Você está na página 1de 40

8

Geografia do Brasil – ESA Canal Papiro Feroz

Aula 04 - Geografia do Brasil – ESA – Vídeo de Correção das questões de 07


0 a 11

Aula 0
05 - Geografia do Brasil – ESA

a) O território nacional: a construção do Estado e da Nação


Nação, a obra de fronteiras,
fronteiras
fusos-horários e a federação brasileira
brasileira.

Fatores que proporcionaram a expansão territorial e conquista do interior:

- a Pecuária - a criação de gado foi de fundamental importância na conquista desses


novos territórios. O interesse dos senhores de engenho e da metrópole em não ocupar
as terras litorâneas com a pecuária possibilitou que outras regiões fossem alvo dessa
crescente atividade econômica;

- a Mineração - a procura por metais preciosos fez com que áreas afastadas do litoral
fossem exploradas;

- as missões jesuítas - para levarem a cultura católica aos índios, os jesuítas tiveram
que se locomover até as aldeias no interior do paí
país;

- as Entradas e Bandeiras - as Entradas eram expedições de caráter oficial


(expedições militares) que tinham o objetivo de expandir o território. As bandeiras eram
expedições particulares enviadas com a missão de procurar por ouro e pedras
preciosas, capturarem
pturarem indígenas e escravos fugitivos;

- a União Ibérica - entre 1580 e 1640 a União Ibérica colocou as possessões lusas e
hispânicas sob controle de um mesmo governo. Nesse momento, a necessidade de se
respeitar fronteiras impostas pelo tratado de Tordes
Tordesilhas
ilhas acabou sendo praticamente
invalidada;

- outras atividades que contribuíram na construção do território nacional:

a) a cultura do cacau no sul da Bahia

b) a cafeicultura no Rio de Janeiro e em São Paulo

c) o Látex na Amazônia para a fabricação de borr


borracha

Tratado de Madri (1750)

O Tratado de Madri é importante porque dava ao Brasil (salvo pequenas modificações,


como a compra do Acre em 1903), aproximadamente, a sua atual configuração
geográfica.
9
Geografia do Brasil – ESA Canal Papiro Feroz

Barão do Rio Branco

Com a proclamação da República, destaca destaca-se a figura do Barãorão do Rio Branco,


responsável por ganhos territoriais em relação aos acordos com Argentina (oeste de
Paraná e Santa Catarina), França (Amapá) e GrãGrã-Bretanha
Bretanha (Ilha da Trindade). Com tais
sucessos, acaba alçado a titular da pasta das Relações Exteriores, e durante sua longa
permanência na pasta teremos a resolução de importantes questões como a do Acre
1903 – Tratado de Petrópolis – (adquirido da Bolívia após sua ocupação efetiva por
seringueiros brasileiros), tratados com Holanda, Colômbia, Peru, Argentina e Uruguai.

O único revés da diplomacia Rio Branco foi a Questão do Pirara, com Inglaterra,
referente a limites com a atual Guiana, onde o Brasil obteve um terço do território em
questão. Em 1904 a decisão foi tomada pelo rei italiano: 19.630 km² seriam retirados do
Brasil e entregues à Inglaterra (somando territórios para a Guiana), e 13 570 km² seriam
devolvidos ao Brasil, definindo assim, os limites da fronteira
fronteira.

Ilha Brasileira

Atualmente, são mínimas as controvérsias sobre limites, considerando o governo


brasileiro ter consolidado as fronteiras nacionais. Exemplo de controvérsia é a da
chamada "Ilha Brasileira",
ra", no extremo sudoeste do Rio Grande do Sul, reivindicada pelo
Uruguai, e cujo status o governo brasileiro recusa
recusa-se a discutir.

É uma pequena ilha fluvial localizada na foz do rio Quaraí,, entre os municípios de Barra
do Quaraí, no Brasil, Monte Caseros, na Argentina, e Bella Unión,, no Uruguai. A ilha
tem, aproximadamente, 2 quilômetros de extensão por 0,5 quilômetro de largura.

Administrativamente, a ilha pertence ao município brasileiro de Barra do Quaraí ((Rio


Grande do Sul).

É reclamada há mais de um século


pelo Uruguai. Apesar da disputa,
nenhum país enviou tropas para lá e
também a questão não atrapalha
negociações econômicas e
diplomáticas entre os dois países.
10
Geografia do Brasil – ESA Canal Papiro Feroz

Fronteira
O Brasil possui uma extensa fronteira com diversos países
es da América do Sul.

A América do Sul tem 12 países:


Brasil, Uruguai,Paraguai, Argentina
Argentina, Chile, Bolívia, Peru,Equador,Colômbia
Colômbia, Venezuela,
Guiana e Suriname. Além deles, há um território dependente da França,
França a Guiana
Francesa.

O Brasil não possui fronteira


nteira com o Chile e com o Equador.
11
Geografia do Brasil – ESA Canal Papiro Feroz

A delimitação da maior parte das fronteiras e linhas de limites terrestres do Brasil


foi realizada depois da independência, durante o Império ou na “Era Rio Branco?”

O Império foi responsável pela fixação de pouco mais da metade da extensão total das
fronteiras terrestres.

Durante a política externa do início do período republicano marcada pela figura do Barão
do Rio Branco, quase um terço da extensão da divisória terrestre do Brasil foi delimitada.

Assim, a “obra de fronteiras”” da chamada ““Era Rio Branco”” ajuda a explicar a ausência
de conflitos fronteiriços atuais entre o Brasil e outros países da América do Sul.
12
Geografia do Brasil – ESA Canal Papiro Feroz

12 - Com Extensão territorial de 8.514.876 quilômetros quadrados, o Território brasileiro


ocupa 48% do subcontinente sul sul-americano.
americano. Sua grande dimensão e localização
proporcionam fronteiras com quase todos os países da América do Sul. Marque a
alternativa que indica as duas únicas nações sul
sul-americanas
americanas que não fazem fronteira
com o Brasil.
(A) Argentina e Uruguai
(B) Equador e Chile
(C) Colômbia e Suriname
(D) Chile e Panamá
(E) Paraguai e Venezuela

13 - No século XIX, três outras atividades econômicas se tornaram “motores” da


construção do espaço, dentre tre essas atividades temos, exceto:
(A) a cultura do cacau no sul da Bahia
(B)) a cafeicultura no Rio de Janeiro e em São Paulo
(C)) o Látex na Amazônia para a fabricação de borracha
(D)) a criação de animais silvestres para exportação
(E)) todas as afirmativas estão certas

14 - Leia as afirmações a seguir:


I. Em 1750, Portugal e Espanha assinaram o tratado de Madri, acertando as fronteiras
entre as terras portuguesas e espanholas na América do Sul.
II. No final do século XIX e início do XX, os governos brasileiros, por meio de tr
tratados e
conversações diplomáticas com países e colônias europeias vizinhas, resolveram
pendências de fronteiras que ainda existiam.
III. em 1904, o território brasileiro assumiu os limites atuais.
Indique a alternativa correta:
(A) somente a I está certa
(B)) somente a I e a II estão certas
(C)) somente a II e a III estão certas
(D) todas estão certas
(E) nenhuma está certa

15 - Leia:
I. Expedições armadas de colonos e de indígenas já integrados aos conquistadores,
conhecidas como bandeiras, partiam da Vila de São Paulo em direção ao interior do
território.
II. O Objetivo das bandeiras era aprisionar indígenas e vendê
vendê-los
los como escravo.
III. As bandeiras também são conhecidas na nossa história como bandeirismo ou
sertanismo apresador.
assinale e alternativa correta:
(A) apenas a I está correta
(B)) apenas a I e a II estão corretas
(C)) apenas a II e a III estão corretas
(D) todas estão corretas
(E) nenhuma está correta
13
Geografia do Brasil – ESA Canal Papiro Feroz

16 - (Cesgranrio- RJ) A ocupação do território brasileiro, restrita, no século XVI, ao


litoral e associada à lavoura de produtos tropicais, estendeu
estendeu-se
se ao interior durante os
séculos XVII e XVIII, ligada à exploração de novas atividades econômicas e aos
interesses políticos de Portugal em definir as fronteiras da colônia. As afirmações abaixo
relacionam as regiõess ocupadas a partir do século XVII e suas atividades dominantes.
1- No vale amazônico, o extrativismo vegetal – as drogas do sertão – e a captura de
índios atraíram os colonizadores.
2- A ocupação do Pampa gaúcho não teve nenhum interesse econômico, estand
estando ligada
aos conflitos luso-espanhóis
espanhóis na Europa.
3- O planalto central, nas áreas correspondentes aos atuais estados de Minas Gerais,
Goiás e Mato Grosso, foi um dos principais alvos do bandeirismo, e sua ocupação está
ligada à mineração.
4- A zona missionária no Sul do Brasil representava um obstáculo tanto aos colonos,
interessados na escravização dos indígenas, quanto a Portugal, dificultando a
demarcação das fronteiras.
5- O Sertão nordestino, primeira área interior ocupada no processo de coloniz
colonização, foi
um prolongamento da lavoura canavieira, fornecendo novas terras e mão de obra para a
expansão da lavoura.
As afirmações corretas são:
(A) somente 1, 2 e 4.
(B) somente 1, 2 e 5.
(C) somente 1, 3 e 4.
(D) somente 2, 3 e 4.
(E) somente 2, 3 e 5.

17- (UEL-PR) No Brasil


rasil colônia, a pecuária teve um papel decisivo na:
(A)) ocupação das áreas litorâneas.
(B)) expulsão dos assalariados do campo.
(C)) formação e exploração dos minifúndios
(D)) fixação do escravo na agricultura
(E) expansão para o interior.

18 - (FMU)
"Apesar de ter sido uma atividade subsidiária daquela que se desenvolvia com vistas à
exportação, foi responsável pelo desbravamento de extensas parcelas do nordeste
colonial brasileiro". O texto refere
refere-se à
(A) extração do pau-brasil
(B) exploração das drogas do se sertão
(C) exploração aurífera
(D) prática da pecuária
(E) agricultura canavieira
14
Geografia do Brasil – ESA Canal Papiro Feroz

19- (UVA)
"Apesar de ter sido uma atividade subsidiária daquela que se desenvolvia com vistas à
exportação, foi responsável pelo desbravamento de extensas parcelas do nordeste
colonial brasileiro." O texto refere
refere-se à:
(A) agricultura canavieira
(B) exploração das drogas do sertão
(C) prática da pecuária
(D) exploração aurífera.

20 - (ESA 1999)
"Apesar de terer sido uma atividade subsidi
subsidiária daquela que se desenvolvia com vistas à
exportação, foi responsável pelo elo desbravamento de extensas parcelas do nordeste
colonial brasileiro." O texto refere
refere-se à:
(A) extração do pau-brasil;
(B) prática da pecuária
(C) exploração das drogas do sertão;
(D) agricultura canavieira
(E) exploração aurífera;

21 - (ESA 2009)
A maior parte da linha de fronteira terrestre do território brasileiro foi delimitada durante o
período ________________.
Assinale a única alternativa que completa de forma correta as lacunas acima.
(A) Imperial
(B) Pré-colonial
(C) Colonial
(D) do Estado Novo
(E)
E) Pós Segunda Guerra Mundial

22 - (ESA 2006)
A opção que indica os dois países vizinhos com os quais o Brasil possui as maiores
extensões fronteiriças é:
A) Equador e Bolívia
B) Chile e Equador
C) Bolívia e Peru
D) Peru e Chile
E) Bolívia e Paraguai
Canal YouTube: Papiro Feroz
Professor: Maxwell (Ex-militar concursado da Marinha/Exército e atualmente Policial Rodoviário Federal)
https://www.facebook.com/ProfessorMaxwell/

AULA 05 - O SISTEMA COLONIAL PORTUGUÊS NA AMÉRICA


- BRASIL PRÉ-COLONIAL -
(Na Aula 06– Correção destas Questões)

22 - ESA-2013
No tocante as primeiras atividades econômicas desenvolvidas pelos portugueses na
colônia do Brasil, entre os anos 1501 a 1530, é correto afirmar que se destacaram como
atividade (s) principal (is)
A) a exploração de ouro e pedras preciosas.
B) a escravização do indígena.
C) a extração das chamadas drogas do sertão e criação de gado.
D) a extração e comercialização do pau-brasil.
E) o cultivo de fumo e do café.

23 - ESA-2013
A respeito das expedições marítimas portuguesas enviadas ao Brasil no período pré-
colonizador, foram chamadas de “expedições guarda-costas”, empreendidas entre os
anos 1516 a 1520, as missões comandadas por
A) Gaspar de Lemos.
B) Martin Afonso de Souza.
C) Cristóvão Jacques.
D) Gonçalo Coelho.
E) Tomé de Souza

24 - ESA-2012
As expedições portuguesas ao Brasil nas duas primeiras décadas do século XVI
objetivaram
A) iniciar o cultivo da cana-de-açúcar e o imediato povoamento.
B) travar contato com os nossos índios e iniciar atividades comerciais com os mesmos
C) transferir para o Brasil os acusados de heresias protestantes na corte portuguesa.
D) reconhecer a terra descoberta e salvaguardar a sua posse.
E) estimular a catequese dos índios a pedido da Companhia de Jesus
25- ESA-2007
Após o descobrimento, a primeira expedição colonizadora do Brasil foi a de:
A) Gaspar de Lemos
B) Cristovão Jacques
C) Pedro Álvares Cabral
D) Tomé de Souza
E) Martim Afonso de Souza

26 - EsPCEx 2014
“Os primeiros trinta anos da História do Brasil são conhecidos como período Pré-
Colonial.
Nesse período, a coroa portuguesa iniciou a dominação das terras brasileiras, sem no
entanto, traçar um plano de ocupação efetiva, […] A atenção da burguesia
metropolitana e do governo português estavam voltados para o comércio com o Oriente,
que desde a viagem de Vasco da Gama, no final do século XV, havia sido
monopolizado pelo Estado português. […] O desinteresse português em relação ao
Brasil estava em conformidade com os interesses mercantilistas da época, como
observou o navegante Américo Vespúcio, após a exploração do litoral brasileiro, podese
dizer que não encontramos nada de proveito”.(Berutti,2004)
A) desinteresse português pelo Brasil nos primeiros anos de colonização, deu-se em
decorrência dos tratados comerciais assinados com a Espanha, que tinha prioridade pela
exploração de terras situadas a oeste de Greenwich.
B) maior distância marítima era a maior desvantagem brasileira em relação ao comércio
com as Índias.
C) desinteresse português pode ser melhor explicado pela resistência oferecida pelos
indígenas que dificultavam o desembarque e o reconhecimento das novas terras.
D) abertura de um novo mercado na América do Sul, ampliava as possibilidades de
lucro da burguesia metropolitana portuguesa.
E) relativo descaso português pelo Brasil, nos primeiros trinta anos de História, explica-
se pela aparente inexistência de artigos (ou produtos) que atendiam aos interesses
daqueles que patrocinavam as expedições.
27 - Colégio Naval – 2004
Os trinta anos que vão da chegada de Cabral à de Martin Afonso de Sousa, 1500-1530 no
Brasil, é denominado período pré-colonial. Qual das opções abaixo apresenta características
desse período?
A) De 1500 a 1530 a economia brasileira gravitou em torno da extração de especiarias
conhecidas como “Drogas do Sertão”. Os indígenas traziam para as feitorias no litoral e
faziam o escambo com portugueses dessas “especiarias brasileiras”.
B) A carta de Pero Vaz de Caminha aguçou a cobiça dos portugueses pela riqueza. O
que propiciou uma imediata ocupação do território colonial brasileiro com o objetivo de
explorar as riquezas, aqui existentes.
C) Durante esse período o Brasil não sofreu invasões de outras nações, pois Portugal
organizou várias expedições guarda-costas, como as de Cristovão Jacques, o que inibiu
a tentativa de invasão por parte dessas nações.
D) A economia pré-colonial centrou-se no pau-brasil. A extração do pau-brasil foi
declarada estanco, onde o primeiro arrendatário foi Fernão de Noronha.
E) O ciclo do pau-brasil foi utilizado para colonizar a terra, principalmente no nordeste,
o que permitiu o início da exploração agrícola pelos portugueses fixando o colono à
terra.

28 - Colégio Naval – 2005


29 - Colégio Naval – 2016
15
Geografia do Brasil – ESA Canal Papiro Feroz

Aula 06 - Geografia do Brasil – ESA – Vídeo de Correção das questões de 12 a 22

Aula 0
07 - Geografia do Brasil – ESA

a) O território nacional: a construção do Est


Estado e da Nação,, a obra de fronteiras,
fusos-horários e a federação brasileira
brasileira.

UM FUSO HORÁRIO TEÓRICO


16
Geografia do Brasil – ESA Canal Papiro Feroz

FUSOS HORÁRIOS POLÍTICOS

Importante:
Movimento de Rotação da Terra: Oeste → Leste
Daí toda localidade a Leste está mais adian
adiantada.

LINHA INTERNACIONAL DE DATA

A Linha Internacional de Data (LID), também chamada de Linha Internacional de Mudança


de Data ou apenas Linha de Data
Data,, é uma linha imaginária na superfície terrestre que implica
uma mudança de data obrigatória ao cruzá
cruzá-la.

Ao cruzar a Linha Internacional de Data de oeste (direção do pôr-do-sol)sol) para leste (direção
da nascente) é necessário adiantar um dia no calendário e, ao passar de leste para oeste ganha
ganha-
se um dia, é necessário atrasar um dia no calendário.
17
Geografia do Brasil – ESA Canal Papiro Feroz

FUSO
FUSOS HORÁRIOS NO BRASIL

HORÁRIO DE VERÃO

FUSOS NORMAIS FUSOS EM HORÁRIO DE VERÃO


18
Geografia do Brasil – ESA Canal Papiro Feroz

HORÁRIO DE VERÃO 2017 (locais na cor laranja)

23 - Um programa televisivo apresentado às 20:00 em Brasília será transmitido,


simultaneamente, a que horas em Fernando de Noronha e no Acre, respectivamente?
(A) 20:00 e 21:00
(B) 19:00 e 20:00
(C) 21:00 e 20:00
(D) 20:00 e 20:00
(E) 21:00 e 18:00

24 - Um time de futebol do estado de São Paulo (localizado no fuso 45° O) irá realizar
uma partida em Boa Vista (60° O), capital de Roraima. A equipe irá embarcar às 14h e
a viagem terá duração de 6 horas. Considerando o horário de Roraima, a que horas os
jogadores de São Paulo desembarcarão em seu destino final:
A) 19h
B) 17h
C) 21h
D) 20h
E) 18h
19
Geografia do Brasil – ESA Canal Papiro Feroz

25 - (ESA 2010)
Devido à sua grande extensão _____________, o território brasileiro é abrangido por diferentes
fusos horários que conferem ao País horários _____________ em relação à hora de Greenwich.
Assinale a única alternativa que completa de forma correta as lacunas acima.
A) longitudinal – adiantados B) latitudinal – atrasados C) geográfica – atrasados
D) longitudinal – atrasados E) latitudinal – adiantados

26 - (EsPCEx 2013 - apesar da quest questão mencionar datas anteriores a 10/11/13, não mudará a resposta
horário atual, vigente a partir 10/11/13)
certa se considerar as regras de fuso hor
A seleção brasileira de futebol, vinda de Berlim (15°E de Greenwich), precisa chegar à cidade do
Rio de Janeiro (45°W de Greenwich) às 13h do dia 25/10/2013, horário local. Considere que o
avião fará o percurso leste-oeste
oeste e que o tempo de vôo contínuo será de 10 (dez) horas. Para que a
seleção chegue ao Rio de Janeiro, no horário predeterminado, o vôo deverá partir de Berlim às
_______do dia __________.
Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas acima.

A) 17h - 25/10/2013 B) 09h - 25/10/2013 C) 07h - 25/10/2013


D) 17h - 26/10/2013 E) 03h - 26/10/2013

27 - (ESA 2015)
Um navio estava em Angra dos Reis (44º O) e saiu para fazer uma viagem em direção à Fernando
de Noronha (30ºº O), às 6 horas, no período da manhã, e terá uma duração de 8 horas. Que horas
será na ilha de Fernando de Noronha quando o navio atracar, considerando as convenções:
A) 15 horas. B) 12 horas. C) 13 horas. D) 14 horas. E) 8 horas.

28 - (Colégio Naval – apesar da questquestão ser de 2009, não mudará á a resposta certa se considerar
as regras de fuso horário atual, vigente a partir 10/11/13)
O território brasileiro, em função de sua grande extensão longitudinal, apresenta diferentes fusos
horários. Com base nesta realidade, assinale a opção correta.
A) O horário oficial do país é o de Brasília, atrasado duas horas em relação a Greenwich.
B) O Brasil possui quatro fusos horários, todos atrasados em relação a Greenwich, com exceção às
ilhas oceânicas.
C) O segundo fuso brasileiro, que abrange a maior parte do país, encontra
encontra-se
se quatro horas atrasado
em relação a Greenwich.
D) O Estado do Acre, porção mais ocidental do país, encontra
encontra-se
se seis horas atrasado em relação a
Greenwich.
E) A Região Sudeste, por encontrar
encontrar-se
se integralmente no segundo fuso nacional, possui três horas
atrasadas em relação a Greenwich.
29 - (UFCE-1999)
Sobre o sistema de fusos horários, é verdadeiro afirmar que eles são 24, cada um deles:
A) equivalendo a 15° de longitude. B) equivalendo a 10° de longitude.
C) correspondendo a 10° de latitude. D) correspondendo a 15° de latitude.
E) estabelecido segundo a linha do Equador.
30 - (UFJF-1998)
Se viajarmos em direção ao Ocidente, estamos correndo contra o tempo. Saímos tarde e chegamos
mais cedo. Por isso, adotou-se
se a Linha Internacional de Mudança de Data. Se ela é cruzada de
Oeste para leste, o momento após o cruzamento é o dia seguinte.
Marque a alternativa que apresenta onde se situa a Linha Internacional de Mudança de Data:
A) a 90° de Longitude Oeste; B) a 180° de Longitude; C) a 90° de Longitude Leste;
D) a 360° de Longitude; E) no Meridiano de Greenwich.
20
Geografia do Brasil – ESA Canal Papiro Feroz

31 - (UEL-2006 – apesar da quest questão ser de 2006, não mudará a resposta certa se considerar
consider as regras de fuso
horário atual, vigente a partir 10/11/13)
Considere que um avião supersônico sai da cidade de Tóquio a 1 h da manhã de um domingo com
direção à cidade de Manaus - AM. A duração do vôo é de nove horas e a diferença de fuso horário
de uma cidadee a outra é de onze horas. Assinale a alternativa que apresenta corretamente a hora e
o dia da semana da chegada desse avião na cidade de Manaus.
(A) 22 h do sábado.
(B) 23 h do sábado.
(C) 01 h do domingo.
(D) 10 h do domingo.
(E) 12 h do domingo.

32 - A linha imaginária, que corresponde ao marco inicial (0°) dos fusos horários é:
A) Meridiano de Greenwich
B) Trópico de Câncer
C) Linha do Equador
D) Círculo Polar Ártico
E) Trópico de Capricórnio

33 - (UCPEL – apesar da questão


ão mencionar o ano de 2005, não mudará a resposta certa,
certa pois trata-se de
uma questão de fuso horário teórico)
Estamos em Greenwich (Londres) e são exatamen
exatamente
te 14 horas do dia 10 de outubro de 2005. Que
horas são em:
1. Um ponto localizado a 45° de longitude oeste? ____
2. Um ponto localizado a 60° de longitude leste? ____
3. Um ponto localizado a 75° de longitude oeste? ____
A sequência correta é
A) 1 (17 horas)
as) 2 (12 horas) 3 (21 horas).
B) 1 (11 horas) 2 (18 horas) 3 (9 horas).
C) 1 (11 horas) 2 (6 horas) 3 (21 horas).
D) 1 (17 horas) 2 (18 horas) 3 (9 horas).
E) 1 (17 horas) 2 (6 horas) 3 (9 horas).

34- (MACK)
Um jatinho particular levanta vôo de uma cida cidade
de localizada a 15º oriental do Meridiano de
Greenwich às 22h do dia 10 de janeiro, em direção à cidade de São Paulo. Depois de nove horas
do início da viagem, o avião pousa na capital paulista. Sabendo que grande parte do território
brasileiro estava participando
icipando do horário de verão, indique, abaixo, a alternativa que corresponda
ao dia e à hora em que o avião pousou em São Paulo (horário local):
A) 3h do dia 11 de janeiro.
B) 5h do dia 11 de janeiro.
C) 3h do dia 10 de janeiro.
D) 4h do dia 10 de janeiro.
E) 4h do dia 11 de janeiro.
Canal YouTube: Papiro Feroz
Professor: Maxwell (Ex-militar concursado da Marinha/Exército e atualmente Policial Rodoviário Federal)
https://www.facebook.com/ProfessorMaxwell/

AULA 07 - ESTRUTURA POLÍTICO-ADMINISTRATIVA


- PACTO COLONIAL -
- CÂMARAS MUNICIPAIS”
(Na Aula 08– Correção destas Questões)

B) O SISTEMA COLONIAL PORTUGUÊS NA AMÉRICA


ESTRUTURA POLÍTICO-ADMINISTRATIVA
PACTO COLONIAL e CÂMARAS MUNICIPAIS
30 - EsPCEx-2011
Durante o mercantilismo, todos os produtos que chegavam à colônia ou saíam dela
tinham que passar pela metrópole, caracterizando assim
[A] o pacto colonial.
[B] os Atos de Navegação.
[C] a corveia.
[D] o liberalismo econômico.
[E] a balança comercial favorável.

31 - EsPCEx 2016
As relações entre a metrópole e a colônia foram regidas pelo chamado pacto colonial,
sendo este aspecto uma das principais características do estabelecimento de um
sistema de exploração mercantil implementado pelas nações europeias com relação à
América. Com relação ao Brasil, do que constava este pacto?
[A] As colônias só poderiam produzir artigos manufaturados.
[B] A produção agrícola seria destinada, exclusivamente, à subsistência da colônia.
[C] A produção da colônia seria restrita ao que a metrópole não tivesse condições de produzir.
[D] A colônia poderia comercializar a produção que excedesse às necessidades da metrópole.
[E] Portugal permitiria a produção de artigos manufaturados pela colônia, desde de que a
matéria – prima fosse adquirida da metrópole.

32 - EsPCEx-2009
“A primeira medida tomada pelo regente D. João, ao chegar ao Brasil, foi decretar a
abertura dos portos brasileiros às nações amigas.” (SILVA, 1992)
Tal fato
[A] significava, na prática, o fim do pacto colonial.
[B] prejudicava a Inglaterra, que passaria a sofrer concorrência de outros países no comércio
com o Brasil.
[C] contrariava, num primeiro momento, os interesses dos comerciantes brasileiros.
[D] beneficiava a França, favorecida pela redução das tarifas alfandegárias nas relações
bilaterais.
[E] criava condições igualitárias, quanto à tributação alfandegária, no comércio com Portugal e
com todas as demais nações.

33 - EsPCEx 2002
Observando-se a evolução do processo histórico da ruptura luso-brasileira,
é correto afirmar que a mudança de status do Brasil, quando deixa de ser,
definitiva e formalmente, uma colônia de Portugal, está diretamente
relacionada ao (à):
A) início da União Ibérica, em 1580.
B) partida da Família Real Portuguesa para o Brasil, em 1807.
C) conjunto de decisões do Congresso de Viena, em 1815.
D) partida de D. João VI para Portugal, em 1821.
E) conhecido “Grito do Ipiranga”, em 1822.
34 - (UNISO) Durante a maior parte do período colonial a participação nas
câmaras das vilas era uma prerrogativa dos chamados "homens bons",
excluindo-se desse privilégio os outros integrantes da sociedade. A
expressão "homem bom" dizia respeito a:

a) homens que recebiam a concessão da Coroa portuguesa para explorar minas de


ouro e de diamantes;
b) senhores de engenho e proprietários de escravos;
c) funcionários nomeados pela Coroa portuguesa para exercerem altos cargos
administrativos na colônia;
d) homens considerados de bom caráter, independentemente do cargo ou da
função que exerciam na colônia.

35 - (PUC-MG) Na estrutura administrativa no Brasil colonial, as câmaras


desempenharam importantes funções, tais como, EXCETO:
a) conservação das ruas, limpezas da cidade e arborização.
b) doação de sesmarias, comando militar e formação de milícias.
c) construção de obras públicas: estradas, pontes, calçadas e edifícios.
d) regulamentação dos ofícios, do comércio, das feiras e mercados.
e) abastecimento de gêneros e cultura da terra.

36 - (UECE) A administração colonial portuguesa exercia seus poderes através das


Câmaras Municipais. Sobre estas instituições de poder local no Brasil colônia,
podemos afirmar corretamente que:
a) tinham funções exclusivas de aplicar as determinações da Coroa, sendo compostas
por funcionários sem qualquer poder de decisão.
b) eram compostas exclusivamente pelos “homens bons”, os grandes proprietários de
terras, o que garantia a estabilidade econômica e permitia ampla autonomia local.
c) as câmaras detinham poderes limitados à aplicação da justiça em casos de crimes
comuns e à arrecadação dos impostos locais, apesar de formada pelos “homens bons” da
colônia.
d) tinham amplos poderes, tanto ao nível político como administrativo, e eram
compostas por vereadores escolhidos em eleições diretas e universais.

37- (UFV) Durante o período colonial no Brasil, a desorganização da


administração metropolitana e a prática da venalidade do funcionalismo real
(compra e venda de cargos), aliadas às dificuldades de comunicação entre a
Europa e a América, contribuíram para o crescimento do poder dos "homens
bons". Essa expressão era utilizada para designar aqueles que:
a) integravam a Companhia de Jesus, ordem religiosa formada em torno de Inácio de
Loyola, a qual, no Brasil, buscou promover a conversão dos índios ao cristianismo.
b) podiam eleger e ser eleitos para os cargos públicos ligados às câmaras municipais,
principal instância de representação local da monarquia portuguesa.
c) participaram da Inconfidência Mineira, um levante contra o governo colonial, no final
do século XVIII, tendo como uma de suas motivações a cobrança da derrama.
d) habitavam os quilombos e mocambos e lutavam pela liberdade, sendo em sua maioria
comerciantes e escravos negros fugidos, de origem africana ou nascidos no Brasil.
e) integravam as expedições armadas, de caráter oficial ou particular, entre os séculos
XVI e XVIII, e se aventuravam pelo interior do Brasil, em busca de ouro ou de
indígenas para fazê-los escravos.
38 - Colégio Naval 2010
Canal YouTube: Papiro Feroz
Professor: Maxwell (Ex-militar concursado da Marinha/Exército e atualmente Policial Rodoviário Federal)
https://www.facebook.com/ProfessorMaxwell/

AULA 09 - ESTRUTURA POLÍTICO-ADMINISTRATIVA


CAPITANIAS HEREDITÁRIAS
(Na Aula 10– Correção destas Questões)

B) O SISTEMA COLONIAL PORTUGUÊS NA AMÉRICA


ESTRUTURA POLÍTICO-ADMINISTRATIVA
CAPITANIAS HEREDITÁRIAS

ESA 1996
39 - O sistema de Capitanias Hereditárias não foi um fracasso total, pois pelo menos duas
capitanias conseguiram prosperar:
(A) São Vicente e Bahia
(B) Pernambuco e São Vicente
(C) Pernambuco e Itamaracá
(D) São Vicente e Espírito Santo
(E) São Vicente e Porto Seguro.

ESA 2003
40 - Observando-se o sistema de governo vigente durante o Brasil Colonial, é correto afirmar
que:
a) a criação do Governo Geral, centralizando a administração, provocou a extinção imediata
das capitanias hereditárias.
b) o sistema de câmaras municipais instituiu duas novas políticas administrativas: as sesmarias
e o serviço militar compulsório.
c) o sistema de capitanias hereditárias já havia sido empregado por Portugal na administração
das ilhas Canárias
d) o fracasso das capitanias hereditárias implicou o desuso das Cartas de Doação e das
obrigações do Documento Foral.
e) o sistema de capitanias hereditárias foi um empreendimento que, dirigido pela Coroa, estava
a cargo de Particulares.

41 - EsPCEx 2007
Sobre a “Carta de Doação” e o “Foral”, documentos do Brasil Colônia, assinale a afirmativa
correta.
[A] A Carta de Doação estabelecia os direitos e deveres dos colonos.
[B] O Foral estabelecia os direitos e deveres dos donatários.
[C] Pela Carta de Doação o donatário poderia conceder sesmarias a colonos – portugueses ou
não – que professassem a fé católica.
[D] O Foral estabelecia que os atos dos donatários só poderiam ser julgados pelo rei.
[E] Pela Carta de Doação, o donatário podia fundar vilas e povoados e criar instrumentos
administrativos, jurídicos, civis e criminais para regê-los.

42 - EsPCEx 2006
43 - Colégio Naval 2005

44 - Colégio Naval 2006


Canal YouTube: Papiro Feroz
Professor: Maxwell (Ex-militar concursado da Marinha/Exército e atualmente Policial Rodoviário Federal)
https://www.facebook.com/ProfessorMaxwell/

AULA 11 - ESTRUTURA POLÍTICO-ADMINISTRATIVA


GOVERNO GERAL
(Na Aula 12– Correção destas Questões)

GOVERNO GERAL

45 - ESA-2016
O Primeiro Governo Geral do Brasil foi instalado em:
A) São Luís. B) Fortaleza. C) Olinda. D)Salvador. E) Rio de Janeiro.

46 - ESA 2000
01- Os Governos Gerais foram criados porque:
[A] o sistema de capitanias era vantajoso.
[B] seria melhor um governo descentralizado
[C] os donatários não cumpriram as determinações reais
[D] a Regência seria o melhor sistema
[E] fracassara o sistema de emprego do capital particular

47 - EsPCEx 2003
“Os governos-gerais tiveram grandes obstáculos para a centralização política. As
distâncias entre as províncias, as dificuldades de comunicação e os interesses locais
dos proprietários de terras e de escravos limitavam a ação dos governadores.”
(COTRIM, Gilberto. História do Brasil. São Paulo: Saraiva, 1999.)
Em 1549, o Governo-Geral foi instituído no Brasil, tendo como sede a cidade de
Salvador.
Entretanto, em face de dificuldades como as indicadas no texto, no ano de 1572 o
Governo- Geral foi dividido em duas sedes, Salvador e
A. São Luís. B. Recife. C. Rio de Janeiro. D. São Vicente. E. São Cristóvão.

48 - EsPCEx 2010
Sobre o Governo Geral, instalado no Brasil pelo regimento de 1548, pode-se afirmar que
A) acabou, de imediato, com o sistema de capitanias hereditárias.
B) teve total sucesso ao impor a centralização política em toda a colônia, como forma de
facilitar a defesa do território.
C) teve curta duração, pois foi dissolvido durante a ocupação francesa do Rio de Janeiro, em
1555.
D) durou até 1808, apesar de, a partir de 1720, os governadores passarem a ser chamados de
vicereis.
E) adotou, desde o início, o Rio de Janeiro como única capital, em virtude do grande sucesso
da cultura canavieira nas províncias do Rio de Janeiro e São Paulo.
49 - Colégio Naval 2004 ( Letra A)

50 - Colégio Naval 2006 ( Letra C)


45
Geografia do Brasil – ESA Canal Papiro Feroz

35 - (EEEP 2015)
Os terremotos e os vulcões, assim como a força das águas realizam transformações na
superfície terrestre.
Qual alternativa apresenta somente processos exógenos de formação do relevo terrestre?
A) erosão e tectonismo
B) vulcanismo e intemperismo
C) intemperismo e erosão
D) tectonismo e vulcanismo
E) deposição e infiltração

36 - (UFAM)
Os agentes internos que participam na formação do relevo são:
A) os abalos sísmicos, os solos e a ação dos ventos.
B) o vulcanismo, o intemperismo e os abalos sísmicos.
C) o tectonismo, o clima e a ação da água.
D) o tectonismo, o vulcanismo e os abalos sísmicos.
E) o tectonismo, os abalos sísmicos e os solos.

37 - O mapa abaixo mostra a estrutura geológica do Brasil.

Nas áreas marcadas com o número 1 aparecem recursos minerais como ferro, manganês,
bauxita, ouro, dentre outros.
A alternativa, que contempla o enunciado acima, é:
A) Escudos ou maciços cristalinos
B) Bacias sedimentares
C) Regiões de planícies
D) Áreas ricas em minerais combustíveis
E) Depressões preenchidas com sedimentos

38 - (FEPAR/PR)
O território brasileiro é formado por uma estrutura geológica muito antiga e desgastada, onde
podemos encontrar vários minerais importantes, como ferro e manganês. Estamos falando de
certas regiões conhecidas como:
A) bacias sedimentares;
B) planície basáltica;
C) planalto arenito-basáltico;
D) escudos sedimentares;
E) escudos cristalinos.
46
Geografia do Brasil – ESA Canal Papiro Feroz

39 - (ESA 2007)
Uma vez que a estrutura geológica brasileira é muito antiga e que o nosso território apresenta
sua superfície bastante desgastada pela er
erosão,
osão, uma das formas de relevo a seguir não existe
no Brasil. Assinale-a.
A) cadeia montanhosa
B) planalto ou chapada
C) planície fluvial
D) planície costeira
E) depressão relativa

40 - Quando falamos sobre as características do território brasileiro e relacionamos relevo,


estrutura geológica e a existência de minérios e combustíveis fósseis, é correto afirmar que:
I. O Brasil apresenta 36% de seu território formado por bacias sedimentares e 64% por escudos
cristalinos.
II. A origem do petróleo está associado
ciado às rochas sedimentares e detritos orgânicos marinhos depositados
em mares rasos.
III. É na Região Sul do Brasil que são encontrados os maiores depósitos de carvão e de petróleo.
IV. Os terrenos cristalinos são constituídos por rochas ígneas ou magnéticas e metamórficas, de idade
geológica antiga.
São corretas as alternativas representadas pela letra:
A) I, III
B) II, III, IV
C) I, II, IV
D) II, IV
E) Todas estão corretas.

41 - Sobre a estrutura geológica brasileira, a alternativa VERDADEIRA é:


A) Os dobramentos terciários presentes na porção meridional do território brasileiro resultam dos
derrames basálticos.
B)) A base estrutural do território brasileiro é de origem cristalina, muito antiga.
C) As bacias sedimentares, formadas a partir dos agen agentes
tes internos, apresentam-se
apresentam dispostas no
sentido norte-sul
sul na porção oriental do Brasil.
D) O embasamento cristalino representa cerca de 70% da superfície territorial brasileira
predominando sobretudo na Região Amazônica.
E) A presença de jazidas de minera mineraisis metálicos no território brasileiro está relacionada aos
processos de sedimentação, ocorridos na era paleozóica.

42 - (PUC-RS)
Considerando a formação geológica do Rio Grande do Sul, é INCORRETO afirmar que esse
estado apresenta
A) formações cristalinas.
B) derrames e fissuras basálticas.
C) sequência sedimentar antiga.
D) dobramentos modernos.
E) sedimentação recente.

43 - (EsPCEx 2010)
O território brasileiro está contido na Plataforma Americana, que é uma das três grandes
unidades geológicascas da América do Sul. Essa Plataforma abrange três vastos escudos
cristalinos.
Assinale a alternativa que apresenta esses três escudos.
A) das Guianas, do Parnaíba e do Paraná
B) Atlântico, Amazônico e do Parnaíba
C) do Paraná, Brasil Central e Amazônico
D) Brasil Central, Atlântico e das Guianas
E) do Parnaíba, Amazônico e do Paraná
47
Geografia do Brasil – ESA Canal Papiro Feroz

44 - (UFAC 2010)
A estrutura geológica das terras emersas do Brasil é constituída, basicamente, por bacias
sedimentares e escudos cristalinos, tectonicamente estáveis.

As áreas
reas cinzas do mapa representam:
A) Dobramentos modernos.
B) Bacias sedimentares.
C) Bacias hidrográficas.
D) Escudos cristalinos.
E) Áreas de instabilidade tectônica.

45 - (EsPCEx 2007 - adaptada)


Leia atentamente as seguintes afirmativas sobre o território brasileiro.
I – Não possui dobramentos de formação geológica recente.
II – A posição geográfica, ocupando a porção Centro
Centro-Oriental
Oriental da Plataforma Sul-Americana,
Sul
explica a sua relativa estabilidade geológica.
III – Os Crátons, estruturas geológica
geológicas datadas da era Pré-Cambriana,
Cambriana, predominam na maior
parte da superfície do território nacional.
Assinale a única alternativa abaixo que lista todas as afirmativas corretas.
A) I e II
B) I e III
C) II e III
D) I, II e III

46 - (UFRR)
Atualmente é veiculado nos mais diversos meios de comunicação que o mundo é assolado por
terremotos de grande magnitude, eventos vulcânicos e tsunamis, no entanto o território brasileiro
tem sido poupado de tais eventos naturais. Isto se deve a características geológic
geológicas especiais.
O texto acima pode ser associado a seguinte afirmação abaixo:
A) O Brasil está localizado na borda da placa sul
sul-americana
americana em contato com a placa de Nazca.
B) O Brasil se localiza no contato da borda da placa sul
sul-americana
americana com a placa africana.
africana
C) O Brasil se localiza na placa do Atlântico.
D) O Brasil se localiza no centro da placa sul
sul-americana.
E) O Brasil se localiza na placa centro
centro-americana.
48
Geografia do Brasil – ESA Canal Papiro Feroz

47 - (MACKENZIE)
Tendo por base a formação geológica brasileira, considere as afirmações aba
abaixo.
I. O território brasileiro está no centro da placa tectônica sul-americana e, portanto, menos
sujeito a terremotos fortes.
II. A formação geomorfológica brasileira data do Período Terciário da Era Cenozóica, possuindo
um perfil topográfico com reduzido do desgaste erosivo.
III. Devido à sua formação Pré-Cambriana,
Cambriana, encontramos um subsolo rico em minério de ferro.
IV. O território brasileiro é formado, apenas, por dobramentos modernos.
Estão corretas, somente, as afirmações
A) I e II.
B) I e III.
C) II e IV.
D) III e IV.
E) II e III.

48 - EsPCEx 2006

49 - (UNIFEI)
No Brasil ocorreram extensos derrames basálticos na Era Mesozóica, abrangendo áreas
regionais superiores a 1.200.000 Km2, sendo que em alguns locais as rochas geradas
alcançaram centenas de metros de espessura. Esse magmatismo básico e de baixa viscosidade,
associado a erupções fissurais, ocorreu principalmente no/na:
A) Bacia do Amazonas.
B) Escudo das Guianas.
C) Bacia do Paraná.
D) Escudo Brasileiro.

50 - (UFC- CE)
As reservas petrolíferas estão relacionadas a um tipo de formação geológica. Indique,
corretamente, esse tipo de formação.
A) Escudos cristalinos.
B) Bacias sedimentares.
C) Dobramentos cenozóicos.
D) Placas tectônicas.
E) Aluviões quaternários.

51 - No Brasil, no início do século XXI, foi descoberta uma grande reserva de petróleo localizada
em camadas de 7 mil metros abaixo do nível do mar, podendo triplicar a produção nacional de
petróleo e gás natural. Essa área é denominada:
A) Bacia de Campos
B) Pré-sal
C) Recôncavo Baiano
D) Campo de Lobato
49
Geografia do Brasil – ESA Canal Papiro Feroz

52 - (FGV 2007)
Considere o mapa apresentado localização dos mais importantes depósitos minerais de
alumínio, manganês, ferro, níquel, fosfato e nióbio
nióbio.

A partir dos dados apresentados, assinale a alternativa correta.


A) A maior quantidade de minerais concentra
concentra-sese em áreas sedimentares, situadas em região de
clima tropical de estações contrastadas e, em menor grau, na Amazônia.
B) As áreas de escudos são responsáveis por grandes reservas de minerais minerais, sendo as
localizadas no Brasil-Central
Central e no Atlântico as mais abundantes.
C) Na Bacia do Paraná, encontram
encontram-se se as maiores reservas de manganês no Brasil, associadas
também a reservas de ouro e prata.
D) No Maciço de Urucum, no Mato Grosso, as reservas de ferro e manganês situam-se situam em
áreas sedimentares.
E) O clima semi-árido
árido encontrado no Nordeste é o responsável pela ausência de grandes
reservas de minerais metálicos.

53 - (ESA 2010)
Identifique a Região onde está localizado o Cinturão carbonífero do Br
Brasil.
A) Norte. B) Sudeste. C) Sul. D) Nordeste. E) Centro-Oeste.

54 - No território brasileiro, a ausência de cadeias montanhosas explica


explica-se:
A)) pela pouca atuação dos agentes externos de transformação do relevo
B) pela ausência de dobramentos modernos
C)) pelas intensas atuações do tectonismo
D)) pelo escasseamento dos depósitos sedimentares
E)) pela intensiva ação humana sobre as áreas naturais

55 - (EEEP 2015)
A ocorrência de petróleo, carvão mineral e gás natural está associada ao qual estrutura
geológica?
A) dobramentos antigos
B) escudos cristalinos
C) dobramentos modernos
D) bacias sedimentares
E) Crátons
Canal YouTube: Papiro Feroz
Professor: Maxwell (Ex-militar concursado da Marinha/Exército e atualmente Policial Rodoviário Federal)
https://www.facebook.com/ProfessorMaxwell/

AULA 16 - ESTRUTURA SOCIOECONÔMICA

(Nas Aulas 17 e 18 – Correção destas Questões)

B) O SISTEMA COLONIAL PORTUGUÊS NA AMÉRICA


ESTRUTURA SOCIOECONÔMICA

51 - ESA-2013
No tocante as primeiras atividades econômicas desenvolvidas pelos portugueses na
colônia do Brasil, entre os anos 1501 a 1530, é correto afirmar que se destacaram como
atividade (s) principal (is)
A) a exploração de ouro e pedras preciosas.
B) a escravização do indígena.
C) a extração das chamadas drogas do sertão e criação de gado.
D) a extração e comercialização do pau-brasil.
E) o cultivo de fumo e do café.
ESA-2007
52 - No início da colonização, a cultura da cana-de-açúcar era realizada em grandes
propriedades que eram chamadas de:
A) sítios
B) latifúndios
C) alqueires
D) minifúndios
E) casas-grandes

ESA 2002
53 - A Monocultura, o Latifúndio e a Escravidão marcaram o Sistema colonial português no
Brasil, resultando:
A) no desenvolvimento interno da colônia, beneficiada pela ausência de monopólio
B) na formação de uma sociedade civil forte em decorrência da autonomia desfrutada
C) em grande desigualdade social, concentração da propriedade fundiária e dependência
econômica
D) em acumulação de renda, que permitiu o desenvolvimento manufatureiro
E) no predomínio do trabalho livre, desenvolvimento tecnológico e cultural

54 - ESA 1999
Uma das conseqüências da expulsão dos holandeses do nordeste, em 1654, foi o (a):
A) decadência da atividade açucareira
B) volta do domínio espanhol sobre o nordeste
C) aumento da produção cafeeira
D) expansão da produção de couro
E) criação da Companhia de Comércio de São Paulo

55 - ESA 1999
No século XVII, um dos fatores que contribuiu para a conquista do interior do Brasil está ligado
ao (à):
A) desenvolvimento da cultura de algodão
B) apresamento indígena
C) combate aos franceses
D) fim do domínio inglês
E) transferência da capital da colônia para São Paulo
56 - ESA 2001
No século XVII, contribuíram para a penetração do interior brasileiro:
(A) O descobrimento da cultura da cana-de-açúcar e da cultura de algodão.
(B) O apresamento de indígenas e a procura de riquezas minerais.
(C) A necessidade de defesa e o combate aos franceses.
(D) O fim do domínio espanhol e a restauração da monarquia portuguesa.
(E) A guerra dos Emboabas e a transferência da capital da colônia para o Rio de Janeiro.

57 - ESA 2014
Entre as consequências da atividade mineradora na colônia do Brasil, nos séculos XVII
e XVIII, é incorreto afirmar que favoreceram:
A) o enfraquecimento do mercado interno.
B) a integração econômica da colônia.
C) o povoamento da região das minas.
D) a conquista do Brasil central.
E) o desenvolvimento urbano.

58 - EsPCEx-2008
A estrutura econômica implantada por Portugal, no Brasil-Colônia, existente no século
XVII, tinha como base
A) pequenas propriedades distribuídas a portugueses natos, destinadas à produção de
subsistência, para garantir a posse da terra.
B) pequenas propriedades com policultura de alimentos necessários na Europa, como
trigo e carne, utilizando mão-de-obra indígena escrava.
C) grandes propriedades com monocultura de produtos tropicais, de alto valor na
Europa, como o açúcar.
D) grandes propriedades com monocultura de produtos tropicais, utilizando mão-de-
obra indígena no sistema de parceria.
E) grandes propriedades com policultura de produtos tropicais voltados para o mercado
interno, utilizando mão-de-obra assalariada.

59 - EsPCEx-2011
Diferentemente de outras atividades econômicas do Brasil-Colônia, a mineração foi submetida
a um rigoroso controle por parte da metrópole. Neste contexto:
[A] os Códigos Mineiros de 1603 e 1618 já impediam a livre exploração das minas, impondo
uma série de condições e restrições.
[B] as Intendências das Minas criadas pelo Regimento de 1702 impuseram um controle
absoluto sobre toda a produção mineradora, embora ainda estivessem subordinadas a outras
autoridades coloniais.
[C] a cobrança do quinto foi facilitada com a criação das Casas de Fundição, no final do século
XVII, onde o ouro era fundido em barras timbradas com o selo real, embora a circulação do
ouro em pó ainda fosse permitida.
[D] foram instalados postos fiscais em pontos estratégicos das estradas, com o objetivo de
fiscalizar se o pagamento do quinto havia sido realizado; cobrar impostos sobre a passagem de
animais e pessoas e sobre a entrada de todas as mercadorias transportadas para as Minas.
[E] a capitação foi um imposto que exigia do minerador o pagamento de uma taxa sobre cada
um de seus escravos, do qual ficavam isentos os faiscadores que não possuíam escravos.
60 – Colégio Naval – 2004

61 – Colégio Naval – 2004


62 – Colégio Naval – 2005
63 – Colégio Naval – 2005

64 – Colégio Naval – 2015


Canal YouTube: Papiro Feroz
Professor: Maxwell (Ex-militar concursado da Marinha/Exército e atualmente Policial Rodoviário Federal)
https://www.facebook.com/ProfessorMaxwell/

AULA 21 - INVASÕES ESTRANGEIRAS

(Nas Aulas 22, 23 e 24 – Correção destas Questões)

65 - EsPCEx 2016
Em 1578, dom Sebastião, rei de Portugal, morre na batalha de Alcácer-Quibir. Sem
descendentes, o trono foi entregue a seu tio dom Henrique, que viria a falecer dois anos
depois, sem deixar herdeiro. Depois de acirrada disputa, a Coroa portuguesa acabou nas mãos
de Filipe II, rei espanhol, dando início à chamada União Ibérica. Com esta união, um tradicional
inimigo da Espanha torna-se inimigo de Portugal. Das opções abaixo, assinale aquele que se
tornou inimigo de Portugal.
[A] Holanda
[B] Alemanha
[C] Itália
[D] Inglaterra
[E] EUA

66 - ESA 1999
Uma das conseqüências da expulsão dos holandeses do nordeste, em 1654, foi o (a):
A) decadência da atividade açucareira;
B) volta do domínio espanhol sobre o nordeste;
C) aumento da produção cafeeira;
D) expansão da produção de couro;
E) criação da Companhia de Comércio de São Paulo;

67 - EsPCEx 2007
Quando das Invasões Estrangeiras ao Brasil, forças holandesas conquistaram com facilidade
Olinda e Recife, em 1630, mas não obtiveram o mesmo êxito na zona rural, porque, no interior
da capitania,
[A] as forças brasileiras equivaliam em efetivo, treinamento e armamento aos holandeses.
[B] os brasileiros eram em menor número, no entanto dispunham de melhores armamentos do
que os adversários.
[C] os brasileiros eram melhor armados e mais experientes no tipo de combate proposto pelos
holandeses.
[D] os habitantes locais adotavam táticas de guerrilha, atacando os holandeses de surpresa.
[E] os locais contavam com o apoio explícito e regular da Espanha, tanto no treinamento de
técnicas de combate, quanto no suprimento de víveres e munição.

68 - EsPCEx 2011
Durante o período colonial, o Brasil sofreu diversas invasões estrangeiras. Nessas invasões:
[A] a francesa, na Baía da Guanabara, resultou na criação de uma colônia, a França Antártica,
formada principalmente por católicos interessados no cultivo da cana-de-açúcar e no trabalho
de conversão dos índios.
[B] a holandesa foi motivada pelo embargo espanhol que, por representar uma ameaça à sua
economia, levou o país a decidir-se pela invasão do Brasil, inicialmente pela região do Rio
Grande do Norte, onde encontrou forte resistência.
[C] a holandesa, em Pernambuco, foi favorecida pelo constante reforço vindo da Holanda, o
auxílio de cristãos-novos residentes na região e por estarem seus soldados mais bem armados
e mais experientes.
[D] a resistência luso-brasileira à invasão pernambucana foi organizada em grupos de guerrilha
e contou com a liderança de Domingos Fernandes Calabar, morto lutando contra os
holandeses.
[E] embora a resistência luso-brasileira em Pernambuco contasse com a vantagem do fator
surpresa e melhor conhecimento do terreno, os holandeses acabaram por conquistar o
Nordeste, onde se estenderam desde o Maranhão até a Bahia.
69 - ESA 1995
Os movimentos nativista no Brasil-Colônia fizeram com que surgisse um sentimento nacional à
medida que os conflitos com a metrópole portuguesa foram se agravando. O primeiro
movimento que caracterizou bem este sentimento nacional foi o(a):
(A) Insurreição Pernambucana
(B) Guerra dos Mascates
(C) Revolta de Vila Rica
(D) Inconfidência Mineira
(E) Conjuração Baiana

70 - ESA-2010
As batalhas dos Guararapes (1648 e 1649) marcaram a vitória da Insurreição
Pernambucana, que levou à expulsão do território brasileiro os invasores
a) ingleses b) franceses c) holandeses d) portugueses e) espanhóis

71 – Colégio Naval 2004

72 – Colégio Naval 2008


73 – Colégio Naval 2009
74 – Colégio Naval 2010
75 – Colégio Naval 2011

76 – ESA 1990
A presença holandesa, através das invasões em território brasileiro, durante o período colonial,
está relacionada:
A) à descoberta e introdução de técnicas mais avançadas na lavoura açucareira, visando ao
aumento da produtividade.
B) à conquista territorial de pontos estratégicos que facilitariam a interceptação do ouro
proveniente das Gerais.
C) aos contratos comerciais assinados entre Portugal e Inglaterra, como o de Methuen.
D) às solicitações dos próprios senhores de engenho, insatisfeitos com o monopólio
metropolitanos.
E) às barreiras impostas pela Espanha à participação holandesa no comércio açucareiro.

77 – ESA 1979
O período de governo do Conde João Maurício de Nassau está marcado por uma
política de:
(A) intolerância religiosa
(B) grandes melhoramentos na cidade de Salvador.
(C) perseguição aos senhores de engenho
(D) aproximação com os senhores de engenho
78 – ESA 1980
Duguay-Trouin exigiu rendição do governador do Rio de Janeiro, chamado:
(A) Pedro de castro Morais
(B) Jerônimo de Albuquerque
(C) Antônio de Albuquerque
(D) Francisco de Castro Morais

79 – ESA 1981
Em 9 de maio de 1624 chegavam os holandeses em Salvador, sob o comando de Jacob
Willekens. O governador da Bahia, que foi preso de armas nas mãos, chamava-se:
(A) Matias de Albuquerque
(B) Marcos Teixeira
(C) Antão Mesquita
(D) Diogo de Mendonça Furtado

80 – ESA 1981
Durante a chamada União Ibérica, inúmeras incursões estrangeiras sofreu o território
brasileiro; entre elas, destaca-se a realizada em 1591, contra Santos, realizada por:
(A) Eduardo Fenton
(B) Jaime Lancaster
(C) Roberto Withrington
(D) Tomás Cavendish

81 – ESA 1981
Em março de 1649, D. João IV criava uma companhia cujo principal objetivo era o
comércio de Portugal com o Brasil:
(A) Companhia Geral do Comércio do Maranhão.
(B) Companhia Geral do Comércio do Brasil.
(C) Companhia das Índias Ocidentais
(D) Companhia das Índias Orientais

82 – ESA 1982
As duas batalhas dos Guararapes, travadas em 1648 e 1649, resultaram em vitórias das
forças luso-brasileiras e contribuíram para apressar o término da ocupação dos:
(A) franceses no Maranhão
(B) franceses no Rio de Janeiro
(C) holandeses em Salvador
(D) holandeses em Pernambuco

83 – ESA 1983
Uma conseqüência da união das monarquias ibéricas foi a invasão holandesa no
Nordeste, conhecida como a "Guerra do Açúcar". O vulto que se destacou na luta contra
o invasor holandês foi:
(A) Matias de Albuquerque
(B) Domingos Fernandes Calabar
(C) Maurício de Nassau
(D) Peter Heyn.
84 - ESA 1985
No final do século XVII, a produção brasileira de cana-de-açúcar entrou em decadência,
porque:
(A) a lavoura canavieira das Antilhas entrou em concorrência com a produção brasileira.
(B) a lavoura canavieira foi substituída pela algodoeira, em razão do desenvolvimento da
indústria têxtil.
(C) formava-se no brasil uma sociedade aristocrática, desinteressada pela produção agrícola.
(D) a lavoura canavieira foi substituída pela lavoura cafeeira, em virtude de grande procura
européia deste produto.

85 - ESA 1986
Fatos relacionados à primeira invasão holandesa no Brasil, exceto:
(A) o planejamento da operação pela Companhia das Índias Ocidentais.
(B) A prisão do Governador da Bahia, Diogo de Mendonça Furtado.
(C) A hábil administração de Maurício de Nassau.
(D) A reação comandada pelo bispo de Salvador.
(E) A atuação de uma esquadra luso-espanhola contra os invasores

86 - ESA 1987
Causa geral das invasões holandesas no Brasil:
(A) o interesse da burguesia holandesa em fundar no Brasil uma colônia de
povoamento.
(B) a tentativa de superar o modelo colonial criado por Portugal.
(C) a vontade de interromper a produção de açúcar no nordeste brasileiro.
(D) a necessidade de transferir o excedente populacional dos Países Baixos.
(E) o desejo de romper o bloqueio econômico imposto por Felipe II, após a União
Ibérica.

87 - ESA 1988
Durante o domínio espanhol (1612), uma expedição chefiada por Daniel de La Touche
pretendeu criar no Brasil a:
(A) França Antártica.
(B) França Equatorial.
(C) Guiana Brasileira.
(D) França Huguenote.
(E) Guiana dos Reformados.

88 - ESA
A União Ibérica favoreceu a presença de inimigos da Espanha no território brasileiro, através
de invasões, algumas das quais se prolongaram, permitindo a formação de núcleos
populacionais que se transformaram em importante cidades. Nesta perspectiva, a cidade de
São Luís, capital do Estado do Maranhão, foi obra de:
A) ingleses
B) franceses
C) holandeses
D) portugueses
E) italianos

89 - ESA
Durante o período colonial, Bahia e Pernambuco foram alvos de invasões de:
A) franceses, atraídos pelo pau-brasil.
B) holandeses, atraídos pela produção açucareira
C) espanhóis, indignados com a expansão territorial portuguesa.
D) italianos, interessados no mercado de especiarias.
E) ingleses, atraídos por riquezas minerais