Você está na página 1de 3

1 - A conquista de Cuzco, centro do Império Inca, deu-se por

a) Hernán Cortez, em 1519; d) Vasco Nunes de Balboa, em 1509;


b) Francisco Pizarro, em 1533; e) Diego de Velásques, em 1511
c) Juan Ponce de Leon, em 1508;
2 - A mandioca, a batata-doce, a araruta, o milho, o feijão, o amaranto e o amendoim são utilizados
como alimentos atualmente, porque foram
a) cultivados como fontes alimentares das primeiras civilizações agrícolas que se fixaram nos vales dos rios
Nilo e Eufrates, há 5 mil anos.
b) cultivados inicialmente na África por volta de 3 mil anos atrás e difundidos nos séculos XV e XVI pelos
europeus.
c) alimentos básicos das primeiras comunidades agrícolas que se tornaram sedentárias há 7 mil anos no
Oriente Próximo.
d) domesticados por populações que desenvolveram a agricultura na América, há pelo menos 6 mil anos.
e) modificados geneticamente por comunidades agrícolas da Europa mediterrânea nos últimos 2 mil anos.

3 - Os astecas davam o nome de Chinampas


a) às habitações feitas de adobe, construídas com vários andares.
b) aos canis de água utilizados para irrigar a terra nas regiões desérticas do litoral.
c) aos terraços sustentados por paredes de pedra que visavam a evitar a erosão.
d) às ilhas artificiais formadas com lama amontoada e forrada com relvas e arbustos.
e) à terra possuída coletivamente pela tribo e dividida pelos clãs.
4 - Os astecas e o incas não foram eliminados nem expulsos pelos conquistadores espanhóis devido
a) ao respeito que os colonizadores tinham pela cultura desses povos.
b) a eles terem-se associado aos colonizadores, na exploração dos povos mais fracos.
c) à existência de ouro e prata nas regiões que eles ocupavam e ao interesse dos colonizadores em explorá-
los enquanto mão-de-obra.
d) à existência de excedente de produção agrícola e de força de trabalho organizada nessas civilizações.
e) aos tratados com os "criollos", que regulamentavam as formas de convivência.
5 - A Igreja Católica teve papel relevante no processo de colonização, que pode ser constatado:
a) na Catequese que, promovendo a integração do índio aos padrões europeus e cristãos, favoreceu a sua
emancipação.
b) na Educação, através das Ordens Religiosas, a Igreja monopolizou as instituições de ensino até o século
XVIII.
c) nas Missões, que, ao reunirem os contingentes indígenas, facilitavam o fornecimento de mão-de-obra para
a lavoura.
d) na defesa das Fronteiras, sendo as missões a primeira defesa por onde penetraram estrangeiros no Brasil.
e) na administração, ocupando o clero a maior parte dos cargos públicos que exigiam melhor nível de
instrução.
6 - No século XVI, a conquista e ocupação da América pelos espanhóis:
a) desestimulou a economia da Metrópole e conduziu ao fim do monopólio de comércio.
b) contribuiu para o crescimento demográfico da população indígena, concentrada nas áreas de mineração.
c) eliminou a participação do Estado nos lucros obtidos e beneficiou exclusivamente a iniciativa privada.
d) dizimou a população indígena e destruiu as estruturas agrárias anteriores à conquista.
e) impôs o domínio político e econômico dos "criollos".
7 - A colonização da América foi um longo processo de desestruturação da realidade ameríndia e de
montagem dos mecanismos de dominação por estruturas político-administrativas complexas. No caso
da Espanha, a "Casa de la Contratacion" tinha diferentes atribuições entre as quais NÃO se incluía a
a) controlar o movimento de importação e exportação.
b) autorizar o desenvolvimento das atividades econômicas coloniais.
c) legislar sobre o traçado urbano das cidades que viessem a surgir.
d) obrigar o cumprimento da política tributária no além-mar.
e) definir a quantidade de mão-de-obra escrava
8 – A administração colonial hispânica estava centralizada de forma a permitir o controle da Coroa
sobre seus territórios americanos. O órgão máximo da política administrativa colonizadora da
Monarquia Espanhola era denominada
a) Casa de Contratação. b) Audiência. c) Consulado.
d) "Pueblo" .e) Conselho Real e Supremo das Índias.

9 - São características das Colônias de Povoamento implantadas no Continente Americano a partir do


século XVII:
a) trabalho compulsório, mercado interno, plantações de subsistência e Pacto Colonial.
b) pequena propriedade familiar, manufaturas, policultura, autonomia econômica e mão-de-obra livre.
c) grandes propriedades de terras, ação colonizadora decorrente de conflitos religiosos na Metrópole,
monocultura e trabalho escravo.
d) trabalho escravo, produção voltada para a exportação, economia limitada pelo Exclusivo Colonial e
latifúndio monocultor.
e) pequenas plantações de subsistência, monocultura, ação colonizadora baseada nas propostas
mercantilistas e mão-de-obra livre.
10 - No decorrer dos séculos XVI e XVII, as lutas religiosas na Europa provocaram a separação entre
os cristãos, tendo como consequências muitos conflitos políticos e sociais. Está associada a esse
movimento religioso:
a) a colonização de parte do território do que são, atualmente, os Estados Unidos.
b) a independência das colônias americanas.
c) a instalação da Inquisição nas colônias espanholas.
d) a expulsão dos jesuítas das colônias portuguesas.
e) a ação dos missionários contra a escravidão indígena.
11 – São características das colônias de povoamento implantadas no continente americano a partir do
sec. XVIII:
a) trabalho compulsório, mercado interno, plantações de subsistência e Pacto Colonial.
b) pequena propriedade familiar, manufaturas, policultura. Autonomia econômica e Mao de obra livre.
c) grandes propriedades de terras, ação colonizadora decorrente dos conflitos religiosos na metrópole
monocultura e trabalho escravo.
d) trabalho escravo, produção voltada para a exportação. Economia limitada pelo exclusivo metropolitano e
latifúndio monocultor.
12 – Sobre o trabalho compulsório na América Espanhola, durante o período colonial, é possível
afirmar que o mesmo:
a) baseou-se pela predominância da escravização negra, como aconteceu no Brasil.
b) caracterizou-se pela escravização continuada dos indígenas, como nas culturas incas e astecas.
c) apoiou-se em formas diversas de exploração do trabalho indígena e na escravidão negra.
d) restringiu-se a sistemas particulares de coerção como é o caso da encomienda.
13 – Sobre a estrutura social e econômica da America Colonial espanhola, podemos afirmar que:
a) os “Criollos” formavam uma aristocracia econômica local, sendo donos de propriedadesrurais e de minas.
b) os “Chapetones” eram mestiços que monopolizavam as funções administrativas e religiosas nos vice-
reinados.
c) os indígenas estavam protegidos por uma rigorosa legislação real, que proibia que trabalhassem para os
peninsulares.
d) o trabalho através da mita incidia sobre as populações negras escravas das grandes fazendas de gado.
1B
2D
3D
4C
5B
6D
7C
8E
9B
10 A
11 B
12 B
13 A

Você também pode gostar