Você está na página 1de 1

FILOSOFIA

Prof. Ottávio Rodrigues

Como Ler um texto?

DESCARTES, Discurso do Método, primeira parte

O bom senso é a coisa mais bem distribuída do mundo: pois cada um pensa estar tão bem
provido dele, que mesmo aqueles mais difíceis de se satisfazerem com qualquer outra coisa não
costumam desejar mais bom senso do que têm. Assim, não é verossímil que todos se enganem;
mas, pelo contrário, isso demonstra que o poder de bem julgar e de distinguir o verdadeiro do falso,
que é propriamente o que se denomina bom senso ou razão, é por natureza igual em todos os
homens; e portanto que a diversidade de nossas opiniões não decorre de uns serem mais razoáveis
que os outros, mas somente de que conduzimos nossos pensamentos por diversas vias, e não
consideramos as mesmas coisas. Pois não baste ter o espírito bom, mas o principal é aplicá-lo bem.
As maiores almas são capazes dos maiores vícios, assim como das maiores virtudes; e aqueles que
só caminham muito lentamente podem avançar muito mais, se seguirem sempre o caminho certo, do
que os que comem e dele se afastam.
Quanto a mim, jamais presumi que meu espírito fosse em nada mais perfeito que o do
comum dos homens; muitas vezes até desejei ter o pensamento tão pronto, ou a imaginação tão
nítida e distinta, ou a memória tão ampla ou tão presente como alguns outros. E não conheço outras
qualidades, além destas que sirvam para a perfeição do espírito: pois, quanto à razão ou senso, visto
que é a única coisa que nos torna homens e nos distingue dos animais, quero crer que está inteira em
cada um, nisto seguindo a opinião comum dos filósofos, que dizem que só há mais e menos entre os
acidentes, e não entre as formas ou naturezas dos indivíduos de uma mesma espécie.

ARISTÓTELES, Ética a Nicômaco, II, 6.

A virtude é portanto uma disposição adquirida voluntária, que consiste, em relação a nós, na
medida, definida pela razão em conformidade com a conduta de um homem ponderado. Ela ocupa a
média entre duas extremidades lastimáveis, uma por excesso, a outra por falta. Digamos ainda o
seguinte: enquanto, nas paixões e nas ações, o erro consiste ora em manter-se aquém, ora em ir além
do que é conveniente, a virtude encontra e adota uma justa medida. Por isso, embora a virtude
encontra e adota uma justa medida. Por isso, embora a virtude, segundo sua essência e segundo a
razão que fixa sua natureza, consista numa média, em relação ao bem e à perfeição ela se situa no
ponto mais elevado.