Você está na página 1de 11

LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES

BRUNA CAVALCANTE DA COSTA

PROJETO INTEGRADOR: TEMAS TRANSVERSAIS - FASE DE


EXECUÇÃO – N2

São Paulo
2019
BRUNA CAVALCANTE DA COSTA

PROJETO INTEGRADOR: TEMAS TRANSVERSAIS - FASE


DE EXECUÇÃO – N2

Projeto organizado como exigência parcial para a


avaliação da Fase de Execução, do Projeto
Integrador: Temas Transversais, da LAUREATE
INTERNATIONAL UNIVERSITIES.

São Paulo
2019
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO ........................................................................................................................................ 6

1 OBJETIVOS ......................................................................................................................................... 7

1.1 GERAIS ........................................................................................................................................... 7


1.2 ESPECÍFICOS .................................................................................................................................. 7

2 ANÁLISE DE AMBIENTE.................................................................................................................. 8

2.1 MACROAMBIENTE ........................................................................................................................ 8

2.2 MICROAMBIENTE .......................................................................................................................... 8

2.3 ANÁLISE COM BASE NA FERRAMENTA X ANÁLISE SWOT ............................................. 9

3 PROBLEMA....................................................................................................................................... 10

4 EXECUÇÃO DO PROJETO ............................................................................................................ 11

5 PARECER FINAL DO PROJETO: RESULTADOS ESPERADOS .......................................... 12

REFERÊNCIAS .................................................................................................................................... 13

Tabela 1- Análise de Ambiente ......................................................................... 9


6

INTRODUÇÃO

Escolhi uma grande empresa do ramo de Vestuário/Têxtil para o Projeto


Integrador sobre Temas Transversais.
Por já ter trabalhado em outras empresas do Ramo e por trabalhar na empresa
em questão, acredito que o tema se enquadra muito em experiências vividas e
presenciadas.
Esta empresa possui 62 anos no mercado, vende através de Varejo e Atacado
e trabalha com o modelo de Lojas Físicas próprias, não tendo nenhuma franquia.
A empresa é uma Gestão de Marcas, dividida em quatro marcas próprias e
sendo representante exclusiva de uma marca no Brasil.
Além de muitos funcionários em sua Matriz, a empresa possui funcionários em
suas lojas, espalhadas por todo o Brasil, sendo no total 120 Lojas Físicas e 10 Outlets.
7

1 OBJETIVOS

1.1 Gerais

O Objetivo deste Projeto é identificar os temas transversais existentes na


empresa. Saber quais são os pontos bons e os pontos que precisam ser melhorados
ou construídos.
Analisaremos cada ponto para poder encontrar a direção correta e planejar a
solução mais assertiva com base no cenário atual.

1.2 Específicos

A empresa apresenta alguns temas a serem trabalhados, como: a inclusão, a


ética, valores e a responsabilidade social de um modo geral.
Ainda podemos mencionar falhas graves como: falta de diversidade,
preconceito, sejam eles referente a raça, gênero, idade e classe social.
8

2 ANÁLISE DE AMBIENTE

2.1 Macroambiente

Neste Projeto analisaremos vários pontos importantes de uma empresa.


É possível que esta empresa tenha alguns pontos excelentes como também
tenha alguns que deixem a desejar ou que sejam simplesmente inexistentes.
Analisaremos a Ética e os Valores da empresa de um modo geral.
A Sustentabilidade Ambiental, que é onde a empresa expressa e coloca em
prática o respeito e o cuidado que têm com o meio ambiente.
Isto pode ser feito, através da maneira como a empresa administra os impactos
que o seu ramo de atividade tem com o planeta.
Trabalharemos também a Inclusão e a Responsabilidade Social.
Aqui podemos mencionar, a diversidade e a igualdade étnica, de gênero, de
classe social, idade, sexualidade, cultural e religiosa.
Onde todo cidadão deve ser tratado com respeito seja ele diferente da maioria
ou não.

2.2 Microambiente

Vamos analisar e planejar soluções referente à Responsabilidade com o Meio


Ambiente e as Responsabilidades Sociais de uma grande empresa.
A mesma possui 62 anos no mercado de Moda/Têxtil, está localizada em São
Paulo e trabalha tanto no Varejo como Atacado.
Possui 120 Lojas Físicas e 10 Outlets localizadas no país inteiro.

Embora tenha muitos anos no mercado, não apresenta cuidado algum com
Sustentabilidade e com os impactos que o seu trabalho reflete no planeta.

E justamente por ter tanto tempo no mercado, possui uma cultura própria, com
vícios e preconceitos que dificulta a inclusão de seus funcionários mais recentes.
Esquecendo assim de sua Responsabilidade Social e do respeito as diferenças.
9

2.3 Análise com base na Ferramenta X Análise SWOT

Para analisarmos a empresa e os cenários do problema, utilizaremos a


ferramenta: Análise SWOT.
Inventada por Albert Humphrey, líder de pesquisa na Universidade de Stanford
em 1960.
É um sistema simples que verifica a posição estratégica de uma empresa na
situação em questão.

Tabela 1 - Análise de Ambiente


Forças Positivas Forças Negativas
Potencialidades: Fragilidades:
- Grande Empresa - Recursos Humanos não
estruturado
- Anos no Mercado - Cuidados com Meio Ambiente
Interno

e Sustentabilidade inexistentes
- Funcionários capacitados - Sem Plano de Carreira
- Sem Projetos Sociais
- Alta Diversidade de Perfis e - Sem Palestras, Conversas e
Pessoas Espaço para Informação,
Conscientização e Integração
Oportunidades: Ameaças:
- Projetos Sociais - Choque de Comportamento
- Integração entre mediante as Mudanças
Funcionários
- Construir um RH - Funcionários antigos com perfil
estruturado conservador
- Seleções que valorizem a
diversidade - Diretoria não ter a
Externo

- Fazer departamento conscientização necessária e não dar o


especializado em Meio Ambiente valor correto ao Projeto
10

3 PROBLEMA

Apesar dos anos de Mercado, a empresa apresenta grandes costumes, vícios


e uma cultura muito conservadora.
Sabemos que cada empresa ter sua cultura é muito importante, porém isto gera
hábitos que muitas vezes não são éticos.

Exatamente por seus anos de mercado, possui funcionários antigos, muitos


com mais de 20 anos de empresa e que consequentemente ocupam hoje cargos altos
dentro da empresa.

Sabemos também que estes cargos altos possuem grande poder de decisão e
tem opiniões dominantes sobre o restante de seus funcionários.
Acabam se deixando levar por suas crenças pessoais e valores individuais do
que acreditam ser certo ou não.

Após anos deste tipo de ciclo se repetindo, apesar de falarmos de uma empresa
de Moda, onde muitos são inovadores e criativos, vemos uma empresa cheia de
preconceitos, paradigmas e visão ultrapassada sobre a diversidade tanto de seus
próprios funcionários, como futuros funcionários e até de seus clientes.

Além disto, temos também visões antigas e despreocupadas com nosso meio
ambiente. Assunto este, que não tinha sua devida importância ou divulgação
necessária anos atrás.
Fazendo assim, com que estes cargos altos e antigos se esqueçam que são
uma empresa de Moda, que apesar de ter sua confecção terceirizada, precisa saber
sobre a procedência e como realmente são os processos de trabalho de seus
terceiros.
11

4 EXECUÇÃO DO PROJETO

Agora que já vimos o problema e suas raízes, levando em consideração todas


as análises feitas e detalhes encontrados através da ferramenta utilizada, podemos
seguir planejamento e estruturando uma solução eficaz e eficiente para todas as
falhas.
O plano para corrigir as falhas sobre Responsabilidade Ambiental e
Sustentabilidade, será antes de tudo, montar e estruturar um departamento
especializado e comprometido com a área em questão.
Em paralelo há a necessidade de um Projeto dentro da própria empresa para
conscientização de todos os processos existentes lá dentro e por seus terceiros,
mostrando como tudo isto afeta o planeta.
Assim a empresa terá uma área que fiscalizará e implantará processos antes
nunca feitos para reduzir os impactos que estes processos causam.
Este mesmo departamento, fará com que cada funcionário tenha as
informações necessárias para se comprometerem, agindo da mesma maneira que a
empresa passará a agir.

Para o plano de Responsabilidade Social, também precisaremos estruturar um


departamento. Na verdade, precisaremos reestruturar o departamento de Recursos
Humanos já existente. Contratando mais pessoas e o dividindo corretamente de
acordo com as especializações:
Recrutamento e seleção; Treinamento e desenvolvimento; Cargos, salários e
benefícios; Departamento pessoal, Avaliação de desempenho; Saúde e segurança;
Relações sindicais e Planos de Carreira.
O Treinamento e Desenvolvimento ficará responsável por realizar Projetos
Sociais dentro da empresa e por convidar/incentivar a participação dos funcionários
em Projetos Sociais externos.
Eles também se responsabilizarão por integrar, informar e conscientizar os
funcionários de alguma forma, combatendo assim o preconceito de qualquer tipo e
consequentemente gerando uma maior inclusão.
Já o Recrutamento e Seleção se encarregará de tornar a Diversidade um ponto
muito importante e relevante em suas próximas seleções e contratações.
12

5 PARECER FINAL DO PROJETO: RESULTADOS ESPERADOS

Com o planejamento e estruturação do Projeto, pudemos analisar e enxergar


os pontos deficientes da empresa.
Vimos também alguns pontos positivos, o que pudemos usar como novas
oportunidades para a execução do mesmo.
Mas foi ao analisar ponto a ponto que pudemos ver o peso e o valor da ética,
da responsabilidade com o meio ambiente e de toda a responsabilidade social, onde
reconhecemos pessoas parecidas conosco e pessoas muito diferentes.
Pudemos ver como o clima organizacional e a conduta da empresa e de todos
seus funcionários afetam a todos, sem exceção.
Vimos que todos, independente de idade, classe social, raça, credo, orientação
sexual e condição física devem ser tratados da mesma forma.
Fazendo com que se sintam tranquilos, bem-vindos e à vontade para
desempenhar seu trabalho, gerando seu crescimento profissional e o da empresa
também.
13

REFERÊNCIAS

CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de Pessoas. 4ª Edição. Brasil: Manole, 2014.

AGUILERA, José Carlos. Gestão Estratégica de Mudanças Corporativas. Col. Instituto


Chiavenato. Brasil: Saraiva, 2009.

CHIAVENATO, Idalberto. Comportamento Organizacional - A Dinâmica de Sucesso


Das Organizações. 3ª Edição. Brasil: Manole, 2014.

SILVA, Helton Haddad. Planejamento Estratégico de Marketing. 4ª Edição. Brasil:


FGV, 2011.

Você também pode gostar