Você está na página 1de 18

Aula

 08  -­‐  Tensão  de  Cisalhamento  Média    


Prof.  Wanderson  S.  Paris,  M.Eng.  
prof@cronosquality.com.br  

Prof.  Wanderson  S.  Paris      -­‐      prof@cronosquality.com.br   MECÂNICA  DOS  SÓLIDOS  


Tensão  de  Cisalhamento  
Sob  a  ação  de  forças  de  tração  P,  a  barra  e  a  junta  irão  
exercer  uma   pressão  cortante  contra  o  parafuso,  e  as  tensões  
Tensão de Cisalhamento: Age tangencialmente à superfície do material
de  contato,  chamadas  de  tensões  cortantes,  serão  criadas.  

Figura
Prof.  Wanderson  S.  Paris   1- Conexão Parafusada em que o parafuso é carregado por cisalhamento
   -­‐      prof@cronosquality.com.br   duplo DOS  SÓLIDOS  
MECÂNICA  
1 - 11

Tensão  de  Cisalhamento  


RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS AULAS PROF. GILFRAN MILFONT
Tensão de Cisalhamento
• ‡ AsForçasPeP’sãoaplicadastransversalmente
As Forças P e 3¶ são aplicadas transversalmente ao
membroAB.
ao  membroAB.  
‡ Surgem forças internas, atuando na seção C,
•  Surgem   forças  internas,  atuando  na  seção  
chamadas forçascortantes(V)

‡ AC,   chamadas  
resultante das forçasforças   cortantes  
internas atuantes, neste (V)  
caso, é igual a carga V=P. A correspondente
A  distribuição  
•  Tensão das  natensões  
Média de Cisalhamento seção é: de  cisalhamento  
varia  W medde  zero  na  superficie  da  barra  até  um  
V P
valor  máximo   A A no  centro.  
‡ A distribuição das tensões de cisalhamento varia
•  A  
de d istribuição  
zero na superficie d daas  
barratensões   de  cisalhamento  
até um valor
máximo no centro.
não  pode  ser  assumida  como  uniforme.  
‡ A distribuição das tensões de cisalhamento não
pode ser assumida como uniforme.
1 - 12
Prof.  Wanderson  S.  Paris      -­‐      prof@cronosquality.com.br   MECÂNICA  DOS  SÓLIDOS  
nto: A Tensão   de   C isalhamento
intensidade da força ou   força p
é definida como
•  A  intensidade   tensão
da  força   ou  força  por  de cisalhamen
unidade   de  área,  
que  atua  na  tangente  a  ∆A,  é  definida  como  tensão  
de  cisalhamento,  τ  (tau).  Portanto  pode-­‐se  escrever  
que:  

∆F
τ = lim
∆A→ 0 ∆A
Prof.  Wanderson  S.  Paris      -­‐      prof@cronosquality.com.br   MECÂNICA  DOS  SÓLIDOS  
nsão de Cisalhamento Média
Tensão  de  Cisalhamento  Média  

V
τ méd =
A
onde:    
τméd  =  Tensão  de  cisalhamento  média  na  seção.    
V  =  Resultante  interna  da  força  de  cisalhamento.    
A  =  Área  da  média
Tensão de cisalhamento seção  na
transversal.  
seção.
sultante interna da força de cisalhamento.
Prof.  Wanderson  S.  Paris      -­‐      prof@cronosquality.com.br   MECÂNICA  DOS  SÓLIDOS  

ea da seção transversal.
Aula 2 Prof. MSc. Luiz Eduardo Miranda J. Rodrigues

Cisalhamento  
Cisalhamento em Juntas em  Juntas  
Cisalhamento Simples:

Cisalhamento Duplo:

Prof.  Wanderson  S.  Paris      -­‐      prof@cronosquality.com.br   MECÂNICA  DOS  SÓLIDOS  


Cisalhamento  em  Juntas  
RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS AULAS PROF. GILFRAN MILFONT

Exemplos de Cisalhamento

1 - 13
Prof.  Wanderson  S.  Paris      -­‐      prof@cronosquality.com.br   MECÂNICA  DOS  SÓLIDOS  
Exercício  1  
Aula 2 Prof. MSc. Luiz Eduardo Miranda J. Rodrigues

A  barra  mostrada  na  figura  tem  seção  transversal  


Exercício 2
quadrada  para  a  qual  a  profundidade  e  a  largura  são  de  
40  mm.  Supondo  
2) A barraqmostrada
ue  seja  naaplicada  
figura temuma  
seçãoforça  
transversal axial  quadrada
de  
800  N  ao  longo   do  ea ixo  
para a qual do  centróide  
profundidade da  são
e a largura área   de d 40a  mm.
seção  
Supondo
que seja aplicada uma força axial de 800 N ao longo do eixo do
transversal   da  barra,  determinar  a  tensão  normal  
centróide da área da seção transversal da barra, determinar a
média  e  a  tensão
tensão   de  cmédia
normal isalhamento  
e a tensão de média   que  atuam  
cisalhamento média que
sobre  o  material  
atuam sobre(a)  onmaterial
o  plano  
(a)dno
a  splano
eção  daa-­‐a  
seção e  (a-a
b)  ne o  
(b) no plano
plano  da  sda seção
eção   b-­‐b.  
b-b.

Prof.  Wanderson  S.  Paris      -­‐      prof@cronosquality.com.br   MECÂNICA  DOS  SÓLIDOS  


Aula 2 Prof. MSc. Luiz Eduardo Miranda J. Rodrigues

Solução  do  Exercício  1  


Solução do Exercício 2
Parte (a): Na barra seccionada, pode-se verificar a carga interna resultante consiste apenas
na força axial P = 800 N.

Tensão normal média: Tensão de cisalhamento:

P P 800 τ méd = 0
σ= = 2 σ= σ = 500 kPa
A l 0,04 2

Prof.  Wanderson  S.  Paris      -­‐      prof@cronosquality.com.br   MECÂNICA  DOS  SÓLIDOS  


Aula 2 Prof. MSc. Luiz Eduardo Miranda J. Rodrigues

Solução  do  Exercício  1  


Solução do Exercício 2
ParteParte  
(b): Se (ab):  
barra Se  
foraseccionada
 barra  for  
ao slongo
eccionada   ao  longo  
de b-b, o diagrama de  blivre
de corpo -­‐b,  o
do  
segmento esquerdo será como o mostrado na figura. Nesse caso, tanto a força normal N
comodiagrama   de  corpo  
a força de cisalhamento V latuarão
ivre  dsobre
o  segmento   esquerdo  será  
a área seccionada.
como  o  mostrado  na  figura.  Nesse  caso,  tanto  a  força  
normal  N  como  a  força  de  cisalhamento  V  atuarão  
sobre  a  área  seccionada.  

Prof.  Wanderson  S.  Paris      -­‐      prof@cronosquality.com.br   MECÂNICA  DOS  SÓLIDOS  


Solução  do  Exercício  1  
Aula 2 Prof. MSc. Luiz Eduardo Miranda J. Rodrigues

Solução do Exercício 2
Utilizando como referência os eixos x´ e y´:

!F x´ =0 !F y´ =0
N − 800 ⋅ cos 30° = 0 V − 800 ⋅ sen30° = 0
N = 800 ⋅ cos 30° V = 800 ⋅ sen30°
N = 692,82 N V = 400 N

Prof.  Wanderson  S.  Paris      -­‐      prof@cronosquality.com.br   MECÂNICA  DOS  SÓLIDOS  


Aula 2 Solução  do  Exercício  1   Prof. MSc. Luiz Eduardo Miranda J. Rodrigues

Solução do Exercício 2
Área da seção transversal: Tensão de cisalhamento média:
b = 40 mm V 400
40 τ= =
h= = 46,18 mm A 0,04 ⋅ 0,04618
sen60° τ = 216,49 kPa
A = b ⋅ h = 0,04 ⋅ 0,04618
Tensão normal média:
N 692,82
σ= =
A 0,04 ⋅ 0,04618

σ = 375,06 kPa

Prof.  Wanderson  S.  Paris      -­‐      prof@cronosquality.com.br   MECÂNICA  DOS  SÓLIDOS  

Resistência dos Materiais


= 0

30! 30!
0.4 m
a Exercícios  Propostos  
Ans.

[P36]  A  viga  é  suportada  por  um  pino  em  A  e  uma  ligação  pequena  
BC.  Se  P  =  15  kN,  determinar  a  tensão  de  cisalhamento  média  
desenvolvidos  nos  pinos  em  A,  B  e  C.  Todos  os  pinos  são  em  
cisalhamento  duplo,  como  mostrado,  e  cada  um  deles  tem  um  
diâmetro  de  18  mm.  
pin at A and a short
average shear stress
All pins are in double P 4P 4P 2P
er of 18 mm. 0.5m 0.5 m
1m 1.5 m 1.5 m
C
30!
B
A

Prof.  Wanderson  S.  Paris      -­‐      prof@cronosquality.com.br   MECÂNICA  DOS  SÓLIDOS  


a Ans.
Exercícios  Propostos  
[P37]  O  eixo  sujeito  à  força  axial  de  30  kN.  Se  ele  passar  pelo  
ori^cio  de  53  mm  de  diâmetro  no  apoio  fixo  A,  determine  a  tensão  
no  mancal  que  age  sobre  o  calor  C,  Determine  também  a  tensão  de  
cisalhamento  média  que  age  ao  longo  da  super^cie  interna  do  calor  
no  ponto  onde  ele  está  acoplado  ao  eixo  de  52  mm  de  diâmetro.    

Prof.  Wanderson  S.  Paris      -­‐      prof@cronosquality.com.br   MECÂNICA  DOS  SÓLIDOS  


Exercícios  Propostos  
[P38]  A  alavanca  é  manada  no  eixo  fixo  usando  um  pino  cônico  AB,  
que  tem  um  diâmetro  médio  de  6  mm.  Se  um  binário  é  aplicado  à  
alavanca,  determinar  a  tensão  cisalhamento  média  no  pino  entre  o  
pino  e  a  alavanca.  
B 12 mm

250 mm 250 mm

20 N 20 N

Prof.  Wanderson  S.  Paris      -­‐      prof@cronosquality.com.br   MECÂNICA  DOS  SÓLIDOS  


Exercícios  Propostos  
Ans.

[P39]  Se  P  Ans.


=  20  kN,  determinar  a  tensão  cisalhamento  média  
desenvolvidos  nos  pinos  em  A  e  C.  Os  pinos  são  objeto  de  duplo  
cisalhamento,  como  mostrado,  e  cada  um  deles  tem  um  diâmetro  
de  18  mm.  
ess
to
mm. C

30!
FBC = 40 kN B
A 2m 2m 2m
64 kN

y = 20 kN P P

Prof.  Wanderson  S.  Paris      -­‐      prof@cronosquality.com.br   MECÂNICA  DOS  SÓLIDOS  


Exercícios  Propostos  
[P40]  O  tampão  é  ualizado  para  
vedar  a  extremidade  do  tubo  
cilíndrico  que  está  sujeito  a  uma  
pressão  interna  P=650  Pa.  
Determine  a  tensão  de  
cisalhamento  média  que  a  cola  
exerce  sobre  os  lados  do  tubo  
necessário  para  manter  o  
tampão  no  lugar.    

30

Prof.  Wanderson  S.  Paris      -­‐      prof@cronosquality.com.br   MECÂNICA  DOS  SÓLIDOS  


Referências  Bibliográficas  
•  hLp://www.cronosquality.com/aulas/ms/index.html  
•  Hibbeler,  R.  C.  -­‐  Resistência  dos  Materiais,  7.ed.  São  
Paulo  :Pearson  Prenace  Hall,  2010.  
•  BEER,  F.P.  e  JOHNSTON,  JR.,  E.R.  Resistência  dos  Materiais,  3.o  
Ed.,  Makron  Books,  1995.  
•  Rodrigues,  L.  E.  M.  J.  Resistência  dos  Materiais,  Insatuto  Federal  
de  Educação,  Ciência  e  Tecnologia  –  São  Paulo:  2009.  
•  BUFFONI,  S.S.O.  Resistência  dos  Materiais,  Universidade  Federal  
Fluminense  –  Rio  de  Janeiro:  2008.  
•  MILFONT,  G.  Resistência  dos  Materiais,  Universidade  de  
Pernanbuco:  2010.  

Prof.  Wanderson  S.  Paris      -­‐      prof@cronosquality.com.br   MECÂNICA  DOS  SÓLIDOS