Você está na página 1de 16

Recalques de fundações superficiais

Recalque, é o deslocamento vertical e descendente da fundação,


devido ao efeito das deformações do terreno sobre o qual está
assentada.
Fundações e Empuxos de Terra

w f = wi + wt Obs.: Os recalques podem


provocar movimentos verticais
(translação) acompanhados ou
wf = recalque final ou total (t = ∞ ) não de inclinação (rotação).
wi = recalque instantâneo ou imediato (t = 0)
wt = recalque com o tempo (adensamento e creep)

Em areias ⇒ w f ≅ wi
Causas de recalques
• Cargas estáticas
• Cargas dinâmicas
• Erosão do subsolo
• Rebaixamento do nível d’água
• Obras vizinhas
Fundações e Empuxos de Terra

Métodos para estimativa do recalque imediato:


• Métodos racionais
Uso da teoria da elasticidade linear

• Métodos semi-empíricos
Correlações com ensaios SPT e Cone

• Métodos empíricos
Uso de tabelas de valores típicos de tensões admissíveis.
Métodos para estimativa de recalques em argilas (preadensadas)

Método racional: solução baseada na teoria da elasticidade

1− µ 2
w = q.B Is Sapata sob carga centrada
E
Fundações e Empuxos de Terra

onde

q = pressão média aplicada q=Q A


B = menor dimensão da sapata
E = módulo de Young
µ = coeficiente de Poisson
Is = fator de influência que depende da forma da sapata e de sua rigidez
Fatores de forma Is para carregamentos na superfície de um meio de
espessura infinita (Perloff,1975)

Flexível Rígido
Forma Centro Borda Média
Fundações e Empuxos de Terra

Círculo 1,0 0,64 0,85 0,79


Quadrado 1,12 0,56 0,95 0,99
Retângulo
L/B = 1,5 1,36 0,67 1,15
2 1,52 0,76 1,30
3 1,78 0,88 1,52
5 2,10 1,05 1,83
10 2,53 1,26 2,25
100 4,00 2,00 3,70
1000 5,47 2,75 5,15
10000 6,90 3,5 6,60
Tensões de contato entre sapata e argila

Sapata flexível ⇒ aplica tensões uniformes à argila


Sapata rígida ⇒ recalques uniformes
Fundações e Empuxos de Terra

Sapata flexível Sapata rígida

Para passar de sapata flexível para sapata rígida, as tensões de contato na


base da sapata devem se acentuar nas bordas e ser aliviadas na região
central.
Tensões de contato entre sapata e areia
Fundações e Empuxos de Terra

Sapata flexível Sapata rígida

Na areia os recalques de uma sapata flexível são menores no centro, pelo efeito
do confinamento.
Então, as tensões de contato na base da sapata rígida devem ser acentuadas
no centro e reduzidas nas bordas.

A forma de distribuição das tensões desenvolvidas entre uma placa


uniformemente carregada e o solo de apoio depende da rigidez da
placa e do tipo de solo.
Métodos semi-empíricos
i) Método de Parry (1978): ∆q

B
N1 2B/3
Fundações e Empuxos de Terra

N2 2B/3

N3 2B/3

N1 , N2 , N3 = média do SPT nas respectivas subcamadas

~ 3 N1 + 2 N 2 + N 3
N=
6

w(cm ) = 0,30
( )
∆q tf m 2 .B(m )
~
N
ii) Método de Burland & Burbidge (1985) (recalque em areias)
q
E
B

H E = f(z)
Fundações e Empuxos de Terra

1,71
w = q.B . 1, 4 f s . f l
0, 7

N
w = recalque (mm)
q = pressão média aplicada (kN/m2)
B = menor dimensão da sapata (m)
N = média do SPT na profundidade de influência z1
fs = fator de forma
fl = fator de espessura compressível (H)
 1,25(L B ) 
fs =  
 ( L B ) + 0, 25 
Fundações e Empuxos de Terra

H  H
  2 −  ; H ≤ z1

f l ≅  z1  z1 

 1,0 ; H > z1
Observações:
a) No caso de fundações implantadas no fundo de escavações, os recalques
podem ser até 3 vezes menores:

 2 '  0, 7 1,71
w =  q − σ va .B . 1, 4 f s . f l
 3  N
Fundações e Empuxos de Terra

σ va' = pressão de sobre-adensamento

b) No caso de areias finas ou siltosas submersas, o valor de N deve ser corrigido


pela expressão de Terzaghi-Peck:

N corr = 15 + 0,5( N − 15)

c) No caso de ocorrência de pedregulhos:

N corr = 1,25 N
d) Efeito do tempo:

f t = 1 + R3 + Rt . log t
3

R3 = adicional nos 3 primeiros anos


Fundações e Empuxos de Terra

0,3 para cargas estáticas


R3 = 
0,7 para cargas que variam

Rt = adicional por ciclo logarítmico após os 3 primeiros anos

0,2 para cargas estáticas


Rt = 
0,8 para cargas que variam
iii) Método de Schmertmann (1970, 1978) (Areias)
q
Iz
B
Semi-espaço
Elástico
Fundações e Empuxos de Terra

Es
isotrópico e
homogêneo

Iz = fator de influência na deformação

n
I ei
w = c1.c2 .q.∑ ' .∆hi
1 Ei

 σ vo' 
c1 = correção do embutimento c1 = 1 − 0,50  ≥ 0,50
 q 
c2 = fator tempo (creep)

c2 = 1 + 0,2. log(10t )  t = tempo em anos

Sapatas retangulares ou circulares Sapatas corridas


Fundações e Empuxos de Terra

0,1 0,5 0,2 0,5


Ie Ie

B/2 B

2B E i' = 2,5 R pi 4B E i' = 3,5 R pi

z z
Recalques diferenciais – distorção angular
lAB
A B
wB
wA
δwAB
Fundações e Empuxos de Terra

• Recalque absoluto (w): deslocamento vertical descendente de um


elemento de fundação

• Recalque diferencial(δw): é a diferença entre os recalques absolutos de


dois quaisquer elementos de fundação.

δwAB = wA − wB

• Distorção angular (β): rotação da reta que une dois elementos de


fundação.
wA − wB δwAB
β= =
l AB l AB
Fundações e Empuxos de Terra

Distorção angular
Os danos provocados pelo recalque dos elementos de
fundação podem ser divididos em três categorias:

1. Visuais ou estéticos – sem risco de qualquer natureza


Fundações e Empuxos de Terra

2. Danos que comprometem o uso e o funcionamento do


prédio
3. Danos estruturais – põe em risco a segurança dos
usuários.

A grande dificuldade é se estabelecer os limites em que


cada tipo de dano vem a ocorrer.