados e agrupamento dos mesmos, é necessário um
acompanhamento mensal das variações dos orçamentos.

ETAPA 3 e 4 – Peça Orçamentária

PRODUTO PREÇO Jan Fev Mar Abr Mai

Chocolate
ao Leite
R$ 6,00 1560 1563 1566 1569 1573

Chocolate
Branco
R$ 4,50 1230 1232 1234 1236 1237

TOTAL 2790 2795 2800 2805 2810


Venda - Total R$ 14.895,00 R$ 14.922,02 R$ 14.949,09 R$ 14.976,22 R$ 15.003,39
Imposto sobre
R$ 40,59 R$ 40,66 R$ 40,74 R$ 40,81 R$ 40,88
vendas (27%)
Povisão p/ crédito
R$ 0,01 R$ 0,01 R$ 0,01 R$ 0,01 R$ 0,01
incobráveis (2%)
Receita op cred
R$ 14.854,40 R$ 14.881,35 R$ 14.908,35 R$ 14.935,40 R$ 14.962,50
líquido
Saldo de contas a
receber de cliente R$ 13.864,11 R$ 13.889,26 R$ 13.914,46 R$ 13.939,71 R$ 13.965,00
em 28 dias

Jun Jul Ago Set Out Nov Dez

1576 1579 1582 1585 1588 1591 1595

1239 1241 1243 1245 1247 1249 1250

2815 2820 2825 2830 2835 2840 2845


R$ 15.030,61 R$ 15.057,89 R$ 15.085,21 R$ 15.112,58 R$ 15.140,01 R$ 15.167,48 R$ 10.822,94

R$ 40,96 R$ 41,03 R$ 41,11 R$ 41,18 R$ 41,26 R$ 41,33 R$ 29,49

R$ 0,01 R$ 0,01 R$ 0,01 R$ 0,01 R$ 0,01 R$ 0,01 R$ 0,01

R$ 14.989,65 R$ 15.016,84 R$ 15.044,09 R$ 15.071,39 R$ 15.098,74 R$ 15.126,14 R$ 10.793,44

6
R$ 13.990,34 R$ 14.015,72 R$ 14.041,15 R$ 14.066,63 R$ 14.092,16 R$ 14.117,73 R$ 10.073,88

REFERÊNCIAS

SCHMIDT, Paulo et al. Fundamentos de Orçamento Empresarial. São Paulo:


Atlas, 2008. PLT 478.