Você está na página 1de 6

JornalCorporativo

Brasil Quarta- feira, 15 de Maio de 2019
Brasil
Quarta- feira,
15 de Maio de 2019

Informação que gera negócios

feira, 15 de Maio de 2019 Informação que gera negócios Ano IX N° 3105 R$ 2,00
feira, 15 de Maio de 2019 Informação que gera negócios Ano IX N° 3105 R$ 2,00

Ano IX

15 de Maio de 2019 Informação que gera negócios Ano IX N° 3105 R$ 2,00 jornalcorporativo.com

N° 3105

Maio de 2019 Informação que gera negócios Ano IX N° 3105 R$ 2,00 jornalcorporativo.com @jcorporativo /jcorporativo

R$ 2,00

jornalcorporativo.com

gera negócios Ano IX N° 3105 R$ 2,00 jornalcorporativo.com @jcorporativo /jcorporativo Edição fechada às 20hs JOYCE

@jcorporativo

Ano IX N° 3105 R$ 2,00 jornalcorporativo.com @jcorporativo /jcorporativo Edição fechada às 20hs JOYCE VAI DEFENDER

/jcorporativo

Edição fechada às 20hs

JOYCE VAI DEFENDER AGORA?

DONO DA GOL ENTREGA RODRIGO MAIA

Página 3

Também são citados Romero Jucá, Vicente Cândido, Ciro Nogueira, Marco Maia, e outros

MISTÉRIO

ALEMANHA INVESTIGA POSSÍVEL SEITA POR TRÁS DE MORTES COM ARMAS MEDIEVAIS

Página 6

SEITA POR TRÁS DE MORTES COM ARMAS MEDIEVAIS Página 6 CARREIRA & OPORTUNIDADE OPORTUNIDADE DE ESTÁGIO

CARREIRA

& OPORTUNIDADE

OPORTUNIDADE DE ESTÁGIO PARA UNIVERSITÁRIOS

Página 6

OPORTUNIDADE DE ESTÁGIO PARA UNIVERSITÁRIOS Página 6 TECNOLOGIA EM FOCO WHATSAPP RECOMENDA ATUALIZAÇÃO DO

TECNOLOGIA

EM FOCO

WHATSAPP RECOMENDA ATUALIZAÇÃO DO PROGRAMA

Página 4

NINGUÉM VOTOU CONTRA

Reprodução da internet

STF MANDA TIRAR TEMER DA CADEIA E O PROÍBE DE SAIR DO PAÍS. MAS A
STF MANDA TIRAR
TEMER DA CADEIA
E O PROÍBE DE
SAIR DO PAÍS.
MAS A PRISÃO FOI
PEDIDA PARA ELE
NÃO DESTRUIR
PROVAS ESTANDO
EM CASA
FOI PEDIDA PARA ELE NÃO DESTRUIR PROVAS ESTANDO EM CASA OBRIGAÇÃO SENADO APROVOU LEI QUE OBRIGA

OBRIGAÇÃO

SENADO APROVOU LEI QUE OBRIGA DETENTOS A RESSARCIR GASTOS DO ESTADO

Página 5

MONITORAMENTO

Escolas no DF poderão ter revista de alunos e policiais

Escolas no DF poderão ter revista de alunos e policiais Página 4 CHANCE   TURISTAS MENTIROSOS

Página 4

CHANCE

 

TURISTAS MENTIROSOS

 

CRESCIMENTO

Governo amplia linha de crédito para caminhoneiros

NÚMERO DE BRASILEIROS BARRADOS EM PORTUGAL BATE RECORDE

NÚMERO DE BRASILEIROS BARRADOS EM PORTUGAL BATE RECORDE

Por empregos, Governo muda normas de segurança no trabalho

Página 4

 

Página 4

INACREDITÁVEL

Ministro decide que importar semente de maconha não é crime

LEI MARIA DA PENHA

Agressor será fastado de vítima sem aval da Justiça

Página 5

 

Página 7

LEI MARIA DA PENHA Agressor será fastado de vítima sem aval da Justiça Página 5  

Página 6

LEI MARIA DA PENHA Agressor será fastado de vítima sem aval da Justiça Página 5  
JornalCorporativo 2 artigo QUARTA FEIRA 15 DE MAIO DE 2019  arti�o ESPORTE redacao@jornalcorporativo.com ou
JornalCorporativo
2 artigo
QUARTA FEIRA
15 DE MAIO DE 2019
arti�o
ESPORTE
redacao@jornalcorporativo.com ou Rua Alcindo Guanabara, 25 – 6º andar – Centro – Rio de Janeiro – RJ CEP: 20031-130
As mensagens enviadas para o CARTAS DO LEITOR devem conter nome e cidade. Em razão de espaço e clareza, o JORNAL CORPORATIVO reserva-se o direito de editar as cartas e e-mails recebidos.
CLUBE JC
SAIBA IDENTIFICAR OS SINTOMAS
QUE INDICAM PEDRA NOS RINS
Após ressonância, Anderson Silva
confirma que não precisará
de cirurgia
Os sintomas de pedra nos rins
surgem de forma repentina nor-
malmente quando a pedra é
muito grande e fica presa no rim,
quando ela começa a descer
pelo ureter, que é um canal muito
apertado até a bexiga, ou quando
ela causa uma infecção.
marrom
5. Vontade frequente para urinar
6. Enjoos ou vômitos
forte ou dure mais de 2 horas,
deve-se voltar ao pronto-socorro.
Saiba o que fazer para não ter ou-
tra crise.
A imagem de Anderson Silva no chão após receber
o forte chute de Jared Cannonier na parte de dentro
7. Febre acima de 38º C
da perna assustou os fãs no UFC 237. Existia o rumor
O local e intensidade da dor
podem variar de acordo com a
movimentação da pedra dentro
do organismo, sendo de maior in-
tensidade quando ela percorre o
ureter até a bexiga, para ser elimi-
nada juntamente com a urina.
Tratamento para pedra nos rins
O tratamento durante uma crise
de pedra nos rins deve ser indi-
cado por um médico urologista e
normalmente é iniciado no hos-
pital, através do uso de remédios
analgésicos na veia, como Tra-
madol, e remédios antiespasmó-
dicos, como Escopolamina. Após
algumas horas em que o quadro
de dor melhora, o paciente rece-
be alta.
que o ex-campeão tivesse rompido os ligamentos do
joelho, no entanto, não foi o que aconteceu. Segundo
o site MMA Fighting, nesta terça-feira (14), os liga-
mentos do lutador estão intactos.
A crise renal pode variar ao lon-
go do tempo, principalmente no
que diz respeito à localização e
intensidade da dor, mas pedras
pequenas costumam não causar
problemas e muitas vezes só são
descobertas durante a realização
de exames de urina, ultrassom ou
raio-X, por exemplo.
Principais sintomas
Assim, quando a pessoa sente
dificuldade para deitar e descan-
sar devido à dor forte nas costas,
náuseas ou dor para urinar, é pos-
sível que tenha pedra nos rins.
Saiba se pode ter pedra nos rins
fazendo o seguinte teste:
Em casos de dor intensa que
não passa, febre, vômitos, sangue
na urina ou dificuldade para uri-
nar, deve-se procurar o médico
para que sejam feitos exames e o
tratamento iniciado rapidamente.
Logo após a derrota no UFC Rio , no último sába-
do (11), Anderson Silva passou por uma ressonância
magnética que mostrou não ter tido nenhum rom-
pimento nos ligamentos do joelho. Desta maneira, “
Spider ” precisará passar por fisioterapia para retor-
nar ao octógono.
Aos 44 anos, o retrospecto de Anderson Silva nas
últimas oito lutas não é bom . São seis derrotas, uma
vitória e um “No Contest”.
Por que a dor costuma voltar?
Após uma crise, é comum sentir
uma pressão, dor ligeira ou quei-
mação ao urinar, sintomas que
estão relacionados com a libera-
ção das pedras restantes que a
pessoa pode possuir.
Em casa, o tratamento pode ser
mantido com remédios analgé-
sicos orais, como o Paracetamol,
repouso e hidratação com cerca
de 2 litros de água por dia, para
facilitar a saída da pedra.
Reprodução da Internet
1. Dor intensa na parte de baixo
das costas, que pode limitar os
movimentos
2. Dor que irradia das costas
para a virilha
3. Dor ao urinar
4. Urina rosa, vermelha ou
Nestes casos, deve-se beber
pelo menos 2 litros de água por
dia e tomar remédios que aliviem
a dor e relaxem a musculatura,
como Buscopan, receitado pelo
médico durante a crise anterior.
No entanto, caso a dor fique mais
Nos casos mais graves, em que
pedra é muito grande para sair
sozinha, pode ser necessária ci-
rurgia ou tratamento a laser para
facilitar sua saída. No entanto,
durante a gravidez, o tratamento
deve ser feito apenas com remé-
dios analgésicos e acompanha-
mento médico.
#R��a��o fb.com/jcorporativo
#R��a��o
fb.com/jcorporativo

Justiça nega reintegração de ex-policial envolvido no caso Amarildo

A Justiça do Rio julgou improcedente o pedido de reintegração à Polícia Mi- litar (PM) do Rio de Janei- ro de Wellington Tavares da Silva, um dos policiais investigados pelo desa- parecimento, em julho de 2013, do ajudante de pe- dreiro Amarildo Dias de Souza, morador da Favela da Rocinha, na zona sul da capital fluminense. A Procuradoria-Geral do Estado (PGE-RJ) atuou contra o pedido feito pelo ex-servidor. O policial foi demitido como

resultado de um proces- so administrativo disci- plinar. O ex-policial re- correu da decisão, mas a Justiça não acatou a ação, mantendo o resultado do processo administrativo.

Condenações Ao todo, 25 policiais foram processados pelo desparecimento de Ama- rildo de Souza. Um deles morreu antes da decisão, e 12 foram condenados pelo sequestro, tortura, morte e ocultação do ca- dáver de Amarildo.

morreu antes da decisão, e 12 foram condenados pelo sequestro, tortura, morte e ocultação do ca-

 D��ta���

D��ta���

 D��ta���
 

Reprodução da Internet/ Foto: Dartmouth College/Eli Burakiae/Divulgação

Internet/ Foto: Dartmouth College/Eli Burakiae/Divulgação ANA PAULA PITUXITA SE RECUSOU A FAZER NOVO EXAME DE CORPO

ANA PAULA PITUXITA SE RECUSOU A FAZER NOVO EXAME DE CORPO DE DELITO

Responsável pela investigação do caso de agressão envolvendo a ex-Paquita Ana Paula Pituxita e o ex-marido dela José Roberto Barbosa, o delegado Márcio Petra, titular da 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes), afirmou à coluna que a loira não deverá prestar um novo depoimento. “A investigação que está em curso já estava ciente do vídeo antes mesmo das imagens vazarem através da imprensa, nesta segunda-feira”, disse ele. Nas imagens, Ana Paula Pituxita aparece na calçada de seu condomínio se machucando de propósito após uma briga com o então marido, pouco antes de ela ir à delegacia prestar queixa contra José Roberto por agressão. Segundo Márcio Petra, ao tomar conhecimento das imagens em que ela aparece se mutilando, os investigadores solicitaram um novo exame de corpo de delito, mas a ex-Paquita se recusou a fazer. Com a negativa de Pituxita a fazer um novo exame e o vídeo em que ela aparece se machucando já anexado nos autos do processo, o delegado afirma que não precisará chamar a moça para tomar um novo depoimento.

Publicado por Jornal Corporativo S.A. Presidente Ricardo Lyra Ribeiro Vice Presidente Emílio Alarcón Diretor
Publicado por Jornal Corporativo S.A. Presidente Ricardo Lyra Ribeiro Vice Presidente Emílio Alarcón Diretor

Publicado por Jornal Corporativo S.A.

Presidente

Ricardo Lyra Ribeiro

Vice Presidente

Emílio Alarcón

Diretor Administrativo

Emílio Teixeira

Diretor TI

Robson Augusto

Diretor Comercial Brasília

Diogo Alves de Abreu

diretoria@jornalcorporativo.com

Diogo Alves de Abreu diretoria@jornalcorporativo.com comercial@jornalcorporativo.com São Paulo Jorge Queiroz -
Diogo Alves de Abreu diretoria@jornalcorporativo.com comercial@jornalcorporativo.com São Paulo Jorge Queiroz -
Diogo Alves de Abreu diretoria@jornalcorporativo.com comercial@jornalcorporativo.com São Paulo Jorge Queiroz -

comercial@jornalcorporativo.com

São Paulo Jorge Queiroz - (11) 97319-3708 jorgequeiroz@tribalmidia.com.br

psantosgc2@uol.com.br

Brasília/Goiás Paulo Santos - (61) 8127-5839/9982-6731

DEUS SEJA LOUVADO

Paulo Santos - (61) 8127-5839/9982-6731 DEUS SEJA LOUVADO Distribuição Atendimento ao Assinante

Distribuição

- (61) 8127-5839/9982-6731 DEUS SEJA LOUVADO Distribuição Atendimento ao Assinante assinatura@jornalcorporativo.com
- (61) 8127-5839/9982-6731 DEUS SEJA LOUVADO Distribuição Atendimento ao Assinante assinatura@jornalcorporativo.com
- (61) 8127-5839/9982-6731 DEUS SEJA LOUVADO Distribuição Atendimento ao Assinante assinatura@jornalcorporativo.com
- (61) 8127-5839/9982-6731 DEUS SEJA LOUVADO Distribuição Atendimento ao Assinante assinatura@jornalcorporativo.com
- (61) 8127-5839/9982-6731 DEUS SEJA LOUVADO Distribuição Atendimento ao Assinante assinatura@jornalcorporativo.com

Atendimento ao Assinante assinatura@jornalcorporativo.com

 

MENSAL

TRIMESTRAL

SEMESTRAL

PREÇO DA

R$ 44,00

R$ 132,00

R$ 264,00

ASSINATURA

 

ANUAL

 

R$ 528,00

O Jornal Corporativo não se responsabiliza pelas opiniões expostas em artigos assinados.

ANUAL   R$ 528,00 O Jornal Corporativo não se responsabiliza pelas opiniões expostas em artigos assinados.

Redação redacao@jornalcorporativo.com

Estagiários

Publicidade

redacao@jornalcorporativo.com Estagiários Publicidade RIO DE JANEIRO Distribuidora Dirigida – Tel.: (21)
redacao@jornalcorporativo.com Estagiários Publicidade RIO DE JANEIRO Distribuidora Dirigida – Tel.: (21)

RIO DE JANEIRO Distribuidora Dirigida – Tel.: (21) 3233-6237/40 SÃO PAULO Global Press Distribuidora de Jornais – Tel.: (11) 2796-4674 CENTRO-OESTE – BRASÍLIA / GOIÁS Mídia Distribuidora de Jornais – Tel.: (61) 3204-0888

Tiragem 20.000 exemplares impresso diariamente pela Gráfica MEC Ltda

Serviço Noticioso Agência Brasil – Agência Câmara – Agência Senado Contas Abertas – Congresso em Foco – Agência CNI - O Dia Online - Revista Galileu - Só Noticia Boa

Repórteres Alexandra Gomes – redacao@jornalcorporativo.com

Beatriz Souza– redacao@jornalcorporativo.com Pamella Fernandes - redacao@jornalcorporativo.com

Arte e Diagramação • producao@jornalcorporativo. com

Rio de Janeiro Alexandra Gomes - (21) 7894-1586

Parque Gráfico Estrada Passa Três, 4.095 Cabo Verde - 27175-000- Piraí - RJ

RIO DE JANEIRO

Tel.: (21) 2217-9750

SÃO PAULO

SÃO PAULO

SÃO PAULO
BRASÍLIA

BRASÍLIA

BRASÍLIA

Rua Voluntários da Pátria, 1816 – sala 04 - Santana São Paulo - SP CEP: 02.010-500 (11) 3804-3540 / 3715-3540

SIBS Q. 3 - Conjunto C - Lote 15 Núcleo Bandeirante - Brasília - DF CEP.: 71736-303 (61) 3322-7615/3344-0577

Redação e Administração Rua Alcindo Guanabara, 25 - 6° andar Centro - 20031-130 - Rio de Janeiro - RJ

JornalCorporativo

QUARTA- FEIRA

Jornal Corporativo QUARTA- FEIRA 15 DE MAIO DE 2019 caPa 3 JOYCE VAI DEFENDER AGORA? sem

15 DE MAIO DE 2019

caPa

3

JOYCE VAI DEFENDER AGORA?

sem nenhum voto contrário, stF decide mandar lima para casa Por unanimidade, a Sexta Turma
sem nenhum
voto contrário,
stF decide
mandar lima
para casa
Por unanimidade, a
Sexta Turma do Supe-
rior Tribunal de Justi-
ça (STJ), determinou
a
soltura do ex-presi-
dente Michel Temer,
que está preso preven-
tivamente desde 9 de
maio na cidade de São
Paulo.
Os três ministros se-
guiram o voto do rela-
tor, ministro Antônio
Saldanha Palheiros,
que deliberou pela sol-
tura de Temer. Eles
concordaram que o
decreto original de
prisão foi incapaz de
apontar algum ato deli-
tivo recente que justifi-
casse a prisão preven-
tiva do ex-presidente.
Eles concordaram que
a
prisão determinada
pela segunda instância
da Justiça Federal no
Rio de Janeiro é ilegal
e não há justificativas
para mantê-los presos
antes da sentença do
processo.
A proibitiva dos mi-
nistraos está em que os
investigados não saiam
do país. Mas de que vale
esse entendimento se
o
pedido de prisão foi
para que eles não des-
truíssem provas que
estão no Brasil - mas
precisamente dentro de
suas casas - ????

DONO DA GOL ENTREGA RODRIGO MAIA EM DELAÇÃO

Também são citados Romero Jucá, Vicente Cândido, Ciro Nogueira, Marco Maia, Edinho Araújo, Otávio Leite, Bruno Araújo e outros

O empresário Hen- rique Constan- tino, sócio da

companhia aérea Gol, rela- tou, em acordo de delação premiada, pagamentos de

propina a operadores e po- líticos do MDB, entre eles

o presidente da Câmara,

Rodrigo Maia (DEM-RJ),

o ex-deputado Eduardo

Cunha (MDB-RJ) e o ex- -ministro Geddel Vieira

Lima (MDB-BA), para ob-

ter recursos da Caixa Eco-

nômica Federal e do fundo

de investimentos do FGTS,

meio de contratos fictícios com empresas do operador Lúcio Funaro, que também é delator.

O empresário revelou que usava expressões relaciona- das a passagens aéreas para

conversar sobre pagamen- tos de propina com o ope-

rador financeiro Lúcio Fu- naro. Constantino entregou cópias de mensagens troca- das via celular com Funaro, em material de sua delação obtido pelo GLOBO.

gerido pelo banco. O acordo de delação pre-

As expressões eram usa- das para definir quais se-

Outras vezes, eu mes-

miada, revelado pelo jornal O Globo nesta segunda-fei-

riam as empresas de fa- chada de Funaro que rece-

ra

(13), entre o empresário

beriam os pagamentos de

e o Ministério Público Fe- deral, foi homologado pelo juiz Vallisney Oliveira, da 10ª Vara Federal em Bra- sília.

Constantino foi denun- ciado à Justiça Federal em

propina de Constantino, destinados ao grupo políti- co do MDB.

mo fui questionado por Lúcio Funaro sobre os pa- gamentos, como pode ser

Brasília em outubro passa-

comprovado pela troca de

do

sob acusação de pagar

mensagens abaixo, na qual

R$ 7 milhões de propina

utilizamos termos como

em

troca de financiamento

‘passageiros’, ‘reservas’, ‘lo-

de R$ 300 milhões para a Via Rondon Concessioná-

calizador’, ‘bilhetes’, ‘taxa de câmbio’ etc., como me-

ria,

do Grupo BR Vias, e de

táforas aos nomes das em-

mais R$ 50 milhões para a Oeste Sul Empreendimen- tos Imobiliários S.A.

presas que eram utilizadas à emissão de NF’s (notas fiscais) e aos pagamentos efetivos”, descreve Cons-

 

O

empresário

disse

ter

tantino em um dos anexos

feito

repasses

ilícitos

por

de sua delação.

MORO CONFIRMA QUE MP SOBRE VENDA DE ATIVOS DO CRIME ESTÁ PARA SAIR

Reprodução da Interne

DE ATIVOS DO CRIME ESTÁ PARA SAIR Reprodução da Interne O ministro da Justiça e da

O ministro da Justiça e da Seguran- ça Pública, Sérgio Moro, afirmou nesta terça-feira (14) que está “no forno” uma medida provisória que tratará da gestão de bens apreendidos no combate ao trá- fico de drogas.

Moro discursou em uma cerimônia no Ministério da Justiça sobre gestão de ati- vos, realizada em parceria com o Minis- tério da Justiça da França.

“Nós estamos com uma medida provi- sória no forno para apresentar ao Con- gresso Nacional que traz medidas muito pontuais relacionadas à gestão de ativos no âmbito do tráfico de drogas para faci- litar a venda de bens pela [Secretaria Na- cional de Políticas Sobre Drogas] Senad. Para facilitar a venda desses recursos mesmo antes do fim do trâmite em jul- gado, já que a taxa de reversão das con- denações é muito pequena, e [se houver] qualquer reversão, o dinheiro pode ser

devolvido se for o caso, então vamos ver se apresentamos isso em frente”, disse Moro.

Segundo dados da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas, existem hoje 77,2 mil bens apreendidos de traficantes no país, entre casas, carros, barcos e avi- ões.

Atualmente, a Senad só assume a ges- tão dos bens depois que as sentenças judiciais condenatórias transitam em julgado, isto é, quando não há mais pos- sibilidade de recurso – hoje, há cerca de 29 mil bens nessa condição.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública estima que leilões para a venda de cerca de 20 mil desses bens devem ser realizados ainda durante o primeiro se- mestre de 2019.

Segundo Moro, a legislação brasileira

precisa ser aprimorada com relação ao tema.

“Nós precisamos aprimorar a legisla- ção brasileira a esse respeito. A legisla- ção brasileira está ultrapassada em rela- ção, por exemplo, à legislação parâmetro europeia”, disse.

Ainda segundo o ministro, é preciso “privar organizações criminosas do pro- duto e do instrumento de suas ativida- des”.

“A melhor forma de se fazer que o crime não compense, a melhor forma de combater organizações criminosas, sejam aquelas destinadas a prática de corrupção, tráfico de drogas, tráfico de armas, tráfico de pessoas ou mesmo or- ganizações destinadas a prática de terro- rismo ou financiamento dessa prática, é privá-las do produto e do instrumento de suas atividades”, afirmou.

Lei torna banheiros químicos adaptados obrigatórios

A instalação de banheiros químicos acessíveis para pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida será obrigatória em eventos públicos ou privados.

Pela Lei 13.825, de 2019, publicada hoje (14) no Diá- rio Oficial da União, 10% dos banheiros de eventos terão que ser adaptados para uso de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Ainda de acordo com a norma, em casos em que a porcentagem mínima não represente uma unidade,

pelo menos um banheiro terá que ser instalado. Ape- sar de já estar em vigor, a le- gislação federal ainda preci- sa ser regulamentada já que não há sanção prevista para quem infringir a norma.

Legislação semelhante já é adotada por alguns esta- dos. Em Santa Catarina, por exemplo, a lei foi sancionada pelo então governador, Rai- mundo Colombo, em 2016. No estado, a multa prevista em caso de não cumprimen- to é de R$ 2 mil, podendo o valor ser dobrado em caso de reincidência.

Fotos: Reprodução da internet

não cumprimen- to é de R$ 2 mil, podendo o valor ser dobrado em caso de

GOVERNO PODE DIRECIONAR PARA EDUCAÇÃO MULTA DE R$ 2,5 BI DA PETROBRAS

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que os recursos pagos pela Petrobras em um acordo firmado com os Estados Unidos podem ser repassados para o Ministério da Educação.

O acordo, fechado com o Departamento de Justiça (DOJ) e a Securities and Exchange Commission (SEC) dos EUA, previa que a Petrobras pagasse uma multa para encerrar investigações, nos órgãos norte-americanos, sobre irregularidades reveladas na Lava Jato.

Também previa que 80% da multa, um valor de US$ 600 milhões, algo em torno de R$ 2,38 bilhões, deveriam ser investidos pela estatal no Brasil.

4 economia

QUARTA FEIRA

4 e c o n o m i a QUARTA FEIRA 15 DE MAIO DE 2019

15 DE MAIO DE 2019

JornalCorporativo

DESBUROCRATIZANDO

Reprodução da internet

Por mais emPregos, goVerno Vai mUDar normas segUranÇa e saÚDe no trabalHo E mpenhado com
Por mais
emPregos, goVerno Vai mUDar
normas
segUranÇa
e saÚDe no
trabalHo
E mpenhado com a retomada
do crescimento do país, o go-
verno - pouco tempo depois
de entrar em vigor a reforma das re-
lações trabalhistas que começaram a
desatar o nó das contratações e ma-
nutenções de funcionários no Brasil -
novos pontos sofrerão novas mudan-
ças. O governo anunciou que pretende
mexer nas Normas Regulamentadoras
de segurança e saúde no trabalho. A
E exemplifica: “Não é admissível
que um trabalhador seja submetido
a condições de frio ou calor extremo,
que não haja instalações sanitárias
adequadas no local de trabalho ou que
haja risco do trabalhador se acidentar
na empresa”.
informação foi divulgada pelo secretá-
rio-especial
de Trabalho e Previdência
do Ministério da Economia, Rogério
Marinho.
De acordo com o secretário, toda a
normatização na área de saúde e segu-
rança no trabalho está sendo revista,
com foco na desregulamentação, na
simplificação e na desburocratização.
Ele avaliou que as regras atuais preju-
dicam a produtividade das empresas.
“Tais regras existem em todos os
países civilizados do mundo e alguém
deveria lembrar ao ministro que o
Brasil com esta legislação ainda é o
campeão mundial de acidentes de
trabalho. Imaginem o que ocorrerá
se nem estas regras de segurança e
higiene o empregador for obrigado a
respeitar? O acidente de Brumadinho
nos deu uma ideia clara deste futuro
tenebroso”, dispara Batalha.
“Hoje, há custos absurdos em função
de uma normatização absolutamente
bizantina, anacrônica e hostil”, afir-
mou. Marinho acrescentou que trazer
investimentos para o Brasil requer um
ambiente “propício, acolhedor e saudá-
vel para quem vai empreender”. O que
é rebatido pelo advogado Trabalhista,
Sérgio Batalha. “Não há ‘custo absurdo’
algum decorrente destas normas, elas
impõem limites à exploração do traba-
lho humano”, adverte Batalha.
Rogério Marinho acrescentou que a
“modernização” atingirá todas as NRs
e outras regras. “Existem quase cinco
mil documentos infralegais, portarias,
instruções normativas, decretos da
década de 1940 que ainda são utiliza-
dos para nossa fiscalização, de forma
arbitrária”, declarou.
Depois da mudança
de cem pontos na CLT
A primeira norma a ser revista, se-
gundo o o secretário, será a NR-12 -
que trata da regulamentação de ma-
quinário, abrangendo desde padarias
até fornos siderúrgicos. A previsão do
governo é de que essa alteração seja
entregue em junho.
pela Reforma Traba-
lhista, agora é a vez
das NRs

goVerno amPlia linHa De crÉDitro Para caminHoneiros

Reprodução da internet

De crÉDitro Para caminHoneiros Reprodução da internet O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico

O presidente do Banco Nacional de

Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, disse hoje que a linha de crédito para empréstimos a caminhoneiros – para manutenção de veículos – pode dobrar, dependendo da demanda. Atualmente, o valor pré- -aprovado do pacote de ajuda à catego- ria é de R$ 500 milhões.

O limite de cada empréstimo é de R$

30 mil. “A gente deu uma pré-aprova- ção de R$ 500 milhões podendo chegar a R$ 1 bilhão, sem a menor dificuldade. Depende da demanda. Como todo ban- queiro quero que o ativo que emprestei tenha o máximo rendimento e mante- nha o seu valor”, disse em entrevista na sede do BNDES, no centro do Rio.

Levy lembrou que parte da compra de caminhões nos últimos anos foi financia- da com recursos do BNDES e, por isso, tem interesse em manter a valorização dos veículos. “A ideia do empréstimo é dar condições para ter certeza de que em um momento de desafio para o setor, o caminhoneiro vai ter recursos para manter e preservar o capital dele”, disse.

Segundo o presidente, apesar do uso constante, um caminhão com a devida manutenção pode durar até 12 anos. “Um caminhão que atrase um pouqui- nho a manutenção do freio e começa a não ter o trabalho que precisa, é um capi- tal que se deteriora rapidamente, além, obviamente, de todos os problemas de segurança nas estradas”, observou.

Liberação Levy adiantou que recebeu hoje a si- nalização do Ministério da Economia para liberar os empréstimos e ainda ontem se reuniu com a diretoria para finalizar o modelo que já foi aprovado e está pronto para ser implementado. “A partir da semana que vem já está fun- cionando, porque a gente já teve o ok de Brasília”, garantiu.

O valor de R$ 30 mil, segundo ele, foi definido com base na capacidade de en- dividamento do caminhoneiro e tam- bém do custo da manutenção do veícu- lo. “O caminhão é o principal ativo que o caminhoneiro tem. É a fonte de ren- da dele e a gente quer que aquilo esteja sempre em condições perfeitas”, disse.

que aquilo esteja sempre em condições perfeitas”, disse. escolas no DF poderão ter revista de alunos

escolas no DF poderão ter revista de alunos e mais presença policial

A rede de ensino público

do Distrito Federal deverá

adotar até o final deste mês novas regras no regimento escolar prevendo revista de material de alunos, termo de ajustamento de conduta, obrigatoriedade do uso de uniforme, respeito e decoro no trato com os professores, ressarcimento em caso de depredação de patrimônio

e mais presença de policiais dentro das escolas.

A proposta é da Secretaria

de Educação e foi idealizada

a partir das respostas a um

questionário de 100 pergun- tas aplicado pela Polícia Mi- litar junto a 55% das escolas públicas em 2018, além de

consultas a escolas e a todas coordenações regionais de ensino neste ano.

Na última semana, venceu o prazo para que as escolas

Sindicato e os ‘espe- cialistas’ que só apa-

recem para criticar

medidas de seguran-

ça, são contrários ao projeto

e comunidade se manifes-

tassem quanto à minuta publicada na internet. Um grupo de trabalho analisa as sugestões e o Conselho de Educação do DF deverá

expedir portaria alterando

o regimento ainda este mês.

As medidas, entretanto,

não são unanimidade entre

a comunidade acadêmica. Em qualquer processo de-

mocrático sério e confiável,

o chefe de estado é eleiot

pela maioria dos votos. Por-

tanto, ao questionar ospais dos alunos, certamente, o apoio pela presença de po- liciais e revista ganhará o apoio em massa.

Reprodução da internet

revista ganhará o apoio em massa. Reprodução da internet ! CDC CANCELAMENTO DE TV POR ASSINATURA

! CDC

CANCELAMENTO DE TV POR ASSINATURA

A partir do próximo mês, os assinantes de TV por assinatura poderão cancelar o serviço pes- soalmente, por telefone ou pela internet. A opção de cancelamento dos contratos pela web foi definida pela Lei 13.828, sancionada pelo presi- dente Jair Bolsonaro. A publicação desta se- mana altera a Lei de Co- municação Audiovisual de Acesso Condicionado (Lei 12.485), de 2011. A lei entra em vigor em 30 dias. Em 2018, o serviço de TV paga perdeu 550 mil assinantes, segundo da- dos da Agência Nacional de Telecomunicações. Ao final do ano, havia 17,574 milhões de contra- tos ativos no país. Os es- tados o maior número de assinantes em dezembro de 2018 foram São Paulo (6,46 milhões), Rio de Ja- neiro (2,37) e Minas Gerais (1,55 milhão), que juntos concentraram 59% da base de assinantes.

JornalCorporativo

QUARTA- FEIRA

Jornal Corporativo QUARTA- FEIRA 15 DE MAIO DE 2019 brasil 5 DEMOROU MUITO cDH Do senaDo

15 DE MAIO DE 2019

brasil

5

DEMOROU MUITO

cDH Do senaDo aProVoU lei QUe obriga Detentos a ressarcir estaDo

Medida dará um fim aos prejuízos que criminosos impõem aos cofres públicos

aos prejuízos que criminosos impõem aos cofres públicos A Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado

A Comissão de Direitos

Humanos (CDH) do

Senado aprovou on-

tem o substitutivo da senadora Soraya Thronicke (PSL-MS) ao PLS 580/2015, que obriga

o preso a ressarcir os gastos do Estado com sua manutenção. A proposta inicial de auto- ria do ex-senador, Waldemir Moka, chegou a ser analisada no plenário do Senado no úl- timo dia 7, mas foi remetida à CDH a pedido do senador Ran- dolfe Rodrigues (Rede-AP). Na avaliação de alguns parlamen- tares, a imposição do paga- mento poderia levar o apenado

a trabalhos forçados ou a pio-

rar o processo de reintegração,

já que estaria com uma dívida

elevada em seu nome.

Modificações

Para resolver o impasse, o substitutivo acatou emenda su- gerida no plenário pelo senador Humberto Costa (PT-PE), que trata da situação do preso pro- visório. Nesses casos, a ausên- cia de uma sentença definitiva deve impedir o ressarcimento

e as quantias recebidas pelo

Estado serão depositadas judi- cialmente. Os valores serão re- vertidos para o pagamento das despesas de manutenção so- mente no caso de condenação final. Em caso de absolvição, os

valores depositados serão de- volvidos ao preso. Outra novidade no texto foi a introdução de um teto no desconto das despesas com a manutenção do preso, caso ele não tenha condições de arcar com todos os custos. Nestas situações, o abatimento será fixado em até um quarto da remuneração recebida por ele. No caso de presos sem condi-

ções financeiras, a senadora sugere a suspensão do débito

por até cinco anos. Caso não

O preso que se recusar a apagar e tiver condições será inscrito na

dívida ativa

ministro: imPortar semente De maconHa nÃo É crime

ministro: imPortar semente De maconHa nÃo É crime O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal

O ministro Celso de Mello, do

Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que seja rejeitada uma denúncia contra uma mulher que importou da Holanda 26 se- mentes de Cannabis sativa, a plan- ta da maconha.

so do Ministério Público Federal (MPF), o Tribunal Regional Fede- ral da 3ª Região (TRF3) havia deci- dido prosseguir com a ação penal, decisão que foi mantida no Supe- rior Tribunal de Justiça (STJ).

te de Cannabis não possui a subs- tância tetrahidrocanabinol (THC), princípio ativo da planta da maco- nha usado como droga ilícita, o que impede que sua importação seja enquadrada no tipo penal.

Mello reforçou o entendimento de outros ministros do STF de que

Assim como o TRF3, a Quinta Turma do STJ havia entendido que a conduta da ré se enquadra-

O ministro escreveu que a “mera importação e/ou a simples posse da semente de cannabis sativa L.

a importação de pequenas quan- tidades da semente de maconha

ria no artigo 33 da Lei sobre Dro- gas (11.343/2006), segundo o qual

não se qualificam como fatores re- vestidos de tipicidade penal, essen-

não poder ser considerada cri-

é

crime importar “matéria-prima,

cialmente porque, não contendo

me, pois elas não contêm nenhum princípio ativo que, por meio de

insumo ou produto químico des- tinado à preparação de drogas”.

as sementes o princípio ativo do tetrahidrocanabinol (THC), não se

manipulação, possa resultar em

A

pena pode chegar a 15 anos de

revelam aptas a produzir depen-

uma droga ilegal.

reclusão.

dência física e/ou psíquica, o que as torna inócuas, não constituindo,

A

primeira instância da Justiça

Celso de Mello, porém, restaurou

por isso mesmo, elementos carac-

Federal de São Paulo já havia rejei-

a

decisão do juiz de primeiro grau.

terizadores de matéria-prima para

tado a denúncia, mas após recur-

O

ministro destacou que a semen-

a produção de drogas”.

medidas que alteram a lei maria da Penha estão em vigor

Mudanças retiram do lar o agressor imediatamente após a denúncia

A Lei Maria da Penha prevê,

a partir de agora, a aplicação

de medidas protetivas de ur- gência a mulheres ou a seus dependentes ameaçados de violência doméstica ou fami- liar. O Diário Oficial da União publica hoje (14) a lei sancio- nada pelo presidente da Re- pública, Jair Bolsonaro, com as alterações que darão mais rapidez nas decisões judiciais e policiais.

De acordo com nova norma, quando constatada a existên-

cia de risco atual ou iminente

à vida ou à integridade física

da mulher, ou de seus depen-

dentes, o “agressor será ime-

diatamente afastado do lar, domicílio ou local de convivên- cia” com a vítima, medida que pode ser adotada pela autori- dade judicial; pelo delegado de polícia; ou pelo policial, quan- do o município não for sede de comarca e não houver delega- do disponível no momento da denúncia.

A lei prevê também que, quando a aplicação das medi- das protetivas de urgência for decidida pelo policial, o juiz deve ser comunicado, no prazo

máximo de 24 horas, para, em igual prazo, determinar sobre

máximo de 24 horas, para, em igual prazo, determinar sobre “a manutenção ou a revogação da

“a manutenção ou a revogação da medida aplicada, devendo dar ciência ao Ministério Públi- co (MP) concomitantemente”. Antes das alterações, que pas- sam a valer a partir desta terça- -feira, o prazo era de 48 hs.” A lei diz ainda que as me-

didas protetivas têm que ser registradas em banco de da- dos mantido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), garantido o acesso do MP, da Defensoria Pública e dos ór- gãos de segurança pública e de assistência social, com vistas à

fiscalização e à efetividade das medidas de proteção. No caso de prisão do agressor e, em havendo risco à integridade física da vítima ou à efetivi- dade da medida protetiva de urgência, não será concedida liberdade provisória ao preso.

haja modificação da condição econômica do devedor nesse prazo, a obrigação do paga- mento da dívida fica extinto. Ao admitir que nem sempre

o Estado terá condições dar

oportunidades de trabalho para os encarcerados, o subs- titutivo estabelece que, nessas situações, não pode ser exigido que o detento sem recursos fi- nanceiros arque com os custos de sua manutenção. Com as exceções dos presos provisórios e dos sem condi- ção econômica, o substitutivo mantém a ideia original da proposta, prevendo o ressar- cimento obrigatório ou o pa- gamento por meio de trabalho para aqueles possuírem recur- sos próprios. O preso que tiver

condições financeiras, mas se recusar a pagar ou a trabalhar será inscrito na dívida ativa da Fazenda Pública. O texto tam- bém mantém emenda incluída por Simone Tebet (MDB-MS) para prever que o preso sem condições financeiras que ain-

da tiver restos a pagar por seus

gastos seja perdoado da dívida ao ser posto em liberdade.

TECNOLOGIA EM FOCO WHATSAPP RECOMENDA ATUALIZAÇÃO DO PROGRAMA Um grupo de hackers encontrou uma falha

TECNOLOGIA

EM FOCO

WHATSAPP RECOMENDA ATUALIZAÇÃO DO PROGRAMA

Um grupo de hackers encontrou uma falha de segurança no WhatsA- pp, um dos aplicativos de mensagens instan- tâneas mais utilizados no mundo, e instalou um spyware em celula- res, informou a empre- sa. A vulnerabilidade per- mitiu aos hackers inserir um programa malicioso nos telefones, median- te chamada telefônica aos aparelhos em ques- tão através do aplicati- vo, que é utilizando por cerca de 1,5 bilhão de pessoas. A ferramenta foi de- senvolvida por uma empresa com sede em Israel, chamada NSO Group, acusada de aju- dar governos do Orien-

te Médio e até o México

a espionar ativistas e

jornalistas. Esse vazamento é o mais recente de uma série de problemas do Facebook, proprietário do WhatsApp, que tem

enfrentado fortes críti- cas por permitir que os dados pessoais de seus usuários sejam usados por empresas de pes- quisa de mercado. O Facebook também foi questionado por sua resposta lenta ao uso da plataforma pela Rússia para divulgar informações falsas du- rante a campanha pre- sidencial americana em

2016.

JornalCorporativo
JornalCorporativo

Publicidade Legal e Financeira

com resultado institucional no Mercado de Capitais

(21) 98199-3619 / 2217-9750 - diretoria@jornalcorporativo.com

6 internacional

QUARTA FEIRA

6 i n t e r n a c i o n a l QUARTA FEIRA

15 DE MAIO DE 2019

JornalCorporativo

PRECISA DE AJUDA EXTERNA

assembleia nacional e escritÓrio De gUaiDÓ sÃo tomaDos À ForÇa

Motivo declarado pelos serviços de segurança é um alerta de bomba no local

Reprodução da Interne
Reprodução da Interne

A gentes do Serviço

Bolivariano de Inte-

ligência (Sebin), da

Guarda Nacional Bolivariana e da Polícia Nacional Boliva- riana, corporações a serviço do governo de Nicolás Madu- ro, bloquearam o acesso e en- traram no prédio da Assem- bleia Nacional Venezuelana, de maioria opositora. Os cha- vistas alegavam que poderia haver uma bomba no local. A ação iniciada na manhã de ontem foi noticiada pelo jornal oposicionista “El Na- cional” e pela agência EFE. Fotos e vídeos foram publi- cados na conta oficial da As- sembleia no Twitter. O presidente da Assembleia Nacional e autodeclarado pre- sidente interino, Juan Guai- dó, sem citar nomes, atribuiu a ação a Maduro. “Covarde como ele é, ele faz com que sua perseguição política ame- ace não só os deputados elei- tos pelo povo, mas também os trabalhadores da Assem- bleia”, declarou no Twitter.

ALEMANHA INVESTIGA POSSÍVEL SEITA POR TRÁS DE MORTES COM ARMAS MEDIEVAIS

A polícia alemã investiga a morte de cinco pessoas, algu- mas delas vítimas de flechas disparadas por uma besta, que provavelmente se conheciam e eram fãs do mundo medieval e da alquimia. Um dos falecidos, Torsten W, um homem de 53 anos, foi encontrado morto com flechas no crânio e no corpo. Ele tinha uma loja de objetos medievais em Hachenburg (Renânia Palatinado). Ele vendia punhais e espadas, capacetes de armadura e hidromel, uma das primeiras bebidas alcoólicas conhe- cidas A vítima tinha uma longa barba branca e organiza-

va sessões de combate com espadas. Em um dos braços

tinha tatuagens de símbolos de alquimia, uma prática medieval.

Os investigadores tentam determinar se os clientes ha-

bituais da loja estão envolvidos nas mortes e quais eram

as relações entre as víti-

mas.

e tinham piercings. Ambos estavam na cama, de mãos dadas. Depois da morte, os dois foram atingidos por mais fle- chas, lançadas provavelmente pela terceira vítima, uma mulher de 30 anos, Farina C, que em seguida teria co- metido suicídio com uma flecha no pescoço. As três pessoas pagaram a estadia de três noites em di- nheiro e procediam da Áustria, de acordo com a Promo- toria de Passau, onde teriam comprado as flechas. Os corpos foram encontrados por uma funcionária do hotel no sábado. “Não há indícios que demonstrem que aconteceu uma briga entre as pessoas presentes no quarto”, afirmou a polícia bávara. “Solicitamos exames para determinar a possível ingestão de medicamentos, álcool ou entorpe- centes”, completa um comunicado. Os investigadores tam- bém examinam um carro com o desenho de um ar- queiro, automóvel usado pelas três pessoas para chegar ao albergue. No quarto também foram en- contrados os testamentos das vítimas que estavam na cama, de acordo com a imprensa local.

Mais duas vítimas Farina C é dona de um apartamento na cidade de Gifhorn, onde outras duas mulheres de cerca de 30 anos foram encon- tradas mortas. Até o mo- mento são desconhecidos os resultados da autopsia dessas vítimas.

desconhecidos os resultados da autopsia dessas vítimas. Liga de combates medie- vais Todas as vítimas eram

Liga de combates medie- vais Todas as vítimas eram membros de uma liga de

torneios de cavaleiros e

de combates medievais.,

segundo o jornal “Bild”.

A polícia investiga um

albergue em Passau (Ba- viera), onde foram en- contrados três corpos – dois deles atingidos por flechas– no fim de sema- na. Os dois que tinham fle- chas no corpo eram um homem de 53 anos e uma mulher de 33, que esta- vam com roupas pretas

Portugal bate recorde em negativa de visto para brasileiros no país

O número de estrangeiros barrados em Portugal cresceu 74% no ano passado. Foram 3,8 mil pessoas, e a maioria (2,9 mil) é de brasileiros –o maior número desde 2010.

É a quinta alta consecutiva do número de rejeitados ao tentar entrar no país europeu, de acordo com o “Jornal de Notícias”.

Os brasileiros são 76% dos que têm a entrada proibida.

Os casos mais comuns de proibição à entrada são de sus- peita de que o motivo da via-

gem não é de fato aquele que é expresso –por exemplo, pesso- as que têm visto de estudante, mas buscam trabalho– ou a falta de um motivo para estar em Portugal.

Um representante da enti- dade responsável pelo controle afirmou ao “Jornal de Notí- cias” que o número de barra- dos é baixo, se comparado ao ingresso de pessoas no país –foram aproximadamente 8 milhões no ano passado.

Aqueles que são impedidos de entrar são enviados de volta ao país de origem.

Reprodução da Interne

de volta ao país de origem. Reprodução da Interne Sessão ocorrerá em outro lugar O deputado

Sessão ocorrerá em outro lugar O deputado Luis Stefanelli disse ao “El Nacional” que a sessão desta terça-feira ocor- rerá em uma “sede alternati- va”. Ele não entanto, não dis- se o novo local.

Discussão sobre perseguição política Para esta terça-feira, esta- va previsto que o órgão Le- gislativo discutisse a “perse-

Ele(Maduro) acredita que o poder está em edifícios, em gavetas, em um monte de chaves. O poder que alguma vez tiveram perderam quando perderam o povo. A Assembleia Nacional foi eleita pelo povo e defenderá sua legitimidade!

guição” contra deputados de oposição. Seria a primeira sessão a ser convocada des- de que o Supremo Tribunal de Justiça (TSJ) acusou 10 deputados de vários crimes relacionados ao levante mili- tar fracassado de 30 de abril, liderado pelo autoproclama- do presidente interino Juan Guaidó. Desde então, a imunidade parlamentar de sete dos acu- sados foi suspensa, e a Justi- ça determinou a prisão de um deles, o primeiro vice-presi- dente do Legislativo, Edgar Zambrano. No debate desta terça, dois dos deputados acusados do fracassado levante militar, Henry Ramos Allup e Simón Calzadilla, deveriam se apre- sentar, apesar da possibilida- de de serem presos. Além disso, a Assembleia Nacional Constituinte (ANC), órgão convocado por Madu- ro para legislar com maioria pró-governo, também teria sessão ontem.

CARREIRA & OPORTUNIDADE SEIS COMPANHIAS DE GRANDE PORTE OFERECEM OPORTUNIDADES PARA UNIVERSITÁRIOS Esta é a

CARREIRA

& OPORTUNIDADE

SEIS COMPANHIAS DE GRANDE PORTE OFERECEM OPORTUNIDADES PARA UNIVERSITÁRIOS

Esta é a chance para os estudantes que querem ingressar no mercado de trabalho. Há pelo menos seis processos seletivos

abertos para estagiários no Rio. São vagas para cursos de En- genharia, Economia, Publicidade e Propaganda, Direito e Tec- nologia da Informação.

A Nike, por exemplo, está com o Programa de Estágio 2019

até o dia 17 deste mês para estudantes nas áreas de Marketing,

Digital, Branding e Finanças. O único pré-requisito é ter inglês

a partir do nível intermediário e ser apaixonado por esporte.

“A expectativa é que a gente encontre jovens com grande potencial, para alcançar a sua melhor versão e construir uma carreira significativa e de impacto”, afirma Priscila Pacheco, diretora de RH da Nike Brasil. Com o objetivo de avaliar competências como Comunica- ção, Liderança e Inovação, os participantes deverão comple- tar questões online. Após essa etapa, eles serão convidados a

participar da fase presencial, que acontecerá entre os dias 10

e 14 de junho.

A Johnson & Johnson também está com processo seletivo

aberto. O início das atividades está previsto para os meses de julho e agosto. As inscrições devem ser feitas até o dia 13 de maio. Para participar, os interessados precisam ter inglês in- termediário, disponibilidade para estagiar 30 horas semanais

e a previsão de conclusão de curso de graduação entre julho

de 2020 e julho de 2021. Já a PepsiCo está com oportunidades abertas até o dia 28

deste mês. São vagas para as áreas de Vendas, Marketing, Ju- rídico, Tecnologia da Informação, Operações, Pesquisa & De- senvolvimento e Finanças. Os candidatos precisam estar no penúltimo ou último ano de graduação.

A novidade para esta edição é a flexibilização do conheci-

mento da Língua Inglesa. “É importante ter conhecimento de outro idioma, mas é algo que os estudantes podem investir junto com o crescimento profissional”, afirma Mauricio Por- domingo, vice-presidente de Recursos Humanos da empresa.

A Ingredion, empresa do ramo de processamento e refino

de alimentos, também está com oportunidades abertas para as áreas como, Engenharia, Finanças e Marketing. No Rio, as chances são para Alcântara, em São Gonçalo, na Região Me- tropolitana. As inscrições vão até o dia 22 deste mês. Os estudantes podem trabalhar por até dois anos, com pos- sibilidade de contratação ao fim do primeiro ou do segundo ano, com base no seu desenvolvimento e com oportunidades na área. Serão oferecidos bolsa-estágio, 13º, restaurante nas unidades fabris, entre outros benefícios para os aprovados.

PRORROGAÇÃO

A B2W Digital prorrogou as inscrições para o programa de

estágio até o dia 17. Podem se inscrever estudantes com pre- visão de formatura entre julho de 2020 e julho de 2021 dos cursos de Ciência da Computação, Ciências Contábeis, Direi- to, Psicologia, Física e Matemática. O programa possui opções de cargas horárias de 20 ou 30 horas semanais.

FÉRIAS

A Odebrecht abriu as inscrições para o Programa Estágio de

Férias, que oferecerá vagas a universitários dos cursos como Administração, Ciências Contábeis, Engenharia Civil e Psico-

logia. Os interessados têm até o dia 17 deste mês para se ca- dastrar. Serão recrutados estudantes que estão matriculados

a partir do 5º período.

O programa de férias é a principal porta de entrada para a

empresa, já que os estudantes são avaliados para contratações futuras como estagiários regulares e trainees.